Phil Spencer quer mudar a face dos videojogos, com algumas situações arriscadas

0 0 votes
Avalie o nosso artigo

A mudança, se para melhor, é sempre bem vinda, mas quando Phil reconhece que algumas das mudanças são arriscadas, há que se questionar se elas devem sequer avançar.

Numa entrevista dada por Phil Spencer ao Major Nelson no seu podcast, o Gamepass foi abordado e nesse sentido Phil referiu que 2020 foi um ano importante, mas que 2021 seria um ano incrível dado o alinhamento de jogos que estão previstos aparecer no serviço, e o compromisso de levar o mesmo a mais pessoas.

Falando de uma forma geral, Phil refere-se ao que está para vir em 2021 como o Horizonte 0, ao passo que o que virá em dois ou três anos será o Horizonte 1. A finalizar temos o Horizonte 2 que serão as coisas que surgirão entre os 3 e os 10 anos que se seguem.

Dentro destas “coisas”, algumas serão “incrivelmente excitantes” e abordadas dentro de um ano ou dois. E segundo Phil Spencer deverão ser tão excitantes como o Xcloud ou o Gamepass são hoje em dia para muitas pessoas.

Como sabem, ao longo dos tempos temos vindo a questionar a viabilidade do Gamepass. Apesar de o mesmo poder vir a ser viável, a economia por detrás do mesmo não é de fácil compreensão, e mesmo que o mesmo se revele lucrativo para a Microsoft, não vemos como o mesmo pode ser bom para a industria em geral. Nesse sentido, estas situações que a Microsoft refere só as conseguimos encarar como um investimento. Algo que atrairá pessoas, mas que não está a ser sustentado de forma viável, mas sim com financiamentos da Microsoft. E se o que aí vem é ao estilo Gamepass e Xcloud (subscrições), sinceramente no meu caso particular, não são algo que me interesse.



O problema destes serviços é exatamente que eles vão mexer com modelos de negócio estáveis que funcionam muito bem, mas que a Microsoft, ao não se conseguir impor da forma clássica, quer alterar de forma a conquistar o mercado de outras formas.

Daí que as frases que Phil Spencer usou de seguida não se revelam nada tranquilizadoras.

Segundo Phil as coisas que estão a preparar modificarão completamente o cenário… mas são igualmente arriscadas.

É este tipo de situações que nos deixam de pé atrás face às propostas da Microsoft. Para começar, quando Phil Spencer deveria estar a prometer jogos, claramente ao comparar a coisa com o Gamepass e Xcloud, percebe-se que ele fala de outra coisa… mais serviços!

E no capítulo de serviços aquilo que a Microsoft faz não tranquiliza nada. O seu historial de arriscar e depois fechar em caso de não terem o sucesso desejado é enorme, e os milhões que enterra nessas situações passam ao lado no meio dos lucros que a empresa obtêm em outras áreas.

Ora a questão aqui é que estamos a brincar com uma industria delicada, e que nos sustenta um hobby e uma paixão que todos temos. E colocar a mesma em risco de poder ter de modificar o seu modelo de negócio, tornando mais difícil sustentar a qualidade das produções actuais, é algo que não nos agrada minimamente.



Nesse sentido, se algumas pessoas que ponderem menos estas situações poderão ficar excitadas com o que aí virá, da nossa parte, e chame-nos velhos do restelo se desejarem, ficamos preocupados com o que por aí poderá vir a aparecer, e a forma como a Microsoft olha atualmente para o mercado como um todo, não se centrando naquilo que lhe está a captar os clientes, a consola.



0 0 votes
Avalie o nosso artigo
114 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Daniel Torres
Daniel Torres
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Concordo plenamente com o artigo e digo mais enquanto esse for o foco do xbox, eles não entram aqui em casa tão cedo.

Muitos podem comprar essa narrativa de que o o que a Microsoft esta fazendo é bom para o consumidor, mas eu não caio neste discurso e minha avó sempre recita um ditado que ao meu ver serve perfeitamente: “Quando a esmola é demais, o santo desconfia”

Já falei aqui antes que nesta gen a Microsoft esta indo para o tudo ou nada. E esse Phill Spencer mais uma vez só quer enganar o povo com suas mentiras e cara de bonzinho, já fazem anos que não vejo nenhum jogo novo da Microsoft e o que temos agora são apenas promessas.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Daniel Torres
6 meses atrás

Aqui em casa entraram a última vez com o one para revenda. Hoje nem para isso mais. Comerciante quer distância de Xbox! Só vende em promoção que quase é uma doação. Pra eu vender o One S tive que perder muito dinheiro e vender por 800,00 reais. Jogos é a mesma coisa. Quem tem Xbox não compra mais mídia física, é raríssimo. Estou com sunset overdrive e batman Arkham Knight aqui por 30 reais cada já faz mais de anos, não vende! Enquanto continuarem com essa política de mentir sempre para abocanhar certos desavisados e um festival de horrores no twitter, onde cada membro da divisão Xbox fala uma coisa diferente, aqui também sem interesse e sem paciência.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Sparrow81
6 meses atrás

Verdade e aqui na minha cidade eu posso dizer que a situação de venda do xbox one e jogos são a mesma coisa do que você relatou. Tenho um conhecido que tem uma loja de jogos novos e usados e ele sempre me fala que os jogos do xbox empacaram nas prateleiras não vendem e olha que eu sempre vejo jogos sendo vendidos a 20 reais e nada.
Como medida comparativa ele me falou que os de ps às vezes tem que deixar reservado tamanho o interesse das pessoas.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Daniel Torres
6 meses atrás

Exatamente. Eu realmente desisti de trabalhar com Xbox e jogos pra ele. É prejuízo certo.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Exato Mario. O pequeno comerciante sofre muito, pois precisa de giro. Enquanto eu vendia 10 PlayStation, saía um Xbox. Não dá. Só sob encomenda e com o cliente dando um sinal.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Exatamente Mário, aqui em minha cidade tem uma “grande” rede que vende jogos que é a Livraria Saraiva, é só você ir em uma loja física deles e ver que tem Ps amostra para jogarmos 3 estantes cheias de jogos e consoles Ps4 a venda. Já o xbox divide uma humilde prateleira com jogos de pc, se nós não estivéssemos em meio a uma pandemia eu iria lá e tiraria algumas fotos para mostrar o quão triste é a situação do xbox.

Livio
Livio
Responder a  Sparrow81
6 meses atrás

Dependendo do frete eu pego o Sunset! Dev ser o único exclusivo que só dá para jogar no Xbox, a não ser que a Sony resolva lançar para o PS4

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Livio
6 meses atrás

Depende de onde você é amigo. Sou de Curitiba – PR. Me chama lá no twitter. @Andr28339434

Rui
Rui
6 meses atrás

A xbox faz 20 anos este ano ou seja eu deduzo que este ano eles vão entrar com tudo.

Eu por acaso ando com pouco interesse nas novas consolas cheguei a equacionar comprar ambas, mas ando mais com a ideia de voltar ao pc gaming e deixar as consolas durante esta geração.

As consolas são muito boas e equilibradas, mas esta geração não me causou impacto nenhum, os jogos não são nada de especial ou revolucionário.

Sinto a falta daquele impacto que tive na ps2 e na x360.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Rui
6 meses atrás

O impacto não seria no começo da geração, mas mais afrente. Sempre foi dito que a transição seria a mais suave nessa geração. O impacto de verdade vem de 2022 em diante.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

acho que é só uma fase do PC para jogos caros.

temos que ver se a produção vai alcançar a demanda em 2021… se alcançar o preço volta a cair.

tivemos sorte que a Sony conseguiu contratos de fornecedores sem levar em conta o “custo covid” que a gente paga nas peças de PCs par amontar.

off: Mario, olha esse twitte… parece que além de tudo a MS fez m$%¨&* com os fornecedores no xbox one caixotão…

https://twitter.com/syke/status/1347057841232699392

acho que a credibilidade disso se da como sujeito dentro dessa area… tipo Matt:

“gostei das tuas memorias GDDR5”

ai o cara responde, da fabrica de memória, “é, eu ia vender tb para o xbox, mas eles nem responderam o e-mail que eu mandei ai fechei toda a minha produção com vcs (playstation)”

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

É verdade Mário, você mencionou um ponto importante. PC gaming high-end tem sido uma experiência cada vez mais cara e restrita a entusiastas.

Em jogos multiplataforma, eu geralmente gosto de priorizar consolas na primeira metade de cada geração, e PC gaming na metade final de cada geração. Para citar um passado mais recente, adquiri a GTX 470 em 2010 e a GTX 970 em 2016.

Entretanto, quando chegar na metade final desta geração (por volta de 2023/2024), honestamente não estou optimista que irei montar outro PC desktop (vendi o meu último em 2020). Desde 2010 eu preciso comprar notebooks para trabalhar, e com isso fiquei 10 anos mantendo PCs desktop em casa apenas para jogar. Manter PC desktop e notebook com boas configurações custa muito caro. Poderia escolher apenas o notebook gamer high-end, mas infelizmente é uma opção absurdamente cara, e que não entrega performance equiparável às configurações desktop.

E além de tudo isso, vejo outras duas razões:

1) Estou optimista que PS5 e Xbox Series X envelhecerão melhor do que PS4 e Xbox One. A distância do PS4 e Xbox One em 2013 para PCs de ponta me parecia muito maior do que agora.

2) Ao que indica, o streaming irá ganhar cada vez mais espaço. A análise da Digital Foundry hoje mostrou como o Stadia roda Cyberpunk de forma decente, e em parte até superior ao modo qualidade do Xbox Series X (que ainda não tem patch next-gen). É verdade que precisa de uma boa internet, mas é questão de evolução. Em 2013 minha internet era muito pior do que a atual. Certamente em 2024 terei uma internet bem melhor do que a atual. Talvez em um futuro não tão distante, o streaming reduza a quantidade de equipamentos aqui em casa lol.

Por enquanto estou no aguardo jogando só no PS5, talvez mude de idéia nos próximos anos. Mas é a primeira vez em cerca de 25 anos que estou afastado do PC gaming, apesar do meu notebook ainda suportar alguns jogos recentes.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O QUE A MICROSOFT QUER É CRIAR JOGOS TIPO FORTNITE ou Gachas de sucesso tipo Genshin Impact, ela não tem visão nenhuma naquilo que eles querem, eles querem competir em todas as frentes, más em todas são uma nódoa, que fique claro que me estou a referir ao negócio dos jogos. Phill Spencer vai arruinar uma indústria que tanto amamos, e de leva vai levar o Jim Rayen, nem os japas vão com a cara desse Homem, só sei uma coisa o futuro que isto encaminha é um futuro tenebroso onde aquilo que nós espera é tudo através de serviços meia boca, preparar-se para Subscrições em massa, Gass cada vez mais frentes com loot box ainda por cima, gachas predatorios e por ai vai. Se é esse o futuro dos jogos eu estou fora. Sei que como eu a muitos a pensar igual, mas depois temos o outro lado da moeda a geração Nutella e Yutubeco influencer que ao jogarem grande parte de jogos por serviços só dão mais força que o futuro os jogos são simplesmente por serviços. Desde já mais um excelente artigo Mário, mas infelizmente nós somos o nicho e o seu medo vai-se concretizar mais cedo ou mais tarde por causa da geração Nutella com a quest dos pais chamado cartão de credito.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Daniel Cardoso
6 meses atrás

Daniel, concordo com boa parte que disse, mas a geração Nutella de hoje l, vai querer jogar coisas de excelente qualidade no futuro. Não vão ficar só nisso. Quem curte esse tipo de jogo é adolescente, mas eles crescem! A Sony sabe disso e tenta fazer seus jogos em cima do público mais maduro, que valoriza a qualidade.

Sparrow81
Sparrow81
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Sinceramente, Mario, já tive mais preocupação quanto a Microsoft tentando dominar o mercado. Hoje não tenho mais! O público que ela abocanha com essas manobras não é a maioria do público gamer adulto, é o casual. A Microsoft não tem nem sequer competência para gestão de Studios AAA, por isso foca em AA e serviços. O modelo deles de serviço pode dar certo no futuro, mas para já acho complicado. E o pior, eles querem porque querem pra já!
Um Youtuber brasileiro esses dias foi entrevistado, o zangado, e ele levantou uma questão bem interessante: A Microsoft sangra para ver a concorrência sangrar! Só que quem gosta de God of War, Horizon, Bloodborne, Uncharted entre tantas outras franquias da Sony está CAGANDO se os jogos da Microsoft são Day One no serviço e se o serviço é mais ou menos ou não. Esse público é apaixonado por games de qualidade e a procura por ps5 só vem confirmar isso.

Ennio Rafael
Ennio Rafael
Responder a  Sparrow81
6 meses atrás

Também não consigo ver a Microsoft como ameaça, a ideia, estratégia, visão deles é totalmente outra. Eles querem é jogos no Gamepass day one, vendê-los na Steam, Stadia, Sony e Nitendo em seguida, vejo como uma forma totalmente diferente do negócio da Sony, longe de ser competição.

Edson
Edson
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mário, se achou essa entrevista perigosa, pq não viu a da Sarah Bond, falando sobre o game pass. O incrível é que o Phil adorou tanto a entrevista dela, que compartilhou a entrevista no Twitter e chegou a dizer que daria menos entrevistas para deixá-los ( ela e outros executivos) aparecerem mais. A Sarah Bond é a vice presidente do xbox! Depois, quando quiser, dê uma lida na última entrevista dela de dias atrás! Rs

Deto
Deto
Responder a  Edson
6 meses atrás

faz um resumo ai pra gente 🙂

Edson
Edson
Responder a  Deto
6 meses atrás

” Quando começamos, um monte de gente disse: ‘ Olha, isso vai desvalorizar os jogos’. Mas quando examinamos os dados, realmente vimos o contrário. Como os jogos têm um efeito comunitário e quanto mais as pessoas jogam, melhor a experiência e viral ela se torna_ e como os jogos estão inextricavelmente ligados a um mecanismo de LOJA. ” ( Sarah Bond) na mesma entrevista, ela disse que os jogos não desvalorizam por existirem vários sistemas de monetizações como dlcs pagas e outros conteúdos pagos. Posso estar enganado na interpretação, mas entendi aqui que eles querem fazer do game pass uma big loja de dlcs e Micro transações.

Deto
Deto
Responder a  Edson
6 meses atrás

Eu vi um twitter de estatísticas que no play as pessoas terminam muito mais os jogos SP que no Xbox.

Hellblade, 1 real no GP, tem 10% de zeramento no Xbox e 40% no PS4.

Provável que seja alienante o GP, o cara entra em algum GaaS e nunca mais sai dele.

E a gente nunca sabe se ela fala a verdade ou está se enganando… Pq a gente sabe bem o nível “penello” lá dentro.

Capaz dela estar falando no engajamento do MP, contando o sujeito que entro no Mar de Ladrões 1x por ano durante 1h como “vitória”

Igual aqueles twittes ridículos de “1 bilhão de hora de uso da retro” que se vcs dividia por usuário e tempo, dava 4 min de uso da retro por usuário por mês.

As vezes lá dentro eles fazem métricas fakes só para enganar o CEO… Ou se enganarem igual o Penello e o uso da retro.

Edson
Edson
Responder a  Deto
6 meses atrás

Faz sentido o que falou! Uma coisa é certa, Deto… Empresa que esconde números nunca é um bom sinal e a MS vem fazendo malabarismos financeiros para tentar passar um ar de possível sucesso do game Pass. Phil falou em até 10 anos o Horizonte 2, onde que no fundo, creio que esses 10 anos é o tempo que Satya deve ter dado para que o game pass tenha o sucesso esperado para a empresa. Estão confiantes com o futuro do Streaming, mas como o Shin me disse uma vez, eles provavelmente isso falhará. A pergunta que faço é: Caso a MS tenha fracasso com sua estratégia, fecharão os estúdios?

Livio
Livio
Responder a  Edson
6 meses atrás

Acho que não, fica como published e disponibiliza para as outras plataformas existentes, afinal o PC ainda existe.

Edson
Edson
Responder a  Livio
6 meses atrás

Pode ser, Lívio! Virar uma publicadora msm!

Deto
Deto
Responder a  Edson
6 meses atrás

Se eu conheço a MS vai começar dizendo que não vai virar third e que exclusivo é anti consumidor e a Sony é malvada de não lançar no Xbox e eles “são bonzinhos” de lançar no PlayStation

Ennio Rafael
Ennio Rafael
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Ótimo Mário. Excelente comentário (ou artigo). Um mundo de serviços de stream não seria bom. Acho que a opção deve existir tipo MS com o gamepass, Sony e Nitendo com exclusivos, monopólio não.

Edson
Edson
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

É verdade, Mário! Há riscos e o modelo é agressivo, caso tenha êxito!!! Porem, para ter êxito, o Streaming teria que estar em pleno uso, algo que não está, fora que ainda o consumidor quer qualidade acima de tudo e isso eles encontram em uma escala brutal, na Sony, Nintendo, Rockstar, além de algumas coisas da Capcom, 2k, etc… Não sei se o modelo vinga… Caso vingue, tem todos esses problemas inerentes a ele que vc apontou!

José Galvão
José Galvão
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Traduzindo e resumindo as declarações do Phil Spencer, o que ele quis de facto dizer é que 2020 foi um ano miserável, que 2021 será mais um ano de promessas ocas e que algo relevante, com sorte só daqui a 3 anos senão só na próxima geração.

marcio
marcio
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Penso o mesmo, não sei o que acontece com a MS, quanta incompetencia para um empresa de desse porte, Skype, Nokia, Zune o proprio windows com versões terriveis, dentre outras coisas que não são da parte de games que ela perdeu a mão, veja, ela mesma esta ‘matando a Xbox’, totalmente perdida e sem foco, e seus jogos nem se fala, veja gears 5 um jogo com graficos bonitos, mas sem alma e com a jogabilidade de gears 1, jogo de 2006/2007, não inovam, e parece que estão totalemente perdidos, não bastasse tudo isso, eles inventam o gamepass que é claramente insustentavel pelo valor cobrado, dai só vejo 2 opções:
1- Ou aumento muito o preço, para terem o retorno.
2- Diminuir o orçamento e consequentemente a qualidade dos jogos para entrar no orçamento gamepass.

Sou grande fã de games como todos aqui, é triste ver a MS tomar esse rumo e toda a industria ser prejudicada, tomara que a Xbox volte a ser o que ja foi com jogos exclusivos de qualidade (pois no final o que importam são os jogos) e que a Sony não tente seguir esse caminho e continuar dedicada aos seus jogos e seu console.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  marcio
6 meses atrás

Quando o Xbox Series X foi mostrado em Dezembro/2019, eu fiquei empolgado com a consola. Achei o form factor legal, e o trailer in-engine de Hellblade 2 me agradou. Em Março veio o teardown da Digital Foundry, e fiquei bastante impressionado com a facilidade com que o Leadbetter montava e desmontava a consola, parecia algo extremamente bem projetado. E as especificações reveladas me soaram coesas, uma consola poderosa. Fiquei no aguardo dos jogos, mas já com uma dúvida semeada na mente: “talvez será a primeira vez que comprarei um Xbox no lançamento, deixando o PS5 para depois”.

O que desmoronou todo o meu hype com o Xbox foram os eventos. O primeiro evento, dedicado a jogos third-party foi horrível. Aaron Greenberg fez um hype enorme sobre o evento, e depois foi obrigado a pedir desculpas aos fãs tamanha decepção. Mas mantive o hype para o segundo evento dedicado aos first-party. Me lembro que eu ainda comentava todo empolgado com os amigos: “que venha o gameplay de Forza”. E o que vimos foi um Halo Infinite bem abaixo, um monte de CG sem data, e o pior, alguns dos trailers nem eram in-engine, mas sim contrataram a Blur Studios para construir. Mostraram pouco de jogos concretos, e muito de projetos em estágio inicial.

Claramente a Microsoft não tinha nenhum planejamento de jogos AAA para curto prazo. Adquiriram a Bethesda, mas em curto prazo o que estamos vendo é apenas uma questão de abastecer o público com jogos já lançados nesta geração. Mesmo que existam promessas de grandes lançamentos para 2022, 2023 e 2024, estamos em 2021 e sem gameplay, sem nem ao menos um trailer no estilo de Horizon Forbidden West que nos mostra variedades de cenários, inimigos, apresentando o jogo. Talvez eu irei adquirir a consola quando chegar um Forza ou outro jogo de alto nível que seja do meu gosto. Mas por enquanto estou na espera para ver se me convence.

Não estou a dizer que os eventos da Sony foram maravilhosos. Talvez diria que passaram com nota 6. Mas fato é que adorei Astro Playroom, Spiderman Miles Morales, e estou super vidrado no remake de Demon’s Souls. Até o criticado Bugsnax foi platinado aqui em casa, e meu filho joga todo dia, pois acha super divertido a mecânica de capturar os “moranguinhos”. A perspectiva para 2021 é ótima, e creio que em breve descobriremos outros projetos não revelados para 2022 em diante.

Não preciso dizer isso, mas grandes jogos colocam toda a discussão de poder e features em segundo plano. Eu acho o Xbox 360 um videogame espetacular ( e também com jogos espetaculares ), mas apesar do PS3 ter sido inferior em vários aspectos, fiquei satisfeito com esta consola pelos seus jogos que fizeram frente aos do Xbox 360. E isso é o que importa. Jogos são o prato principal, a atração da noite. Pode ser perfeito no restante, mas todas as benfeitorias se ofuscam quando não se tem o principal atrativo. Toda a discussão de Teraflops e DDR3 do Xbox One 2013 vai para o espaço quando discutimos sobre Sunset Overdrive ou Forza Horizon 4 no Xbox One. Jogos de qualidade colocam questionamentos sobre DDR3 lá no buraco negro da irrelevância.

Só para terminar, sei que várias pessoas compraram um Xbox Series e estão satisfeitos. Isso é ótimo, cada um no seu gosto. Da mesma forma que o cliente do Xbox tem sua biblioteca estabelecida que será usada na nova consola, o cliente do Playstation também a tem (sem o PS3 rs complicado). Mas colocando os fanáticos de lado, o que fará clientes racionais mudarem de marca é justamente quando uma consola apresenta uma proposta consideravelmente melhor do que a outra. Claro que isso é subjetivo, cada um que faça seu devido julgamento. Mas no meu ponto de vista, jogos exercem um papel crucial, e o Xbox Series precisa de uma linha first-party de alto nível para capitalizar donos de Playstation.

Deto
Deto
Responder a  Carlos Eduardo
6 meses atrás

tu falou sobre o sx sendo desmontando e montado facilmente, depois a gente descobriu que era tudo com imã para encaixar e faltava um monte de cabos que apareceram na versão final.

típico marketing da MS… sempre tentando enganar.

lembro dos caras hypando aquele GIF do cara enfiando facilmente as peças para dentro da carcaça de plástico, sendo que nunca iria ligar pq faltava um monte de “cabo feio que o sujeito não vai saber encaixar”

acho que com essa apresentação a gente já tem ideia que desde essa epoca eles já tinham planejado o marketing ACHANDO que o sx seria muito mais poderoso e sabendo que não teriam AAA exclusivos.

deve ter sido engraçado o marketeiro nivel Penello acreditando em “9TF” “super aquece, sony desesperada” “10TF <<<<<< 12TF” “diferença staggering” quando tiveram acesso a informações sobre o PS5…. para depois ter que botar o rabo no meio das pernas e mudar de “o console mais poderoso” para “xbox mais poderoso.”

depois das groselhas do penello em 2013, eu tenho certeza q tem muito cara trabalhando no xbox que é do mesmo nível e acredita nesses FUDs e que eles, que nunca venceram uma geração, são melhores que a sony pq “temos dinheiro do windows, criamos o DX”

eduard08
eduard08
Responder a  Deto
6 meses atrás

A xbox serie X com muitos cabos?? Essa e de rir nao? Que nao gostas da xbox e uma coisa mas nao venhas para aqui dizer asneiras

https://www.ifixit.com/Teardown/Xbox+Series+X+Teardown/138451#

https://d3nevzfk7ii3be.cloudfront.net/igi/6H3DAqGshoWS3paj.full

Livio
Livio
Responder a  eduard08
6 meses atrás

Não são muitos cabos, mas quebre um desses dois flat cable aí, o “vilão” de muito aparelho eletrônico:
https://d3nevzfk7ii3be.cloudfront.net/igi/rCI4RSOXtTf2Ijlu.huge

Não é todo mundo que sabe remover e/ou recolocá-los. Esse cabo aí é um dos itens mais danificados quando abrem o simples DualShock4. Se não é o cabo é o conector que é danificado, o que é pior.

Os cabos da fonte do PS4 Pro, se não manuseados da maneira correta trazem junto o conector e as trilhas da placa, sendo este um dos “defeitos” mais comum do PS4 Pro.

eduard08
eduard08
Responder a  Livio
6 meses atrás

Sim eu sei isso, e e por causa disso que sempre que desmonto algo que ainda não conheço vou ao ifixit para me informar antes para nao danificar, mas aqui a questao e outra, ele falava em montes de cabos que nao foram mostrados pela Microsoft, quando na realidade tem poucos e ainda por cima ele esta sempre a falar de seitas da xbox e nao sei que mais e acaba por ser igual a essas mesmas seitas que fala

Livio
Livio
Responder a  eduard08
6 meses atrás

Concordo com você em relação ao comentário sobre seitas e o comportamento igual ao que ele critica.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Carlos Eduardo
6 meses atrás

Minhas expectativas em cima do SX estão lá em cima,acho que colocaste bem os pontos de gostos,mas hoje vejo a Mic mais preparada em termos de compromisso com conteudo do que até com o 360 onde pelo que foi mostrado foi o ponto chave de vários utilizadores do ps2 migrarem para o 360,
Creio que a Sony precisará mostrar mais agilidade em termos de lançamento de jogos e não mais 4,5 ou 7 anos como foi o caso do TLU2,pois com todos os jogos já anunciados pela Mic e com todos os seus estudios fazendo valer a aquisição,teremos um catalogo muito poderoso do lado do Xbox
E isso,tanto a curto e longo prazo.Veremos o que nos aguardo daqui a 2 anos assim que esta gereção já vai estar bastante estabelecida

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Você só pode estar de brincadeira! Haahahah
Mais agilidade? A Sony lança dois grandes jogos por ano! Tem uma dezena de novas ips no PS4 e já começa em 2021 com uma nova IP em parceria com housemarque! E o Xbox? O que tem? Pra onde vai? Quando será lançado seu primeiro grande exclusivo de SX? Por sinal, grandes exclusivos que estão em falta faz anos né?! Me desculpe, amigo, mas você está totalmente fora da realidade. Quem sabe viva no mundo do pirulito!
E TLoU 2 não demorou 7 anos para ser desenvolvido! O 2 não começou após o 1 ficar pronto… A ND trabalhou no remaster para PS4, em uncharted 4 e Lost Legacy e só aí começou TLoU 2. 4 ou 5 anos de desenvolvimento e uma empresa que entregou muita coisa na geração passada. Se informa. Cita um Studio da Microsoft que faz o mesmo que ND fez na geração PS4? Um só!

Ewertom
Ewertom
Responder a  Sparrow81
6 meses atrás

Se informe melhor.Ou leia novamente.Nao entendeu o ponto de vista.Os fatos que ocorreram no ps3 é um exemplo a ser seguido caso o caldo entorne

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Se o caldo entornar e já entornou foi pro Xbox e não PlayStation. O Xbox 360 começou bem a geração, lançado um ano antes, tinha grandes exclusivos e ganhou frente por isso. Do meio para o fim da geração o PlayStation equilibrou com exclusividades. Quem tem que correr atrás e mostrar algo é o Xbox, o PlayStation tem munição de sobra. Não tem como comparar x360/PS3 com a atual geração. A Sony precisa forçar muito para perder terreno.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Sparrow81
6 meses atrás

Difícil dizer isso.jogos a 70 e afins.concordo com a posição da Sony.mas a Mic tá muito bem preparada.
É como eu falei.falta de conteúdo a Mic não vai poder ser taxada

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

E não vai… Só que o modelo da Sony é um e o da Microsoft é outro. Se você espera grandes jogos (como a Sony faz) para sair em serviços, pode se decepcionar. Microsoft já faz anos que tá mostrando seu caminho e eu tenho os 2 pés atrás com os grandes jogos dela, já que se for pra sustentar serviço, sabemos bem a qualidade que serão a maioria.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Sparrow81
6 meses atrás

Jogue Gears 5 e outros e verás que esta errado em certas partes,Até o presente momento em praticamente 3 anos de game pass a qualidade esta a aumentar e não diminuir como dizes tu,é uma pena não teres um xbox só ai sim entenderia o que estou a dizer.
“Há” não tem nada ali no Xbox que me agrade:blz,tem pessoas do outro lado que pensam o mesmo e ai,como fica.
Não são fanboys e sim jogadores de estilos de jogos diferentes ao apresentado pela sony e vice versa.

Livio
Livio
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Estás? Quais outros jogos com qualidade até porque citou só Gears??

Mas tem crackdown, sea of thieves, State of Decay, Halo (que foi adiado), esses são sinônimos de qualidade que aumentou? Até agora os jogos de qualidade do Xbox são apenas Teasers/Trailer in game ou de CG criados por terceiros, nada no momento que mostre a qualidade

Sem citar que os Forza, tanto MotorSport quanto Horizon, pouco incluem em relação ao anterior.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Livio
6 meses atrás

Eu citei o game pass e não outros.

Livio
Livio
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Estou falando de gamepass mesmo, cadê o aumento de qualidade nos jogos da MS? Ali no meu comentário só tem jogo da MS, onde citei jogos de outros?

E falando de outros há no gamepass jogos de thirds, de qualidade, que sejam recém lançados?

nETTo
nETTo
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Xbox Gamepass nasceu em 2017

De lá pra cá (2020) eu sinceramente não vi esta oferta de jogos de qualidade crescer, tivemos as sequencias de jogos aclamados pela crítica como Forza Horizon 4, Gears 5 e mais recentemente FlightSimulator. Mas também tivemos jogos “medíocres” na plenitude da palavra:
Sea of Theaves
Crackdown 3
State of Decay 2
BleedingEdge
Grounded.

O que podemos ver é que ouve uma equidade em termos de jogos com boa qualidade e outros não tanto.

Ewertom
Ewertom
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Jogos Third também contam blz,ou seja o catalogo é muito maior que isso..
Mas não estou aqui defendendo a Mic só estou colocando os pontos que todos se esquecem e que deve ser colocado

nETTo
nETTo
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Ata, eu pensei que se referisse apenas a Xbox Game Studios. Tens razão, a oferta Third party é muito boa

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Ewerton, Gears é a exceção da exceção. O que tem hoje no Xbox a mais que isso? Com qualidade? Ori, jogo de plataforma? Halo? Por favor né??!! Microsoft nem concorrente é da Sony mais em se tratando de games de grande orçamento/qualidade/triple A

Ewertom
Ewertom
Responder a  Sparrow81
6 meses atrás

Ai é questão de gosto mesmo ,eu já acho a série Halo muito superior a quase todas as franquias da Sony(apesar de referir que achei halo Infinite com uma queda ascentuada em relação aos anteriores),mas isso é gosto pessoal,eu mesmo não era muito fã da franquia Gears mas depois do 5 quero a sequencia para jogar.
É como falei,tem gente que gosta de certos jogos da Mic e tem outros que gosta mais da temática dos jogos da Sony
Mas hoje a Mic tem as séries Elder SC,Dom e etc,ou seja não tinha jogos do mesmo nivel agora tem,que isso fique bem claro,diminuir isso é pensar muito pequeno

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Tem gente que gosta mais de jogos da MiC (minoria e diminuindo cada vez mais) e tem gente que gosta de PlayStation (maioria e aumentando). Só aí já se vê a diferença brutal. Mais de 110 milhões de consoles vs 50 milhões de consoles na geração passada e nessa a tendência é a distância aumentar e não diminuir.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

O suporte não é para o console,
para o serviço, Mario. A microsoft vem deixando de lado o console Xbox faz anos. Você olha para as encomendas de bolachas de silício e até desanima. A empresa parece não querer saber mais de hardware, é apenas para ter mais um produto no mercado para se chegar ao serviço. Sendo assim e popularizando xcloud e gamepass até para microondas, o console se torna algo muito desinteressante e até caro. Que coisa, não?

Deto
Deto
Responder a  Sparrow81
6 meses atrás

7 anos, Sony/ND lenta:

Last of Us (Goty)

Uncharted 4 (Goty)

Uncharted Lost Legacy (mesmo conteúdo do U4)

Last of Us 2 (Goty)

6 anos, MS ágil:

Halo 5 “5h de campanha Marketing cheio de mentiras”

Nota comentário editado pela moderação com conteúdo apagado.
O autor fica avisado que não pode escrever neste tom.
Pondera-se banimento definitivo, sem avisos, caso isto continue.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

de novo, antes de escrever esses comentários estava em um forum e lendo groselhas dos usuários lá.

tenho que voltar a acessar no celular com timer de uso de apps e voltar a controlar o tempo na internet.

Edson
Edson
Responder a  Deto
6 meses atrás

Deto, Gears 5 tem bem mais de 5 horas de duração! Eu o fechei tempos atrás e posso lhe assegurar que ele tem umas 12 horas pra cima. 4/5 horas de duração tem a expansão dele que chama Hive busters.

nETTo
nETTo
Responder a  Edson
6 meses atrás

Gears 4 eu terminei em 6hs30min no modo Hard na primeira jogada. Realmente um game muito curto. Já Gears 5 nas mesmas condições deu quase 16hs de duração, diz quase 100% dos coletáveis.

Edson
Edson
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Netto, o Gears 4 eu ainda não terminei, mas estou com um pouco mais de 5 horas, pq o xbox está marcando o tempo de jogo. Quanto ao Gears 5, é um chute de tempo, pq o xbox não marca o tempo de jogo, mas chuto entre 12 horas, mais ou menos. Posso estar enganado até pq é chute msm, porém pelo seu relato de Gears 5 e Gears 4, o 5 é bem maior, estou certo?

nETTo
nETTo
Responder a  Edson
6 meses atrás

Sim, é o dobro de tempo pra terminar, pelo menos foi pra mim.

E tem como ver o tempo jogado no Hub do game no Xbox One

Edson
Edson
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

A mim tbm, Mário! O joguei todo em coop com um amigo!

Deto
Deto
Responder a  Edson
6 meses atrás

O Halo 5 tem 5h de SP.

Edson
Edson
Responder a  Deto
6 meses atrás

Eu nunca joguei o Halo 5, mas a eurogamer coloca a campanha do game entre 8 e 12 horas!

Lucas Diogo
Lucas Diogo
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Por acaso até dá para fazer a história por volta de 5h mas isso é se tu estiveres a “rushar”.

Eu normalmente vejo aqui a média que demora para terminar:

https://howlongtobeat.com/game?id=19267

Deto
Deto
Responder a  Lucas Diogo
6 meses atrás

Acabei de colar a análise com tempo do angry Joe.

4h e 30min para ele terminar a campanha tosca q repete o mesmo Boss 7x

Ewertom
Ewertom
Responder a  Deto
6 meses atrás

Tosca não🤦‍♂️,é a continuação de Halo 4,já pedi que tenha mais respeito.Halo é uma franquia muito grande tal como Uncharted.Ta na hora de crescer amigo e respeito tem que vir junto com essa maturidade

Deto
Deto
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Tentou cavar banimento, perdeu e agora vem com esse papo de “respeita o Halo”

Sabe o que sempre me disseram sobre respeito?

1- se de respeito não MENTINDO sobre duração de campanha, como a I343 fez

2- vc deveria se respeitar e não ficar defendendo quem METIU para vc.

Por isso que o Xbox está assim, vc fã do Xbox:

A) exigir respeito da MS com mentiras sobre a duração da campanha do Halo 5 e o fiasco bizarro do Infinite

B) ain estão chamando Halo de tosco, falta de respeito.

Qual opção vc escolheu?

E a opção que vc escolheu é o motivo da MS não te respeitar.

E para finalizar, ninguém pode desrespeita mais Halo do que a MS com aquele gameplay absurdo do Halo Infinite.

Bizarro, vc cobrar respeito de quem NAO se respeita.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Deto
6 meses atrás

Rapaz olha para si mesmo e se pergunte o que ando a dizer:
Vamos lá,eu não critiquei o tempo de produção de TLUS 2 e outros:o que eu referi foi que se a Mic fazer tudo certinho”Eu falei se ela fizer”sem afirmação alguma é só uma opnião e caso seus estúdios inclusive os da Zenimax trabalhem tanto com triplo a ou AA o que teremos é uma ampliação muito grande do catalogo do Xbox SX e SS e também no game pass e caso isso ocorra é um fato tendo a Sony que lidar com isso e com que forma:além de criar novas IPS”coisa que vem ocorrendo desde o PS3,terá de adiantar o processo de lançamento dos seus jogos”O mesmo caso que ocorreu com o PS3″fato onde tivemos lançamento de 2 em 2 anos salvo baixissimas excessões sendo o PS3 um console muito dificil de programação.
Eu citei o Tlus devido ao tempo que várias pessoas esperaram o game desde o lançamento do original,isso não problema para mim,mas pode ser um problema para outros,sendo o que eu referi é somente minha opnião se tu achas diferente blz,vivamos com isso.
Agora sobre a campanha de Halo 5 eu gostaria de ver um video desse cara jogando e mostrando o que estas a dizer e não um video falando falando e nada de game play,esta parecendo a Mic pô.
Situação 2:rapaz reclamar do quê,eu não perco meu tempo discutindo ou enviando e-mail para empresa tal e etc,o que eu faço é boicote amigo e só isso já vale minha indignação,não fale coisas que não sabe e ficamos bem.
Situação 3:Eu gosto da franquia Halo devido ao vasto fator história e para mim o 4 e o 5 são os mais curtos da série ‘e para mim” isso é ótimo devido ao pouco tempo de jogatina que tenho nos dias atuais,reclamar disso para que,se para mim eu “disse para mim “o tamanho do jogo esta excelente se não esta para outros não comprem.Simples assim.
Situação 4:não quero seu banimento,só peço o seu respeito aqui,pois sempre trata as séries da Mic com desdenho e chacota e aind assim sem game play nehum,isso se chama infantilidade,se tu não gosta,blz,mas tem gente que gosta e afins e respeitar isso é ser um adulto que pensa e age com maturidade,desejo a ti o melhor da vida amigo sem excessões.

Deto
Deto
Responder a  Lucas Diogo
6 meses atrás

Análise do angry Joe são 4h e meia, SEM RUSHAR.

E a I343 disse que iria ser a campanha mais longa da série…

Imagine que nenhum Fã do Xbox reclamou dessa mentira… Estavam mais preocupados em falar que God of War é lixo pq demora 30h para zerar.

Aí agora tiveram o Halo Infinito, fizeram por merecer.

A bandeira vermelha levantou no Halo 5, mas como eu citei… Eles não se importam em serem enganados pela MS, o importante é difamar o Playstation.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

9 min no vídeo.

https://youtu.be/ahRDm9Bwlyc

Ah, são 4h e meia, e não 5h

Dei bônus de 25% de tempo extra jogando sozinho.

Não que seja padrão jogo Coop ser mais rápido sendo jogado de dupla do q sozinho.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Eu gostava bastante do Angry Joe… Mas ele pegou gatilho com o Last of us 2

*Ele reclama do tamanho dos braços da Abby, pq são maiores que os do amigo dele.

Acho que tb não posso exigir “100%” perfeito de ninguém tb hahahahah

Por isso continuo assinando o canal dele

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Deto
6 meses atrás

Que voce não gosta do Xbox e seus jogos nós sabemos, mas comecar a mentir já é demais

Deto
Deto
Responder a  Fernando Molina
6 meses atrás

Chama o Angry Joe de mentiroso.

Tá aí, 9min de video

https://youtu.be/ahRDm9Bwlyc

Jogo de orçamento gamepass por 1 real

Quer a notícia da I343 Falando que Halo 5 teria a campanha mais longa da Saga tb?

Desde o Halo 5 eles já te enganavam e vc defendendo até hoje os caras.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Deto
6 meses atrás

Eu particularmente nos dias atuais e com pouco tempo de jogatina,jogos curtos me agradam mais ou um boa corrida arcade,como é o caso de FH,
O que eu referi foi que muitas pessoas não gostam de Uncharted(até dificil de entender,pois é um jogaço)e essas pessoas que gostaram da temática do TLUS espereram 7 anos para ver uma sequela,muito tempo,principalmente hoje onde ao meu ver a Mic tem mais Ips para trabalhar e entregar a curto prazo,fazendo muitos utilizadores olharem para a marca.
É como eu falei,essa é minha opnião depois da aquisição da Zenimax,tudo pode dar certo ou errado,mas o futuro esta nas mãos da Mic e caso dê tudo certo a Sony terá que agilizar o processo de jogos assim como no PS3:de 2 em 2 anos.Repito é a minha opnião

nETTo
nETTo
Responder a  Deto
6 meses atrás

A sequência de Tlou demorou 6 anos e alguns meses. Mas ela não esteve em desenvolvimento por todo este período porque em 2014 a ND estava ocupada com Tlou Remaster, paralelamente a este game a mesma cuidava pra lançar em 2016 Uncharted 4, em 2017 Lost Legacy em agosto deste ano, somente a partir daqui que o time da ND ficou totalmente em Tlou Part2, e temos declarações oficiais do Studio quanto a isso.

Desta forma Uncharted 4 levou 3 anos pra ser desenvolvido
Lost Legacy foi um projeto menor que talvez levou 1,5 anos pra ser desenvolvido.
Tlou Part2 levou também 3 anos pra ser desenvolvido.

Mas eu percebo a malandragem de alguns ao usarem este argumento de que Tlou Part2 demorou 7 anos pra ficar pronto. Outro ponto é, mesmo que fosse verdade que o jogo demorou todo este período, é muito melhor esperar e receber um Goty do que esperar períodos parecidos e receber jogos como Sea of Theaves, Crackdown 3, por exemplo.

Ewertom
Ewertom
Responder a  nETTo
6 meses atrás

The last of Us foi lançado segundo wikipédia em 14/06/2013 sendo assim a sua sequela foi lançada em 19/06/2020 também pelo wikipédia ou seja 7 anos de espera de sua continuação.

nETTo
nETTo
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Sim, eu não neguei isso, apenas expus a sua malandragem em supor que o game ficou todo esse período em desenvolvimento, que era o que vc fala em relação a Microsoft e agora as inumeras IPs que ela ganhou com a compra da Zenimax.

Agora o fã de Tlou o qual vc cita em sua esmagadora maioria também curti a série Uncharted 4, afinal está não ostenta números como 16 milhões a toa, ele também sabe que não teria como continuar a história de Ellie e companhia pois a vez naquele momento era de Nathan Drake. Por isso usar este argumento meu tosco aí e não levar em consideração o andar da geração me cheira em algum momento a oportunismo, isso pra ser gentil pois eu poderia usar um termo até mais agressivo. Enfim.

2013 foi o lançamento de Tlou no PS3, no PS4 foi em 2014 feito pela própria NaughtyDog.

Parece que vc faz questão de continuar com essa sua conversa aí, eu já expliquei acima, já expliquei abaixo, sou fã das franquias da ND, sou um dos que vc menciona no seu comentário, se ainda sim vc não consegui entender, paciência.

Edit: lembrei de uma coisa que talvez ajude a compreender a sua linha de raciocínio. A Microsoft tem Studios os quais só fazem uma franquia:

343 com Halo
Coalition com Gears
Turn10 com Forza

Como sua preferência é pelo Xbox, talvez por este motivo vc use o argumento acima, porque sempre que vc vê um Halo a ser lançado saberá que em alguns anos outro Halo sairá novamente pois é somente isso que os Studios citados acima fazem, lancam sequencias sem fim destas franquias, talvez essa sua reclamação quanto a Tlou seja por isso, pra vc deveriam logo partir pra sequencia e esquecer Uncharted.

Ainda bem, que muitos de nós pensam diferente né

Ewertom
Ewertom
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Deixa pra lá,você e alguns ainda não captaram o que estou a dizer,pense um pouco e releia tudo que escrevi e o que escreveste,e se não entender releia de novo com a mente aberta sem ismo e verás a lógica do bate papo.

Deto
Deto
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

O mérito é ser estúdio mono franquia?

Demérito é poder alterar entre duas franquias GOTYs 90+?

Quanto tempo vc está esperando o Banjoo?

E quanto tempo os “fã” do Crackdown esperaram pelo 3?

E agora, quando sai o Crackdown 4?

É muito contorcionismo para tentar falar mal da Sony.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Deto
6 meses atrás

Você está errado também.Não estou a dizer isso
Favor pensar um pouco

nETTo
nETTo
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Afinal o que vc quiz dizer então levando em considerações que a ND produz 2 IPs de bastante sucesso?

Ewertom
Ewertom
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Favor ler o ultimo comentário blz,ali espero que tenha sido mais claro para todos inclusive em resposta ao user Deto
A Sony perdeu vários Ips para seu console isso falo não somente da Zenimax caso a Mic não lance mais nada,mas também perdeu a QD e os projetos de Fumito Ueda e isso é um fato.
Eu não torço contra a Sony ao qual sou muito fã e tive todos os seus consoles o que vejo caso a Mic faça tudo certo um volume de Ips muito grande para o Xbox e isso é um fato,qualidade no mesmo nível da Sony agora a Mic tem por isso referi o TL somente como exemplo e não foi uma critica apenas um exemplo.
A Sony para ganhar terreno emcima do X360 soltou conteudo e rápido e quem ganhou com isso fomo nós.

Livio
Livio
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

7 anos a espero != 7 anos de desenvolvimento como alguns aqui falam.

Se for deste modo Perfect Dark está a quanto tempo em desenvolvimento???

nETTo
nETTo
Responder a  Livio
6 meses atrás

Bem isso

Killer
Battletoads
Fable

Só pra contribuir com a brincadeira

Edson
Edson
Responder a  Livio
6 meses atrás

Lívio, Em 2018 eles compraram muitos estúdios e montaram a The Initiative, além da possível aquisição da Zenimax. Os jogos desses estúdios não Zenimax, demorarão? Certamente! Será que terão qualidade? Só o tempo irá dizer! Os jogos da Zenimax chegarão ao ps5? Só Deus sabe! Porém, o que o Ewerton quer dizer que foi a mesma coisa que o próprio Mário falou em um comentário passado é que matematicamente a MS possui mais estúdios e consequentemente, conseguirá lançar mais jogos se conseguir administrar melhor seus estúdios. Caso ela consiga administrar, venham jogos AA e AAA de qualidade, a Sony terá que ter um maior número de lançamentos, caso os games da MS fiquem no msm nível da maioria dos jogos que ela vem lançando, a Sony pode manter do mesmo jeito.

Livio
Livio
Responder a  Edson
6 meses atrás

Vamos para o primeiro comentário dele(Ewerton):

Creio que a Sony precisará mostrar mais agilidade em termos de lançamento de jogos e não mais 4,5 ou 7 anos como foi o caso do TLU2, pois com todos os jogos já anunciados pela Mic e com todos os seus estudios fazendo valer a aquisição,teremos um catalogo muito poderoso do lado do Xbox

Consegue perceber o que eu e os demais corrigimos mais acima? Ele refere que a Sony precisa de mais agilidade, isso para uma plataforma que entrega no mínimo 2 jogos AAA dos seus estúdios por ano, qual foi o último ano que a MS entregou 2 jogos de alto orçamento no mesmo ano? Fora que, no caso do TLoU2, ela demorou 7 anos e essa narrativa dá a entender, para os desavisados, que o jogo demorou 7 anos em desenvolvimento. Naughty Dog de 2013 a 2020 lançou TLoU1, DLC do TLoU, TLoU1 remastered, Uncharted 4, Spin-off do U4 e TLoU2. 6 lançamentos em 7 anos e ainda assim diz que tem que ser ágil? Puxando para o lado do Xbox, o que falar então da Turn10 que só faz Forza Motorsport cujo último lançamento foi em 2017 de um jogo que não precisa de enredo, nem de animações de personagens fora que muito do que se tem de um jogo anterior é reaproveitado como modelagem de carros e de circuitos(sim sei que do lado da Sony tem a Polyphony).

Continuando no comentário dele sobre os jogos anunciados pela MS, qual a data de lançamento? Garante que estes anunciados fazerão frente a taxa de 2 jogos que a Sony lança, no mínimo, a cada ano? Garante a qualidade só em ver trailers in-engine(que te dão uma amostra do que o motor pode fazer e não que o jogo sairá daquela maneira) e de CG produzida por uma empresa terceira? Entre uma que desde 2013 faz promessas e outra que entrega jogos expressivos ano após ano eu prefiro ficar com a última.

o que o Ewerton quer dizer que foi a mesma coisa que o próprio Mário falou em um comentário passado é que matematicamente a MS possui mais estúdios e consequentemente, conseguirá lançar mais jogos se conseguir administrar melhor seus estúdios. Caso ela consiga administrar, venham jogos AA e AAA de qualidade, a Sony terá que ter um maior número de lançamentos, caso os games da MS fiquem no msm nível da maioria dos jogos que ela vem lançando, a Sony pode manter do mesmo jeito.

Salvo engano a MS já teve mais estúdios que a Sony, isso no inicio da geração PS4/One e o que vimos?? Nada.

Muita gente se confia que, por a MS herdar um catálogo de bons jogos da Zenimax, ela irá continuar a lançar jogos de qualidade e isso só saberemos quando começarem a lançar jogos sobre a real tutela da MS, os jogos dos próximos 2 ou 3 anos vindos da Zenimax poderão continuar com qualidade, mas são jogos que iniciaram o desenvolvimento antes da MS comprá-los, são jogos que ainda sairão em outras plataformas devido a acordos. Portanto eu não coloco a carroça na frente dos bois a afirmar que os jogos dos estúdios da Zenimax cotinuarão com qualidade daqui a 4 ou 5 anos, só o tempo dirá. Para quem passou 7 anos a dar declarações e depois deram 180° a confiança é mínima. A única coisa atual por parte do Xbox em que confio é o slogan: “Power Your Dream” e é isso que ela vem fazendo com promessas que não se concretizam

Edson
Edson
Responder a  Livio
6 meses atrás

Lívio, concordo que tiveram mais estúdios, etc… Hoje, eles tem o foco no game pass e estão colocando largos bilhões nisso e vão tentar fazer algo. Em 2013, eles tinham estúdios sem anúncios de jogos, mas hoje esses estúdios já têm anúncios. Certamente serão jogos que irão demorar, mas há um norte que não existia antes. Como eu disse acima: Não sei qual qualidade que esses jogos terão, porém em teoria, a MS está melhor preparada do que anos atrás e o Ewerton se baseou nisso. Quanto à games demorarem 7 anos, o consumidor comum não analisa que a desenvolvedora demorou x tempo para desenvolver o game… Exemplo que posso lhe dar é o do Cyberpunk 2077. Jason Schreier disse que Cyberpunk 2077 começou a ser desenvolvido no final de 2016 ou em 2017. Entenda que não estou aqui falando da qualidade do game, e sim, citando-o pq muitos acreditam que o game tenha uns 7 anos de desenvolvimento, onde não foi verdade, porém muitos a criticaram( CD Projekt red) por pensarem assim, falando que em 7 anos poderiam desenvolver algo melhor.

Livio
Livio
Responder a  Edson
6 meses atrás

Olha como você está invertendo o cenário, Cyberpunk pode ter tido somente 3 anos de desenvolvimento, mas quando ele foi anunciado? Pelo que vi foi no final de 2012, 8 anos de lá para cá.

Já TLoU2 foi anunciado no final de 2016 o que conta aproximadamente 4 anos de trabalho, entendeu a diferença.

Qual é o pior cenário entre os 2? Quantos jogos uma desenvolvedora lançou e quantos jogos a outra nesse periodo de 8 anos?

E a de Halo que está a fazer só Halo?

Entende porque estamos a corrigir isso?

Essa foi a frase que o site que pesquisei falou sobre o adiamento (e lá tinha a data de anuncio) do Cyberpunk2077:

Dois papas, três presidentes, nove Assassin’s Creed e mais

O que estamos a corrigir é o fato de dizer que uma empresa tem que se agilizar sendo que atualmente é a que mais entrega.

Enquanto a que ele defende está a pegar projetos em andamento e que também sairão na concorrência. Deve-se levar em consideração quando os projetos estiverem sob o comando da MS. Rare sempre foi e sempre será o exemplo. Infelizmente o grande catálogo que a MS tem atualmente não garante nada devido o histórico, os próximos jogos da Zenimax sairão com qualidade, os futuros é uma incógnita.

Edson
Edson
Responder a  Livio
6 meses atrás

Lívio, não estou invertendo nada, brother, até pq, não estou comparando com TLOU 2. Estou dizendo que o público comum não entende de tempo de começo de desenvolvimento , etc… Não seria louco em comparar um TLOU 2 com Cyberpunk 2077. Um foi uma obra prima, o outro, é um game com potencial, mas super estimado e cheio de problemas.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Se a Naughty Dog fizesse só TLU ou Uncharted também iria ser acusada de milking.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Vamos ver se já poderemos dizer que estamos a espera do The Last Part 3 desde o final de 2020, mesmo que não haja nenhum anuncio sobre o mesmo:

https://www.eurogamer.pt/articles/2021-01-11-mudancas-internas-na-naughty-dog-sugerem-que-estao-a-trabalhar-em-novo-jogo-desde-setembro

Deto
Deto
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Pois é, Halo Infinite tá bem perto disso.

Com a diferença obvia de competência de quem lançou GOTYs e quem não lançou nada e foi a vergonha da geração.

Livio
Livio
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Se é algo a estilo do gamePass então deve ser um SeriesPass, tenha disponível um Xbox Series pagando por um valor mensal 😛

Deto
Deto
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Para mim, o título é “casual de celular 3.0, o retorno do flop”

Querem fazer e vender jogos no modelo Netflix para streaming no celular.

Cada Xbox SX aguenta 4 sessões de jogos do Xbox caixão, pronto.

Esse era o motivo de “ninguém fica para trás”, assim vendia o streaming da versão Xbox one caixão para o celular, e a versão SX para quem comprasse o console.

Mas ao q parece eles pensaram nisso, mas já flopou essa ideia… Que só mostra como a MS não sabe o que faz.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
6 meses atrás

[OFF] Epic Games compra a Rad Game Tools, empresa que construiu Kraken, Oodle Textures e outros.

https://www.epicgames.com/site/en-US/news/epic-acquires-rad-game-tools

Fernando Molina
Fernando Molina
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Independente de qual vai rodar pouco melhor ou pouco pior, isso é irrelevante, eu fico imaginando um Gears 6 na unreal engine 5 depois do que vi na dlc do 5, ficará absurdo

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Fernando Molina
6 meses atrás

Comentei no artigo errado, era pra comentar no da Epic e a Unreal Engine 5, me desculpa

nETTo
nETTo
Responder a  Fernando Molina
6 meses atrás

Eu só espero que agora eles evoluam as mecânicas de gameplay da franquia, de resto, a Lore, a qualidade técnica tá tudo certo

Edson
Edson
Responder a  Fernando Molina
6 meses atrás

Será incrível!

Livio
Livio
6 meses atrás

[OFF] Se isso for verdade eu “ainda acho válido” dar méritos aos engenheiros do Xbox! (Quem tem memória vai entender)
https://www.eurogamer.pt/articles/2021-01-11-xbox-desmontou-uma-ps2-para-obter-ideias-para-desenvolver-a-primeira-consola

error: Conteúdo protegido