Pode ou não a Xbox série X estar a aquecer mais do que devia?

5 10 votes
Avalie o nosso artigo

Como já dissemos, nesta fase é prematuro estar a dar como existentes na versão final da consola eventuais problemas com as consolas de pré-produção que se encontram nos media. Mas se a consola estiver efetivamente a aquecer mais do que devia, a que se poderá dever isso?

Introdução

Recentemente escrevemos um artigo sobre o aquecimento da Xbox série X, e no mesmo reconhecemos que há efetivamente casos em que a consola aquece, apesar de existirem outros em que isso não acontece.

Como já dissemos o aquecimento é algo normal nos produtos eletrónicos, e a sua existência não significa necessariamente que estamos perante problemas, mas a realidade é que Jeff Bakalar, do Giant Bomb a determinada altura é forçado a atirar o SSD da consola para cima da mesa e abanar a mão por estar bastante quente, referindo que a consola estava toda ela bastante quente,, e tudo isto com a consola meramente ligada em stand-by.

Ora naturalmente que podemos estar perante casos isolados de aquecimento, pois como já referimos, existem relatos de outras pessoas que referem que a consola se mantêm fresca, mas o certo é que não podemos deixar de ignorar a realidade de que há consolas efetivamente a aquecer.



E mesmo Jeff Balakar referiu que a consola se manteve funcional e a ventoinha não acelerou, o que está longe de ser um real problema na consola!

Mas se a consola fica assim, em stand-by, em pleno outono, e restringida a jogar jogos  retro, o que se vai passar quando estivermos no pico do verão, em países quentes, a jogar jogos AAA de nova geração, e durante horas a fio?

A realidade actual é só uma. Apareceram relatos de que a consola estava mesmo a crashar, depois relatos de várias fontes que mostraram questões de aquecimentos! Numa altura onde o FUD é uma realidade predominante, os chashes foram ignorados, e o aquecimento, perante os relatos de outras pessoas que indicavam a consola como estando fresca e a indicação de que a ventoinha não acelerava, foi dado como normal!

Mas será que é?

A grande dúvida surge com este tweet e este extrato de um podcast!



O que nos leva a dar bastante consideração a este podcast?

Os seus intervenientes!

Ali estão três dos maiores fanboys da XBox que são actualmente conhecidos. Colteastwood, Dealer, e Timdog. Estas pessoas são tão ferrenhas, tão ferrenhas, que chegam a perder a noção da realidade naquilo que dizem. E no entanto a informação surge neste podcast, vinda do Dealer, talvez o pior dos três, com todos os outros a calaram-se e a limitarem-se a ouvir.
Segundo o que é dito, este teve conhecimento de que há efetivamente queixas de sobre aquecimento, e há relatos que estes senhores reportam (algo que nunca imaginei vir destas fontes) de consolas a crashar, sem que a ventoinha alguma vez chegue a acelerar.

E se isto acontece mesmo… quais podem ser as  causas?

As possíveis causas do aquecimento.

Ora daí este artigo… Vamos tentar analisar e perceber o que poderá estar a causar este aquecimento excessivo. Para isso, dado não termos acesso à consola vamos avaliar fotos da mesma, correndo claro o risco de a avaliação visual poder causar erros de ilusão de ótica causada pelas fotos.



A Xbox série X, tal como a PS5, foi concebida para estar na vertical. Apesar de poderem funcionar deitadas, algo que abordaremos daqui a nada, a sua conceção passa pela posição vertical. Repare-se no esquema da Microsoft, para a série X.

Basicamente a consola segue aqui as leis da termodinâmica, com a tomada de ar por baixo, e a saída do ar por cima. E isto seguindo a lógica de que o ar quente sobe, e o ar frio desce, o que ajuda à circulação interna do ar no interior.

Ora quais são os problemas que vemos aqui.

O primeiro é que a saida de ar pelo topo obriga a que este fique aberto. E o pó funciona por gravidade, logo poderá entrar pelo topo, alojando-se na ventoinha, e no interior da consola, podendo criar obstruções e abrandamentos na ventoinha. No entanto neste caso, pela idade da consola ele dificilmente será o problema.



Talvez por esse, ou outro motivo, a Microsoft resolveu tapar parte do topo, reduzindo em 9% a capacidade de saída de ar.

Depois a entrada de ar pelo fundo… repare-se nesta imagem oficial da Microsoft que tantas vezes usamos nos nossos artigos.

Como se vê a espessura do pé, é super reduzida, pelo que a entrada de ar ocorre lateralmente por um espaço de apenas alguns milímetros.



Depois a parte de baixo da consola, por onde o ar entra, está em cerca de 70% obstruída pela base da consola:

E isto quer dizer que a entrada de ar efetiva acaba por ser os 30% restantes nas laterais.

A grande questão é nesses 30% que restam… cerca de 45% estão igualmente bloqueados. Estimamos, pelas áreas livres dos furos não cobertos pela base, que a entrada livre de ar é cerca de 10% da capacidade de saída .



Como se pode ver, o espaço desimpedido para a circulação do ar é efetivamente pouco, e apesar que a ventoinha garante a extração do ar quente, o sistema funcionaria muito melhor se o ar fresco pudesse entrar com maior facilidade.

A colocação da consola na posição horizontal é uma forma de maximizar o acesso de ar à parte inferior, apesar que uma vez deitadas, as consolas, mesmo que funcionais, perdem parte da eficiência de arrefecimento pois a circulação natural do ar quente e ar frio, perdem-se.

Neste caso, torna-se difícil dessa forma de dizer se na posição de deitada uma consola que aquece, ficará ou não mais fresca. Caso a Microsoft não tivesse “alergia” a parafusos, permitindo remover a base, o fluxo de ar era garantidamente maior.

Mas a Xbox serie X tem outra entrada de ar… a parte traseira tem também furação!



Infelizmente as 5 filas de furos a contar do topo, estão bloqueada, e num dos lados ainda temos 8 furos igualmente tapados. Basicamente da furação existente, apenas 51,5% está desentupida para a circulação efetiva do ar.

No total a Xbox tem 144 furos para saida de ar, e 276 furos  para entrada de ar. Dos 144 furos de saída, 13 deles  (9%) estão tapados. Dos 276 furos de entrada (144 na base e 132 nas costas), apenas a área de 15 deles (10,4%) estão desobstruídos na base e 64 nas costas (48,48%). Resumidamente, no global, apenas cerca de 31% dos furos disponíveis para entrada de ar estão livres, com 69% deles a estarem obstruídos.

Ressalvando aqui a possibilidade de algumas das obstruções serem ilusão causada pelas fotos, a realidade é que mesmo assim a capacidade de ventilação prevista pela caixa está longe de ser obtida na totalidade.

Conclusões:

Perante o que encontramos nestas fotos, não poderemos ficar admirados se nos disserem que a consola aquece. Porque isso acontece numas consolas e noutras não, não é possível dizer-se, mas vamos esperar que as consolas que estão com problemas e nestas fotos, possam ser revisões mais antigas do protótipo, e que o problema esteja resolvido nas versões finais.



Mas naturalmente há uma questão se coloca. Será que os modelos que não estão a crashar, mas estão a aquecer serão realmente fiáveis. Mesmo que aguentem um verão, e jogos mais puxados, qual será a durabilidade da consola no seu período de vida útil, nessas condições.

Sinceramente nunca imaginei que viria aqui a escrever algo sobre sobre-aquecimentos das novas consolas… mas os relatos estão aí, apesar de não sabermos as condições em que isso ocorreu, ou porque ocorreu. Mas quando a coisa é divulgada num podcast com aquelas três pessoas em particular, a pulga fica atrás da orelha e a comichar bastante. E analisando a consola, o que encontramos nas fotos de cima, não ajuda!

Não se podendo nesta fase confirmar ou negar os problemas de aquecimento da Xbox, apenas podemos dizer que esta uma situação que vamos manter debaixo de olho! Afinal o problema pode existir, ou até nem ser verdadeiramente térmico, mas uma questão de firmware ou de outra situação qualquer. E daí que continuamos a dizer que é muito prematuro falar-se nesta fase em problemas reais!



5 10 votes
Avalie o nosso artigo
guest
132 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Ricardo Palma
Ricardo Palma
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Não entendo mesmo o porquê de terem feito uma base tão grande, percebo que é preciso estabilidade quando está na posição vertical mas talvez resolvia-se com 4 pequenos pés em cada extremidade e facilitar a entrada de ar fresco por baixo. Parece que aos poucos vamos vendo que esta consola foi feita um pouco às 3 pancadas.

José Galvão
José Galvão
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Eu não sei qual seria as implicações de um novo RROD, a mim faz-me uma certa confusão que uma consola que ainda nem lançou, já esteja a dar problemas, como será daqui por 2 ou 3 anos?

A minha 360 que comprei no lançamento, teve o rrod na altura em que a maioria também teve, e já ia no seu terceiro ano.

Eu não ia comprar a Series porque neste momento não acho a consola minimamente apelativa, se for para jogar retro com mais alguns pixeis e fps então mais vale ficar-me pelo que tenho, e com estes relatos de que a consola deita um bafo considerável então mujto menos.

No outro dia em relação à refrigeração da consola disse que suficiente não é a mesma coisa que eficaz, mas pelos vistos nem suficiente parece ser.

bruno
bruno
Responder a  José Galvão
15 dias atrás

A consola nao esta a dar problemas…

O funcionamento continua normal, o que e dizem que aquece muito, mas sem afectar funcionamento.

O que nao entendo e que o aquecimento e do chip ou do SSD inserivel. Porque pode dever-se a problemas de coneccao, entre os SSDs.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Peco desculpa Mario e Jose, li por alto e escapou-me essa parte. realmente curioso haverem crashes deste estilo e serem logo esses senhores, e nao a imprensa que tem acesso a consola, que reporta isso.

Nos videos que vi, achei uma maquina bastante silenciosa, discreta, e com funcionamento fluido.

O que tinha lido antes, foi que a consola gerava calor e aquecia bastanta, mas depois essa pessoa tambem disse que quase se queimou ao retirar o SSD e fiquei na duvida se o calor nao seria apenas no SSD, por algum tipo de problema na coneccao.

Rui
Rui
15 dias atrás

Eu pura e simplesmente não acredito, mas pondo como hipotese que isto fosse verdade, eles não tem memoria? Não são capazes de prever cenários para o funcionamento do seu equipamento? Eu acho que são, as consolas microsoft tirando o RROD da x360 original são super fiaveis, mas vamos a ver.

bruno
bruno
Responder a  Rui
15 dias atrás

Indiscutivelmente a entrada de ar inferior, na base, nao e uma boa solucao. Aspira o po que se acumula na superficie, o que pode levar a entupimento. Isso ocorre ate com a PS4 na posicao vertical. e a PS4 nao e tao directo.. O porque de eles nao terem feito aberturas laterais escapa-me.

Mas o que me deixa ainda mais intrigado e a quantidade de calor gerada por estes chips.

Eles sao RDNA2, a rodar abaixo da velocidade das partes que existirao no PC e dentro do expectavel depois de sabermos que o RDNA2 ofereceri mais 50% de performance por watt.

A PS5 tem um dissipador descomunal para a menor APU que equipa as suas consolas desde a PS2. E a maior consola alguma vez feita para um chip… que nao e por ai alem… tudo devido a quantidade de calor gerado.

E no entanto, nenhuma das partes PC sequer usa liquid cooling.

Nuno Sousa
Nuno Sousa
Responder a  bruno
15 dias atrás

Realmente é mesmo estranho

Rui
Rui
Responder a  bruno
15 dias atrás

Pois não sei, a ps5 realmente tem um um dissipador maior que alguns de outras consolas todos juntos.

O porque da SX não ter mais buracos no chassis também não sei, mas custa me acreditar que olhando ao histórico do RROD e também ao facto da consola ter sido planeada e desenhada com tempo e não em tempo recorde como foi a x360 que tenha este problema, não foi relatado em vários sitios de elite como o Digital Foundry, e outros famosos.

Não sei, eu nao acredito mas vamos a ver.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Continuo achando muito difícil acreditar que seja um problema do projeto e não de alguns protótipos.
Se fosse novidade ok, mas já vimos essa história antes, como é possível eles colocarem o negócio a venda com um problema grave desse?! Não faz sentido, a menos que a equipe tenha sido muito, mas muito incompetente. Depois dos One ainda?! Exemplos de térmica?!
Se for confirmado será um verdadeiro absurdo.
As 5 estrelas são pelo artigo bem explicado, pois essa notícia é de doer.

Felipe Leite
Felipe Leite
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

*Comentário apenas irónico*!

Eu sei a real causa! Com o RROD a Microsoft vendeu muito mais consolas, porque quase todos os possuidores de uma 360 tiveram que comprar outra consola (eu incluído)!
Então para se igualar nas vendas estão a lançar outra consola que vai obrigar a malta a comprar mais de uma!!!!

Felipe Leite
Felipe Leite
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Eu não desejo Mário!
Foi mesmo apenas uma brincadeira e por isso deixei claro na mensagem.
Eu sou um dos que mais apoia a competição, e desejo muito que a Microsoft encontre um caminho que seja óptimo para nós consumidores, como foi na geração 360/ps3.
Essa geração teve a melhor competição entre as empresas e quem ganhou foram os consumidores.
Devido a Sony ter saído muito atrás que houve a grande revolução nos jogos first party.
E agora nessa geração era a altura ideal para essa competição voltar a acontecer.

Nuno Sousa
Nuno Sousa
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Isso é que não pode acontecer. É muito mau. Nem mesmo numa consola pré-produção. Não entendo. Não fazem testes antes de entregar ãs pessoas? Era suposto controlarem todos os danos depois? Porquê? O que é que se ganha com isso? É o mesmo que entregar-se um novo modelo para testes e o carro avariar por problemas de concepção. É ridículo. Muito mau para a indústria. Vamos a ver a Sony que já apostei as fichas. Ainda pode vir coisas feias pela utilização de metal líquido. Durabilidade, ser estanque, etc etc

Nuno Sousa
Nuno Sousa
Responder a  Nuno Sousa
15 dias atrás

Tenho receio que devido ao histórico da Sony em apresentar consolas mais reduzidas, com a agravante de possuírem a fonte de alimentação interna, pode ter produzido do lado da Microsoft algum síndroma de inferioridade em termos de escala reduzida. Parece que entramos agora numa era que quando menor for o modelo mais é capaz a equipa de engenharia. Toda essa ansiedade de querer ser o console mais poderoso, a besta, o monstro e demais adjetivos, e ao mesmo tempo o console mais reduzido, espero que não tenham estragado um console que tinha tudo para ser também um benchmarketing. Espero que não se confirme a generalização de mais casos e que seja caso único. Ainda é possível acreditar nisso.
Ps: nada me admira se o issue for devido ao tamanho das pré-produzidas que as de produção em massa aumentem ligeiramente as dimensões. Isto claro se já tivessem detetado à mais tempo. Mas sendo assim continua a não fazer sentido as entregas destas consolas para testes. E quando forem jogos mais exigentes? Mais calor? Mais horas de uso? Enfim

Syegrayn
Syegrayn
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

A geração nem bem começou e já temos relatos de jogos rodando a 900p no Xbox Series S: Yakuza Like a Dragon.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Eu concordei contigo, esse console é uma aberracão

Syegrayn
Syegrayn
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Pessoalmente, acredito que esse console na verdade é uma armadilha para os menos favorecidos, já que brevemente as TVs 4K se tornarão o padrão assim como ocorreu com o Full HD.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Foi a elGato (Quem é brasileiro vai saber!!). Coincidentemente foi quase o mesmo, só que com um One X!!!

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

E tem vídeo do quick resume a dar problema e não aceitar que se acessem outros jogos

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

Causa do problema: Estavam a testar build antiga, segundo os fans da marca.

É sério que sempre quando dá problema a causa é uma build antiga?

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

A narrativa agora é que os devs são preguiçosos, isto ainda nem começou e já se está a tornar deveras interessante.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

ainda não liguei o PS4, mas já acho que sei o conteudo da msg.

Livio
Livio
Responder a  Livio
14 dias atrás

Errei sobre o conteúdo mas já te respondi

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

Tenho não, pouco utilizo as mensagens do PS, logo o app somente ocuparia espaço

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Livio
14 dias atrás

Pelo jeito o monstro não é tão monstro assim kkkkk

Pedro
Pedro
15 dias atrás

Eu nunca vi um cenário tão estranho do que o desse novo Xbox. Por que até hoje não vimos jogos rodando no próprio console? O lançamento está muito próximo, tem algo errado aí. Eu sou suspeito, desconfiado de comprar algo em lançamento, nunca que faria pre order desse console, ainda mais com o histórico da Microsoft. Criticaram a Sony por mostrar pouco o ps5, agora é a hora da Microsoft provar que os rumores são falsos. Façam um preview com a imprensa, em ambiente controlado, que seja, como a Sony. Só que precisamos ver os novos jogos rodando no console, por um período razoável.

By-mission
By-mission
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

O Mário desculpa se for falta de entendimento, mas acompanho alguns jogadores no competitivo a jogar no PC e sempre vejo stuttering e tearing nas transmissões, mesmo em 120fps,a transmissão sempre tem esses problemas, tem um em especial é o @Fuinha sempre coloca um contador de FPS e são muito rara as vezes que os games ficam abaixo dos 120fps, mas assistindo aos vídeos parece que está abaixo dos 60fps…

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

https://arstechnica.com/gaming/2020/10/dirt-5-preview-on-xbox-series-x-the-120fps-difference-saves-a-rusty-ride/

Segundo a fonte acima, o jogo tem 3 modos:

1) Um modo resolução que não segura 4k a todo tempo (quedas para 1440p), com médias de 40fps.

2) Um mo FPS que não segura 60fps a todo tempo.

3) Um modo 120fps com um downgrade brutal, o jogo fica horrível.

Nos modos 2 e 3 percebe-se vários pop-in estridentes.

Pedro
Pedro
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Interessante. O jogo está rodando no sx, mas tem problemas de performance? Sinal de alerta. Precisamos de um preview similar no ps5 para ter uma base. Deveriam remover esse modo 120fps,coisa lamentável. De toda forma é um alívio começar a ver jogos de lançamento rodando no sx, dá mais confiança.

Finn
Finn
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

Off Topic: retomando uma discussão anterior, Yakuza like a Dragon vai correr em 4k 30fps no XSX e 1440p 30 fps no XSS ou 1440p 60fps no XSX 900p 60fps no XSS. Ambos tem uma redução de cerca de 60% no modo 60 fps, mas o que impressiona é o XSS rodar a 1440p quando o XSX roda em 4k. Isso em se tratando de um jogo muito mal otimizado e com problemas de engine. Mesmo que o jogo seja cross gen com gráficos da geração atual, me parece que ele revela algumas coisas. Não me parece exagero considerar que para gráficos da geração futura os 1440p 30 fps ou 1080p 60 fps serão padrão para o Series S. Os 900p com certeza não serão regra, a menos que haja um ray tracing pesado.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Pedro
15 dias atrás

120fps para mim só multiplayer.

Modo single-player prefiro melhor qualidade gráfica a 60fps.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

Aceitei Mário, obrigado. É um prazer.

Edson
Edson
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Eu não estou confiando em nenhum desses consoles! Confesso que o ps5 me causa desconforto por causa do seu tamanho, enquanto o xbox series X, tbm não anda me cheirando bem, ainda mais quando os próprios fanboys da marca, estão falando da máquina. Eu esperarei pelo menos 1 ano, mas deverei pegar um desses já na versão slim msm. Não sei pq, mas isso está me cheirando algo como a geração ps3/xbox 360 , ou seja, consoles poderosos e… Defeituosos!!!

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson
15 dias atrás

Como assim desconforto por causa do tamanho? Não está claro o ganho do dissipador do console para você e que é a melhor saída quando se usa metal líquido? Assista ao vídeo do João PSX, ele é técnico é explica bem a concepção.

Daniel
Daniel
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

No Series X, a Microsoft trabalhou no limite, quase não há espaço “livre” internamente. Quem sou eu para falar dos engenheiros da Microsoft, mas assim como no One, sobrar um pouco de espaço para o fluxo de ar circular tranquilamente seria bem vindo.Talvez 2/3 cm cúbicos a mais não seria algo algo assim tão maior do que é hoje, só que daria uma certa margem.

Reinaldo
Reinaldo
Responder a  Daniel
15 dias atrás

Se vocês não perceberam o problema da Xbox One X, é porque não ouvem o Phil Spencer.

Ele diz:

“We put the fan (fã) in the center of every decision we make”

Mas aqui a fan (ventoinha) está no topo, não está no centro. E por isso aquece!

Vá, vá… é só um pouco de humor para descontrair!

Fernando Molina
Fernando Molina
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Putz, lendo esse artigo, fico ainda mais preocupado, vamos aguardar, mas sabe o que é pior, ler por aí fanboys playstation torcendo pra ser verdade, esse mundo tá perdido mesmo

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Desejar que uma consola de alguém tenha problemas é algo verdadeiramente nojento, e infelizmente é o que ha mais por ai, mas para muita gente que andou a inventar e a espalhar FUD de que a PS5 tinha sérios problemas de aquecimento, é uma ironia do caraças.

Livio
Livio
Responder a  José Galvão
15 dias atrás

Ironia?? Não acho e deve já ter percebido que vários pontos do FUD contra o PS5 estão se virando contra o Series X.

  1. PS5 com problemas de sobreaquecimento: O que vemos, a exemplo do artigo, é que quem já tem o Series X a relatar aquecimento e em alguns casos o console a dar crash;
  2. PS5 não tem RT: A sony já exibiu jogos a rodar com RT, agora e cadê os jogos first(ou exclusivos) rodando no Series X? E desses quais com RT??
  3. PS5 terá 100 jogos na retro: Sony confirma aprox. 4000 jogos do PS4 na retro e alguns que estão com Series X disseram que seriam em torno de 500.
  4. PS5 tem RDNA1/1.5: A sony confirmou no vídeo que o PS5 é RDNA2, bem como a AMD confirmou para ambas, mas se for para duvidar quem não teria RDNA2 é só relembrar que há 2 ou 3 semanas falaram que a APU do Series X tinha somente 25% a mais de performane em relação a arquitetura da atual geração, o que soou bem estranho.

Tinha escrito isso hoje pela manhã no smartphone, mas o comentário não foi

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Fernando Molina
15 dias atrás

Isso aí é sacanagem. Eu como quero o PS5 e ele tem aqueles clocks altos (apesar de estarem ok com a tecnologia da AMD) me dá certo receio, e por isso, por empatia não desejo jamais algo assim a ninguém. É um atraso no meu ponto de vista pra todo mundo.

Fernando Molina
Fernando Molina
15 dias atrás

Faz isso não mano, fico aqui imaginando minha casa assim kkkkkkkk

Livio
Livio
Responder a  Fernando Molina
15 dias atrás

Infelizmente só eu e vc, Mário e +1 pessoa sabe do porquê dessa frase!

Livio
Livio
15 dias atrás

Se um dos problemas do possível aquecimento do XSX for devido as poucas entradas de ar, então o que falar desse tweet?
comment image

MS foi tentar sair por cima devido o processo de posição vertical / horizontal do PS5 pois sempre será necessário remanejar a base e justamente a base do XSX pode ser um dos culpados do aquecimento.

Lembram da tal filosofia que falei uns dias atrás???

Deto
Deto
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Pelas imagens eu diria que o Xbox tem mais turbulência de ar na circulação que o PS5

Ou seja, com o mesmo fluxo de ar o Xbox é mais barulhento.

Enquanto o ventilador do PS5 empurra o ar para dentro do console o do Xbox suga o ar de dentro do console.

PS5 vai ter pressão de ar interna maior que a externa.

Xbox vai ter a pressão interna menor que a externa.

Na minha opinião é melhor maior pressão interna de Ar

Com ambos na vertical, o PS5 tem a admissão de ar na parte superior e o do Xbox é na parte inferior. O Xbox vai sugar mais poeira que o PS5 instalados, pq a poeira vai se acumular na base do móvel que vai acomodar o console.

E ainda tive que ver o Richard da DF “preocupado” com o PS5 entupir de poeira e não falar nada do Xbox, sendo que é justamente o contrário, é o Xbox que vai entupir de poeira primeiro.

Além da clássica “mais a 5700XT na melhora acima de 2.0ghz, não sei não esse PS5, pode ser fake esse clock… Mas vou ficar bem quietinho sobre a 5700XT ter 40CUs, nada de dizer que o número de CUs acima de 40, 52 no Xbox, pode ser fake”

Depois não sabem pq a Sony não vai mandar nem foto do PS5 para eles.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Deve ter sido o corretor de celular.

Edson
Edson
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Rsrsrsrsrs

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Que eu saiba, ralo é um ponto de acesso ao esgoto, metaforicamente é o inicio de algo asqueroso, portanto ralu pode ser um trocadilho com o Halo Infinite por este ser algo que deixa a desejar.

Eu penso que seja isso e ele esteja com receio de ser banido, também pode ter-se enganado.

By-mission
By-mission
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Pah eu jamais defenderia o @Deto, pois mais de uma vez ele falou coisas absurdas, mas aqui eu tenho que fazer um contra ponto:

* Eu nunca joguei Halo, e sempre ouvia falar do jogo então, até eu procurar no YouTube e ver, para mim se escrevia com “R” mesmo, “RALO”. Uma daquelas coincidências linguísticas que acontece em tantos idiomas. (Se eu não estou em erro, e podem me corrigir se não for assim, mas fila em português de Portugal se diz bicha, mas que no português do Brasil tem um sentido pejorativo e preconceituoso).

* Ninguém está livre de ver algo que gosta ser vítima de anedotas e brincadeiras, então acho que é mais falta de maturidade dos ofendidos, do que de quem escreveu. Ex: quantas vezes eu não escutei, The Bug of Us (PS3), Unchato ( a chamarem Uncharted de jogo sem diversão) ou o para mim o meu preferido o Bom de Guerra (God of War) para os menos atentos ao inglês “God” virou “Good” =bom, então muita gente chama o jogo desta forma e não, eu não me sinto ofendido.
O próprio Cory Barlog fez brincadeiras com o meme…

https://www.google.com/amp/s/www.theenemy.com.br/amp/god-of-war/diretor-de-god-of-war-descobre-kleiton-o-bom-da-guerra

Obs: assim como na vida o site é uma escolha, uma oportunidade de exercer o bom senso, então eu mesmo me sinto muito irritado com os absurdos que o Fernando vez o outra escreve, mas sempre uso o bom senso e não o respondo, então se você se sentir ofendido com o @Deto ou mesmo com os meus comentários, não se sinta, intimado a chamar a atenção do Mario (fica parecendo que esta só carente de atenção mesmo) só porque algumas palavras feriram a sua pessoa…

Como eu, use o bom senso, é só não responder.

Ewertom
Ewertom
Responder a  By-mission
15 dias atrás

Acho bem engraçad6o a sua resposta.pois se toda vez que o cara falar de Halo.eu me sentir ofendido ou falta de maturidade brother eu para tudo na vida é repondo o cara.Vês quantas vezes o cara no seu histórico escrachou a série e quantas vezes eu o retruquei somente afirmando tomar cuidado com flame wars ou tendo respeito com as coisas ditas.isso é típico de fanboy de marcas.Lembra-te no dia que só comentamos sobre o enredo de The Last 2 e só por isso viste a reação dos fãs da marca.”Criancas.tem que cresce isso ou aquilo”Absurdo.se não conhece.joga e se não gostar blz,paciência ,mas tratar só no esculacho e eu acho sim uma falta de respeito.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Ewertom
15 dias atrás

Pra mim esse assunto morreu aqui.Fica de boa Deto

By-mission
By-mission
Responder a  Ewertom
15 dias atrás

@Ewertom as pessoas sempre defendem as suas opiniões, mas a Internet virou literalmente um campo de batalha! Eu como vc mesmo lembra não comentei mais sobre o TLoU ll aqui na página, não porque mudei de ideia e agora acho o jogo bom, mas sim porque é algo que realmente não vale a pena… Faz mais ou menos um mês que saiu uma notícia que o número de platinas do Ghost of Tsushima era praticamente o dobro do TLoU ll e nem me dei ao trabalho de compartilhar, porque não se pode falar mal da NaughtDog, mesmo que vc tenha os números da própria NaughtDog dizendo que o jogo não foi recebido como muitos fãs afirmam, ou como eu mesmo disse aqui inúmeras vezes os números são da própria Sony… Simplesmente não vale a pena.
Vamos ter que aprender deixar para lá.

nETTo
nETTo
Responder a  By-mission
14 dias atrás

Tem um dado interessante que saiu a pouco tempo sobre Tlou Part2

Em termos de pessoas que finalizaram os games, ele é o jogo da Sony com maior percentual, chegando a quase 60% das pessoas que jogaram, acima de nomes grandes como Spiderman, Horizon ZD, God of War, RDR2, entre muitos outros.
Parece que apesar de as pessoas não terem pego as platinas, o jogo tem agradado vide o tanto de gente que foi até o final, quase 40hs.

Só pra vc ter uma ideia, Battletoads não tem 5% pra quem finalizou o jogo, e o mesmo tem pouco mais que 3hs ao que parece.

nETTo
nETTo
Responder a  nETTo
14 dias atrás
nETTo
nETTo
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

Na vrd, a minha msg tem tudo haver com o assunto o qual os colegas Ewerton e By-Mission estavam tratando.

O off topic é deles, eu apenas inclui uma informação util a este debate.

Ewertom
Ewertom
Responder a  José Galvão
15 dias atrás

Cara é complicado.pois acho o HZD um jogo passível”ruim”Pra mim mas não uso jamais de chacota,pois há de se respeitar as pessoas que gostam.O jogo para mim não foi legal,mas há de saber que tem qualidades.Um jogador de games é assim.Jamais usaria termos assim para não fugir do princípio de uma boa discussão a palavra chave é ter educação e em seguida o respeito.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Ewertom
14 dias atrás

Você pode achar o que quiser de Horizon, só não pode dizer que ele é inferior ao Halo Infinite tecnicamente, pois aí estaria de lorota. O Deto não criticou a franquia Halo, criticou a apresentação do Infinite que realmente é um desespero do ponto de vista técnico! Pop in, texturas de baixa qualidade, design, problema de iluminação, etc… Aqui se fala da parte técnica, não se gostou ou não da história de um jogo.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Sparrow81
14 dias atrás

Pelo pouco que li, o rapaz não reclamou dele ter criticado Halo Infinite, na verdade ele reclamou dele ter chamado de Ralu, acho que foi isso

José Galvão
José Galvão
Responder a  Ewertom
14 dias atrás

Se ficas ofendido por um comentário a gozar um jogo que tu gostas, imagino uma ceitica à tua pessoa.
É apenas um jogo, tu não gostas do Horizon, eu gosto, se disseres que o jogo é uma porcaria eu pergunto onde fica o teu caixote do lixo, levo para a brincadeira.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

Adoro as tuas explicações técnicas, seja de que assunto for 🙂

Livio
Livio
15 dias atrás

Esqueçam RROD nessa geração. O 360 teve a infelicidade de sair na mesma época em que a solda de aparelhos eletrônicos estava em uma nova fórmula devido a remoção do chumbo.

O PS3 meio que entra também, entretanto meio que se descobriu que no PS3 os problemas não eram as esferas BGA e sim os capacitores NEC-TOKIN

Livio
Livio
15 dias atrás

Olhando a foto principal do artigo e percebo que o leitor está na parte superior, ao lado da fonte (gerador de calor) e o dissipador está na parte inferior, ar quente sobe e devido as dimensões reduzidas pode criar um bolsão de ar quente….ninguém lembra dos leitores com problema tanto no PS1(1º modelo) quanto no PS3 fat…

Edinho
Edinho
15 dias atrás

Gostaria de ver mais artigos a falar das potencialidades do Xbox série X, sou usuário playstation desde o PS1 e vou de PS5, mas as vezes me parece que os conteúdos da página são enviesado para o lado da Sony. Acompanho o site acho que desde 2012 e sempre tive essa impressão.
Mário, antes que possa passar a idéia de uma provocação, admiro muito seu trabalho e sou leitor diário de seu conteúdo.

Hiago
Hiago
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

“Pela informação mais abundantemente e o FUD constante que houve contra a PS5”, está ai um ponto interessante, vejo uma enxurrada de críticas contra o PS5 e elogios para o XSX pela internet. Não sei dizer exatamente o motivo disso, mas creio que deve ser pelo fato dos fanboys de Xbox serem mais tóxicos, agressivos e engajados, é uma minoria barulhenta e por fim a própria mídia dar corda para muito FUD que sai deles. O PCmanias é um dos poucos lugares que vejo contrapor muitas narrativas por ai.

Edinho
Edinho
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

Muito obrigado Mário, pela atenção e esclarecimento a respeito de minha dúvida. Você faz uma trabalho excepcional em escrever artigos didáticos e ainda ter a paciência e humildade de nos explicar dúvidas ou até mesmo crenças a respeito de do assunto tecnologia. Mais uma vez muito obrigado.

nETTo
nETTo
Responder a  Edinho
14 dias atrás

Eu acho engraçado estes steath flame, sempre começa ou termina com “sou sonysta”, “vou de PS5”, “sempre tive PS” pra depois vir atacar o Site e dizer que o mesmo é parcial kkk.

Para, ninguém é bobo

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  nETTo
14 dias atrás

Não sei quem acham que enganam, né?!! Haahha

Livio
Livio
Responder a  nETTo
14 dias atrás

Lembrar que existem sim pessoas que tem PS4 ou qualquer outro console da plataforma PS e aponte problemas em relação a estes, um exemplo claro a refrigeração, mas os casos que de vez em quando aparecem aqui dizem que tem PS e/ou é a plataforma principal e ataca a plataforma com as mesmas alegações dos fanboys do Xbox, alegações estas que são falsas, pois quem tem realmente o aparelho sabe que nem é bem assim.

Ainda lembro o comentário, infelizmente não lembro o nome, de uma pessoa que veio aqui, disse que tinha PS e depois falou que não era possível trocar o HD interno do videogame! Sendo que, por meios oficiais, não há como trocar o HD do 360(aqui não posso confirmar se o One permite, mesmo tendo um aqui que não ligo há mais de 12 meses)

nETTo
nETTo
Responder a  Livio
14 dias atrás

Se não me falha a memória era um user chamado Igor.

João Magalhães
João Magalhães
14 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O maior problema ao meu ver é o console esquentar tanto mesmo sobe carga leve,seja na retro ou no modo standby como relatado…como vai ser então com jogos realmente Next Gen e sobre carga pesada?Muitos não sabem mas isso pode criar limitações aos desenvolvedores em puxar mais do Hardware se a dissipação térmica do console ficar fora de controle ou trabalhar sobre certos limites.Isso me Lembrou de um desenvolvedor da Sony na programação de um determinado jogo que queria puxar mais do Hardware e dos aspectos visuais do seu jogo mas o PS4 esquentou tanto que ele teve que desistir de algumas idéias.

nETTo
nETTo
14 dias atrás

Bem, Spiderman Miles Morales e Demons Souls foram de certa forma criticados por rodarem a 2K 60fps Raytracing em seus modos performances, todos esperavam ao menos 4K 60fps e a culpa recaiu sobre as Devs e sobre o PS5.

Ontem foi um dia revelador para todos pois, para além deste Dirt5 que passa longe de um jogo bonito até pra atual geração não estar em 4K nativos, ter performance ruim e o modo a 120fps rodar com downgrade absurdo e a baixissíma resolução, a Sega confirmou também que Yakuza Like a Dragon vai rodar no XSS a 2K 30fps e 900p 60fps, um jogo que já tem no PS4 e roda a 1080p 30fps. No XSX a informação ainda não confirmada é de que roda em 4K 30fps sem Raytracing e 2K 60fps sem RT também, logo, um caso ainda pior que o apresentado pelos jogos do PS5 que ao menos tem aspecto gráfico muito melhor que destes citados e raytracing.

O que chega a minha dúvida, o que esta acontecendo com o XSX? Porque tantos problemas pra se atingir a performance ideal? Cadê o Raytracing? Será problema de API, de Software de desenvolvimento?

Marco Antonio Brasil
Responder a  nETTo
14 dias atrás

Olha eu nem sou daqueles que está na expectativa de a nextgen rodar”4K 60 fps com RT no ultra” mas tenho que concordar contigo, também achei esses números decepcionantes, principalmente porque dirt 5 e Yakuza são jogos crossgen!
Gostaria de saber a opinião do Mário, Bruno, Carlos Eduardo, Shin (me perdoem se esqueci alguém 😂), mas estes jogos não deveriam teoricamente atingir uma performance melhor nas novas máquinas?

Marco Antonio Brasil
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

Obrigado Mário, eu percebo o que dizes.
Mas devido à diferença de força bruta entre as gerações eu imaginei que esses jogos, digamos mais simples, crossgen de 1 geração, atingiram 4k ou 60fps com mais facilidade nas versões “nextgen”.
Por exemplo, na análise do arstechnica disse que o modo resolução no Dirt 5 é 4K dinâmico. Eu esperava isso em jogos com visual mais elaborado. Me pergunto se a expectativa era irreal, ou o jogo é pesado (risos) ou a dev é limitada…

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Marco Antonio Brasil
14 dias atrás

Marco,

Na minha opinião não é um problema de hardware. Claro que todos aqui temos nossas percepções, por exemplo: “poder bruto vs otimização”. Mas fato é que em hardware, ambas as consolas são capazes de entregar resultados melhores do que os que estamos vendo.

Se o problema não é hardware, seria em software?

Fato é que para artistas, animadores, etc. produzirem jogos next-gen, precisam que os motores estejam devidamente aprimorados para o hardware next-gen.

Para motores estarem devidamente aprimorados para o hardware next-gen, precisa que os engenheiros de render, programadores,etc. tenham recebido os devkits com SDKs (Software Development Kit) em tempo hábil para realizar tal aprimoramento.

E se demoraram para entregar estes devkits? E se houve alteração nos devkits demandando um novo aprendizado, correção de bugs, refazer partes do código-fonte dos motores, etc. ? (leia meu comentário abaixo respondendo o Rui).

É aí que pode estar o problema. Talvez estamos vendo Ray Tracing e jogos mais aprimorados no Playstation 5 porque a Sony entregou seus SDKs em tempo hábil, permitindo que todo o fluxo citado acima funcione bem e a primeira geração de jogos já receba algumas melhorias notáveis. Só para constar, o trabalho de aprimorar os motores é um loop infinito, estão sempre melhorando. Mas se os estúdios receberam os devkits mais cedo, os motores receberão aprimoramentos mais cedo. E se estes devkits são tão simples e eficazes como o da consola anterior, a curva de aprendizagem é vencida mais cedo.

No caso do Xbox Series X, suspeito que Dirt 5 e Yakuza estão funcionando em um motor sem aprimoramentos, ou seja, como se fosse feito para o hardware do Xbox One. A força bruta do Xbox Series X entrega mais resolução, FPS, texturas um pouco melhores. De resto é um jogo de Xbox One rodando em um hardware superior.

É inclusive por isso que The Medium sairá para Xbox One. Provavelmente é o mesmo jogo, as mesmas optimizações de engine. Alguns podem responder que o Playstation 5 também receberá games cross-gen. Mas tem uma diferença importante: ao contrário do Cross-Gen Xbox One/Xbox Series X, creio que veremos uma considerável diferença de qualidade entre o Cross-Gen entre Playstation 5 e Playstation 4, já que os motores já estão parcialmente aprimorados para a nova consola da Sony. E jogos como NBA 2k 21 e Spiderman Miles Morales serão a prova disso. São jogos que ganharam um considerável incremento visual no Playstation 5, provavelmente bem mais bonitos que as suas respectivas versões do Playstation 4.

Então concluindo, é bem possível que nesse começo de geração, veremos jogos multiplataforma rodando melhor na consola da Sony. Sei que muitos vão gritar “12 > 9”, xingar e ofender, mas fato é que o Playstation 5 saiu na frente e já está preparado para a próxima geração. Talvez veremos pouca diferença em Yakuza 7 ou Dirt 5, jogos que possuem contrato de publicidade com a Microsoft. Mas e aqueles que farão uso de Ray Tracing? Como será?

Para terminar, compartilho este vídeo de Agosto/2020 do Diego Garzon, lead developer da nova engine da Turn 10 (https://www.youtube.com/watch?v=NJsbnTdRY9I&feature=emb_logo). Olha como estão melhorando a iluminação global para o novo Forza. Provavelmente vai ficar lindo daqui 1 ou 2 anos. Mas será que já não deviam estar trabalhando nisso há mais tempo, consequentemente entregando um novo Forza next-gen no lançamento? O que aconteceu?

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Carlos Eduardo
14 dias atrás

Só fazendo um leve complemento ao meu raciocínio, repare como o Xbox Series X está se mostrando performático com a retro. Jogos como Sekiro, Assassin’s Creed Unity e outros alcançando 60fps estáveis sem nenhuma necessidade de alterar o código-fonte do jogo, nenhuma optimização específica para a nova consola.

Vou fazer uma analogia com uma situação que vivenciei no passado.

Eu desenvolvia Software de “Automação de Força de Vendas”, que funcionava sobre o celular A1200 da Motorola. A cada nova versão, o software estava ficando cada vez mais pesado, e gradativamente perdendo performance sobre este aparelho. Até que depois de muita reclamação dos usuários com a lentidão (demorava cerca de 4 segundos para mostrar o preço final de um produto), o dono da empresa comprar novos aparelhos, substituindo o A1200 da Motorola pelo Galaxy S2 da Samsung.

Só que tinha um problema: O software que funcionava no A1200 da Motorola era executado sobre JavaME, enquanto que softwares no executam sobre Android. Era necessário refazer algumas camadas do sistema para suportar Android. E isso custava bastante tempo e dinheiro. Com isso, meu chefe me pediu educadamente para resolver a situação rapidamente, e eu escolhi trabalhar provisoriamente com emulação. Neste caso, eu inputava meu código JavaME (arquivos .jad e .jar), e na saída obtinha seu código-fonte equivalente em Android (arquivo .apk). Claro que precisei realizar ajustes, mas o milagre da emulação funcionou.

Pois bem, dos 4 segundos que demorava para mostrar o preço final do produto, imediatamente o tempo caiu para cerca de 2 segundos. Maravilha, ninguém reclamou mais. Mas passados alguns meses, quando abandonamos a emulação e resolvemos construir um código-fonte para rodar nativamente no Android, de 2 segundos passou a carregar imediatamente. Além disso, várias features exclusivas de Android integravam maravilhosamente bem, muito superiores ao que vimos em JavaME, que soava tudo muito arcaico. O ciclo de desenvolvimento melhorou muito, passei a usar um banco de dados relacional embarcado, ao invés de um framework proprietário chamado MicroDB que construímos para armazenamento.

Moral da história? Repare como tem semelhanças com a situação atual do Xbox Series X. Por enquanto estamos usando códigos-fonte “emulados” para Android. Aguarde e verá como estará melhor quando surgir a nova onda com os jogos “nativos” para a nova geração.

Caso queira saber mais dessa solução de conversão, em 2011 eu a contei no meu blog: https://carloseduardoxp.wordpress.com/2011/10/14/convertendo-aplicacoes-java-me-para-android/

Abraços.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Carlos Eduardo
13 dias atrás

Valeu por compartilhar uma opinião tão detalhada CE! Excelente seu exemplo, eu imaginava que seria algo assim a se passar. E concordo com sua teoria dos devkits, inclusive o Mário tinha dito algo nesse sentido também.

PS: “favoritei” seu blog também!

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Mário Armão Ferreira
12 dias atrás

Mário, caso não tenhas visto este vídeo (link: https://www.youtube.com/watch?v=CSzUeoKtMHQ&feature=emb_logo), vale a pena. Se trata de uma análise de Dirt 5 realizada pelo Yan Chernikov, ex programador na Engine Frosbite. Até acessei o Linkedin do gajo para verificar quem de facto era: https://www.linkedin.com/in/yan-chernikov/?originalSubdomain=au

Cito abaixo alguns trechos do que ele disse sobre o jogo, que já são motivos suficientes para ficar preocupado.

1:33-Por que isso se parece com o jogo Halo?
1:43-Esta ambientação é ridícula
8:16-Cor lisa em todos os lugares. O que está acontecendo? 9:14-Para onde estão indo os Teraflops?
12:10-Partes deste jogo parecem conteúdo do Xbox 360

Mas algo que eu não quis publicar no meu twitter, e que me deixou ainda mais preocupado, é que em vários momentos do vídeo ele diz muitas indiretas que é algo relacionado à consola, e não à Codemasters.

Bom, certo ou errado descobriremos no mês que vem quando o jogo sair para todas as consolas.

//:0

Rui Teixeira
Rui Teixeira
Responder a  Carlos Eduardo
12 dias atrás

Também estive para colocar aqui esse vídeo. O próprio título é revelador, “Is this a mobile game?”
Parece que isto só impressionou a DF!

Deto
Deto
Responder a  Carlos Eduardo
12 dias atrás

tanto Halo Infinite quanto Dirty parecem jogos de celular.

Nadella falando em “2 bilhões de usuários de xcloud” no celular.

será coincidência?

Vc vai fazer um jogo com gráficos impressionantes para rodar a 30fps, 30fps da lag em streaming, e vender ele no streaming de celular?

ou vc vai fazer jogo com gráfico de celular para vender streaming no celular a 120fps para minimizar o LAG?

Se a nintendo entrar no vácuo do xbox, por mim, já vai tarde MS… faça somente streaming de jogo de celular para celulares e deixe os consoles para a Sony (AMD) e Nvidia (Nintendo).

Vc acha que os caras da MS são tão idiotas que fizeram marketing com esses jogos de celular sem perceberem?

É pq eles querem xcloud e não xbox, para um jogador de celular halo e dirty tem otimos jogos e a MS pode enganar eles “olha o xbox na tua mão com Halo” quando na verdae é “olha esse Halo feito para celulares na tua mão… ah, ele tb roda no xbox, igual no celular, para a gente fingir que não estamos abandonando os consoles”

Reparou que os estudios do xbox comprados só lançaram jogo de celular tb? e se a MS vai pegar um estudio de jogo AA ou AAA e transformar em 2 ou 3 estudios de jogos de celular para o gamepass/xcloud?

pq até agora, foi tudo que ela entregou com as compras de estudios, grounded, bleeding edge… battletoads; é tudo jogo de celular.

tá parecendo a postura de sempre, que ferra a MS sempre… tenta fingir que está focando em tudo, celular e console, e queima um mercado por mentir e não entregar, o do console, e queima o outro pq não se focou 100%

E sabe o que é interessante? a Sony sabe disso e por isso espera vender muito mais PS5 do que vendeu PS4, pq no espaço do xbox one em 2013~2014, vai entrar o PS5.

E se o xbox sx e s foram feitos para Azure, processamento generico, e xcloud; e já que fizeram para isso, “lança console tb para não pegar mal que a gente abandonou os consoles e não entregar que vamos fazer jogos de celular”

a altura das placas do xbox cabem bem em um Rack de servidor na vertical, acho que 4U.

se esperavam sucesso no xcloud e xbox, pq usar grana para fazer GDDR6 “com ECC”?

pq eles esperam sucesso de Azure e de Xcloud e não de xbox.

Edson
Edson
Responder a  Deto
11 dias atrás

Deto, compreendo o que diz e até corroboraria da mesma opinião, caso algumas coisas não me intrigassem, como o pq da MS estar tirando tantos nomes sonantes de estúdios da Sony como no mais recente caso, o Lee Davis, um dos grandes nomes da ND, indo para o The Initiative para fazer… Games de celular? Aumentou estúdios com contrações e investimentos, com vagas para AAA como no caso da Inxile, jogando a equipe que era de 80 funcionários para mais de 100 e construindo um prédio para o estúdio ter capacidade até 800 funcionários, além de terem recém contratado um dos grandes nomes da Santa Mónica
Studios, como o Dean Rymer, fora ainda a compra da Zenimax onde sabemos que não fazem games para celular. Estou um pouco assustado com a MS não mostrar nada relevante no Series X faltando dias, mas não sei… Talvez esteja exagerando! Lembrando que a Sony tbm já falou em cloud e em ter jogos nos celulares. Creio, que no primeiro momento, a MS esteja querendo mais games com diversidades para um preenchimento no catálogo do game pass, ficando nos AA e nos AAA, enquanto a Sony vai focar mais nos AAA.

Edson
Edson
Responder a  Mário Armão Ferreira
11 dias atrás

Mário, não faz muito sentido quando olhamos para uma compra da Zenimax que fazem games AAA, além de contratações sonantes de estúdios Sony para estúdios como a The Initiative e a Inxile, por ex, além de vagas de empregos para inúmeros games AAA no LinkedIn. Dias atrás, o próprio Dean Rymer postou no twitter que não vê a hora de mostrarem o novo projeto AAA action Rpg deles. Ou a MS está mentindo em relação à games AAA, gastando valores de AA e dizendo que são AAA, algo que vindo deles não seria impossível de fazer ou… Podemos estar equivocados!

Rui Teixeira
Rui Teixeira
Responder a  nETTo
14 dias atrás

A minha dúvida é como irão correr estes jogos (dirt5 e yakuza) quando implementarem o RT?
Na PS5 temos jogos a correr a 4k 30/60fps com RT, aqui temos jogos a 4k 30/60fps sem RT.
As resoluções/fps vão cair? O RT da MS não terá impacto nem na resolução nem performance do jogo?
O porquê de ainda não termos visto nada com RT na SX! Problemas de APIs? Hardware? Os jogos correm pior e não querem que se veja?
Muitas incógnitas!

Rui Teixeira
Rui Teixeira
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

Obrigado pela explicação, tinha ideia que seria assim!
Podemos então imaginar que o Dirt5 com RT irá cair para os 1440p 60fps com RT, entretanto na PS5 temos o GT7 a 4k 60fps com RT. O Dirt5 ficará mal visto, sobretudo com aqueles gráficos, mas também é difícil comparar uma Polyphony com quem quer que seja que está a fazer o Dirt.

nETTo
nETTo
Responder a  Mário Armão Ferreira
13 dias atrás

Na primeira exibição destes jogos a DF fez a análise do evento, e pra eles aquela época somente Sack Boy não rodva em 4K nativo, o resto, todos rodavam segundo a análise da DF. Depois veio a se saber que Ratchet roda em resolução dinâmica, o que mostra que as técnicas de reescala de resolução está cada vez melhores assim dificultando o trabalho dos analistas de pixels.

Finn
Finn
Responder a  Rui Teixeira
14 dias atrás

Dirt 5 e Yakuza não servem de parâmetro algum, porque são jogos mal otimizados e têm gráficos cross gen (mas mais para a gen passada). Muito provavelmente serão iguais ou ainda piores no PS5. Sua última pergunta ainda é um mistério.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Mário Armão Ferreira
13 dias atrás

Boa Mário, estou rindo muito aqui com a “oitava maravilha”, também achei muito benevolente a análise da DF.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Rui Teixeira
14 dias atrás

Rui, hoje o John Linneman da Digital Foundry falou sobre Ray Tracing no Xbox Series X, dizendo que o problema pode ser parcialmente com ferramentas de desenvolvimento. Link: https://twitter.com/dark1x/status/1316078327015276544?s=20 .

O Richard Leadbetter da Digital Foundry também havia falado que alguns devs não estavam satisfeitos com a mudança do XDK (Xbox Development Kit) para o GDK (Gamecore Development Kit).

Vou dar um palpite pessoal com base nessas afirmações. Pode ser que o novo devkit não foi entregue com tempo suficiente para adquirir estabilidade e amadurecimento para que os engenheiros de render aprimorem suas engines. Consequentemente de nada adianta você ter um hardware com suporte a Ray Tracing se a a engine de alto nível não consegue executar instruções apropriadamente, já que o devkit não está devidamente estável.

Claro que aqui estou reportando uma situação que pode ter ocorrido há meses atrás (ou até mais de ano). Entretanto, o ciclo de desenvolvimento de um jogo é longo. Um problema desse há meses atrás gera um enorme impacto nos dias atuais, já que os jogos podem não ficarem prontos em tempo.

Rui Teixeira
Rui Teixeira
Responder a  Carlos Eduardo
13 dias atrás

Nem me lembrei dum possível atraso na entrega dos devkits, mas no Dirt5 a MS não disse que o jogo estava optimizado para a SeriesX?

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
14 dias atrás

Toda essa história começou quando o Jez Corden disse que o ar que saia do console era quente(!), aí começaram as conversas de que o console aquecia e então começou o FUD. Na sequência o Jez teve que voltar pra dizer que não teve problema algum com o equipamento. Além disso, as pessoas com o console estão testando outros jogos de geração atual também, não apenas jogos retro. A Digital Foundry lançou ontem as impressões do Dirt 5 que estava sobre embargo. Até o momento, existem tantas provas de que o Xbox Series X tem problemas de aquecimento quanto provas de que o PS5 tem problemas com o smartshift que faz a GPU atingir 5tflops. É o mesmo tipo de conversa.

A propósito, o ar que sai de traz do Xbox One X também quente viu, aliás é muito quente, e além disso, é o console mais silencioso que eu já vi. Esse é o mínimo que se espera de um equipamento compacto que tem um chip potente e um dissipador de calor. Que ele jogue ar quente pra fora, pois se fosse para soltar ar frio, ele deveria ter um ar condicionado e não um dissipador de calor.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Mário Armão Ferreira
14 dias atrás

Espero que daqui um mês eu possa dizer pra voces se realmente esquenta muito ou não, o bichinho será bem testado nos primeiros dias

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Fernando Molina
12 dias atrás

Eu vou jogar tanto Cyberpunk 2077 pelos próximos meses, que se o console tiver problemas de aquecimento, o meu vai ser um dos primeiros a morrer. Mas se ele aquece menos que o One X, creio que não deve ter problemas. Eu joguei tanto RDR2 no One X, que as vezes ficava com a impressão de que em algum momento o X esquentaria, por que ele solta ar muito quente no RD2, ou no Gears 5 por exemplo, mas nada. Nem barulho. Eu nunca ouvi o cooler do Xbox One X. Como comparação, ligar o 360 hoje em dia, o meu sobrevivente que nunca teve 3rl, é quase como ligar o liquidificador.

Deto
Deto
Responder a  Fernando Medeiros
12 dias atrás

não esquece de cancelar o gamepass enquanto vc joga o jogo que vc comprou.

caso contrário, vc vai pagar assinatura sem usar + um jogo, que sai mais caro que comprar um jogo sem assinatura nenhuma.

pq ai iria por agua a baixo o console do “custo beneficio”

Livio
Livio
14 dias atrás

[Off] Mário uma dúvida, do que se sabe dos novos consoles quem trata o audio 3D?

Pergunto isso pq recebi via whats um texto dizendo que o audio 3d pode consumir até 20% da performance da CPU/GPU e com isso os 12TF do XSX cairiam para a casa dos 9TF, já no lado do PS5 o audio 3D seria tratado por um controlador fora a parte o que não afetaria os TF dele

Finn
Finn
Responder a  Livio
14 dias atrás

O X aparentemente também deixa o processamento de áudio para seu próprio acelerador 3D, então me parece que não consumirá CPU/GPU.

Antonio Lucas
Antonio Lucas
Responder a  Livio
14 dias atrás

A microsoft ja confirmou através do hotchips que o XSX tem um hardware dedicado pra áudio que e tão poderoso quanto o do ps5

João Magalhães
João Magalhães
14 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mário não consegui colar um link pelo Smartphone que gostaria de vc dar uma olhada.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
12 dias atrás

O Jeff Grubb testou o console e mediu a temperatura da saída de ar.

https://venturebeat.com/2020/10/15/the-xbox-series-x-was-designed-by-people-who-believe-in-games/

Resumindo

XSX – 50,4C
Xbox One X – 54,5C
PS4 Pro – 65C

Essas são as temperaturas máximas e já desmistifica toda a conversa. O Xbox Series X esquenta menos que o One X que por sinal já esquentava menos que o PS4 Pro, e como bônus, ele ainda está consumindo menos energia que o One X consome. Podemos ir para a próxima tentativa de quebrar o Xbox que vai surgir na internet.

Livio
Livio
Responder a  Fernando Medeiros
12 dias atrás

Uou, litografias diferentes, arquiteturas diferentes, logo a mais nova pode e deve aquecer menos e consumir menos energia.

Ahh lembrando que também há diferenças no método de dissipação né…..

Hoje é o dia de alguns fanboys da MS a lançarem vídeos de comparação de temperatura, nem percebi tal movimento….

error: Conteúdo protegido