PS5 e Xbox série X deverão ser ambas RDNA 2.0 e possuir aceleração RT da AMD

Quem o diz é o chefe de gestão de produtos da AMD.

Aparentemente a questão sobre a validade dos leaks do Github, e os rumores do uso de uma solução externa à AMD para Ray Tracing, na PS5 não tem qualquer fundamento.

Quem o diz é o Chefe de Gestão de produtos da AMD, Mithun Chandrashekhar, que numa recente conferência de imprensa referiu o seguinte:

AMD AS A COMPANY…STRONGLY BELIEVES IN THE VALUE AND CAPABILITY OF RAYTRACING. RDNA 2, THE NEXT-GEN, WILL SUPPORT RAYTRACING. BOTH THE NEXT-GEN XBOX AND PLAYSTATION WILL SUPPORT HARDWARE RAYTRACING WITH RADEON NATIVELY. WE WILL BE SURE TO HAVE THE CONTENT THAT GAMERS CAN ACTUALLY USE TO RUN ON THOSE GPUS

WE BELIEVE IN OUR RAYTRACING, AND WE WILL HAVE IT WHEN THE TIME IS RIGHT.

Fonte

Traduzindo:



A AMD como companhia… acredita verdadeiramente no valor e nas capacidades do Ray Tracing do RDNA 2, a proxima geração, com suporte Ray tracing. Tanto a Xbox como a Playstation de próxima geração, suportarão Ray Tracing por hardware de forma nativa com a Radeon. Garantiremos que terão o conteúdo que os os Gamers possam usar para correr nesses GPUs.

Acreditamos no nosso Ray tracing, e tê-lo-emos, na altura devida.

Esta frase não é um rumor, esta frase não é de interpretação. Esta é uma frase que nos é transmitida como sendo textual do chefe de gestão de produtos da AMD. E nela ele parece dizer que ambas as futuras consolas serão baseadas no RDNA 2, e usarão nativamente a solução RT da AMD.

O que isto implicaria? Bem, que a solução da Sony, mesmo que se revele algo diferente da da Microsoft por alterações proprietárias de ambas as marcas, deverá ter a mesma base, o RT da AMD. Isto, a confirmar-se põem fim à teoria de um RT externo e de terceiros usado pela consola da Sony (apesar que personalizações e melhorias vindas de ambas as marcas ainda podem ser uma realidade).

Mas da mesma forma põem fim às conclusões retiradas do leak do Github. Nesse leak os APUs Oberon e Ariel ali testados eram RDNA 1, e não possuíam RT. Ora perante esta revelação, isto a ser assim, significa que esses APUs, mesmo que em tempos tenham sido pensados para a PS5, não estarão actualmente a ser usados, ou pelo menos, se o estão, sofreram alterações radicais.

Quer isto igualmente dizer que perante a realidade de um novo chip ou de alterações de fundo, o limite de 36 CU anteriormente existente deixa de ser visto como se tendo forçosamente mantido e o rumor de uma PS4 a 9.2 Tflops deverá cair por terra.

Este é um dado relevante, mas que no entanto não nos esclarece totalmente. Como já referido, somente com a revelação da PS5 haverá certezas. Mas se efectivamente o APU da PS5 for RDNA 2, está mantido sob segredo, não tendo existido qualquer vazamento sobre qualquer APU nessa situação que tenha sido associado à consola da Sony.

Daí que no capítulo das performances, tudo continuaria em aberto.



 



newest oldest
Notify of
Carlos Zidane
Visitante
Carlos Zidane

Estava realmente gostando da idéia do RT a parte.
Por outro lado vejo como muito positivo hardware’s muito similares nos dois e deixar a disputa pro que interessa que é o software.

Será que haveria possibilidade de regular ou desativar efeitos RT como se faz no PC?! Em prol de mais desempenho? Já ouvi que é diferente mas, caso sim, o meu ficaria desativado praticamente o tempo todo rs.

Andrio
Visitante
Andrio

Também estava gostando de solução com o RT separada.

Vi esse rumor no twitter. 13.3 TF
duvido mas sei lá kkkk

https://twitter.com/NextGenPlayer/status/1234248004481306624

Vitor Calado
Visitante
Vitor Calado

…e deixar a disputa para o que interessa que é o software:

1º nem deveria haver disputa, pois cada um escolhe jogar onde gosta e onde quer ou onde pode
2º O que interessa é muito relativo, é como a velha questão, qual é mais importante na F1, o piloto ou o carro?? Sem hardware o software não funciona, mas só hardware sem software também não funciona, pelo que na minha opinião o que interessa é um equilíbrio entre o hard e o soft de maneira a que ambos beneficiem da outra vertente e o resultado seja harmonioso e equilibrado
3º Acho que o RT separado limita o criador do jogo, pois ele quer fazer um jogo em que aparecem 500+ NPC ao mesmo tempo e para isso acontecer ele pode tirar recursos do RT e alocar á sua visão do jogo, se o RT for separado ele apenas pode ligar ou desligar, sendo que o desligar não oferece vantagem nas outras vertentes da programação e portanto o jogo pode ser uma porcaria mas estará sempre muito bem iluminado 🙂

Carlos Zidane
Visitante
Carlos Zidane

Vitor,”o que interessa é relativo” você diz, e no seu caso é verdade

É verdade, se um fanboy vê que o software não está do seu lado, ele vai direcionar para a potência o seu “interesse”
E vice versa

Agora no meu caso, o software é o que manda. Como já disse, eu prefiro PC 1000x, mas por conta de alguns jogos muito relevantes pra mim não estarem lá, ele perde importância frente a um medíocre hardware de Playstation 4

Impossível ser mais claro

bruno
Visitante
bruno

Sobre o terceiro ponto, o achismo vale o que vale… ou seja absolutamente nada.

O que interessa para o criador do jogo e ter os raios gerados. Num sistema hibrido ele tem poder sobre o controlo de quantos raios podem ser gerados e pode liberar o hardware para fazer outras coisas, teoricamente, mas…

Sera que interessa? As pessoas parecem esquecer-se que o RT nao e algo que vai ser acrescentado, mas sim que vai substituir a iluminacao tipica. Logo, sera que e admissivel sequer considerar que alguem pode controlar seja o que for com o RT, ou o que mais convem e ter o sistema sempre activo, gerando a iluminacao sempre? Porque sistema de iluminacao nao e algo opcional, e algo que precisas de ter em qualquer parte do jogo!

Rui
Visitante
Rui

Hmmmm eu continuo a ter a mesma ideia que tinha mas isto complicou mais as coisas..

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Essa é uma boa notícia, mostra que os dois consoles vão trazer o que tem de melhor da AMD no momento. Provavelmente vão ser notavelmente semelhantes, claro que pode muito bem haver algumas outras otimizações no próximo projeto AMD Navi implementado no console que ainda não estamos cientes, simplesmente porque as peças de PC baseadas na arquitetura mais recente ainda não estão disponíveis para serem experimentadas. A conclusão é que no aqui e agora, pelo menos, o novo console da Microsoft possui uma GPU maior do que qualquer coisa que a AMD tenha no mercado de PCs, mas que também é baseada na tecnologia mais recente. Do lado da Sony ainda falta a confirmação das suas especificações. Essa nova geração vai trazer um grande salto no poder de processamento. Se dependesse de mim eu compraria ambos os consoles, porque os seus exclusivos vão ser fascinantes, principalmente no lado da Sony.

nETTo
Visitante
nETTo

E lá vamos nós kkk

Já tô começando concordar com os caixistas daqui e de todo mundo e ficar p…. com a Sony😤

Mostra logo essa porra que eu já quero vender o Meu rim

Danilo Marciel
Visitante
Danilo Marciel

Revoltado com esse segredo a sete chaves da Sony embora os fãs concordem e achem lindo passou da hora dela revelar algo.

andrio
Visitante
andrio

Lindo eu acho que não, mas oq realmente me revoltar foi n ter conseguido jogar the last of us em fevereiro! Aqui no Brasil era feriado e eu tinha feito uma cirurgia, fiquei em casa 🤧
Sony com 2 triple AAA pra lançar esse ano, por mim ps5 só ano que vem 🤷

Carlos Zidane
Visitante
Carlos Zidane

Eu sou desses que não ligam.
O negócio só vai lançar no fim do ano, até lá nem adianta saber muita coisa pois ninguém vai ter um mesmo

Se falarem bom, se não falar, não muda nada também.

O que eu não gosto é como fizeram antes, mostra primeiro o controle, depois as specs só depois o console em si…
Mostra logo tudo de uma vez lá pra setembro/outubro e pronto

bruno
Visitante
bruno

Não sei porquê… Em vez de andarem a sofrer por quererem saber hardware futuro, já pensaram em experimentar a demo de FF VII que foi disponibilizada na store este fim de semana? Está fantástico!

Está toda a gente ansiosa com a necessidade da nova geração… Mas ninguém considera o seguinte..

Tanto MS como Square Enix anunciaram que o primeiro ano não terá exclusivos da nova geração. Não sabemos se mais lhes juntarao. Isto significa que durante o primeiro ano estaremos a ter os mesmos jogos que temos agora.

Então eu pergunto.. porquê lançar o novo hardware agora?

Enquanto sofrem por notícias de novo hardware eu limito-me a jogar. Tenho tantos título s excelentes para terminar..

Andrio
Visitante
Andrio

Demo ta bem maneira mesmo! vou jogar novamente quando chegar em casa.
Pessoal só ta nessa pilha pq o a MS já falou das suas specs, senao estariam calados. rsrsrsrs

Carlos
Visitante
Carlos

.

João Magalhães
Visitante
João Magalhães

Pois é…..A ser verdade RDNA 2 no PS5 e talvez esses 13,5 TF a Sony soube esconder muito bem suas especificações e até confundir insiders.

Acho que o Fernando não ia gostar muito hehe