Remedy desmente Phil Spencer

0 0 votes
Avalie o nosso artigo

Numa situação de total e completa surpresa, o responsável pela Xbox fez uma declaração que foi desmentida pela Remedy. Como é possível que tal aconteça e que imagem isso passa da Xbox?

Há situações que soam a incompreensíveis, e que a acontecerem não dão uma boa imagem.

Phil Spencer, numa recente transmissão Extra Life no Mixer (aos 43:50 minutos), veio referir que, entre os melhores jogos do ano, gosta de Control da Remedy, acrescentando que o aclamado jogo, estava a caminho do Gamepass.

Aqui não se tratou de uma frase transviada. A declaração é do líder máximo da Xbox e é clara!

As suas palavras traduzem-se literalmente por:



Penso que Control foi muito bom. Não chegou a pessoas suficientes por isso estou contente em ver que está a caminho do Game Pass e então espero que mais pessoas o joguem porque é um jogo que deve ser jogado dos nossos amigos na Remedy, adoramos a Remedy,

Mas o que Phil disse veio-se a saber ser mentira. A Remedy veio confirmar que  o seu jogo não irá para o Gamepass, dando a informação dada no stream do Mixer como incorrecta, e que nem sequer há qualquer notícia ou comunicado da empresa sobre o Gamepass, desmentindo assim o líder máximo da Xbox.

Daí que a pergunta que fica é: Como é que um responsável máximo de um produto não sabe ao certo o que se passa com ele. E mais do que isso, como é que faz uma afirmação destas sem ter certezas?

Este tipo de coisas após uma geração de promessas não cumpridas não ajuda nada a limpar a imagem da Xbox. Viesse isto de uma figura menor e bastaria desmentir a coisa dizendo que houve uma má informação. Mas Phil Spencer dizer isto, é naturalmente assumido como uma realidade concretizada! Afinal é o responsável máximo e a pessoa que mais deveria saber exactamente o que se passa com tudo o que rodeia a consola.

A realidade é que podemos aceitar que se tratou de um lapso. Phil Spencer é humano e pode ter trocado as palavras, pode-se ter enganado. Mas se assim é, porque não o vem dizer?

Ou numa outra possibilidade Phil pode estar certo, mas ter revelado a coisa cedo demais, podendo prejudicar as vendas que a Remedy espera ter neste período de Natal.



Esta última hipótese não pode ser descurada. Afinal ela seria a única que justificaria a Microsoft não ter vindo dizer qualquer coisa adicional. Porque a fazê-lo teria de clarificar a situação e admitir que meteu a pata na poça.

Agora esperemos que seja realmente algo do género, pois se Control não vier em breve para o Gamepass, sem um reconhecimento de Phil pelo seu erro,  aquilo que ele refere sobre a sua futura consola, poderá igualmente começar a ser questionado sobe a veracidade.

Seja como for, no meio de tudo isto, mais uma vez fica a imagem da Xbox, pelo que verdade ou mentira, no mínimo, Phil Spencer foi precipitado nas declarações.



error: Conteúdo protegido