Remedy desmente Phil Spencer

Numa situação de total e completa surpresa, o responsável pela Xbox fez uma declaração que foi desmentida pela Remedy. Como é possível que tal aconteça e que imagem isso passa da Xbox?

Há situações que soam a incompreensíveis, e que a acontecerem não dão uma boa imagem.

Phil Spencer, numa recente transmissão Extra Life no Mixer (aos 43:50 minutos), veio referir que, entre os melhores jogos do ano, gosta de Control da Remedy, acrescentando que o aclamado jogo, estava a caminho do Gamepass.

Aqui não se tratou de uma frase transviada. A declaração é do líder máximo da Xbox e é clara!

As suas palavras traduzem-se literalmente por:



Penso que Control foi muito bom. Não chegou a pessoas suficientes por isso estou contente em ver que está a caminho do Game Pass e então espero que mais pessoas o joguem porque é um jogo que deve ser jogado dos nossos amigos na Remedy, adoramos a Remedy,

Mas o que Phil disse veio-se a saber ser mentira. A Remedy veio confirmar que  o seu jogo não irá para o Gamepass, dando a informação dada no stream do Mixer como incorrecta, e que nem sequer há qualquer notícia ou comunicado da empresa sobre o Gamepass, desmentindo assim o líder máximo da Xbox.

Daí que a pergunta que fica é: Como é que um responsável máximo de um produto não sabe ao certo o que se passa com ele. E mais do que isso, como é que faz uma afirmação destas sem ter certezas?

Este tipo de coisas após uma geração de promessas não cumpridas não ajuda nada a limpar a imagem da Xbox. Viesse isto de uma figura menor e bastaria desmentir a coisa dizendo que houve uma má informação. Mas Phil Spencer dizer isto, é naturalmente assumido como uma realidade concretizada! Afinal é o responsável máximo e a pessoa que mais deveria saber exactamente o que se passa com tudo o que rodeia a consola.

A realidade é que podemos aceitar que se tratou de um lapso. Phil Spencer é humano e pode ter trocado as palavras, pode-se ter enganado. Mas se assim é, porque não o vem dizer?

Ou numa outra possibilidade Phil pode estar certo, mas ter revelado a coisa cedo demais, podendo prejudicar as vendas que a Remedy espera ter neste período de Natal.



Esta última hipótese não pode ser descurada. Afinal ela seria a única que justificaria a Microsoft não ter vindo dizer qualquer coisa adicional. Porque a fazê-lo teria de clarificar a situação e admitir que meteu a pata na poça.

Agora esperemos que seja realmente algo do género, pois se Control não vier em breve para o Gamepass, sem um reconhecimento de Phil pelo seu erro,  aquilo que ele refere sobre a sua futura consola, poderá igualmente começar a ser questionado sobe a veracidade.

Seja como for, no meio de tudo isto, mais uma vez fica a imagem da Xbox, pelo que verdade ou mentira, no mínimo, Phil Spencer foi precipitado nas declarações.



25 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
bruno
bruno
5 meses atrás

Tera sido erro?

Como bem dizes, anunciar para o GamePass antes do anuncio oficial da empresa pode prejudicar as vendas..

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
5 meses atrás

Exacto.

daniel
daniel
Responder a  bruno
5 meses atrás

O pior é se for um jogo programado para chegar ao gamepass no início de 2020. Beira a irresponsabilidade uma declaração muito adiantada dessas, pois pode prejudicar muito a venda do jogo nessa final do ano, ainda mais que Control esta disputando o GOTY na TGA.

bruno
bruno
Responder a  daniel
5 meses atrás

Precisamente.

Livio
Livio
5 meses atrás

Na quinta feira saberemos se é verdade ou não, só acho estranho um jogo com 3 meses de vida ir para um serviço como o GamePass, nem o Onrush foi tão rápido para a PSPlus

Edson
Edson
5 meses atrás

Já pensaram numa hipótese pequena, mas não impossível, dele ter soltado essa informação por a Remedy estar sendo adquirida pela MS tbm?

bruno
bruno
Responder a  Edson
5 meses atrás

E depois a Remedy Vir desmentir?

Edson
Edson
Responder a  bruno
5 meses atrás

Sim, pq querendo ou não, ele afetou as vendas do Control, mas uma coisa é certa: Ele deveria ter pedido desculpas no próprio Mixer! Foi uma atitude ridícula dele ficar quieto.

daniel
daniel
Responder a  Edson
5 meses atrás

Pior ainda. A Remedy é uma empresa de capital aberto, podendo ter capital de inúmeras pessoas. A Microsoft ou a Sony podem comprar a maioria das ações, só que uma pequena parte tende a ficar com outras partes, e uma declaração precipitada dessas abala a confiança no mercado de ações, sendo verdade ou não. De qualquer forma, o Phil mandou mal demais.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
5 meses atrás

Também suspeito de uma possível compra da Remedy pela Sony pelos mesmos motivos citados acima. Insomniac teve os mesmos motivos, devs indo em outros estúdios Sony e vice-versa, troca de gentileza entre estúdios, estúdios Sony a parabenizar quando um jogo foi lançado.

Pode ser que tenha alguma revelação no evento que servirá de apresentação do PS5, que pelos rumores será em fevereiro de 2020, porém pode ser que até role uma novidade antes disso visto que a MS parece que acordou em soltar informações do hardware da nova geração.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
5 meses atrás

A venda de acções ocorreu qdo? Tens um link, gostava de saber isso.

Eu não queria escrever isto aqui, até porque certezas não tenho, mas a mim parece-me que a Sony já segurou a Remedy, a RAD e a Bluepoint.

E depois dos Twitter da Bluepoint… Algo está a ser cozinhado com a Konami.

Livio
Livio
Responder a  bruno
5 meses atrás

Pois é, são os 3 mais cotados sendo que RAD e Bluepoint praticamente só desenvolveram para PS

daniel
daniel
Responder a  Mário Armão Ferreira
5 meses atrás

Lembro que Yoshida visitou a Housemarque também. Isso tende a ter algum significado futuro sim, se é a aquisição deles, ou se é algum jogo second party, não sabemos. A Remedy tem essa questão das suas ações, e sua potencial aquisição tende a ser antecipada pelo próprio mercado. A não ser que a Sony injete uma quantidade significativa no aporte da empresa com a abertura de novas ações que a empresa virá a disponibilizar e nos pesares, a Sony ,no somatório final, detenha a maior parte da Remedy. Mas teria que analisar o modelo, dentre outras coisas. Um outro problema, e não sei se lembras é que a Remedy está fazendo o single player do jogo CrossFire X que parece ser um second party da Microsoft para o ano que vem kkk, e nada impede que esses 1,4% tenham sido comprado pela Microsoft como compensação pelo trabalho. Tem vários fatores que problematizam a aquisição desse estúdio, e mexer nisso pode ser um ninho de vespeiro. O melhor pra Sony, penso eu, é tornar a Remedy o que fora a Insomniac tempos atrás; numa second party com características de first party. Firma um contrato de 2/3 jogos exclusivos em sequência, e se tiver uma oportunidade boa com o tempo, adquira o estúdio.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  daniel
5 meses atrás

A Remedy games seria uma mais valia na Sony ou na MS.
Mas acredito que no caso da Sony, a mesma esteja a preferir evoluir os estúdios atuais e acrescentar mais qualidade nos mesmo.
Houve alguns membros que por exemplo saíram da Santa Mônica Studios, depois da conclusão de god of war, do excelente trabalho que fizeram.
O jogo da Sony Bend foi também um dos ips de sucesso este ano, e muito provavelmente esteja a ser estudado o seu crescimento.
A Sony acabou de adquirir a Insomniac games (acima de 250 empregados), comprar agora a Remedy games iria levar a PlayStation a gastar uma quantidade monetário muito elevada em pouco tempo. E poderia se sujeitar a não ter capital financeiro para o desenvolvimento de jogos e pagamento de salários nos estúdios.
Concluindo, não basta comprar estúdios, temos que os apoiar nos projetos e ajudar na sua evolução. E é também mais fácil controlar e apoiar quando temos “menos quantidade” e garantir mais qualidade.
Eu preferia que a Playstation tivesse comprado a Remedy em vez da Insomniac games, mas isso sou eu :p

AlexandreR
AlexandreR
5 meses atrás

Eh pah, eles gostam mesmo de meter a pata na poça!
Remedy games é dos melhores estúdios que anda por aí…
E eles com as suas políticas estão sempre a prejudica lós.
Tornaram Quantum break numa série, agora isto…
Eu espero que a MS não adquire este estúdio!
Gosto muito da companhia deles é tem muito talento…
Prefiro que se mantenham independentes ou então que se juntem a Sony!

Brunoab
Brunoab
5 meses atrás

Ou se vc imaginar que o Phill Spencer é um sonso duas caras pode considerar a possibilidade que ele fez isso apenas para PREJUDICAR a Remedy, afinal o Control é indicado ao GOTY e teria uma grande publicidade grátis no fim de ano com o TGA, podendo dar um boost nas vendas.

Nem preciso dizer que isso foi por agua abaixo no PC e Xbox, pq agora “vão esperar sair por 1 real no gamepass do xone e PC”.

Remedy saiu das parcerias com a MS, depois do flop que foi Quantum Break com Série de TV tosca para TVTVTVTVTV SPORTS, obviamente a MS exigiu essa “fusão” para hypar sua caixa para TVTVTVTV Série de TV… sem contar o Flop que foi Alan Wake que só deu lucro quando saiu no PC.

Vamos esperar:

– se em breve Control sair no Gamepass, o Phill apenas se enganou e divulgou algo antes da hora, foi um lapso realmente.

– se terminarmos 2020 SEM control no gamepass, o phill spencer fez isso somente para prejudicar a Remedy.

Eu sempre achei o Phill um sonso vitimista

– chora na internet pq a Sony tem DLC temporária do COD, depois de pagar para o Tomb Raider inteiro não sair no PS4 por um ano, querendo lançar no mesmo mês de Uncharted 4 para fazer marketing em cima do jogo da Sony “nosso uncharted”

– hypa MBL sair no xbox para “todos poderem jogar” mas depois inventa que halo, gears e forza não podem sair no PS4 pq “não vão ter experiência completa xbox”

– faz marketing de crossplay, a sony aceita e ele nunca mais fala no assunto, sendo que NÃO TEM crossplay no Halo MCC remaster de PC e Xone.

Bom, sei que se control não sair no Gamepass nos proximos 12 meses terei CERTEZA que o Phill é um sonso vitimista duas caras.

Antonio Lucas
Antonio Lucas
Responder a  Brunoab
5 meses atrás

KKKKKKKKKKK Meu deus do céu que vergonha alheia estou sentindo, esses fanboys…

daniel
daniel
5 meses atrás

Mudando um pouco de assunto, mas depois do anúncio de RE3 Remake para abril de 2020, é um erro em falar que o primeiro semestre de 2020 será o melhor dos últimos 15 anos? Eu não me lembro de um inicio de ano assim. Teremos RE3 Remake, The avengers, Doom Eternal, Final Fantasy 7 Remake, Cyberpunk 2077, The Last of Us 2, Ori 2 e Dying Light 2, pelo que me lembre. Watch Dogs Legion já correu, quem será o próximo?

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  daniel
5 meses atrás

Eu to guardando uma grana pra pegar o Scarlett no lançamento, mas com esse tanto de jogo bom saindo ano que vem, tá osso

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  daniel
5 meses atrás

Concordo Daniel. E haja grana agora pro próximo semestre, tem muito jogo interessante.

Felipe Leite
Felipe Leite
5 meses atrás

Cheira-me a tentativa de fazer o estúdio ceder.
Anunciou para ver se “colava”…
Com a quantidade de pessoas que se manifestaram, parece que foi uma tentativa de seduzir a Remedy.
De qualquer forma, foi um tiro no pé e uma vez mais uma grande nódoa na marca Xbox.

error: Conteúdo protegido