PS4 Pro está a apresentar problemas de optimização em jogos que a tornam pouco atractiva para TVs 1080p

A situação pode eventualmente ser corrigida com patches. Mas a PS4 Pro está a ter dificuldades em manter as performances da PS4 e subir a resolução para 4K. Se numa TV 4K os ganhos podem compensar os benefícios, numa Full HD as perdas não compensam!

As vantagens da PS4 Pro

Os jogos adaptados à PS4 Pro possuem código adicional acrescentado que tira partido da sua performance extra para atingir a resolução 4K, seja ela nativa ou reconstruida pela método de chequeredboard rendering (ver explicação do método aqui).

E como tal, a ideologia por detrás da concepção desta consola foi fornecer ao seu hardware a performance adicional suficiente para que pudesse correr o jogo já existente para a PS4 base, em condições gráficas e de performance iguais ou superiores, mas nesta resolução superior.
Já para quem tivesse uma TV Full HD ou 1080p, a promessa era de melhorias gráficas e/ou de performances adicionais face à consola base!

As melhorias até agora vistas pela PS4 PRO

Analisando a realidade atual, eis os benefícios conhecidos trazidos pela PS4 Pro:

  • Os ganhos oferecidos aos possuidores de TVs 1080p são, na sua maioria, um downsampling da resolução 4K.

Esta situação permite uma melhoria geral da qualidade de imagem, mas não é verdadeiramente nenhuma revolução até porque as soluções AA da PS4 base são por norma já muito boas. É alias uma melhoria que dificilmente é percebida excepto analisando os resultados lado a lado com a versão base, uma vez que a situação acaba por se traduzir apenas num AA ligeiramente melhorado, mas com idêntica definição.
No entanto, há uma pequena percentagem de jogos que, em detrimento deste downsampling, apresentam outras melhorias que certamente serão mais desejadas, tais como como: Melhor Anisotropic Filtering e maior densidade de vegetação, ou aumento da resolução nativa dos 900p para os 1080p.
No entanto, diga-se que mais de 90% dos jogos com suporte anunciado até ao momento, a opção de melhoria face á PS4 base foi o downsampling da versão 4K.



  • Os ganhos oferecidos aos possuidores de TVs 4K são melhorias na resolução para algo que nativamente ou reconstruido, tire partido do seu televisor, bam como o suporte HDR.

Até aqui nada de digno a assinalar. Com maiores ou menores benefícios, e sendo essas as vantagens para o lado dos 1080p que se desejava ou não, e que deixam ou não a desejar face ao oferecido perante uma TV 4K, a Pro traz supostamente vantagens para ambos os lados!

Mas infelizmente nem isso tem vindo a acontecer com todos os jogos!

Os problemas da PS4 Pro

Tem vindo a ser registadas uma série de situações com problemas de performance da PS4 Pro quando a trabalhar com os 4K. E com eles a Pro  não está a conseguir manter as performances da consola base ao subir a resolução.

Eis aqui um extracto pequeno de alguns dos jogos que estão a apresentar problemas!

The Last of us e Mantis Burn Racing

Dos exemplos são os jogos The Last of us e Mantis Burn Racing. Ambos correm a 1080p 60 fps basicamente bloqueados na PS4 Base, mas na versão Pro, subindo a resolução para os 4K e acrescentando o HDR os jogos tem perdas de performance pontuais que vão entre os 2 aos 5 fps (situação mais vincada em The Last of us, quer em frequência, quer no valor das perdas).

Esta é uma situação que vai contra as regras guias da Sony. Não pode haver diferenças de performance entre as consolas! Mas certamente não será algo de que os possuidores se queixem muito! Afinal ter os benefícios de uma resolução 4K com HDR com perdas pontuais de 2 a 5 Fps não é certamente nenhum drama e parece uma troca aceitável!



Mas infelizmente não o é!

E isso porque estes jogos jogo, tal como a maior parte dos jogos com patches para a PRO, numa TV 1080p oferecem como única vantagem o downsampling dos 4K. E isto quer dizer que esses utilizadores vão ter uma imagem melhorada face aos 1080p standard, mas vão igualmente ter as perdas de performance dos 4K. E ainda por cima, dada a falta de suporte HDR das TVs 1080p, sem essa benesse extra.

Resumidamente, face à PS4 base, e numa TV 1080p, estes jogos apresentam um AA melhorado, mas piores performances. E isso é algo que não devia e nem podia acontecer!

Dado a Pro ser um produto Premium, ela só deveria apresentar melhorias e não casos onde piora o que já existe!

Aqui não temos dúvidas que esta situação vai ser estudada e eventualmente corrigida, mas não deixa de ser um problema que existe atualmente e digna de registo e de conhecimento.

Até porque há casos piores!

Skyrim e Deus Ex: Mankind Divided

Um dos maiores problemas de performance da Pro está ligado ao cálculo de transparências, os efeitos alpha, e que ocorrem por exemplo em fumos, neblinas e outros.

E estes dois jogos possuem estes efeitos em quantidade!

Skyrim até e de destacar uma vez que quer a 4K, quer a 1080p oferece ganhos adicionais face à versão base da consola! Para além de mais resolução 4K ou do downsampling (1080p), há mais vegetação e mais profundidade de imagem.

Mas infelizmente, quando há efeitos com transparências alpha, há grandes quebras de performance. E isso é algo de que a PS4 base não sofre!

Ou seja, mais uma vez, para quem tem uma TV 1080p, há uma situação com impacto na jogabilidade superior à trazida pela melhoria gráfica, tornando a versão base preferível.

E Deus Ex segue o mesmo caminho. Em situações onde a PS4 Base corre a 30 fps, a Pro, perante estes efeitos de transparência,cai para os 20 fps! Se numa TV 4K há uma resolução superior e HDR, a 1080p, sem essas benesses só ficamos com quebras que afectam tremendamente a jogabilidade e que são inaceitáveis para um produto vendido como Premium!



Note-se porém que no global a Pro até melhora as performances da PS4 base neste jogo, mas isso não é algo digno de registo, é algo que só se esperaria como normal! O anormal é quando a consola premium fica abaixo da base!

Nota a 16/11/2016 – Watch Dogs é outro jogo que apresenta o mesmo problema, apresentando piores performances na Pro do que na PS4 normal.

Conclusões

Apesar de não sabermos se estas situações podem ou não ser corrigidas, o certo é que a imagem que passa é a de alguma falta de cuidado com as optimizações para a versão Pro, E essa é uma situação que se compreende uma vez que a base de utilizadores é, nesta fase, muito pequena. E a ser tal, estes problemas podem ser resolvidos.

Mas no entanto não temos como comprovar essa situação, e nesse sentido fica o alerta, especialmente para aqueles que estão a pensar no upgrade, tendo uma TV 1080p. É que apesar de os problemas não serem em todos os jogos, eles existem, e a trocarem nesta fase, poderão não passar forçosamente para algo melhor!

Agora, dado que muito vai ter de ser revisto, fica a proposta à Sony de meramente autorizarem o desbloqueio da performance da Pro nos jogos PS4. Sem acréscimo ou alteração de seja o que for, apenas desbloquear a performance, garantindo que os jogos correm numa TV 1080p, todos eles sem qualquer problema de performance ou quebra de fps.

Fonte: Eurogamer



Posts Relacionados