Rumor: Lucasfilms está em conversações com a Ubisoft e Activision para lhes entregar os jogos Star Wars

É apenas um rumor, e provavelmente sem fundamento, mas a forma como a EA prejudicou as vendas do último jogo por causa das micro transações não terá caído bem junto dos responsáveis da Disney.

Convenhamos, se há uma empresa que não é verdadeiramente amada pelo público em geral, é a EA., e isto pelas suas práticas pouco correctas que, ao longo dos anos, de uma forma ou outra, já criaram situações a todos os quase todos, que os levaram a não ficarem satisfeitos com a empresa.

Ora após a EA ter ficado com a licença Star Wars em 2013, o esperado eram vários jogos de alta qualidade que fizessem justiça ao universo Star Wars. E apesar de a qualidade ter estado lá, a realidade é que o primeiro era bastante pobre em conteúdo, e o segundo era rico demais em micro transações do estilo “pay to win”. resumidamente, ambos os jogos, por um motivo ou por outro, revelaram-se insatisfatórios e controversos.

Mais recentemente a EA fechou mesmo a Visceral Games que estava a desenvolver um jogo Star Wars de jogador único, algo que deixou os fans Star Wars insatisfeitos. Uma situação que não é novidade, pois o passado da EA mostra que ela é pródiga a fechar estúdios, uma situação que tem levado a que os fans, de forma repetida, a votem como a companhia menos popular do mundo dos videojogos.

A realidade é que os fans Star Wars estão tristes com a forma como o IP tem sido aproveitado, e a controvérsia com a monetização de Battlefront II, que deu inclusive mau nome à Disney, levou a que a empresa se mostrasse desagradada com toda a má publicidade em torno do jogo, especialmente na altura do lançamento de The Last Jedi.



É pegando em todos estes factos que a Cinelinx afirmou que a Lucasfilm e a Disney estão a movimentar-se junto de outros grandes produtores de forma a encontrar um novo estúdio a quem entregar a série.. O relatado refere que a Ubisoft e a Activision estão entre as empresas contactadas, e que a Disney tem formas de contornar o contrato com a EA, entregando os jogos a outra empresa.

Se a notícia aqui relatada possui algum fundamento de verdade é algo que não se sabe, até porque a Cinelinx tem um passado de histórias relacionadas com o Star Wars onde muito do que referiu não se concretizou. No entanto, isso não invalida que haja veracidade, ou pelo menos ponta dela, nesta notícia.