Samsung confessa que apressou o Galaxy Fold

Era claro que o Design do Galaxy Fold era terrível. Face ao que a Samsung tem lançado, a sensação que o Fold dava era de algo criado um pouco à pressa. E agora isso até acaba por se confirmar, com a Samsung a confessar que o lançamento do Fold foi apressado.

A Samsung veio reconhecer que o Galaxy Fold foi lançado para o mercado sem estar verdadeiramente pronto.

It was embarrassing. I pushed it through before it was ready

As palavras são de DJ Koh, o chefe do departamento de aparelhos móveis da Samsung, em conversa com o jornal The Independent e outros media na Coreia do Sul. Não só o Galaxy Fold foi apressado, como não foi testado convenientemente antes de ser lançado.

O resultado foi um telefone com uma estética duvidosa, e cheio de problemas, que foi recolhido.



Agora 2000 aparelhos estão sob escrutínio sob todos os aspectos da sua construção, e isso inclui os testes que a Samsung nem sequer fez antes de entregar o smartphone a quem os ia analisar.

A realidade é que actualmente não há nenhuma data para lançamento deste telefone e há mesmo alguns rumores que ele foi cancelado. Os motivos serão não só a má imagem que se passou, mas igualmente o facto de este telefone depender de uma película cuja produção é feita no Japão e que está em risco pelas restrições que o Japão colocou na exportação de tecnologia para a Coreia do Sul.

Seja qual for o destino do smartphone, felizmente ele ficou longe do fiasco do Note 7 pois apenas um pequeno número de unidades foram entregues para análise, e os problemas reportados não foram de segurança.

Como conforto, a Huawei, devido aos problemas criados pelo Decreto Presidencial de Trump adiou o lançamento do seu telefone dobrável, e a Xiaomi, que tambem estava na corrida, ainda não deu data de lançamento.

Agora o que se refere é que a Samsung está a trabalhar num novo telefone, completamente diferente, com um funcionamento em concha!