Sony e Microsoft estão a devolver o dinheiro a quem comprou o Cyberpunk 2077

0 0 votes
Avalie o nosso artigo

Cyberpunk é um mar de bugs, e naturalmente as pessoas estão a pedir a devolução do dinheiro pago.

A CD Project Red dececionou e muito com o lançamento de Cyberpunk 2077. As consolas da geração passada deveriam ter sido as últimas a ser suportadas pois seriam as que mais ajustes requeriam para correrem em boas condições.

Ora perante isso muitas pessoas pediram o dinheiro de volta, sendo as pretensões anuladas. Mas se isso aconteceu numa primeira fase, agora já não acontece, e tanto a Microsoft como a Sony estão a devolver o dinheiro do jogo, apesar que no caso da Sony, as regras mais apertadas levaram a que nem todos os pedidos iniciais tivessem sucesso.

Eis algumas provas colocadas por utilizadores, que mostram ter conseguido receptividade à devolução, apesar que esta não existiu sempre para todos:



Sabe-se porém que no caso da Sony nem todos os pedidos foram imediatamente atendidos, mas a realidade as devoluções existiram desde sempre. Eis um exemplo para a Sony e outro para a Microsoft:

O que é uma realidade conhecida é que no capítulo das devoluções a Sony possui regras mais apertadas que a Microsoft. E prante algumas queixas de que a Sony não estaria a responder aos pedidos de devolução para todos, a CD Projecto Red pediu aos utilizadores Sony que aguardessem.



A situação está agora ultrapassada, e tanto Sony como Microsoft estão a  proceder à devolução total do dinheiro a quem comprou o jogo. A Sony deu inclusive a conhecer que irá mais longe, e irá retirar o jogo da sua loja.



0 0 votes
Avalie o nosso artigo
33 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Deto
Deto
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Decepção.

Esperava um RPG nível Fallout New Vegas, superior ainda… Acabou que o jogo é um Skin bugada cyberpunk do GTA.

O jogo NÃO tem IA.

Pensei “nossa, agora o RPG hardcore volta e vai ser popularizado com Cyberpunk”… Que nada…

Sobre a Sony, refund é só se o jogo está quebrado… Mas se está quebrado não pode vender na store.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Deto
7 meses atrás

Fall out New Vegas (teve um lançamento desastroso) e fallout 4 não são o melhor exemplo, neste último tive um bug que me fez reiniciar a minha jornada para um save quase do inicio da campanha.
Conto pelos dedos de uma mão os rpg’s (e já ando nisto há uns bons anos) que tenham sido lançados com poucos Bugs… Um rpg não é um TLOU nem um Uncharted em que o ambiente é “Controlado”

Dito isto Continuo a dizer CDPR errou e errou feio!
Para mim o jogo nem saia para a geração passada.
Eles insistirem no erro e esconderem do público é demais, estou a espera de ver cabeças a rolar…

Apesar de tecnicamente ficar aquém estou a gostar de jogar.
Hj saiu uma nova atualização se os crashes pararem para mim é perfeitamente jogável na PS5.

Vou tentar o refund mas só quando o acabar hahaha (brincadeira)

Deto
Deto
Responder a  Alexandre Oliveira
7 meses atrás

Fallout 76 não é RPG e é muito mais bugado.

É o estúdio q faz esses jogos ou é o tipo de jogo?

além disso, não é “IA bugada”, é IA inexistente.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Deto
7 meses atrás

O tipo de jogo não ajuda tem demasiadas variáveis para sair bug free (sem a ajuda da comunidade) , mas no final a culpa é sempre de quem faz o jogo ou porque não tem capacidade ou porque não tem recursos ou porque é pressionado etc..
Veja se o caso do kingdom Come eu sei k foi um estúdio pequeno e com poucos recursos mas não me lembro que tenha sido removido da PSN… Também era injogável no inico com pop up, texturas k não carregavam e bugs que impediam a progressão..
O que digo é que a Sony e a MS deviam apertar a malha e não permitir coisas destas na sua loja (tanto quanto possivel).
No final de contas a CDPR está se a deitar na cama que sabia estar a fazer!

Entretanto já voltei a experimentar.
Depois da actualização de hoje ainda não crashou … Portanto vou continuar a desfrutar.

nETTo
nETTo
Responder a  Alexandre Oliveira
7 meses atrás

Um game de RPG ainda é um Game, na minha opinião vc tenta justificar o injustificável com Cyberpunk citando outros tipos de jogos (Tlou/Uncharted). Mas, no fim são todos jogos, existem jogos de “corredor” que também saem bugados, Quantum Break foi um, Control nos consoles é outro, assim como existem também jogos openword que saem redondos desde o lançamento como RDR2 ou GTA5, colocar isso numa escala é errado, jogos são jogos, todos estão envoltos em situações dinâmicas as quais as Devs tentam presumir com seus códigos, mas o resultado obtido em Cyberpunk 2077 é lamentável, o jogo poderia ter bugs, mas não na quantidade que tem, poderia ter performance ruim, sim, poderia, mas não na forma que foi lançando nos consoles base. Estamos aqui diante de um dos maiores vexames dessa geração, a CD Project RED lançou um game ainda em Alpha, nem Beta, Alpha mesmo, vai levar meses até este jogo ficar descente em todas as plataformas, fora que segundo quem tá jogando tem inúmeras promessas não cumpridas, puro Marketing mentiroso.

Ontem eu contei que minha cópia chegou, hj pude jogar uma hora no PS4 Pro já com o Patch 1.05 instalado, o jogo logo de cara já se mostra “embaçado” e quando vc trafega por Night City percebe que a pandemia do Coronavirus está no Pico, quase ninguém a rua, ainda tem queda de fps mas pelo menos nesta uma hora o único Bug que tive foi dois NPCs os quais eu supostamente poderia falar, mas ao aborda-los não obtive sucesso.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  nETTo
7 meses atrás

Vc está certo Deto menos numa coisa, eu não tentei justificar citando esses jogos estava salientando que são precisamente jogos completamente diferentes (já vi pessoal a tenta colar o Cyberpunk a TLOU).
RPG no final é só um game mas o padrão é esse tipo de jogo sair bugado e precisar da ajuda da comunidade para detectar bugs..
Claro que nenhum género está livre como eu disse no final a culpa é sempre do Dev..
Neste caso o game na geração passada é uma aberração!
Você chama de marketing mentiroso e eu chamo de marketing omisso e mentiroso.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Alexandre Oliveira
7 meses atrás

Só agora reparei, queria dizer Netto não Deto.

nETTo
nETTo
Responder a  Alexandre Oliveira
7 meses atrás

Hehehe

Livio
Livio
Responder a  Alexandre Oliveira
7 meses atrás

Horizon Zero Dawn tem elementos de RPG e não teve bugs.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Livio
7 meses atrás

Exacto é uma das excepções que confirmam a regra, embora os elementos rpg são ligeiros e o mundo é bem mais vazio.
Mas sim foi mt bem programado.

Agora Skyrim, kingdom Come, Fallout o próprio Final Fantasy,
The Witcher, The outer worlds, Mass effect (principalmente o Andromeda) quando saíram estavam longe de não ter bug graves.

Não há volta a dar RPG são terreno fértil para bugs o que aconteceu com a versão Cyberpunk da geração passada é uma aberração.

Exemplos existem muitos e para todos os gostos e para todos os lados.

Ennio Rafael Costa Lima
Ennio Rafael Costa Lima
7 meses atrás

Vamos ser sinceros, ninguém na Sony, ou Microsoft testou esse jogo antes do lançamento? Essa história tem muitos culpados. Com certeza vão aparecer aqueles que vão defender a Sony, a empresa que não pensa em lucros, só nos gamers, mas que esse jogo não devia ter sido lançado agora é fato. Se entrou na loja, é porque pensaram vamos lucrar, se colar colou.

Nuno Sousa
Nuno Sousa
Responder a  Ennio Rafael Costa Lima
7 meses atrás

Claro agora a culpa de tudo é da Sony ou da Microsoft. São os maiores culpados estes infames. No mundo comercial em que nos encontramos onde os direitos de exclusividade são armas utilizadas para esgrimir com o adversário e pagos a peso de ouro para diferenciar o produto, querias que uma delas tomasse a posição de não colocar o jogo na sua loja na data de saída do mesmo com a indicação que só estaria acessível quando tivesse corrigido. Isso seria o mesmo de dar exclusividade ao outro adversário. E achas que quantos jogos 1 mês antes não estão prontos para serem vendidos? Provavelmente todos. A comunicação entre ambas as partes é essencial e provavelmente o histórico de um desenvolvedor. Certamente houve excesso de confiança e pensavam que seria a maior parte corrigida a tempo, pelos menos os críticos. Mas daí dar logo o passo de vetar o jogo … Já agora tu como consumidor também tens culpa, não te ponhas de lado. Quem te manda pre- reservar um jogo ou comprares sem antes ver análises. Se o fazes é porque tens também confiança no desenvolvedor. Por isso vamos também colocar nos sites que a culpa é do consumidor? Só há um grande culpado e nem é necessário dizer quem é. Tudo manobrado até com o acesso às reviwes controlado. É por fim o que dizes então da Microsoft que ainda não retirou o jogo da loja? Não foi capaz de fazê-lo antes, durante e depois. Talvez por causa da exclusividade.

Ennio Rafael Costa Lima
Ennio Rafael Costa Lima
Responder a  Nuno Sousa
7 meses atrás

Sonnysta detect. Primeiro eu disse que tem muitos culpados. O principal é óbvio. Mas que Sony e Mic tiveram acesso ao jogo bem antes, pode ter certeza. E deixaram passar, porque será?. Segundo eu mesmo não comprei o jogo. Principalmente a Sony que tem a maior base instalada, seria a maior prejudicada se retirasse o jogo antes.

Nuno Sousa
Nuno Sousa
Responder a  Ennio Rafael Costa Lima
7 meses atrás

É melhor jogares que como se costuma dizer estás com o pé quente. Cada tiro um melro. Estás com uma acerto tremendo. O que nao compreendo de todo é essa facilidade e necessidade constante de utilizar cada noticia para criticar qualquer plataforma. Soa-me extremamente barato. Já de destes ao trabalho de pensar a imensidao que deverá ser criar uma plataforma, servicos, prestadores, equipas internas, marketing, engenharias, etc, tudo concertado para funcionar dentro dos mesmos prazos. Agora imagina fazeres parte desse projeto e teres que levar constantemente com pessoas tipo, sei lá, olha tipo Ennio, a criticar só por criticar movido por outros interesses mais partidários. Temos que evoluir. Da minha parte vou fazer os possíveis para atingir uma imparcialidade mais proxima como a tua, mas nao sei se tenho essa capacidade.

Ennio Rafael Costa Lima
Ennio Rafael Costa Lima
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Já me antecipei, com certeza vão aparecer. Só estou questionando é que a CD errou, inegável. Mas Sony e Mic não tinham condições de impedir de tal jogo chegar ao consumidor? Ninguém testou o jogo nas empresas antes de sair? (O que é uma piada). Então na industria tem muitas pessoas de má fé do que as vans filosofias fanboys querem admitir.

Deto
Deto
Responder a  Ennio Rafael Costa Lima
7 meses atrás

sony: malvadona pq REMOVEU o produto estragado da loja

MS: bota um aviso “mas vai ter patch para melhorar” e se o desavisado não ver, compra o produto estragado, é a certa

vc acha que a gente nasceu ontem?

que falta de vergonha na cara.

é o mesmo nível de lunático do xbox “god of war lixo, pior que crackdown pq o kratos não pula”

Ennio Rafael Costa Lima
Ennio Rafael Costa Lima
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Mário o que me chamou a atenção foi justamente o fato de a Sony retirar o jogo da loja. Ai ligou aquela luz na minha cabeça. Se tivesse só devolvendo o dinheiro, tudo bem, nada mais que a obrigação. Mas no momento em que do dia para a noite a Sony retirou o produto da loja, eu pensei: “oras, se podem retirar assim, poderiam muito bem não ter lançado, deixava a bomba com a empresa rival”. Mas como escreveu o leito em cima, isso seria o mesmo “que dar a exclusividade para ao outro adversário”. Por fim, se podem escolher retirar da loja tão facilmente, poderiam não o ter colocado na loja também.

Rui
Rui
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

O dayz mal se consegue jogar e continua nas stores…

Mas concordo que a cdpr entrou por caminhos muito negros.

E o jogo pelo que tenho lido nem é grande coisa.

nETTo
nETTo
Responder a  Rui
7 meses atrás

Concordo, inclusive relatei isso outro dia, na PS Store por exemplo aínda está a venda aquele suposto jogo Life of Black Tiger, uma aberração, uma piada em forma de game a qual a Sony não vê mal algum e deixar lá, já Cyberpunk tem que remover

Ennio Rafael Costa Lima
Ennio Rafael Costa Lima
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

É aquele tipo de exemplo que costuma usar: uma pessoa compra uma carro com defeito de fábrica, ai ela vem e me vende o carro, tendo conhecimento do defeito, depois eu tenho que achar ela gente boa? Há algo de errado nesse raciocínio. Só vejo que as regras tem que mudar, a CD não esta vendendo o produto diretamente para nós, existe intermediários, os quais mesmo sabendo da situação deixaram o barca andar.

Deto
Deto
Responder a  Ennio Rafael Costa Lima
7 meses atrás

a sony que tirou o produto estragado da prateleira é a malvadona.

a MS que botou um aviso de “isso ta estragado” e continuo vendendo e lucrando tá certa, principalmente vendendo para algum desavisado q não vai ler o aviso “se colar colou”

e os outros que são os fanboys?

desprezível essa cara de pau de vcs e essa irracionalidade demente de “tudo a sony é pior”

se a sony inventar um meto revolucionario de produção de vacinas e fabricar 10bi de doses em 10 dias, vc vem aqui dizer “ain, nem é tão bom assim isso, prefiro esperar 1 ano a vacina produzida convencionalmente”

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Ennio Rafael Costa Lima
7 meses atrás

Dê uma olhada nessa thread, e na sequência de mensagens do Prince Tybalt: https://twitter.com/FrontlineGamer/status/1340237603002527744?s=20 . Repare que a linha de raciocínio dele é tão exata que o próprio Chris Grannell teve que recuar e concordar: https://twitter.com/CJGrannell/status/1340256250613952512?s=20

Eu acompanho o Prince Tybalt no twitter há um bom tempo, é um cara que tem muito conhecimento de como funciona a área de games.

E também no trecho abaixo dito pelo CEO da CD Projekt RED em uma reunião com os acionistas : https://www.cdprojekt.com/en/wp-content/uploads-en/2020/12/call-transcript_en.pdf

” In terms of the certification process and the third parties –this is definitely on our side. I can only assume that they trusted that we’re going to fix things upon release, and that obviously did not come together exactly as we had planned.”

No princípio eu tinha um julgamento idêntico ao seu, mas depois de ler os itens acima, prefiro assumir minha ignorância em não saber como funciona (ou deveria funcionar) o QA destas empresas. Repare que isso não significa defender Sony ou Microsoft, não é esse o ponto. Não é problema meu, não recebo para advogar por estas empresas. É só questão de assumir que talvez o processo seja diferente do que parece óbvio, e que “talvez” a culpa da Sony e Microsoft seja bem menor do que se mostra.

Outro ponto que gostaria de salientar é que Jason Schreiner mostrou ontem que a diretoria da CD Projekt RED colocou diversos prazos irrealistas sobre o jogo (https://twitter.com/jasonschreier/status/1339974516034965504?s=20). Então neste caso, até por experiência própria, os devs são as maiores vítimas, fazendo diversas horas extras por meses (até anos), e sempre aquela sensação de fracasso por nunca conseguir estar em dia com o cronograma. Triste.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Carlos Eduardo
7 meses atrás

Cara, eu não sei como voce escreve tanta bobagem e mesmo assim seus comentários entram, porém falar qualquer coisinha da sony já é bombardeio pra tudo que é lado, é complicado, o negócio é vazar mesmo

Livio
Livio
Responder a  Fernando Molina
7 meses atrás

O ruim Molina é que ele está falando a realidade, vai em outros sites que verás muitas críticas a Sony por ter tirado o jogo da loja virtual, assim ela está evitando problemas futuros como novos pedidos de refund de pessoas que sabem que o jogo vai de mal a pior no PS4/One. Se negar (Sony) tais novos refund vai ver a enxurrada de crítica que receberá, ela cortou o mal pela raiz.

Já a MS não removeu o jogo da loja e se ela não tiver modificado os termos ela terá que assegurar o refund que quem comprar o jogo após o dia 25/12, caso o jogo ainda estiver com péssima performance. Fora que creio que ela só não removeu também devido ser o jogo marketing do Series X, ela deve ter investido $$$ pelo marketing e esse investimento tem que ter retorno.

A pergunta que fica é essa: Tu sabes que o jogo contém vários bugs e tem problemas em qualquer plataforma, qual a tua intenção de comprar um jogo que nem tem previsão de correção? É capaz de quem tá comprando a versão digital nesses dias estarem jogando e depois tentar solicitar refund. No grupo que participo teve postagem a perguntar se teria reembolso do jogo mesmo ele tendo platinado.

Sei que o modo que ele escreveu é bobo, mas está relatando a realidade.

Deto
Deto
7 meses atrás

já temos o nosso colega do mundo invertido….

errado: recolher da loja o produto estragado.

certo: dizer que está estragado, com aviso discreto, e continuar vendendo e não se importar se alguém comprar sem ter visto o aviso discreto.

impressionante, no mundo dessa gente GOTY “não é tudo isso e nem é tão melhor que bleeding edge.”

Livio
Livio
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O nome do jogo não seria Cyberpunk76?? 😛 😛 😛 😛

nETTo
nETTo
Responder a  Livio
7 meses atrás

Kkkk

Comecei a jogar hj no PS4 Pro. Os gráficos são apenas ok, a resolução não parece ser muito alta pois a imagem carece de nitidez, pra este jogo meu controle apresentou o tal de Drift quando no Menu do game. Já instalei o último Patch 1.05, nem no início já tem alguns bugs bizarros, como os Lods mudando na sua frente, passei por um custcene onde o carro não carregou o Lod ficou todo quadradão e mais alguns bugs como não aparecer opção pra diálogos em NPCs os quais são marcados no mapa que podem ter.

Quanto a Performance, tô jogando ele e Massa Effect Andromeda ao mesmo tempo e a performance tá semelhante em ambos os casos, deve estar a 30fps com pequenas quedas em momentos raros, pelo menos neste início.

E eu resolvi jogar agora porque tenho certeza que a CDPR vai recompensar que está apoiando o jogo neste início, certamente darão a expensão pra quem jogou agora. Já tô de olho nisso kkk

PS: Platinei Ghost of Tsushima ontem, e afirmo que Ghost está em outro patamar quanto a gráficos quando comparado a Cyberpunk. Não que Ghost não tenha seus defeitos (como o rlx na simulação de água no jogo) mas ainda sim é outro patamar.

Ennio Rafael Costa Lima
Ennio Rafael Costa Lima
Responder a  nETTo
7 meses atrás

Gostei demais do seu comentário. Não tinha pensado nisso, com certeza a CD vai dar algo pra quem comprou. Eu ainda estou na expectativa de um patch para TLOU parte II. Acho que vou comprar a mídia física do Cyberpunk hoje.

José Galvão
José Galvão
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Este jogo ainda vai fazer correr muita tinta, e desengane-se quem acha que a CDPR está a colaborar com a Sony, o que se passou foi que a Sony confiou na palavra da CDPR e aprovou o jogo na mesma, quando o jogo saiu e perante o descalabro que foi o seu lançamento que fizeram eles?
Redirecionaram os seus clientes para os detentores das plataformas, ou seja passaram a batata quente para as mãos da Sony, que prontamente tirou o jogo da sua loja, e muito bem.
Não é por acaso que um dos fundadores do estúdio anda a dar likes no twitter aos users qie criticam a atitude da Sony, atiutde que a Microsoft devia ter tomado mas que não toma por causa dos milhões que investiu no acordo de exclusividade do marketing do jogo, e dizem eles que o jogador é o seu foco.

Não culpem a Sony que ao contrário da Microsoft teve-os no sitio, e muito menos as pessoas que compraram o jogo e que foram enganados, esta situação surpreendeu tudo e todos, e mesmo eu que sou informado e que sempre achei que a CDPR não era aquilo que parecia, que sempre os vi como lobo em pele de cordeiro, nunca pensei que tal situação viesse a ocorrer, eles fizeram isto de forma maliciosa, na ilusão de que podiam fazer tudo porque são os devs do Witcher 3, engendraram isto muito bem mas o tiro sai-lhes pela culatra e apesar do recorde de vendas, agora estão a perder muito dinheiro, e é bem feito.

Penso que a pior coisa que a CDPR fez foi ter-se metido na bolsa, agora tem que dar contas aos acionistas e o resultado está à vista, mais um estúdio querido que se junta à Blizzard e Bioware no clube do bestial a besta.

error: Conteúdo protegido