Stadia vai a tribunal pelas promessas de 4K não cumpridas

0 0 votes
Avalie o nosso artigo

À Google junta-se a ID e a Bungie por corroborarem as promessas realizadas para o Stadia.

Quando da apresentação do Google Stadia, uma promessa foi feita: Que todos os jogos correriam a 4K 60 fps!

Mas a realidade é que isso não aconteceu… e o que tivemos foi jogos re-escalados com muitos deles a não alcançarem os 60 fps fixos.

E nesse sentido uma ação judicial por publicidade enganosa foi colocada contra a Google, mais concretamente o Stadia, exigindo que a Google peça desculpas pelas afirmações falsas, que compense quem aderiu por ter sido enganado, e que passe a referir as resoluções e fotogramas corretos em todos os jogos daqui para a frente.

Este processo já deu entrada em Outubro do ano passado, mas só agora foi para um tribunal federal para ter andamento!



À Google juntam-se a ID e a Bungie por terem feito iguais afirmações sobre os seus jogos lançados no Stadia. Eis um exemplo vindo da ID:

Na queixa, os reclamantes alegam:

A Google exagerou grandemente sobre a qualidade do streaming e a resolução dos jogos no Stadia, com os administradores das três firmas a prestarem declarações falsas sobre os jogos correrem a 4K.

A realidade é que o Stadia tem sido deceção atrás de deceção, e o serviço está longe do que era previsto ser.
Ainda recentemente a Google encerrou os seus estúdios criados para servirem o Stadia, o que serve para exacerbar a ideia que muitos tem de que o serviço está a sofrer daquilo que muitos dos serviços Google sofrem: Uma morte lenta e esperada que é apenas uma questão de tempo.


0 0 votes
Avalie o nosso artigo
21 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Felipe Horvath
Felipe Horvath
4 meses atrás

Acho que ninguém vai concordar comigo , mas hj em dia é muito mimimi e processos idiotas contra as empresas… Processo na Nintendo , na Sony , na Google e etc. Pessoalzinho mimado e oportunista , deviam procurar o que fazer da vida e parar de querer tirar proveito de tudo.

Felipe Horvath
Felipe Horvath
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Eu concordo , Mario , que na teoria essas leis são pra proteção do consumidor e tal , mas , cá entre nós , uma pessoa normal , que trabalha , estuda e etc jamais perderia tempo processando uma empresa por resolução de jogos , nem ao menos perderia tempo contando pixels. Infelizmente , quem faz isso são oportunistas querendo ganhar dinheiro fácil , todos sabemos disso. Hj em dia o mundo dos games é cercado de negatividade , ninguém fica satisfeito com nada , é muito chato. Os games nunca tiveram melhor aspecto , sao melhores do que eu sonhava que seriam quando jogava meu Nintendo 64 e ps1. As pessoas envolvidas são profissionais de alto gabarito , muitos artistas , engenheiros e etc , tá na hora de curtir mais e reclamar menos. Aqui no Brasil existe uma guerra de consoles terrível , ao ponto de um pichar a casa do outro , xingamentos , humilhações públicas , chega disso tudo.

Felipe Horvath
Felipe Horvath
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Desculpa a ignorância , não sabia disso e nem entendo de direito. Vlw pela explicação.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Mário, isso também vale para a Sony com o seu ex slogan only on playstation, se formos levar ao pé da letra ela também pode ser processado por causa disso, eu comprei o Ps4 na altura por causa do HZD, e como eu deve haver muitos, se a Google está a ser processado por propaganda enganosa, a Sony também pode vir a ser futuramente.

Livio
Livio
Responder a  Felipe Horvath
4 meses atrás

É aí que você se engana, se um “oportunista” não mete um processo no Stadia por propaganda enganosa os demais serviços começam a fazer o mesmo. Não conheço os planos do Stadia(se é que tinha vários planos) mas vamos lá, tu tens as seguintes ofertas:

Stadia a 4K HDR 60fps. €30,00;
Stadia a 1440p HDR 60fps. €20,00;
Stadia a 1080p HDR 60fps. €15,00;

Tu contrata o de 4K mas recebe o de 1440p, ficas feliz em saber que está perdendo €10,00?? Que paga mais para receber menos?

É por isso que não devia criticar os “oportunistas” até porque não é garantido eles ganharem a causa, o juíz vai analisar o caso, se achar que é procedente (no caso do Stadia eu acho) a Google perde a causa, se acahr que não é procedente(ao meu ver o caso do drift) o “oportunista” perde a causa.

Ahh e eu trabalho, tenho filho, estudo e atualmente quando não estou cansado vou jogar um pouco e mesmo assim fui atrás dos 10% de diferença na bolsa que não me deram.

Livio
Livio
Responder a  Livio
4 meses atrás

Sabe o que as operadores de internet estão fazendo? Te fazem um comercial de X megas por tantos reais, você fica atraído e quando vai ler os termos tem em letras miúdas:

“garantimos o mínimo de 80% da velocidade contratada e a velocidade corresponde a taxa de transmissão entre os servidores da provedora”

Nem precisa dizer o que a operadora faz, meu upload de comercial é 200 megas, em varios testes adivinha quanto dá…. não passa dos 170 megas, um pouco acima dos 80% do contratado.

Só nessa frase aí de cima pode livrar a provedora de tomar um processo, mas o que chama a atenção do cliente é a informação da velocidade por um preço x, isso caindo em um juiz experiente neste tipo de caso pode dar ganho de causa para o cliente pois ele foi seduzido por valores de velocidade maiores.

Sabes qual a nova dos comercios atacarejos(aqueles que são varejo e atacado)? Se antes tu comprava um produto baseado no peso em que o preço era em relação ao Kg, agora estão colocando o preço em relação ao miligrama, o que muda?

Se antes tu compra um pacote de queijo e o preço do Kg é 10 reais tu tens a alta probabilidade de pegar pacotes de 10 reais e até de valores menores, com o preço relacionado ao miligrama, por exemplo 100 miligramas, indica que tu só vai pegar pacotes com valores muito mais caros e esse caso pode sim considerar que é propaganda enganosa porque o preço vai estar em um tamanho de fonte absurda, para te atrair e a informação do miligrama vai estar bem pequena, daí tu pegas o produto e quando passa no caixa tu tens um baita de um susto.

Livio
Livio
Responder a  Felipe Horvath
4 meses atrás

Concordo quando se fala dos drifts, em que acusam as fabricantes de usarem material de péssima qualidade, sendo que este material é utilizado há anos e de uma mesma fabricante terceira.

Agora não concordo com a questão dos 4K HDR, isso é um caso de propaganda enganosa. Atualmente movi um processo contra uma faculdade pois me ofertaram uma bolsa de 50% e isso foi um ponto que me fez escolher a referida faculdade, sendo que no primeiro boleto não veio o desconto prometido e contratado, no 2° boleto tb, no 3°, tentei resolvei e me jogavam para um lado e para o outro, prometeram que iriam corrigir, que eu não pagasse os boletos, me incluiram no sistema de proteção ao crédito(algo que já mancha meu histórico) e depois removeram, teria um prejuízo de quase 1000 reais ao ano. Seria um mimimi?? Veja que este meu caso é semelhante pois quem escolheu o Stadia pelos 4K HDR viu que lá tinha uma oferta que a concorrência não oferecia e contratou o serviço, não recebeu o que fora prometido.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mal vejo a hora de essa estadia acabar de uma vez por todas, lá por essas empresas serem ridiculamente ricas, pensam que basta um estalar de dedos e o sucesso está garantido, é só olhar para a Microsoft, 20 anos já neste ramo e competição e competência são 0.

Sparrow81
Sparrow81
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mais uma empresa que achou que bastava ser rica para faturar $$$$ infinito com games. Esse Stadia já virou piada.

Vitor hugo Reale Pereira
Vitor hugo Reale Pereira
4 meses atrás

Mario vc acredita que a resolução 8k vai ser um padrão para jogos e com isso será necessário novos consoles, com exemplo ps5 pro?

Vitor hugo Reale Pereira
Vitor hugo Reale Pereira
Responder a  Vitor hugo Reale Pereira
4 meses atrás

Caso tenha um ps5 pro, vai ser possível dobrar a potência gráfica? Sei que essas perguntas fogem do assunto, mas vc é um cara muito sábio e inteligente Mario.

Vitor hugo Reale Pereira
Vitor hugo Reale Pereira
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Entendo Mario, sim isso é ter sabedoria , não é de modo pejorativo, estou lhe elogiando por ter um pensamento crítico baseado em fatos e em seus conhecimentos da área.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Vitor hugo Reale Pereira
4 meses atrás

Vitor em minha opinião não por diversos fatores:

1- Quantidades de tvs 8k vendidas.
2- Quando os jogos começarem a evoluir mais, a tendência é o Ps5 baixar a resolução talvez para 1440p e usar algum método de reconstrução para atingir os 4k.
3- Pegando o tópico 2, se existir um Ps5 pro sera apenas para 4k nativos ou fps.
4- Nem uma RTX 3090 consegue em Read Dead 2 (que é um jogo da geração Ps4) atingir 8k sem usar o DLSS.
5- Talvez e muito talvez dependendo da aceitação do público em relação as TVs 8k, só uma geração Ps6.
6- Nenhum dev vai sacrificar qualidade gráfica e fps apenas por resolução, pelo menos por agora.

Ps: É apenas minha opinião.

Vitor hugo Reale Pereira
Vitor hugo Reale Pereira
Responder a  Daniel Torres
4 meses atrás

Muito interessante, comcordo com seus argumentos. Muito obrigado pela troca de idéias.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Vitor hugo Reale Pereira
4 meses atrás

Esquece 8k, amigo. Isso aí não vai ser acessível e nem viável para consoles nos próximos 10 anos, sendo bem otimista. É muito pesado!

Livio
Livio
Responder a  Vitor hugo Reale Pereira
4 meses atrás

4K ainda nem é o padrão em TVs, imagine 8K.

error: Conteúdo protegido