Suporte da Sony à PS4 é um off para a compra da PS5.

5 11 votes
Avalie o nosso artigo

A Sony refere que a transição pode demorar até 3 anos, e que irá lançar jogos Cross Gen até lá!

Muito honestamente nunca acreditei que um dia escrevesse este artigo. Não depois da Sony ter vindo de forma tão flagrante para a frente dizer que acreditava em gerações.

E dizer isso, é basicamente dizer que esta geração se comportaria como as restantes, ou seja, com um corte radical no suporte à PS4, e suporte total à PS5.

Mas não… a Sony nesse aspeto foi demagoga, e apenas disse aquilo que numa guerra de consolas os fans queriam ouvir. E quando a Microsoft falava em falta de exclusivos por dois anos na sua série X, a Sony vinha dizer que acreditava em gerações.

Na realidade, olhando para trás, Jim Ryan tinha sido claro que os jogos Cross Gen poderiam existir. Mas perante as frases posteriores onde a Sony contrabalançava o suporte Cross Gen da Microsoft com o seu acreditar em gerações, naturalmente que as pessoas ou esqueceram, ou acreditaram que esse suporte seriam relativamente reduzido, e que o foco da Sony seria a PS5.



Mas agora sabemos que não. E quando a Microsoft fala em 2 anos sem exclusivos Xbox série X, a Sony já fala em três anos de suporte Cross Gen à PS4.

É chocante… e um tremendo off à compra da nova consola!

Uma das coisas que ao longo de anos e anos aqui se escreveu é que as resoluções e os fps, são um extra muito interessante, mas não o motivo principal de venda de uma consola. As consolas vendem pelos jogos, e as pessoas procuram combinar especificações e preço com a disponibilidade de jogos.

Ora um suporte Cross Gen a uma PS4 oferece a esta consola um atrativo que a Ps5 não tem, nomeadamente o preço da consola. Uma PS4 será fácil de ser arranjada usada a baixo custo, e com o manter do suporte a Sony está a criar uma situação que lhes interessa financeiramente, uma vez que são 100 milhões de clientes, mas que por outo lado pode ser indesejável. O problema é que as PS4 usadas vão vender e os preços das consolas novas vão cair, pelo que com suporte, a base de clientes pode não cair assim tanto, sendo que existe a possibilidade de daqui a três anos a Sony se deparar com uma PS4 com uma base de utilizadores ainda gigante, e pelos mesmos motivos financeiros, ponderar manter suporte por ainda mais tempo.

Ora a questão é que não é a oferecer-nos jogos PS4 com mais FPS, com mais resolução e com RT que a PS5 se torna mais cativante. O que as pessoas querem ver é o salto geracional. Jogos que não podem ser vistos, criados e jogados na consola de baixo. Esse é o motivo pelo qual estão a fazer o upgrade… Não por mais fps ou resolução, ou RT. Isso está bem para um upgrade de uma placa gráfica no PC, mas não uma consola.

Aderi à compra de uma PS5, e se Deus permitir, dia 19 estarei lá a levantar a consola. Mas confesso que ponderei cancelar a pré reserva. E se estas novidades que estão a vir a público, sobe o suporte Cross Gen por tanto tempo, tivessem sido anunciadas mais cedo, garantidamente teria cancelado. Nada justifica gastar 500 euros numa consola só para ter mais fps e resolução, ou uns efeitos RT, quando os jogos estão disponíveis na PS4 e, mesmo que piores, são igualmente visualmente impressionantes.



A Sony está a nhonhar… e as políticas da Sony neste e noutros campos (como o suporte PC), criam uma sensação de deja vu com o sucedido com as políticas da Microsoft  ao longo da presente geração. E foram essas políticas que afastaram as pessoas da Xbox levando-as para a Playstation. Se a Sony não consegue ver isso, então é nossa opinião que não domina muito bem as vontades dos clientes do mercado onde estão a lidar, o que de bom não traz nada.

E isto porque são os hardcore que criam a base inicial… e os hardcore querem o mercado das consolas a funcionar como sempre, historicamente, funcionou.



5 11 votes
Avalie o nosso artigo
guest
34 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Felipe Leite
Felipe Leite
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Bom… Como disse anteriormente, esse foi um dos factores que fizeram com que eu desistisse da minha pré reserva.
Essa ganância desmedida para continuar a vender jogos na gigantesca base instalada de ps4 pode levar a Sony a uma grande queda.
As vezes todos temos que saber perder em um lado para ganhar em outros.
Dessa forma, a querer ganhar tudo, a Sony está a dar tiro no pé atrás de tiro no pé.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Hmm… Isso de fato é ruim. Por outro lado como já disse antes, ainda me vale o PS5 pelas melhorias (e estou já desde 2013 esperando essa nova geração).
Eu realmente não gosto disso, pra mim o PS5 deveria ser o foco o mais rápido possível, quero o salto, mas pra onde eu vou correr? No Xbox também não tem, PC… Piorou.
O jeito é comprar meu PS5, aproveitar as melhorias MUITO bem vindas como carregamentos rápidos, mais FPS (sempre prezei muito isso, mais que resolução) e aumentar a base PS5 inclusive…
Não é um cenário perfeito, mas estou mais animado que quando o PS4 foi lançado.
Não é passar pano, dou toda a razão, mas pra mim está bastante aproveitável o PS5 mesmo nessas condições. Fazer o quê?!

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Carlos Zidane
15 dias atrás

Carlos estou com você!
Não é o cenario perfeito mas enquanto pacote “next gen” todas as melhorias apresentadas são mais que suficientes para eu avançar para compra,
principalmente para como já disse para alguém que anda com a velhinha PS4 desde o day one e não aderiu a Pro´s…

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Alexandre Oliveira
15 dias atrás

Pois é, tambem não fui pros Pro e agora vou ter um avanço significativo

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Parece muito bonito, quero ver como fica a pegada. Esses analógicos que me parecem abaixo da qualidade geral, impressão minha

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Parabéns Mario! Aguardando suas primeiras impressões. 😁

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Parabéns Mário já recebeste o Miles?

A minha reserva do Miles está atrasada, a Worten acabou de me enviar um email a dizer que devido a difilculdades logisticas…agora está previsto ser entregue dia 18…..vamos ver.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Vais fazer review do Comando e da Consola?

Andrio
Andrio
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

Parabens Mario!

eduard08
eduard08
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

a ps5 nao acredito que a va comprar para ja, mas o comando acho que nao vou resistir em o comprar
ja agora Mario, penso que teras comprado call of pela campanha e se assim for e se for como na ps4, tens mais de 40gb para descarregar pois no disco so bem o multi, o modo zombie e warzone a sorte a que descarrega-se a campanha em 3 partes

eduard08
eduard08
Responder a  Mário Armão Ferreira
15 dias atrás

foi exactamente o que pensei, eu fiquei bem desapontado, experimentei um pouco o modo zombie e quando fui para começar a campanha apareceu-me um aviso a dizer que tinha de descarregar a campanha, nao sei se e igual para todos mas na ps4 pro sao cerca de 43gb

eduard08
eduard08
Responder a  eduard08
14 dias atrás

Nao sei se aconteceu a mais alguem, mas impossível de jogar a campanha de call of, logo nas primeiras missoes (que fui obrigado a recomeçar 2 vezes, por causa dos bugs), no Vietname o comando da ps4 desliga-se sozinho e impossível de voltar a conecta-lo a ps4, sou obrigado a desligar a alimentação para poder voltar a funcionar tudo corretamente e mesmo depois de recomeçar 2 vezes acontece o mesmo

Marco Antonio Brasil
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Resta apenas lamentar a política da Sony e principalmente o marketing enganoso, que tanto criticamos na MS. Por incrível que isso possa parecer, no fim das contas, ao menos o Phil acabou sendo mais sincero loool.

Mas por mais que seja revoltante e por muito que já debatemos aqui, penso que agora não adianta chorar pelo leite derramado, a política de transição está posta. Alguns de nós vão postergar a compra, outros vão julgar que vale a pena migrar (a diminuição dos loadings me tenta lol), mas acredito que a malta casual vai cair de cabeça na nova geração.
Espero que a Sony busque ao menos um equilíbrio, lançando jogos crossgen mas também alguns voltados exclusivamente para as features da ps5. E quem sabe alguns crossgen feitos com portes, como tw3 para switch?

marcio
marcio
15 dias atrás

É, penso que a Sony esta a fazer isso por motivos financeiros, para não perder os 100+milhoes de compradores da PS4, mas tudo tem 2 lados, pode manter o suporte ao ps4 talvez alguem que fosse pegar a ps5 acabe por esperar e talves nem comprar por fim o novo console….eu como jogador eu fico decepcionado, mesmo não podendo comprar o console no lançamento, eu ja gostaria de ver o jogos next gen, não que o que a sony mostrou ate agora seja ruim, mais eu gostaria de ver um jogo de PS5 feito para PS5 e que rode só na PS5, pois aprendi aqui nesse site se o jogo roda na ps4, logo ele foi capado em varias coisas para suportar o menor denominador comum…enfim uma pena.

Rafael
Rafael
15 dias atrás

Venho dizendo aqui, essa geração vai ter um transição bem mais suave justamente por conta da retrocompatibilidade, é o preço que vamos pagar pelo uso de 2 geracoes compativeis. No ps4 reclamamos de tanto remake/remaster, agora vamos ficar com os cross-gen. Quem quiser novidade vai ter que esperar. Pena que não se justifica a aquisição de um novo console, não pra quem quer algo a mais do que vimos nas versoes de spider man para ps4 e ps5.

By-mission
By-mission
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Isto é uma completa falta de vergonha na cara se um suporte de 2 anos da Microsoft parecia muito ruim, o da Sony é muito pior.
Primeiro porque a Sony vem e diz uma coisa e depois da um 360 e volta tudo ao contrário e ainda pior, na altura do Horizon Forbidden West eles tinham que ser claros, mostrar realmente aquilo que só se soube pelo apresentador do The Game Wards…

Se dependesse unicamente da Sony talvez ainda estávamos as escuras e é isso e algo inadmissível!

Do ponto de vista do consumidor vou dar o salto quando quiser por ex: o Miles Morales sai para PS4 e o Horizon também é não me admirar ia o próximo God of War…

Sendo muito sincero, enquanto não saírem os jogos exclusivos e feitos para a PS5, acho que vão ser poucos a dar o salto, somente uma pequena parte dos 113 milhões e isso é somente culpa da Sony. Chega a ser desleal esse marketing de que tem uma nova geração mas se vão matrr todos o jogos na console que já paguei.. E foi caro.

Livio
Livio
15 dias atrás

Nesse ponto a Sony cometeu uma grande covardia, falou de cross-gen de 3 anos horas antes do lançamento do PS5. Quem comprou PS5 e não é muito a favor do cross-gen se deu mal.

Enfim, minhas apostas para GT7 e God of war na PS4 ainda estão ativas.

eduard08
eduard08
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O problema e que se a sony continiuar a fazer jogos para as 2 consolas, como vao fazer? Vender os 2 jogos a 80€ ou a versao da ps4 ao preço actual e os da ps5 a 80€? Se for a primeira opção os jogadores da ps4 vao se sentir como roubados pois vao pagar mais por uma coisa que nao vao usufruir a 100%, se for a 2 opção, so sera mais um motivo para muitos jogadores ficarem na actual gen, pois ainda ha muita gente sem tv 100% compactivel com as novas consolas e que nao se interessam de jogar com a boa qualidade que a ps4 oferece neste momento

Mario a questao que me coloquei logo quando vi este anúncio foi, e que a Sony nao teve problemas com alguma coisa na construção da ps5 e que nao quiseram adiar o lançamento para nao perder terreno para a xbox? e esse seria o motivo que os levou a mudar de ideias, pois para mim resolvia algumas respostas de o porque nao anunciarem a consola mais cedo por exemplo, assim daqui a 3 anos lençam a ps5 pro ja com tudo optimizado e assim fabricarao menos ps5 pois muitos jogadores nao farao o passo enquanto a ps4 tiver suporte

Nao sei se me expliquei bem, mas como disse foi logo o que me veio à cabeça

Livio
Livio
Responder a  eduard08
15 dias atrás

A minha opinião, em relação a segunda metade do teu comentário é que: Acho que inicialmente 2020 não seria o “último ano” de vida do PS4. Falo isso porque vem logo a cabeça que The last 2 e Ghosts os Tshushima são o encerramento do suporte FP para o PS4. Creio que os jogos que seriam os últimos dedicados ao PS4 seriam o novo Horizon e Gran Turismo 7, quem saiba até o novo God of War, ou seja PS4 teria jogos exclusivos (geração) até por volta de 2022.

E sempre digo que o anúncio do SX na TGA o ano passado foi uma grande surpresa para todos, principalmente para a Sony, que nesse meio tempo levou jogos que seriam exclusivos PS4 para serem cross-gen com medo de um cenário parecido com o que ocorreu na geração PS3/360. Alertando que provavelmente a Sony já sabia de antemão os TF do Xbox(até o Phil dizia que o SX era o mais potente, ou seja, provavelmenet tb tinha informações) e como o PS5 tem quase 2 TF a menos(mas com modificações no hardware que pode equilibrar a diferença) decidiu adiantar o lançamento do PS5.

Fernando Molina
Fernando Molina
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Não acho errado o suporte cross gen, o que pesa foi a omissão da Sony, sacanagem com seus consumidores

Falando agora da minha experiencia com o Series X, ao jogar no console, é dificil querer voltar ao One e ao PS4, é tudo instantaneo, muito rápido mesmo, console extremamente silencioso, esquenta pouco, e Gears 5 e Forza Horizon 4 rodando nele é a coisa mais linda, lisinho, lisinho, pena não ter um game verdadeiramente next gen, mas a máquina é poderosa

Sparrow81
Sparrow81
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Off – Mario, tudo bem? Uma questão que nenhum canal técnico reportou e fiquei bem curioso: Por que a qualidade de imagem, iluminação, etc está muito abaixo no SX em relação ao Ps5 no AC Valhalla? Salta aos olhos a diferença. O que pode ser isso?
Outros jogos não dei uma olhada ainda, mas esse é muito nítida a diferença de imagem.

Livio
Livio
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

E eu começo a aceitar que PS5 estava previsto para 2021(Sony iria seguir o que o Bruno queria) e para não repetir a geração PS3/360 ela adiantou e deu 180 em alguns posicionamentos.

HENNAN SANTOS CARVALHO
HENNAN SANTOS CARVALHO
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Entendo sua opinião e concordo. Mas a possibilidade de jogar em 60 fps e o carregamento rápido traz uma mudança tão grande na experiência que acabei comprando o ps5. Só espero que o dinheiro adicional seja parcialmente investido em mais games.

Helmer Silva
Helmer Silva
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Realmente toda esta história do período Cross-gen não tem ajudado nenhuma das marcas a vender consolas, agora tenho que dizer que realmente a Sony meteu a pata na poça, apesar de ainda estar muito entusiasmado para comprar a PS5, porque a minha é a PS4 original, mas fico desiludido com estas atitudes da empresa sendo fã das franquias e da mesma, sei que eles têm de continuar a dar suporte à plataforma antiga, mas como será esse suporte?? São
Jogos first party?? Second party?? Third party?? Têm de explicar isso sinceramente, porque se forem mais jogos first party vai ser muito decepcionante e certamente o público em geral não teria razões significativas, os jogos exclusivos de plataforma, para os motivar a transitar. Pelo o que tenho lido lançaram um hardware exemplar, um comando 5*, jogos de ser qualidade(first party) que estou ansioso para jogar, mas as políticas é que estou muito off e não vou fazer o discurso cliché que revela arrogância, à lá PS3, mas sim revela uma falta de atenção para com o que o cliente realmente deseja que são experiências únicas, ninguém precisa de uma nova MS/Xbox, deixem a MS fazer a cena deles, não entendo estarem sempre a imitar estás empresas se a criatividade, singularidade vende tão bem, a Nintendo prova isso todos os dias

José Galvão
José Galvão
15 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Para começar, parabéns pelos mimos que ai tens, está quase! 😉

Em relação ao artigo, não partilho do mesmo receio, a Sony sempre deu apoio às suas consolas, anos depois de uma nova geração começar, regra geral dois/três anos, a PSOne ainda recebeu jogos na era era da PS2 assim como a PS2 ainda teve grandes jogos já com a PS3 no mercado, onde o ciclo foi quebrado foi na transição para a PS4, justamente a única PlayStation que nunca foi retrocompativel, dai que o corte foi radical, mas ainda assim a PS3 ainda teve jogos durante alguns anos.

E quando se fala de suporte, isso quer dizer o quê?
Que ainda vai ter jogos cross-gen?
De que calibre?
Serão first ou third partie?
Ou será aquele suporte a que já todos assistimos e que consiste em FIFA, PES, COD e afins?
Sim porque isso para eles é suporte.

Eu pessoalmente não estou preocupado, tenho já um grande exclusivo no lançamento e outros a caminho que só vão estar na PS5, o Demon’s, Returnal e o Ratchet, já sabemos que o Horizon será cross-gen mas vou aguardar as comparações, agora se o GT7, GOW e outros pesos-pesados seguirem o caminho do cross-gen, então nessa altura falamos.

Finn
Finn
14 dias atrás

O engraçado é que as duas empresas parecem ter quebrado a palavra. Já se tem previsão de alguns jogos first party apenas dos Series, sem menção ao One, o que só se justificaria se eles fossem lançados somente daqui a 2 anos. Eu particularmente só vejo como problemático um suporte à geração passada se isso faz com que um jogo que poderia ser desenvolvido e otimizado totalmente para a nova geração, é segurado a ser cross gen, mas a maioira dos jogos que estão por sair neste ano e ano que vem foram desenvolvidos e tem engines para a geração passada. Mesmo assim já temos alguns jogos exclusivos da nova geração.

error: Conteúdo protegido