Uma análise profunda às performances de Dirt 5 nas consolas de nova geração.

0 0 vote
Avalie o nosso artigo

O conhecido “NX Gamer” analisou e comparou Dirt 5 nas consolas de nova geração, numa das análises mais profundas alguma vez feitas. Os resultados são surpreendentes!

Antes do mais convêm esclarecer que este jogo não serve como representativo das performances das consolas em causa. O que aqui vemos são as performances neste e neste jogo apenas, sendo que, no entanto ele nos dá uma boa ideia das performances do hardware que o executa.

A análise do NX Gamer é a mais profunda alguma vez realizada, e mostra diferenças entre as versões que nunca antes tinham sido referidas. Nesse sentido, porque o visualizado vai muito acima de meras diferenças de algumas linhas na  resolução ou de alguns fps adicionais, resolvemos publicar este artigo.

Comecemos por vos dar a conhecer o vídeo em causa:



Resumidamente, quais as situações encontradas pelo NX Gamer.

Situação 1 – Baixos fotogramas na Xbox série X no modo qualidade

No modo qualidade, em que os fotogramas se limitam a 60 fps, e a resolução e detalhe são puxados ao máximo, a Xbox série X pode ter quebras de performance que a trazem bastante abaixo dos 60 fps.

O constatado é que esta situação, não é normal. Trata-se de uma bug qualquer, que cria esta perda de performance. A solução passa por sair do jogo completamente, voltando-o a carregar, sendo que por norma o problema desaparece.

Espera-se que esta situação seja analisada e corrigida num futuro patch.

Situação 2 – Detalhe das texturas, ambiente oclusion, anisotropic filtering e qualidade da folhagem



O constatado no vídeo é que, em alguns casos,  a folhagem possui menor densidade na Xbox série X, com as arvores a apresentarem-se algo mais despidas.

A Série X está também desprovida de Ambient Oclusion na vegetação existente, o que quer dizer que as sombras sofrem com isso.

Da mesma forma, as texturas e a filtragem isotrópica estão ambas inferiores na série X do que o apresentado na PS5.

Tudo o aqui referido aplica-se igualmente na série S, em maior escala.

Situação 3 – Resolução



Nos modos qualidade, PS5 e XsX possuem uma resolução máxima de 3840×2160, com a série S a alcançar um máximo de 1920×1080.

Todos os sistemas variam entre essa resolução e uma resolução mínima que é, nomeadamente, 1440p na PS5 e XsX, e 720p na XsS.

Já a resolução média, isto é, aquela mantida durante a maior parte do tempo é de 1800p na PS5, 1440p na XsX e 900p na XsS,

Nos modos performance (120 fps), a resolução máxima de todas as consolas é 1080p, sendo a mínima verificada de 900p na PS5 e XsX e 540p  na XsX.

A resolução média, ou aquela mais comum apresentada é de 1080p na XsX, 900p na PS5 e 720p na XsS. É de referir aqui que, apesar de a resolução da PS5 ser mais baixa, aplicam-se as diferenças gráficas acima referidas, às quais se acrescenta uma total ausência de tesselização na XsX e XsS neste modo.



Situação 3 – Níveis de detalhe

Lembram-se desta imagem?

Pois bem, aquilo que se vê nos faróis, o LOD, ou nível de detalhe é substancialmente inferior nas consolas Xbox. E não apenas nos faróis, mas em toda a geometria do jogo.

Situação 4 – Performance



No meio de todas estas diferenças gráficas, o modo Qualidade corre basicamente idêntico em ambas as consolas.

No modo performance, com o acréscimo da remoção da tesselização nas consolas Xbox, a vantagem de performances (entre 1 a 2%) cai a favor delas face à PS5.

Conclusões

Antes das mesmas, deixam-se três imagens que resumem as principais diferenças acima referidas:



Como referido, um jogo não representa as performances de uma consola, mas muito honestamente as diferenças aqui existentes são significativas. E mais do que isso, muitas delas são chamadas à atenção apenas agora pela primeira vez.

É um caso onde estamos perante muito mais do que melhor resolução. Há uma série de detalhes que estão superiores, tudo isto sem perda de performances. E isso é algo que é não só relevante de se saber, como algo surpreendente. É muito processamento poupado do lado da Xbox série X para se obter menores resoluções e performances semelhantes.

Apesar de tudo, o jogo é basicamente equivalente nas duas consolas, e com ele a correr nenhuma destas situações será chocante ao ponto de saltar à vista. Eventualmente até poderemos estar perante situações que consigam ser corrigidas sem perdas de performance.
Mas seja como for, na presente data, isto é o que nos é apresentado. E a consola vendida como “a mais poderosa do mundo” fica bem atrás da Playstation 5 neste jogo. E isso só por si é digno de notícia!



E se é verdade que um jogo não representa uma realidade… o facto é que a PS5 está a mostrar vantagens em muitos mais jogos, e não apenas neste, o que dá seriamente o que pensar.



0 0 vote
Avalie o nosso artigo
35 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Daniel Torres
Daniel Torres
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mário em sua opinião, você acha que essa diferença na geometria se deve ao geometry engine da ps5? Me lembro do Cerny falar que ele poderia ser usado mesmo sem programação dedicada.
Agora o Series S a 542p em minha opinião é uma vergonha, esta claro que esse modo de 120fps não deveria existir neste console.

Mike
Mike
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

vai ser corrigida a versao xbox com patch, assim como o problema de troféus da ps5. A diferença não está no hardware, estava no software, o que deve acontecer em todos os jogos.

Julio
Julio
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

No XsS média de resolução em 900p é vergonhoso. Não chega nem no Full HD.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Talvez se colocar o Serie S pra rodar numa tv de tubo não dê pra perceber os problemas ;p

Marco Antonio Brasil
Responder a  Carlos Zidane
4 meses atrás

🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

Danilo Marciel
Danilo Marciel
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O que eu to preocupado mesmo é com a disponibilidade.

Vergonhoso tanto pra Sony quanto pra Microsoft.

Aqui no Brasil as lojas liberaram novamente ontem as vendas fui comprar um PS5 nas casas bahia o prazo de entrega era de 45 dias uteis.

Absurdo.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Danilo Marciel
4 meses atrás

A disponibilidade da Sony foi maior do que no PS4. O que queria? Milagres? O Xbox disponibilizou menos no lançamento. Aí sim vc pode reclamar… E TB não sei, pois estamos no meio de uma pandemia e isso é mto relevante.

Fernando Molina
Fernando Molina
4 meses atrás

Colocaram uma porca no lugar do farol ali no Series X kkkkkk

Mais um dia, mais uma noticia ruim pro Series X, desse jeito fica ruim né Microsoft

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Não deveria… Pois esses jogos estão usando apenas força bruta nós consoles. E quando o ps5 começar a utilizar as otimizações pra next gen? Alguém, em sã consciência, acha que o Xbox vai levar vantagem em algo? só um milagre mesmo.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Sparrow81
4 meses atrás

Mesmo pq o xbox não vai ter nenhuma otimização next gen né kkkkk

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Molina
4 meses atrás

O Xbox tá próximo ao Pc. Usa APIs de Pc! Não precisa ser muito inteligente para saber que isso é péssimo para o conle. Vai frea-lo. Quando falo em otimizações, é que o ps5 é um console clássico e preocupado só com seu ambiente no desenvolvimento. Se está levando vabtay agora, deve levar mais vantagem no futuro. Espere um Xbox SZ pra desbancar ele.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Mario, o SX tá muito próximo do Pc e isso é muito ruim para o desempenho do Console. Ele vai sofrer frente ao ps5 nos próximos jogos! Mais do que já tá sofrendo. Aguarde um Xbox SZ para desbancar o ps5. Não existe milagre.

Finn
Finn
4 meses atrás

Parece-me que até o momente esse é o único jogo com diferenças significativas entre os consoles, sendo a versão do PS5 muito melhor. Seria digno de preocupação para o Xbox se a própria Codemasters não tivesse pedido desculpas pela versão dos Series e prometido um Patch. Alguém sabe dizer se esse comparativo é após o tal patch?

Rui
Rui
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Ou seja a consola inferior é superior e os engenheiros que desenharam a one X são afinal uns atrasados mentais.

Deve ser a primeira vez na história que a consola superior corre os jogos muito pior.

Algo aqui não bate certo ate porque esse jogo é medíocre e outros bem superiores não apresentam aqueles faróis da sx.

Mas fazer o que, afinal a ps5 é a consola mais poderosa, estou como diria o outro maravilhado.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Falaste em motores, me lembrou a temporada de 1992 da Formula 1. Mclaren com seu Honda V12 poderosíssimo, e no final das contas um carro 2 segundos mais lento por volta do que a Willians com motor Renault V10, mas com sua revolucionária suspensão ativa.

Seria fácil olhar apenas os motores e dizer que a Mclaren era superior. E a realidade veio à tona com a pré-temporada.

Seja consolas ou carros de F1, são sistemas muito complexos, com vários parâmetros, onde não se pode restringir performance a um único aspecto.

nETTo
nETTo
Responder a  Rui
4 meses atrás

PS3 era superior ao X360 e corria jogos inferiores também.

Mas todos já sabem o porque, já o XsX estamos todos as cegas sobre.

Rui
Rui
Responder a  nETTo
4 meses atrás

Nao concordo que a ps3 fosse superior, essa história é repetida vezes sem conta, mas eu não concordo.

Mário Armão Ferreira
Responder a  Rui
4 meses atrás

Nas capacidades de CPU, a PS3 era tecnicamente bastante superior à X360! Aliás, era superior a tudo o que existia na altura.
Era no entanto muito difícil de programar pelo facto de os SPEs não comunicarem entre si.
A consola morreu sem que se extraisse dela todo o seu potencial.
Mas o Cell fazia coisas que na altura eram consideradas impossíveis para um sistema caseiro. Por exemplo… Ray Tracing em tempo real!

https://www.gtplanet.net/playstation-3-cell-more-powerful-modern-chips/

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Rui
4 meses atrás

PS3 tinha GPU inferior à do X360. Entretanto, chegou um momento naquela geração onde conseguiram usar o CELL para executar determinadas tarefas de GPU, o que equilibrou mais as coisas. Tardiamente, mas equilibrou.

Também nessa geração refinaram bastante o processo de se realizar culling de geometria usando a CPU. Por ser um processo pesado, isso naturalmente favoreceu o PS3 que tinha sobras de CPU. O Leviathan Gamer explica muito bem essa questão caso queira ler:

https://twitter.com/LeviathanGamer2/status/1331210643970662401?s=20

Livio
Livio
Responder a  Rui
4 meses atrás

Não sei se você sabe mas o PS3 não iria ter a GPU RSX, o CELL faria também a parte gráfica, só que felizmente descobriram que iria dificultar e muito o desenvolvimento e decidiram fazer parceria com a nVidia.

nETTo
nETTo
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Como o tópico é sobre comparativo

https://youtu.be/l0aZocGxy3I

CyberBugs 2077, comparativo entre as versões dos consoles Nextgen.

PS5 roda pela Retro a versão do PS4 Pro com quase todos os seus limitativos (exceto a performance), resolução dinâmica com máxima em 1188p a qual se mantém a maior parte do tempo e quase perfeitos 60fps. Detalhe que a versão do PS4 Pro tem menos detalhes e menos densidade de pessoas na cidade comparado a um dos modos do Xonex.

XSX igualmente roda pela retro, mas como a Retro do Xbox permite incluir novos modos, pra Cyberpunk no console existem 2 modos (qualidade e performance). No qualidade a resolução é Dinamica e tem como máxima 1728p e média de 1512p, fps travado em 30fps com efeitos melhores que a versão do PS4 Pro e melhor densidade de NPCs na cidade.

O modo desempenho fixa a resolução em 1080p e o alvo é 60fps, o modo é similar ao executado pelo PS5 (PS4 Pro), a performance varia mais aqui do que no console de Sony.

XSS conta com apenas um modo com resolução dinâmica e 30fps como alvo, o DRS varia entre 1296p mas tem média de 1080p. A qualidade gráfica e densidade de NPCs equivale a versão do PS5 (PS4 Pro).

Lamentável os resultados entregues pela CD Project RED, pois além de toda essas questões técnicas o game ainda é um dos mais bugados da história, Cyberpunk 2077 está conseguindo jogar na lama o nome da Desenvolvedora, a versão dos consoles base, que é onde estara a maior parte dos players está um lixo, na primeira análise da versão dos consoles bases a Nota foi 35/100 só pra vcs terem uma ideia do que foi entregue.

Olhando alguns Gameplays, os gráficos são bons, a cidade é impressionante e tals, mas porque tantos bugs? Tô jogando Ghost of Tsushima no PS4 Pro, jogo lindo de morrer, um dos open mais bonitos dessa geração, e o mesmo roda liso liso a 30fps, Tlou Part2 é mais impressionante ainda e também roda a 30fps quase perfeitos, se modo que só posso achar que foi descaso total da Dev com as versões dos consoles.

Marco Antonio Brasil
Responder a  nETTo
4 meses atrás

Segundo essa análise da DF a melhor versão é o modo qualidade da SX. Mas tenho um colega que tem a consola e criticou muito jogo no modo desempenho e disse que no qualidade está apenas aceitável. Alguém com as consolas novas pode postar seus comentários? Meu amigo vai abandonar o jogo e esperar o patch nextgen!

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Marco Antonio Brasil
4 meses atrás

Tá uma bosta no ps5! Atravessei paredes, tive dois travamentos no tutorial e olha, esse game tem horas que lembra o PlayStation 2! Inaceitável. Saiu a atualização e não voltei jogar ainda, mas devo dar uma chance daqui uns dias. Lembrando que não é só atualizar, o jogo tem escolhas horríveis! Vc anda e parece flutuar… Só um exemplo: A câmera não mexe. Ridículo!

Numa comparação rápida, emquanto a insomniac fez 3 games em 2 anos, a cdprojekt levou 8 e não entregou o jogo com cara de geração PS4/xone. É triste!

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  nETTo
4 meses atrás

Lamentável mesmo. Tenho amigos jogando no PC e estão reclamando bastante, não apenas dos bugs, mas também da performance no geral. É um game devorador de GPUs, mesmo com Ray Tracing OFF.

A meu ver construíram uma cidade extremamente densa, com diversos caminhos e formas de se explorar, prédios, túneis, etc.. Além disso, usaram a ferramenta JALI (https://www.youtube.com/watch?v=fa3_Mfqu8KA) para gerar centenas de NPCs diferentes automaticamente sem usar capturas de movimentos. Por um lado essas adições são maravilhosas, pois introduz um novo nível de imersão em jogos de mundo aberto. Mas por outro lado, claramente construíram o jogo em um target de specs muito acima da geração de Ps4/Xone.

Para se ter uma noção, exige-se a GTX 780 para rodar em 1080p 30fps em low preset. Essa VGA tem 4,1 TFLOPS. Assassin´s Creed Valhalla por exemplo exige uma GTX 960 de 2,4 TFLOPs. Claro que não vamos levar aqui os TFLOPs 100% ao pé-da-letra, mas estou apenas exemplificando que Cyberpunk 2077 tem um target bem elevado de spec.

A consequência disso é que precisaram fazer um port para PS4/Xone no estilo The Witcher 3 para o Switch, ou seja, realizar vários cortes nos presets gráficos, colocando o jogo abaixo do low para que as GPUs de 1.84 e 1.31 TFLOPs suportem rodar. E mesmo assim as quedas de FPS são ridículas, e isso vale até para PS4 Pro e Xbox One X. Projetaram o jogo com um target bem maior de CPU e i/o (com SSD), o que está muito acima das capacidades do Jaguar e HDD. Resultado: quedas gigantescas de FPS e pop-in ridículo, com texturas levando até 20 segundos para serem carregadas.

E para terminar, provavelmente não fizeram os ports de XSX,PS5 e XSS porque não deu tempo. Estão desde o começo deste ano virando noites para ver como fazer esse jogo rodar decentemente no PS4/Xone, e tentando corrigir bugs. E como sabemos, não conseguiram resolver.

Creio que para manter esse jogo a 30fps estáveis no PS4 e Xone teriam que reduzir ainda mais a resolução (abaixo de HD 720p) e realizar ainda mais cortes gráficos que possivelmente iriam descaracterizar demais o jogo. Algo tipo converter Street Fighter 2 do Arcade para o Master System, ou Virtua Fighter 2 do Arcade para o Sega Genesis (Mega Drive). Como sabemos, tais versões existem, mas parecem outros jogos de tão modificados.

Claro que nada disso se justifica. FarCry 3, Skyrim e tantos outros tinham problemas seríssimos de performance no PS3/X360, e não era justificável. Isso não é problema de quem investiu dinheiro e comprou o jogo. Que busquem uma forma de optimizar para se ter um nível minimamente jogável nas consolas base.

Marco Antonio Brasil
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Acho que não se justifica a versão da SX estar tão abaixo. Uma teoria: seria por que o jogo teve que ser capado para ficar mais aceitável na séries S?

Rodrigo
Rodrigo
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Nessas comparações se vê o porque do pessimismo em torno do Séries X. A Microsoft apresentou ele como o console mais poderoso, só que nesse jogo e em outros, a versão PS5 é melhor. E sem falar na chocante falta de novos jogos. Nem sequer um trailer com algum gameplay existe até hoje.

error: Conteúdo protegido