Vamos falar de futebol

Hoje vamos fugir um pouco ao tema habitual. Mas e daí… talvez não!

Há um caso curioso no Turkistão. O Sal-al-maleke, um clube local, está com uma polêmica curiosa entre mãos. Deixem-me explicar!

Este clube de futebol resolveu começar a vender lugares cativos aos seus sócios. Dado que os sócios pagantes estavam a decair, a ideia era vender os lugares a um preço interessante e chamar as pessoas para o estádio para o clube ganhar uns trocos extras pois as pessoas estavam a refugiar-se nos jogos que passavam na TV.

A coisa até correu bem devido aos preços praticados, mas igualmente devido a um extra. Alguns dos jogos do clube passaram a ser exclusivos dos pagantes dos lugares cativos. Não era assim possível ver-se os mesmos a não ser que se tivesse o lugar cativo comprado e a mensalidade das quotas em dias.

Naturalmente os assinantes de TV podiam ver os restantes jogos, tal como quem tinha lugar no estádio. Mas os exclusivos, esses não!

Ora a situação resultou. E muitos lugares cativos foram vendidos criando receita com a venda de lugares, mas a receita subiu igualmente com o pagamento das quotas.

No entanto nem todos os simpatizantes aderiram. Alguns referiam que a vantagem era a possibilidade de a um preço baixo se ter uma experiência melhorada face à de casa, com a vivência do estadio. Mas outros alegavam que a experiência caseira era mais luxuosa e confortável, sem problemas de frio, chuva e outras.

Mas esta dualidade de ideias nem é a que nos interessa. O que interessa é que de um momento para o outro o Sal-al-maleke resolveu acabar com os exclusivos para os lugares cativos, alargando-a aos espectadores de TV em pay per view.

Curiosamente, e apesar de haver sistemas de satélite e descodificadores de sinal perfeitamente capazes e com custo pouco superior ao dos lugares cativos, o sal-al-maleke obriga a que se use uma antena + descodificador cujo custo é mais do triplo do custo do lugar cativo.


Naturalmente a situação criou uma confusão tremenda.

Há utilizadores de TV que já tinham esses aparelhos que referem que isto só tem vantagens.
Há utilizadores de TV que possuem aparelhos perfeitamente capazes e mais econômicos que se sentem excluídos e estão decepcionados com o sal-al-maleke.
Há sócios com lugar no estádio que estão revoltados por perderem os exclusivos e por terem de pagar as quotas ao passo que os utilizadores TV tem acesso aos jogos gratuitamente.
Há sócios com lugar no estádio que não veem desvantagens nisto achando que isto em nada vai prejudicar a venda de lugares e que as suas vantagens continuam todas lá.
Mas o pior parecem ser os sócios com lugar que já possuíam uma antena e descodificador com as características necessárias. Esses alegam que compraram os lugares pelos exclusivos e que com esta situação não tem qualquer motivo para ter o lugar, sentindo-se enganados com a publicidade aos exclusivos feita que, mesmo não se perdendo esses jogos, dava a entender uma realidade diferente da existente.

Sinceramente é um caso curioso…

E vocês o que acham? Conhecem o Sal-al-maleke? Se fossem sócios como se sentiriam? E expectadores de TV?
Perante esta situação certamente o Sal-al-maleke irá vender e lucrar mais com os jogo, mas será que isso vai ser bom ou mau para a venda de lugares?

Há certamente aqui situações para todos os gostos…

PS: Para quem ainda não entendeu, esta situação reflete um paralelo fictício com o sucedido com a Microsoft, a sua Xbox One e o pagamento do Live Gold, a perda dos exclusivos para o PC, e os elevados requisitos necessários no PC para esses jogos quando face ao DirectX 12 não deveriam ser assim tão altos!

PS2: Dentro de dias iremos elencar algumas vantagens da unificação que a Microsoft anunciou!

 

 

 

 

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (16)

  1. Vai ficar um negócio bem injusto se quem joga no Windows 10 não pagar mensalidade e quem jogar no console continuar pagando, a Microsoft está totalmente perdida nessa geração depois do ótimo trabalho que fizeram com o 360, e como eu disse semana passada, ela decretou a morte do One, no ultimo relatório de vendas semanais do VGchartz, o Play 4 já vendeu quase o dobro de unidades que o One nos Estados Unidos, país que vinha mantendo um certo equilibrio, um minuto de silencio para o Xbox…

    • A Microsoft certamente fornecerá uma conjunto alargado de vantagens a quem aderir, de forma a tornar a coisa mais atrativa.
      Vamos aguardar.

      • Mas Mario, a microsoft está meio sem saída, pq não vão querer perder as mensalidades de quem joga nos consoles, e como convencer quem nunca pagou a começar a pagar a essa altura do campeonato????

        • Penso que para eles o mais importante é mesmo construir o que a Valve construiu mas no Windows.

          O negócio da Valve é incrivelmente lucrativo, e é basicamente uma loja online que apenas vende jogos, sem ninguém pagar nada (penso eu, que nunca usei).

          E é a maior prova que as lojas da consolas, quando devidamente apetrechadas (retrocompatibilidade nativa), podem dar imenso lucro.

          É isto que a Microsoft quer.

          Relativamente ao live, há também a hipótese de o tornar grátis na consola (que é a melhor alternativa que têm, dado que todas as outras vão irritar muita gente), e quanto aos pagam a subscrição, podem perfeitamente implementar o que a Sony fazia e faz na PS3 – um serviço que oferece vários jogos todos os meses com o multijogador gratuito a toda a gente.

          • Não só. A unificação é uma forma de a Microsoft manter o DirectX ativo. O DirectX é uma referência atual e como tal algo de grande prestígio para a Microsoft. Mas caso o Vulkan se revele um competidor à altura o DirectX está condenado pelo facto que o Vulkan é universal e poderá ser usado em qualquer sistema informático existente ao passo que o DirectX atual, o 12 se limita ao Windows 10. Daí que a Microsoft tenha vantagem em aglomerar e tentar universalizar tudo o que seja Windows 10 de forma a tornar o Windows 10 em algo verdadeiramente grande e que justifique o manter do DirectX.
            Depois temos o aumento de vendas de jogos first partys e o conseguir cobrar royalties nas versões PC de jogos da plataforma XBox. Porque as atuais versões PC dos jogos não pagam nada a ninguém.
            Ou seja há várias razões e não só uma.

          • Se a Microsoft começar a cobrar royalties, e tendo em conta o que disseste, então vai falhar.

            O Steam já será dificil de destronar. Atualmente há uma enorme vontade de virar as costas ao Windows a nível governamental e institucional.

            Se hostilizar também esses parceiros, adeus!

          • Não posso garantir isso. Mas é uma possibilidade.

    • Sabe Molina, posso estar sendo muito extremista, mas acho que a Microsoft já abandonou o One, quase como ela fez com o Xbox “One” original, mas com diferenças.

      Naquela época o Xbox foi o último console lançado, com hardware mais poderoso para fazer frente ao PS2, não conseguiu tal feito, foi abandonado e a MS apresenta de surpresa o 360.

      Agora temos variáveis diferentes, o One foi lançado poucos dias após o PS4, mas agora o seu hardware é um pouco mais fraco e somando com as políticas e visões iniciais do console fizeram com que ele ficasse em 2º lugar.

      Parabenizei a atitude da MS em modificar as políticas iniciais e ir atrás de conquistar o público perdido investindo em mais jogos e alguns exclusivos temporários.

      Porém quando comecei a ouvir que a MS iria levar alguns exclusivos para o PC, isso em 2014/2015, já pensei logo: “A MS está jogando a toalha em relação ao console e para tentar sair na frente da Sony irá investir em uma plataforma que ela domina, ou seja o Sistema operacional Windows”.

      Por isso que semana passada não fiquei surpreso ao ler a notícia do Quantum Break.

      A MS irá lucrar mais com esta decisão, porém matou o console. Como diz o ditado: “Nadou, nadou e morreu na praia”.

      Não ficarei surpreso se ela anunciar um novo modelo do One mais potente, caso queira fazer do One uma “Steam machine”, melhor uma “Windows 10 Machine” ou até mesmo anunciar um novo console para aproveitar o embalo do lançamento do NX.

      • Concordo com vc Livio, também acho que o One tá morto, mas vamos aguardar cenas do próximo capitulo.

        • Em 6 dias saberemos o destino.

          Só espero que não repitam a caga** de 2013, onde antes da E3 ele tiveram uma conferência apresentando o One e as suas políticas e na apresentação da E3 (do mesmo ano) não mudou nada.

  2. Odeio futebol,esportezinho mediocre:P

  3. Boa tarde!
    Não entendo porque existe tanto hater em ser contra em tudo o que a MS faz.
    Não gostar, não aprovar, não adquirir o produto cada pessoa tem todo o direito!
    Mas jogar coisas ao vento, ou falar por falar, não faz o menor sentido, ainda mais que nem todos pensam igual!
    Eu vou falar do meu caso, eu gosto de Xbox One, não gosto de PC, não entendo de PC e minha plataforma vai continuar sendo o Xbox!
    Para mim o Xbox é mais atrativo do que os concorrentes!
    Falar que o Xbox está morto, e que a MS esta perdida, sinceramente acho esses tipos de comentários uma bizarrice!
    MS não é empresa fundo de quintal existe varias cabeças pensantes que sabem o que estão fazendo.
    Provavelmente vai vender menos ainda, mas isso não quer dizer que vai abandonar o console, ou que está perdida, se toda empresa fechasse as portas para todos seus produtos que não é líder do mercado, a Sony por exemplo teria que ficar somente com PS4, e abandonar televisão, celular, home theater etc..
    Estou louco para jogar Quantum Break, eu não tenho PC- Gamer, e nem pretendo ter, o único lugar que posso jogar é no Xbox One!
    A live eu pago desde começo do Xbox 360 e adoro esse serviço, no PC sempre foi de graça, não é porque exclusivos do Xone foi para PC que vou reclamar de pagar, o serviço da live é muito mais do que somente para jogar online, ele me da descontos em jogos, 4 jogos por mês!
    Se os amigos falam que a MS nadou e morreu na praia em relação a tentar passar o PS4, isso é verdade desde lançamento, mas se for em qualquer outro sentido tem uma visão totalmente disturbada, em achar que abandonou o console somente porque não é líder, como eu já disse, imagina se todas as empresas abandonar seus produtos somente porque não é líder do seguimento!!
    Não quer comprar o Xone, se acha que o console não vale a pena é muito simples não compra.
    Mas parem de ficar falando coisas por achismo, ou somente porque é hater, achar que um produto que vendeu 20 milhões está morto, ou a pessoa é hater ao extremo, ou completamente juvenil!!
    Eu entrei para jogar Call of Duty ontem 3 da manhã e achei salas o tempo todo, para quem tem o Xone está super de boa jogando seus jogos off ou online encontrando partidas com sala cheia o tempo todo!!
    Me desculpa se fui ignorante, mas estou de saco cheio em todo lugar ter hater falando a mesma coisa, que o Xone está morto, e quem vai compra um console que é mais fraco, mas esquecem que existem 20 milhões de pessoas que compraram e se divertem muito!!
    Em 3,2 1 vai ter uma pessoa falando ahhh! mas porque vou comprar um Xbox One se eu posso jogar todos os exclusivos no PC sem pagar nada, e com gráficos melhores!!

    • Não ponhas as coisas nesses termos de amor ou odio. Há opiniões para tudo e para todos os gostos, e há que respeitar.
      Uma coisa é certa, esta atitude mexe com o conceito instituido há 30 anos do que é uma consola. E daí que vai gerar contentamento, mas igualmente descontentamento.
      A inovação nunca foi algo de mau, mas é preciso que seja para melhor. Aqui a dificuldade de algumas pessoas é saber e ver se isto acaba por ser para melhor ou para pior. E isso só com a revelação total dos planos da Microsoft e vendo a adesão do publico é que se saberá.
      Agora com os dadoa atuais o que as pessoas sabem é que o PC está a perder pessoas para os tablets e que as consolas, com o seu conceito tradicional, estão a ter um sucesso sem precedentes.
      A Microsoft tentou quebrar esse conceito e deu-se mal. Agora tenta-o de novo e com medidas que parecem beneficiar mais o PC do que a consola.
      E perante esses dados, comentam. Mas o futuro é que dirá, e tenho a certeza que caso ele seja bom para a consola as pessoas mudarão de opinião.
      Agora falta é mostrar os argumentos porque os existentes criam opiniões muito divididas.

  4. Agora é uma pergunta de ajuda!!
    Eu tenho um notbook, da marca Accer i5 com 4 gb de ram, esse notbook é problemático desde quando eu comprei já foi para assistência varias vezes, tenho ele 3 anos, a maioria das vezes é porque ele desliga sozinho, já foi trocado o cooler, pasta térmica, e já fez varias outras coisas!!
    Esse meu notbook tem algum problema cronico que não tem solução, até já troquei de assistência pensando que o erro estava com o técnico!!
    Eu gosto muito de jogar hearthstone mas eu ligo jogo duas partidas ele esquenta muito e desliga, ele desliga somente de duas formas se colocar o jogo hearthstone, ou se deixar ele parado sem usar, ele esquenta sozinho e desliga tbm, mas se fico em sites, no youtube ou qualquer outra coisa ai fica normal!!
    O modelo dele é Aspire V3-571-6654.
    Acho que é para ele aguentar Hearthstone sendo que até no meu celular o jogo funciona!!
    Bom vou passar o link de um notbook gostaria de saber se ele vai funcionar o Hearthstone sem desligar, pelo amor de Deus não quero mais um not que fica desligando!!
    http://search.pontofrio.com.br/search?w=Notebook%20Lenovo%20G40-80&utm_source=buscape&utm_medium=comparadorpreco&utm_campaign=Informatica_Notebook
    Seria esse primeiro, ele funciona Hearthstone o preço está bom, tem algum notbook com configuração melhor por essa faixa de preço?
    obg..

    • O teu portátil, pelos poucos dados que forneces, possuj um problema de aquecimento. A questão que falta determinar é onde.
      O tecnico foi pela via mais simples, o aquecimento do cpu/gpu, mas o problema pode ser igualmente na fonte que não consegue manter os picos de energia de débito máximo estáveis, ou no GPU que tenha problemas de estabilidade.
      Quanto ao link, o primeiro não funciona, mas o segundo (outra mensagem) sim, e essa maquina corre bem o hearthstone.
      PS: eu já joguei hearthstone num i3 com gráfica intel pior que essa, pelo que o jogo não pede grande coisa.

Os comentarios estao fechados.