Vice President Senior despedido em menos de 24 horas e num fim de semana após ser acusado de tentativa de sexo com um menor.

5 1 vote
Avalie o nosso artigo

As provas contra o Vice Presidente Sénior da Sony apareceram na internet. A reação da empresa foi rápida e decisiva, e apesar do fim de semana, o funcionário foi despedido em menos de 24 horas.

George Cacioppo era um Vice Presidente Sénior da Sony, que foi apanhado como tentando promover uma tentativa de sexo com um menor.

De acordo com as capturas de ecrã mostradas na internet, george terá usado uma rede social, a Grindr, destinada a encontros sexuais entre pessoas de todos os tipos, e nela promoveu um encontro com um jovem gay de 15 anos, com o qual terá tentado encontrar-se.

Na realidade o jovem eram alguém do canal Youtube People vs Preds, que se dedica a caçar e expor quem tenta sexo com menores. E em vez da visita do jovem, George recebe a visita de um cameraman que filma toda a sequencia pré estabelecida de receção do jovem.

A notícia rapidamente se espalhou pela internet, com alguns a tentarem fazer a colagem à questão de assédio sexual que se passou com a Activision, uma situação bem diferente, uma vez que aqui se tratava de uma atitude individual, ao passo que na Activision se tratou de uma situação apoiada pela direção da empresa, e na qual a empresa se encontra a apoiar a pessoa em questão, contra os funcionários.



A questão é que a mal a notícia veio a público a Sony reagiu imediatamente, e apesar do fim de semana, em menos de 24 horas, e num comunicado emitido no sábado, a Sony anunciava que o contrato com o Vice Presidente em questão havia sido terminado.

Este é claramente um assunto tabu para as companhias de videojogos, que não se querem de forma alguma ser envolvidas. Naturalmente ninguém pode controlar as pessoas individualmente, mas é bom saber-se que quando há casos destes, se age de forma imediata e rápida.



5 1 vote
Avalie o nosso artigo
1 Comentário
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Juca
Juca
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O mínimo que se espera de uma empresa que preza pela própria imagem, ao contrário da Activision que parece não estar nem aí.
Que o sujeito pague na Justiça o que for cabido, e de preferência leve a pena máxima, por ser uma pessoa de boa instrução e muito poder financeiro.

error: Conteúdo protegido