Xbox One voltou a vencer a Playstation em Setembro , e desta vez em vários mercados

A PS4 slim não chegou para inverter a tendência de vendas da Xbox One que a bateu em território Norte Americano, Reino Unido e Austrália.

A caminhada da Xbox em Julho, Agosto e Setembro foi histórica nesta geração.

Se bem se recordam anunciamos aqui que a Xbox One bateu a PS4 em território Norte Americano em Junho, repetindo a proeza em Agosto, e batendo recordes de venda ao obter os melhores resultados da Xbox para esse mês desde 2011.

E nessa notícia dávamos a entender que haviam indicadores que poderiam indicar uma surpresa a nível mundial para o mês de Setembro! Uma surpresa que… aconteceu!

É que em  Microsoft não só batei mais uma vez as vendas da PS4 em território Norte Americano, o maior mercado mundial, como a bateu ainda no Reino Unido, o segundo maior mercado mundial, e na Austrália. Um feito enorme que não sabemos se não colocou mesmo em causa a hegemonia de vendas mundiais da PS4 que até hoje era intocável.

Apesar de o verão ser um período de menores vendas a nível de consolas, Setembro é já um mês com vendas dignas de registo, o que dá mais valor a este conjunto de vitórias conseguida com um marketing agressivo e reduções de preços que nem o lançamento da PS4 Slim a meio do mês de Setembro conseguiram perturbar.

Justificações para estes valores há muitas, sendo que há quem defenda que o lançamento do PS VR em Outubro  e da PS4 Pro em Novembro estão ligados às menores vendas da Playstation nestes períodos. Mas sinceramente da nossa parte preferimos dar o mérito à Xbox One S, ao seu leitor UHD e à sua estética extremamente bem conseguida!

Se queres saber os pontos fortes que esta consola possui ainda face à concorrência e que podem estar por detrás do seu sucesso, eis este nosso artigo que explica isso mesmo.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (22)

  1. Luciano S. Carvalho 15 de Outubro de 2016 @ 11:05

    E em outubro provavelmente será a mesma coisa.

  2. Apenas consequência do bom trabalho feito, transparecido no produto oferecido. Se continuar nesse ritmo, a tendência é crescer ainda mais.

  3. Mas a nível mundial, venceu nos ultimos meses também?
    Mas o que sabemos é que ela venceu nos mercados americano e reino unido.

    • E a soma deles dá mais que o resto do mundo. Na verdade, só os Estados unidos já iguala vendas da europa inteira, e o Japão é ainda menor.
      Reino unido responde por vendas iguais a de todos os paises da europa somados com exceção da Alemanha.
      É significativo, eles venceram nos países onde gira mais dinheiro.
      Na america latina, que é o sul, central e o méxico, eles já são líderes desde sempre.

    • Não, nos últimos meses a Sony vendeu mundialmente. E mesmo neste mês não sabemos se isso não se manteve. Mas a realidade é que a Xbox este mês ganhou para além dos Eua, em dois mercados onde nunca tinha ganho, o reino unido e a australiano.

  4. Eu já estava à espera que a XO repetisse a façanha, e não tem nada a ver com os exclusivos que tem vindo a receber, a razão prende-se com o facto de que quem quer comprar uma PS4, vai de certeza esperar mais um pouco, quem é que no seu perfeito juízo vai comprar uma PS4 Slim, quando por só mais 50$ pode comprar uma Pro (modelos equivalentes de 1TB)?

    Ao anunciar a Pro al lado da Slim, era mais que certo que a Sony ia condicionar as suas próprias vendas por 2 meses, e a Microsoft agradece.

    • Que não tem nada a ver com os exclusivos, certamente. Existem vários exemplos nessa geração onde exclusivos não fizeram nenhuma diferença em vendas de console.
      Eu acho que tem uma situação um pouco mais complexa do que exclusivos e até que o PS4 Pro.
      As vendas já estão dando sinais de estagnação pelo menos desde o começo do ano, quando ninguém nem sabia o que era o PS4 Pro, e nem existia o boato. Mesmo nos meses em que o PS4 bateu o Xbox, as vendas já estavam apresentando retraçãoo dos dois lados. A Microsoft dizer que o Xbox teve o melhor mes de vendas desde 2011 não quer dizer muito, pois esse já era período de declínio da geração passada e na atual, o One nunca teve um desempenho de campeão.
      Eu quero questionar se na verdade ao invés das pessoas estarem esperando o Pro, se não é o mercado que mudou e a Sony já atingiu a maior parte dos petenciais clientes e a Microsoft está recebendo clientes do PS4 que acham que agora é a melhor hora para comprar o Xbox.
      Da mesma forma, eu acho que o Pro vai vender muito, mas na vedade estará vendendo para quem já possui um PS4 na maioria das vezes.
      A geração passada foi muito longa, ela iniciou a longos 11 anos e talvez muita coisa tenha mudado. Quem comprou console até 2009, talvez hoje esteja no PC. Um PC para jogos, mesmo que seja um fraco PC, tem um preço mais acessível agora do que era em 2006 por exemplo e roda jogos com qualidade aceitável, e eles são vendidos a menor preço.
      Talvez o mercado tenha encolhido, e nós estamos esperando que vendam 200 milhões de consoles.
      Talvez seja o contrário e o PS4 Pro ultrapasse o PS4 em dois anos. Mas meu palpite é que o Pro venderá pra quem já tem o PS4 e alguns donos de Xbox One, e o Scorpio venderá pra quem já tem o Xbox e alguns donos de PS4 seduzidos por números de teraflops.

      • Pode ser muita coisa. Mas são boas questões que colocas.
        No entanto a resposta mais coerente é mesmo a espera pela Pro.
        Era o que eu faria e aposto que vocês igualmente.

        • Com consoles lançados à um preço tão acessível, eu acho que a maior parte dos potenciais consumidores já passaram para a nova geração e eu acho que quem está esperando o Pro são donos do Xbox One e donos do PS4 que resolveram dar uma chance pro console.
          Então sim, eu esperaria o Pro se tivesse interesse nessa plataforma, mas particularmente, eu acho mais interessante comprar o PS4 original nas promoções de queima de estoque.

          • Isso na realidade brasileira, porque se a mesma diferença de preços entre slim(PS4 original já deve ter esgotado por lá) e Pro fosse aplicada no Brasil, duvido muito que você não pegaria um Pro, até porque o Slim não tem a saída optica, que na opinião de muitos é o motivo para o fim do mundo.

          • Eu não gastaria 399 dólares num PS4 novo se eu poderia ter o mesmo por 299 quando eu sei que não estará rodando jogos em 4K reais.
            Aí entra meu gosto pessoal. Quais são os System Sellers do PS4, Bloodborne, ótimo jogo, Uncharted 4, me perdoe quem venera e chorou com o jogo, gosto é de cada um, mas pra mim é nota 8.
            Então a resposta é, eu não compraria o Pro nem se estivesse em um mercado como o americano, por que para mim o Playstation é um console secundário.

          • Lá está Fernando… gostos pessoais… Não podes avaliar algo por eles. Tens de ser objectivo nas coisas!
            Lá por eu não gostar de peixe e preferir carne não vou dizer que peixe é fraco. Ou consigo ser objectivo, ou não falo!
            É difícil eu sei… Mas é possível!
            Depois comentar favoravelmente baseado em gostos pessoais não tem nada de mal, são os teus gostos. Já o criticar baseado nos mesmos e sem usar argumentos palpáveis e credíveis…
            E não tens o mesmo por 299!
            Tens uma consola superior capaz de mais fps e efeitos na mesma resolução e que te oferece 4K.
            Custa apenas mais 50 dólares que aversão standard com o mesmo disco.
            Agora essa dos 4K não serem reais, vinda de ti é uma surpresa. Porque quando os 1080p da Xbox One não eram reais isso não te importava. Como é que agora os 4K reconstruidos, cuja semelhança com o real é bastante superior do que o re-escalado de repente te interessa.
            Mais curioso ainda são comentários teus como estes:
            Sobre Tomb Raider e as diferenças de resolução da PS4 (comentário ainda disponível na PCManias):
            “Na verdade, os gráficos das cutscenes podem rodar a vontade em 1440×1080 que eu não vejo problemas. Aqueles gráficos são tão bons que eu estou impressionado que rodam em tempo real, achei que era pré-renderizado. Por mim, o jogo todo estaria nessa resolução afim de manter a mesma qualidade.”
            Curiosamente, a resolução a 1080p nativos para ti nunca interessou. Apenas a qualidade! Mas quando a PS4 Pro mantêm a qualidade da PS4 e sobe a resolução… ela já interessa por não ser 4K nativos.
            Mas afinal em que ficamos?
            Quanto ao ser uma consola secundária é a tua opinião… e se calhar a de 20 milhões de outras pessoas. Mas não é a de 40 milhões!

          • Resposta do Mário, quanto tantas outras que eu, Andrio, Netto.. já fizemos demonstra o quanto contraditórias são as respostas do Fernando.

            Fala uma coisa hoje mas depois muda o discurso quando se quer sair por cima, lembram do debate entre 4K reconstruído ser fake e upscaling para 4K não?

            Será que lembra quando falaram que não tinha história mais emotiva que o de The Last of Us e ele foi logo colocando Gears 2 e 3 como exemplos de mais emotivos? Mas quando sai Gears 4 e lhe atribuem notas na casa dos 80 vem culpar a galera que procura emotividade nos jogos e que o jogo tá bom assim mesmo, sem emotividade.

            Seja mais humilde e diga logo que não compraria mesmo um PS4

            Vai entender.

  5. Acredito que a Microsoft tem feito um bom trabalho e a consequência disso é ver suas vendas aumentando, porém em relação a Sony acredito que seja a espera do lançamento do PS4 PRO. Mesmo que não seja um console muito melhor que o atual, a diferença de preço é muito pequena para justificar a aquisição do slim.

    Goste ou não, o consumidor tem sinalizado que as atualização de console no meio da geração pode dar certo. Basta ver o que acontece com os celulares,carros, computadores, home theater, TV´s… etc. Todo ano tem atualização, mesmo que bem superficial, e o consumidor em geral vai lá e troca seu atual produto por um novo.
    Se na geração passada a Sony definiu seu hardware pelas especificações e reclamaram que o preço do PS3 era muito caro, dessa vez definiram o console pelo preço que acreditavam que o consumidor estaria disposto a pagar…. e mais uma vez o consumidor reclamou… dessa vez que o console nasceu defasado.. e etc….

    Quem vai definir se esse novo modelo de gerações vai dar certo, vai ser o consumidor. Mas acredito, que mesmo reclamando, as vendas vão aumentar muito.

    • Não adianta muito chorar quando isso não resolve nada. Mas infelizmente a sociedade está consumista demais. Para além disso as pessoas adoram dizer que o que tem é melhor que o dos outros e alinham em tudo que é novo, mesmo quando isso não justifica minimamente.
      As duas coisas juntas levam ao consumismo exacerbado, e a situações onde os consumidores não são bons para si mesmo.
      Para mim carne é carne e peixe é peixe, e se quero carne compro carne, se quero peixe, compro peixe.
      O problema é que as pessoas querem comprar peixe, mas depois querem que o peixe seja carne.
      E sem se aperceberem estão a matar o peixe que na realidade passa apenas a ser carne disfarçada.
      Troca carne por PC e peixe por Consola e já percebes o que digo.

      • Concordo contigo. Eu mesmo comprei meu primeiro smartphone há uns 5 anos… Era um modelo muito bom. E eu ainda falava que não ficaria trocando de celular todo ano como muita gente fazia… De lá pra cá já comprei mais 3 celulares… Sempre arrumando desculpa pra comprar um melhor… Puro consumismo. Com o play 4 eu estava satisfeito com ele, reconhecendo suas limitações, mas assim que anunciou o pro.. Eu já coloquei o play a venda.. Mesmo tendo um PC pra jogos eu vou comprar o pro. Neste caso tbm pensei que eu ia perder muito dinheiro se esperasse vender daqui uns 2 anos… E pra esperar até o lançamento do play 5 ainda tem muito chão. Espero que os jogos em 1080P também melhorem, pois não penso em comprar uma TV 4K tão cedo. Pena a Sony estar dando tanta importância ao 4k sendo que o console não tem especificações o suficiente pra atingir este patamar. O atual nem mesmo alcança o full HD a 60 FPS, que já seria bem bacana se o pro atingisse.

        • Os 60 fps são pura opção. São perfeitamente possiveis, mas requerem compromissos gráficos.
          Mas essa realidade irá acontecer sempre em qualquer sistema. A 30 fps podes puxar mais pelo grafismo.

Os comentarios estao fechados.