Xbox Scarlett… Uma familia de aparelhos? O que poderá ser?

Quando da E3 a Microsoft referiu que estava a trabalhar na próxima geração de consolas. Ao referir-se ao plural, a ideia que surge é a de mais do que um produto. O que poderemos ter?

Uma familia de aparelhos associados a consolas de nova geração. Apesar de ser algo radicalmente diferente é muito cedo para avaliarmos se a coisa pode ser boa ou má… mas à partida a ideia parece interessante.

Se tal for o caso, o que poderemos vir a ter nessa familia?

Eis uma teoria:

  • Xbox Scarlett XL (o produto mais caro e topo da linha) – Uma consola tradicional, sucessora da atual geração, e com capacidades ao nível de uma PS5 ou até superiores.
  • Xbox Scarlet (uma versão mais económica) – Total compatibilidade com a consola de cima, mas com um disco menor, e desenhada para oferecer exactamente as mesmas performances da anterior, mas apenas a 1440p do qual se faz downsampling para 1080p, tornando-se na escolha ideal para quem ainda não fez a passagem para TVs 4K.
  • Xbox Scarlett XS – (uma versão ainda mais barata) Uma versão da consola sem qualquer disco. Possui a drive de BD para funções multimédia, e um GPU ainda menos potente que o atual. Basicamente uma adaptação simplificada das atuais consolas, e que misturam capacidade de processamento local com funções de streaming.
  • Xbox Scarlet XXS – (a versão mais básica) – Basicamente uma box TV dotada de um comando e capaz de streaming, dependente a 100% do streaming.
  • Hibrido Surface – Xbox – (Versão profissional) – Capaz de correr alguns jogos localmente e fazendo stream de outros. Mistura as capacidades Xbox com o PC

Que vos parece?





Posts Relacionados

newest oldest
Notify of
By-mission
Visitante
By-mission

Uma ou duas até tentaria compreender, mas três já vira uma salada de frutas… Oras se tens alguns motores adaptados a uma infinidade de Hardware o que vemos não passa de opção gráfica ao que realmente poderíamos ter digo, olhem para One X eu seus 6teraflops imagine um game tão graficamente avançado que esta estaria lutando pelo 1080p. Aí sim teríamos uma nova geração. Mas digo imagine uma Xbox Scarlet a rodar um Gta 6 em 8K e te digam wow isto é que é 8k, quando na verdade o mesmo Gta 6 se iria a casa de um miúdo a jogar a 1080p?

Ora que digo e que chegamos a potência, só falta decidir aonde esta será gasta.

edinho Vander
Visitante
edinho Vander

Me entristece ver o caminho que os consoles estão tomando, cada vez mais se foge da criação de games criativos, envolventes e divertidos para uma direção focada no multiplayer on line e resolução 4k. Tudo isso é um grande desperdício de do potencial que os consoles podem oferecer na criatividade dos jogos.

Ewertom
Visitante
Ewertom

@Mário se a AMD realmente fornecer seus GPU Navi em exclusividade para a Sony,que caminhos a Mic deveria tomar em relação ao seu GPU para manter um equilíbrio de potência e rivalizar com o PS5 no futuro com o Scarlett.
Porque a Mic atentou nesta Gen que ficar para trás no campo tecnológico não foi uma boa.
Sei que potência não revela vitória se não tiver software que acompanhe o produto,mas após a E3 deste ano aponta para uma quantidade grande de jogos first.

Ennio Rafael
Visitante
Ennio Rafael

Como se posiciona a X-Box X em um cenário dessa “família” em 2020? Pergunto devido o fato de estar dando meu X-box original para meu irmão e ando pensando em adquirir um X, mas a MS me deixou em uma situação estranha. Espero ou compro um X-box S mesmo?
Com o hardware do X sera se ele ficaria como a base da “nova” geração?

bruno
Visitante
bruno

A mim parece-me uma valente confusão. Acho um exagero, mesmo para a MS.

Só vejo no máximo 3 dispositivos a surgir. Um base, um premium e um de streaming (ficando esta opção ativa também nas consolas base atuais ONE e ONE S).

daniel
Visitante
daniel

Também acho que seria mais ou menos isso. A concepção de que todos os jogos de xbox irão funcionar em todos os dispositivos xbox casa muito bem nessa ideia de 3 dispositivos. A litografia de 7nm se torna vital para esse tipo de mercado, pela diminuição de custos. Penso que a microsoft lançará um console streaming com especificações do atual xbox base, sem leitor e com um hd por 99/149 dólares. Todos que compraram o one, através de update, poderão usufruir. O xbox one x se tornará o console base, com intuito de chegarno máx a 1080\ 2.5k 30 ou 60 fps (a depender do jogo), por 299 dólares,e em 7nm, diminuindo o custo da refrigeração, e etc. E o xbox premium, capaz de alcançar o 4k 60 fps, o verdadeiro salto geracional, com gráficos e configuração de topo por 500\600 dólares. Isso pode ser, mais ou menos, o que o spencer diz em não ter mais gerações, onde todos os xbox, de alguma forma, rodarão todos os jogos futuramente.