Xbox série S parece ser uma consola bem interessante, e uma forte concorrente às consolas mais potentes para quem não quer os 4K

5 8 votes
Avalie o nosso artigo

Apesar de o posicionamento da consola face ao que o PC oferece ser pior que o das consolas de 2013, a realidade é que a Xbox série S soa a uma consola bem interessante.

Ao contrário do que é habitual, este artigo não foi escrito com dias de antecedência. Foi escrito em cima da hora e em cima do joelho, para entrar de forma rápida, pelo que espero que não tenha algum tipo de erro.

O motivo é que convêm desde já desmistificar alguns preconceitos que surgem devido à comparação desta consola com a realidade do PC que todos conhecemos. Um preconceito no qual eu mesmo caí, ao referir algumas coisas em comentários que vejo agora foram erros da minha parte. E vamos passar a explicar.

Eis as especificações da Xbox série S

Xbox série S



CPU  – Zen 2, 8 nucleos a 3.4 Ghz com SMT, 3.6 Ghz sem SMT
GPU  – Baseado em RDNA 2, com 20 CU a 1550 Mhz, 4 Tflops
RAM –  10 GB – 7.5 usáveis.
DISCO – SSD 512 GB

Esta consola foi concebida, acima de tudo, para ser acessível, e tem por isso alguns compromissos. Mas no entanto, eles não são tantos como parecem.

A ideia surge de alguns preconceitos com a comparação com o PC. Vamos ver:

Playstation 4

CPU  – Jaguar, 8 núcleos, 1600 Mhz
GPU  – GCN 1.1, com 16 CU a 800 Mhz, 1.84 Tflops.
RAM –  8 GB – 5 usáveis.
DISCO – HDD 512 GB

Para alguém pouco informado, as diferenças podem não passar dos Mhz, e nesse aspecto o CPU corre a pouco mais do dobro da velocidade, o GPU tem mais duas unidades de computação, correndo algo abaixo do dobro, a RAM tem apenas mais 2.5 GB, e o disco é mais rápido, mas de igual tamanho.



Vamos ver o mesmo com a Xbox One X:

Xbox One X

CPU  – Jaguar, 8 núcleos, 2.3 Mhz
GPU  – GCN 1.1, com 40 CU a 1172 Mhz, 6 Tflops.
RAM –  12 GB – 9 usáveis.
DISCO – HDD 1 TB

Basicamente, pelo mesmo raciocinio, o GPU da S é 1 Ghz mais rápido, o GPU é pior, a RAM é menos, e o disco é mais rápido, mas metade.

Mas a coisa não é bem assim.



Vamos tentar actualizar as especificações da xbox série S de acordo com aquilo que é a sua realidade

Assim temos:

Xbox série S

CPU  – Entre 4 a 6 vezes mais rápido que os CPUs da anterior geração.
GPU  – 4 Tflops RDNA 2 ou  6.4 Tflops GCN 1.1
RAM –  10 GB – 7.5 usáveis – Equivalente a 12 GB livres na geração anterior.
DISCO – SSD 512 GB ou o equivalente a 614 GB em HDD

Passemos a explicar:



O Zen 2 é um CPU topo de gama. O seu processamento interno bate o jaguar em várias vezes. Os ganhos variam de operação para operação, bem como entre um jaguar a 1.6 Ghz e um a 2.3 Ghz. Os ganhos médios são no entanto entre 4 a 6 vezes.

O GPU tem uma eficiência muito superior. Basicamente ele equivale-se, até passando um pouco, ao GPU da Xbox One X, tendo no entanto um suporte superior a funcionalidades, Ray Tracing por hardware e um conjunto de caracteristicas adicionais não presentes nos GPUs GCN.  Correndo a menores resoluções que a One X, por ter sido desenhado para trabalhar a 1440p, esta consola, graças ao seu CPU, pode apresentar jogos da Xbox a 120 fps.

Na RAM, 7.5 GB pode parecer apenas mais 2 GB que a PS4 e menos 1.5 GB que a Xbox One X. Mas na realidade, esta consola conta com a tecnologia sample feedback streaming presente no seu Velocity engine que permite reduzir a utlização da RAM em 2.5x. Dado que isso só se aplica na parte das texturas, isto implica um ganho médio de algo na ordem dos 56%, como podemos ver do Teet seguinte:

Passamos de 2355,2 MB ou 2.3 GB para 849 MB, um ganho de 2.7 (até um pouco acima da média), o que implica um corte no uso da RAM de 1506,2 MB, ou 56% face ao total original.



E isto quer dizer que os 7.5 GB na realidade serão algo efectivo na ordem dos 12 GB (7.5*1,56=11,7).

Aqui é onde eu tenho de me retratar. Porque a determinada altura, desconhecendo a total realidade do velocity engine, escrevi um artigo sobre os rumores da série S, onde critiquei esta RAM considerando-a como o maior factor de limitação da geração e da série X. Mas convêm deixar claro que todos os artigos desta página são escritos face às realidades conhecidas e dominadas no momento da sua escrita, sendo que caso as realidades se alterem, o seu teor pode igualmente alterar-se. E a real percepção do que é o velocity engine apenas surgiu com a apresentação do Hot Chips (e diga-se que mesmo assim ainda hoje tenho algumas dúvidas sobre ele).

Esse é aliás o motivo pelo qual, ao contrário do que aconteceu em 2013, os artigos de comparação das consolas são inexistentes, estando-se a focar em cada uma das consolas individualmente. Porque a haver falta ou falha de informação ,que ele seja relativo apenas a uma das consolas, não levando a outra por arrasto.

Quanto ao disco, ele é pequeno… 512 GB é muito pouco para uma nova geração onde os jogos se esperam maiores que nunca. Mas comparativamente ao HDD, poderá haver uma poupança no espaço usado por cada jogo que ronda os 20% (uma previsão nesta fase), o que faz com que o disco a ser comparado a um HDD tenha de ser acrescentado dessa percentagem.

Basicamente, o único senão desta consola é que face aos PCs actuais, ela está mais desfasada do que a PS4/Xbox One estavam em 2013, mas diga-se que tendo as especificações que tem, para jogos a 1080p ou 1440p, a consola está muito bem concebida e é uma oferta bastante atractiva que pode ser de maior interesse para muitos que as consolas mais potentes destinadas aos 4K.





5 8 votes
Avalie o nosso artigo
122 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Sparrow81
Sparrow81
21 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O que questiono é:

1 – Possível 1440p até quando? Com Ray tracing? A questão é o marketing falar que é 1440p/60 fps, mas isso ser enganoso. Jogos do nível Halo Infinite vão rodar assim no SS. Até quando esse console vai para nova geração em questão de design de games?;

2 – esse console é em média 1/3 inferior ao console que deveria ser a base da geração para a Microsoft;

3 – O salto é menor ainda quando consideramos com o que esse console tem que lidar, a geração muito mais “pesada” que a atual… O salto é pequeno frente ao One X, só que o One x não precisava lidar com Ray Tracing e outras coisas mais pesadas;

4 – Não esperem salto geracional por parte da Microsoft. Ela vai focar seus games nas perfumarias a mais para o SX e resolução mais baixa no SS. Será o que os PCs de topo são hoje… E isso é evolução quase nula para o desenvolvimento de games. No SS a correr 1080p, no SX a 4k nativo jogo com a cara de geração atual, mas com alguma maquiagem next gen.

5 – Esse console demorou 12 segundos para carregar Outer Worlds. Que SSD é esse?

Em tempo, para a proposta da Microsoft (claramente investir em serviço e rodar seus jogos até em celulares) é ótimo, deve canibalizar o SX e subaproveitá-lo como o fez com One X.
Se o produto for sucesso de vendas, a Microsoft tem a faca e o queijo na mão para abandonar completamente hardware de ponta. Eu não ligo, só torço para que não roube vendas de quem tem compromisso com a qualidade dos seus jogos. E explico o porquê: Se o SS for um sucesso e roubar muitas vendas de quem faz jogos com muito dinheiro, o recado é dado como que o consumidor pouco liga para a qualidade e o que importa é preço. Por isso a concorrência acirrada sempre foi interessante. Penso no melhor custo x benefício, que se o ps5 e SX fossem lançados pelo dobro do valor do SS, ainda seriam melhores em custo x benefício.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

o pessoal da Digital Foundry tá achando o que o Series S não vai rodar os jogos do One X e sim do One S devido o Series X ter menos memória disponível.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
21 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Acho legal a oferta, estamos em uma situação difícil com a pandemia, e muitos poderão entrar na nova geração com uma máquina de custo mais acessível.

Mas por outro lado, eu sempre vejo consolas como aquisições de médio/longo prazo. Comprei meu PS4 em Março/2014 pensando em adquirir outra consola apenas vários anos depois. E é exatamente o que aconteceu. Com isso, penso que o Xbox Series X por $499 é um investimento mais seguro para suportar jogos next-gen com qualidade até o final da geração. Não vou citar o PS5 porque ainda não sabemos os preços.

Vejo muitos citando 120fps, 1440p, rodando multiplayer de Gears 5. Ora, se eu quero jogar Gears 5, compro um Xbox One S baratinho ou jogo no meu PC que tem poder de fogo suficiente para este jogo em boa qualidade. Eu não tenho 1 pingo de empolgação com argumentações sobre jogos atuais ou cross-gen. Quero ver como a consola irá se comportar logo na primeira onda de jogos true next-gen.

Então vejo como uma excelente opção para curto prazo, mas bastante questionável em médio e principalmente de longo prazo.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Mário Armão Ferreira
21 dias atrás

Verdade Mário,

Ontem vendo os tweets de vários desenvolvedores, me passou uma percepção de confusão sobre optimizações. Por exemplo, se considerarem o Xbox Series X (XSX) como plataforma-base, optimizar para o Xbox Series S (XSS) pode ser muito trabalhoso, já que a meu ver não é só uma questão de diminuir resolução, mas pelo menos as consolas XSX e PS5 não serão sub-aproveitadas.

Por outro lado, se a XSS for a plataforma base, XSX e PS5 terão modelos e polycounts pensando em uma máquina de 4 Teraflops, com “upscalling” p/ 4k e talvez melhores presets.

Talvez eu já esteja antecipando uma discussão de jogos que serão lançados daqui 3 ou 4 anos, mas os estúdios estão enfrentando esses “trade-offs” desde já.

bruno
bruno
Responder a  Carlos Eduardo
21 dias atrás

Tudo devido ao corte no GPU.

Fazer duas consolas, sempre foi um gambling muito grande, porque se teria que garantir performance e so podes fazer isso quando sabes a base definida.

O risco e real de que a XsS nao chegue a mais de metade da geracao a receber os ultimos jogos AAA (indies podera continuar a receber).

Se a PS5 governar ageracao como a PS4 o tem feito… entao nao estou a ver devs a ter muitos escrupulos a deixar esta consola para tras.

Se a Sony nao responder com uma plataforma semelhante (espero que nao o faca), entao a diferenca que se ve em qualidade de exclusivos so tendera a aumentar. Os estudios internos nao tem que se preocupar com consolas de 4 Tflops da concorrencia.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  bruno
21 dias atrás

Concordo 100%.

E com isso levamos a discussão para a seguinte situação: “como venderá o Xbox Series S (XSS)?”.

Se for um sucesso absoluto, dificilmente ficará para trás e deverá ser carregado durante toda a geração. Mas aí é que trade-offs fazem ainda mais sentido, já que jogos AAA vendem bastante pelo detalhamento gráfico. É óbvio que estúdios vão querer fazer o máximo uso possível das capacidades das consolas high-end como XSX e PS5.

Entretanto, se o XSS vender bem, inevitavelmente receberá ports, como o Switch recebeu de “the witcher 3” e outros. Claro que aqui a situação não é complexa como o Switch, mas a optimização para o XSS deverá ser trabalhosa.

bruno
bruno
Responder a  Carlos Eduardo
21 dias atrás

Até pode ser que os thirds criem jogos somente com a XsS em mente. Mas depois tens estudios internos a nao ter problemas para rentabilizar 10 Tflops ao máximo.

E a diferença viual torna-se visivel.

Ora a Sony ja tem fama pela o output de qualidade dos seus estudios…

O que sera o futuro? Mais como Halo Infinite vs jogos com graficos à altura da demo de Unreal 5?

Só para te recordar: FF vii remake exclusivo ps5? Chegará sequer à XsS?

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
21 dias atrás

E geometria… (derivado tanto do SSD como da menor capacidade do GPU).

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Tanto faz para um ou para outro, quem tem XSX e tem uma TV 1080p meio que subaproveita o console(vai usar o supersampling) mas mais cedo ou mais tarde irá aproveitar o console com uma futura troca de TV e quem compra uma Series S mais cedo ou mais tarde irá subaproveitar a TV pois em processo normal é trocar a 1080p, ou até mesmo a HD-Ready, por uma 4K.

E acho mais vantagem já pegar um console que seja o mais compatível possível com uma futura troca de TV (isso no começo de uma geração) do que mais na frente trocar a Tv e consequentemente o console para ter toda qualidade possível.

Tantas vezes já disse aqui que espero que minhas 1080p durem mais um bocadinho, mas se for para comprar uma TV nova vou de 4K, até o Mário que relutava em pegar uma 4K acabou pegando.

Trevisan
Trevisan
21 dias atrás

Creio que meu monitor Full Hd que adquiri em 2011 não vai morrer tão cedo rs

Marco Antonio Brasil
21 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mário acho que colocaste bons argumentos para rever minha impressão de que a S é demasiado fraco.
Acho que teremos que aguardar dois fatores que podem influenciar na aceitação da S: o preço do ps5 digital e o mais importante, a qualidade dos jogos true next gen, a justificar o hardware superior.

Vitor Hugo Reale
Vitor Hugo Reale
21 dias atrás

Amigo Mario excelente análise, o xbox series s é realmente muito bom e atrativo ao público que quer gastar menos na nova geração. A respeito do series x, foi revelado em uma notícia recente que o jogo assassins creed valhalla vai rodar 4k 60 fps, acha que o ps5 tbm terá essa performance? Sendo que a diferença dele e o series x nao é tao grande.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
21 dias atrás

Desde que não segure o desenvolvimento next gen por mim tudo bem.
Tem muita gente que não tem condições e um desses mais barato pode ser bom pra eles, além de não ser obrigado a comprar uma tv 4K pra ter todo o potencial do equipamento.
Me decepciona um pouco a memória e o SSD muito pequeno. A falta do drive Blu ray eu vou ignorar.
Só espero que a Sony não me apareça com algo semelhante.

marcio
marcio
Responder a  Mário Armão Ferreira
21 dias atrás

Mario, poderia explicar se possivel como funciona o sample feedback, e como ele aumenta a memoria ? Estou boiando, desculpe…

marcio
marcio
Responder a  Mário Armão Ferreira
21 dias atrás

Entendi, mas pra fazer isso os dados devem estar descomprimidos no SSD, para localizar a textura, e isso só funciona para texturas ?
Com relação a PS5, sabe se a estrutura de i/o da sony permite levar a memoria somentes texturas que vais ser utilizada ?
Digo com toda a solução da sony a nivel de hardware de inserir dados do ssd direto na memoria de video, essa tecnologia ainda se mostra necessaria ?

marcio
marcio
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Entendi, obrigado pela explicação Mario

Rodrigo
Rodrigo
21 dias atrás

Mais uma ótima análise, como eu já comentei no artigo anterior, a Xbox Séries S é um salto geracional, se comparar com o PS4 e o Xbox One, a base de desenvolvimento atual. Se o PS4 com o seu hardware muito inferior recebe jogos impressionantes até hoje, Imagine então esse. É claro que o foco de desenvolvimento dos estúdios vai ser o PS5, o Séries X e o PC, mas o Séries S com essas suas especificações não vai deixar de receber os jogos, com as suas devidas reduções. Alguns aqui estão insistindo nessa idéia que ele vai prejudicar o desenvolvimento nos consoles mais potentes, mas essa análise deu uma ótima esclarecida para quem estava insistindo nisso.

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Agente não pode esquecer que a Microsoft está atualizando o Xbox One S com esse novo console. É uma grande atualização. Se fosse observar uma equivalência no PC, é como se agente tivesse um PC com uma Radeon HD 7770 GHz edition com um pequeno overclock e atualizasse para uma Radeon RX 590 ou uma Geforce GTX 1660. Ainda é um salto fraco?

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Ou talvez nao.. Talvez tenha a haver com as dimenoes dos assets e quantidade de streaming.

O que descreves que melhora a RAM na XsS também existe na XsX.

Mário Armão Ferreira
Responder a  bruno
20 dias atrás

Não é isso… Isso do aumento da RAM é uma realidade, não uma teoria. Eu estava a falar do problema da memória assíncrona que eu acreditei não existir na S por um motivo que se aplicava igualmente à X.
Mas pelos vistos o problema poderá existir. O que diga-se, revelaria uma incompetência total da Microsoft pois ele atiraria as larguras de banda da X para menos de metade (224 GB) e cortaria em 56 GB as da S que iriam para os 168 GB.

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Eu não entedi a sua resposta Mário, desculpe. Eu estava fazendo uma comparação no PC sobre o hardware do Séries S e você falou sobre problema na memória assíncrona.

bruno
bruno
Responder a  Rodrigo
21 dias atrás

Veremos. Tu estas a esquecer as first party. Os jogos ja sao impressionantes nos 1.8 Tflops dizes tu. Espera até chegares aos 10.

Estes estúdios não serão limitados por um GPU de 4 Tflops…

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Se fosse so resolucao seria. SE fosse so resolucao.

Quando entramos na geomteria a coisa ja muda.

E como teres Rise of the Tomb Raider 360 vs ONE. Pode se cortar… pode. Implica pouco trabalho… nao creio que seja assim tao simples. A Epic esta a trabalhar no sentido de tornar as coisas escalaveis com o sistema nanite… veremos o que dai sai.

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Quando você fala Mário que a liberdade criativa fica limitada ao poder de computação existente e é sempre ditado pelo mais fraco, a presença da Nintendo no mercado com seu console está limitando a liberdade criativa no PS4, no PC? É apenas uma dúvida minha. Os jogos estão sendo lançados para o Switch também, com cortes severos, mas estão. A Nintendo não corre em um mercado paralelo, é exatamente o mesmo, e como o Switch está vendendo muito bem está recebendo os jogos. O The Witcher 3 por exemplo, será que ele foi limitado no PS4 porque a CD Projekt RED estava pensando em lancá-lo na Nintendo?

bruno
bruno
Responder a  Rodrigo
20 dias atrás

Estão? Onde posso jogar RE 2 Remake na switch?… Ou AC Origins?… Ou Red Dead Redemption 2?….

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  bruno
19 dias atrás

Crysis Remastered, Borderlands Legendary Collection, The Outer Worlds, Metro Redux, Witcher 3, Wolfenstein Youngblood, Assassin’s Creed: The Rebel Collection, Alien Isolation, Grid Autosport, Dragon Quest 11, Overwatch, Sniper Elite 3, Red Faction Guerrilla, Assassin’s Creed 3 Remastered, Warframe, Diablo 3, Wolfenstein 2, são alguns exemplos.
Alguns são da geração anteior mas foram aprimorados. Quando agente lembra qual é o hardware presente no Switch é uma surpresa esses jogos terem sido lançados para ele. São três núcleos ARM Cortex-A57 de apenas 1GHz disponível para os jogos, 4 GB LPDDR4, e uma GPU Nvidia Maxwell com poder semelhante a de uma Geforce GT 240.

bruno
bruno
Responder a  Rodrigo
19 dias atrás

Jogis desta geração da tua lista… The Witcher 3, Wolfenstrin 2 e Youngblood, Overwatch, Grid Autosport.

Todos eles com graficos abaixo do standard da atual geração. Um com cortes brutais.

O teu ponto é?

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  bruno
19 dias atrás

Qual é o meu ponto? 🤔🤔

bruno
bruno
Responder a  Rodrigo
19 dias atrás

Sim? 🤔🤔

Rui
Rui
21 dias atrás

Chegou se a falar em tempos (rumores) e tendo em conta a ideia de uma familia de consolas que a one X se iria manter como a lower end da familia xbox e a anaconda a top tier.

A questão é a one X por muito bem desenhada que tenha sido e secalhar é o expoente maximo de tecnologia de 2013, já está ultrapassada em alguns pontos e manter uma linha de fabrico próprio para silicio antigo e a 14 nm (julgo ser esse o tamanho de construção dos transistores na one X) não deve ficar barato.

Ou seja o que a microsoft pensou e mantendo a vertente de familia de consolas em mente, vamos descontinuar a one X, vamos moderniza-la e vamos tornar la o mais acessivel possivel.

A xbox series S é a one X modernizada aos tempos atuais para jogos 1080p, eu ontem aqui cometi um pequeno erro, ao afirmar que nesta geração posso ter as duas consolas por 800 euros, eu posso esta geração ter uma ps5 e uma xbox de nova geração por 700 euros muito provalmente, quando na geração passada custaria 900 euros.

Eu gostei da S(o nome é estupido), por muito boa que seja a X, a S caiu me bem tenho de admitir, não ligo muito ao 4k de momento, a questão é será que vai existir consolas mid gen?

bruno
bruno
Responder a  Rui
20 dias atrás

Acho que o proposito disto e precisamente evitar consolas mid-gen… mas e sempre um risco.

Por outro lado, a MS a entregar consolas “capadas” e com features em falta e a deixar os sistemas “de lado” antes do final da gen nao e nada de novo.

Na 360, tiveste os modelos iniciais… sem hdmi…. sem disco interno… e ate as versoes baratas sem disco interno.

Na ONE, tiveste a original, a melhorada (a S) e depois a versao X que empurrou a base definitivamente para os 720p (antes estava nos 900p-1080p).

O risco esta em conseguir identificar a base.

E isto que discuto com o Mario… Se for so resolucao… nao tens problema. Mas so resolucao (ao contrario do que jogadores PC possam ou nao achar) nao te da uma nova geracao. Ela e definida por muito mais que isso, desde maior geometria (muito mais poligonos), a mais elementos no ecra a melhor texturas. Tu tiveste tudo isso com a geracao atual face a anterior – mundos mais luxuriantes, modelos mais detalhados, texturas melhores.

Mas a questao e que, isto foi um patamar.. foi um standard, o standard atual… Que standard sera definido na proxima geracao?…

Recordo-te apenas a demo do Unreal. A quantidade de poligonos na estatuas… a quantidade de estatuas geradas, a capacidade de refrescar a cena e manter o detalhe a distancia. A demo nao e maximo que vimos do unreal – isso ainda cabe as demos do Unreal 4… mas nao deixa de ser superior ao que tiveste na atual geracao..

A geometria depende de varias coisas…. bandwith, capacidade da ram, e capacidade do GPU de processar e apresentar triangulos – isto e, de desenhar e refrescar em tempo util essa geometria (dai teres cutscenes e cenas controladas onde o detalhes parece maior – jogo em tempo real tem sempre que cortar algo porque tem que processar muito mais em menos tempo).

O Mario diz que dimensionar geometria e facil… Eu nao sei se sera assim. A Remedy e, agora, a Infinity Ward ja vse vieram queixar…

Deto
Deto
20 dias atrás

SenjutsuSage
@SenninSage
·
2 h

They say PS5 was “considerably more expensive?” Nope! It’s a $400 console. Always was. It’s missing important RDNA2 features.

serio? esse maluco é um fanboy lunático do xbox que já foi banido do ResetEra e Neogaf.

quem ele retuita:

gavins stevens
tim dog
Dynamic Voltage Games, aka PS5 não consegue 120fps no meu jogo carniça de megadrive.

Lucas
Lucas
20 dias atrás

Se o Series S conseguir manter a fidelidade gráfica da nova geração em 1080p/60 fps + Game Pass Ultimate, acaba por se tornar na opção perfeita para as massas.

E como eu disse em um post anterior o Series S será o modelo mais vendido da microsoft, e que também reforça oque eu disse sobre o PS5 Digital que agora mais do que nunca a Sony fica obrigada a colocar 399 e assim matando de vez o físico.

Para a Gamestop agora só resta a chorar…..

Lucas
Lucas
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Eu tenho amigos que tem loja de games e para ser sincero eu não me importo, o meu país é um lugar selvagem, aqui é cada um por si, e quem não se antecipa as mudanças de mercado morre rápido.

Andre gt
Andre gt
20 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mario, agora Engenheiro Líder da id software sobre as limitações que o series S pode causar…

https://twitter.com/billykhan/status/1304113593898741761

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Mário, um dev de Doom Eternal falando sobre o Sampler Feedback Streaming, que ajuda mas não resolve.

https://twitter.com/axelgneiting/status/1304183137400958976?s=20

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

O da id software nao se esta a queixar da largura de banda… esta a queixar-se da quantidade.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

O foco do que eu vi era sobre o que tinha referido antes (e curiosamente a DF tambem repetiu) o facto de que de um lado tens 13 GB a alta velocidade e do outro tens 8 GB a alta velocidade.

Tens o SFS que permite poupar RAM, tens o SSD que permite poupar RAM, mas isso tudo tambem existe no sistema com mais RAM e mais bandwith.

A verdade e o que faras,quando tens assets e uma cena que te ocupa 10Gb, fora texturas? Eu acho, pelo que li, que este e o principal problema.

A XsS esta numa liga tao diferente da PS5 que nao vejo este hardware a ser suportado ate 2027 a nao ser com indies.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

A PS5 nao precisa ficar limitada nos 10..

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
19 dias atrás

é uma estratégia da direita alternativa nas americanas.

eles são pegos na mentira, inventam outra mentira para substituir.

no caso, ao contrário de dizer “errei” eles substituem por alguma outra mentira.

é bem normal isso na comunidade xbox, que no momento é hater de vc.

Livio
Livio
20 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mário já é a terceira pessoa da indústria (de devs conhecidas por jogos que puxam o que o hardware tem a oferecer) que vejo não gostar do fato do XSS ter menos memória que o One X, isso pode levar ao fato das devs focarem(somente considerando os consoles da MS) no XSS e a versão do XSX conter somente melhorias gráficas como o 4K 60~120fps?

Mesmo contendo a mesma CPU, o que seria mais fácil? Desenvolver para o XSS e inserir perfumarias no XSX ou desenvolver para o XSX e capar a versão XSS?

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Obrigado pela resposta, era o que eu imaginava em um cenário só de consoles Xbox. Parece que novamente o plataforma PS será a base para os consoles, fica quase no meio termo entre a mais fraca e a mais potente, resta ver como ficará no futuro, que já está próximo.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

eu posiciono em relação a única informação que tem para comparar, os Tflops, mesmo sabendo que isso não indica nada.

bruno
bruno
Responder a  Livio
20 dias atrás

Indica algo… mas em sistemas tao proximos e com diferencas em velocidade de relogio, bandwith e optimizacoes internas…. nao indica tudo.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
19 dias atrás

Estou a falar que indica sempre algo…

Fury X GCN lancada em 2015- 8.6 Tflops

GTX 1080 Pacal lancada em 2016 – 8.6 Tflops.

Em async compute esta ela por ela.

Porque, porque a nVidia adaptou-se a realidade do mercado e incluiu no seu hardware capacidade de async compute, nao tao extenso como na GCN mas o suficiente para no uso geral permitir alguma coisa.

Neste caso, nao a GTX nao e muito mais rapida, apenas e o mesmo. E as duas arquiteturas sao equivalentes.

Marco Antonio Brasil
20 dias atrás
Daniel Torres
Daniel Torres
20 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mário eu estava pensando aqui e acabei me deparando com uma teoria, será que a microsoft pretendia lançar agora só o Ss e o Sx ser uma versão pro? E devido os leaks referentes a sony apontarem um consolesde 9 teraflops eles decidiram adiantar o projeto do Sx? O que me leva a crer que esse foi o motivo de não vermos nada rodando no Sx, inclusive a digital foundry publicou um vídeo falando que eles já sabiam da existência do Ss mas não podiam falar nada a respeito dele.
De qualquer forma mesmo você explicando que o console não vai ser tão fraco assim, eu ainda encaro ele como sendo um tiro no pé e uma ameaça devido ao preço.

Livio
Livio
Responder a  Daniel Torres
20 dias atrás

Começou a surgir um terceiro codename: Edinburgh, o que seria o meio termo entre S e X e sem o leitor

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Livio
20 dias atrás

Velho espero que isso não seja verdade, floodar o mercado só serve para contribuir para um crash na indústria.

Andrio
Andrio
Responder a  Daniel Torres
20 dias atrás

O jazCorden fez esse twitter dia 8. hj eu vi sobre esse rumor de outro xbox.

https://twitter.com/JezCorden/status/1303325168224346113?s=20

Livio
Livio
20 dias atrás

Rumores de um terceiro codename de hardware para Xbox, provável Séries V. Que bagunça.

Segundo rumores seria o meio termo entre o S e o X

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Livio
20 dias atrás

– Olá senhor, tenho esse console aqui, o nome é Xbox series x.
– E quanto custa?
– U$499,00
– Esse outro aqui também é Xbox?
– Sim, esse é o Xbox series S!
– E qual a diferença além do tamanho e não ter opção de mídia?
– Bom, o séries S tem 4 Teraflops e o Séries X 12, mais poder e para TB 4ks, já o SS é para tvs fullhd!
– Qual o preço dele?
– U$299,00
– Nossa, e esse outro aqui que vi que é parecido com o Séries x, mas não tem drive para mídia, é só essa a diferença para o SX?
– Não, senhor, esse é um intermediário, tem 8 teraflops, mas roda 4k também.
– E qual a diferença desses 4 Teraflops se roda em tvs 4k TB?
– Bem Bem bem… Ele na verdade custa U$399,00
– Ok, vou dar uma analisada em casa e volto amanhã. Obrigado

No dia seguinte:
– Amigo, você tem PlayStation 5 TB?
– Sim, temos. Um com drive e outro que é modelo sem drive.
– É só essa a diferença?
– Sim! Mas um custa 450,00 e o outro 500,00.
– Ok, vou levar o com drive.
– OK

Deto
Deto
Responder a  Sparrow81
20 dias atrás

https://www.neogaf.com/threads/bloomberg-microsoft%E2%80%99s-xbox-game-plan-has-big-problems.1565425/#post-260086163

se a MS quer ir atras dos casuais nos celulares, pq não lançar video game igual celulares?

bom, por mim já vai tarde… eles que entrem em full no mercado de celulares, lancem um jogo por mês de celular.

Edson
Edson
Responder a  Deto
20 dias atrás

O pior disso tudo é que há um rumor pesado que diz que os devs irão fazer os games no XSS e passar para o XSX, com isso, a MS estaria muito brava com a situação. O cara da ID Software chegou a dizer que poderá nivelar para baixo o desenvolvimento de jogos multi plataformas.

Lucas Diogo
Lucas Diogo
Responder a  Edson
20 dias atrás

Se isso acontecer, a culpa é totalmente dela.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Na PS5 nao vais ter problema. Os de thirds nao podes controlar, mas podes controlar o output first party. E esse vai marcar a diferenca. E ao faze-lo por si so, vai obrigar as thirds a tomarem uma posicao.

Eu adoro ver comentarios de tipos como o Grubb ou o Tom Warren. Eles comentam como se a MS governasse o mercado, como se a empresa nao estivesse sujeita as regras de terceiros e a decisoes de terceios.

Mas esta.

Edson
Edson
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Podem prejudicar a indústria inteira, Mário!!!!

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

Nao te esquecas que tens o SFS na Series X tambem.

Edson
Edson
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 dias atrás

E vai msm! Eles vão querer arrebentar a indústria e não duvidaria que isso foi estratégico, com essa conversa de custo benefício. Eu defendi o console, mas agora arrependo amargamente!

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson
20 dias atrás

Bom, está mais claro do que nunca que é cortar a qualidade para poder competir novamente. Eu. Ao queria isso, mas agora espero, do fundo do coração, que vários thirds a ando em o Xbox e fiquem em PlayStation no desenvolvimento. E também espero que seja a última geração da Microsoft em consoles. Se querem serviços, que assumam e façam seus joguinhos para seu público. Agora, se querem frear a evolução por sua incompetência no mercado, que vão a merda!

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson
20 dias atrás

Em tempo, eu acredito que Halo Infinite teria aquele aspecto mesmo e foi um teste para ver reação do consumidor. Como veio uma enxurrada de críticas pesadas, desistiram de lançar daquele jeito… A Microsoft vem tentando cortar na qualidade, nivelar por baixo. E a próxima tática é fazer um monte de thirds entrarem no barco. Pelo bem do desenvolvimento e evolução dos games, não resta mais qualquer dúvida que ir de PS5 é um recado claríssimo de uma pessoa que não aceita goela abaixo a imposição da Microsoft. Se PS5 for mais caro que Xbox e não tiver condições de comprá-lo no início da geração, vou esperar pra comprar depois. Mas uma certeza eu tenho, console da Microsoft não entrará aqui em casa.

Edson
Edson
Responder a  Sparrow81
20 dias atrás

Eu tbm! Depois dessa, entendi o que eles querem fazer.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Sparrow81
20 dias atrás

Não poderia concordar mais com você, eu só não queria que a micro saísse do mercado de consoles devido concorrência ser boa para nós consumidores, mas do jeito que esta é melhor sem ela mesmo

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  Edson
20 dias atrás

Isso não seria FUD?

Livio
Livio
Responder a  Rodrigo
19 dias atrás

Contra a MS? Caso seja isso que você pensa foi o que eu pensei que iriam comentar a favor do Xbox, só esperava que fossem outras pessoas.

Pode ser um FUD mas a diferença desse com aqueles contra o PS5 é que aqui são pessoas que trabalham com games que estão a reclamar, no caso do FUD contra o PS5 geralmente são insiders nos fóruns.

E por qual motivo os desenvolvedores não falaram isso antes?? Um provável NDA foi o que impediu e também o fator surpresa, pois ontem ao ler o tweet de uma pessoa da indústria, acho que o Dan Weiss, ele falou que só soube do que o XSS teria no último verão, quando houve o relacionamento da MS com os desenvolvedores.

Livio
Livio
20 dias atrás

Rapaz o que se vê no twitter é de cair o queixo. Tem gente que tá defendendo os 512G do XSS em relação aos 1T do One X porque no XSS os dados são compactados dos compactados e que o Velocity Architectury ajuda nisso, por isso os 512G de armazenamento são mais que suficientes.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
19 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mário, Bruno e demais amigos, uma idéia meio maluca, mas que faz sentido.

Se um jogo for desenvolvido para o Xbox Series S, para depois ser reescalado para o Xbox Series X.

Toda a geometria do jogo distribuída em paralelo para até 20 unidades computacionais.

Reescalando p/ o SeriesX, claro que usarão mais de 20, até porque rodará em 4k. Mas esse aumento não é linear.

E se usar menos do que 36 unidades computacionais? O PS5 poderá ter melhores versões nos multi por causa do maior clock de GPU?

Lancei a bomba.

bruno
bruno
Responder a  Carlos Eduardo
19 dias atrás

Se os jogos forem dimensionados para XsS claramente a PS5 tera melhor performance que essa consola. Seja maior resolucao e fps… Entre a XsX e a PS5 ainda e cedo para dizer. O que se torna claro e que a RAM da PS5 vai permitir tudo o que a XsX permitir. Mas o maior numero de shader processors podera permitir um pouco mais de resolucao na XsX.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  bruno
19 dias atrás

Mas a dúvida é exatamente essa.

XSS tem 1280 shaders processors
PS5 tem 2304 shaders processors
XSX tem 3328 shaders processors

Se toda a geometria do seu game foi feita p/ 1280 shaders processors. Será que reescalando o game p/ uma plataforma mais forte, consumirá mais do que a capacidade do PS5 2304? E caso não, prevalece o maior clock de GPU não? Faz a mesma computação mais rápida.

Sei que não temos a resposta de imediato, é só para confabular à respeito mesmo.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Mário Armão Ferreira
19 dias atrás

Verdade, confundi Mário a questão da geometria com os cálculos realizados p/ processamento da imagem nos shaders processors.

Além dos triângulos, o PS5 também puxa mais raster, por causa dos 64 ROPs sobre o clock, como você falou né, 142,72 milhões. (64 x 2230)

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
19 dias atrás

É sim. Os geometry shaders lidam com geometria, os unified shaders lidam com geometria.

As compute units lidam com geometria.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
19 dias atrás

Sim, e que inclui gerar pigonos e fazer ofload de geometria mais intensa (no caso dos unified shaders).

Hoje em dia começas co. Uma geometria grosseira e vais acrescentando detalhe.

Livio
Livio
19 dias atrás

Quem pensava que o XSS iria rodar a retro como se fosse jogos rodando o One X pode ir mudando de opinião:
https://www.eurogamer.pt/articles/2020-09-11-xbox-series-s-correra-as-versoes-xbox-one-s-dos-jogos-retro-compativeis

Motivo: Memória

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
19 dias atrás

Meu Deus que barracada total, não atrasa a Series X dizem alguns iluminados.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Livio
17 dias atrás

Pensa comigo amigo @livio,se este console o XS é para quem não quer migrar para resolução 4K não faz sentido rodar jogos na mesma resolução do One X,é facil o One x não tem exclusivos que o one base não tem ele só não rodará jogos a resolução 4K,se fosse assim o porque de existir o SX

Kito
Kito
18 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Como sempre excelente Mário. Muito bem explicado. Fica claro que para um jogador casual que não se preocupa muito com resoluções extremas a consola aguentar-se-á bem nos 1080p ou nos 1440p, o que já é muito bom. E graças ao mesmo Cpu das consolas mais potentes conseguirá acompanhar nos frames mais altos. Concordo contigo que os cortes foram bem balanceados. Pois o Disco poderá ser expandido no futuro e as outras especificações foram pensadas para reosluções mais baixas.
Será uma boa aquisição para aqueles que conseguem abdicar dos excelentes exclusivos da Sony.
Se a Sony lançasse uma PS5 low budget ao estilo desta series s seria um sonho para muitos.

error: Conteúdo protegido