Xbox série X É RDNA 2

5 1 vote
Avalie o nosso artigo

Os rumores que correm nos foruns sobre a Xbox série X ter partes que são RDNA 1, não tem qualquer fundamento!

Há certas situações que não se compreendem. Quando o fabricante da consola refere que a mesma é RDNA 2, e quando o produtor do APU refere o mesmo, estar a bater no ceguinho alegando o contrário é algo doentio e que não faz qualquer sentido.

A internet está cheia de pseudo intelectuais da treta. Que juram, afirmam, atacam e chegam mesmo a ser agressivos, sem realmente estarem informados sobre o que estão a falar. É triste, mas uma consequência do mundo de desonestidade em que vivem e onde nada nem ninguém é de confiança. E nesse aspecto a Microsoft não se pode queixar, pois deita-se na cama que faz após encher os seus fans de promessas desde 2015, sem que tenha cumprido com elas, e a desconfiança existe.

Mas a realidade é que aqui, não só é hardware e não software, como a Microsoft não é a única a falar. E a AMD tambem veio a público! E nas declarações de ambos, o APU da série X é RDNA 2. E nesse aspecto a conversa termina aqui! A Xbox série X é FULL RDNA 2!

O RDNA é uma nova arquitetura, composta por um determinado “feature set”, ou conjunto de características que podem ou não estar presentes. O RDNA 2 é a mesma coisa! Basicamente a estrutura base é melhorada face ao RDNA 1 para permitir que o leque de características do GPU possa ser alargado.



A Xbox é baseada nessa nova estrutura base, e possuindo ou não todas as características possíveis de serem adaptadas pelo RDNA 2, ela é por esse motivo um GPU RDNA 2. O resto são personalizações e escolhas da marca no sentido de balancear o custo do seu produto final.

Nesse sentido podem existir diferenças entre a Xbox e a PS5, mesmo sem que isso implique o uso de tecnologias que só venham a existir no RDNA 2. Ambas as marcas pegaram no conjunto de características existentes no RDNA 2 e adotaram ou dispensaram o seu uso no seu GPU. Isso quer dizer que as diferenças podem existir, mas sem que isso implique que o GPU A ou o GPU B sejam ou deixem de ser RDNA 2.

Esperemos que isso fique claro, e que dessa forma o assunto que está a ser alvo de comentários morra de vez. As novas Xbox , tal como a PS5, SÃO RDNA 2!

 



5 1 vote
Avalie o nosso artigo
5 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rui
Rui
1 mês atrás

Ainda estou na dúvida, o meu pasteleiro afirma a pés juntos que é uma versão extreme de GCN.

E de massa percebe ele.

Trevisan
Trevisan
1 mês atrás

Mas ainda tem tolos que brigam com a realidade ?

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O que realmente me incomoda são alguns transformarem HIPÓTESES em AFIRMAÇÕES. E infelizmente isso é algo extremamente comum no flamewar. A gota d’agua para mim foi ver youtubers divulgando que a retro do PS5 seria apenas com os 18 jogos da PSN Plus Collection. As pessoas se aproveitam de lacunas nas informações e constróem afirmações de acordo com o que querem que seu público acredite.

E infelizmente o público no geral acredita. Ontem mesmo andaram a espalhar que a versão PS5 de Battlefield 5 rodará em 1800p. Mesma situação, o texto discutia uma hipótese, alguns aproveitadores fizeram afirmações, e o público acredita cegamente no que tais aproveitadores dizem.

Então tenho adotado a postura de no twitter postar apenas AFIRMAÇÕES, sejam minhas ou de fontes que confio. E as HIPÓTESES eu deixo para discutir em comentários no GAF ou por aqui. Infelizmente nem todos possuem preparo para discutir hipóteses de forma serena.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
1 mês atrás

Eu disse na outra notícia que já podíamos partir para a próxima tentativa de derrubar a Xbox que iria surgir na internet e foi mais rápido do que pensei. Tem outro por aí também que é sobre não conseguir fazer Ray Tracing, embora eles já tenham mostrado Minecraft correndo na forma mais pesada de ray tracing que existe em 1080p flutuando entre 30 e 60fps. Uma demo que geralmente é apresentada na RTX 2080 utilizando DLSS.
Sobre o RDNA 2, os consoles não são exatamente o mesmo produto de prateleiras que a AMD vai lançar em alguns meses. É muito comum algumas coisas estarem nos consoles e outras não. Existem exemplo na atual geração. Para o Xbox One a Microsoft personalizou todo o processador de comandos da GPU criando algo que não existe nas GPUs de PCs por que não faz sentido lá. No Xbox One X, a Microsoft utilizou Polaris assim como o PS4 Pro, mas optou por não ter suporte ao 2xFP16. No Xbox Series X, a Microsoft está utilizando o hardware VRS e o Mesh Shaders que a AMD está inserindo, mas não utiliza o smartshift. Do mesmo modo, o suporte a Int8 e Int4 pode ser algo que eles adicionaram de forma personalizada para suas pretensões de utilização de machine learning para a inferência de resolução, que eles mencionaram no hot chips, o que é o mesmo que a NVIDIA faz com o magnífico DLSS.
Da mesma forma, o PS5 também tem suas necessidades de design específicas e pode ter abordagens diferentes para recursos semelhantes.

error: Conteúdo protegido