Downloads da Playstation representam 2,7% do volume total de tráfego gerado na internet

0 0 votes
Avalie o nosso artigo

Sabes quais os programas/actividades que mais tráfego geram na internet? Eis o top 10, com uma entrada surpreendente, os downloads da Playstation!

Podes nem sequer imaginar, mas do total de tráfego gerado na internet, o Netflix é líder. O total é mesmo surpreendente, obtendo uma fatia de 15% do total de tráfego gerado!

Em segundo lugar quem está? Bem, ninguém em particular! O segundo factor que mais contribui para o tráfego da internet é o streaming de media por HTTP, com 13,1% de todo o tráfego gerado. Aqui o que temos é uma quantidade de formatos video e audio dos mais diversos formatos e origens que ouvimos no nosso browser!

Em terceiro, e tal pode ser uma surpresa para muitos, aparece o Youtube! Seria certamente de se pensar que o Youtube seria o responsável pela maior parte do tráfego gerado, ou pelo menos que ocupasse o segundo lugar. Afinal, ao contrário do Netflix, o Youtube é universal e o website video mais popular do mundo. Mas na realidade afica em terceiro com 11,4% do tráfego gerado! Um valor mesmo assim, impressionante.

Daqui para a frente as percentagens de uso do tráfego caem bastante. Em quarto lugar, com 4,4% temos a visualização de um formato video especifico, o MPEG-TS.



O quinto lugar é ocupado pela vulgar navegação HTTP segura (TLS). Ocupa uma percentagem de 4,1% de todo o tráfego gerado!

O sexto lugar, com 3,9% é pertença do QUIC. Basicamente um conjunto de aplicações que usam um protocolo com o referido nome, destinado a aumentar a velocidade de aplicações web.

Somente em sétimo lugar voltamos a ter um serviço de streaming, concorrente do Netflix! É o Prime Video da Amazon, que ocupa 3,7% de todo o tráfego gerado. Um valor consideravelmente inferior ao do Netflix, mostrando que este é realmente líder nesta área.

O oitavo lugar é ocupado pelos downloads clássicos efectuados no Browser. Os HTTP downloads usam um total de 3,7% de todo o tráfego gerado!

O nono lugar é usado pelo resto da navegação HTTP, desta vez a parte não segura, que usa 3,2%! Aqui o critério poderia ter sido de juntar ambas as partes, atirando os valores do HTTP para 7,3%, o que lhe daria o terceiro lugar, o que mostra que, no global, a navegação pura e dura, ainda é das situações que mais tráfego gera.

Finalmente, e como surpresa, surge em último lugar algo inédito. Os downloads da rede da Sony, que ocupam 2,7%.



O curioso é que nos lugares cimeiros, com 3,7% temos os vulgares downloads pelo Browser. E isso quer dizer que o volume de downloads na PSN está alcançar o volume de downloads global efectuado por HTTP, ficando neste momento a apenas 1% de distância. Sim, tal implicaria um aumento de 37% do volume de tráfego da PSN, o que implicaria um aumento radical de utilizadores que não se prevê existir em breve. Mas com a entrada da nova geração, e o aumento da dimensão dos jogos, não seria de estranhar podermos vir a PSN a passar o volume mundial de downloads pelo browser.



error: Conteúdo protegido