Utilitário da Coreprio quase dobra a performance do Threadripper 2990WX em alguns casos

A Coreprio descobriu que há um problema no windows que limita severamente a performance do CPU da AMD.

O Threadripper 2990WX é aquilo que na gíria podemos chamar de um montro. É um CPU com 32 núcleos, e capaz de 64 Threads, oferecendo assim um nível de performance, supostamente, sem paralelo.

Mas o que se tem visto não é isso! Em situações de utilização normal do dia a dia este CPU oferece performances muito abaixo do esperado, ao ponto de alguns processadores de 16 e mesmo de 12 núcleos da AMD possuirem resultados muito próximos.

A questão é que esta questão das proximidades de performance… apenas acontecem no Windows, e com o Linux este processador explode as suas performances.

Esta disparidade levou a que se questionasse a causa de tal. Bug no CPU? Bug no Kernel do Windows, limitações de largura de banda? Erro no design multi GPU da AMD?



Para tirar isso a limpo, a Level1techs resolveu pegar no assunto e analisar o mesmo, tendo chegado à conclusão que o problema é do Windows. Não, não se trata de verdadeiramente de uma bug, mas pura e simplesmente do facto que o Windows é muito mau a distribuir o trabalho pelos núcleos.

Neste caso, essa má alocação do trabalho leva a que todos os núcleos deste processador, e mesmo do 2970WX, estejam totalmente ocupados, mas sem que o trabalho alocado seja verdadeiramente o necessário para a tarefa que está a ser realizada. E isto leva a que as performances deste CPU de 32 núcleos possa mesmo ser inferior a um CPU AMD de 16 núcleos em benchmarks como o Indigo ou o 7zip.

Pelo que foi possível ver-se o Windows atribui a estes benchmark uma lista de “núcleos ideais” que na prática de ideais possuem muito pouco, resultando numa quebra de performance gigante. Mudando a afinidade destes núcleos de forma manual a performance sobe.

Assim a Level1techs modificou o utilitário Coreprio de forma a permitir aos utilizadores dos Ryzen Threadripper WX obter a performance adicional, verificando-se ganhos imediatos nas pontuações do 7-Zip que passam dos 41,000 MIPS para os 70,000 MIPS, ou seja, um aumento de 70%.

Basicamente o problema é do windows, e do seu Kernel, e exclusivamente deste. Agora espera-se que a Microsoft analise e corrija o problema pois neste momento, quem possui este CPU, tem é mais do que verdadeiros motivos para experimentar o Linux.

A alteração do Coreprio pode CorePrio ser encontrado no Bitsum.



newest oldest
Notify of
bruno
Visitante
bruno

E por isso, e que benchmarks nao contam a historia toda. Resta e saber se os processadores com menor numero de nucleos tambem sao prejudicados. Porque se nao me engano, o Core i7, antes do Ryzen contava com 4 nucleos fisicos, 8 threads, no desktop.

[OFF-TOPIC]Falando nisso – ha alguma previsao para quando a BIOS ira permitir discos com capacidades maiores a 2Tb?