Adivinhem lá… afinal tínhamos razão na análise à imagem de Battlefield. O que não sabíamos é que afinal o efeito é feito por defeito pela consola.

Quando analisamos a imagem de Battlefield 4 na PS4 e Xbox One, chegamos à conclusão que as diferenças que víamos eram apenas resultado de uma aplicação de acuidade (sharpness) exagerada. Um efeito realizado no tratamento digital de fotografia e destinado a esconder a falta de resolução. O que não sabíamos é que, ao que tudo indica, quem implementa isso por defeito é a própria consola.

Quando referimos aquilo que era óbvio e que inclusivamente provamos com imagens da PS4 às quais foi aplicado o mesmo efeito, Battlefield 4 possui exactamente as mesmas texturas na PS4 e na Xbox One, sendo que o aparente ganho de detalhe na consola da Microsoft se deve ao aplicar de um efeito de Sharpness idêntico ao usado no tratamento digital de imagem para disfarçar a falta de resolução.

Naturalmente como não podia deixar de ser, mais uma vez, os fanáticos das consolas recusaram-se a ver a realidade das coisas. Aquilo era mentira e a Xbox tinha melhores texturas.

E diziam isto mesmo com as provas à frente dos olhos e onde mostrávamos que imagens da PS4 com uma aplicação de sharpness igualavam o detalhe das imagens da Xbox One, e as da Xbox One com um corte no Sharpness igualavam também as da PS4 (como não podia deixar de ser).

Mas eis que a prova daquilo que dizíamos vem a público. O efeito existe, mas não parece ser aplicado por escolha dos programadores. A Xbox One estará programada para aplicar o efeito quando os jogos são sub 1080p.



O único problema é que aquilo que muitos acharam na altura como muito bonito está agora a revelar-se um problema para muitos utilizadores pois o excessivo uso de sharpness está a tornar a qualidade de imagem terrível.

Recomenda-se que vejam todas as imagens que se seguem na sua resolução total, e para isso devem clickar sobre ela e pedir para abrir numa nova janela.

sharpness

A imagem foi captada fora do ecrã e as cores ficaram algo diferentes (apesar de existir igualmente diferenças de brilho aplicadas). Mas o que se vê é que na imagem da esquerda, com a imagem re-escalada para 1080p pela TV o texto fica suave. Já na direita, ao passar pelo chip de re-escalamento da Xbox, sendo a imagem nativa 720p, é aplicado o efeito de sharpness e o texto fica não só irregular, mas com um halo branco à sua volta típico da aplicação deste efeito. Curiosamente o mesmo halo que é visível em BF4 na imagem que se segue e em torno das pedras (a imagem de baixo é um zoom e como tal sem melhor resolução).

BF4



Eis o mesmo efeito a ser aplicado a Killing Instinct:

KI

É notório o mesmo esmagar de negros de Battlefield 4, e um sharpness excessivo nas texturas.

E agora em Dead Rising 3:

DR3

Os pixels não só são notórios como, devido ao ambiente escuro, as texturas ficam esbatidas e descoloradas.

Agora reparem o que este efeito faz em Assassins Creed 4 que corre a 900p na Xbox One (quem não tiver um ecrã 1080p deverá poder clickar sobre a imagem na sua resolução total para fazer zoom à mesma. Façam-no pois só assim poderão ver em pormenor o que é referido).

ASS4

Como podem ver o Sharpening que ocorre aqui não só é terrível nas folhas das palmeiras, como na textura do casaco da personagem principal. Mas pior, o efeito elimina e bastante efeitos anti-aliasing tornando o Aliasing bastante visível.

Felizmente, tal como tínhamos referido na análise a BF4, estas são situações que podem ser compensadas pelo televisor. No entanto tal não é exactamente fácil, apesar de possível.

Entretanto no Neogaf há uma discussão sobre o assunto que inclui inclusive espectogramas que comprovam a aplicação do efeito.



Posts Relacionados