As especificações oficiais da PS5

Nota: Este artigo está a ser actualizado em tempo real.

Apesar de Mark Cerny ainda estar a falar, os dados supostamente finais são conhecidos.

Abordaremos melhor a situação mais tarde, mas se não há qualquer novidade no hardware, a Xbox série X leva ao título de campeã de performance esta geração.



Esta situação confirma os dados do Github… algo que se dava como falso, especialmente pela velocidade de relógio elevada. No entanto, apesar dos 10.28 Tflops não vamos descartar aqui a possibilidade de a consola poder correr com 9.2 ou até menos, dado que se refere algo como frequência variável.

O SSD é no entanto mais do dobro do da Xbox.

Alteraremos os dados caso tal se revele necessário por contradição com o que Cerny revelar, e abordaremos a situação com mais detalhe assim que nos for possível.



210 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rui
Rui
6 meses atrás

A conversa sistemática do ssd e o silêncio total ja anticipavam o descalabre.

Xbox mais forte ponto.

nETTo
nETTo
Responder a  Rui
6 meses atrás

Em gpu pouco menos de 15%, bem menor que a diferença do One/PS4 que era 1.3/1.84

Davi
Davi
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Tá certo!👍😂

Deto
Deto
Responder a  Davi
6 meses atrás

exatamente, na matemática vc compara coisas por % e não valor bruto.

e sim, em TF a diferença e MENOS DA METADE do PS4 e Xone.

Davi
Davi
Responder a  Deto
6 meses atrás

Se fosse o contrário, diriam assim: “PS5 tem GPU bem mais poderosa q XBOX SERIES X”.

Deto
Deto
Responder a  Davi
6 meses atrás

não me interessa isso, me interessa a realidade.

diferença entre A e B para comparar com a diferença entre C e D deve ser medida percentualmente.

E não vi nenhuma matéria falando, tanto no PS4 vs xone quanto no PS5 vs SX com algo como “bem mais”

Rodrigo Silveira
Rodrigo Silveira
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Para Netto!!! O PS5 é um console muito inferior ao Series X. Na verdade os rumores de 9 TF estavam certos, deram um boost nele pra 10 TF, e isso vai gerar um problema de aquecimento. Eu vou esperar pelo “PS5 Pro” e vou de Series X no início da geração.

nETTo
nETTo
Responder a  Rodrigo Silveira
6 meses atrás

eu não diria muito inferior, apenas inferior

comparando apenas os números brutos
EM
GPU -16%
CPU -5%
RAM (não sei dizer pois o PS5 ficou com frequencia fixa pra todo o sistema, já o XSX tem 60% da ram mais rápida e outros 40% mais lenta, sendo que desta mais lenta eles podem usar até 3,5gb)
SSD +100% performance a favor do PS5

Em números brutos não cabe o termo “muito inferior”, o ideal é apenas inferior

bruno
bruno
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Correto. As pessoas assumem grande diminuicoes da velocidade, e nao entendem que na realidade as diminuicoes ocorrem quando certos pontos termicos forem atingidos. E preciso tomar em consideracao que nao se sabe qual o sistema de refrigeracao usado, algo que o Cerny salientou.

Deto
Deto
Responder a  Rodrigo Silveira
6 meses atrás

Mas não é que temos um engenheiro aqui?

da onde vc tirou que a GPU é 9TF e a Sony tá mentindo com os 10TF?

Deto
Deto
Responder a  Rui
6 meses atrás

Não é.

SX com 20% mais de TF

PS5 com 20% mais de clock

No PC:

32 CUs 1ghz = 100fps
64 CUs 1ghz = 150 fps

========================

32 CUs 1ghz = 100fps
32 CUs 2Ghz = 200fps

6,7% a mais de clock na CPU.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

dos benchs de PC.

Eu vou procurar a fonte.

se não me engando era comparando a 2080TI com a 2060 ou 2070.

a 2080TI tem o dobro de CUDA cores que a MID (2060 ou 2070), mas entrega apenas 50% a mais de FPS nos jogos no mesmo clock.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
6 meses atrás

Como eu previ, o SSD é o dobro em modo RAW, um pouco menos em comprimido, e menos capacidade de armazenamento, o que é um pouco decepcionante, mas sobre a GPU foi uma desinformação total. Provavelmente o base é 9,2 Tflops, com algo variável mas que não pode ser sustentado…

Trevisan
Trevisan
6 meses atrás

Nossa, fiquei espantado pelo aumento do relógio do GPU. O sistema de refrigeração vai ter que ser muito bom.

Carlos
Carlos
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Simples, esse clock nunca será atingido, é apenas marketing, o ps5 deve rodar nos 9tf.

Vitor Calado
Vitor Calado
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Se fores racional sabes que ele tem razão, por mais que puxe pela cabeça não vejo mais motivo nenhum para a frequência da GPU ser variável, apenas para o marketing e para a Sony fugir aos 9 Tflops.
Primeiro se a velocidade é variável a sony deveria divulgar um intervalo e não um número, 2,23 é a velocidade máxima? média? ou a mínima?? vamos supor que será a máxima e a mínima é de quanto? 1,85? 2,00?
depois a consola quando é que baixa a velocidade do GPU e porquê??? acelera nas rectas e abranda nas curvas??? lol, presumo que seja um critério de aquecimento, quando a consola começa a aquecer vai reduzir a velocidade, resta saber para quanto, e como é que isso afecta a experiência de jogo.
Como é que se otimiza um jogo para uma consola com velocidade de GPU variável??
No verão jogam-se jogos indie e no inverno os AAA??
vamos supor que o cyberpunk 2077 vai ser otimizado para a PS5 a 10 Tflops, mas devido a GPU baixa a velocidade e os Tflops caiem para 9 ou 8 ou 7, sabe-se lá até onde podem ir, visto a Sony não ter divulgado a velocidade minima, enfim, supomos que baixa para os 9, a performance do jogo vai sofrer de certeza…não me parece bom ter velocidades variáveis, depois no terreno é que vamos ver como se comporta mas não estou nada confiante…

bruno
bruno
Responder a  Vitor Calado
6 meses atrás

A consola baixa a velocidade do GPU para evitar sobrecarregar o sistema termicamente. Ele foi bastante claro nisto. Ha um ponto termico a atingir e quando atinge, baixa. Curiosamente isto revela que efectivamente ate as consolas atuais devem ter velocidade de relogio variavel por parte da Sony porque foi isto que o Cerny apontou como sendo a causa do barulho nas PS que para tua informacao nao fazem o barulho que as pessoas se queixma em todos os jogos, somente em alguns. Eles claramente apostaram na velocidade de relogio, ao inve de mais silicone e controlam assim.

Sobre como se programa, devem oferecer algum grau de controlo aos DEVs e deixarem-nos fazer os jogos. Tu tens nocao que eles tem dev kits correto? Frequencia variavel nao significa que os DEVs facam o jogo e depois o sistem mude como lhe apeteca significa que os DEVs tem liberdade para explorarem mais ou menos clock no sistema.

By-mission
By-mission
Responder a  bruno
6 meses atrás

“Então, como o boost funciona neste caso? Simplificando, o PlayStation 5 recebe um orçamento de energia definido, vinculado aos limites térmicos do conjunto de refrigeração. “É um paradigma completamente diferente”, diz Cerny. “Em vez de rodar em frequência constante e permitir que a energia varie com base na carga de trabalho, rodamos em potência essencialmente constante e permitimos que a frequência varie com base na carga de trabalho.”

Um monitor interno analisa as cargas de trabalho na CPU e na GPU e ajusta as frequências para corresponder. Embora seja verdade que cada peça de silício tem características ligeiramente diferentes de temperatura e potência, o monitor baseia suas determinações no comportamento do que Cerny chama de ‘modelo SoC’ (sistema no chip) – um ponto de referência padrão para todo PlayStation 5 que produzido.”

“Em vez de observar a temperatura real da matriz de silício, analisamos as atividades que a GPU e a CPU estão realizando e definimos as frequências com base nisso – o que torna tudo determinístico e repetível”, explica Cerny em sua apresentação. “Enquanto estamos nisso, também usamos a tecnologia SmartShift da AMD e enviamos toda a energia não utilizada da CPU para a GPU para que ela possa espremer mais alguns pixels”.

É uma ideia fascinante – e totalmente em desacordo com as decisões de design da Microsoft para o Xbox Series X – e o que isso provavelmente significa é que os desenvolvedores precisam estar atentos aos picos potenciais de consumo de energia que podem afetar os relógios e diminuir o desempenho. No entanto, para a Sony, isso significa que o PlayStation 5 pode atingir frequências de GPU muito, muito mais altas do que esperávamos. Esses relógios também são significativamente mais altos do que qualquer coisa vista nas peças AMD existentes no espaço do PC. Isso também significa que, por extensão, mais pode ser extraído em termos de desempenho das 36 unidades de computação RDNA 2 disponíveis.”

bruno
bruno
Responder a  By-mission
6 meses atrás

Ok, entendi mal o que ele falou na apresentacao. Entendi limite termico dado que ele relacionou isso com a refrigeracao e o barulho.

Lucas
Lucas
6 meses atrás

Olha caiu como uma bomba isso ai hein, e no final o Series X alem de mais poderoso também é o mais avançado.

Lucas
Lucas
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

E agora esta explicado porque a microsoft estava soltando tudo de forma tão confiante.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
6 meses atrás

Acho que um golpe seria amanhã a Microsoft sair pra revelar que eles também tem frequência variável, sendo 1825Mhz o base com boost para 2GHz, que leva para 13,3TFLops…

Por outro lado, bela vitória para o SSD, equipamento de topo, quero ver como isso se sai no desempenho real.

Explicado por que os insiders diziam ser o console mais rápido, SSD…

Deto
Deto
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

a MS vai destruir a Sony com 13TF, 30% a mais.

incrivel como isso é verdade, a MS destruiu a Sony com o XoneX QUARENTA por cento mais poderoso

uhauhauhauha

Rui
Rui
6 meses atrás

Nem o stadia conseguiu bater.

Felipe Leite
Felipe Leite
6 meses atrás

Finalmente! Acabam as especulações!
Eu sempre fui fã da playstation, muito provavelmente irei ter uma ps5 especialmente por causa dos jogos exclusivos, mas com quase absoluta certeza que irei começar a geração com a sérieX pois sou um grande entusiasta de tecnologia.
Creio que serão as duas excelentes consolas!

Daniel Cardoso
6 meses atrás

A sony logo na primeira curva teve um acidente, primeiro a anunciar HZD para PC, com isso perde a confiança no selo exclusivo, e da a entender que o resto vai vir também, depois quando estão a tentar voltar a estrada volta a errar com uma consola fraca. Isso é o mesmo que um Stadia da vida, no mínimo 11 tflps.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
6 meses atrás

Compra Day One já que os meus jogos preferidos estão lá…A meio da geração pondero a XBOX SeX dependendo se os jogos me agradam,mas como os jogos também irão sair para PC de nada vale comprar a XBOX…vamos ver…

Andrio
Andrio
6 meses atrás

Acabou, agora quero ver como a sony vai trabalhar em cima do ps5 já que em força bruta o xbox é melhor. Quais vantagens dessa super memoria pode trazer ao ps5?
E 2.23Ghz como fazer para n explodir o console? kkkk

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Andrio
6 meses atrás

2.23GHz é frequência de boost, a frequência sustentada provavelmente é os 2GHz do vazamento do Github.

nETTo
nETTo
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Tem pessoas que tem dificuldades em assimilar informações oficiais, preferem sustentar as obscuridade que suas convicções criam

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Tem gente que tem dificuldade em assuntos que não entendem e ai caem nas especificações feitas para leigo ver. Normal, a Sony fez muito disso no PS3.
Sai um pouco do forum meu Playstation, Neogaf, Eurogamer, Resetera.Vai ler o beyond3d para tentar entender um pouco.

Deto
Deto
Responder a  Andrio
6 meses atrás

vai sustentar igual o PS4 e PRO vs XoneX

alias, a diferença é metade.

vcs estão todos no efeito manada, o PS5 vai continuar vendendo 2 ou 3x mais que o SX e custar menos.

bruno
bruno
6 meses atrás

Esta apresentacao foi um desastre.
E um desastre enorme e inqualificavel.
Isto e o tipo de tiro no pe que lhes pode custar a geracao e que tenho a certeza lhes vai custar a geracao.

Nem sei por onde comecar mas o que se revela disto hoje e que a PS5 esta basicamente por terminar, e menos poderosa, tem retrocompatibilidade nao total (nem mencao das plataformas anteriores a 4, mas nem a 4 e total), o RT nao possui hardware proprio mas aceleracao com os motores de interseccao da RDNA2 (pelo que entendi) e os genios decidiram ir por baixo e continuar nas 36 Compute Units aumentando somente a velocidade de relogio e vindo com a treta de que equivale a 58 das da PS4 em transistors o que ja por si so e pouco. Alias toda aquela expicacao soou a desculpa esfarrapada, porque se tiveram que submeter ao que a AMD estava a oferecer e deviam estar mais preocupados em curtar custos.

Alias, chega a ser ridiculo se tenham concentrado a tal ponto no audio 3D que chegem a esta altura do campeonate e ainda nao saibam como o vao implementar.

A ideia que daqui resulta e que estao a lancar a consola as pressas e por terminar. decidiram ir por baixo no planeamento. Este hardware vai ser facilmente ultrapassado pelos proximos produtos da AMD e nVidia. E nao e uma nova geracao.

Tudo isto que foi revelado so me da razao a mim – estes sistemas parecem ter sido desenhados para 2019. E vao ser um hardware da treta.Erro enorme na altura em que novos GPUs e melhores produtos estao quase a chegar ao mercado.

Desastre. Eu nao sei o que se esta a passar la dentro, mas e melhor que acordem.

Estou mesmo muito interessado em ver os proximos anuncios AMD e nVidia. Tao simplesmente porque acredito que vai ser o que tenho defendido desde que a conversa da nova geracao comecou, vao enterrar estas duas consolas e provar que desenhar sistemas com 2019/2020 em mente foi um erro enorme e crasso e que mais valia ter continuado com a geracao atual ate ao proximo ano e esperado. Caramba a AMD acaba de revelar que esses specs com o Ryzen 2 estao prestes a chegar aos portateis e notebooks.

E por ultimo, a MS enterrou a Sony, com um esforco muito claro na mensagem e desenho do sistema. A Microsoft neste aspeto esta a fazer tudo correto. A Sony este ano so tem cometido estupidez atras de estupidez desde os exclusivos no PC ao desenhar hardware por baixo. Ou ha alguma revelacao bombastica ou estao lixados.

Rui Teixeira
Rui Teixeira
Responder a  bruno
6 meses atrás

Desastre é quase um elogio para a desgraça de apresentação que foi. Quando vi que iria durar quase uma hora ainda pensei que iriam mostrar algum jogo ou, pelo menos, demos técnicas, mas nada.
A Sony praticamente entregou todas as cartas à MS. E mais, acho que a consola será mais cara que a da MS, digo isto porque a XBoxSX, apesar de algumas personalizações, não parecem ser do mesmo tipo que a Sony está a fazer. O disco ssd personalizado deve ser caríssimo, mais o sistema de refrigeração e o chip de audio devem aumentar o preço da consola. Aposto para uma PS5 a 500€ e uma XBoxSX nos 450 ou até menos.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Rui Teixeira
6 meses atrás

Não exagera, não foi desastre, o sistema é mais fraco, mas muito mais capaz do que as pessoas fazem parecer, mas sim, é mais fraco.

bruno
bruno
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Foi desastrosa na medida em que foi a primeira apresentacao do novo sistema e terminam atras e na sombra do que a concorrente apresentou. E pior a concorrente anda ha mais de 3 anos a anunciar o que vai fazer – se a Sony se deixou enterrar e revela inepcia pura.

nETTo
nETTo
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

concordo com vc fernando kkk

Rafael
Rafael
Responder a  Rui Teixeira
6 meses atrás

Ela vai ter que se virar nos 30 para apresentar um preço menor…

Rafael
Rafael
Responder a  bruno
6 meses atrás

Cara, é incrível como vc compara o hardware de um console com o hardware de um PC. Os novos consoles estão mais potentes para a época atual do que PS4 e XBOX foram em 2013. Vc quer comparar o incomparável, o preço de uma placa de video top pode custar razoavelmente mais que um console inteiro. E mesmo com hardware bem defasado pra época, olha só o que a atual geração conseguiu trazer. Pelo que aparenta, os novos consoles trarão hardware muito competente pelo preço que aparentemente vão cobrar e novamente vão conseguir extrair muito mais do hardware que possuem.
XBOX terá melhor hardware que a Sony, isto é fato e achei que é uma diferença bem razoável, gostaria que fosse o contrário ou uma diferença menor, já que sempre tive somente PS e assim como vc sempre espero que tenha o melhor hardware possível. Quem sustenta os consoles não são os entusiastas, a maioria das pessoas não entendem ou não querem saber sobre a frequência ou quantos núcleos possuem o processador ou quantos CU´s possui a GPU.
E pelo passado vc vai ver que não é o console mais potente que ganha uma geração. Serão os jogos, o ecossistema como um todo. Se fosse assim, a Nintendo não teria ganhado do PS3 e XBOX360…
Se a nova geração fracassar, com certeza não será pelo hardware.

bruno
bruno
Responder a  Rafael
6 meses atrás

Estas errado.

Eu nao olho para o que o PC oferece, quem o esta a fazer es tu ao afirmar que as novas consolas estao melhor agora que o hardware de 2013 estava. Porque estas a afirmar isso face ao PC e nao face as consolas anteriores. Em 2013, tiveste um salto de 7 a 8x. Agora tiveste um salto de 5x.Podem referir arquitetura a vontade – todo o que sabemos sao retirados de testes feitos em jogos PC e nao consideram os ganhos da programacao dedicada, ja por isso o afirmo, considerar a arquitetura nao basta. A MS nao a considerou e podia faze-lo.

Eu refiro o PC, porque estou a tentar fazer-vos ver que estamos num ponto em que o mercado vai ter um salto em performance como nao se via ha anos e isto porque as fabricantes se tem sentado a sombra de criptomoeda. Como ja insisti, ainda antes da PS tinhas as fabricantes a vir com duplos GPUs e processadores que procuravam quebrar barreiras de performance. Isso nao ocorreu com a AMD desde a Fury X, os 14 nm nao foram explorados ao maximo, a RDNA ja podia ter vindo nos 14. Quando tens a nVidia a fazer GPUs nos 12 de 800 mm2 e a AMD a lancar dois GPUs um de 251 mm2 e outro de 158mm2 (para tua informacao as consolas anteriores foram lancadas a 328 mm2) algo esta errado. E para te informar ainda mais, os rumores de areas parecem tb estar corretos, aqueles que afirmavam um GPU da PS5 de 300mm2 e o da Xbox de 360 mm2? A MS entregou menos que a ONEX e a PS5 menos que PS4 fat.

Ja por isso digo, estou curioso para saber o que a nVidia vai apresentar na Ampere. A empresa ja prometeu duplicar a performance em rasterizacao e RT. E tendo em conta que a AMD so agora chegou a performance rasterizacao nVidia no PC ainda ha muito que se lhe diga.

Daniel Torres
Daniel Torres
6 meses atrás

É com a consola mais fraca e liberando exclusivo para pc que a sony espera ter uma gen igual a do ps4? Boa sorte para ela.

Detalhe se eu já não ia compra o ps5 no lançamento, agora é que eu vou esperar mesmo 2.2ghz de gpu isso deve esquentar como nunca e agora eu quero ver como os consoles se portam ou se vão sair queimando por ai.

nETTo
nETTo
6 meses atrás

Satisfeito, sinceramente bem melhor que os rumores

Gostei muito do SSD

Fernando Molina
Fernando Molina
6 meses atrás

Na minha humilde opinião, essa apresentação foi um desastre total, especificações decepcionantes, e acima de tudo, que merda de retrocompatibilidade é essa Sony, agora realmente acredito no rumor dos problemas que a Sony está tendo para definir o preço do console

nETTo
nETTo
Responder a  Fernando Molina
6 meses atrás

GPU 10.2 TF
CPU 3.5GHZ
RAYTRACING
16GB GDDR6
SSD 5.5GB/S
AUDIO 3D

Eu achei a apresentação maçante, agora nao fiquei decepcionado não

A miséria que os studios tops como ND, Rockstar, CdRed, Gerrilla, SuckerPunch, Ubisoft, EA só pra citar algumas farão com isso ñ ta escrito no receituário

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Netto, a Sony pisou na bola, não tem jeito.

Últimos projetos do Mark Cerny;
PS4 secador de cabelo
PS4 Pro jato pós combustão
PS5 2.2 GHz de GPU

Se eu o encontro na rua bem capaz de o agredir verbalmente

Vou ter que jogar Horizon 2 nessa joça refrigerada a nitrogênio

😡

O cuidado com o áudio multidimensional chega a ser irônico quando a gente só vai ouvir é o som aero espacial do fan

Rafael
Rafael
Responder a  Carlos Zidane
6 meses atrás

PS4 vende mais que XBOX, por uma larga diferença. Você pode não ter gostado, más na atual geração acertaram a mão… para a nova geração só saberemos daqui alguns anos.
Poderiam ter apresentado o design e alguns jogos.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Rafael
6 meses atrás

Eu não gostei mesmo, mas nunca disse que irá fracassar. Até acredito que poderá vender mais ou um empate técnico pois o software que manda, senão o Switch era um fracasso.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Ok cara, se voce não ficou, eu fiquei, e a Sony poderia enfiar essa retrocompatibilidade naquele lugar

Daniel Cardoso
6 meses atrás

Parece que a coisa esta ainda mais feia, nem 100% é retrocompativel com o ps4, parece que só 100 jogos funciona, esta mesmo muito mau, eu vêm disse, isto parece o início do ps3, so que agora nem os exclusivos vão salvar a consola, se for enviar mais para pc, então é morte certa, aquele Jim Ryan com cara de sono já diz tudo, um chefe de caca, não passa a simpatia do Iochida e dos outros que sairão lá, desta vez não da para defender a sony depois desta mancada. Fora que aquilo em barulho deve parecer um avião, se a pro já bufa por todo lado, fara a ps5.

nETTo
nETTo
Responder a  Daniel Cardoso
6 meses atrás

Realmente era de se esperar retro total ao menos com o PS4.

Curioso é que em 2015 quando começou o programa Backward compatibility cuja alcunha pegou como retro com X360 e não vi ninguém críticar a Microsoft por isso, porém a Sony na mesma situação merece um tratamento diferente kkk

bruno
bruno
Responder a  nETTo
6 meses atrás

A diferenca nETTo e que em 2015 tinhas consolas que as pessoas acreditavam que nunca, jamais poderiam ser retrocompativeis com o hardware anterior. Nao so falamos de arquiteturas completamente diferentes (Power PC vs x86 e unified shaders vs GCN), como falamos de consolas que seriam demasiado fracas para correr os titulos dessas consolas. O que MS conseguiu em 2015, alias para mim a maior bomba da E3 desse ano, foi nada mais que milagroso (nao e bem assim, ha um custo associado, mas a isso ja la vamos). Nao inverteu a mesa, porque a MS nesta geracao, por cada passo na direccao certa que deu, acompanhou-o por um passo na direccao errada, mas apenas recordo que quando o primeiro RDR2 se tornou retrocompativel a ONE S teve um dos seus picos de vendas.

Em 2020 a historia nao e a mesma. Falando so com a geracao anterior, ambas sao x86 ambas partilham ao nivel de hardware a possibilidade de correr em GCN. A Sony nesta altura do campeonato estar com problemas e mau, muito mau. Estar com problemas significa que a consola tera um catalogo inferior a concorrente quando lancar. Estar com problemas significa que ainda nao garantem o suporte aos titulos anteriores, quica PS3 e PS2. Isto quando a MS chega e revela que pode introduzir RT o efeitos similares em titulos anteriores… e muito, muito mau para a Sony.

Alias, vou dize-lo ja aqui. A PS2 vendeu porque era reotrocomptaivel em parte. Isto motivou quem tinha bibliotecas anteriores a passar para a nova geracao (foi por exemplo o meu caso) e a Sony sabe sobre a importancia da retrocompatibilidade na altura de vender consolas ou deveria saber dado que ate tentou coloca-la na PS3 (e depois cortou por custos). A unica razao pela qual a retro, ate agora, ainda nao pesou foi porque nenhuma consola lancou com ela. A frase de que ninguem usa retrocompatibilidade (nao sei quem foi o imbecil que a disse) vai voltar para dar cabo deles.

Lucas
Lucas
6 meses atrás

Series X também é o vencedor na retrocompatibilidade, único console a suportar 4 gerações.

https://www.eurogamer.pt/articles/2020-03-18-ps5-nao-sera-totalmente-retro-compativel-com-a-ps4-no-lancamento

Lucas
Lucas
Responder a  Lucas
6 meses atrás

Vixi…

Somente as first party utilizará verdadeiramente a velocidade do SSD.

Isso provavelmente só será totalmente utilizado pelos jogos de primeira linha da Sony, já que qualquer título multiplataforma irá atender aos menores denominadores comuns disponíveis no Xbox Series X e PC

https://wccftech.com/df-ps5s-variable-clocks-will-force-devs-to-make-choices-only-1st-party-will-truly-utilize-ssds-speed/

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Lucas
6 meses atrás

A velocidade do SSD vai ser utilizada sempre…lol

nETTo
nETTo
Responder a  Alexandre Oliveira
6 meses atrás

kkkk

mano os caras estão tão em extase por causa da diferença de TF que saem difundido qualquer benesse sem conhecimento daquilo

nETTo
nETTo
Responder a  Lucas
6 meses atrás

Quantos jogos do primeiro Xbox tem no BC? Pergunta sem maldade.

Do X360 sabemos que tem +650 que foram sendo incluidos ao longo dos anos.

bruno
bruno
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Nao sei, Sei e que para a configuracao da PS5, ja ha no PC um emulador PS3 e PS2 que roda uma enorme parte do catalogo. Logo se amadores conseguiram faze-lo no PC a Sony tem 0 desculpas para nao o conseguir fazer na PS4.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Talvez. Sei que tem obrigacao de a ter. Mas isso nao foi o anunciado.

Rodrigo Silveira
Rodrigo Silveira
6 meses atrás

Foi uma apresentação pra engenheiros de hardware. Por qual motivo anunciaram esse evento pro público em geral? Foi uma decepção!!! Enfim… Vou começar a próxima geração com Xbox Series X, com certeza.

nETTo
nETTo
Responder a  Rodrigo Silveira
6 meses atrás

Bom, pra quem procura se informar saberia que está seria a apresentaçao na GDCC 2020, por este motivo ela foi técnica.

Rafael
Rafael
Responder a  Rodrigo Silveira
6 meses atrás

Estavam todos reclamando que a sony não se pronunciava, todos querendo saber sobre o hardware.. assim o fizeram. Acho que deveriam ter anunciado o design e mostrado alguns jogos, assim mostrava pra todo mundo, pra apreciadores e desenvolvedores de jogos e tbm para os consumidores.

Alex
Alex
6 meses atrás

Eu só falo depois de ver os jogos. Ser a consola mais potente não implica ter os melhores jogos… De certeza que a sony vai fazer de tudo para entregar a melhor PS5 possível.

nETTo
nETTo
Responder a  Alex
6 meses atrás

sábia decisao, vamos esperar os jogos pra vermos esse absurdo de diferença que estão propagando pelo mundo

bruno
bruno
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Para ser claro, o problema na minha opiniao nao e o diferencial de potencia. 12 para 10 significa um consola 20% mais poderosa (menos que a diferenca entre ps4 e Xbox em termos percentuais). Mas no fim ainda chega a uma PS4 de diferenca.

Mas ha coisas que devem ser tomadas em consideracao. Primeiro, a RAM da Series X tem maior velocidade em parte e com HBCC ou algo similar esta consola tera vantagem em RAM. O SSD da PS5 tem o dobro do da Series X. Ora o que importa, mais que o acesso a RAM e a velocidade de acesso aos dados – quantos mais poderem ser acedidos o mais rapidamente possivel num sistema melhor. Mas aqui e dificil dizer quem tem vantagem. Porque um SSD mais lento que outro obriga a que mais tenha que ser copiado para a RAM numa ao inves da outra.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Eu não sei se o gpu chega a 10,3 tflops, parece que é algo para enganar….
O Mark disse que a consola vai operar nesse valor ou perto a maior parte das vezes.
E o clock variável foi muito confuso. Pareceu me que a ideologia da consola será ter certos bost no clock mas com certas limitações devido ao aquecimento na consola.
Eu quero uma consola estável que não tenha um turbo de vez enquanto. Mas sim algo que consigo fornecer os 10,3 tflops de maneira acessível e rápida sem prejudicar o resto da consola.
Gostei da velocidade da consola!!
Mas relativamente ao bost da consola, e o aquecimento e o barulho da mesma não estou muito confiante

bruno
bruno
Responder a  AlexandreR
6 meses atrás

E algo que a Sony tem que esclarecer. Seja como for, convem recordar que a velocidade elevada de relogio nao e nada de novo. A atual 5700 corre perto a cerca de 1800 mhz e ha reports de que, a subida para 2000 pouco impacto tem em termos termicos.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  bruno
6 meses atrás

A ps4 foi das melhores consolas que já saiu em termos de performance e estabilidade. Eu só esperava o mesmo na ps5 e não com bost temporarios

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

É preferível não mexer no clock do cpu, portanto…
Supostamente o Cpu e o SSd é que vão moldar os jogos da próxima geração
E esperar que os 9,2 tflops seja suficiente para a geração (5x a ps4)

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
6 meses atrás

Voltei ao artigo de ontem para ver quem foram as pessoas que me responderam sobre minha previsão e volto aqui com aquele sorriso de canto de rosto para lembrar que mais uma vez eu acertei.
O assunto foi SSD, SSD, SSD, SSD…
As specs de GPU e CPU não foram reveladas na totalidade, a frequência de base é inferior ao que foi divulgado mas eles esconderam por que os tflops garantidos são abaixo de 10… O Mark Cerny falou exatamente como eu disse, tflops não importam, olhem o SSD que não armazena nem 1TB…
Agora podemos esperar até o fim do ano para os exclusivos fazerem o PS5 vender na proporção de 3 pra 1 em relação ao Xbox Series X.

@Edson, agora é a hora de mostrar pros fanboys de Xbox que os jogos são o que conta, como se esses já não soubessem… Na verdade agora é hora de mostrar que os exclusivos de Playstation são os que comandam a indústria e que as especificações menores não importam nada.

@Andrio, sofrendo por antecedência não, apenas lembrando que seguindo uma lógica básica e observando os fatos com visão de futuro, foi possível prever o que aconteceria com bastante antecedência.

@Deto, já são quase 15 horas, cadê você?

Rodrigo Silveira
Rodrigo Silveira
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

As mídias agora abordarão listas com tempos de carregamento nos jogos, tudo pra mostrar a “vantagem” do futuro console da Sony. Ou dirão que o Series X prejudica o meio ambiente.

nETTo
nETTo
Responder a  Rodrigo Silveira
6 meses atrás

começou o vitímismo kkkk

XSX é mais poderoso, mas a culpa é toda da mmídia sonysta kk

Edson
Edson
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Fernando, obrigado por me citar e volto a dizer: Agora saberemos de vez se é o poder que conta ou preço e exclusivos. Não tenho nada contra o xbox, nada msm a ponto de ponderar ter um novamente, mas nada melhor que o xbox ser mais poderoso para acabar com a narrativa que o ps4 vendeu mais por conta de poder, desmerecendo que o xbox one x, msm mais poderoso, não surtiu efeito em vendas altas. Não adianta a MS lançar um console de 12 tflops se a msm cobrar mais de 600 dólares.

nETTo
nETTo
Responder a  Edson
6 meses atrás

se poder fosse o fator importante nao era correto todos os meses termos o atual console mais poderoso de todos os tempos One X na ponta das vendas? ao invés disso tempos um hibrido que tem dezenas de x menos poder, quem poderia me explicar esse paradoxo?

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Edson
6 meses atrás

O PS5 vai se sair muito bem em vendas, mas 3 para 1 e migração em massa de usuários do 360 para o PS4 tem muito do que foi o poder. Um pouco pelo preço também, mas ainda em 2014 o preço foi corrigido comm a queda do Kinect e o Xbox ficou $50 mais barato, teve mais exclusivos AAA até 2016 e… as vendas do PS4 só aumentaram.
Mas tudo bem, estou de 2013 a 2020 ouvindo que as pessoas cansaram de jogar Gears, Forza e Halo e foram buscar os exclusivos da Sony, agora eu quero ver isso mesmo.

nETTo
nETTo
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Pra mim foi o fato de ser mais poderoso e mais barato.

Áliado ao fato de em 2013 a Sony ter brindado o fim do suporte do PS3 com inumeros triplo A, enquanto que a Microsoft já havia abandonado o X360

nETTo
nETTo
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Poderia dizer que mais da metade da base de fans do Xbox se cansou de Halo, Gears e Forza.

Mas isto é apenas uma visão

bruno
bruno
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Fernando, nao teve mais exclusivos ate 2016. Tira o cavalinho da chuva. A PS sempre teve mais exclusivos que a Xbox, excepto nos dois primeiros meses da consola.

Seja como for, uma consola nao vive apenas dos exclusivos que sao lancados agora, mas do trabalho anterior (o que cria expectativas de sequelas e jogos que ainda nao foram anunciados). E isso tb pesa no momento de compra.

Andrio
Andrio
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Visao do futuro? tudo era rumor poderia ter acertado ou não.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Andrio
6 meses atrás

É só fazer um apanhando do que aconteceu de 2013 até agora, que seria muito fácil deduzir a linha e a filosofia que a Microsoft vai seguir:

– Melhoria do Design, para mudar má percepção sobre o Design do One Fat, introduzido pelo Xbox One S – 2016
– Console mais poderoso, para mudar a percepção do hardware Xbox depois do One, introduzido pelo Xbox One X – 2016/2017
– várias mensagens sobre como o core do Xbox sempre foi voltado para os jogadores mais exigentes;
– cancelamento de jogos com problemas visíveis de desenvolvimento como Scalebound e Fable legends. Fechamento de estúdios que não estavam sendo produtivos e término de relacionamentos com estúdios problemáticos, seguido da compra e criação de novos estúdios. Preparando terreno para próxima geração, reformulação geral da divisão do Xbox para atingir a visão do Phil Spencer – 2018/2019
– Foco em retrocompatibilidade com muita enfase em melhorar jogos do Xbox 360, o melhor período da empresa na indústria de jogos – 2017-2019
– Grande foco em divulgar que o próximo console mantém a retrocompatibilidade e ainda a eleva a outros patamares – 2019/2020
– Albert Penello, ex-microsoft sobre acreditar que o PS5 teria números equivalentes a 2x o PS4 Pro com ~10% de margem (9,2Tflops) – 2019

Lado da Sony

– PS4 Pro consideravelmente menos potente que Xbox One X e pior no design como um todo, de arranjo de memória, à configuração de disco, dissipação de calor etc… Sony buscando novamente preço popular de $399,00 – 2016
– vários adiamentos de jogos da Sony somado à exclusividades temporárias culminam em um período de muitos exclusivos do PS4, praticamente todos os principais estúdios da Sony colocam jogos no mercado – 2017
– Nos dias atuais, jogos demoram muito tempo para atingir padrão de qualidade AAA sem enorme quantidade de bugs, expectativa de período de seca para os estúdios da Sony – Final de 2018 à 2019
– primeiras informações sobre PS5 falam muito sobre SSD e preço “justo”. O preço popular do PS4 fez muito bem a Sony, da perspectiva de negócios de uma empresa que esteve a beira da falência, não faz sentido brigar pelo melhor hardware – 2019
– Vazamentos aleatórios de insiders nas threads com maior viés Playstation em fóruns de pessoas com ignorância tecnológica, dando conta de que o PS5 é mais poderoso mas com nenhuma pista de specs – 2019
– vazamento de um repositório do github com testes reais da AMD, contendo números de diversos produtos a um ano de lançamento, período pelo qual alterações de hardware ocorrem apenas nas frequências de relógio, já mostravam relógio muito alto para o PS5 – 2019/2020

Se você correlacionar as informações desse período e tirar a camiseta de marca fica fácil deduzir que:

– A Microsoft quer um console poderoso para lembrar o público entusiasta e os que deixaram a plataforma que ali o jogo roda melhor, que as pessoas que ainda tem seu xbox 360 podem voltar a plataforma e seus jogos os acompanharão. O primeiro passo, é voltar ao patamar do Xbox 360 no market share.
– A Microsoft sabe que não pode levar os jogadores dos exclusivos do Playstation, mas ela pode levar o púbico em geral e oferecer ainda seus jogos exclusivos que tem muito em comum com os shooters populares. Existe muito mais chances de um jogador nativo de call of duty e shooters em geral ir para o Halo e o Gears também do que para o Horizon Zero Dawn e o Spider man;
– Preço de $100 dólares a mais não é um problema grande para o maior mercado da MS, os US. O controle Elite 2 do Xbox é o acessório mais vendido dos US a uns 3 meses, é caríssimo;
– A MS é a empresa mais valiosa do mundo, o risco do Xbox não dar certo não significa nada pra eles;
– À Sony, o risco de entrar na competição por hardware caro não compensa o risco da empresa acabar, eles precisam ser o produto do “povão” e estar em mais mercados do mundo;
– Os insiders se apoiam na crença das pessoas, após o Misterxmedia, eles deveriam ser muito mais desacreditados quando não podem comprovar suas fontes;

Marcelo nadal
Marcelo nadal
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Analise perfeita.

Deto
Deto
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Claro, o rumor do cara que acertou EXATAMENTE a spec do SX de 13TF no PS5 era obviamente fake pq vc resolveu listar um monte de coisa que não tem nada haver com nada.

Acho engraçado que spiderman não atrai jogadores, e sim Halo e Gears…

fico imaginando em que mundo o Halo e Gears somados são mais conhecidos que Spiderman.

bruno
bruno
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Estas a falar da boca para fora.

A PS4 Pro so perde no sistema de dissipacao de calor, relativamente ao design nao tem nada a apontar-se-lhe. E relativamente ao resto e simples, a MS queria inverter a mesa de uma geracao em que estava a perder e por isso quebrou com a consola, supostamente da mesma geracao, anterior.

A Sony quis garantir continuidade e evitar ter programadores e suportar as versoes mais poderosas e capar a base. E o resultado e que a Pro oferece a mesma experiencia da base, com um acrescimo de resolucao, enquanto que fores ver a confusao de consolas que tens an familia ONE tens experiencias radicalmente diferentes entre a base e a melhorada.

Relativamente ao cancelamento de jogos e fecho de estudios sao as tuas palavras e somente tuas. O que e curioso e que a MS gastou milhoes com a Mojang e esta a gastar milhoes com o Gamepass e no entanto nao conseguiu para poupar dinheiro cancelou todos esses titulos e fechou/terminou parcerias com estudios. E tu ainda justificas essa decisao.

O periodo de seca de exclusivos que indicas so ocorreu na ONE. Em que desde 2015/2016 a concola tem recebido titulos vergonhosos na sua maioria. Nao ocorreu para a PS.

De resto, e muito facil vir dizer essas coisas depois de que a informacao e revelada… Mas so te digo isto, nao deites foguetes antes da festa. O teu homonimo era perito em fazer o mesmo e depois deu com o burros n’agua.

nETTo
nETTo
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

quanto mágoa acumulada kkkk

Deto
Deto
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Eu não tenho que dizer nada, os 12TF da MS são mentira e o clock real é 1.4ghz com 10TF.

Ela mentiu pq sabia que o PS5 é 2.3ghz 36CUs 10TF que rende muito mais que 54 CUs 1.4ghz 10TF

Viu como é fácil ser IGUAL a vc com argumentos de nível “terraplanismo” ?

com bonus, a MS tem antecedentes:

Se a Sony que nunca mentiu specs na geração atual, inflou o clock com BOOST agora, pq a MS que inventou o poder da Nuvem Mágica triplicadora de poder e usável no crackdown 3 não vai mentir agora novamente?

Rafael
Rafael
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Eu não ví detalhes da apresentação… esse HD é realmente de 825 ou ele está usando parte para o sistema?

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Nao normal! Teras que usar uM SSD M.2 de tamanho especifico. Quem dera que tivesse um HDD normal com um co-processador a copiar para o SSD a maior parte do jogo em uso.

Ha uma duvida que tenho sobre o SSD. Pelo que sei eles perdem imenso em performance ao chegarem a 70% da capacidade. Pergunto-me que medidas as fabricantes estao a tomar para lidar com isto, ou se o valor esquisito da Sony lida com isto.

Rui
Rui
6 meses atrás

Sejamos sinceros a conferência foi um desastre ao nivel ou pior que a ps4 pro, o cerny é bom mas tem zero carisma, foi monótono aborrecido e bombas? O ssd, mas 825gb? Devem estar a brincar e o upgrade dos mesmos nao deve ser barato.

Os leaks eram reais aparentemente os 9.2tf mas eles andaram este tempo todo mergulhados no ssd e no overclock para subir para os 10tf mas mesmo assim nao bateram o stadia ( stadia esse que fez questao de na apresentação dizer que era mais poderoso que a ps4pro e one X)

E a retro? Outro fiasco.

Nao mostraram sequer a consola.

O unico ponto que aparentemente a ps5 tem vantagem é no ssd e mesmo ai perde em espaco, se 1 tb é muito pouco o que dizer de 825 gb.

Fiquei muito desiludido e poe se a mostrar jogos do passado para demonstrar características que ninguém pediu quando nem retro com a ps4 total tem.

A xbox tem caminho aberto, existe a questão do preço (decisiva para mim) mas o phill afirmou que nao iam ser apanhados na curva nem no poder nem em preço.

Para finalizar aquelas frequências e olhando ao histórico da ps sao preocupantes em questões de aquecimento e ruído , a unica consola da Microsoft a sofrer desse problema foi a x360 original todas as outras sao maquinas muito bem arrefecidas e silenciosas.

Ate ai a microsoft pode recolher frutos, ja tem o cpu mais rápido pode subir ligeiramente a frequência no gpu e aumentar ainda mais a diferença.

Fiquei surpreso com a falta de argumentos da sony, mas o silêncio que alguns achavam normal, quando do outro lado o rival põe as cartas todas na mesa ja deixava antever um produto inferior.

Coisa normal na sony so por uma vez a ps foi mais poderosa globalmente que uma xbox. A xbox + kinect do matrick.

bruno
bruno
Responder a  Rui
6 meses atrás

E na PS3 vs 360.

nETTo
nETTo
Responder a  Rui
6 meses atrás

Não sei porque insiste em citar o Stadia kkkk

O mesmo temn10tf de uma família de gpus de 3 gerações atrás, da nem pra comparar.

Vc refere que ampliar o armazenamento deve ser caro por causa da robustez ao mesmo tempo que diz que 825gb de um SSD top de mercado é algo desiludido.

bruno
bruno
Responder a  Rui
6 meses atrás

Pois, o erro e considerares que a apresentacao da PS4 Pro foi um fiasco… precisas que te relembre como a ONE X foi revelada e que te compare com a Pro?

Na Pro, que foi anunciada e lancada, um ano antes da Scorpio se saber o que era, tiveste pre-visualizacoes dos modos 4K HDR de Horizon Zero Dawn, SpiderMan, Uncharted e Infamous.

Na ONE X, tiveste a consola a ser anunciada com a maravilha que foi, Minecraft a 4k (entretando cancelado)! A apresentacao da ONE X foi ridicula.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
6 meses atrás

O ASRM do Mark Cerny foi horrível.

2.2 GHz em 36 UC – Que cagad@ monstruosa.
10.2 Tflop OK, sem problema, mas precisa o negócio ficar nesse limite?! Sério isso Sony?!

Deto
Deto
Responder a  Carlos Zidane
6 meses atrás

claro

30CUs 1ghz = 100fps
60CUs 1ghz = 150fps

30CUs 2ghz = 200fps

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Deto
6 meses atrás

Esse negócio de clock alto, na minha cabeça só dá problema
Só falta ter thermal throttling na nova geração

daniel
daniel
Responder a  Carlos Zidane
6 meses atrás

Engraçado que a Microsoft/Digital Foundry bateu muito nessa tecla de frequência fixa tanto da GPU quanto da CPU na apresentação do Series X. Ta na cara que quando a fornecedora e colaboradora no desenvolvimento é a mesma (AMD), o acesso a informação do que a concorrente está fazendo é quase que imediato, da concepção à finalização do console, mas por cláusulas milionárias, devem ficar bem quietinhas.

By-mission
By-mission
Responder a  daniel
6 meses atrás

“”Não desejando fazer comparações com nenhum passado, presente ou futuro de hardware existente, Cerny apresenta um cenário hipotético intrigante – um núcleo gráfico de 36 CU rodando a 1 GHz contra uma parte nocional de 48 CU rodando a 750 MHz. Ambos oferecem 4,6TF de desempenho computacional, mas Cerny diz que a experiência de jogo não seria a mesma.

“O desempenho é notavelmente diferente, porque ‘teraflops’ é definido como a capacidade computacional do vetor ALU. Essa é apenas uma parte da GPU, existem muitas outras unidades – e essas outras unidades funcionam mais rapidamente quando a frequência da GPU é mais alta. Com frequência 33% mais alta, a rasterização é 33% mais rápida, o processamento do buffer de comando é muito mais rápido, os caches L1 e L2 têm largura de banda muito maior e assim por diante “, explica Cerny em sua apresentação.

“A única desvantagem é que a memória do sistema está 33% mais distante em termos de ciclos, mas o grande número de benefícios mais do que contrabalança isso. Como diz um amigo meu, uma maré crescente levanta todos os barcos”, explica Cerny. “Além disso, é mais fácil usar 36 UCs em paralelo do que usar 48 CUs – quando os triângulos são pequenos, é muito mais difícil preencher todas essas UCs ​​com um trabalho útil”.

O tom da Sony é essencialmente o seguinte: uma GPU menor pode ser uma GPU mais ágil e ágil, a inferência é que o núcleo gráfico do PS5 deve ser capaz de oferecer um desempenho maior do que o esperado de um número de TFLOPs que não engloba com precisão os recursos do todas as partes da GPU. Os desenvolvedores trabalham até os limites de potência do SoC, suas cargas de trabalho afetam as frequências em tempo real – mas são esses fatores que afetam a velocidade do relógio, não a temperatura ambiente.””

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  By-mission
6 meses atrás

Fiquei prestando atenção no discurso letárgico do Mark Cerny (o homem parecia ter injetado ketamina antes da fatídica apresentação com uns gráficos possivelmente tirados de alguma engenharia reversa de ovni) e tudo me pareceu o que em Portugal parecem chamar de.. Paleio.
Nem sequer uma silhueta do aparelho.

A MS por outro lado, mostrou todo um hardware superior (bem classudo com um design elegante e robusto) e até fazendo um teardown e reassemble com DF e Youtuber e tudo que tem direito na cara da sociedade…
Percebem o abismo de abordagem?!

Quando acerta tem que elogiar mas quando erra tem que falar, olha o PS4 Pro por exemplo, dava muito bem pra nem existir aquela merd@, capaz que teria sido mais bonito ficar só no PS4 base

By-mission
By-mission
Responder a  Carlos Zidane
6 meses atrás

A pior parte de tudo… A página do Horizon Zero Ex-clusivo na Steam… isso é que é um desastre de relações públicas.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  By-mission
6 meses atrás

Isso aí é só pra completar o pacote de burradas. Uma desgra** nunca vem sozinha.

bruno
bruno
Responder a  Carlos Zidane
6 meses atrás

Que seria mais bonito ficar no base, seria.

Mas a PS4 Pro tem entregue aquilo a que se propos. Sera interessante ver as comparacoes entre checkerboard e 4K nativos e ver como se aguentam.

bruno
bruno
Responder a  By-mission
6 meses atrás

E algo que veremos. Se ele estiver certo, entao o GPU de 10 Tflops tera melhor performance, ou performance igual ao GPU de 12 Tflops. Uma tem mais 150 mhz de vantagem. Mas sinceramente nao sei. A PS5 parece, neste aspeto ser o total oposto do trabalho feito na PS4 – so pergunto isto, e o GPGPU?

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  bruno
6 meses atrás

Com a evolução da arquitetura, perde se no GPGPU.

bruno
bruno
Responder a  AlexandreR
6 meses atrás

A RDNA consegue transformar-se, automaticamente, em GCN. Os WGPs estao desenhados dessa forma. Nao devia perder.

AlexandreR
AlexandreR
6 meses atrás

Bem, em termos de performance é suficiente para a nova geração. Será que me interessa jogos a correrem a 4K nativos? Não, prefiro que usem a performance doutra maneira. Aliás irá haver formas de complementar a resolução aproximando se do nativo em termos de qualidade e baixa performance.
E se o preço for 399€, se os exclusivos forem bons pode vender bastante!
O pessoal está a criticar porque tem em comparação a Xbox SX!
A Ps5 tem mais performance do que 5 Ps4, para não falar dos ganhos da arquitetura!
E o SSD é um monstro em velocidade.
A única coisa que não gostei foi a velocidade do gpu. Mais uma consola barulhenta por parte da Sony.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  AlexandreR
6 meses atrás

Concordo..nada de histerismos…acham a Xbox Sex boa é porque ainda não viram os jogos Xbox a correr no meu pc..kkk

Rui
Rui
Responder a  AlexandreR
6 meses atrás

A questão nao é se a consola é boa ou não, é boa, mas existe outra que é superior e isto em 2013 foi falado comentado e testado à exaustão.

Agora em 2020 ou 2021 vamos ver o mesmo ao contrário.

Eu nao quero saber de exclusivos, gosto deles e de alguns mas eu jogo mais os thirds, e a microsoft comprou estudios como a obsdian e a ninja theory nao foi para os por andar apanhar pó.

E outra coisa o preço aqui a microsoft tem a hipótese de dar um “valente soco” na sony, basta esperar de cadeirinha pelo preco da sony e igualar ou muito aproximado.

Disto nao tenho duvidas a microsoft so vai revelar o preço depois da sony, tenho essa convicção.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Rui
6 meses atrás

Só falamos de consolas por causa da Sony e da Nintendo…Xbox não conta, para quem gosta de jogos já que os pode jogar no pc….só conta mesmo para fanboys…
Caso a Playstation vá por esse caminho deixa de contar também…é simples não percebo tanta papoila fanboy desta ou aquela empresa…lol

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Alexandre Oliveira
6 meses atrás

Para complementar para mim á partida o combo da próxima geração vai ser PC monstro que já tenho, PS5 E Nintendo…a meio da geração faço nova avaliação…

Rui
Rui
Responder a  Alexandre Oliveira
6 meses atrás

Sim normalmente quando a conversa é xbox toda a gente tem um pc fabuloso la em casa para jogar os exclusivos da Microsoft e tem uma ps para os outros exclusivos todos.

É um sintoma habitual que ja vejo desde 2015.

A xbox é uma consola e sempre foi, e tem todo o mérito como as outras ja ca anda ha 19 anos e ja vendeu mais de 150 milhoes de consolas.

E ja agora para te elucidar companheiro uma consola de videojogos define se pelo seu conceito, preco, objectivo , facilidade de utilização geral e nao porque tem muitos ou poucos ou nenhuns exclusivos.

Daniel Corrêa
Daniel Corrêa
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Não concordo contigo, acredito que vc se impôs essa definição. Para mim, aliás desde pequeno, e aí vai seus bons 40 anos, console é usabilidade, tenho pc gamer, realmente tenho jogando mais nele ultimamente, mas confesso que várias vezes já bati cabeça tentando levá-lo ao limite para obter os melhores gráficos, coisa que simplesmente não preciso fazer em outra plataforma de jogos! É por falar em ps5 o Cerne aproveitou pra fazer um migue de sua própria tecnologia, e com certeza deve está cobrando da Sony os royaltys.

bruno
bruno
Responder a  Rui
6 meses atrás

Pelo contrário. As consolas desde a sua in epcao SE definirem por duas coisas: hardware e jogos que tirassem partido dele.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Rui
6 meses atrás

Pro camarada fã xbox, exclusivos não tem nenhum tipo de importância, mas na hora dos estúdios novos, na hora do novo halo que parece o antigo, na hora do gears e da tech demo do hellblade 2, os exclusivos da MS farão toda a diferença…

Digam que estou mentindo

daniel
daniel
Responder a  Carlos Zidane
6 meses atrás

Imagine se a Microsoft leve o GOTY de uma TGA nos próximos anos? kkkkkk

nETTo
nETTo
Responder a  daniel
6 meses atrás

Vamos imaginar sim

Não custa nada kkk

Pra esse ano eu apostaria em Tlou Part2, Ghost of Tsushima, FF7R, R3R ou Cyberpunk2077

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Eu não tenho dúvidas, Ghost of tsuhima e The last of us part 2 vão fechar o ciclo da ps4 da melhor maneira possível.
De certeza que ambos iram ser nomeados
E em termos de vendas deveram vender acima da média!!
Com isso, poderá ser que a Sony consigo vender a ps5 a 399€ e consegui melhorar ainda mais a qualidade dos estúdios internos. (Sony Bend, por exemplo)

bruno
bruno
Responder a  Carlos Zidane
6 meses atrás

Exacto. E isso que e engracado – exclusivos nao importam. Ate que chegamos a Halo ou Gears, ou ate referimos os estudios que a MS adquiriu. Ai, eles ja importam.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  bruno
6 meses atrás

Eles andaram a contratar pessoal qualificado dos estúdios da Sony!

bruno
bruno
Responder a  AlexandreR
6 meses atrás

Algum pessoal do estudios da Sony (acho que foram 3 ou 4 pessoas) assim como a Sony contratou pessoal qualificado de outros estudios. Na industria, e alias, e IT e muito frequente as pessoas saltitarem entre empregos. Nao quer dizer nada.

Rafael
Rafael
Responder a  Rui
6 meses atrás

Pra mim o que vale são os exclusivos, já que os demais jogos você consegue jogar em ambos. Se vc vai dar preferência para a potência, para a marca, pelo joystick, aí são outros fatores e cada um tem uma prioridade.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Rafael
6 meses atrás

exacto, não podia concordar mais.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Rui
6 meses atrás

Rui meu caro companheiro só estou a dizer o que se passa na minha casa se é sintoma habitual ou não desconheço (normalmente não sofro desses complexos).

Não vi absolutamente nenhum argumento valido que tenhas dito que coloque em causa o que eu disse!

Se defines uma consola apenas por isso estas a ser redutor para o que te convém não estas a ver o panorama geral,aconselho vivamente a estudares melhor o conceito de consola…podes começar pelo que o Mário disse.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Rui
6 meses atrás

Eu estou curioso com a nova Gen! Temos 2 consolas bastante interessantes, com diferentes abordagens. Uma focada em performance e outra focada em velocidade!
No meio da geração, teremos uma consola com 4K nativos e noutra uma solução que poderá ser próxima dos 4K. Mas também iremos ter loadings mais reduzidos numa do que noutra.
Só a meio/longo prazo é que iremos saber quem escolheu melhor.
O ssd da PS5 é mais do dobro da Xbox SX, certo?

bruno
bruno
Responder a  AlexandreR
6 meses atrás

Sabes Alexandre, a performance nao pode ser dissociada de velocidade. No fim o que te interessa e so uma coisa, graficos e fps. Ora um gpu depende daquilo que pode processar e quando pode processar, por isso nao importa so o tamanho da memoria, mas tb a velocidade a que essa memoria e acedida.

Eu sinceramente nao sei qual a melhor abordagem e e dificl dizer. A series X tem mais CUs, menor velocidade de relogio no GPU igual memoria, mas parte dela e mais rapida que a da PS5 e parte dela e mais lenta. O SSD e tb mais lento. A PS5 tem menos CUs igual memoria e menor velocidade de acesso a RAM mas o dobro do acesso ao SSD instalado. Pelo o que o Mario disse em cima, os CUs da PS5 tem maior largura de banda individualmente que os da series X.

Se isto tera algum efeito ou nao e dificil dizer. Isto e tudo muito novo, e tem potencial para alterar radicalmente o modo como os jogos sao feitos. Nao so os loadings, mas o carregar de elementos para o mundo do jogo. Por outro lado, tb referem menos trabalho em optimizacao para os DEVs. E dificil dizer o que daqui saira – ou teremos os mesmissimos jogos em menos tempo… ou teremos jogos muito maiores, mundos muito mais vivos e abertos. Temos que ver e e esperar para ver.

Sei uma coisa… isto criara um problema no PC. onde bottlenecks sao uma constante.

bruno
bruno
Responder a  AlexandreR
6 meses atrás

E dificil dizer quem tem mais performance, mas facil de se supor.

A Xbox series X tem mais CUs, mas por Cu menor velocidade de acesso a memoria e menor velocidade de acesso ao SSD. Isto conta. Por outro lado, mais CU sao mais unidades para GPGPU, mais unidades computacinais e podem fazer mais trabalho, logo poderao ser ocupadas com coisas que nao sabemos. Isto tb conta. Por outro lado, ha uma diferenca em relogio que pode ir ate aos 300 mhz entre as duas, algo que tambem conta. Os teraflops nao contam a historia toda? De acordo. Mas conta grande parte dela, sobretudo quando o hardware e virtualmente o mesmo. Nao me venham com tretas.

E um salto de 5 vezes e ridiculo para uma nova geracao.

Edinho
Edinho
6 meses atrás

E quanto ao RT, há hardware dedicado ou não?

Edinho
Edinho
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

O que seria igual a Microsoft?

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

E olhe que 9.2 certos + ASIC RT já era um console indesejado, agora imagine um que irá usar os 10 tflop pra RT funcionando a clocks quase de CPU…

Mas pelo menos vamos ouvir uma agulha caindo no palheiro graças ao super sistema de som do Mark Cerny

Rui Teixeira
Rui Teixeira
Responder a  Edinho
6 meses atrás

Começo a duvidar das potencialidades deste RT, baseando-me um pouco nas palavras do Mark Cerny e da apresentação do minecraft a correr a 1080p 30fps. O Cerny, mencionou, muito timidamente, que já havia um jogo a usar RT, mas só nos reflexos, e que até estava a funcionar bem (acho que foi mais ou menos isto que ele disse). Estas palavras a mim não me inspiram muita confiança. Só teremos de esperar mais um bocado para ver como o RT se porta em jogos mais pesados, para ter certezas.

nETTo
nETTo
Responder a  Rui Teixeira
6 meses atrás

Aquele GOD FALL já usa Raytracing se não me engano, nos reflexos

bruno
bruno
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Sim. E é um jogo que poderia ser desta geração.

bruno
bruno
Responder a  Rui Teixeira
6 meses atrás

Exacto.

Livio
Livio
6 meses atrás

Era PS3²!

Agora quero ver se a plataforma vai ter mesmo exclusivos ou se vai partir para o PC.

Como atrair os jogadores do PC (no caso do HZD no PC) se o console é mais fraco que o XSX?

Era o que eu suspeitava, a Sony sabia que o XSX era mais potente e tá disponibilizando HZD no PC para ver a quota de mercado, se der certo aplica a tática da MS nesta geração.

O que reforça mais a minha ideia de pegar um console de nova geração a partir do 3° ano (ano que acaba minhas prestações da casa) a preferência ainda é pelo PS devido os jogos ex-clusivos ainda estão (espero) por lá. Xbox só Forza me atrai.

Andrio
Andrio
Responder a  Livio
6 meses atrás

Outros pontos….
Tinha rumores apontando que a sony estava com problema para fechar o valor do ps5 e problemas com aquecimento. Quero só ver como ela vai resolver isso.
Me parece que o ps5 foi meio que pensado like ps4 pro.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Livio
6 meses atrás

Já tô torcendo pra os jogos irem pro PC mesmo. Todos.
Aí podem enfiar esse PS5 onde quiserem.

Rui Teixeira
Rui Teixeira
Responder a  Livio
6 meses atrás

Com a diferença que a PS3 era mais potente, e a Sony soube aproveitar essa potência extra para lançar exclusivos estonteantes. Para a PS5 ainda pode lançar jogos estonteantes, e certamente o irá fazer, mas a dúvida de que serão exclusivos temporários vai pairar no ar por muito tempo.
Num comentários que deixei mais acima, acho que a consola da Sony também será mais cara. Isto porque aquele SSD personalizado, o sistema de refrigeração e o chip de som, devem aumentar o preço de produção. A MS ao ir por algo um pouco mais convencional, muito provavelmente, o preço de produção não será tão alto, e ainda se pode dar ao luxo de acarretar alguns custos. Com tanta burrice da Sony, começo a acreditar que a PS5 será entre 50 a 100 euros mais cara.

bruno
bruno
Responder a  Rui Teixeira
6 meses atrás

Exactamente. A PS3 era a mais potente, a mais costumizada e produziu coisas naquela geracao que a 360 nao conseguiu repetir. Basta ir a Uncharted e ver.

Relativamente ao Preco… nao sei. Ha costumizacao, mas apenas num controlador que esta imbutido no chip principal. Tudo o resto a MS tambem tem. Sobre a refrigeracao, teremos que ver.

Ha uma coisa curiosa…. ele nao falou de resolucoes alvo ontem.

Rodrigo
Rodrigo
6 meses atrás

A corrida pelo console mais potente agora foi definida, ainda sim a Sony construiu uma máquina muito poderosa. Uma nova geração de verdade agora sim está se materializando. O comentário que eu postei a 11 dias atrás, descrevendo a configuração da PS5, baseado nos rumores de Gonzalo e Oberon foram quase 100% certeiros. Com uma pequena diferença no clock da cpu, da gpu e o tamanho do SSD. No final das contas, aqueles rumores de Gonzalo e Oberon que afirmavam ser a PS5, estavam certos. A Sony vem fazendo alterações no clock da GPU de pré-produção. Provavelmente a PS5 vai ter um custo menor, e isso talvez seja uma vantagem a favor dela. Agora falta saber a respeito do Xbox Séries S ou Lockhart. Será que ainda vai ser apresentado?

José Galvão
6 meses atrás

Mário, uma pergunta, achas que a Sony meteu a pata na poça ou isto tem muito que se lhe diga?

bruno
bruno
Responder a  José Galvão
6 meses atrás

É que nem tenhas dúvidas.

Pode chegar a altura e a Sony ate pode produzir jogos de cair o queixo.

Mas houve muita coisa errada ontem e, na minha opiniao, ja comecaram a perder e tem que, o mais rapidamente possivel, acertar a mensagem. Isto e o total oposto do que fizeram em 2013. Em 2013, apresentaram o novo comando e apresentaram os graficos expectaveis em fevereiro. Agora comecam com o hardware mas nao chegam mais longe e parecem estar a ser apanhados de surpresa em areas para as quais ja se deviam ter preparado muito melhor.

A potencia bruta (algo que no fim nao deve fazer muita diferenca tendo em conta as velocidades de acesso a memoria);

Retrocompatibilidade – grande fail por parte da Sony e e algo que eles tem que corrigir e ser claros, ja. Nao ha desculpas quando ja tens emuladores PS3, PS2 e PS1 a funcionar no PC. Isto e uma enorme vantagem na Xbox e, isto sim, um grande servico aos jogadores. chegar a esta altura e ainda andar completamente dependente do hardware para correr o jogo e ridiculo!

Gerenciamento do armazenamento interno: aqui nao sei qual sera melhor, mas a Xbox parece ser melhor organizada. Primeiro a ma noticia: so podes fazer upgrade para um SSD e nao podes usar HDD. Ora eu desconfio que por menos de 80 euros nao podes fazer upgrade. Se fores adquirir por ti proprio pagas 100 euros neste momento. A Xbox basicamente anunciou cartoes de memoria proprios, de pelo menos 1 Tb. A Sony, compreensivelmente dado que nao quis repetir o que se passou com a Vita, nao anunciou cartoes de memoria proprios, dando liberdade ao jogador para fazer o upgrade. Problema: so podes fazer upgrade para SSD m.2 que suportem standard proprios como o pcie 4.0 e tem que ter dimensoes especificas. Ora eu nao sei o que saira daqui. Sera que a Xbox conseguira reduzir o preco das suas expansoes (eles entraram em parceria com a seagate), ou sera que acabara como a PS Vita? E a da Sony, deixando isso ao criterio do jogador, quantos problemas ira causar?

Depois, e um enorme fail, a velocidade de acesso ao SSD da Sony ja foi ultrapassada pelos novos SSDs para PC. Eu esperava algo muito melhor com base na patente que eles registaram (em que podiam ir ate aos 20 Gb/s).

O que vi ontem foi isto: uma empresa primariamente preocupada em cortar custos e que pareceu apanhada de surpresa com o que o mercado de componentes esta a oferecer. Cada vez continuo mais na minha, o lancamento deveria ter sido programado para 2021.Ja o afirmava em 2016 quando os rumores de 2019 comecaram a surgir, ja o tinha defendido dizendo que nao havia novidades nos GPUs que justificassem uma nova geracao. Estas consolas, e incluo aqui a XsX aprecem capadas ate no RT.

Houve um comentario curioso do tom warren, ha tempos atras, sobre o panico que o Stadia provocou nas fabricantes de consolas e se for esse o caso… a Sony parece ter metido a pata na poca e de que maneira.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  bruno
6 meses atrás

Também poderia ser!
Mas a MS e a Sony teriam que adiar ambas as consolas, para isso acontecer.
Relativamente as consolas, acho que estão suficientes para a próxima geração.
Só tenho pena a ps5 não chegar aos 11Tflops sem ser necessário um bost adicional

AlexandreR
AlexandreR
6 meses atrás

Eu estou curioso com a nova Gen! Temos 2 consolas bastante interessantes, com diferentes abordagens. Uma focada em performance e outra focada em velocidade!
No meio da geração, teremos uma consola com 4K nativos e noutra uma solução que poderá ser próxima dos 4K. Mas também iremos ter loadings mais reduzidos numa do que noutra.
Só a meio/longo prazo é que iremos saber quem escolheu melhor.
Ainda não percebi foi os tflops da ps5.
Os 10,28 tflops é um bost com várias limitações ou não tem limitações ? E teremos um cpu auxiliar para os download e atualizações?

bruno
bruno
Responder a  AlexandreR
6 meses atrás

São 10.3 com a velocidade máxima.

Daniel Torres
Daniel Torres
6 meses atrás

Mário vendo o anúncio com mais calma me vinheram algumas dúvidas.

A primeira delas é do jeito que o Mark Cerny falou a respeito dos 36cus e do alto clock aparentemente isso não será um problema para a próxima gen e ai é que veio minha dúvida como o ps5 poderia se beneficiar de altos clocks em relação a Xbox SX?

Depois eu fiquei com uma pulga atrás da orelha quando ele referiu bem rapidamente o raytracing, me pareceu algo que ainda não esta acabado na consola, eu gostaria de saber sua opinião sobre essa parte.

E minha ultima dúvida apesar dele ter explicado por um bom tempo como funcionaria, em termos mais práticos como o ssd pode beneficiar os jogos além dos loadings e carregamentos de textura?

Agradeço se puder me ajudar com essas dúvidas =D

Andrio
Andrio
Responder a  Daniel Torres
6 meses atrás

Minhas duvidas também daniel

Rui
Rui
6 meses atrás

A questão do preco sera fundamental.

E a lockhart ainda faz sentido? Eu julgo que sim.

E ja agora as velocidades do cpu e gpu foram confirmadas como locked como na X ou o cpu e o gpu podem ter de baixar a frequência? E que tenho andado a ler que os 3.5 no cpu baixam o gpu para 9.2 tf.

O ssd da ps5 realmente é overkill em velocidade em espaço é vergonhoso e em certos jogos pode fazer sentir toda a experiência mais fluida (gtavi por exe) no carregar o mapa do jogo, no fast travel.

Mas a X tambem tem um bom ssd e a experiência é anos luz do disco da xbox one.

E fica a pergunta para que um ssd tao rapido e caro julgo eu? Fala se numa solução equilibrada mas a sony apostou as fichas todas no ssd e na refrigeração aparentemente deixando principalmente o gpu para tras.

Daqui a 7 anos e imaginando que nao haverá consolas mid gen, o poder da X nao faz mais sentido? E mesmo que haja mid gen a sony vai continuar atrás a geração toda na performance.

Ao menos vamos ter consolas com conceitos diferentes para apimentar a coisa.

Carlos
Carlos
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Markcerny falou que cai 10%.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

No vídeo. Eu também ouvi 10% se não me engano

By-mission
By-mission
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

“The question is, what happens when the processor does hit its power limit and components down-clock? In his presentation, Mark Cerny freely admits that CPU and GPU won’t always be running at 3.5GHz and 2.23GHz respectively.

“When that worst case game arrives, it will run at a lower clock speed. But not too much lower, to reduce power by 10 per cent it only takes a couple of percent reduction in frequency, so I’d expect any downclocking to be pretty minor,” he explains. “All things considered, the change to a variable frequency approach will show significant gains for PlayStation gamers.”

https://www.eurogamer.net/articles/digitalfoundry-2020-playstation-5-specs-and-tech-that-deliver-sonys-next-gen-vision

Edson
Edson
6 meses atrás

O ps5 será mais barato, com uma revolução técnica com o som e o ssd ultra rápido, ou seja, a minha escolha! O ps1 dessa nova geração!

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Edson
6 meses atrás

Eu também compraria apesar de tudo o Playstation 5 por conta dos jogos mas, que tá difícil aceitar essas decisões tá.

Essa empresa tem quase um monopólio e de repente, quer economizar sei lá… Caramba, esses caras tem horas que eu não entendo se é arrogância ou alguma coisa obscura que não chega ao público.

Na minha humilde opinião, esse projeto do PS5 é uma estratégia ruim a nível de merchandising e psicológico. Pode até funcionar direitinho mas o estigma não desaparece, ele ficará lá como uma cicatriz enorme na face.

A gente nunca tira o pé, principalmente quando seu principal produto está em jogo. Nunca entraria numa guerra sem me assegurar que meu equipamento é na pior das hipóteses, equiparado ao do adversário. Que dia a Coca Cola deu refresco pra Pepsi? Nunca! Merchandising deles é agressivo mesmo sendo o lider incontestável.
EUA não tem pares em equipamento militar, porém pesquisa e manutenção recebem orçamento várias vezes maior que o dos outros. É assim que se é um lider, nunca abaixa a guarda, nunca pega leve.
Por isso a Sony tem a bancarrota sempre na esquina e uma JP Morgan, Berkshire hathaway ou mesmo uma Microsoft estão com dinheiro de sobra e crescimento constante, eles chegam a ser imorais na agressividade de mercado.

A Sony tem talento de artista lendário nos jogos mas não tem competência necessária na selva do mercado.

By-mission
By-mission
Responder a  Carlos Zidane
6 meses atrás

Faço das suas palavras as minhas..
Mas como o próprio Mário já me disse estamos movidos a paixão, digo é mais emocional que a lógica!

A Sony está a tentar fazer o melhor no target preço que eles conseguiram, pois na teoria você pode pegar um Intel I9 e uma RTX 2080TI e jogar os dois em uma caixa e pronto, vender este console por $3000,00 dólares…

Num mundo ideal sim a Sony teria um console igual ao Series X, só que no mundo real a gente veria o preço a se pagar, digo eu não sei oque a Microsoft ou a Sony vai dar de subsídio em cada console mas se for qualquer coisa acima de 100 dólares fica evidente que seria melhor gastar isto em seus estúdios First Party…

Digo a Sony quase faliu por culpa da PS3, apostaram alto e todos sabem que foi por muito pouco que não perderam tudo…

Aqui está a diferença que tantos gostam de sempre mencionar a empresa mais rica do mundo tem um pequeno negócio de consoles que se der certo bem se não der amém (compra da Nokia) e a outra que tem um grande negócio de consoles e luta pra sobreviver com este negócio pois todo o resto está a afundar…

Quem vc acha que está a apostar mais?

A Sony com 10 teraflops
Ou
A Microsoft com 12 teraflops

Edson
Edson
Responder a  By-mission
6 meses atrás

Brother, amei as specs do ps5! Para mim será o limite entre hardware de topo e preço acessível!

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  By-mission
6 meses atrás

By Mission, sua pergunta é esperta mas eu não caio nessa. A Sony errou.

Edson
Edson
Responder a  Carlos Zidane
6 meses atrás

Carlos, me permita discordar, se possível! PlayStation sempre foi sobre acessibilidade, facilidade de programação, preço, jogos incríveis e técnicas que avançam a indústria. O ps3 foi a exceção a regra e deu no que deu. Com o ps4 , a Sony não fez nada grandioso em specs, mas a MS tropeçou! O ps4 me lembra o ps2, um console bem popular e que nada revolucionou. O ps5 ao meu ver é o ps1! É a Sony fazendo algo similar ao ps4 mas com a diferença de inovar ( som 3d e principalmente o SSD) eu nunca gostei de pc e vejo que alguns aqui, não negam o sangue latino, pois são muito sentimentais e querem achar desgraças onde não têm. Po, desde quando o ps5 tem que ter hardware ultra potente para fazer bonito? Desde quando o ps5 terá todos seus jogos no pc? Será que a retro com ps1, 2 e 3 são tão importantes assim ou estão entrando na narrativa de caixistas? Os caras não recebem um AAA de peso, inovador desde o Alan Wake na geração passada. Será que é mais importante receberem triplo A como Ghost of Tsushima ou terem retro? Eu gosto da retro, mas sei que defendem essa narrativa ( os caixistas) pelo simples fato do play não ter. Será msm que 8, 9 ou 10 tflops de rdna 2 não é suficiente? Alguém aqui sabe como funciona o rdna 2? Será que Mark Cerny fez uma conferência ruim pq ele falou para… Desenvolvedores. A GDC sempre foi para desenvolvedores, onde a MS fez o msm hj e ninguém viu! Será msm que a Sony tem que anunciar, mostrar o ps5 pq a MS fez isso antes? Sério, estão se preocupando com isso, onde o diferencial de um console são jogos, onde a Sony vai lançar Ghost of Tsushima, Tlou 2, Nioh 2, FF7. Lançou Dreams com 89 de metacritic, Persona 5 Royal com 96 de metacritic, mas estão preocupados com o series X, que terá quase 2 anos de seus jogos no one, que terá poucos AAA por conta do game pass e que não mostram nada relevante AAA há anos. Carlos, acredite: Ps5 será referência em gráficos nessa geração que está por vir!

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Edson
6 meses atrás

Não duvido que o PS5 se bobear até leva a geração Edson. Mas pra mim não é fácil aceitar erros sem apontar o que me incomoda, e esse projeto deles pra mim é porco assim como o PS4 Pro, não sei se leu meu comentário de antes onde eu disse que o Series X não me empolgou, agora imagine esse PS5. O PS3 era uma arquitetura bem complicada, mas agora com X86 64 não tinha erro, não seria fim do mundo nenhum pra eles um subsídio maior e acabar com a concorrência abocanhando mercado deles, invés disso, abriu uma bela brecha pra concorrência lhe roubar clientes.

Não concordo e claro, respeito quem pensa diferente e gosto de ouvir vossas opiniões.

bruno
bruno
Responder a  Edson
6 meses atrás

@Edson, eu nem quero entrar nos detalhes de quem defende a retro e porque.

Eu defendo retro e relembro que a PS2 era retrocompativel com a 1 e isso foi um dos seus pontos de venda e pode ter motivado o seu sucesso e grande adopcao face as concorrentes. E olha que eu usei bastante a caracteristica dado que parte do catalogo que joguei nessa consola era da PS1. E digo mais, a retro deixou de ser um anuncio nao apenas porque nao interessa, mas tao simplesmente porque nem as concorrentes a ofereciam. A PS3 tentou ter retro e deixou de ter devido a problemas com custos. A ps4 nao teve retro dado que ninguem queria colocar la o cell e o rsx que seriam custosos, mas relembro que ate o Cerny fez questao de afirmar que foi uma decisao dificil de tomar, o cortar dessa caracteristica. No entanto nem a Xbox ONE na altura teve retro, por isso nao motivou muita diferenca… e depois quando teve, a geracao ja ia a meio e a Xbox corotou forte e feio nos exclusivos, algo em que a PS apostou.

A retro e um grande ponto de venda, tao simplesmente porque compoe o teu catalogo e te permite uma grande bibioteca de jogos day 1. Pior, diminui a hesitacao do cliente ao fazer upgrade. Nao ter retro a funcionar e mau, muito mau neste aspeto. Repara, a alguem que vai comprar uma consola qual recomendas: uma com uma dezena de jogos de nova geracao, ou uma com uma dezena de jogos de nova geracao e com milhares de jogos da geracao anterior que ainda por cima, podem ter melhorias graficas incluidas (como a MS anunciou e demonstrou)? Era facil fazer uma decisao para a PS4 em 2013, quando esta acabava de acabar com chave de outro a PS3, tinha entregue excelentes jogos havendo a promessa de mais e melhor e a consola se sabia ser melhor em temros de performance e mais barata. Em 2020, a decisao nao sera assim tao facil. O que eu vejo sao muitas incognitas em cima da mesa.

Vitor PG
Vitor PG
6 meses atrás

Xbox mais forte por 2 tflops, grande diferença, specs bem equivalentes desses novos consoles mas ainda assim quem terá os melhores gráficos será o PlayStation visto q o one x nem IGUALA o grafismo do PS4 BASE, mendigaria exige corte nos investimentos e por isso os PlayStation tem jogos relevantes na indústria e o xbox… bem continua lutando pra não ficar em ultimo novamente em mais uma gen

Edson
Edson
Responder a  Vitor PG
6 meses atrás

Exatamente Vitor!

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Edson
6 meses atrás

Eu só tenho receio que a ps5 parece um avião a descolar, quando liga as aventoinhas…
A pa4 e a ps4 pro são barulhentas e a ps5 irá pelo mesmo caminho.

bruno
bruno
Responder a  AlexandreR
6 meses atrás

Entre tudo o que foi dito, uma das preocupacoes do Cerny foi precisamente o sistema de dissipacao do calor. Aguardemos.

Felipe Leite
Felipe Leite
6 meses atrás

Ainda vejo um caminho para a Sony continuar a dominar o mercado.
Se eles assumirem o prejuízo e baixarem o preço.
Caso a consola venha por 399€ como foi a ps4, não vejo a Microsoft com a consola mais poderosa a igualar o preço.
Mas é apenas especulação, estou só a divagar.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Felipe Leite
6 meses atrás

A questão aqui é que as consolas tem diferentes abordagens na criação da nova geração. A Xbox que pretende performance e a ps5 que tem o intuito de ser a mais rápida.
A única vantagem na Xbox SX é o marketing relativo aos tflops onde existe superioridade
Mas ainda não poderemos dizer qual das 2 é a melhor, porque também há a questão da estabilidade da consola em si.
Não só as abordagens para as consolas foram diferentes como também a estratégia para as mesma será diferente.
Dum lado teremos a Xbox SX que não terá exclusivos durante 1/2 anos e por outro lado, a Ps5 que irá atacar em força na nova geração com exclusivos.
Se ambas forem a 499€, mas na ps5 terás Horizon zero dawn 2 com gráficos e física nunca antes vistos e na Xbox SX terás um Halo que poderás jogar na tua Xbox one….

nETTo
nETTo
6 meses atrás

Bom dia, vamos começar o dia com esta provocação básica:

“https://www.eurogamer.pt/articles/2020-03-19-programador-de-24-titulos-aaa-diz-que-os-teraflops-nao-significam-nada”

“Como programador há mais de 15 anos com 24 títulos triple A lançados em todas as máquinas da Nintendo, Microsoft e PlayStation, nem eu nem outra pessoa na minha área alguma vez usamos teraflop como uma unidade de medida de qualquer tipo. Abandonem a palavra, é totalmente sem sentido,”

“O que é importante para a qualidade dos jogos em novo hardware: bons devkits, os mais recentes compiladores C++ e de shaders, um excelente leque de ferramentas de CPU e GPU, tempos de iteração rápidos, sem gimmicks,”

que comece o cancelamento desse inergumeno kkkk

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Ele pode dizer isso, mas a Sony explorou muito bem essa diferença de teraflops em 2013, quando o ps4 veio com 1,84 teraflops e o xbox one com 1,31. A digital foundry salientou muito essa diferença em vários artigos, afirmando que a Xone era um console inferior porque vinha com menos teraflops. O discurso agora está mudando.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

E diga-se de passagem que a Xbox ONE base se confirmou como inferior. E agora passados estes anos e esta geracao, verificou-se que foi um aviso que muitos clientes deviam ter escutado, dado o que custa a consola acompanhar o resto.

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  bruno
6 meses atrás

Então baseado nesse raciocínio, a Playstation 5 é um console inferior? Porque a sua GPU tem menos teraflops? Será que vai se confirmar dessa maneira? Será que a Eurogamer vai explorar isso, assim como fizeram com o Xbox One e o PS4 desde 2013? Esse programador com mas de 15 anos de experiência diz que essa diferença de teraflops não faz diferença, mas sites como Eurogamer sempre salientaram e exploraram essa diferença de teraflops, a favor do PS4, claro.

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Há muito tempo que eu acompanho e leio os artigos e as noticias da Pcmanias, na minha opinião é o melhor site em português para informações de hardware, software, consoles, games e etc. Outros sites costumam dar informações muito genéricas, mas aqui as coisas são mais aprofundadas. Quando eu me referia ao console inferior baseado em teraflops eu estava respondendo ao comentário do Bruno que disse que o Xbox One se confirmou como inferior.

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Essa questão do preço Mário se aplicava em alguns mercados, em outros não, aqui no Brasil por exemplo a PS4 sempre foi mais cara que o Xone. Essa questão da ESRAM é verdade que foi um problema, por causa do seu tamanho, mas alguns estúdios souberam lidar muito bem com ela desde o começo, o Foza Horizon 2 de 2014 é um exemplo, muito elogiado pelas técnicas avançadas de renderização rodando a 1080p com 4xMSAA anti-aliasing. Como a Playground Games conseguiu extrair tanto do Xone desde o começo? No caso do PS4 Pro e do Xbox One X a Microsoft tentou sim explorar essa diferença de teraflops, mas a imagem da plataforma já tinha sido muito afetada pelo lançamento e as enormes críticas de 2013. O Xbox One original não foi substituído pelo One X, as comparações de resolução e teraflops continuaram. A Digital Foundry escreveu um artigo no ano passado com enormes críticas ao Xbox one, ainda salientado em 2019 essa diferença da GPU menos capaz e resolução.

https://www.eurogamer.net/articles/digitalfoundry-2019-xbox-one-s-is-falling-behind-but-could-shape-the-future

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Nessa questão do preço, a carga tributária é a mesma para os consoles Mário, a diferença é que no lançamento o Xbox one era mais barato por ter fabricação local, e assim adquiriu os incentivos fiscais. o PS4 era importado. Mas o varejo no Brasil costuma vender também o console importado mesmo com a fabricação local. Se você comparar os preços do Xbox One importado e o PS4, até hoje o PS4 é mais caro por aqui. Esses artigos que você sugeriu eu já tinha lido há muito tempo, sempre gosto de ler os artigos da Pcmanias. Você reconhece que é possivel extrair grandes performances do Xbox One, mesmo com o tamanho limitadíssimo da ESRAM, que é o maior empecilho do console, o problema é que vai envolver mais tempo, investimento em técnicas personalizadas, maior custo, e assim boa parte dos estúdios não estavam dispostas a fazer isso. Era mais fácil para os estúdios reduzir a resolução no One por uma questão de tempo e custo. Resumidamente não é isso?

João Magalhães
João Magalhães
6 meses atrás

Parece que a Sony seguiu uma abordagem mais econômica na construção do HW mas que procura ser eficiente e compensar alguns gargalos.Agora sobre o alto Clock da GPU seria interessante especular se foi uma escolha conciente de Design ou uma resposta aos vazamentos de especificações do XSX no desenvolvimento…

Foi interessante ler sobre a primeira parte da filosofia por trás do PS5 na Digital Foundy,e está para sair um novo artigo com uma entrevista com o Mark Cerny.

Agora, que o Console foi feito visando um custo mais baixo isso não há dúvidas….mas por outro lado vai ter que mirar em um sistema de dissipação de calor eficiente e que pode ser caro,e também o investimento no super SSD pode ter sido também caro.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

É esperar que a consola saia a 399€
Um exercício que fiz:
1,84*2,283= 4,2 (performance da Pro)
4,2*2,283= 9,59

Se os 9,2 tflops são a base da ps5, houve um maior salto da ps4 para a ps4 pro do que a ps4 pro para a ps5!

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
6 meses atrás

As a 15 year+ games programmer with 24 triple-A titles released on every Nintendo, Microsoft, and PlayStation machine under the sun, neither I nor anyone else in my field has *ever* used “teraflop” as a unit of measurement of any kind. Just drop the word, it’s utterly meaningless

Matt Phillips…não sabem quem é? Investiguem

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
6 meses atrás

“What’s important for the quality of our games in new hardware: good devkits, the latest C++ and shader compilers, an excellent suite of CPU and GPU profiling tools, fast iteration times, no gimmicks.”

“Lots of RAM, and as modern a CPU and GPU as is reasonable certainly helps, depending on the type of game you’re making, but we’ve hit the ceiling for visual fidelity vs. time/budget/staff requirements, and bigger specs won’t solve this.”

Matt Phillips

error: Conteúdo protegido