As taxas de Trump sobre a China podem afectar a China… mas o povo Americano vai sofrer com isso. E tal pode ajudar o streaming a arrancar.

Independentemente de perspectivas políticas sobre se tal atitude é certa ou errada, o certo é que quem vai sofrer com as taxas nos produtos chineses não será apenas a China, mas igualmente os Norte Americanos. E tal pode ajudar o streaming, que não requer hardware específico, a descolar.

Convenhamos que a taxa de 25% aplicada a produtos chineses vai diminuir as exportações chinesas para os EUA. Mas o facto é que muitas delas vão continuar por muito tempo, até porque não só não é fácil arranjar fornecedores em outros locais, como alguns produtos não são fáceis de se arranjar em outros locais.

E se as taxas vão certamente cortar a entrada de produtos chineses nos EUA, a realidade é que os produtos Americanos também vão deixar de entrar na China. Por exemplo, a soja que os EUA exportavam para a China levou um enorme corte pois a china tarifou também os produtos Norte Americanos, e como tal a Soja de outras partes do mundo tornou-se mais barata. Isto representou um corte de 9 mil milhões de dólares (9 biliões na moeda Americana) em exportações Norte Americanas que tem de ser absorvido por não outros que os produtores Americanos.

Outro exemplo é o ferro! Os EUA importam imenso ferro e alumínio da China, e as alternativas, apesar de existirem estão a custar 3 mil milhões (3 biliões na moeda Americana) de dólares a mais, por mês. É um custo que os americanos estão a ter de suportar do seu bolso!

A industria do calçado será a que mais sofrerá. 173 produtores, incluindo a Nike, pediram a Trump que não abrangesse a industria do calçado, mas sem efeito. O aumento previsto no custo do calçado é de 7 mil milhões (7 biliões) por ano, que os Americanos terão de desembolsar.





Resumidamente, se é certo que a China vai sofrer, os Americanos também vão. O custo de vida vai subir quer seja porque a taxa se vai reflectir nos clientes, quer seja porque as alternativas são mais caras.

Isto quer dizer que as consolas irão igualmente sofrer. Apesar de as empresas procurarem alternativas fora da china para a produção das consolas, o Vietname surge como a opção mais viável, mas a realidade é que nem esse está a salvo pois Trump avisou já que o Vietname poderá ser o próximo a ser taxado.

Tal situação terá um custo acrescido nas consolas que serão vendidas nos EUA. Em que percentagem é difícil de dizer, mas que o custo existirá, isso é um facto.  Tal poderá ser algo de mau para os amantes do mercado clássico, mas por outro lado, será algo que impulsionará os serviços de streaming por estes não requererem hardware novo.

As consequências do que Trump está a fazer podem ser grandes, e boas ou más, creio que isso vai depender do ponto de vista e tipo de análise, a realidade é que a os Norte Americanos vão ter de abrir os bolsos à carteira em grande parte dos produtos que usam no seu dia a dia. E isso pode ser acabar por ser um incentivo às adesões a mensalidades como a que será praticada nos serviços de streaming onde essas taxas e custos associados não se reflectem.