Compra da Zenimax foi efectivada

5 6 votes
Avalie o nosso artigo

Após a aprovação da UE veio a da U.S. Securities and Exchange Commission, permitindo à Microsoft a compra da Zenimax.

Uma das preocupações dos gamers com a compra da Zenimax prendia-se com as consequências que a aquisição de um distribuidor desta dimensão pudesse ter no mercado. Mas felizmente essa preocupação foi tomada em conta pela UE, que resolveu ouvir terceiros neste processo de forma a que pudesse tomar uma decisão correta e consciente sobre o assunto, ponderando a aprovação da compra, e eventuais restrições a colocar sobre a mesma.

Ora após o término dessas audiências, e a análise das condições de compra da Zenimax, a conclusão a que chegou foi que a situação não representa qualquer risco para o mercado livre, e decidiu assim aprovar a mesma, tal como comunicada pela Microsoft como sendo as regras da aquisição. Ou por outras palavras, sem acrescentar seja o que for ao que foi acordado entre as duas empresas.

O simples facto desta análise e audiência de terceiros ter existido, sem qualquer alteração deverá assegurar o mercado sobre o facto que a autorização de compra foi devidamente ponderada. E mais do que isso não se pode pedir nesta fase.

Nesse sentido foi dado um enorme passo para a efetivação da compra da Zenimax pela Microsoft, tendo ficado a faltar o parecer do U.S. Securities and Exchange Commission, mais conhecido pela sigla SEC, que se pronunciou pouco depois, de forma igualmente positiva.



Desta forma a compra da Zenimax será agora efectivada, e com ela a Microsoft aumentará o número de equipas sob sua alçada para 23, com a promessa de muitos e bons jogos, bem como muitos exclusivos Xbox, mas sem no entanto fechar totalmente as portas dos jogos mais populares a outras plataformas.

 



5 6 votes
Avalie o nosso artigo
86 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Daniel Torres
Daniel Torres
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Fico feliz por tudo ter dado certo, mas me veio uma questão devido ao precedente que abre, por exemplo: se outra empresa digamos a Sony ou a Nintendo quisesse adquirir uma publisher, como a Square Enix ou a EA eles permitiriam? Da mesma forma que permitiram a Microsoft? Ou a Microsoft foi a felizarda de ser a primeira e depois ninguém vai poder repetir o feito?

Outro ponto que me vem a cabeça a Sony vai precisar cuidar de sua plataforma como nunca antes, pois uma compra dessas a nível de marketing pode influir bastante em suas vendas, dai que de novo acho que liberar os jogos no pc em um momento que até a Disney, Netflix, Amazon e HBO+ apostam em conteúdo exclusivo (usei estas empresas como comparação apenas) é um tiro no pé e um tiro que quando for sentido será tarde demais.

Ennio Rafael Costa Lima
Ennio Rafael Costa Lima
Responder a  Daniel Torres
7 meses atrás

Interessante seu comentário, achei bem melhor a comparação com serviços de filmes / séries do que as que o Mário faz com restaurantes. Imagina a Disney deixando a Netflix deitar e rolar com séries e filmes da Marvel e do universo Star Wars com a desculpa de que recebendo dinheiro dos direitos, tem mais verba para investir em conteúdo exclusivo.

Na verdade são mercados diferentes e conteúdos diferentes, eu sei. Sei que os executivos da Sony pensam: “podemos fazer o que quisermos, temos uma base de fans enlouquecidos que vão nos defender e comprar nossos produtos, independente do que fizermos, podemos até fazer remakes picaretas e cobrar preço de jogo AAA novo que eles acham bom”. Mas o mundo dá voltas, só digo isso.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Ennio Rafael Costa Lima
7 meses atrás

Aí que está… Você sabe que tem vários conteúdos da Marvel e outras coisas da Disney em outros serviços, como Amazon e Netflix?

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Sparrow81
7 meses atrás

Sparrow se eu não estou enganado a Disney plus só permite isso em território em que não existe o serviço, mas assim que eles implementam no país em questão eles retiram o conteúdo do Netflix.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Daniel Torres
7 meses atrás

Aqui existe e tem várias coisas da Disney + em outros serviços… Inclusive conteúdo que surgiu em outras plataformas pós lançamento do serviço deles

AlexandreR
AlexandreR
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mais um excelente artigo!!
Será que a Sony vai responder com alguma aquisição??
Eu espero que não. Ela não precisa…
A comprar que seja para acrescentar valor a equipa, como a Insmoniac Games, que foi uma compra de mestre.
A meu ver é dar oportunidade a Bluepoint de se mostrar com um trabalho criado de raiz (bloodborne 2 ou demon souls 2) e se a mesma corresponder em termos de vendas e críticas, compra se.
Gostava muito da Remedy Games, mas não gostei mt das últimas declarações.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  AlexandreR
7 meses atrás

Bloodborne 2 na mão da Bluepoint? Nao, por favor. Eles fizeram um bom trabalho técnico com Demon’s Souls, mas já não é perfeito (Boss ridículamente fáceis em comparação com a caminhada até eles). Se um dia a Bluepoint for comprada, antes de dar uma franquia já estabelecida na mão dela para arriscar, que se faça um jogo novo, de criação deles do zero, para serem provados. Fazer remake é uma coisa, criar algo do zero é completamente diferente.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Sparrow81
7 meses atrás

Sparrow concordo com você, eu vejo muita gente colocando a blue point como uma dev de topo, mas honestamente ela só se limita a melhorar gráficos e resolução, eu percebi isso no Shadow of the Colossus, que graficamente é lindo, mas tem os mesmos problemas do jogo de ps2, o Uncharted collection só aumentaram a resolução e fps, pois os modelos do nathan eles aproveitaram os do 3 e o Demons pelo que tenho visto é a mesma coisa do ps3, salvo algum balanceamento, então digo que concordo 100% com você quando diz, para eles se provarem primeiro com um bom jogo.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Sparrow81
7 meses atrás

Bloodborne 2 pela Bluepoint seria uma forma do estúdio se provar. Eu também acho que eles trabalham só os gráficos, mas não fazem verdadeiros remakes, eu classificaria como remaster+. É o mesmo design, mesmas mecânicas que podem se sentir ultrapassadas e gráficos de ponta.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

Dar uma IP consolidada por um público para uma empresa como seu primeiro jogo criado??? Isso é total loucura em todos os sentidos. A ND, Santa Monica, Rockstar não começaram suas trajetórias na indústria com sucesso!! Um Stúdio precisa passar um longo período de amadurecimento. Para Bluepoint se provar, tem que começar com criação de IP deles, criada do zero, não pegando algo já pronto e de repente cagar em TUDO que os fãs da franquia fizeram dela o que é.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Sparrow81
7 meses atrás

Foi o que fizeram com o Coalition!! Relativamente ao gears. Criaram um estúdio novo, para fazer jogos da franquia.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  AlexandreR
7 meses atrás

E no que Gears virou? Gears não é nem sombra do que já foi. Eu não quero que aconteça o mesmo com Bloodborne

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

Penso da mesma forma. O público está ansioso por uma sequela de bloodborne. E é muito difícil ser realizada pela From software. Se a Bluepoint tiver interesse e a sequela for tão boa como a original, é compra certa.
Como é evidente, podem criar algo de raiz, mas acho difícil criar um impacto tão grande como uma sequela de bloodborne

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  AlexandreR
7 meses atrás

A Bluepoint é uma compra quase certa. A Remedy quer ser multiplataforma, eles tem recebido muito investimento externo nisso e agora tem acordo de publicação com a Epic. Eles podem eventualmente continuar fazendo as ações de marketing com o Playstation como eles tem feito para Control que é uma tentativa de desassociar o estúdio como exclusivo do Xbox, mas curiosamente esse ano eles estarão entregando mais um exclusivo do Xbox… Isso me da alguma esperança de que ainda existirá Quantum Break 2 em algum momento já que o IP é da MS.
Mas independente das aquisições, é muito difícil para a Sony ter uma compra que corresponda ao nível do que foi a aquisição da Bethesda, principalmente pelos valores envolvidos. Acho que dificilmente outra produtora será comprada pois devem inflar os preços.

Deto
Deto
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

vc quer quantum break?

pensei que era esses filminhos, tipo skin de leitor de e-mails

e a sony não tem dinheiro para isso, só tem 40bi parados.

Edson
Edson
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Sinceramente, não sei como permitem uma compra dessas. Tirarão todos games que eram multis para serem exclusivos de plataformas que possuam o game Pass ( Como diz o Phil Spencer), me levando a pensar em uma espécie de ” chantagem mercadológica ” feita pela MS do tipo: ” Se não deixar eu colocar o gamepass em sua plataforma, vou te prejudicá-lo!” Infelizmente, é essa a sensação que tenho, mas a compra se mostrou com outros interesses ditos por eles. A Id Tech que será o motor gráfico definitivo, junto com a F Tech. Nessa ” brincadeira” estão tirando os shooters mais relevantes do mercado ( tirando COD, Batlefield e Fortnite) como Doom, Wolfestein e Prey, além de dois dos nomes mais sonantes dos RPGs ocidentais como Elder Scrolls e Fallout, além de outros tantos jogos como The Evil Within ( liderado por Mikami, Co-criador de Resident Evil) e Dishonored, game premiado da Arkane Studios. Eu, particularmente não curto shooters e Rpgs então não somaria nada para eu ter um xbox ou PC e não sei se terá algum estrago na indústria ou se afetará a Sony de algum jeito. Esses jogos da Zenimax são fortes no PC e talvez a compra dessa empresa, passa por ser uma tentativa de alavancar o game pass nos pcs por esses anos.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson
7 meses atrás

Jogos futuros com questões contratuais ou que tem legado em outras plataformas não serão exclusivos… Ora, é só uma questão de interpretação… Quais jogos da Zenimax tem legado no PS? Simplesmente TODAS as IPs da Bethesda! Ou seja, quando fala que a ideia é trazer uma grande quantidade de exclusivos pro gamepass, TB fala que jogos com história em outras plataformas vão continuar sendo multi. Eu realmente acredito que seja a questão da Microsoft Fazer um meio a meio: Jogos exclusivos atendendo o serviço e outros que para continuarem sendo viáveis serão lançados no serviço day one e em outras plataformas.
Só mais um detalhe, a Bethesda não vinha bem financeiramente e já não estava nos seus melhores dias. Fica a questão: Será que a Microsoft, conhecida pelo contrário, vai dar vida nova a empresa? Tenho minhas dúvidas.

Edson
Edson
Responder a  Sparrow81
7 meses atrás

Mas Phil Spencer não disse nada de legado, e sim, que os jogos futuros estarão exclusivos de plataformas com game pass! Essa entrevista foi ontem!

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson
7 meses atrás

Veja a nota oficial. Ele fala sim em legado.

No mais, de três dias atrás, do próprio Phil Spencer. Parece que vocês não conhecem o homem… hahaha

Agora, nomes como Bethesda Game Studios, de The Elder Scrolls e Falloutid Software, de DOOM, Arkane, de Dishonored, e Tango Gameworks, de The Evil Within, pertencem à Microsoft oficialmente. Seus futuros títulos devem aparecer no Xbox Game Pass a partir do seu lançamento. Nas palavras de Phil Spencer, os consoles Xbox, os PCs e o Game Pass agora serão “o melhor lugar para experimentar novos jogos desses estúdios”.

https://www.techtudo.com.br/noticias/2021/03/bethesda-microsoft-diz-que-alguns-jogos-serao-exclusivos-para-xbox-e-pc.ghtml

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Sparrow81
7 meses atrás

Legado significa Fullout 76 e TES Online, jogos MMO que coninuarão tendo suporte. É bobeira esperar um TES 6 no Playstation, não se iluda.

Deto
Deto
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

o que ele falou foi o que ele sempre fala.

para o fanboy do xbox interpretar do jeito que mais aliena ele.

daqui a pouco ele fala que “legado” é a plataforma que DOOM, fallout, evil within, etc venderam mais copias da franquia… ai já viu né?

era bem simples:

todos os jogos já anunciados vão continuar multis

depois todos vão ser exclusivos do xbox e do STEAM.

pq vc acha que ele não falou isso?

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

Isso já é ingenuidade sua, me desculpe.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Edson
7 meses atrás

A Microsoft é dona da empresa, ela teve o ônus de gastar 7,5 bilhões de dólares para isso, e ela tem o direito de fazer o que desejar agora. Eles estão sendo legais em não cortar o suporte dos jogos legados(existentes). A Sony se tivesse feito o mesmo, eliminaria o Xbox da equação imediatamente, e provavelmente seria aplaudida por muitos por estar enfrentando a concorrência.
Não se esqueça que na década de 90 a Sony não era nada nos games e então cheques voaram para todos os lados e muitos jogos com história na Nintendo e na Sega viraram exclusivos do novato Playstation. Hoje em dia a Sony por culpa deles mesmos, não tem o poder financeiro que tinham nos anos 90 e a sua rival não é uma empresa de nicho como a Sega ou a Nintendo. Tenha certeza que se a Sony pudesse, ele já teria consolidado o mercado de games a muito tempo para ter o monopólio.

Deto
Deto
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

não demorou três linhas para ter vitimismo e coitadismo da “Sony malvadona como o coitadinho do xbox”

Felipe Horvath
Felipe Horvath
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

Dinheiro não compra talento.

Marcoshaft
Marcoshaft
Responder a  Felipe Horvath
7 meses atrás

Compra sim. Já viu quantos deixaram os estúdios da Sony. Se fosse assim cristiano Ronaldo na ok trocaria de time

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

Você só pode estar de brincadeira, ou realmente não sabe o mínimo da história. A grande maioria dos jogos exclusivos de playstation 1 naquela altura, foram para o console por limitações que o cartucho tinha. Naquela altura, a Sega já estava praticamente fora da disputa. Foi o CD, a adesão do consumidor ao Playstation e tudo que propiciava que levou as empresas a soltarem exclusivos na Plataforma. É óbvio que houve investimento e parceria com thirds! O console estava nascendo e o próprio XBOX fez isso por muito tempo e faz até hoje. O resto é conversa fiada!

Deto
Deto
Responder a  Sparrow81
7 meses atrás

e não é so o aspecto técnico.

o CD podia ser prensado pelas thirds…. o cartucho do N64 a Nintendo vendia para as thirds.

o CD dava margem de lucro maior, pq a mídia é barata, e o cartucho do N64 não.

na epoca o 007 GoldenEye arrecadou mais que FF7, pq o 007 por ser em cartucho era vendido mais caro que o FF7… Apesar de o FF7 ter vendido muito mais copias.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

voltei para ler… pensei que era meu comentário…

foi outro… e não esse.

mas eu revi o comercial novamente e as frases são, separadas por quadro:

“next gen is ready”
“dynamic visuals AT 1080p 60fps”
“Play Forza Horizon 4 and many more titles”
“all with GP”

todas essas frases são o que aparece no texto, separadas em quadros diferentes.

EITA

https://twitter.com/joshmunsee/status/1371836528457048074

Em minha defesa, até o fanboy profissional Tom “PS5 8tf, mas TF no SS não importa” Warren entendeu como anunciar o SS como 1080p

Livio
Livio
Responder a  Fernando Medeiros
6 meses atrás

Eles (MS) estão sendo legais em não cortar o suporte dos jogos legados(existentes). A Sony se tivesse feito o mesmo, eliminaria o Xbox da equação imediatamente

Que visão de futuro…..

….Sony adquiriu a Insomniac e Sunset Overdrive ainda continua como título do Xbox…

Futuro, palavra chave do Xbox porque a maioria das respostas para o que ocorre é o futuro.

Felipe Horvath
Felipe Horvath
7 meses atrás

Vamos ser sinceros , isso não vai fazer o Xbox mais atraente. Pelo menos na minha bolha , pessoal tá cagando e andando pra bethesda.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Felipe Horvath
7 meses atrás

Também existe uma bolha onde a opinião comum é que todos os jogos da Sony são o mesmo jogo com uma skin diferente: a menina que se esconde na grama e mata robô e assiste cutscene, a menina que se esconde na grama e mata uns zumbis e assiste cutscene, o carinha que se esconde na grama e mata outros caras na selva e assiste cutscene, o samurai que anda na grama e assiste cutscene, o deus da guerra que pisa na grama e assiste cutscene…
A realidade de uns não é a realidade de outros. A compra da Bethesda não influencia em nada os exclusivos do Playstation, e nem a lista dos jogos mais jogados da plataforma.

https://www.truetrophies.com/n19186/playstation-gameplay-chart-march-2021-final-fantasy-vii-remake

Mas ela torna o PC e o Xbox o melhor lugar para quem gosta de shooters e RPGs ocidentais, pois também é o único onde você pode continuar jogando os jogos mais jogados do PS, e do Xbox que curiosamente são os mesmos, os shooters mais jogados do mercado, com o plus de ter Halo, Doom, Wolfenstein e Gears of War, os melhores jogos de carros do mercado, e todos os RPGs ocidentais.

Como eu disse uma vez, se todo mundo que não compra exclusivos do Playstation resolver sair da plataforma, o console não vende 20 milhões de unidades.

Deto
Deto
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

a bolha de skin é a do xbox milgrau.

ainda bem que vc já escreveu isso logo de cara, assim ninguém vai mais ler…

Felipe Horvath
Felipe Horvath
Responder a  Deto
7 meses atrás

Os caixistas são muito sensíveis , não se pode fazer uma crítica sequer que já se ofendem.

Felipe Horvath
Felipe Horvath
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

Eu não disse que sou sonysta , você tirou isso da sua cabeça. E não , a bethesda não tem a mesma relevância de outrora , todo mundo sabe disso. Eu tenho os dois Xbox ( séries s e x ) e um ps5 , então , não preciso escolher uma e defender como se não houvesse amanhã. As opiniões que eu expresso nesse site são de gamer e não de uma pessoa limitada por uma plataforma.

Edson
Edson
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

Eu o entendo Fernando, mas não sei se a Sony faria o mesmo! A MS tem um mau histórico em querer destruir uma concorrência, quando ela não consegue enfrentá-la de frente nos moldes normais. Não vou ficar aqui dando de sonysta fanboy, querendo desmerecer a Zenimax, pois com dificuldade financeira ou não, ainda ela tem as franquias mais renomadas nos RPGs ocidentais, além de ter nomes sonantes nos shooters tbm, porém a MS poderia gastar esse dinheiro em novos estúdios ou novas franquias, mas… Optou por um lado que se virar tendência, será nocivo não só a Sony, mas ao mercado como um todo. Torço para que o André esteja certo e esses games cheguem ao playstation ou até mesmo à Nintendo, mas enxergo que a compra foi muito mais para enfraquecer a Sony do que propriamente para ganhar valor de qualidade com as propriedades da Zenimax. Veremos como desenrolará isso e com a vinda de Starfield, entenderemos aonde a MS quer chegar em estratégia com a Zenimax e como isso afetará ou não as outras empresas de consoles.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Edson
7 meses atrás

Eu estava com saudades do Medeiros e seus contrapontos hahaha. Aqui fala um fã de The Elder Scrolls (acho que existem muitos) e concordo com ele, se a MS lançar as IPs da Bethesda como exclusivas elas tem sim potencial system seller. Mas eu penso um pouco como o Edson, não sei se será uma boa para o mercado. Para a MS foi uma ótima. E, vendo pelo lado bom, pode acabar gerando uma resposta positiva da Sony. Concorrência sempre é bem vinda.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

Playstation vende desde sempre. O que menos vendeu, vendeu mais que o seu rival 360… Vender 20 milhões de unidades de playstation??? Seria um recorde que nem o Xbox (xbox original 25 milhões), com tanto conteúdo ruim conseguiu até hoje. Achismo, mais achismo, mais achismo, mais o fanboy alucinado. Nada de novo no seu comentário.

nETTo
nETTo
Responder a  Fernando Medeiros
7 meses atrás

“Como eu disse uma vez, se todo mundo que não compra exclusivos do Playstation resolver sair da plataforma, o console não vende 20 milhões de undiades”

Fernando Medeiros, 2021

kkkk

Uncharted 4
God of War
Tlou Remaster
Tlou Part2
Bloodborne
Ghost of Tsushima
GT Sport
Rachet & Clank
Infamous Second Son

Vamos fazer um exercício que alguns tem alguma dificuldade em entender. Trouxe uma lista de jogos exclusivos acima, peguem os ultimos dados oficiais de vendas destes jogos e façam a soma, segundo o Fernando Medeiros não da 20 milhões kkk

Foxtrot
Foxtrot
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Como o Xbox não ganha nada? Pelo o quê eu sei a Sony comprou a exclusivadade de dois jogos da Bethesda (e tentou comprar de um terceiro) privando os jogadores de Xbox de jogarem os mesmos por um bom tempo. Comprando a Bethesda a Microsoft impede que situações semelhantes aconteçam no futuro, isso não é uma conquista?

nETTo
nETTo
Responder a  Felipe Horvath
7 meses atrás

Por Incrível que pareça eu sou um consumidor assiduo dos jogos da Bethesda, mas, MAS, e digo mais isso aconteceu numa época de extremos consumismo que passei, comprava muitos jogos por compulsão, e como os da Bethesda sempre foram dos mais baratos eles estão aos montes na minha conta no Playstation e alguns no Xbox.

Mas, dos que joguei não posso citar que algum me marcou, tem alguns bons jogos, outros bem ruins, alguns bugados, outros com aspecto técnico dos piores, enfim, a mim ao menos, a única franquia que faria falta a mim seria o The Evil Within a qual foi a que mais gostei.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Mário Mass Effect pertence a Bioware que é da EA 🤣

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Daniel Torres
7 meses atrás

É verdade ahah
Bethesda tem bons jogos!! Principalmente para quem gosta de FPS.
Mas algum deles é memorável?? Para min não e para muitos igual.

Francis
Francis
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Doom, Quake, Wolfestein, Skyrim, Fallout, The Evil Within, Dishonored e Prey são jogos da Bethesda que acho que muitos já jogaram.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Joguei muito Fallout New Vegas e depois o Fallout 3.
Aí no PS4 compro o Fallout 4 Goty por 80 reais na PSN e joguei para zerar e deu.

Vamos ver… Esses três jogos e com o Fallout 76 simboliza porque a Zenimax foi vendida e o DOOM é a excessão que confirma a regra.

O FO3 da Bethesda inferior ao New Vegas da Obsidiam.

Fallot 4 nem é RPG mais, é um FPS que não respeita o legado da franquia, em 15min de jogo vc já joga com a Power Armor, armadura que dá poder de fogo de um tanque para um soldado com a mobilidade de infantaria… Imagine isso de cara em “um RPG”…

Tecnicamente todos os jogos da Bethesda são lixo…

Fallot new Vegas, skirym e fallot 3 no PS3 sao de nível igual ou pior a cyberpunk no PS4 nesse aspecto, quebrados e nunca foram arrumados.

O pessoal passava pano para os gráficos horríveis e os bugs por causa dos aspectos de RPG, que acabaram no Fallout 4 e viraram uma chacota no fallout 76. Ou seja Bethesda está totalmente queimada com o seu próprio público (eu).

Se eu fosse o dono da Zenimax, com certeza me venderia para a MS

nETTo
nETTo
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Mas Effect não é da Bethesda, Skirym sim

Deto
Deto
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Comprei um Lumia 930 pq ele era muito mais barato que a concorrência (Gamepass) e tinha várias promessas depois da MS pagar 7bi na compra da Nokia.

Muitos paralelos com o xbox?

Ai ontem eu vi o Nadella falando dos tais “3bi” de mercado consumidor de xcloud com gamepass, os “jogadores de celular”

Vou lembrar que o Netflix tem 200M de assinantes e o Disney+ 100M

agora depois dessa lista:

Mas pelo menos dessa vez a MS fez uma subsidiaria para a Zenimax (Nokia) e se o Xbox e GP (windows phone) floparem, não levam junto a a Zenimax (Nokia)

A Sony já que tem a quase 10 anos serviço de streaming de jogos não aposta nisso, mas a MS aposta e acha que vai dar certo…

Uns ai acham que a Sony não tem visão de mercado de jogos igual a MS, google e amazon (isso foi uma ironia, macaco craig e o fiasco dos first stadia e luna são os FATOS e não narrativas.)

o google com o stadia achando que iria acabar com os consoles.
a amazon fazendo “shitstorm” no desenvolvimento de jogos
(1)a MS falando em “console mais poderoso do mundo” e depois tendo que mudar o slogan… Insistindo no Halo Infinite naquele estado.

Todas essas não estão subestimando a Sony, a sony que subestimou a MS com o xbox sx (segundo o windows central)(1) e a Sony que não tem visão para saber que o mercado de streaming é o futuro igual google e amazon…

Se preparem para uns 5 anos com xcloud, stadia, luna todos flopados sem conseguir metade de assinantes que as vendas de PS5, mas ainda assim toda hora vai ter um jornalista do EUA (claro né hahahah) falando do fim dos consoles e nascimento do streaming para a Tia Maricota que joga “jogo de gatinho no celular” jogar Fallout 5.

Felipe Horvath
Felipe Horvath
Responder a  Deto
7 meses atrás

Aquele evento de ontem foi uma palhaçada … Forçaram muito a barra pra fazer parecer que a bethesda é a melhor desenvolvedora do mundo ( nunca foi e agora tá pior do que nunca , só flop e com dificuldades financeiras ).

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Deto
7 meses atrás

Melhor comentário já feito por você aqui. Parabéns.

Francis
Francis
Responder a  Deto
7 meses atrás

A Microsoft não mudou o slongan do Xbox Series X, tanto que tem vídeos no dia do lançamento em que falam que o Xbox Series X é o console mais poderoso do mundo. De resto, não há como negar a importância da aquisição da Bethesda com futurologias de que o Xbox vai sofrer no futuro.

Sephirot
Sephirot
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Pessoal, o Phil Spencer é um executivo, é claro que no passado ele tinha o discurso de que “os jogos exclusivos não importavam”, que ele “gostaria de unir os jogadores de ambas as plataformas”, ele precisa fazer a sua estratégia sempre parecer a correta para os acionistas, e o XBOX estava em uma situação muito mais fragil naquela época, a Microsoft não é boba, sabe muito bem jogar esse jogo, ela não esta mais em posição desfavorável como na geração passada, podem esperar uma divisão XBOX extremamente agressiva e possívelmente até nociva, não se iludam com novos grandes jogos da Bethesda como TeS 6 e Fallout 5 vindo para o PS ou para a Nintendo, bastou o Phil assumir uma posição mais confortavel em relação aos jogos firsty party que o discurso mudou completamente, o que podemos fazer é torcer para essas aquisições pararem por ai, não quero pensar em como vai ficar o mercado se a Ubisoft, Rockstar ou grandes publishers continuarem a serem adquiridas, portanto nem se apeguem a palavras como “some” ou “legacy”, o discurso dele ontem foi bem claro….agora a Sony precisa enxergar o que esta acontecendo e ser mais agressiva, ela vai ter que contar com o seu time firsty party mais do que nunca.

nETTo
nETTo
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Mas isso também vale para os times do Xbox Game Studio Mario

Deto
Deto
Responder a  nETTo
7 meses atrás

primeiro vc tem que ter um estúdio bom, depois expande.

vc acha que dobrar o tamanho da i343 vai melhorar?

só vai ser mais gente para demitir depois para fazer uma reestruturação ou fechar.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Não sabia que a Bend estava a criar uma segunda equipa. Estou curioso com o próximo projeto deles. Acredito que podem chegar ao nível da Sucker Punch nesta geração se continuarem a evoluir. Foi pena os Buggs terem estragado o lançamento e o Hype do Days Gone.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Desde que seja um crescimento consoante as necessidades do estúdio. E que seja para melhor a qualidade do mesmo.
Contratar só porque sim, as vezes não dá mt resultado. Tem que sempre haver boa gestão e boa organização.
E a Bend nesse sentido, não parece lá mt bem organizada. Days Gone é um jogo interessante que não devia ter saido na altura que saiu.

Daniel
Daniel
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Todos os estúdios tanto Sony quanto Microsoft têm crescido bastante Mário, até porque estamos falando da indústria de entretenimento mais lucrativa não é mesmo. A Inxile que é um estúdio pequeno/médio “ganhou’ uma HQ para 800 funcionários, e por ai vai. Agora com a Zenimax, não acho que a Sony esteja tão a frente em qualidade como muitos vem afirmando ainda, e fazer cada equipe “valer por duas” demanda tempo. Dobrar de tamanho com profissionais qualificados não é lá tão fácil, mas concordo com você que é uma forma de combater/ equiparar com a oferta de jogos que a Microsoft terá. Além disso, comprar IPs “esquecidas/inutilizadas” por publishers como Silent Hill e Metal Gear Solid seja uma outra alternativa boa, e mais alguns estúdios também será bem vindo. Pra quem queria gastar $1 Bi na Leyou, gastar alguns milhões na Housemarque, na Bluepoint, na Bloober Team e até na Remedy não seria má ideia.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

essa ideologia de Gamepass vai mudar muito o xbox…

se vc aplicar isso na Sony, teriamos a Evolution aberta até hoje… pq driveclub é o modelo perfeito de jogo para o GP, GaaS incompleto que vai sendo remendando.

enquanto uma Santa Monica podia ter sido fechada depois daquele suposto jogo cancelado que provavelmente seria SP.

pq a logica do GP não é cancelar alguns jogos e lançar grandes jogos prontos, é lançar tudo sempre para dar volume e remendar depois pq “sai no GP e remendar pode dar publicidade e recuperar o jogo a longo prazo”

tudo que fanboy de xbox hypa acaba voltando pra eles…

hyparam em 2007 “rede on line paga” e hoje tem a live gold com jogos lixos comparados com a PSN Plus

hoje hypam GP, e quero ver se o modelo da MS realmente der certo, jogador casual de celular… se pergunte se o GP para abocanhar 3 bilhões de casuais:

ele vai fazer o casual jogar DOOM ou vai fazer jogo para casual de celular?

eu não me importo, com a MS, desde que ela não influencie o mercado e mude para pior, “casual xcloud de celular”

Francis
Francis
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Mas tem muitos pontos aí, pois a Bethesda tem jogos icônicos e muito premiados, onde Skyrim foi game do ano em sua época e até hoje está entre os melhores RPGs e Fallout é uma saga muito forte em premiações também, a exceção foi o Fallout 76, além dos Dooms (os dois da geração passada concorreram a game do ano), Wolfestein se renovou bem e Dishonored também têm bons prêmios. Além que a Microsoft pode não ter os mesmos anos em experiência de hardware da Sony, mas o primeiro Xbox era muito superior ao PS2, o Xbox 360 teve vantagens em relação ao PS3, o Xbox One X foi mais poderoso que o PS4 Pro e o Xbox Series X é o console mais poderoso da atual geração e a Microsoft vem tentando trazer novidades para seus consoles, além da ligação da marca com o Windows 10 e streaming, então a Microsoft hoje é um nome muito forte na área de games.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Sephirot
7 meses atrás

Complementando o Mário: A Sony está sendo agressiva, só não fica fazendo propaganda o tempo todo, como se montar equipes e adquirir novas fosse mais importante que os jogos!!

  1. Novo prédio Santa Mônica e nova equipe;
  2. Aquisição da Insomniac em 2019 (produz frequentemente novos jogos de 2 em 2 anos);
  3. Novo estúdio Malásia em 2020;
  4. Novo estúdio em San Diego 2020;
  5. Novo prédio para a Guerrilla Games e aumentando equipe (anunciado semana passada);
  6. Naughty Dog aumentando equipe;
  7. Sucker Punch aumentando equipe;
  8. Maior line-up de primeiro ano de um console;

Se isso não é ser agressiva, sinceramente não sei o que possa ser.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Sephirot
7 meses atrás

Concordo que a Sony deve ser agressiva. Mas agressividade não necessariamente significa comprar grandes estúdios. Por exemplo, eu prefiro que ela coloca suas equipes de excelência para produzir mais e arriscar em gêneros diferentes, como fizeram guerrila e Suker punch.
A Sony tem que produzir seu próprio “Skyrim” e “Doom”!

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Marco Antonio Brasil
7 meses atrás

Ghost of tsushima é dos melhores jogos que joguei está geração! Queria um Infamous, mas fiquei parvo com Ghost.
Já não me divertia há muito tempo, tanto como me diverti.
Por isso é que volto a dizer, Bluepoint tem que fazer Bloodborne 2, ou outro IP. E se obtiver sucesso, mais outro estúdio a fazer parte da Sony.
Mas não se pode a andar a comprar e a construir estúdios a maluca. É preciso sustenta los.

Marco Antonio Brasil
Responder a  AlexandreR
7 meses atrás

Concordo. E Horizon foi meu jogo preferido da geração. Gostaria de ver a naugty dog arriscar em um novo estilo no PS5!

Julio Santos
Julio Santos
7 meses atrás

Sou usuário do PS5, mas também tenho PC. Só que confesso que se os games da Bethesda vierem todos na loja da Microsoft então a Bethesda e seus games ficarão só na lembrança pra mim. Que loja ruim! Já perdi save, jogos que não tem suporte a tela cheia, jogos dando stuttering e que não usam a máquina de forma otimizada. No geral minha experiência com game pass no PC foi muito mal, já desisti há tempo!

nETTo
nETTo
Responder a  Julio Santos
7 meses atrás

Microsoft está pondo tudo no steam

Julio Esteves
Julio Esteves
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Eu ficaria otimista com a MS se ela comprasse a Steam! Mas por outro lado isto pode ser um desastre!

Marcoshaft
Marcoshaft
7 meses atrás

Segundo Phil, a partir de agora tirando jogos que já estavam acordados se desejar jogar algo da Bethesda tra que ter uma plataforma com gamepass

error: Conteúdo protegido