A conferência E3 Microsoft – pré análise

0 0 votes
Avalie o nosso artigo

Num dia terrível para acompanhar a conferência da Microsoft (Fim de semana prolongado e passado fora e onde, no mesmo horário, Portugal jogou… E GANHOU, a final da Uefa Nations League – toca a ir para a baixa mal acabe isto), lá consegui fazer um pouco de mustitasking e ver pedaços da conferência da Microsoft, sobre a qual falarei depois (ainda tenho de ver a coisa com mais cuidado e atenção).
Destaco apenas para esta fase o facto de se confirmar que a Microsoft vai usar igualmente Navi, Zen, um SSD acelerado que pode ser acedido como memória, e Ray Tracing por hardware (se me perguntassem eu dizia que estes alunos andam a copiar uns pelos outros ;)).

Como nota relevante, a nível de processamento global, a consola mais potente da Scarlett oferece 4 x mais performance que a Xbox One X (não confundir isto com 24 Tflops 😉 )!

O único trailer de, suposta futura geração foi Halo Infinite, e sinceramente, como promoção a uma futura geração decepcionou bastante.

Mas falaremos mais tarde sobre a conferência, e tenho a certeza que até lá vamos ter muitos comentários de discussão sobre o assunto.





error: Conteúdo protegido