Configurar correctamente a PS4 Pro para as vossas TVs

ps4pro_video

A configuração do tipo de saída de vídeo pode ajudar a resolver problemas e acima de tudo a garantir a melhor imagem possível.

A PS4 Pro possui uma configuração automática para a escolha ideal da saida vídeo. No entanto não se julgue que as opções manuais existem apenas para “encher chouriços”. Elas estão lá para evitar problemas com a imagem, e todas elas são dedicadas a tipos específicos de TV.

Eis uma imagem com as as opções da PS4 Pro.

ps4pro_video

A imagem é capturada offscreen, pelo que pedimos desculpas pela janela ali reflectida!

Temos então aqui uma série de opções de saída vídeo, e vamos analisar cada uma delas!

720p – É um modo RGB progressivo que permite a indexação das cores de todos os pixels em 8 bits de cor (paleta de 24 bits), de forma individual (1:1), e destinado a TVs HD Ready ou com resolução de ecrã 1280×768 ou 1366×768. É a opção ideal a ser escolhida nestas televisões para se evitar problemas.

1080i – Existe apenas por questões de compatibilidade e suporte. Não recomendamos o uso desta resolução excepto caso estejam a ligar a consola à TV por componentes uma vez que é um modo interlaçado (apenas desenha metade das linhas por fotograma, alternando as linhas ímpares e as pares a cada fotograma).

1080p – É um modo RGB progressivo que permite a indexação das cores de todos os pixels em 8 bits de cor (paleta de 24 bits), de forma individual (1:1),e destinado a TVs Full HD. É a opção ideal para estas TVs. Não se esqueçam de colocar a opção de Saída de Cores Profundas em Automático, para poderem tirar partido de paletas de cores superiores caso a TV suporte.

2160p – YUV420 – É um modo YUV 4:2:0, ou seja uma modo não RGB com o sinal a ser enviado com Luminância e Chrominância. Destina-se a TVs 4K e como tal a resolução de ecrã é 3840×2160 mas a imagem, ao ser YUV, é constituída por uma informação de luminância (luz dos pixels) a 3840×2160 e informação de crominância (cor dos pixels) com uma resolução de apenas 1920×1080. É um modo onde a imagem final acaba por não ser 1:1, mas sim 4:1 na informação de cor transmitida aos pixels, que acaba por não ser superior ao obtido numa TV Full HD Standard, e como tal não representa efectivamente o que se pode designar por 4K nativos, apesar de a resolução de ecrã não ser afectada. Este modo simplificado destina-se idealmente a TVs 4K com HDMI 1.4, e que não suportem HDR.


2160 – RGB – É um modo RGB progressivo que permite a indexação das cores de todos os pixels em 8 bits de cor (paleta de 24 bits), de forma individual (1:1),e destinado a TVs 4K sem HDR. É a opção ideal para estas TVs. Não se esqueçam de colocar a opção de Saída de Cores Profundas em Automático, para poderem tirar partido de paletas de cores superiores caso a TV suporte.

Automático – Apesar de poder parecer que este modo é apenas uma escolha automática do que está anteriormente, na realidade ele é muito mais! Ele destina-se idealmente a TVs 4K com HDR e que suportem os modos de cor RGB (apenas em 8 bits de cor), YUV 4:4:4 (1:1) (apenas em 8 bits de cor), YUV 4:2:2 (2:1) e YUV 4:2:0 (4:1), o que inclui as TVs 4K mais modernas e dotadas de HDMI 2.0b.
Este modo trabalha em modo RGB a 4K nativos (apenas em 8 bits de cor) a 4YUV 4:4:4 com a informação de Luminância (luz) e de Crominância (cor) ambos em 3840×2160 quando em modo de imagem normal (4K nativos – 1:1 – apenas disponível em 8 bits de cor), em modo YUV 4:2:2 com a informação de luminância a 3840×2160 e a de Crominância a 1920×2160 em modos HDR em suporte HDR10 (Resolução 4K nativa, com cor não nativa – 2:1), e em 4:2:0 com informação de luminância a 3840×2160 e a de Crominância a 1920×1080 (Resolução 4K nativa, com cor não nativa – 4:1), nos filmes UHD que ainda não suportem codificação 4:2:2.
Note-se que o uso do HDR requer forçosamente a opção de Gama de RGB em completo e a Saida de Cores Profundas em automático.

Para aqueles que depois de lerem esta informação se questionam onde está então o modo que permite 4K HDR (em suporte HDR10) em resolução de imagem e de cores nativas (4K real e nativo), ele não existe. E não por culpa da consola, mas da TV. Recomendamos que leiam este nosso artigo sobre esse assunto, para perceberem isso e as limitações que actualmente as TVs 4K ainda possuem, e os motivos pelos quais não recomendamos ainda a sua compra!

 

 

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (7)

  1. Mário , agora que o ps4 pro lançou e ano que vem teremos scorpio, você acha que ainda teremos otimizaçoes nos consoles como uncharted 4 , gears 4 , quantum break ou acha que agora só veremos meros ports do ps4 pro?

  2. Mário uma dúvida, eu tenho o ps4 normal se eu colocar a imagem em automático em vez de 1080p que é a que eu uso, a imagem ficará melhor? Eu também uso as opções de cor RGB em full e a de baixo que eu esqueci o nome em automático.

    • Eu creio que se você colocar em automático a resolução de saída para TV será de acordo com a resolução do jogo e com a máxima resolução suportada pela TV.

      Semana passada fui testar Dirt 3 no PS3 e lá estava automático, quando o jogo começou notei uma baixa qualidade na imagem e quando fui ver o jogo estava rodando a 720p, porém quando eu saia para a XMB a resolução subia para 1080p. Não sei se estar é a resposta correta para a sua dúvida.

  3. Eu acho muito complicado configurar a imagem de uma TV!
    Eles evoluem muito as Tvs mas esquecem de facilitar a vida do usuário, a TV é um dos únicos produtos que é meio obrigatório configurar manualmente para se ter uma melhor qualidade!!

    Acredito que 85% das pessoas ajusta de acordo com a preferencia, mas não quer dizer que está a forma correta!!

    Aqueles jogos que pedem assim ajusta a imagem até a imagem desaparecer por completo, eu nunca faço desaparecer porque pra mim fica extremamente escuro!

    Fora que no game eu sempre aumento muito o brilho e a nitidez não gosto de nada escuro!!

    Eu tenho duas Tvs aqui uma Sony modelo kdl 42w655a http://www.girafa.com.br/Televisores/Sony/tv-led-42-kdl-42w655a-sony-smart-tv-full-hd-wi-fi-hdmi-usb-conversor-digital-240hz.htm

    E uma LG de plasma, http://www.americanas.com.br/produto/113437276/tv-plasma-lg-50pn4500-50-hdtv-1-hdmi-1-usb-600hz eu não sei nem qual é melhor das duas mas eu uso a Sony porque fica no meu quarto.
    LG que fica na sala até evito mexer de tão confusa que é!!

    A Sony que fica no meu quarto se colocar opções jogos não sei porque raios a TV fica escura parece que está preto e branco de tão escuro, ai ajusto manualmente essa opção jogos ou games não lembro como está escrito coloco cor fria e deixo tudo com muito brilho, pra mim fica bem melhor do que a opção jogos que ela oferece de fabrica!

    Agora LG é impossível mexer, parece que fica pior ainda quando muda alguma coisa…

    No PS4 ligada nessa Sony a Imagem fica legal eu gosto, já o Xbox fica com muito brilho, eu gosto de brilho mas não sei porque nele os jogos fica com brilho demais, e se eu mexer na TV vai piorar quando eu for jogar PS4!!

    Dentro das configurações do Xbox One tem opção tem a opção calibrar tv eu nem mexi nisso porque vai calibrar do Xbox e desregular do PS4 tenho ctz…
    Fidelidade de vídeo / intensidade de cor tem 24 bits (8 bit) 30 bits, (10 bit) 36 bits (12 bit) eu deixo nesse ultimo com 36 bits por pixel (12 bit) se faz diferença nem sei..

    Espaço de cores eu deixo o Padrão que é recomendado, a outra opção seria o PC RGB mas se seleciono essa opção fala que minha tela pode não funcionar com essa configuração, nessa mesma mensagem que, a maioria das tvs não possui esse suporte, e a imagem se tornara muito escura se a tela não estiver configurada para RGB completo..
    Então deixo no recomendado mesmo, porque eu nem sei do que se trata isso!!

    Tela deixo em 1080p mas falaram que jogos pesado como Batlefield 1 deixar em 720 da menos lag, eu coloquei e não mudou nada!

    Na configuração de vídeo avançada do Xbox deixo conexão HDMI, permitir 50 HZ!!

    Então como eu disse no começo TV é muito mas muito confuso deveria ser muito mais simples!

    • As LG são muito complexas e avançadas a nível se configuração. Os comandos básicos estão lá, mas há muita coisa avançada que convém mexer antes de mexer neles. O artigo é um exemplo.
      Mas quanto ao que dizes, duas coisas.
      Ao usares cores frias estás a adulterar a imagem. Os jogos já possuem paletas de cores adequadas aos níveis com cores frias em níveis de gelo e quentes em zonas de deserto ou planicie. Meteres um nível forçado pode parecer-te bonito, mas destroi as cores. A TV deve estar em Neutro.
      Quanto às configurações da Xbox One e PS4 o problema que referes só existe se ambas partilharem o mesmo hdmi (ps4 ligada na Xbox?).
      Caso os hdmi sejam diferentes alterar os parâmetros do modo jogo em uma não pode e nem deve alterar para a outra. Cada input é independente a nível de configuração e as alterações que fazem ao modo jogo em um, não passam para o outro.
      Se isto não se passa na tua TV diga-se que ela é algo estranha.

      Bits de cor na Xbox usa 32 máximo. O resto obriga a mais processamento gráfico (pouco) que não tem resultados práticos pois nada ainda suporta mais de 32.

  4. Mário vi este artigo no site do Gran Turismo e tem uma semelhança com os gráficos de cores, além de outras informações que você colocou artigos dias atrás.

    http://www.gran-turismo.com/br/news/00_3723425.html

Deixe um comentario

O seu e-mail nao sera publicado.


*



*