Fuga de informação revela SOC AMD que poderá vir a dar origem a consolas portáteis da Sony e/ou Microsoft.

O nome é AMD V1000, e possui o nome de código de “Great Horned Owl”. É um SOC de elevada performance e baixo consumo que, com as devidas modificações, poderá permitir versões portáteis das atuais consolas.

Um documento confidencial da AMD de 2016 revela que a AMD possui nessa altura um projecto para um SOC com o nome de código de “Great Horned Owl”, e que traria um SOC com um CPU de núcleos Ryzen e um GPU com até 11 CUs.

Eis os dados de 2016:

Como podem ver no canto inferior esquerdo, esta é uma apresentação de Fevereiro de 2016 e confidencial, sendo que esteve protegida por segredo ligado a um NDA (non disclosure agreement, um documento assinado por todos que o visualizaram e onde se comprometem a não revelar o que viram).



Aqui vemos a referência ao “Great Horned Howl”, um SOC aqui anunciado com 4 núcleos Zen, e 11 CU Radeon.

Vamos ver mais slides:

Como vemos este é um SOC com até 4 nucleos Zen que, desde que com a velocidade adequada pode perfeitamente substituir, com as devidas adaptações no software, os 8 núcleos Jaguar das atuais consolas.

O suporte de memória é DDR 4 3200, o que pelo seu limite de 46 GB/s se revela insuficiente. No entanto uma mudança no controlador de memória para suporte de uma memória HBM de baixo custo (não se necessita da largura de banda total desta memória) não acrescentaria ao consumo energético e traria a largura de banda necessária.

Vemos tambem que o GPU é um GFX9, ou por outras palavras, um VEGA.Mas as suas especificações revelam-se insuficiente face aos 12 CU da Xbox One e ainda mais face aos 18 CU da PS4. No entanto, mais uma vez a alteração aqui poderia existir e é para isso que a AMD tem uma divisão de criação de hardware alterado para os seus clientes com necessidades especiais.



Repare-se que este último slide refere tudo o que em cima estávamos a referir como possibilidade. Acima de tudo, o que estava a ser apresentado no início de 2016 era um esquema preliminar e sujeito a mudança!

O slide acrescenta tambem alguns dados extra e aqui vemos que o consumo para a vertente mais potente do SOC, com 4 núcleos no CPU e 11 CU no GPU, varia entre os 15 watts e os 45 Watts. Ora 15 Watts é excelente para uma consola, mas 45 Watts é mais puxado… Com este tipo de consumos, a adaptação a uma consola portátil é difícil!

E é aqui que entra o último slide:

Ora como vemos o Horned Own está no meio (coberto pelas letras do Videocards.com). E ali vemos uma série de dados que não vimos antes! Naquele quadro não só se refere que o SOC está previsto para 14 nm, como na parte dos núcleos aparece um número algo estranho, um 4/8.

Pelo que já vimos o Horned Own pode possui4 núcleos com 8 threads, será que o 8 se refere às threads?

A resposta pode ser obtida de 2 formas… a primeira verificando nos slides dos restantes produtos mostrados na mesma altura o que querem dizer os números equivalentes. E eles referem-se a núcleos de CPU máximos e mínimos. Ou seja, podemos ver aqui algo até agora não dito: Apesar de ate agora só se ter falado de 4 núcleos Ryzen, na realidade este SOC pode ter 8!

A segunda forma de confirmar isso é pelos consumos indicados. É que onde antes tinhamos consumos entre os 15 e os 45 watts, aqui agora aparece um consumo entre os 15 e os 65 Watts, confirmando que realmente podem existir mais núcleos.

Uma terceira forma de podermos ver isso tem a ver com a longevidade do SOC prevista no primeiro slide. E esta ao ser de 10 anos, tal aponta para melhorias constantes ao SOC, e para a possibilidade de este ter melhorias adicionais, não contempladas no documento!

Recorde-se mais uma vez que estamos a falar de um documento secreto de Fevereiro de 2016, e como tal desde essa altura a AMD terá certamente criado tecnologia nova, particularmente se tal foi solicitado pelos seus clientes no seu serviço de produtos personalizados.

É igualmente relevante perceber-se que os consumos dados são para 14 nm, sendo que com a aplicação da nova litografia de 7 nm, eles podem descer para metade. Um conjunto de 4 núcleos Zen, com 18 CUs, a 7 nm, desde que com velocidades de relógio conservadoras, pode ter consumos muito interessantes, pelo que a tecnologia promete e poderá indicar a possibilidade da existência futura de consolas portáteis com a capacidade das atuais. Estas consolas, tal como a Switch, teriam consumos superiores quando ligadas a uma dock, e consumos mais conservadores, correndo a 720p quando em modo portátil.

Vamos aguardar a ver se aparece alguma novidade quanto a esse assunto, sendo que para já ficam a conhecer estes slides!

 



Posts Relacionados

  Subscribe  
newest oldest
Notify of
bruno
Visitante

O mais impressionante disto é que em 2013 foram necessários 16 chips de GDDR5 para conseguir 8gb de memória.

Hoje, com 1 único chip HBM low cost já se consegue essa memória e terá que ser reduzida a velocidade de relógio para manter os mesmos 170 gb/s (pelo que li, o normal são 200 gb/s)

Por falar nisso, como vês a viabilidade do uso da HBM nas consolas de mesa da próxima geração? Eu penso que devido ao espaço do silicone não me parece possível usá-la (para haver espaço para o cpu e, sobretudo, o GPU).

Edson Nill
Visitante

Certamente é um novo híbrido Sony!!! Meu sonho sendo realizado! rsrsrsrsrsrsrsrs

Alexandre Oliveira
Visitante

Por falar em portáteis, Mário estou a pensar comprar uma Switch,pergunto se já saiu algum suporte multimédia para a consola tipo netflix e youtube?
Tem Câmara para tirar fotos?
Nesta altura vale apena comprar?
A Worten está a fazer uma promoção de 299€

Carlos Zidane
Visitante

Seria de fato algo espetacular, um sucessor do Vita com tal capacidade.
Se houvesse suporte (jogos) seria compra certa.
Fico imaginando o impacto que teria no mercado algo assim, se ele tivesse uma biblioteca ampla, funções multimídia, multiplayer etc, com preço razoável seria excelente, mas ainda fica a questão do armazenamento dos jogos.

Edson Nill
Visitante

Armazenamento acho até mais simples! Venha com cartuchos para não fazerem instalações e ao invés de HD, ponha entradas micro sd como no switch.

Carlos Zidane
Visitante

Sim, isso seria bom. Mas quando o Vita saiu uma das coisas ruins eram os preços abusivos dos cartões e formato proprietário do SD card, espero que não façam uma coisa dessas de novo.

PS: quando vi o título da matéria hoje logo antes de entrar pensei: O Edson com certeza vai gostar disso kkk

Edson Nill
Visitante

Armazenamento acho até mais simples! Venha com entrada de cartuchos para não fazerem instalações e ao invés de HD, ponha entradas micro sd como no switch com a possibilidade de colocarem HDs externos no dock tb.

Edson Nill
Visitante

Mário, uma pergunta: Será que a Sony não está pensando em lançar dois PlayStations 5? Esse do documento, seria uma versão híbrida, quem sabe rodando os games da geração ps5 em 720p no modo portátil e com resoluções maiores no modo dock, além dela obviamente lançar um ps5 tradicional msm? Te pergunto isto, pois no relatório fala de coisas novas como ryzen, zen e 7mn, ou seja, tudo ligado às tecnologias que certamente estarão no ps5. Ou vc acha que é um ps4 híbrido? Fiquei curioso em sua resposta.rs

bruno
Visitante

??? Perdi-me… Que relatório?

bruno
Visitante

Eu apostaria mais numa consola caseira, e uma portátil, com a capacidade de uma PS4 ou menos (o problema sendo o armazenamento interno, não há forma nenhuma de isso se conseguir a baixo custo).

A caseira seria 10 vezes ( vá lá sendo realista 5 ou 6, mas espero mesmo que consigam chegar pelo menos aos 18 Tflops) mais poderosa que a PS4 base e retrocompatível com esta, rodando o jogo com as melhorias da Pro ativadas.

A portátil seria uma PS4 portátil, rodando todos os seus jogos e, sobretudo, barata, muito barata (menos de 200€) e seria quase como um acessório da caseira (como o PS VR). Teria um ecrã fullhd 1080p com HDR (está mais do que óptimo para um tablet – a consola seria tipo tablet com 6-7″ de ecrã), e os jogos ou seriam adquiridos pela loja, ou instalando através da caseira, por ligação com fio (ou se possível sem fios entre a de mesa e a portátil).

Isto evita duas coisas:

Primeiro – a necessidade de um suporte próprio, como cartuchos, logo a necessidade das pessoas terem que adquiri duas vezes os mesmos jogos (foi um dos defeitos da Vita e desta vez seria colmatado até no suporte físico).

Segunda – que se criem dois ecossistemas para os dois sistemas. Um enorme problema da Vita, que dificultou o suporte e o catálogo e que seria colmatado nesta. E uma perfeita oportunidade para a Sony tratar trazer títulos de legado dando um tratamento semelhante ao que ocorreu com Shadow of the Collossus, a outros títulos da era PS3, PS2 e talvez PS1 (medievil, Primal, War of the Monsters, e thirds como RE Outbreak que acho que numa portátil, com o online de hoje seria brutal).

Desta forma todos os jogos da portátil rodam na consola caseira e poder-se-ia conseguir um sistema semelhante ao da Wii-U onde se passaria da portátil para a TV diretamente no ponto onde se estava.

Isto garante suporte: mesmo que a portátil falhe em arrancar, não deixará de ter catálogo. E cortam-se custos na criação de um suporte próprio.

O grande problema, contudo, é a memória. 500gb SSD ainda são muito caros.

Edson Nill
Visitante

Faz total sentido tb, Bruno! Mas entendo que tem que apresentar um número do tipo: ps4 mobile, híbrido, sei lá! Se a Sony fizer um portátil sem um número que remeta aos consoles atuais, entendo que estará fadada ao fracasso. Se for um ps4 híbrido, eu msm vendo o meu e compro o híbrido, msm que tenha resoluções menores ou gráficos piores. Estou fascinado por este conceito híbrido e não consigo pensar em outro tipo de conceito que não seja esse, pelo menos pra mim! Bom domingo!!!Ah! Só uma pergunta: Estou para comprar uma tv 4k agora, mas tenho um investimento baixo, que dê para comprar tvs de entrada. Estou entre aquele modelo da Samsung de 40 e 43 polegadas que tem HDR ou um da aoc de 43 polegadas, mas sem HDR. Vcs poderiam me indicar alguma, Bruno, Mário… Bruno, sei do problema do congelamento de imagem da Samsung que vc msm me disse, por isso estou receoso, mas estou com poucos recursos no momento, sendo que só consigo no meu espaço, ter uma tv de 40 até 43 polegadas. E para piorar, é meio que de urgência, pois a minha do quarto, onde está meu ps4 deu defeito!rs O que poderiam me indicar???

bruno
Visitante

A Samsung não tem problema de congelamento… tem problema no processamento do movimento que deixa uma rasto atrás dela (sobretudo os modelos mais baratos), por isso vendi a minha. Por isso recomendo Sony que neste ramo é a melhor. Isso não significa contudo que as outras marcas não se consigam safar bem nos modelos mais caros (óbviamente conseguem).

Que modelos tem em vista (não sei que marca é o AOC)? Na posição em que vês, assistes sempre de frente?

Consegues me dizer o teu orçamento em euros (para ter uma ideia da gama)?

Edson Nill
Visitante

Uns 600 euros! A AOC é esta! http://www.aoc.com.br/televisores Quanto a Sony, o problema é que aqui não tem tvs Sony 4k abaixo de 49 polegadas, Bruno!

bruno
Visitante

Bem nesse preço e em Portugal, o que te aconselho é que não te preocupes com o HDR, porque mesmo aquelas que o anunciam estão claramente a inventar (marketing falso, pelo menos parcialmente). Nenhuma das TVs tem a capacidade de ter um brilho necessário para a implementação da norma, sendo semelhante ao brilho em modo SDR e o contraste deixa a desejar. E nenhuma das que eu pude ver em pormenor tinha capacidade para um wide color gamut.

Por isso ao adquirires não tomes essa capacidade em consideração e procura coisas mais importantes: movimento, contraste, brilho, ângulo de visualização e input lag.

Não sei que uso pretendes dar à TV, mas se for para jogos, é isto que deves ter em consideração na escolha de TV:

1 – Capacidade de processamento de movimento;

2 – Input Lag fora do modo jogo e dentro do modo jogo;

4 – Ãngulo de visualização: vês sempre de frente?

3- Qualidade de imagem;

Explico: a maioria do sites avalia a qualidade de imagem estáticas. Mas o movimento acaba por ter uma grande influência no que vês, porque influencia se tens rastos de cor a seguir os objetos e isso é muito importante. Ou seja, mesmo que a TV tenha uma boa qualidade de imagem, esta pode ser prejudicada por mau processamento de movimento.

O motion interpolation melhora e muito o que vês, dando mais definição e maior sensação de profundidade e imersão e imitando o efeitos dos 60 fps nos jogos. Na maioria das TVs é conseguido por inserção de slides negros, o que pode cansar ainda mais a vista, mas revitaliza jogos e filmes e mesmo a imagem que te aparece. O problema, contudo, é que nem todas as TVs fazem as coisas da mesma forma. Há quem já consiga processar as imagens de forma mais suave que outras marcas de raíz, tornando irrelevante o motion interpolation, ou quase.

depois, se fores do género MMO e FPS online, não ligues ao Motion Interpolation, e procura somente o baixo input lag.

Tendo em conta isto, as minhas escolhas são estas por ordem de preferência:

IPS – bons algos de visualização

LG UJ7700

Já fica no limite do teu orçamento e não sei se consegues arranjar dentro, mas é um forte candidato. É um painel IPS (mau contraste e negros pouco uniformes mas bons ângulos de visualização). Tem um brilho decente e, sobretudo, há diferença para com o modo HDR portanto pode ser que consigas aí qualquer coisinha. Tem um processamento de movimento aceitável (eu tenho LG e confio na LG neste campo). O input lag vai desde 13 ms (modo jogo) a 80ms (modo interpolação ativado). Fora do modo jogo sem interpolação é de 50 ms.

LG 630/650

Pior que a anterior na qualidade de imagem, mas apenas ligeiramente devido ao brilho principalmente. Semelhante no input lag e movimento.

Sony XE720

A Sony é a melhor escolha no processamento de movimentos. Mas é cara, e pode não estar dentro do teu limite.

Não há verdadeira diferente entre o HDR e o SDR tendo qualidade de imagem semelhante às anteriores, com ainda melhores ângulos de visualização que as outras duas. O input lag vai desde 20ms a 120 ms e por isso, se o motion interpolation não te interessa esta é a TV que recomendo. Por causa do alto input lag no motion interpolation não a coloquei em primeiro, mas mais uma vez, se isto não te interessa, é esta que deves escolher.

VA – só se conseguires ver diretamente de frente

Sony XE690

De todas é aquela com melhor qualidade de imagem no geral e o melhor processamento de movimento. Tem bom contraste mas um brilho ok. Inexplicácelmente, o brilho HDR é pior que o SDR . O Input lag é semelhante à anterior, por isso só recomendo se o motion interpolation não for do teu interesse.

Samsung MU6100

É recomendada pelo Rtings nesta gama para uso geral. Tem Input lad entre 19-80 ms, mas nada de grave, e pior movimento. Tem a melhor qualidade de imagem, com o maior contraste e o maior brilho.

Eu tive a versão anterior deste modelo e não o recomendo. O modo jogo era execrável na imagem, e os objetos tinham um rasto de cor visível atrás de si que não consegui eliminar dentro ou fora do modo jogo. E o HDR é inexistente. Por isso a coloco em segundo.

TCL S405

Painel VA e não possui interpolação de movimentos. É pior em geral face às outras anteriores. A qualidade de imagem é equiparável à Sony, mas tem um contraste ligeiramente superior e um brilho muito pior, mesmo mau. O movimento é melhor que o da Samsung e o input lag varia entre 15 a 50 ms.

Tentei encontrar essa AOC mas não consegui descobrir nada. Seja como for se tiveres oportunidade de a testar com jogos e achares que te serve, então vai com ela.

Ennio Rafael
Visitante

Esse é um assunto que muito me interessa. Estou planejando comprar uma TV 4 K até o final do ano, agradeceria recomendações do pessoal.

Carlos Zidane
Visitante

As LG estão muito me interessando pois estão com preços não muito facada e principalmente, aquele “sistema operacional” delas vou chamar assim, é muito legal, bonito e prático. Andei dando uma olhada nelas pessoalmente, achei a imagem muito boa, mas não sei se são confiáveis a longo prazo.
Queria comprar uma esse ano, mas sem HDMI 2.1 fico com pensamento de que já estaria comprando algo ultapassado.
Mas, se der na telha vou lá e compro e pronto.

Única coisa que me desagrada nessas tv’s é o conteúdo da TV HD normal, aquele upscaling delas fica pior que a minha Full HD. 🙁

bruno
Visitante

Isso é semelhante à xe720.

Ennio Rafael
Visitante

Obrigado, acho que vou comprá-la até final do ano.

Edson Nill
Visitante

Bruno, Mário, vcs conhecem esse modelo Panasonic? SMART TV LED 4K ULTRA HD TC-43EX600B

Edson Nill
Visitante

Obrigado pelas dicas, foi de grande valia msm, Bruno!!! Bom domingo pra ti!!!

Edson Nill
Visitante

Mário, Bruno ou quem mais puder me ajudar… Estava para comprar uma tv 4k, porém na medição do espaço, vi que não posso nem ter tv de 40 polegadas no meu quarto, ou seja, terei que optar por uma tv Full HD, sendo que no dia que der problema na minha Sony de 40 polegadas na sala, aí sim a substiturei por uma 4k. Bem, voltando! Gostaria de alguma indicação de tvs full HDs boas para jogos, abaixo de 40 polegadas que tenha entradas HDMI nas laterais. Desde já, agradeço pela ajuda!!

Edson Nill
Visitante

Obrigado, Mário!!! É dela que vou, pois está dentro do meu orçamento apertado, além de ser a única que vai caber aqui no quarto.rsrs abraços…

Edson Nill
Visitante

Mário, bom dia! Perdoe-me por ter escrito um off Topic ontem em outro artigo. Pois fiquei tão empolgado com a informação que recebi, que já fui a te perguntar. Bem, vc lembra daquele smach z? Um portátil financiado de uma empresa espanhola que seria lançado tempos atrás? Bem, ele não foi, sendo que ontem saí um teaser do aparelho já com aspectos mais novos e com uma especificação técnica final bem superior do que seria. Eis o vídeo do aparelho apresentado pela própria empresa: https://youtu.be/V74zEOy4HPs O que achas das especificações? Será que teremos um portátil Pc decente? Abraços…

Edson Nill
Visitante

Ou seja, 3 vezes mais poderoso do que o switch? Vc disse que o switch bate 396 gflops em dock, com isso, se lançassem um emulador do switch, esse aparelho seria capaz de emulá-lo? E outra… Com 1 tflop, consegue rodar essa geração com resoluções menores? Pois por mais que tenha 1 tflop como vc bem falou, ele por ser Pc, sofre com programação genérica, não tendo uma otimização a nível consoles ou estou dizendo besteira?