Ghost of Tsushima Directors Cut, versão PS5 é um autêntico roubo

5 5 votes
Avalie o nosso artigo

A Sony com este DLC tenta extorquir dinheiro dos seus clientes da PS5.

Não vamos estar aqui com paninhos quentes. O que se passa com a DLC de Ghost of Tsushima é um autêntico atentado às carteiras dos clientes da PS5!

Que a Sony decidiu que os jogos PS5 custarão mais 10 euros que os da PS4, já todos sabemos. No entanto, e apesar do desagrado pelo aumento do custo, havia sempre a perspectiva de que estávamos a pagar mais por jogos de nova geração, e melhorias nos jogos existentes.

Fosse como fosse, 10 euros em 60 era um aumento um bocado puxado, que custava a engolir.

Mas eis que surge a DLC de Ghost of Tsushima, e a situação atinge limites de escândalo!



Ghost of Tsushima Directors Cut irá aparecer à venda quer na PS4, quer na PS5. Apesar que estamos a falar basicamente de um DLC, que acrescenta uma nova localização, a ilha Iki, este DLC requer o jogo original. E desta forma, o jogo, já com o DLC custará 59.99 dólares na versão PS4, e 69.99 dólares na versão PS5. Os tais 10 euros a mais pela versão da Playstation 5!

Ora o que aqui temos, não é realmente um jogo de PS5. A versão PS5 não é mais do que a versão PS4, com um patch que liberta os limites de resolução e de FPS que passam para 4K 60 fps. De forma alguma este jogo foi desenvolvido a pensar-se na PS5, apesar que a versão específica para esta consola acrescenta audio 3D e suporte para as funcionalidades do DualSense.

Seja como for, pagar 10 euros mais, por um jogo que é apenas uma versão PS4 do mesmo com extras é demais. Até porque, quem comprar o jogo original na PS4 tem direito a joga-lo na PS5 com os 4K 60 fps, sem qualquer custo. Ou seja, aqui os 10 euros a mais na versão Directors Cut devem-se apenas ao suporte áudio 3D e funcionalidades DualSense.

Podemos acrescentar que a versão PS5 oferece ainda a funcionalidade de sincronização labial nas sequências de animação, mas no entanto falamos de uma sincronização com o japonês, motivo pelo qual a situação se revela de muito, muito pouco interesse, o que efetivamente, para a maior parte dos jogadores, reduz as vantagens ao já referido audio 3D e suporte DualSense.

Resumidamente, aqui os 10 euros não são por uma versão PS5, otimizada para esta consola, mas por uma versão PS4 com suporte adicional a estas duas funcionalidades. E pedir 10 euros por isto, quando o jogo na sua totalidade custa 60… é uma roubalheira!

Mas mais roubalheira é quando vemos a situação para quem já possui o jogo original e apenas pretende o DLC. É que o DLC na PS4 custa 20 dólares. Mas na PS5 custa 30! Ou seja, se no jogo completo os possuidores da PS5 tem de pagar mais 1/6 do custo, quem já tem o jogo paga 50% mais pelo DLC.



Resumidamente, a Sony não abdica dos 10 euros dos utilizadores PS5 que quiserem a melhoria para o seu sistema.

Claramente esta é uma postura arrogante e pouco correta para com os clientes. 10 euros a mais num mero DLC, que se traduzem em mais 50% do custo, por um mero suporte adicional ao som 3D e DualSense, atrevo-me a dizer que é uma completa roubalheira. A Sony está a entrar por um mau caminho, e se se compreende que a Sony precisa de dinheiro para desenvolver jogos next gen, não é a cobrar 10 euros a mais pelo que não é mais do que um mero patch de suporte que até já foi parcialmente oferecido de borla (os 4K 60 fps) que o deve fazer. Este é um jogo da PS4, e assim sendo, cobrar extra por causa de um DLC acompanhado de um Patch é vergonhoso.

Isto quer dizer o que? Que se um jogo no futuro for lançado para a PS5 ele custará mais 10 euros na PS5, e se depois tiver um DLC ele custará mais outros 10 euros na PS5, e se vier a ter um segundo, ainda mais 10 euros? Ou só se paga os 10 euros uma vez? Será que com isto não vamos ter mais patches de jogos PS4 para a PS5 sem ter de pagar? São tantas as questões,,,

Vamos ser sérios… isto não é honesto! E com esta postura e ganância de lucros, a Sony arrisca-se a perder clientes face à oferta da concorrência, pois moralismos, e desejo de manter a qualidade dos jogos, é algo muito bom, mas para tal é preciso que a carteira possa aguentar. Algo para o qual a Sony não parece estar a contribuir com esta atitude miserável ao querer cobrar 10 euros naquilo que na prática, de diferença entre as versões, não é mais por um simples patch de um jogo PS4 para suporte a algumas funcionalidades extra na PS5.

 



 

 



5 5 votes
Avalie o nosso artigo
47 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marco Antonio Brasil
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Olha a Sony se queimando por besteira. Poderia ao menos dar as melhorias de graça para quem comprar a DLC.
Mas vamos aguardar para ver a reação do mercado, ultimamente as pessoas tem engolido todas as práticas abusivas!

andrio
andrio
Responder a  Marco Antonio Brasil
2 meses atrás

Rapaz no twitter eu vi o pessoal postando que essa versão tava nos mais vendidos da amazon. =/

Juca
Juca
Responder a  andrio
2 meses atrás

Comprar a versão não é o problema, já que é um game antigo adicionado de DLC, ou seja, é como uma edição GOTY que fazem e o preço sobe por ter mais conteúdo. O absurdo é cobrar diferente pra ter melhorias no jogo base, numa plataforma própria da Sony e de que é interesse da própria popularizar. É agrado zero aos próprios consumidores fieis e que possuem o jogo desde o lançamento, pelo menos. De qq forma, que os clientes dêem o troco, quem sabe ela amansa e repensa seus atos.

Deto
Deto
Responder a  andrio
2 meses atrás

Entre Jogos de PS5.

Vitor hugo Reale Pereira
Vitor hugo Reale Pereira
2 meses atrás

Mario comp seria esses jogos totalmente feitos para ps5? Tipo os jogos com patch nextgen não usam todo potencial dos novos consoles?

Kito
Kito
Responder a  Mário Armão Ferreira
2 meses atrás

Olá Mário.
E também maior potência da Cpu, penso que escapou-te.
Off: Mário gostaria que fizesses um artigo sobre a situação de algumas franquias passarem a ser free to play, como é o caso do PES da konami, do Assasins Creed que passa a ser um serviço e outros casos.
É uma situação que me gera alguma preocupação pois sou muito tradicional, não sou dado aos jogos online e por isso tenho receio de os jogos single, offline, com campanha venham a desaparecer.
Abraço

Juca
Juca
2 meses atrás

Mário, a DLC a parte para o PS5 para o jogo não existe, pois a única versão de PS5 vendida já é lançado com ela (director’s cut). A DLC de 30 é a DLC para o PS4 mais a taxa de upgrade inclusa de todo o conteúdo do PS4 para o PS5.
Eu também acho que a Sony está errada ao cobrar por melhorias no PS5, mais a lógica dela é lançar como um jogo novo pra cobrar preço cheio, e como os preços de PS4 e PS5 são diferentes pra eles, fazem dessas coisas; evitando assim ,que muita gente compre usado, ou um jogo já com preço mais baixo no mercado, e não deixe mais uns trocados com ela (Sony).
Mais inteligente da parte dela seria logo cobrar 30 euros por tudo sem distinção, assim reclamariam de preço, mas não do fato de ela estar com esse tipo de “esperteza”, que é uma propaganda muito mais danosa, embora do ponto de vista de custos e trabalho adicional até existam mais features como o audio 3d, uso do dualsense, ou mesmo a da sincronia labial para o japonês, além de alguns prováveis ajustes de otimização para o PS5 e uma provável recompilação necessária pra gerar uma versão verdadeiramente nativa.

andrio
andrio
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Aqui no brasil o jogo base saiu da loja e agora ficou so a versão director cut full price. Eu já acho errado pq tira a opção da pessoa escolher já que a versao base do ps4 por padrão tinha caido o preço. Pra quem tem ps5 fica 149,90. Nem sei se tem a opção de comprar só o conteúdo da DLC sem as melhorias.

Isso realmente é bem vergonhoso da parte da Sony, mas infelizmente acredito que a M$ só vai começar a ganhar forças no final de 2022 / 2023. Isso deixa a sony bem confortável para tomar essas decisões anti consumidor.

Juca
Juca
Responder a  andrio
2 meses atrás

Tem a opção, só o DLC pra quem já tem o jogo de PS4 é 104 reais se não me engano, e vc pode jogar assim no PS5 ou PS4. As melhorias do game pra PS5 é que custam 10 euro/dólares ou aproximadamente 50 a 55 reais. Você não fica obrigado a comprar a menos que queira as melhorias pra rodar no PS5 com elas.

Deto
Deto
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Eu ainda vou dar um beneficio da dúvida se eles irão melhor muito o jogo, quase um Remaster e que pelo menos eles lançaram um patch para 60 fps no PS5.

Mas não vou comprar a preço cheio, quando derem desconto de uns 30% pelo menos, eu penso.

Death Stranding está 250 reais na PSN… Deviam botar esse preço sem DLC e 350 com a DLC

Juca
Juca
Responder a  Deto
2 meses atrás

Um colega acima afirmou que não existe mais opção do jogo sem DLC pra vender na Store, mas eu não fui verificar essa informação.

Shin
Shin
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Pra mim o PS5 é uma espécie de N64 da Sony. O que é melhor no PS5? Loadings rápidos e controle. O que é pior? Tudo.
Você pode defender gráficos novos mas os moleques na época também defendia gráficos novos do N64. Mas o N64 criou algum clássico como Megaman X, Chrono Trigger, Castlevania XX? Não. Os novos gráficos trouxeram as piores versões de vários jogos clássicos do Snes.

E porque isso aconteceu? Porque existia muito mais hardware do que aquilo que os desenvolvedores precisavam. Hardware N64 só serviu para torna-lo mais caro e os cartuchos maiores estavam mais caros, no seu final de vida teve os jogos exigindo Expansion Pack. O problema é que a correção não vinha no GC, o GC era o N64 com o problema ainda mais acentuado. O N64 ele foi alimentado por ports de PC e isso o salvou, no fim das contas a Nintendo só colocou em destaque Zelda e internamente quem salva a Nintendo foi a Rare.

Alguém por acaso acha que depois de The Last of Us Part 2 o mercado vai sair atrás de algum game Naughty Dogs como saíram no PS4? É óbvio que não. Quem venderá PS5 será Thirdparty.

GTA6
RDR3
FFVIIre part2
FFXV
Elden Ring
Fortnite

Marvel Spiderman? Eu acho que o efeito Marvel já está passando. Efeito Marvel começou com Iron Man no cinema e eles puderam construir um legado enorme com isso mas quando mataram Tony Starks em Infinite mataram também o hyper por Marvel e o resultado já pode ser visto no filme da Viúva negra. Isso vai repercutir nos jogos? O jogo da Square não foi grande coisa. Basicamente quem manteve a tocha dos herois foi não um componente Marvel e sim Batman. Batman sempre foi mais consistente pois é possível criar tipos variados de jogos do herói. Este é o problema com Marvel Spiderman, tem um bocado de suits ali mas Spiderman é apenas Spiderman.

Sony deve se agarrar em Bloodborne sequence mas pra isso deve tratar Bloodborne remaster de forma digna. Se Bloodborne remaster for tratado como um update 4K60 pago isso é desdenhar da inteligência do cliente. Do resto eu acho que a única franquia que crescerá será Horizon Forbidden West. A razão é que para a magnitude do game o primeiro vendeu pouco e vendeu pouco pois na mesma epoca existia Farcry Primal e isso deixou Horizon Zero Dawn com cara de Farcry Primal em terceira pessoa + Cyberpunk. Eu acho que no segundo game existe uma melhor personalificação do que é de fato Horizon Forbidden West, e também acho que as pessoas entende que existe melhorias em partes críticas da jogabilidade. Então eu acho que esse jogo pode fazer mais sucesso e talvez até carregue o PS5 nas costas até chegar jogos maiores. Eu não acho que qualquer sequência Naughty Dogs vai ser grande coisa mas novos jogos poderão contar com uma maior maturidade do estúdio ou talvez não.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Shin
2 meses atrás

Que viagem grande hein…

Primeiro, nem existe comparação do ps5 com N64. Já temos jogos mostrando o potencial do console e só não vê quem não quer!

Segundo, Spider-Man não passa, só é o herói mais popular do mundo!

Terceiro, Ps5 já vendeu mais de 10 milhões, o N64 foi ridículo em vendas.

Quarto, sugiro você experimentar o console, não ficar aí com seus achismos, pois o PS5 não lembra em NADA o PS4.

Quinto, o PS5 tem a maior lineup de 1 ano de um console de mesa na história, isso eu digo de exclusivos.

Sexto, você fala que vai vender por causa dos Thirds, mas o que ocorre é o contrário: o videogame vende pela expectativa de exclusivos, pois quem mostrou até o momento do que o console será capaz são eles. Os multis não mostraram NADA até o momento.

Sétimo, Horizon: Zero Dawn vendeu pouco? Pelo amor de Deus. Em 1 ano o game já tinha ultrapassado 10 milhões de cópias e depois nem sabemos onde as vendas ficaram. É uma nova IP e superou as expectativas da Sony. Você jogou Horizon? Porque falar que ficou com cara de Far Cry Primal + Cyberpunk é o mesmo que eu falar que vacas se parecem com gatos.

E por último, sobre o N64, se você fizer um top 10 jogos daquela época, te garanto que ao menos 5 serão de N64. Mario 64, Zelda, 007, Perfect Dark, Banjo Kazooie… Acho que lhe falta memória.

Shin
Shin
Responder a  Sparrow81
2 meses atrás

1 – Existe comparação e foi o que fiz.
2 – Spiderman é ótimo mas nos vídeo game não é nem o personagem mais escolhido em Marvel vs Capcom 1, 2, 3… Inf…
3 – Não faz o menor sentido comparar vendas de 1996 diretamente com vendas de 2021 sem ver as circunstâncias. Em 1996 já existia 2 anos de PS1 e Sega Saturn, 3 anos de 3DO. Isso para não dizer outros consoles que funcionava em pequenos mercados como Neo Geo CD, também devemos lembrar o fator globalização não é nem a sombra de hoje, enviar milhares de console de um continente para outro demorava meses, a mensagem demorava meses ou anos, a quantas pessoas chegava a mensagem sobre a existência do N64? Não é atoa que a Nintendo só conseguiu ativar o console em 1998 com The Legends of Zelda, foi quando as pessoas realmente tiveram a percepção de que aquilo era um novo console da Nintendo. Quem fez pré venda de PS5? INFLUENCES, Youtubers, Streamers e fanboys, o resto é a boiada obediente. O que você deve questionar sobre o PS5 não é se ele pode vender 10 ou 20 milhões no primeiro ano mas se isso é consistente. Veja o Startup do Wii U e PSvita e eles foram altos e de uma hora para outra caíram.
5 – Maior Lineup? Isso conta jogo de PS4 patchiado ou jogo de lançamento misto? Não me venha com essa besteira, o PS5 é um PS4pro cuja a Sony decidiu criar um isolamento de desenvolvimento não apenas para cobrar mais caro dos jogadores mas para licenciar jogos com maior royalties. O resultado desenvolvedores médios e indies não estão portando nada para PS5 mas sim para PS4.
6 – Sim vai vender por causa de Thirdparty pois o PlayStation está vendendo por causa de Thirdparty e acordos desde 1994, foi Tekken e Ridge Race que venderam o PS1, o primeiro sucesso Sony foi Crash e ele surgem 1996, Gran Turismo em 1997, PS2 não foi ativado por nenhum jogo Sony, alguém jogou Uncharted Drake Fortune ou MotoStorm? Não. PS3 só não morreu porque era forte em Thirdparty e tinha Metal Gear 4. PS4 não foi o maior show de acordos para jogos que só apareceram 6 ou 7 anos depois? Foi Uncharted 4 ou The Last of Us Remastered que vendeu PS4? Não. Os únicos consoles que conseguiram sobreviver quase que unicamente com franquias exclusivas são os da Nintendo e fica fácil entender isso quando o console falha, o Wii U falhou e todas as vendas que produziu vieram de Mario U, Mario Kart e Smash Bros, os demais não funciona para alavancar a plataforma.
7 – É claro que Horizon vendeu pouco, entre os exclusivos da Sony, Horizon teve a maior equipe e mais tempo de produção. Horizon teve desde seu lançamento Bundle com o console, ou seja, sobre qualquer motivo aconteceu uma capitalização de vendas. No seu segundo ano o game já estava metade do preço de seu lançamento, no terceiro ano a Sony estava lançando Megapack com God of War, Horizon Complete Edition e Uncharted 4, no quarto ano a Sony está distribuindo Horizon gratuitamente no Play at Home. Mesmo assim

E pare de defender plataforma da Sony você não está ganhando nada com isso. Sony é uma empresa em decadência, um resquício da eletrônico de consumo que foi muito boa no final dos anos 80 para 90. Tinha ótimos engenheiros e um dia um desses caras que dirigia uma equipe que trabalhou no chip de som do Snes, elaborou um plano para colocar a Sony no mercado de jogos e esse plano consistia em emitar a Nintendo com duas diferenças. 1. Fazer um hardware com base no lucro de longo prazo, aproveitando a evolução da cadeia de fornecimento para diminuir o custo de produção. 2. Fazer acordos de marketing e distribuição com todos que tivesse algum nome, garantindo que o título ou a propaganda estivesse vinculada a marca. Depois disso no período do PS2 começou a exigir contratos, mas quando chega no PS3 eles não podem mais arcar com os próprios gastos e para não desmoronar fez um plano de restruturação online que só não quebrou depois do ataque hack pois alguns títulos seguraram o console e fizeram base para recuperar no PS4. Se você me falar que a Sony é uma ótima gestora de console eu concordo, Sega não era boa, Atari não era boa, Hudson não era boa, a Sony é melhor que a Nintendo em segurar o seu console. Agora estudios Sony fazendo jogos são terríveis. Os jogos da Sony são ruins, mas existe exemplos significativo de boa produção, caracterização de personagens elaboração etc. É por isso que você vai ver jogos do N64 como melhores da época, que FPS tinha no PS1 em 1997 para bater de frente com Golden’eye? Que Action RPG tinha no PS1 para bater de frente com Zelda em 1998? A razão de FFVIII ser considerado ovelha negra da franquia é que frente a Ocarina of Time o game era uma bosta, agora isoladamente é muito bom.

SCE/SIE criou o PlayStation, Sony Corporation sabota o PlayStation desde o PS2. Sony Corporation tira orçamento do PlayStation para fazer PlayStation X. O PlayStation 3 é a bosta que foi por causa de Sony Corporation fazendo acordos por divulgação do Bluray e da Nvidia. O plano Online do PS3 de Kutaragi era uma rede colaborativa P2P e barata, a Sony Corp colocou Mark Cerny lá apenas para elaborar um plano anti Microsoft que consiste em imitar a própria. De repente a Sony que é a empresa com a plataforma mais bem aceita do setor, ela começa a seguir as mesmas estratégias da empresa com menor aceitação, até o ponto que se torna subserviente então o novo presidente, Kenichiro Yoshida faz um acordo cuidar de toda operação nuvem da empresa. A equipe que colocou o PS4 aonde está foi mandada embora. Os escritores dos títulos bem sucedidos, God of War, Horizon, outros jogos não estão mais lá. A Japan Studio já era também. O que sobrou? A porra do nome.

Esse console PlayStation 5 parece com Um PlayStation? Não. Porque PlayStation ganhou audiência sobre a Nintendo imitando a Nintendo e fazendo tudo mais barato. Hoje quem faz barato e a Nintendo enquanto isso a Sony tenta mixar PlayStation Studio a Sony Pictures para salvar a Sony Pictures.

Assim como Xbox e Microsoft deveriam ser separas, SIE e Sony também deveria ser separada. Enquanto juntas, essas divisões sempre serão subordinadas a estratégias generalizadas que apenas tornará suas plataformas pior e pior.

Shin
Shin
Responder a  Mário Armão Ferreira
2 meses atrás

Quando vocês pensam como fanboys vocês pensam de maneira muscular, não é o cérebro atuando, é apenas o sentido primitivo de defesa ligado com a intenção de defender um raciocínio que nem são seus mas sim foi germinado por meio de persuasão com técnicas de marketing viral. Abandonem isso.

O que eu digo é que eu estou muito velho para cair nisso. No meu entendimento eu uso a Nintendo como ponto zero, o mercado de jogos atual é composto de Nintendo e as demais marcas, pois as demais marcas vieram depois e se estabeleceram aprendendo métodos da Nintendo. Por quê a Nintendo? Porque não estou vendo a Atari ocupando esse posto. Se o papo fosse aviação aeroespacial, seria impossível falar disso sem falar da Nasa, se estivéssemos falando de aviação militar ou privada seria difícil falar isso sem falamos da Boeing, se estivéssemos falando de Refrigerante, seria difícil falar isso sem falar da Coca Cola.

Eu acredito muito na Teoria da insanidade Albert Einstein. Fazer a mesma coisa repetidas vezes buscando outro resultado é loucura. Se você ver no histórico da Nintendo ou de rivais passado da Nintendo, algo que na atualidade se figura como o mesmo padrão, você sabe o que pode dar errado.

Exemplo, tem jogos de Spiderman desde o Nes, eu joguei muito Maximum Carnage no Mega Drive, ou Marvel Super Heroes no Snes. Porque agora passamos a pensar que jogos de Spiderman são exímios vendedores de plataforma quando isso não ocorreu no passado? Qual foi sempre o padrão. O padrão é que a cada nova geração tem um game que integra mais fidelidade, seja com HQ, seja com filmes. Então este game é bem sucedido mas os demais já não são percebidos como uma nova coisa e o resultado é que eles caem no plano de fundo. Foi assim no PS2 e eu não vejo qualquer diferença com agora. Tente voltar aos games de PS1, 2, 3 e 360 de Spiderman agora, vai ver eles com os olhos do que realmente.

O que eu digo é que apenas fanboys acha os jogos da Sony grande coisa, as pessoas comuns não. O que acontece é que esses jogos são geralmente muito baratos, a maioria das pessoas não compram eles no lançamento, um fim de semana em casa e uma promoção na PSN e o jogo parece brinde. Quando não, você leva este jogo junto a uma bundle mesmo se sua intenção é só jogar um Fifa, Fortnite ou GTA. É por isso que o que funciona neles são o aspecto gráfico de alto nível, isso dar destaque na propaganda, a Sony é uma ótima propagandista quase tão boa quanto uma Samsung.

Sucesso PlayStation nunca foi sobre exclusivos se fosse assim o PSvita teria funcionado, a mesma coisa, de novo e de novo… Você já ouviu falar a teoria da insanidade..?

Marvel Spiderman Isomniac? Isso é apenas um game Spiderman com alta produção feito sobre o motor gráfico de Sunset Overdrive. É melhor que o Sunset? Óbvio. Foram quase 5 anos produzindo isso. Mas e aí. Esse jogo está $19 na PSN. Se está a esse preço é porque já vendeu o que teria que vender. Em breve PC ou talvez gratuito na PSN plus, afinal eles tem que ativar novos clientes e a maneira que eles encontraram para alavancar sequelas é fornecer acesso temporário ao game anterior.

Isso é reforcado pela ativação online de Astroturfers e Influencers digitais que vão pipocar vídeos falando… Nossa como a Sony é ótima nos dando acesso a cópia digital de um jogo já comprado.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Shin
2 meses atrás

No seu entendimento não se compara vendas da década de 90 com agora, pois o N64 vendeu pouco. Só esqueceu que o PS1 ultrapassou a casa dos 100 milhões em vendas e foi lançado antes! Ou seja, a regra que vale por N64 não vale pro PS1. Quem tá usando a cabeça como decoração aqui é você. Fora outros absurdos nos seus textos que nem vou levar afrente, já que você parece desconhecer completamente a plataforma playstation ou é uma espécie de lunático. Chama outros de fanboys só que se comporta como um, falando besteiras, inclusive que a Nintendo é que faz diferente. Faz mesmo, vende jogos de 20 anos atrás a preço cheio, tem um hardware que celulares já botam no bolso e por aí vai… Incoerência total.

No caso de um jogo, Spider-Man, é simples! Olha para o passado e veja o quão medíocre eram os jogos do aranha. E hoje, com insomniac, deram ao herói um jogo que faz jus ao seu legado. Hoje spider é sim um vendedor de consoles. A prova maior é quando chegam novos lotes de Ps5, Miles Morales estoura em vendas, quando Spider-Man foi lançado, vendeu mais que o aclamado GOW na primeira semana e hoje sabemos que tem vendas melhores até hoje, já ultrapassando a marca de 20 milhões de unidades vendidas no final de 2020.
145 milhões de exclusivos vendidos de 2018 até 2020 e você me diz que PlayStation não vende por causa de exclusivos. Insanidade tem limites.

nETTo
nETTo
Responder a  Sparrow81
2 meses atrás

Tlou Part2 foi o 4 jogo mais vendido de 2020, superou Spider Miles Morales e Ghost of Tsushima, quebrou records de jogos do PS mais o carinha aí acha que vendeu mal e a NaughtyDog está em mais lençois.

Kkkk

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  nETTo
2 meses atrás

Segundo análise do Shin, Spider-Man não vai dar boa no futuro… Coloque as barbas de molho, pois o herói mais popular do mundo não é o mais escolhido em Marvel vs Capcom, o que quer dizer que será um fracasso num próximo jogo solo. É rir pra não chorar. O que ficou evidente é que esse rapaz comenta certas coisas com uma certeza, mas não passa de hater, torcendo pro PS5 não dar certo. Uma pena pra ele, pois a torcida não está dando certo e o console, no meio de um PANDEMIA e escassez de componentes, vende igual água e já ultrapassou as 10 milhões de cópias vendidas em 8 meses. Ah, vale lembrar que a cada estoque novo de Ps5, o herói secundário Miles Morales volta a vender absurdos.
Ah, e os Studios Sony fazem jogos ruins, viu? Avisa a galera aí que TLoU2 só é o mais premiado da história porque a mídia é sonysta! 🙄
Eu nunca li tanta merda em tão pouco tempo como hoje.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
2 meses atrás

Bom, Mario. Culto pode ser algum dia, mas nesses comentários não foi… Misturou tudo, mostrou que não sabe nada sobre coisas que falou… Como Uncharted 1 jogo de ps2, problemas de gameplay em Horizon e esse ficar marcado por parecer Far Cry Primal + Cyberpunk, não entender o período PS3, onde quem salvou o console foram exatamente os exclusivos, falar que Studios Sony fazem jogos ruins, que Spider-Man acabou o hype porque já passou a febre dos filmes e porque nem é o personagem mais escolhido de Marvel vs Capcom, que quem faz diferente é a Nintendo, que o N64 é um console sem clássicos, que os jogos Sony não vendem consoles e são ruins (opinião dele). O rapaz aí tem que se segurar na emoção quanto ao Switch, pois o N64 foi muito mais console e com muito mais novidade em jogos que esse tablet defasado, com pouca novidade em games e que só vende mesmo por ser um híbrido e ter a opção de jogar onde quiser. Gostaria muito que a Nintendo voltasse a época SNES e N64, pois ali tinha esforço para se trazer coisas novas. Hoje é só uma sombra do que foi no passado.

Hiago
Hiago
Responder a  Shin
2 meses atrás

Isso eu discordo completamente de você, eu realmente não vejo o PS5 com todo esse ‘glamour’ que os mais fanáticos pintam, por conta exclusivamente da própria Sony ter abandonado um dos principais pontos que faz um console manter o sucesso, que é a exclusividade de conteúdos e sem contar o total despreso que a Sony tem por sua própria história (um exemplo foi que comentei sobre a Sony ter retirou a aba de “Clássicos de PS2” da PSN e ninguém aqui se importou, por isso ela continua não dando importância para os clássicos, eu particularmente já acho isso um crime). Mas diante disso o que definitivamente não poderia reclamar dessa empresa são exatamente dos games produzidos pelos estúdios first party, eles ainda levam o legado da industria nas costa praticamente, nos proporcionando ótimas narrativas interativas e dasafiadoras como os souls like por exemplo.
Então não consigo entender qualquer desconfiança ou críticas a Playstation Studios (a não ser sobre o reajuste de preços), mas de qualquer forma essas produções são ultimamente as únicas coisa que prestam dentro desse rumo que a industria tomou.

Hiago
Hiago
Responder a  Mário Armão Ferreira
2 meses atrás

Olha, beira a inocência você pensar que a maioria ou então todos esses jogos continuaram como exclusivos. Está mais que óbvio a tendência dos jogos da Sony serem no fim todos portados para PC. Começamos com exclusivos da geração passada e logo (eu aposto antes do fim dessa geração)veremos jogos next-gen com exclusividade temporária de seis meses ou um ano no PS5 e não seria de se espantar que logo eles se tornem em lançamentos simultâneos.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Mário Armão Ferreira
2 meses atrás

Deathloop e Ghostwire, já foram confirmados como temporários, acho que 1 ano.

Hiago quero dar meus parabéns, pelo seu comentário e assim como você eu aposto que é só o Ps5 atingir uma quantia significativa do mercado la para seus 50 milhões +, que eles vão liberar os jogos do Ps5 no Pc, só cego não vê o rumo que a Sony está tomando.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Daniel Torres
2 meses atrás

Pode esperar sentado então… Nao tem lógica alguma fazer um console com uma i/o monstra pra portar para o Pc pra meia dúzia jogar.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Sparrow81
2 meses atrás

Você falar isso mostra o quanto você não conhece o Pc, as novas Nvdias e Amd’s pelo que esta se conhecendo vão bater de frente com os consoles, e se for pelo controle o Call of duty cold war lançou um patch no Pc habilitando todas as funcionalidades do Dual Sense.
Já sei você vai falar que eu não tenho o console e não sei o que é jogar nele, bem eu testei o Ps5 e o Dualsense é ótimo mas para mim é só, e eu não crítico o Ps5 e a construção dele, crítico a empresa e suas políticas, que me cheiram a “furada”, por esse motivo a Sony não irá ver meu dinheiro nessa geração.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Mário Armão Ferreira
2 meses atrás

Certo Mário, mas uma coisa que os Pcs nunca tiveram e agora vão ter são jogos das 2 maiores empresas sendo elas Sony e Microsoft, então esses jogos de elevada qualidade também vão estar nos Pcs, lembrando que o próximo cotado a ir para o Pc é o Uncharted 4 uma das principais franquias da Sony.
Pode não ser agora, mas eu quero ver mais para frente ou quem sabe na próxima geração, como a Sony vai manter o interesse das pessoas para adquirirem um novo Ps, pois de um lado temos a Microsoft e seu gamepass oferecendo jogos a preços mínimos no Pc e Xbox, do mesmo lado temos o Pc que tem o melhor dos 3 mundos, mesmo que com um atraso de datas e do outro lado temos a Sony que só aumenta o preço de seus produtos e libera depois de um tempo no Pc. Pois não sei na sua concepção, mas na minha preço baixo e mais oferta sempre chama mais a atenção da grande massa.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Daniel Torres
2 meses atrás

Você que não conhece o PC e nem como funciona para se fazer um port e esse ser vantajoso para empresa. Um jogo para ser portado para o Pc tem que compensar e deve se pensar no standard da plataforma, para abocanhar a maior parte dos gamers. Sabia disso não?
Ou você acha que a Sony vai portar seus jogos para meia dúzia de pcista jogá-los?
Pois bem, as novas nvidias, SSD, processador vão custar quanto? Quantas pessoas vão adquirir esse super PC? Não sabe que a 2080ti não esta nem em 10% dos PCs para jogos? Vai sonhando, amigo. Um Port só é feito quando a maioria dos gamers Pc são capazes de rodar em suas máquinas.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Sparrow81
2 meses atrás

Pelo contrário sei como funciona sim e já trabalhei quando era mais novo com programação inclusive tenho amigos próximos que trabalham em empresas de jogos sendo uma delas aqui de minha cidade a Lumen Tech, eles são especializados em jogos mobile, mas estão pensando em expandir para jogos maiores. Então eu sei do trabalho que um porte desse representa, mas também sei que não é impossível e se não fosse viável a Sony não teria feito em 2 jogos e sendo cotado um 3 que seria Uncharted 4 e se isso se confirmar não seria errado afirmar que putros ports são possíveis como não serão tão trabalhosos assim. Ou você acha que o jogos do Ps4 são impossíveis de serem jogados em uma 1060 que é a placa mais popular segundo a Steam?

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Mário Armão Ferreira
2 meses atrás

Mário, quando fiz meu comparativo acima foi apenas com jogos do Ps4, como citei, agora em relação aos jogos Ps5 não saberei dizer porém acredito que a nova placa a substituir a 1060 por ser a 3060 quando os estoques se normalizarem, quanto ao I/O do Ps5 não saberei te dizer pois a muitos anos não venho me atualizando nas novas metodologias, para mim ja fazem 10 anos que não programo então te da uma resposta dessas seria ser desonesto com sua pessoa.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Daniel Torres
2 meses atrás

Mas quem disse que o Port é impossível? Estavamos falando de games do Ps5. Se você acha que um Ratchet and Clank estará ano que vem no Pc, isso se chama sonho e sem fundamentação alguma. Imagina jogos contruídos na raiz para o Ps5. Portar para meia dúzia de users jogar? Isso não existe!
Estão portando jogos de PS4 no PC porque qualquer máquina meia boca vai conseguir rodar, simples.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Hiago
2 meses atrás

Com todo respeito, mas você faz um textão com achismo atrás de achismo. Você achar algo, não a torna realidade.
Playstation decadente? Se está decadente, imagina o resto! Vendeu só 145 milhões de cópias de exclusivos em 3 anos e isso é decadência pra você. O playsation só ajudou a Sony a triplicar de valor de mercado em 6 anos e ainda assim está decadente pra você. É cada uma que a gente tem que ler… Horizon custou em torno de 40 milhões e foi um sucesso para Sony, pra você não é.
Bla bla bla… E cuidado com o que escreve, daqui uns anos pode ser cobrado por falar algo e acontecer o contrário. A decadência tá produzindo games como nunca. Enquanto isso, a Nintendo, que você fala que essa sim faz diferente, tá aí, com meia dúzia de jogos novos em 4 anos de console. Quanta ignorância…

Hiago
Hiago
Responder a  Sparrow81
2 meses atrás

Relaxa que a Sony vai continuar lucrando muito ainda, porém a marca Playstation como conhecemos está caminhando para o seu fim.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Hiago
2 meses atrás

Vidente.

nETTo
nETTo
Responder a  Hiago
2 meses atrás

Kkk

Jesus, não sei de onde tiram essas teses com o console quebrando records de vendas hehehe

E outra, o PlayStation hj é 50% da Sony amigo, se o mesmo está caminhando pro fim como vc mesmo diz, a Sony corre sérios riscos de ir junto kkk

Nem sentido faz a sua mensagem

Marco Antonio Brasil
Responder a  Shin
2 meses atrás

N64 não criou clássicos???? Opinião no mínimo controversa…
Para mim (e acho que a grande maioria do universo gamer) Mário64, Starfox 64, Mário Kart 64, 007 Goldeneye e o Ocarina of Time (que nostalgia!) são MUITO clássicos.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Marco Antonio Brasil
2 meses atrás

– Mario 64 considerado por muitos o melhor Mário da história;
– Zelda: Ocarina of Time considerado por muitos (me incluo) o melhor Zelda da história;
– Mario Kart 64 é um marco pra Nintendo até hoje;
– Goldeneye 007 é um clássico;
– Starfox 64 um clássico;
– Turok clássico aclamado
– Banjo Kazooie clássico…
– Perfect Dark…

Playstation tinha quantidade, mas a qualidade elevada estava na Nintendo naquela época. Parece que alguém não teve Nintendo 64 mesmo. Eu tive e sei que ali tinha valor.

nETTo
nETTo
Responder a  Shin
2 meses atrás

Sobre o seu primeiro parágrafo, pois eu nem tive mais saco pra ler o restante depois de ler tanta asneira logo no início.

Eu tenho PS5, tive PS4 por toda geração dele, tive o PS3 de 2009 a até hj e afirmo, o PS5 é superior ao PS4 em tudo, não há nada nele que deixe a desejar em relação ao console anterior.

O que vejo é as pessoas tecendo teses sobre o console sem ao menos ter tido contato, uma bizarrice.

Enfim hehehe era isso

nETTo
nETTo
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Simples, pra este tipo de prática só tem um remédio, Boicote.

Eu só vou adquirir essa versão quando estiver num valor justo.

O Patch pro jogo original deveria ser grátis, com 4K 60fps, Dualsense e áudio 3D. Até a EA que muitos consideram a mais mercenária fez upgrade no Star Wars Jedi Fallen Order grátis para quem já tinha o game.

O última geração ficou conhecida como a geração dos Remasters, e isso pegou mal a partir do momento que o Xbox trouxe a sua Retro e depois os jogos Enhanced pro One X sendo tudo a custo 0. Pra não insistir no termo Remaster a Sony parece ter adotado o termo “Directors Cut” que na vrd é a mesma coisa, uma palhaçada visto que o PS5 tem Retro com o PS4.

Death Stranding também tem a sua versão do diretor, mas aqui ao menos o custo pra fazer o upgrade é bem menor, ainda sim e denovo, os upgrades tirando os conteúdos novos deveriam ser grátis.

error: Conteúdo protegido