Insomniac custou 229 milhões à Sony. Como comparação, a Mojang custou 2,5 mil milhões à Microsoft.

A disparidade de preços pagos por duas empresas radicalmente diferentes mostra bem a diferença de objectivos e visão de ambas as empresas.

Confesso que quando soube o preço que a Sony pagou pela Insomniac fiquei surpreso. 229 milhões!

E fiquei surpreso porque, não fazendo a mínima ideia do preço que poderia custar uma empresa como esta, usava como bitola de medição o preço pago pela Microsoft pela compra da Mojang, uma empresa Indie, detentora do popular jogo Minecraft.

E quando a Microsoft pagou 2,5 mil milhões de dólares (ou 2,5 biliões na unidade Americana) por essa empresa, o preço da Insomniac, parece quase uma pechincha. Mas não que isso seja uma total surpresa pois basicamente a compra da Mojang é referida como potencialmente a mais cara da história face à empresa que é.

A realidade é que a Mojang é uma empresa que sempre fez jogos Indie, a Insomniac produz títulos dos mais variados, incluindo AAA de sucesso. De acordo com o Linkedin a Insomniac possui 201 funcionários fixos, a Mojang possui 51 funcionários fixos. A Insomniac produziu desde 2011 um total de 20 jogos dos quais podemos destacar como conhecidos Resistance 3, Ratchet and Clank: All 4 One, Ratchet and Clank: Into the nexus, Ratchet & Clank: Full Frontal Assault, Sunset Overdrive, Ratchet and Clank – PS4, Song of the Deep e Spider-man, a Mojang produziu desde 2011 um total de 14 jogos, dos quais podemos destacar como conhecidos Minecraft, Minecraft Classic, Minecraft earth, Minecraft Dungeons e Minecraft Realms.



Basicamente vemos aqui uma semelhança clara entre estas empresas e a filosofia dos estúdios de ambas as empresas, onde num lado se aposta na diversidade e criatividade, e no outro no explorar do mesmo jogo até à exaustão, com equipas presas ao mesmo.

Basicamente a diferença entre as empresas é gigante. O que as aproxima, e até dá a vantagem à Mojang é que a empresa teve entre mãos um dos maiores sucessos dos videojogos, o seu Minecraft. Um jogo que se tornou popular e vendeu mais de 176 milhões de cópias.

A compra da Mojang pela Microsoft é uma mostra dos da realidade e objectivos da empresa. Uma empresa que não se importa de gastar largos milhões para entrar nos mercados de massas, para obter uma fatia do mesmo e arrecadar a sua receita. A ideia da Microsoft é estar presente nos mercados onde há muitos clientes.

Agora, será que o custo da Mojang se justifica? Apesar de a Microsoft não referir valores exactos, o que o wikipedia nos refere é que em 2015 as suas receitas nos videojogos aumentaram 63 milhões, tendo a Mojang contribuído para isso. Mesmo que possamos atribuir a totalidade do valor à Mojang, o que vemos que a este ritmo a Microsoft necessitará de 39 anos para recuperar o investimento.



Aliás, o valor pago percebe-se ser alto quando vemos que os 176 milhões de cópias de todas as versões de Minecraft, que foram vendidas a uma média de 15 dólares cada (umas versões mais caras, outras mais baratas) terão rendido à Mojang algo na ordem dos 2.65 mil milhões de dólares (ou 2.65 biliões na unidade Americana). Perante esta estimativa estamos perante um valor de apenas 150 mil dólares mais do que a Microsoft pagou!

Já a compra da Insomniac pela Sony mostra a procura de uma empresa com diversidade, qualidade e capacidade de produção de material diverso.

E foi a compra cara? Claro que não! Só o Spider man vendeu mais de 13.2 milhões de unidades. Se aceitarmos, numa estimativa altamente por baixo que ignora a receita de todos os restantes jogos criados para a Sony, e usando apenas o Spider Man, considerando que metade destas vendas foram a 70 euros (ignorando a receita vinda da outra metade), temos que a receita gerada pela Sony só com este jogo foi de 420 milhões, ou seja 1,8 vezes mais do que custou a Insomniac.

Uma pechincha!

Há aqui claramente uma diferença notória na forma de investir, de ver o mercado, de gerir o dinheiro, e de pensar a produção de jogos para a sua consola. Até porque com a compra da Insomniac os  IPs que esta detêm passam a ser exclusivos Playstation, ao passo que com a compra da Mojang, o Minecraft continua a ser multi formato e disponível em quase todos os sistemas, não sendo assim uma verdadeira mais valia para a consola da Microsoft.

Isto não torna qualquer uma das compras melhor que a outra. Mas mostra que há claramente uma diferença na forma de gestão e visão do mercado, das consolas e dos videojogos. Tal e inegável.

Mas como um jogo de sucesso como o Minecraft não é algo que se acorde e decida criar, sendo basicamente um golpe de sorte, a nível de capacidade de produção, a compra da Sony soa a bem mais interessante para a produção em geral… e acima de tudo, barata!

Nota final:

Já depois de ter escrito o artigo de cima, tive conhecimento do valor que a Microsoft pagou pela compra da Rare em 2002.

Foram 375 milhões de dólares! Ora de acordo com este website que calcula a taxa de inflação, isto traduz-se num valor em 2019 de mais 42%, ou seja 532 milhões de dólares.

 



newest oldest
Notify of
bruno
Visitante
bruno

Por curiosidade.. O market cap da Remedy anda à volta dos 170 milhões de euros (total equity).

Por um preço semelhante ao da Insomniac seria possível adquirir o estúdio.

Outros na mesma fasquia e possíveis de adquirir pelo mesmo preço são a Ready at Dawn e a Bluepoint.

E acho que estes 3 seriam excelentes aquisições. Todos possuem tecnologia fantástica e talento interno.

A Remedy tem o motor northlight e um estilo próprio.

A RAD já tem uma longa história com a PS e Tb tem dado cartas no VR.

A Bluepoint nem precisa de apresentação. Ainda espero que façam o Remake de ICO.

AlexandreR
Visitante
AlexandreR

Eu gostaria muita da aquisição da Remedy Games e da RAD. Principalmente a Remedy! Mas infelizmente também temos que perceber que a Sony não pode comprar e suportar assim tantos estúdios! Não é só comprar os estúdios, como também ter que pagar o ordenado as pessoas, e a Sony já tem uma grande quantidade de estúdios. E também não é preferível ter quantidade acima de qualidade.
Não desrespeitando a Remedy e a RAD, pois ambos tem muita qualidade, mas menos estúdios mais controlo sobre os mesmo e mais recursos se consegue fornecer a cada.
Por exemplo o crescimento da Sony Bend foi algo natural, que foi devido ao jogo que foi bem conseguido! (Infelizmente teve uns bugs iniciais que foram ultrapassamos)

bruno
Visitante
bruno

Quem disse que não?

Estes estúdios não serão comprados apenas para serem suportados. Serão comprados para fazerem jogos e gerarem dinheiro.

E todos os 3 já deram provas de serem equipas bem estabelecidas e capazes de produzirem com eficiência.

AlexandreR
Visitante
AlexandreR

Eu não digo que não, acho improvável a aquisição de outro estúdio durante um ano.

bruno
Visitante
bruno

Improvavel ou nao, nao sei. Financeiramente, nao ha impedimento nenhum.

Sei e que, onde ha fumo, ha fogo.

A Sony e a Remedy tem tido uma grande relacao de proximidade recentemente (visitas, colaboracoes, comnuicacao no twitter) e varios rumores apontam para uma possivel aquisicao do estudio.

Da bluepoint, nao ha nada, excepto que o proximo projeto e da PS5.

Da RAD tambem algo parece estar a ser conzinhado – este estudio tb curtiu bastante a aquisicao da Insomniac e teve uma reaccao peculiar ao mesmo tempo que recentemente se mudou para novas instalacoes.

AlexandreR
Visitante
AlexandreR

Acho que deverá ser por estarem a desenvolver um jogo exclusivo para a ps5.
E se correr bem, fazem como fizeram com a Insomniac games.

Livio
Visitante
Livio

Fora que os direitos readquiridos do Alan Wake, alguma movimentação há por aí.

AlexandreR
Visitante
AlexandreR

Eu não duvido que a Remedy esteja a trabalhar com a Sony. Poderá ser um Alan Wake. Isso explicaria as idas do pessoal da Sony ao estúdio (Shuhei Yoshida)

AlexandreR
Visitante
AlexandreR

Eu no início pensava que o objetivo da compra do estúdio, era devido à chegada do realidade aumentada (Hololens)! Porque quando foi anunciado houve um vídeo ou leaks que mencionaram que se poderia jogar Minecraft em realidade virtual! Ou pelo menos era esse o objetivo!
Relativamente a Insomniac é uma compra segura, a Sony já trabalha com eles há anos. E por momentos devem ter pensado que os perderam , quando fizeram Sunset overdrive para a Xbox. Por falar em Sunset overdrive, espero que a Sony lance um porte para a ps4 do jogo, porque há muita gente que gostava de jogar! (Lançando com um preço acessível, 29€)
E seria uma boa maneira de ganharem uns trocos e amortizaram o custo da Insomniac.

Livio
Visitante
Livio

Aquela do Hololens na E3 foi só para tentar trazer jogadores ao Xbox devido a má reputação das políticas iniciais do One.

Eu mesmo naquela apresentação fiquei muito impressionado, fizeram alarder, mostraram exemplos com jogos e dias depois vieram a dizer que o Hololens não seria destinado aos jogos e sim para a área medicina e militar.

O Series X seria um equipamento ideal para o Hololens, mas pelo visto, aqui incluo as declarações do Phil em relação ao VR, isso não irá acontecer.

Julio Esteves
Visitante
Julio Esteves

Já comentei em um post anterior que a MS demonstra a algum tempo uma mudança de rumos, estranhamente começou que o fechamento de estúdios importantes no sucesso do Xbox360. Lendo a notícia fica um questinamento, por que será que a MS não comprou 8 estudios renomados no lugar da Majong?
Off topic- Mário tens algum plano de postar algo a respeito do jogo Dreams do Ps4? Fiquei surpreso com o potencial do jogo, surpreso a ponto de desejá-lo no PC (algo que eu nunca tinha feito antes).

Sephirot
Visitante
Sephirot

Acredito que as coisas não são assim preto no branco, essas quetões contratuais são complexas, temos que entender exatamente o que significa essas sifras realmente, será que a Sony comprou a Insomniac e todas as IPs, quanto do montante arrecadado pela Insomniac vai de fato para a Sony, compra de empresas são fusões complexas com contratos extremamente longos, detalhados e complexos, com um conselho juridico e administrativo muito forte atuando, cada um buscando tirar o maximo de proveito possivel para si. Então temos que ver esses números com calma.

Carlos
Visitante
Carlos

De nada adiantaria a mic comprar a insoniac, ela não teria acesso as ips ratchet and clank e nem homem aranha.

Fernando
Visitante
Fernando

Sem ter dimensão da quantidade de vendas reais do Spider Man e descontando quantas cópias são na verdade a promoção de 19 dólares do Playstation e quanto é o jogo gratuito na caixa do console, é impossível chegar à números reais. O que é fato é que o PS4 vende bastante, e a Sony vende muito bundle, na verdade não existe nenhuma oferta de PS4 nas lojas que não seja um bundle. Também é fato que em cerca de 2 meses, todos esses jogos exclusivos começam a ter enormes descontos.
Outro ponto, a Microsoft não comprou a Mojang por ser o estúdio que são, e sim por serem donos de Minecraft e a franquia estar consolidada e continuar gerando dinheiro ao longo dos anos. Além disso, é utilizado em outras coisas além do entretenimento, como o Minecraft for Education por exemplo. Existe o fato também de que é um título lançado em diversas plataformas até hoje. Acredito que a Microsoft trate o Minecraft como uma divisão a parte, e não algo que faz parte apenas do Xbox. A mojang sem trabalhar para criar coisas novas, tem um produto que se paga e garante um market share massivo.
A Insomniac junto a Sony surfaram na popularidade do Homem Aranha no pico dos Vingadores no cinema. Eles precisam que o Homem Aranha 2 repita o mesmo sucesso num console novo que vai começar do zero e com uma concorrência mais acirrada. Acho que não é difícil vender o Homem Aranha, jogos péssimos dele como os da geração passada que eram multiplataforma venderam muito bem.
A verdade é que o Homem Aranha é, ao lado de Batman e Superman, o super herói mais popular do planeta. Qualquer empresa que tenha um título exclusivo desses 3 heróis terá enormes vendas, qualquer um sabe do que se trata. Até aquela sua tia que não sabe o que te dar de presente de natal.

bruno
Visitante
bruno

“Sem ter dimensao da quantidade de vendas rais do Spider Man”

Temos, por acaso: 13.2 milhoes foi o ultimo numero divulgado de forma oficial por Shuhei Yoshida.

“na verdade nao existe nenhuma oferta de PS4 nas lojas que nao seja bundle”

Errado. Os bundles existem e estao por volta dos 350 euros para a versao base e 450 euros na versao pro. As versoes sem bundle custam os normais 299/399 euros. Agora ate tens a Pro na amazon por 299.99 euros.

Seja como for, e errado dizer que a Sony so aposta em bundles para oferecer jogos e marcar vendas… a MS tambem o faz e farta-se de o fazer quer com a X quer com a S. Alias, nao e a toa que, aqui na europa chegasses a ter bundles Xbox por 170 euros, com um jogo incluido (Forza ou Gears).

Andares a tentar usar isso na otica de que so a Sony o faz e errado.

“Tambem e fato que em cerca de dois meses, todos esses jogos exclusivos comecam a ter enormes descontos”

Verdade sobre os descontos, falso sobre o enormes. Nao tens um jogo ainda a 70 euros que passa para 20 euros em promocao. Tens um jogo a 70 euros que pode passar para os 50 euros ou quarenta euros. Days Gone passou, creio que dois meses apos o lancamento para os 50 euros o ano passado, spiderman chegou aos 40 euros numa promocao dos days of play apenas apos 9 meses no mercado. Ha muitos outros titulos que demoram menos tempo a faze-lo. Eu sei porque adquiri esses dois e mais alguns nessa promocao pagando o equivalente a um ano de Gamepass ou Stadia. E ainda nao passei todos.

E sobretudo, nao tens um gamepass que passa um jogo a 70 euros para 1 euro.

“A proposito a Microsoft nao comprou a Mojang por ser o estudio que sao e sim por serem donos de Minecraft e a franquia estar consolidada”

Correto. Mas isso esta clarissimo no artigo. E refere mesmo que o valor so poderia ser explicado pelo dinheiro gerado pela franquia, mas mesmo assim fica dificil quando o pico de receitas aponta para algo na ordem dos 40 anos para o investimento 2.5 bilioes se pagar.

E pensar que a MS fechou outros estudios por gastarem menos dinheiro que isso em projectos. Como e que, alias, explicas tu isto?

Mais ainda, todos notamos que nao foi pelo estudio – este nem conseguiu passar Minecraft a 4K (algo de que curiosamente ninguem fala, mas nem esse anuncio, que foi um dos mais ridiculos na revelacao da ONE X, foi cumprido).

“A Insomniac junto a Sony surfaram junto da popularidade de Vingadores no cinema”

Meia verdade. Sim, nao se pode dissociar o sucesso do jogo do sucesso da franquia. Mas tambem nao se pode dizer que parte desse sucesso nao se deva a qualidade. Porque efectivamente e o melhor jogo da franquia alguma vez feito. O mais polido, o mais tecnologicamente impressionante e tu tiveste jogo da activision ainda nesta geracao. Tambem nao podemos esquecer que quer a tecnologia, quer a historia foram tremendamente elogiadas.

Estas a confundir, por conveniencia, o valor do estudio pelo jogo e o valor do estudio pelo talento.

Spider-man recebeu muito do DNA que a insomniac imprimiu em muitos outros dos seus titulos e foi tambem um sucesso por isso.

“Acho que nao e dificil vender o Homem-Aranha(…) jogos pessimos dele como os da geracao passada que eram multiplataforma ”

Sim ja houve muitos outros jogos do Homem Aranha. Nenhum chegou aos 13.2 milhoes e muito menos, numa unica plataforma.

E com tu reconheces, ha o Homem aranha antes e depois do trabalho da Insomniac, sendo que o antes classificas como pessimo.

Vitor PG
Visitante
Vitor PG

Se somar todas as devs q a ms comprou do início da geração até agora não dá 1/2 Insomniac, ninja theory q foi a menos piorzinha q ela comprou não chega aos pés da SONY Bend q é um studio menor q está COMEÇANDO a fazer jogos pra consoles de mesa, q antes fazia mais pra portáteis

bruno
Visitante
bruno

E prematuro dizer isso.

A Playground Games nao e propriamente um estudio pequeno. E relativamente as aquisicoes a que te referes, sao tudo estudios que podem crescer.

Basta ver onde a ND comecou ou a Sucker Punch.

Alias, olha o caso mais recente da HouseMarque.

As aquisicoes da Microsoft foram inteligentes, porque apesar de os estudios nao serem aqueles que produzem os jogos com maior superioridade tecnica, tem entregue experiencias interessantes ao longo dos anos.

O primor tecnico da-se com troca de tecnologia e interajuda entre estudios, algo que a 343 industries ou o The Coalition podem resolver.

Mais importante agora, e haver imaginacao e criatividade e foi nisso que a MS apostou. Vai demorar anos ate que os estudios entregem AAA de grande primor tecnico, mas chegam la com apoio e investimento.

Vitor PG
Visitante
Vitor PG

Xbox por mais potente que seja NUNCA terá AAA enquanto for refém da mendigopass, pra dar jogos a R$1 no lançamento o jogo não pode ter grande investimento e pensar que tem gente q acha que esse serviço lixo é bom

daniel
Visitante
daniel

Concordo com você, e eu já acho que se a Playground acertar a mão nesse RPG, estará em um patamar próximo aos melhores da Sony, e superior a todos da Micrososft, pois sair de um jogo de carro para um rpg mantendo o patamar é algo que até então eu nunca vi. A Obsidian e Ninja são bons estúdios também, e não estão tão distantes assim da Insomniac não, pois produzem/produziram bons jogos, e talvez com um plus, alcancem esse patamar. Aos demais, uma incógnita, dando ênfase a The Initiative, que a julgar seu líder, pode ser que saia algo interessante, assim como foi o reboot de Tomb Raider. Falar em Xbox, que bela promoção do One X em Portugal ein, 299 euros é um excelente preço, e algo inimaginável para o Brasil.

bruno
Visitante
bruno

Sem dúvida.

Playground dispensa apresentações.

Ninja Theory tem no seu histórico DMC, Enslaved e Heavenly Sword.

Obsidian fez um fallout e agora the Outer World’s.

SE houver investimento estes estúdios podem entregar muito!

Ainda não estão ao nível da Insomniac dado que esta tem provas dadas em FPS, plataformas, VR e jogos em mundo aberto.

Mas não lhes falta muito, não.

Vitor PG
Visitante
Vitor PG

DMC é um reboot detestado pelos fãs de Devil may Cry, enslaved é um jogo mediano para ruim, também a ninja theory é responsável por um dos piores games da geração: hellblade senua’s sacrifice, QUE JOGO HORRÍVEL! Combate simplório e sem graça, walking simulator de quinta categoria fora q tem um dos puzzles mais cretinos que eu já vi em um game, vc olhar as runas e ter q achar silhuetas no ambiente que se pareçam com elas, daonde os devs tiraram q isso seria divertido?! Quando esse jogo saiu pra xbox eu pensei ” vai tarde, esse jogo é tão ruim q nem quero q manche a imagem dos exclusivos de PS4, até Knack é aceitável mas esse jogo não ” Ninja theory fez uns games bons como Nioh e os Ninja gaiden 3D mas está anos-luz do menor studio da SONY

Carlos Zidane
Visitante
Carlos Zidane

Achei que era só eu quem pensava assim de Hellblade…
É, também acho um jogo fraquíssimo. Tomara que o novo seja decente.

bruno
Visitante
bruno

Vamos lá a ver.

DMC pode ter sido detestado pelos fãs, mas isso não teve nada a haver com a Gameplay. O jogo é sólido e polido.

Enslaved, não tem nada de mediano ou ruim. E the last of us, para os ambientes recrutou o mesmo artista de ambientes desse título.

Heavenly Sword foi um dos grandes títulos do começo da PS3 e o primeiro que joguei. Posso dizer que esse título serviu para vender hardware e mal posso esperar por um sucessor espiritual.

Hellblade, dado que é só digital, não joguei. Mas do que vi, foi extremamente elogiado.E olhando para a forma como foi construído foi um trabalho impressionante.

Vitor PG
Visitante
Vitor PG

Esse Sword não joguei mas tenho interesse, enslaved é um jogo meia boca, nada tem de valor,hellblade é odiado pela maioria dos jogadores, já jogou Rune 2? Rune 2 é um jogo de segundo escalão q também passa na mitologia nórdica( fique claro: eu adoro mitologia, seja grega, nórdica egípcia etc mas não é garantia de jogo bom) é um jogo de sobrevivência e crafting à la Conan exiles,mas ainda assim diverte mais q hellblade, não tem problema o jogo ser um walking simulator, tem ótimos jogos nesse esquema como The Observer,Conarium e Edtith Finch mas nenhum tem os puzzles idiotas de achar forms parecidas com desenhos, torço pra esse hellblade 2 ser exclusivo de xbox pra não sujar a ótima imagem dos exclusivos do PlayStation

Edson
Visitante
Edson

Fico impressionado que tenha jogado o Hellblade 2, Mário!rsrs. Brincadeiras a parte, não me chamou a atenção, tbm!