Juntar fanboys, gramática e matemática dá resultados muito engraçados.

5 1 vote
Avalie o nosso artigo

Distorcer a linguagem é algo muito comum… distorcer a matemática, algo ainda mais comum. Mas junte-se fanboys a isto, e o resultado é hilariante.

Num Post do Neogaf, um fanboy Xbox escreveu o seguinte:

                PS5 |  XSX
CUs              36 |  52                +44%
GPU Clock   2.23Ghz |  1.83Ghz           -18%
ROPs             64 |  64                +0%
TMUs           144? |  208?              +45%?
Bandwidth   448GB/s | 560GB/s (optimal)  +25%
Str.Prcs.      2304 | 3328               +45%

Ao que um Fanboy Playstation corrigiu para:

                PS5 |  XSX
CUs              36 |  52                +30.8%
GPU Clock   2.23Ghz |  1.83Ghz           -18%
ROPs             64 |  64                 0%
TMUs           144? |  208?              +30.8%
Bandwidth   448GB/s | 560GB/s (optimal)  +20%
Str.Prcs.      2304 | 3328               +30.8%

E a consequência disto foi… que me escaquei a rir. 🙂

Isto é o que dá quando se juntam fanboys, gramática e matemática… Só dá mesmo para rir!



Porque repare-se numa realidade… Ambas as tabelas são verdadeiras. E os valores apesar de diferentes… são ambos verdadeiros!

Mas na realidade, tudo, está mal! Tanto em cima como em baixo!

E o que choca é que as pessoas não conseguem perceber isto, e discutem, discutem, em torno destes valores.

Vamos lá a ver…

A matemática

Porque é que a primeira tabela está correcta:

Está correcta por dois motivos. Porque os valores das especificações estão correctos (incluindo os que tem os pontos de interrogação). E as percentagens tambem. Basicamente eles referem em percentagem o que a a Xbox série X tem a mais/menos. (Na realidade há erros de arredondamento, como por exemplo, a velocidade de relógio da série X é 1825 Mhz e não 1830 Mhz), e as TMUs não são 45% mais, mas sim 44% mais, e o mesmo com os stream processors).



52/36 = 1.4444 -> 44% mais
1825/2230 = 0,81 (1-0,81=0.1816) -> 18,16% menos
64/74=1 (1-1=0) -> 0%
208/144 = 1,4444 -> 44% mais
e por aí fora

Porque é que segunda tabela está correcta:

Pelos mesmíssimos motivos de cima. Apesar de uma incongruência extra na parte da velocidade de relógio que já explicaremos:

36/52 = 0,69 (1-0,69=0,307) ou 30,7% a menos
64/64=1 (1-1=0)
144/208 = 0,69 (1-0,69=0,307) ou 30,7% a menos

E por esta lógica de vantagem de números para a PS5, na parte da velocidade este senhor deveria ter teocado os elementos da operação, e dessa forma o ganho da velocidade seria:



2230/1825 = 1,2215 ou mais 22.15%.

Este foi um erro!

Mas como é que valores tão diferentes podem estar ambos correctos?

Bem, quando falamos em unidades absolutas, tanto faz vez a coisa por um lado como pelo outro. 52 CU são mais 16 CU que que 36… E 36 Cu são 16 CU menos que 52 CU. Ou seja, há uma verdade absoluta.

Mas quando falamos de percentagens a coisa muda.



O que quer dizer x%?

Quando falamos em uma percentagem, o valor de x quer dizer que em cada 100 unidades, X obedecem ao que queremos dizer.

Se tomarmos 36 CU como sendo o nosso universo (o nosso 100), então 52 unidades, são mais 44%.

36 está para 100

assim como



52 está para X

E numa regra “trés simple”, temos 52×100/36= 144 ou 44% mais.

Ou seja, 52 CU são 44% mais CU que 36 CU.

Mas invertendo a coisa, os números mudam.

52 está para 100



assim como 

36 está para X

Pela mesma conta, temos 36×100/52 = 69.23, ou seja 36 CU são 69,23% de 52 ou seja 30,76% menos (subtraindo a 100 os 69,23).

Basicamente percebe-se como a análise está feita… Uma analisa a percentagem a mais, o outro a percentagem a menos, e cada um usa os valores que lhes dá mais jeito por serem menores ou maiores, conforme é um ganho ou uma perda da sua consola). 🙂

Na realidade a comparação de cima resume-se a isto:



Tomando a Xbox série X como a referência, ou seja, os seus valores como 100%, qual a diferença da PS5.

PS5 | XSX (100%)
CUs 36 | 52 -30.8% – A PS5 tem menos 30,8% de CUs
GPU 2.23Ghz | 1.825Ghz +22.19% – A PS5 tem mais 22.19%
ROPs 64 | 64 0% – Ambas as consolas são iguais

Mas se alteramos a coisa e tivermos a PS5 como referência, ou seja os seus valores como 100%, qual a diferença da Xbox série X?

PS5 (100%)| XSX
CUs 36 | 52 – A Xbox série X tem 44.4% de CUs
GPU 2.23Ghz | 1.825Ghz A Xbox tem menos 18.16% de velocidade
ROPs 64 | 64 0% Ambas as consolas são iguais.

O que é importante perceber-se é que é irrelevante apontar para o valor maior ou menor… porque ambos significam a mesma coisa. E o maior ou menor só tem implicação por questões que se denominam de “Marketing”, aqui aplicado pelos fans.



Mas aqa usar-se um deles, qual está correcto? Qual o que se deve usar?

A resposta é: Tanto faz! Há é que existir uma coerência e usar sempre o mesmo!

Aqui na PCManias, sempre usamos o mesmo critério. Que não é nenhum dos casos aqui referidos. Basicamente o que fazemos é dividir o valor maior pelo menor e ver a diferença olhando sempre para a superioridade de um caso face ao outro.

52/36=1,44 – 44% mais CU na Xbox
2230/1825 – 22.19 – 22.19% mais velocidade na PS5
12,15 Tflops/10,28 Tflops = 18,19% mais Tflops. Na Xbox

E isto parece-nos o mais correcto.



Mas porque motivo não falamos da TMUs e dos Stream Processors, que eram referidos acima? Bem, é aqui que entra a segunda parte do caricato:

A gramática

Não haja dúvidas que quando se quer a gramática pode ser muito útil à promoção de certas situações:

Porque por exemplo, eu posso dizer:

O carro A tem mais 2 portas que o carro B.

Ou alternativamente dizer:



O carro A tem mais 2 portas que o carro B
O carro A tem mais 4 vidros que o carro B
O carro A tem mais 2 fechaduras que o carro B
O carro A tem mais 4 dobradiças que o carro B
O carro A tem mais 20 parafusos que o carro B
O carro A tem mais 2 puxadores que o carro B

E por aí fora.

No fundo, o que estou a dizer? Asneiras… estou a repetir as coisas, pois ao termos mais duas portas o resto é assumido uma vez que são tudo componente que constituem as portas. E somente um interesse em recalcar uma vantagem pode levar a que se abordem as coisas num pormenor maios que na realidade está a repetir a mesma coisa.

E na tabela de cima temos isso.

Ao dizermos que um GPU tem 52 CU e o outro tem 36 CU, já se sabe que o primeiro tem mais TMUs pois elas são 4 por CU. Já se sabe que tem mais Stream Processors, pois eles são 64 por CU. Ou seja, ao repetir valores falando em TMUs e em Stream Processors, estou apenas a tentar puxar a brasa a uma sardinha, pois o que estou a dizer é repetir algo que já está incluído na afirmação dos CU.



Mas depois, a sermos correctos, será que podemos efectivamente dizer que a Xbox série X tem mais 44% de CUs que a PS5, e tomar isto como uma realidade de performance e não apenas física?

Olhando para a componente física, sim. Há mais 44% de unidades de processamento. Mas para a componente que é relevante que é a performance extraída desses CUs, este valor não é correcto. E não é correcto porque os 36 CU da PS5 correm a mais 22, 19% de velocidade que os CU da Xbox.

Daí que uma comparação mais correcta da performance passe pelos Tflops… E dos 36 CU extraímos 10,28, dos 52 extraímos 12.15, com a diferença entre eles a ser de 18.19%. O valor que acrescentamos na nossa tabela em cima, e que realmente é o mais correcto na comparação geral dos sistemas.

Mas mesmo este número peca… porque como vimos ele compensa a diferença das unidades com a velocidade de relógio, não olhando para elas como componentes separadas, mas sim algo que trabalha em conjunto. O que no entanto ele não toma em conta é o rendimento interno do sistema.

Quando a Microsoft, em 2013 refere que 6,6% de aumento de velocidade de relógio era mais vantajoso que mais 2 CU que aumentaria em 16,6% os Tflops, temos de ter em conta que mais relógio e mais CUs são algo diferente, e que o aumento de performance não se dá na mesma proporção, uma vez que mais CUs aumentam a capacidade de processamento paralelo, mas mais velocidade aumenta a performance de todos os componentes do GPU.

Depois, sabemos que existem optimizações internas no GPU proprietárias de ambas as marcas e que alteram o seu rendimento, pelo que não podemos dizer que os GPUs rendem o mesmo por cada ciclo de relógio gasto. E uma pequena diferença que seja, no final pode aumentar ou cortar a diferença ditada pelos Tflops.

Ou por outras palavras… as tabelinhas de cima, são relevantes como comparação global de especificações, mas numa comparação de performances, acabam por ser completamente inúteis dado que os sistemas são diferentes. Por esse motivo, se em 2013 viram muitas tabelas dessas da nossa parte, agora em 2020 nunca escrevemos nenhuma. E isso porque perante a diferença nas implementações dos sistemas, isso poderia induzir em erro.

Daí que no campo da performance só vamos saber o que vale cada sistema quando os jogos saírem e forem comparados. Até lá, tudo o que se diga sobre A ou B e sobre um ser superior ou inferior ao outro, é total e completa especulação.

Como nota adicional, ainda há quem refira que a Xbox série X possui 80 ROPs e não 64. sendo que a Microsoft nunca negou isso.

Na realidade confirmou, e isso está presente neste slide da Hot Chips.

116 Gpix/sec!

Ora 64 rops x 1825 Mhz =  116.8 Giga Pixels por segundo.

E ficam assim provados os 64.

 



5 1 vote
Avalie o nosso artigo
37 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Vitor Hugo Reale
Vitor Hugo Reale
30 dias atrás

Pelo que eu entendi,não se pode bater o mertelo como um console superior ao outro. Ambos os hardwares tem seus pontos fortes a se analisar e não será números que decidirá qual é melhor. Tendo em mente isso devemos esperar o comparativo sair dos consoles lado a lado e aí teremos certeza. Certamente como já foi abordado em vários artigos e debates, aparentemente o ps5 possui peculiaridades no hardwere que o xbox sx não possui, além do fato de ser coerente e lógico pensar que os relógios variáveis serem mas eficases no processamento que o fixo, podendo ser mas rápido e eficaz no processamento gráfico. Não sei se está totalmente certo meus argumentos, mas para mim o ps5 é superior de várias formas seja pelo conceito da arquitetura ou pela forma como ela trabalha com base na carga de trabalho sendo muito eficiente. Ademais sabemos que o ipc da rdna 2 é ótimo e isso mas uma vez comfirma que ter mas clok é melhor que mas unidades computacionais.

Vitor Hugo Reale
Vitor Hugo Reale
Responder a  Mário Armão Ferreira
30 dias atrás

Já corrigi meu e-mail, senhor Mario, obrigado pela dica é compreensão.

Hiago
Hiago
Responder a  Mário Armão Ferreira
30 dias atrás

Olha, se a sony lançar todos os seus games para PC depois de dois ou três anos do lançamento, eu não me importo de jogar atrasado, então se essa política for real eu não tenho mais motivos para comprar um PS5 (assim como não via no Xbox). Me parece muito mais vantajoso investir em um PC agora. E de exclusividade eu particularmente quero muito jogar God of War 2 e Granturismo 7, não ligarei de esperar sair para PC (se forem lançados).

Rui
Rui
30 dias atrás

Para mim vai contar é os comparativos, e mesmo esses podem ter condicionantes de mercado.
Exemplo, a one X é a vontade a consola mais poderosa de sempre no entanto em alguns jogos corre pior que a ps4pro, porque? Porque a ps4 é a plataforma mais popular e normalmente é a consola base de programação e depois é feita uma versão pra one X bem trabalhada ou um port directo do código da ps4 mal optimizado.

Vem a notícia na eurogamer que a sony quer mais exclusivos no pc, mais uma vez a copiar a Microsoft, a Microsoft também começou por meter alguns exclusivos no pc mais antigos e agora são todos day one, a playstation parece querer ir pelo mesmo caminho, isto na minha maneira de ver não altera nada, eu não jogo no pc logo para mim são exclusivos na mesma.
A questão é aqueles que dizem tenho a ps para os exclusivos e depois tenho um pc artilhado para os exclusivos da xbox, vao todos passar a dizer, tenho um PC artilhado para os jogos pc exclusivos sony e microsoft??

nETTo
nETTo
Responder a  Rui
30 dias atrás

Os teus comentários tem uma espécie de “rancor” enraizado, ou algo deste tipo.

Sobre a notícia da Eurogamer, nada de novo, lembre que quando o carinha lá da Guerrilla virou CEO da Divisão Playstation ele ja havia dito isso, que titulos selecionados poderiam vir ao PC, isso no ano passado ou em 2018, não lembro ao certo. De toda forma, na notícia também fala da Sony continuar a adquirir novos Studios afim se fortalecer o PS Studios, algo bem positivo não achas. Ja sobre os exclusivos ao PC, vc toma suas próprias conviccoes como verdade, a Sony nesta geração lançou pro PC 12 IPs que sao suas, mas apenas Horizon ZD de seus Studios Firts Party, isso 3 anos após o lançamento, mas pra vc isso parece ser igual ao Xbox que lança Day One né kk. De toda forma, devemos esperar pra ver se o CEO mantém sua palavra levando jogos com foco mais no Online pro PC, ou de repente ele realmente imita a Microsoft e da um 180 em suas próprias afirmações, que é o que mais tem acontecido com o Xbox recentemente.

Paz irmão, Bom Domingo

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  nETTo
30 dias atrás

Deve ser duro defender a Microsoft com os joguinhos lançados na atual geração. Se está feliz e gosta daquilo, ok. Só não vejo necessidade alguma nesses comentários amargurados… Se tá tão infeliz quanto parece, compra a outra plataforma e para de chorar, né? Mas realmente eu não entendo o porquê das pessoas defenderem uma caixa de plástico com unhas e dentes e tentar desmerecer sempre a concorrente de forma passional. Eu, por exemplo, se não estou feliz numa plataforma, caio fora. Já fiz isso com a Nintendo, a qual tenho um carinho grande, não pensaria duas vezes em fazer com a Sony, se eles não entregassem mais o que me faz comprar seu sistema. Simples assim.
Comparar PlayStation com Xbox hoje é até covardia. E eu não consigo entender como é tão difícil perceber o óbvio.

Hiago
Hiago
Responder a  nETTo
29 dias atrás

Vocês não querem admitir, mas o Rui está certo nesse ponto. O sentido para adquirir um PS5 com títulos first party sendo lançados para PC acaba não sendo muito claro, da mesma forma que vejo a aquisição de um Xbox sem sentido. No fim quem conseguiu atingir os seus objetivos foi a Microsoft, com esse modelo de negócios vai acabar matando os consoles (talvez até existam, porque eles ainda oferecem praticidade para o grande público), creio que a Sony irá pelo mesmo caminho e é inocência de vocês pensarem que ela manterá apenas alguns títulos no PC com lançamentos depois de 3 anos. Primeiramente a Sony é uma multinacional com milhões em ações, e seus acionistas é claro que visam lucros, e com certeza é mais lucrativo vender jogos do que um console. Isso pode não acontcer nessa próxima geração, porém não me surpreenderia se no fim dela daqui uns 5 ou 6 anos a Sony esteja lançando seus títulos day one no PC. Se forem apostar apostem no pior cenário, isso são negócios, o que der mais dinheiro ela vai aderir. Creio q a única plataforma que será intocável no futuro é a Nintendo. Por fim fiquei muito animado com algumas features dessa nova geração, o dualsense, ray tracing, mas colocando na balança, me parece mais vantajoso o investimento em um PC (com títulos Sony no PC, pelo menos jogarei Forza e Gran Turismo na mesma plataforma 😁). Outra coisa que mais me desanima é a Sony não ter confirmado retrocompatibilidade com o PSone, Ps2 e 3, o dinheiro que venho guardando para um PS5 estou quase montando um PC e adquirindo um PS3 Fat do modelo retrocompativel para jogar todos os games Playstation nativamente, porque depender da sony está complicado.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Rui
30 dias atrás

Microsoft tem Windows/DirectX no PC, duas ferramentas que estão em paridade a consola Xbox. Logo, um jogo feito pela XGS está automaticamente inserido nesse ecossistema. Tanto que DirectML, DirectStorage, todos foram projetados para funcionar tanto no Xbox Series X como no PC.

Se a Sony tivesse os mesmos objetivos que a Microsoft no PC, um Ratchet and Clank com suas transições de mundos a cada 2 segundos teria que funcionar em PCs de entrada, o que é impossível. Mesmo que o jogo fosse lançado no PC com um Evo 970 de requisito mínimo (o que nos dias atuais beira o absurdo), dificilmente alcançaria menos do que 7 ou 8 segundos nas transições de mundos.

Logo, me parece que a Sony quer é atrair mais consumidores para a plataforma Playstation, oferecendo uma amostra dos seus jogos já lançados e serviços (psnow) para outros públicos.

Reinaldo
Reinaldo
Responder a  Rui
30 dias atrás

Me explica a sua lógica:
Porque motivo você acredita que uma empresa líder de mercado, com uma fórmula que se tem revelado vencedora, vai seguir uma empresa que neste momento está em último, é criticada pelo facto de ter os seus exclusivos todos fora da plataforma logo no dia um?

Rui
Rui
Responder a  Reinaldo
30 dias atrás

3 razões.

1: Dinheiro.

2: Porque já o começaram a fazer e pelos vistos planeiam continuar e expandir.

3: Projeta o futuro, imaginas o futuro dos videojogos caseiros daqui a 10 15 20 30 anos igual ao que é agora? Consola fechada e logotipo na box a dizer only on Playstation? Achas mesmo que o negócio se vai manter como nos ultímos 25 anos? Atualmente já é diferente mesmo na Sony e principalmente na Microsoft, mas fazendo futurologia eu acho que a Sony vai fazer igual ao que fez a Microsoft mais cedo ou mais tarde. Mas posso estar enganado claro.

Reinaldo
Reinaldo
Responder a  Rui
30 dias atrás

1 SIm. Dinheiro que a Sony pretende usar para adquirir novas empresas, fazer mais jogos e expandir a Playstation. Afinal a nova PS5 não vai ter 100 milhão de user logo.

2 Há uma diferença entre isso e os jogos serem lançados no dia 1 no PC.

3 Não sei o que o futuro reserva. Mas posso dizer que consola fechada será sempre a melhor forma de se jogar. E a nível mundial não vejo todos a terem condição para jogar de outra forma tão cedo.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Rui
30 dias atrás

Rui, tem um ponto importante nessa história.

PS4, PS5, PC ou Streaming são meios para a Sony ter usuários.

O principal produto dela é a sua linha de jogos first-party, algo que a Sony passou a dar mais atenção desde o PS3, e colheu imensos frutos no PS4, como sabemos. Uncharted 4, Last of Us 1 faturando mais de 1 bilhão cada (cv de dev no linkedin). No último relatório fiscal, 20% dos jogos vendidos da Sony foram first-party. Uma receita gigantesca, já que jogos first-party não envolvem royalties, o dinheiro é todo da Sony.

Então hoje podemos dizer que o PS4 é o “principal meio” da Sony ter sua base de usuários consumindo seus jogos first-party. E o PS5 será o principal meio nos próximos anos. O streaming e o PC são apenas meios auxiliares visando capitalizar mais pessoas, mas que ainda não tem força o suficiente para competir com o PS5.

Daqui alguns bons anos, caso o streaming seja o principal meio, a Sony apenas faz a troca, mas continuando a ofertar a sua atividade-fim, que é a sua linha de jogos first-party. Eles estão sendo é muito espertos em focar nisso, porque Sony e Nintendo com certeza irão fidelizar melhor os seus clientes.

Já a Microsoft por outro lado está focada em serviços, em distribuição. Serviços é uma área mais difícil de se fidelizar, porque uma Amazon, uma Google ou um Apple podem simplesmente surgir e oferecer uma gama melhor de serviços, algo como na guerra Netflix vs Prime. São anos e mais anos para um estúdio produzir constantemente uma boa lineup de jogos. Serviços leva-se bem menos tempo.

Tanto o caminho da Sony quanto o da Microsoft me soam promissores, mas se for para te apontar onde com certeza eu estarei fidelizado, é com a Sony, já que gosto da sua linha first-party.

nETTo
nETTo
30 dias atrás

Off Topic😇

A Amd anunciou uma nova GPU que tem praticamente todas as características dos rumores do XSS.

RX 5300
Chip Navi 14
1408 Stream Processors
22 CUs
3GB Vram GDDR6
Clock Base 1448 MHz
Clock Boost 1645 MHz
Chegando a 4,63TF em Boost Clock

Os rumores do XSS referiam 20CUs e 1553Mhz se não me engano, pouco mais que 4TF.

Uma GPU de baixa gama destinada ao Full HD 30fps
XSS é real mesmo

nETTo
nETTo
Responder a  Mário Armão Ferreira
30 dias atrás

Pois bem, é o que se tem dito pela Internet.

As especificações são muito aproximadas aos rumores do XSS de modo que, neste caso este console é mesmo um substituto ao One S e pelo que aventa vai segurar o irmão mais poderoso quanto desenvolvimeento de jogos.

Aaeron Greenberg já veio a público inúmeras vezes referir que o padrão seria 4K 60fps pros jogos no XSX, penso eu que se estes mesmos jogos forem feitos pro console mais poderoso, como ficaria o XSS? Neste caso o inverso parece mais sensato, tenta retirar o máximo dessa GPU de 4TF RDNA e depois porta pro mais poderoso pondo os efeitos no máximo, aumentando a resolução, incluindo o Raytracing e ajustando a performance.

Rui
Rui
Responder a  Mário Armão Ferreira
30 dias atrás

Tamos com os pés quase em setembro e nada da xbox series S, começo a ter as minhas dúvidas…

nETTo
nETTo
Responder a  Rui
30 dias atrás

Eu presumo que a Microsoft precisa da confirmação do preço do PS5 Digital, por exemplo se este for 399,00 como os rumores apontam, fica difícil pra Microsoft manter o XSS mesmo a 299,00 devido a grande disparidades entre as máquinas, de modo que 249 seria um preço mais agressivo e adequado.

Há a possibilidade também deste console ser abortado caso a Sony ouse ainda mais no preço do Ps5 Digital.

EDIT: Segundo os rumores o XSS também não vem com drive blu-ray, concorrendo assim diretamente com o PS5.

Hiago
Hiago
Responder a  nETTo
29 dias atrás

O mais complicado nessa história é que a Microsoft vai limitar toda a geração, falando aqui de PC, XSX e PS5, isso nos third party feitos com base no XSS. Se a Microsoft quer acabar com o seu console pelo menos que faça isso sozinha 😑

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Hiago
29 dias atrás

Os games devem ser feitos para ps5 e depois ports… Já foi falado semana passada que os devs vão utilizar a CPU do ps5 como padrão de desenvolvimento. O que acontece aí é a plataforma de mais sucesso em vendas se sobrepor as demais… Onde se vende mais, se tem mais cuidado e é um raciocínio óbvio… Creio que as Thirds tendem a pegar a plataforma PS5 como base e portar para as outras…

eduard08
eduard08
30 dias atrás

Num momento onde se fala em 30/60/120 fps, DOOM Eternal vai mais longe e deixa todo o mundo para tras, chegando aos 1000 fps

https://www.youtube.com/watch?time_continue=167&v=paD8ZUPDFSY&feature=emb_title

Andre gt
Andre gt
30 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

off

Matt Hargett diante dos diversos rumores do desempenho do PS5 com Ray tracing:

“Como muitos já disseram por mais de 6 meses, a jogabilidade real em hardware real valerá a pena a paciência. Todos os especialistas e “jornalistas” que expressaram “preocupação” ou ajudaram a espalhar boatos falsos agora devem deletar suas contas nas redes sociais.”

https://twitter.com/syke/status/1300180570501033984

nETTo
nETTo
Responder a  Andre gt
30 dias atrás

Rapaz, esse ai é ex engenheiro do PS5 né

Chettos
Chettos
30 dias atrás

Queria entender pq não aceitam que o xsx vai entregar mais resolução, texturas, rt e desempenho a mais que o ps5?

É um malabarismo sem tamanho pra justificar as escolhas da sony que magicamente o mais fraco vai render o mesmo do mais forte, isso não existe com maquinas da mesma geração.

Esses dias vi uma matéria de um site russo falando que Watchs dogs legions não terá RT no ps5, apenas a versão do xsx e pc.

Só aceitem, um dia sai o pro.

Lucas Diogo
Lucas Diogo
Responder a  Chettos
29 dias atrás

Irónico, já que a playstation foi a que mostrou os jogos mais bonitos.
Acho que esse poder todo não ajudou muito o Halo, aliás onde está o rt no Halo?
Se fosse a ti não colocaria a carroça à frente dos bois.

Rui Teixeira
Rui Teixeira
Responder a  Chettos
29 dias atrás

Vou apenas comentar a suposta falta de RT do Watch Dogs na PS5. Vejamos os factos actuais! Temos apenas uma única demonstração do RT a funcionar na SX, o Minecraft que estaria a correr a 1080p 30fps, poderíamos também contar com o Forza que estaria a correr a 4k 30fps, mas este estava a correr num PC, não temos mais nenhum exemplo do RT a funcionar na consola. Já do lado da PS5, já há um monte de jogos a correr a 4k 30fps, e pelo menos um par a correr a 4k 60fps, um deles o equivalente ao Forza, GT7.
Se há consola que precisa mostrar que é capaz de correr RT em condições é a SX, não a PS5.

error: Conteúdo protegido