Nvidia vai lançar os primeiros GPUs com hardware dedicado ao Ray Tracing… Mas não serão para jogos!

Salvo o aparecimento de uma tecnologia equivalente mais barata, a mesma parece ter custos incomportáveis para o mercado de GPUs dedicados aos videojogos.

A Nvidia falou sobre o Ray Tracing e a sua implementação no hardware das suas futuras placas. E o mesmo vai avançar desde já com o lançamento das primeiras placas com aceleração Ray Tracing por hardware, uma tecnologia que a Nvidia designa por RTX, uma mistura de software e Hardware e que aparecerá com as novas Nvidia Quadro.

A Quadro RTX 5000 será a “entrada de gama” e custará 2.300 dólares, mas teremos ainda os modelos 6000 e 8000 que custarão 6.300 e 10.000 dólares respectivamente. Serão placas profissionais e dotadas de grandes quantidades de memória e que poderão ser juntas duas a duas para melhores performances. De ressaltar que estes GPUs com arquitectura Turing são bem mais capazes neste campo do que a Titan V, ao possuírem hardware específico para o cálculo de raios que não existe na Titan!

Naturalmente que, apesar do menor preço face ao preço de lançamento da Titan V, mesmo reduzindo este hardware ao mínimo, este tipo de tecnologias traz um aumento de custos incrível, e como tal,salvo o aparecimento de versões simplificadas da tecnologia para o público, não deverá ser algo que veremos aparecer na próxima geração de consolas.

Mas com ou sem hardware, isso não quer dizer que estas sejam totalmente incapazes de ray tracing, mas apenas que qualquer implementação será mais software. Mas neste campo, quem sabe não poderão existir surpresas?



A realidade é que a tecnologia Ray Tracing por hardware nos GPUs está a dar os seus primeiros passos, mas que ela é interessante a nível visual, é!

Seja como for, salvo algo hardware que possa trazer benesses a custo zero, face à qualidade do que tem vindo a ser produzido atualmente nos videojogos, o custo do Raytracing, quer monetário, quer de performances, não parece justificar verdadeiramente para já.

Apesar de tudo, por software ou hardware, certamente veremos cada vez mais e mais jogos a aplicarem novas tecnologias ligadas ao Ray Tracing que tiram partido da elevada capacidade de computação dos GPUs, para conseguirem efeitos visuais mais realistas.



Posts Relacionados

newest oldest
Notify of
Edson Romagna
Visitante
Edson Romagna

Tomara que já tenhamos algo disso no ps5 e no novo Xbox.