Os jogos single player estão a morrer? Claro que não! – Parte 1

Este é um mito que as empresas estão a querer passar para defender os seus interesses de jogos como serviço!

Single Player… Multi player… Quais os melhores jogos?

Na realidade a qualidade dos jogos não se mede e nem nunca se mediu pelo facto de estes serem multi ou single. Há jogos de elevada qualidade em ambos os casos!

Actualmente as empresas queixam-se que os jogos single player vendem mal… mas será que isso é verdade? Os jogos single player vendem mal? Ou será que na realidade há outros interesses por detrás? É isso que vamos ver!

Há algo em falta… e não é necessáriamente o multi player



Battlefront II… um jogo multi player baseado no universo Star Wars, mas que não esteve livre de críticas! E qual a maior crítica colocada ao jogo? A ausência de um modo campanha!

Ora este modo campanha não é mais do que um modo single player… E isto serve para comprovar uma realidade! O Single Player é tão ou mais desejado que o multi Player! E dizer o contrário é mentir!

As origens do rumor da morte dos single player

A atual discussão sobre a morte dos jogos single player deve-se ao sucedido com a Electronic Arts que encerrou a Visceral Games devido a maus resultados. Esta equipa estava a trabalhar num jogo Star Wars single player que foi assim cancelado.

Associando a isto a aposta da EA em Star Wars Battlefront, tudo parece apontar no sentido de que realmente este jogo foi cancelado por ser single player, uma ideia para a qual as seguintes declarações não ajudaram:

No seu formato atual, estava a delinear-se ser um jogo baseado na história e uma aventura linear. Durante o processo de desenvolvimento tesmos testado o conceito com os jogadores, ouvindo o feedback sobre como eles querem jogar, e de perto procurando por mudanças radicais no mercado. Tornou-se claro que para entregar uma experiência que os jogadores querem e que irão voltar à mesma desfrutando do jogo por bastante temo, temos de mudar o design.

Agora associemos a isso alguns jogos single player recentes que não se portaram como deveriam, tais como Dishonored 2,  Prey, Deus Ex: Mankind Divided, Watch Dogs 2, etc. Tudo jogos single player, e onde alguns até nem eram nada lineares, possuindo mundos abertos.

A realidade tal como ela é

Mas os jogos single player vendem mal? Estarão eles condenados?

Há aqui uma ideia errada. A de que os jogos single player vendem mal! Porque na realidade não vendem… eles podem até vender menos que os multi player, mas daí a venderem mal vai uma grande diferença.

Vamos comparar alguns valores de vendas, usando para tal a plataforma da Sony, a Playstation, por ser esta que oferece as maiores vendas.

Na primeira comparação vamos usar a última versão do jogo Call of Duty, o Infinite Warfare, e que teve o seu maior volume de vendas exactamente nesta plataforma, com o jogo Uncharted 4.

Muitos poderão dizer que Uncharted 4 tem multi player, mas na realidade isso é apenas um extra. E um extra que pouco ou nada tem a ver com o jogo real, ao ser uma componente de tiro, que exclui a exploração e os puzzles. É um extra, mas não é um ponto de vendas! Não haverá um único jogador que tenha comprado Uncharted 4 pelo seu modo multi, apesar de que muitos terão agradecido a sua existencia.

No entanto Uncharted 4 é e sempre foi um jogo single Player. E nesse sentido iremos considera-lo como tal.

COD: Infinite Warfare – 7,65 milhões de cópias

Uncharted 4 – 9,53 milhões

Uncharted 4 bateu claramente o líder dos jogos multi… poucos são os jogos multi que vendem a este nível, mas mesmo assim, foi batido por um jogo single player. Note-se que aqui nem interessa saber quem vende mais, mas apenas ter uma noção de que as performances existem.

Mas vamos ver mais… e peguenos num dos outros poucos jogos que atingem estes valores de vendas. O Battlefield. Vamos compara-lo com The Last of Us.

Battlefield 1 – 7.20 milhões

The Last of Us – 5.2 milhões

Battlefield 1 vendeu mais do que the Last of Us… um remaster de um jogo da PS3 que tinha já vendido outro tanto nessa plataforma. Feitos os custos de desenvolvimento, torna-se difícil dizer qual destes jogos terá dado mais lucro.

E podiamos pegar num outro caso como o Star Wars: Battlefront contra Uncharted: The Nathan Drake collection

Star Wars: Battlefront: 8,53 milhões.

Uncharted: The Nathan Drake Collection – 5,21 milhões

Mais uma vez um remaster single player a vender bem. Custos de desenvolvimento super reduzidos face a um custo de produção que só em licenças deve pagar milhões.

Mas como estes há muitos jogos single player que foram sucessos de vendas: Horizon: Zero Dawn, The Witcher 3, Legend of Zelda: Breath of The Wild ou um jogo recém lançado e com notas quase perfeitas que em três dias vendeu 2 milhões de cópiasSuper Mário Odissey, etc.

Vender mais ou vender menos, o que torna um jogo um sucesso comercial?



O que torna um jogo um sucesso comercial?

Como se explica que a EA tenha vindo dizer que com 4 milhões de cópias vendidas Dead Space 2 deu prejuizo. E ao mesmo tempo vemos que Bloodborn na PS4 foi considerado um sucesso mal atingiu o primeiro milhão de vendas.

Atualmente jogos como Forza Motorsport ou Forza Horizon raramente vendem muito mais do que 2 milhões de cópias e mesmo assim são sucessos a repetir. Mas Dead Space 2 com 4 milhões de vendas foi um fracasso?

De acordo com um membro da equipa Dead Space 2 terá utilizado recursos que levaram a que a sua produção tenha custado 47 milhões de dólares:

Será que com 4 milhões de cópias o jogo deu lucro?

Vamos ver então:

4 milhões a uma média de 35 euros a cópia (considerando que inicialmente o jogo foi vendido a 70 euros, mas depois desceu o seu valor, pelo que apontamos para o valor intermédio), isto são receitas de 140 milhões.

140 milhões menos 50 (arredondando os 47 milhões para cima) são 90 milhões. Ou seja, o jogo pagou-se e sobraram 90 milhões. Se a EA gastou 90 mais de 90 milhões em outras situações, então o problema aqui não é com o jogo… é com má gestão da empresa!

Com 4 milhões de cópias, Dead Space deveria ter dado lucro. É simples matemática!

Recordo que esta história não é nova! A Square Enix queixou-se do mesmo com o Reboot de Tomb Raider que também vendeu 4 milhões. Segundo a empresa, eles esperavam 7 milhões!

7 milhões!!! Um valor que apenas os melhores dos melhores jogos alcançam… mas que foi aqui colocado como fasquia!

Curiosamente, Tomb Raider teve outros jogos, que venderam ainda menos que o primeiro. Mas nunca mais ninguém se queixou de prejuízos. Porque?

Mas voltando à EA, à Visceral e a Dead Space, eles referiram publicamente que Dead Space 3 precisava de vender 5 milhões para sobreviver. Há qualquer coisa de mal aqui! Que raio de custos são estes que necessitam de vendas que se sabem não serem banais.

A EA entrou em loucuras! Vender 4 ou 5 milhões de cópias não pode ser um objectivo a alcançar. Poucos são os jogos que alcançam essas vendas, e os que os fazem são efectivamente jogos fora de série. Num mercado saturado e cheio de oferta, colocar-se fasquias deste género não é realista!

Mas ainda menos se aceita que se pensa que a culpa destas vendas é do single player.

O real interesse dos multi player

Olhando para jogos multi como Forza Motorsports, Halo 5 ou Forza Horizon, Gears of War 4, etc, todos eles com fortes componentes online, vemos que estes jogos não alcançaram valores astronómicos de vendas. Mas mesmo assim, eles são sucessos de vendas e com novos jogos das séries programados para sair.

Isto mostra que o multi é interessante, mas não é necessariamente algo que vende mais do que o single. Na realidade não há nada que nos diga que um jogo single é pior que um multi ou vice versa e a única coisa que podemos de forma clara concluir é que um multi tem mais longevidade do que um single.

Basicamente o que está em causa é a qualidade do jogo. Um bom jogo que saiba apelar a um número grande de pessoas venderá… outros nem por isso. E pior ainda numa altura onde a oferta é enorme e todos querem uma fatia do mercado.

Há no entanto mais uma diferença entre os multi e os single. E este sim é a diferença fundamental… Aquela que realmente interessa às empresas: O facto que os jogos multi possuem formas extras de se obter rendimentos adicionais que podem compensar vendas mais fracas.

Isto é no fundo um explorar e extorquir mais dinheiro dos jogadores que jogam esses jogos, mas é algo que funciona.

Isto é conseguido com a venda de Lootboxes, de armas, de gemas, etc, etc. Situações que são muito mais exploradas no online do que offline, até porque um jogo single player por norma não requer internet, e como tal o uso de lojas que funcionariam online não só não funciona tão bem e colocar a internet obrigatória nestes jogos é algo que não cai bem no mercado, sendo mal aceite pelos utilizadores.



Mas a EA tem ainda outros interesses nos jogos multi. A necessidade de internet permite que a sua clientela fique dependente dela. E assim sendo o investimento que tem vindo a fazer no sentido de poder entrar num esquema de “jogos como serviço” fica mais coerente com os produtos criados.

Mas a realidade é só uma… os jogos single player estão longe de estarem a morrer. Aliás para a maior parte dos jogadores, entre os quais eu me incluo, esse tipo de jogos são os meus preferidos. Após um dia de trabalho entrar num mundo competitivo online é a última coisa que pretendo fazer. E o offline, mesmo que desafiante, é completamente diferente nesse sentido.

O que está a crescer, isso sim, são os esquemas para retirar mais dinheiro ao cliente. Esquemas esses que funcionam apenas a 100% nos jogos online. E vendo que esses, mesmo vendendo mal, podem conseguir gerar mais lucros dessa forma, há todo o interesse em se tentar passar a imagem que o single player está a morrer.

Mas não… não está! E todos nós que temos dois neurónios para analisar e pensar, sabemos que não está!

 



Posts Relacionados

Readers Comments (24)

  1. — OFF TOPIC —

    Como ainda não referiste nada, queria saber sua opinião sobre os traillers/demos da PGW.

    Assisti na minha TV ao Ghost of Tsushima, em um vídeo de mais qualidade que o YouTube, e reparei certos, resíduos de um AA temporal ou o próprio Checkboard a atuar em alguns momentos, ex as garças no segundo plano e no samurai ajoelhado em frente à espada. Conhecendo a SP, com jogos como Second Son e First Light seria má interpretação minha achar que é in game. Entendo que é a primeira vez que sabemos algo do jogo, mas este está há em produção há pelo menos 3 anos e meio.

  2. Uma informação adicional sobre o custo de jogos SP e MP.

    Em jogos SP depois de lançado a produtora praticamente não tem mais custos, podem ocorrer correção de bugs, mas é um custo que não vai afetar no lucro.

    Já em jogos MP há o custo de manter os servidores ativos, o aluguel deles, o pessoal responsável pela manutenção.

    Com isso os jogos SP há a possibilidade de ter um lucro maior.

  3. Single Player hoje em dia vende muito menos isso é fato.

    The evil Whitin dois vendeu um quarto do primeiro http://www.eurogamer.pt/articles/2017-10-16-the-evil-within-2-vendas-fisicas-um-quarto-do-original

    Sombras de Mordor 2 vendeu muito pouco também.

    Watch Dogs 2 vendeu pouco http://www.eurogamer.pt/articles/2016-11-21-watch-dogs-2-vendas-muito-baixo-das-de-watch-dogs-1

    Produtor de Wolfenstein 2 explica motivo da morte dos FPS single-player
    http://pt.ign.com/wolfenstein-2-the-new-colossus/50339/news/produtor-de-wolfenstein-2-explica-motivo-da-morte-dos-fps-si

    Discordo e muito que o Single player é mais desejado do que os multi, a qualidade não se discute, mas em vendas single player tomam um pau muito feio mas muito feio.
    Alguns poucos jogos sobrevivem vendendo single como Uncharted, ainda assim precisam enfiar no meio de bundles, mas em sua maioria está cada vez pior, os links que mandei comprovam isso.

    Outro fato é só pegar os jogos mais vendidos

    Fifa – Destiny, Cod, Batlefield, Minecraft- todos jogos focado no online

    • Falando por mim.
      The evil within – estilo de jogo que nem sequer pego. Fosse single ou multi, não compraria.
      Shadow of Mordor 2 – Comprei o 1. Era um Assassins Creed disfarçado com outro nome e acima de tudo repetitivo até dizer chega. Nem o cheguei a acabar! Não compraria o segundo.
      Watxh Dogs 2 – O primeiro era monótono, teve downgrades e tinha uma história fraca. Mais uma vez online ou offline não compraria o segundo.

      Wolfenstein 2. Vamos ver o que diz o produtor:

      “Provavelmente, o principal motivo é o dinheiro. Um multijogador sólido traz enormes receitas, as pessoas dizem aos amigos para comprar o jogo de modo a jogarem juntos.”

      Resumidamente, não está em causa a qualidade do jogo, mas as receitas. As empresas tem mais probabilidades de ter lucro com os multi.
      Isso não torna os single maus jogos ou algo que venda mal. Apenas torna o multi mais desejado para as produtoras (não necessáriamente para os gamers).

      Isso é o que o artigo diz. Que é mais fácil rentabilizar-se um mau multi do que um mau single. Mas isso não nos diz respeito a nós, é um problema das empresas. Elas querem é dinheiro, mas esse tipo de receitas é ilusório e temporário. Se todos os produtores apostassem no multi somente os melhores iam vender na mesma.

      Quanto aos jogos que referes eles vendem bem. Não sei é se vendem bem por serem multi ou apenas por serem bons… porque multi que venderam mal tambem há muitos.

      Amanhã vamos ver vendas dos AAA exclusivos das consolas e das vendas das consolas em si. E nessa altura falamos mais.

  4. Sou fã incondicional de games single e querendo ou não são eles que consolidam marcas como PlayStation e Nintendo, pois por mais que alguns ” especialistas” aqui digam que o forte do PlayStation são games multi plataforma, a verdade é que a maioria compra PlayStation por conta de seus exclusivos tb, exclusivos esses que são single como base. A. Nintendo ainda é mais forte ainda com relação a comprar games exclusivos e Single player. Exemplos claros são Mário Odyssey e Zelda breath of The wild, como tantos outros que o fã da Nintendo compra o console por eles. Eu por exemplo, compro consoles Nintendo para jogar Mário, Donkey Kong, Yoshi e por mais que goste muito de Mário kart e ele tem Multiplayer, o single dele é bem competitivo, interessante, sendo que até Splatoon 2 tem um single ali, msm sendo hj o game mais Multiplayer da Nintendo. Quanto a Sony, God of War, Horizon zero Dawn, Uncharted, The last of us, infamous, Killzone, etc… Todos são mais fortes no single por mais que alguns tenham Multiplayer, são como Mário bem disse: apenas extras! Aí a gente vê games como o do Kojima para vir Death stranding, esse novo homem aranha feito pela Insomniac, Detroit feito Quantum dream, etc… Putz… Mário, vou mais além… Games singleplayer estão a ter cada dia a mais conteúdos adicionais interessantes como ótimas dlcs, ou seja, não consigo ver graça em um game apenas Multiplayer e são nocivos a indústria por algumas coisas como micro transações. Por isso que o Xbox one está nessa situação por empresas como a Microsoft defender essas merdas. Quanto a EA… Nós sabemos como ela é!

    • Andaste a ler o meu artigo de amanhã?? 😉

    • Penso exatamente o mesmo, jogos single sempre vão existir enquanto Sony e Nintendo existirem, a Microsofr optou por investir mais em jogos online competitivos e isso não é ruim, existe demanda pra este tipo de jogo, mas eu discordo do colega acima quando o mesmo compara jogos multiplayer multi com single exclusivo, as comparações feitas pelo Mario retratam melhor a realidade.

      De toda forma e enquanto existirem os jogos focados na campanha sempre haverá os que apoiam como eu e o Edson, assim como sempre havera os que irão defender o caminho que a Microsoft tomou, enfim, os dois existindo ninguém sai perdendo.

      VIVA O SINGLE PLAYER
      VIVA A SONY
      VIVA A NINTENDO
      VIVA A BETHESDA
      VIVA A SEGA
      VIVA A CAPCOM
      VIVA A SQUARE
      VIVA A TODAS AS EMPRESAS QUE APOIAM MEU LAZER.

      PS: Vivas em letras garrafais, pois sei que..

      • Falou tudo, Netto!

      • @Netto
        Escrevi um pequeno texto que está moderação.

        Single Player vai existir até quando for rentável quando não for mais, eles param, Dead Space é maravilhoso, não existe mais, castlevania provavelmente não vai ter mais, Darksiders não tem mais, Bioshock, outro jogo que tenho todas as conquistas nos 3 e pretendo um dia comprar a coleção e fazer todas as coleções também não é rentável.
        Não sou defensor de multiplayer, pelo contrario eu adoro esses jogos, e não respondo pesquisas eu realmente compro e jogo, alguém aqui vai comprar wolfenstein 2 por curiosidade ? Eu vou comprar!
        Quantum Break vendeu pouco porque vocês não compraram, a já sei porque jogo teve nota 7, mas porque não compraram the evil whitin jogo vendeu um quarto do primeiro e teve nota 9, é muito diferente falar do que fazer…

        Resident Evil mesmo antes de lançar o 7 a Capcom estava com muito medo do jogo vender pouco, fora que a produtora vive no vermelho assim como Konami…

        Splinter Cell é uma franquia que eu sou apaixonado, vi uma declaração dos caras da Ubsoft que eles tem medo de fazer esse jogo e não vender o esperado, pra mim essa franquia, é melhor do que Hitman e Metal Gear e eles tem medo de não vender..

        No PS3 teve vários jogos campanha que deu prejuízo também, no PS4 pega a lista dos mais vendidos dificilmente você vê jogos exclusivos, sempre o mesmo Uncharted , uncharted, ai depois falam mas o resto não vende porque é jogo de nicho, sério isso, aaaaaaa tudo bem não vendeu muito porque é de nicho, mesma coisa quantum Break não vendeu muito porque é jogo de nicho lol…

        single Player vai existir até o momento que gerar dinheiro partir do momento que não gerar mais o jogo morre, Bioshcock que é um dos melhores que existe, porque está morto, ou será que se tivesse vendido bem alguma produtora já teria comprado os direitos e chamado o gênio Ken Levine, sim esse cara é um gênio, pena que o jogo dele não vende, e como não vende está morto.

        Não foi a Microsoft que matou o single foram vocês mesmo que só compram em pesquisas online, agora tirar o dinheiro da carteira não fazem. ( Neto não estou falando de você, tu pode fazer como acho que faz, no caso compra, mas o resto não ´´e assim.
        Quem está falando que está morrendo são os proprios produtores e os proprios jogos que já estão mortos, vou citar mais um Twisted Metal cade ele, já sei não fazem porque não vende…

        Será que vai ter um novo the evil whitin, sombras de mordor, máfia, quantum break…

        Nintendo é a única que consegue viver de exclusivos, afinal se compra um nintendo para jogar DK, star fox, Mario e não GTA

        • Dead Space o mario deixou uma visão bem interessante, o jogo vendeu bem pra caramba, a culpa esta na publisher somente.

          Darksiders 3 está ai em desenvolvimento, não sabias.

          Bioshock ainda vai voltar, vai vendo.

          Wolfestein 2 é compra certa, comprei o primeiro e a expanção.

          Quantum Break já comprei, mas ainda não joguei.

          Resident 7 já comprei mas ainda não joguei.

          De resto, o que vc disse acima e mais acima ainda não vai mudar o que eu penso sobre jogos single e multi até mesmo porque vc está colocando informações que batem de frente com as do artigo, não contrario mas também acredito que as do artigo estão muito bem explicadas e embasadas.
          Enfim, cada um acredita no que quer né.

          • Só pra deixar claro Gustavo.

            Eu não faço parte destes que consomem COD, FIFA, GTA e Battlefield não.

            Os jogos que dou preferencia são realmmente focados somente em Single.

            Já tive uma experiencia com Destiny é te digo não compro mais a franquia, os proprios jogos da Microsoft que o fans da base gostam de dizer que são jogos focados no Online, eu compro somente pela campanha mesmo.

            Então não, eu não me enquadro no tipo de cliente que vc exemplificou acima, aquele que só compra os jogos citados.

          • Destino foi do pior dinheiro que já investi. Gostava imenso do jogo e ia lá todos os dias fazer as diárias. Mas começam a sair dlcs e os seus mapas a serem incluídos nas diárias. Basicamente deixei de poder jogar porque não comprava tudo que eles lançaram.
            Foi a maior palhaçada por que já passei. Jurei que não voltaria a comprar nada do género.

          • Eu compro muitos jogos, muitos mesmo, alguns jogos eu só jogo a campanha e justamente os da Microsoft, Halo, Gear e Forza somente campanha, não jogo multiplayer..

            Destiny eu adoro, acho sensacional e um jogo super completo, lançou em Setembro eu continuo jogando estou com dois meses de jogo, acho que já compensou muito, e comprei o passe de temporada porque acho que vale a pena, é muito conteúdo muitas horas de jogo…

            Call of duty eu comprei também e mesmo sendo anual é um jogo extremamente completo, campanha, multiplayer e modo zumbi, vale muito o investimento, porém eu não compro dlc de Call of duty porque somente mapas, eu não compro, assim como não comprei de Batlefield 1, por ser apenas mapas e armas e por sinal armas desbalanceadas.

            Fallout 4 eu comprei passe de temporada gostei bastante..

            Borderlands é um jogo que as vezes estou jogando extremamente completo também.

            Vou citar alguns jogos que eu joguei somente com Xbox One. Dead Rising 3, 4 , Sunset overdrive, gears 1 remasterizado, gears 4, halo coleção, halo 5, recore, quantum break, ori, forza 5, forza horizon, 2 e 3, Todos os cod que sairam para o Xone, Watch dogs 1 e 2, The division, Destiny 1 e 2, The witcher, Batman, depois comprei coleção do batman, walking dead, e todos os jogos dessa produtora que parece filminho joguei todos.
            Star Wars, Batlefield 1, Todos assassins creed que sairam para xone na verdade joguei todos da serie, Doom, prey, skyrim , dishonored 2, dark souls 2 coleção, dark souls 3, overwatch, diablo, path of exile, mortal kombat, killer instinct, rare replay, titanfall 1 e 2 , lords of the fallen, the evil whitin 1, sombras de mordor 1, todos os jogos de lego, jogo com meu sobrinho, todos eles com mil g de conquistas, far cry 4, primal.
            Tem muitos jogos ainda que joguei e não lembro agora.

            Enfim tem muita coisa que eu joguei e esqueci

          • Tambem não jogo multi. Halo, Gears e Forza são para mim offline e só joguei a campanha apesar de em Halo ter feito alguns jogos com a malta do Beyond3D. Mas joguei Star Wars Battlefront e agora irei jogar Gran Turismo Sport pois nesses não tenho hipotese.
            Assassins Creed joguei todos até ao Unity, mas depois comprei o Syndicate e não o consegui acabar. Saturei!

  5. Mário eu adoro jogos singles, e eu realmente jogo video game, devo jogar de 3 a 4 horas por dia, eu jogo muito mesmo, por sorte tenho uma namorada que também gosta de jogos.
    Outra coisa que eu adoro são conquistas, não sou colecionador de conquistas muito menos jogo, jogos ruins para fazer conquistas, mas os que eu gosto, busco sempre os 1000G.

    Minha produtora preferida é a Bethesda tenho todas as conquistas de Fallout 4, quem jogou sabe como é dificil faazer todas as conquistas desse jogo porque precisa zerar com todas facções depois fiz todas as conquistas das DLC, Doom eu devo ter zerado umas 5, 6 vezes fiz todas as conquistas também, estou louco para comprar wolfenstein 2 e vou buscar os 1000G , porque como eu disse eu jogo bastante e os jogos que eu gosto, faço todas as conquistas…

    Quantum Break vendeu pouco, fiz todas as conquistas, Dead Rising 4 vendeu pouco esse devo ter feito uns 80% das conquistas mas vou buscar os 1000G, hoje em dia já tem mais por causa das DLC mas vou buscar os 1000G do jogo base.
    The Witcher 3, tenho todas as conquistas 1000G, então realmente eu gosto muito de jogo campanha adoro…

    Assassins Creed Origins estou no level 16 com 18 horas de jogo, e ainda não fiz quase nada da campanha, porque eu vou em todos os lugares possíveis faço todas as missões secundarias, pego todos os tesouros das bases, porque também quero 1000G desse jogo, eu pago caro dos jogos, mas aproveito ao máximo e eu gosto de ser colecionador de conquistas, dos jogos que eu gosto…

    Porém Gears of war 4 eu tenho poucas conquistas porque muitas são jogando online e eu não gosto do multiplayer de Gears então não faço as conquistas, assim como tenho poucas conquistas em Forza 3, muitas são online e eu não gosto de jogar Forza online.

    Agora Destiny 2 que lançou em Setembro eu já tenho todas as conquistas, porque é um online que eu adoro.
    call Of Duty WW2 a primeira coisa que vou fazer quando lançar pois já comprei na pré venda, é jogar a campanha, depois ir para multiplayer, depois voltar na campanha para fazer conquistas…

    Então eu jogo muito, e jogo de tudo, single player eu adoro.

    Mas é inegavel que está perdendo espaço, você pode não gostar de The Evil Within, Sombras de Mordor, watch Dogs entre outros, mas são jogos extremamente grandes famosos, que esperam retorno, são caros para ser produzidos, se esses que são grandes com notas boas, vendem pouco, imagina o resto…
    Você citou dois exemplis Uncharted, The last of us, são dois jogos que se salvam hoje em dia, e mesmo assim precisam ser vendidos em bundles…

    As pessoas em geral está deixando de comprar single player, Dead Space foi um dos melhores jogos que eu joguei no Xbox 360 que por sinal tenho os mil G tanto no primeiro como no segundo, o terceiro não joguei.
    Se um jogo do calibre de Dead Space não dá retorno, imagina os outros…

    Eu jogo de tudo, adoro os single player, mas na minha lista de amigos, são tipo 14 pessoas jogando Destiny 2 , e uns 3 jogando Assassins creed Origins e olha que esse jogo é muito famoso e está espetacular..
    Depois tenho mais uns 10 jogando Bf1, e não tinha um amigo sequer jogando wolfenstein 2, nenhum amigo.

    Responder uma pesquisa falando que gosta de jogar campanha, é uma coisa, pegar 200 reais e comprar o jogo é muito diferente.

    Hoje em dia jogos são caros, tenho amigos que pensam assim, Call of Duty Ww2 , campanha, modo zumbi, e multiplayer viciante um dos melhores por 200 reais, ou wolfenstein 2 somente campanha e mais nada, qual vai render mais? onde é melhor gastar o dinheiro….

    Você pode pensar diferente, assim como The Evil whtin 2 que tem notas 9 é insignificante pra você, mas existem pessoas que pensam diferente também e escolhem qual melhor jogo custo beneficio.

    Eu graças a Deus consigo manter meu vicio, aos poucos vou comprando tudo,estou louco para jogar wolfenstein por ser da minha produtora favorita e porque tudo o que eu vi do jogo adorei, mas sem dúvida nenhuma se fosse para eu escolher somente um jogo, com certeza ele não seria minha escolha, e sim qualquer jogo multiplayer….

    Então falando por mim, adoro single player, jogo muito fazendo as conquistas o que dobra ou triplica sua vida útil, mas o que o Phill Spancer disse é verdade hoje em dia as pessoas não querem mais Single Player, claro que vai aparecer aqui, aquelas pessoas que respondem pesquisas falando que o jogo preferido são single player, mas na hora de comprar faz a pré venda do fifa ou do Cod..

    Eu não tenho Playstation 4, mas se tivesse eu compraria God of War no seu lançamento porque os trailer que eu vi o jogo está espetacular, compraria e faria todos os trofeus do jogo, mas infelizmente vão falar que God of War é espetacular, mas não vão comprar, agora se tiver uma pesquisa, vai por o Cod, fifa, Batlefield, Star Wars em último lugar, e God of War em primeiro, mas não compra….

    Pesquisas não tem nada ver com realidade.

    Posso citar seu exemplo Mário não é uma afronta pelo amor de Deus, você fala de jogos campanha mas desmerece talvez o melhor jogo de terror da geração the evil whitin 2, se ele é um jogo de terror ruim, qual seria bom no genero, como eu falo pesquisas e falacias é uma coisa, gastar dinheiro comprando é muito diferente.

    Mário em hipótese nenhuma o que eu escrevi é uma ofensa para qualquer leitor.

    • Gustavo… quem falou em ofensas. Sempre foste correcto!
      Aliás admiro a tua honestidade!
      Mas como creio que tu mesmo mostras, acima de tudo o que está em causa é a qualidade do jogo. Single ou multi, se for bom, vende.
      Isto não quer dizer que os multi não vendas melhor. Nem discuto isso! O que discuto é que os single estão a morrer porque não vendem.
      Vender vendem, mas não só precisam de ser muito bons, como é preciso ver que o mercado está saturado de jogos. E se calhar, se tiveres de escolher apenas um, vais para o multi por ter mais longevidade.
      Agora uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Dizer-se que os jogos single estão a morrer é, pelo que vejo, uma falácia.
      As empresas andam sempre atrás de uma formula mágica para justificar os seus falhanços não percebendo que o real problema são os exagerados custos de produção pelos salários principescos que pagam, que obrigam os jogos a vender em larga quantidade para serem sucessos.
      Olha o que diziam não há muito tempo:

      http://www.gamesradar.com/why-are-multiplayer-only-games-such-hard-sell-just-ask-titanfall/

      A questão era que os jogos multi sem single quase não vendiam. Agora mudaram e acham que o single é que não vende.
      Não é nada disso… o mercado está é saturado e onde antes 1 milhão de vendas era um sucesso tremendo, agora é um flop. O Tomb Raider de 2013 precisava de 7 milhões em vendas para ser um sucesso. O Dead Space 2 precisava de 5 só para igualar os custos. Isto é utopia… não são os jogos que não vendem, as empresas é que queriam que eles vendessem mais pois os custos estão uma loucura.
      Agora o que acho é que não deve ser quem paga que abdica do que gosta, mas o mercado a regular-se a descer os salários principescos que paga.

      Quanto ao The Evil Within não falo da qualidade dele. Falo do estilo. Jogo jogos para me divertir. Jogos de terror não se enquadram na minha definição de divertimento. Mas isso sou eu!

  6. Mário, que belo artigo!
    Quem deveria escrever um artigo desses era a mídia gamer.
    Desmarcar essas empresas gananciosas.

    Por enquanto ainda temos a Sony e a Nintendo sempre afirmando que jogos single são importantes.

    Quem quer ir para esse mesmo lado é a Microsoft que uma fala mal dos jogos sigles e depois fala outra coisa….

  7. Tem espaço e publico no mercado tanto pra Single quanto pra Multi, não vamos também agora endemonizar EA e Microsoft

    • Molina, não somos nós que estamos endemoniado,e sim, elas que estão fazendo por onde para receberem críticas. O problema não está em ser multi, mas elas querem tirar grana do consumidor a todo custo. Essas micro transações são criminosas e a EA principalmente a cada dia faz jus de ser uma empresa gananciosa que exagera na “arte de extorquir” dinheiro do consumidor. Sei que empresas visam lucros, porém façam valer seu dinheiro como a Nintendo, Sony, Cd project, rockstar, Bethesda, etc…

  8. Molina, não somos nós que estamos endemonizando,e sim, elas que estão fazendo por onde para receberem críticas. O problema não está em ser multi, mas elas querem tirar grana do consumidor a todo custo. Essas micro transações são criminosas e a EA principalmente a cada dia faz jus de ser uma empresa gananciosa que exagera na “arte de extorquir” dinheiro do consumidor. Sei que empresas visam lucros, porém façam valer seu dinheiro investido como a Nintendo, Sony, Cd project, rockstar, Bethesda, etc…

  9. Mário off Topic.
    Estou usando o fone que você me indicou mas tenho muita vontade de ter um Razer, no Brasil não existe a cultura de produtos Refurbished, não se vende peça assim aqui.

    Ai em Portugal é normal produtos Refurbished?
    Você confia, tenho uma irma que vai para EUA vou pedir para ela trazer um fone da Razer.
    Você escolheria qual entre esses 2.

    https://www.amazon.com/Kraken-Headset-Playstation-Certified-Refurbished/dp/B06WVTKKPM/ref=sr_1_5?ie=UTF8&qid=1509599774&sr=8-5&keywords=razer+kraken+pro+v2 esse que é o Refurbished.

    Esse que é o mesmo porém com preço cheio https://www.amazon.com/Razer-Headset-Retractable-Microphone-Playstation/dp/B01MRY6BAM/ref=sr_1_3?ie=UTF8&qid=1509599774&sr=8-3&keywords=razer+kraken+pro+v2

    E tem esse também https://www.amazon.com/Razer-Kraken-Analog-Headset-Playstation/dp/B00Z0IBM4K/ref=sr_1_16?ie=UTF8&qid=1509606178&sr=8-16&keywords=razer+kraken+pro

    Fico no Aguardo.

    • Os produtos refurbished são produtos que foram trocados devidos a avarias graves e que foram reparados.
      Supostamente são produtos plenamente funcionais, e não devem apresentar problemas. Mas são produtos que foram abertos.
      Aqui em portugal há alguma coisa disto à venda… mas não muito.
      Dos três que referes compraria o mais barato. É preto, é o v2 e… é mais barato 😉

Os comentarios estao fechados.