Pentágono reabre investigação ao fenómeno Ovni.

5 6 votes
Avalie o nosso artigo

Novos avistamentos perto de áreas militares altamente sensíveis estão a levar o Pentágono a reabrir a investigação ao fenómeno Ovni.

Numa decisão da vice-secretária de Defesa Kathleen Hicks e do diretor de inteligência nacional dos EUA, o Pentagono reabriu as investigações ao fenómeno Ovni. O motivo, são os constantes avistamentos perto de zonas militares altamente sensíveis.

Estes avistamentos que são acompanhados de testemunhos credíveis, não tem ainda explicação. E desta forma o novo departamento que irá ser criado irá investigar todos os incidentes dentro e perto das áreas designadas como “espaço aéreo de uso especial” (SUA), zonas altamente controladas e bloqueadas à aviação geral por questões de segurança.

A origem destas tecnologias são desconhecidas, não sendo excluída a hipótese de estas originarem de países rivais. Mas o certo é que em muitos casos não há explicação cientifica para os mesmos, de forma a que estes possam ser entendidos. Apesar de tal, um dos relatórios OVNI divulgado no passado mês de Junho mostrou que a maioria dos 120 incidentes analisados e ocorridos nos últimos 20 anos pode ser explicada e que poderão nada ter a ver com tecnologia desconhecida ou secreta dos EUA, ou mesmo estrangeira, apesar que estes não não conseguiram explicar alguns relatórios e vídeos feitos por pessoal militar.

Um desses vídeos por explicar, entretanto divulgado, e filmado por pilotos da marinha, mostra objetos que se movem a velocidades incríveis, que giram em torno de si mesmos, desaparecendo depois misteriosamente (de seguida).



No entanto, o teste realizado em Junho pela China a um veículo hipersónico de circunferência global e que foi capaz de lançar um míssil separado enquanto viajava a mais de cinco vezes a velocidade do som deixou os responsáveis de Washington em alerta de que Pequim poderia ter tecnologias que os Estados Unidos ainda não desenvolveram.



5 6 votes
Avalie o nosso artigo
44 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Luiz Siqueira
Luiz Siqueira
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Essa questão dos OVNIs tem que ser investigada mesmo, mas fico a pensar também se não são alienígenas, pois falou em OVNI remete logo ao desconhecido e fico aqui com a minha imaginação, apesar que na realidade pode ser apenas tecnologia de alguns países rivais como citado na sua matéria. Depois dessa pandemia, prefiro não ter contato com nenhum extraterrestre. Kkkkkkkkkkkk

Paulo Kaufmann
1 mês atrás

Os governos do mundo todo já sabem sobre os alienígenas desde a guerra fria! Tem que ser muito inocente pra acreditar no que o pentágono diz!

Juca
Juca
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Esses “papos” costumam ser apenas pra que aceitem injetar mais dinheiro no belicismo.
Não que eu duvide da possibilidade de vida extraterrena, mas duvido da possibilidade de civilizações de maior intelecto terem algum interesse verdadeiro em ficar por mais de séculos nos estudando.
Alguém de inteligência superior precisaria de apenas 1h pra “sacar” qual é a da humanidade: se dar bem a qualquer custo fingindo preocupação com o mundo em que vive! (é sarcasmo, ok?!) Rsrs

Mário Armão Ferreira
Responder a  Juca
1 mês atrás

Sem entrar na questão de extraterrestres, pois nunca vi nenhum, posso afirmar que vi em tempos uma situação que apenas consigo definir como um Objecto Voador não identificado.

Vi eu e mais duas pessoas, e relatei o que vi à CNIFO (Comissão nacional de investigação do fenómeno Ovni), vindo a saber que mais pessoas tinham visto o mesmo que nós vimos, em outros locais da zona.

Se houver interesse, posso contar a experiência… foi muito interessante!

Juca
Juca
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Da minha parte tenho interesse, Mário.
No geral, tenho uma tendência ao ceticísmo ou a procurar explicações “deste mundo” nas coisas, mas isso não quer dizer que eu não goste de ver relatos de experiências sobre essas situações, ou mesmo que eu não creia.
Hoje em dia observo muito o céu e vejo bastante a estação espacial internacional passar sobre minha região ao ocaso, pra os mais leigos que eu em astronomia, provavelmente seria algo bem estranho de ver pois é algo que cruza o céu e não parece um corpo cadente ou mesmo uma aeronave… é algo bem bacana de se ver!
Agora temos (eu nunca vi) os satélites do starlink, que se fosse algo nos anos 80 seria a certeza de uma invasão alienígena…
O que quero dizer é que quanto mais avançamos tecnologicamente, mais complicado fica em sabermos se os ovnis são de origem terrena ou não.
Mas sobre extraterrestres ficarem pairando por aqui e só serem pegos e autopsiados por militares, é algo complicado de se aceitar, mas enfim, existir existem, mas se andam por aqui, aí já não sei… Sou aberto a acreditar, mas sou meio são Tomé, acredido que 0.1% das coisas sobre isso na mídia podem ser verdade, agora, experiência pessoal é outra coisa, quem vivencia, ganha certeza.
Se puder, faça um artigo pra gente, certamente leremos com gosto e discutiremos o assunto e o indagaremos mais sobre sua experiência.

Juca
Juca
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Uma experiência nesse nível é surreal, só passando por isso pra realmente saber como é… Aí não tem muita explicação pra algo assim, exceto que ou é algo alienígena, ou algo ultra moderno ainda não divulgado ao público e alguém por trás quis brincar com isso.
Em que ano aconteceu isso, Mário?Quando vocês viram mais próximos a vocês, que tamanho parecia ter esse ovni? Era algo bem grande tipo do um avião comercial ou algo que parecia ter poucos metros?
Quando você fala das luzes é tipo como se fosse uma luz correndo daqueles efeitos similares aos fita led, ou como se fosse uma luz estática no ovni, mas que girava porque o objeto girava? A luz sempre esbranquiçada alaranjada ou mudava de cores?

Juca
Juca
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Impressionante seu relato, Mário, e ainda bem você e seu primo tiveram a ideia de acordar o tio pra testemunhar o fenômeno, do contrário, possivelmente teriam virado motivo de anedota familiar ou mesmo de suspeitos, pela família, de estarem a usar narcóticos.
E é justamente por você ter um site, e de sempre discutir os assuntos que aqui posta, e nesse caso, expondo seu relato pessoal de um fenômeno que sabe poder ter repercussão de incredulidade é que ele verdadeiramente ganha crédito.
Uma experiência desse tipo pode fazer até a pessoa reavaliar o que pensa de tudo de tão marcante, e de tantas possibilidades que se abrem às questões filosóficas básicas que sempre estiveram presentes na história da humanidade. Obviamente que não se trazem respostas, mas sim novas possibilidade de razão de existência antes nem cogitadas.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Bom, eu e minha irmã vimos um disco voador, durante o dia, a menos de 50 metros de altura. Escutamos um barulho, fomos até a janela e vimos. Ficou poucos segundos ali parado, até que deu como se fosse uma ré e sumiu no céu.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Em formato, era mais uma esfera que um disco. Tinha uma espécie de cabine no centro onde ele tinha um diâmetro e maior e ia tomando forma de disco em direção as bordas, com esferas circulares
em volta da “cabine” que pareciam faróis de carro. Eram umas 14 horas, só estava eu e minha irmã em casa, quando escutamos um som estranho e continuo… sou péssimo para descrever sons (e não é que achei no YouTube algo muito semelhante ao que escutamos (https://youtu.be/GFKg59MhSH4), fomos até a janela e quando olhamos pra cima o disco estava quase em cima da nossa casa. Na hora ficamos totalmente sem reação e não tivemos medo. Foi tipo um choque de não acreditar no que estávamos vendo. Foi quando o OVNI deu uma espécie de pequena ré, e ganhou uma velocidade que sumiu no céu em segundos. Da nossa parte achamos muito legal, ficamos emocionados. Hehe

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Experiência incrivel Mário.
Eu e a minha mulher também já fomos testemunhas de um avistamento que definitivamente não sei o que era, nem sei de tecnologia atual que pudesse ter aquele comportamento.
O meu primo quando esteve na tropa também testemunhou um avistamento (ele e todo o pelotão que estava em treinos nessa noite.).
Quando nos juntamos trocamos sempre conversa acerca disso.

Hiago
Hiago
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Olha, eu já ouvi alguns céticos que descartam completamente que isso seja alienígenas e que provavelmente sejam alguma aeronave militar secreta ou até mesmo fenômenos da natureza, como liberação de gases ou qualquer coisa. O argumento para isso seria que não faria sentido uma raça evoluída vir aqui só para ficar assustando pessoas e que as distâncias de sistemas planetários são muito complicadas para que eles se desloquem até aqui. Porém eu tenho uma teoria que não vejo ser cogitada. Seria o fato desses avistamentos serem drones com uma complexa inteligência artificial de uma civilização que enviou há muito tempo para vários cantos da galáxia esses objetos para estudo de possíveis vidas. Isso explicaria porque eles não interagem conosco e estão sempre tentando nos evitar. É no mesmo principio que utilizamos quando enviamos sondas para Marte, elas são esterilizadas para não houver contaminação do solo daquele planeta com bactérias da Terra, logo é fácil pensar que eles fazem o mesmo para não interferir na vida da Terra e como eu disse, provavelmente são apenas drones/sondas.

Eraser
Eraser
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Eles andam aí. Não sou muito disto de ovnis, mas que os há, há.
Eu já vi um á uns bons anos, vinha eu da discoteca. tenho testemunhas que chamei para ir ver e o caso apareceu no noticiário no dia seguinte.

Se era um extraterreste não sei, mas que era algo estranho que nunca vira era.

Juca
Juca
Responder a  Eraser
1 mês atrás

Embriagado não vale! Rsrs Meu irmão já viu uma estátua de Cristo piscar pra ele numa dessas! Rsrs

Eraser
Eraser
Responder a  Juca
1 mês atrás

Mas eu tenho provas, vou ver se encontro a noticia da altura 😁

Deto
Deto
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

off

isso que rede social faz com alguns que tem tendência a isso, o sujeito fica tão alienado na bolha, escuta so o que valida a crença dele, que da nisso ai do print:

se alguém chegar lá e disser “sai mais barato comprar os jogos que alugar no GP” ele da block.

se falar “çupa sonynho pagando 500 reais em jogos enquanto a gente joga de graça” ele vai curtir e retwittar.

comment image

Juca
Juca
Responder a  Deto
1 mês atrás

Rsrs Desse jeito saia infinitamente mais barato comprar jogos! O cara jogou uma dúzia de jogos em 4 anos… E gamepass já tem 4 anos? Rsrs

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Juca
1 mês atrás

Então, não é só esse aí não. Tudo começou com uma tal de Fernanda, que fica o dia inteiro no Twitter falando o quão gamepass é bom e como o Xbox é melhor que o ps5. Pois segundo ela, não dá pra acreditar que uma pessoa compre o ps5 e não Xbox… porque o Xbox tem gamepass, custo X benefício, bla bla bla…
Daí, dias atrás ela confessou que durante os 4 anos de gamepass já zerou 8 jogos no fantástico serviço. Ou seja, confirmou o que já supeitatávamos. Problema é que esse tipo aí não consegue somar nem 2+2. Tentar desenhar que sairia mais barato ela comprar esses jogos (muitos deles em promoções por menos de 50 reais) e exigir que entenda, é pior do que tentar fazer uma porta falar

Eraser
Eraser
Responder a  Juca
1 mês atrás

Pelo escrito jogou 26. Eu jogo no máximo 4 jogos por ano. Não há tempo.

Juca
Juca
Responder a  Eraser
1 mês atrás

Entendi que jogou 17 sendo os nove incluídos dentro na conta (ou jogos que se zera não se joga), isso em 4 anos. Bem, tudo é questão de ótica já que o português, nesse caso deixa dúvidas. Mas mesmo assim, 26 jogos, média de 6,5 jogos por ano, considerando ainda que na grande maioria são jogos velhos ou indies, melhor comprar um PS5, ganha um catálogo com os 20 dos melhores jogos de PS4, e a Plus ainda dá uns 36 games por ano. Então, no fim, o tal custo benefício nem faz diferença, e se faz, um PS5 pode ser comprado a 400 euro/dolares, a assinatura anual da plus em promoções saem a 40… E pra quem quer, ainda tem a PSNow.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Eraser
1 mês atrás

Eu também assisto poucos filmes por ano no netflix, e ao invés de sair por toda a internet idolatrando o serviço, fico é pensando se compensa continuar assinando.

Eraser
Eraser
Responder a  Carlos Eduardo
1 mês atrás

Faz como eu, só assino o netflix quando há algum filme ou serie que me desperte o interesse.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Eraser
1 mês atrás

É como o gamepass, assina um mês que tem entradas interessantes, consome o que quer e larga até ter outro mês interessante. Ficar igual esse bobalhão aí do print, todo dia torrando o saco no Twitter pra pegar Xbox porque o custo X benefício é bla bla bla… depois mostrar que é um baita de um hipócrita, que em 4 anos zerou 9 jogos no serviço é bem bosta. Mostrou só que o serviço é algo complementar, assim como a plus e a psnow também são. E o tal custo X benefício que tanto falam, na verdade é mais prejuízo do que qualquer outra coisa. Só fazer os cálculos e ver que economizaria se comprasse os jogos.

Deto
Deto
Responder a  Carlos Eduardo
1 mês atrás

auhauhauh exatamente o mesmo aqui.

tô sempre pensando se vale a pena assinar esses serviços.

Sparrow81
Sparrow81
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

OFF – Parece que só vai avaliar Halo infinite quem a Microsoft quer.

Ou seja, o que falei tempos atrás que podemos esperar notas altas nos jogos da MS daqui em diante, está se realizando.

https://www.eurogamer.pt/articles/halo-infinite-review

Eraser
Eraser
Responder a  Sparrow81
1 mês atrás

Pelo menos na eurogamer.pt é mais que compreensível e penso que nem consola lhes foi disponibilizada antes do lançamento.
É um site demasiado parcial com pouca credibilidade geral.
Mas é normal num país onde a sony reina por larga margem desde sempre.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Eraser
1 mês atrás

Mídia sonysta. Kkkkkk
Você não me engana, Luis Fouto/Celita.

Eraser
Eraser
Responder a  Sparrow81
1 mês atrás

Já tive essa conversa com o admin, mas se tens provas mostra.
Sim a eurogamer.pt é sonysta, todos sabem disso e é compreensível, pois é onde está a maioria do seu público. Eu no lugar deles faria o mesmo.

Agora tu vires falar de clubes ou imparcialidades só te fica mal, para mais vindo de uma pessoa que tem a prática comum de fazer offs nos comentários de todos os artigos sempre com o mesmo tema.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Eraser
1 mês atrás

Quais offs que venho fazendo com o mesmo tema? Andas alucinado? É, obviamente não preciso de provas para afirmar que você é Luis Fouto/Celita. Acusando pessoas com seus delírios costumeiros! Patético.

Eraser
Eraser
Responder a  Sparrow81
1 mês atrás

Já percebi que não necessitas de provas seja para o que for, as tuas convicções serem perfeitamente. Chama-se a isso narcisismo.
Em relação aos offs sempre com a mesma temática não te sintas só que ainda há piores.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Eraser
1 mês atrás

Hahaahah… você nem sabe do que tá falando. “Offs sempre com mesmo tema” prove que eu fiz isso! quando eu comentar e você discordar, tenta a sorte, mas com argumentos. Você acha normal a Microsoft limitar quem vai avaliar seus jogos, eu acho bizarro. Deve achar normal contar notas de sites como Pure Xbox, Xbox addict e SomosXBox em análises do metacritic, dando nota máxima aos jogos da MS. A isso damos o nome de Hipocrisia.

Juca
Juca
Responder a  Eraser
1 mês atrás

Ou dá pra todos da mídia ou nem dá. A Eurogamer deveria era ignorar o Halo e nem fazer mais qualquer review de Halo, quem perde publicidade é a MS, não a eurogamer, se não manda nem um jogo pra review, imagina o resto.Os caras fazem promoção de 1 euro e não podem mandar uma chave do jogo pra um dos portais mais importantes de games de um país? É no mínimo burrice, um produto bom fala por si em qualquer lugar e em qualquer circunstância.

Eraser
Eraser
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Não tem nem nunca teve nada a ver com poupar dinheiro.
Basta lerem os comentários do artigo na própria eurogamer.pt

Eraser
Eraser
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Pensar que a eurogamer.pt é imparcial é apenas falta de senso.
Até o artigo sobre a noticia de descriminação de gênero na sony e processo judicial apenas foi publicado porque lhes mandaram isso á cara numa live e não tiveram como escapar.

Não é de agora, aliás como disse, nem ás consolas xbox series eles tiveram acesso. Podiam limitar-se a traduzir e publicar os artigos e reviews da eurogamer.net.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

É porque websites com Xbox no nome estão mais aptos a avaliar jogos da Microsoft. Isso na cabeça do Luis Fouto/Celita.

Rodrigo
Rodrigo
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Alguns sites afirmam que essa questão dos OVNIs na verdade são drones de países adversários espionando os EUA e o Pentágono. E segundo esses relatórios o governo dos EUA vem sendo manipulados por esses adversários terrestres. Claro que essas afirmações são suposições, não se sabe realmente o que vem ocorrendo nesses casos. Um site interessante que aborda esse assunto é o the drive/the-war zone. Aqui tem um link para uma matéria deles:

https://www.thedrive.com/the-war-zone/40054/adversary-drones-are-spying-on-the-u-s-and-the-pentagon-acts-like-theyre-ufos

error: Conteúdo protegido