Que segredos encerra o HDMI da PS4

ps4-close-up

A promessa de HDR na Playstation 4 original vem levantar dúvidas sobre que tipo de HDMI efectivamente está na PS4. E a conclusão a que se chega é que o mesmo terá forçosamente de guardar segredos.

Uma consulta à documentação oficial da Plystation 4 revela uma realidade sobre a consola. A versão do HDMI ali presente é a 1.4, sem entrar em mais detalhes.

Mas será?

Como sabemos, as consolas não usam exactamente hardware standard, e muito do que está presente no seu interior era avançado para o seu tempo.

Apesar de em 2013, e na altura do lançamento das consolas em Novembro, o standard HDMI 2.0 não estar ainda presente em nenhum aparelho do mercado, a realidade é que muita da tecnologia presente na PS4 também não existia ainda em nenhum Hardware da AMD. Basicamente a consola inovou em muitos sentidos ao ser o primeiro produto a apresentar novidades inéditas até então.

Mas será que a consola poderia conter já um HDMI 2.0, mas com o firmware do HDMI 1.4b, a versão mais recente do HDMI?

Para termos uma ideia sobre se tal seria possível podemos consultar as datas em que os diversos standards HDMI ficaram definidos!

HDMI 1.0 – 9 de Dezembro de 2002
HDMI 1.1 – 20 de Maio de 2004
HDMI 1.2 – 8 de agosto de 2005
HDMI 1.2a – 14 de Dezembro de 2005
HDMI 1.3 – 22 de Junho de 2006
HDMI 1.3a – 20 de Novembro de 2006
HDMI 1.3b – 20 de Março de 2007
HDMI 1.3b1 – 9 de Novembro de 2007
HDMI 1.3c – 25 de Agosto de 2008
HDMI 1.4 – 28 de Maio de 2009                   <—
HDMI 1.4a – 4 de Março de 2010
HDMI 1.4b – 11 de Outubro de 2011
HDMI 2.0 – 4 de Setembro de 2013              <—
HDMI 2.0a – 8 de Abril de 2015
HDMI 2.1 – Finais de 2016

A tabela possui assinaladas duas datas importantes.

A data de 4 de Setembro de 2013 mostra acima de tudo que à data da saída da PS4, o que só ocorreu a 29 de Novembro, cerca de dois meses depois, o standard HDMI 2.0 estava já definido. A dúvida fica apenas na questão sobre se a PS4 estaria ou não já equipada com um HDMI 2.0 nessa data.

Para percebermos isso, nada como consultarmos as notícias da altura. E apesar de a questão do HDMI da PS4 não ser abordada, há notícias da altura que abordam exactamente questões sobre o HDMI e a Sony. Vejam esta notícia:

Sony Begins Issuing HDMI 2.0 Firmware Update For Bravia X9 4K TV

A notícia em causa data de 28 de Novembro de 2013, um dia antes do lançamento da PS4, e refere que a Sony estava a lançar uma atualização de firmware para as suas TVs 4K que lhes permitiam a passagem do HDMI 1.4 para o HDMI 2.0. Basicamente isso mostra que a Sony usava já, e antes do lançamento da PS4, como solução standard um chip HDMI programável que permitia atualizações, e que poderá perfeitamente estar presente na sua Playstation 4.

E assim sendo, está explicada a questão sobre como a consola é capaz de exibir HDR. Porque na realidade ela sempre foi capaz de tal!

Mas à quantos anos a Sony usa este tipo de chips programáveis e bastante avançados para o seu tempo?

Para isso nada melhor do que olharmos novamente para a tabela de datas acima exposta, para vermos a outra data assinalada, 28 de Maio de 2009!

A Playstation 3 foi lançada para o mercado em 2006 e equipada com um HDMI 1.3. O HDMMI 1.3 sofreu uma série de alterações, tendo tido 5 variantes ao longo da sua existência. E curiosamente, a Playstation 3 acompanhou todas!

Mas mais do que isso, a Playstation 3 passou a meio da sua vida a suportar 3D, uma experiência que obrigava ao uso de um HDMI 1.4. E no entanto isso não foi problema para a consola.

Apesar de o HDMI 1.4 e o 1.3 usarem exactamente a mesma largura de banda (apesar de protocolos mais completos na V1.4), o que vemos é que a Sony já usava chips programáveis no seu controlador HDMI desde 2006.

Associando esta realidade às notícias das TVs Sony que receberam atualização do HDMI 1.4 para o 2.0, poderemos dizer que há fortes possibilidades de a PS4 estar equipada desde sempre com um controlador HDMI capaz de sofrer uma actualização idêntica.

Mas será que é isso mesmo?

Na realidade poderia não ser!

Atualmente existem dois standards HDR no mercado. O mais básico e o modelo mais usado e suportado pela maior parte das TVs e consolas HDR (Xbox One S e PS4 Pro) é o HDR 10, que trabalha com 10 bits de cor, e o mais complexo, o Dolby Vision que trabalha com 12 bits de cor.


Ao ser mais básico o HDR 10 é uma solução meramente software, ao passo que o Dolby Vision requer algum hardware. A diferença entre os dois acaba por se revelar na largura de banda requerida. O HDR 10 exige um HDMI 2.0, ao passo que o Dolby Vision possui uma versão mais reduzida com idênticos 10 bits de cor aos usados pelo HDR 10, e que pode funcionar com um HDMI 1.4b.

Daí que possa surgir a questão. Terá a Sony chegado a um acordo com a Dolby Vision e processará a codificação normalmente feita no hardware especializado da Dolby com uma das compute units da PS4, podendo assim levar uma solução HDR para a PS4 e para o HDMi 1.4?


A questão é complexa. Primeiro porque normalmente o hardware em causa é licenciado e segundo porque não sabemos que custos de processamento seriam necessários. No entanto o Dolby Vision é compatível HDR 10, apesar de o HDR 10 não ser compatível Dolby Vision.

Mas a hipótese poderá ser levantada! Será esta a solução da Sony?

Para tentarmos ver tal, consultamos a documentação da PS4 Pro. E encontramos as seguintes perguntas e respostas:

Q: Does PS4 Pro support High Dynamic Range (HDR)?
Yes, PS4 Pro is fully compatible with the HDR10 specification at launch

A Sony afirma que a PS4 Pro é compatível com o formato HDR 10.

Q: Will PS4 Pro include support for Dolby Vision HDR?
There are currently no plans to support Dolby Vision.

Mas no entanto a Sony afirma igualmente não haver qualquer tipo de planos para suportar o Dolby Vision.

Ora se a solução da PS4 fosse a hipoteticamente anteriormente colocada, o suporte Dolby Vision estaria presente na PS4 Pro em simultâneo com o HDR 10. E isto porque o código dos jogos é partilhado entre ambas as consolas!

E tal parece levar-nos então de volta para a primeira hipotese. Uma efectiva atualização do HDMI para a versão 2.0!

Mas tal levanta uma outra questão. Se assim é, então, juntamente com o HDR, o suporte 4K estará presente igualmente em todas as PS4! Afinal o standard HDMI permite-o.

Mas na realidade pode não ser bem assim!

Já vimos, e não ficaram dúvidas, que a Sony possui um controlador HDMI que pode receber actualizações. E vimos que esse controlador, nas TVs Bravia, recebeu uma actualização para passar da versão 1.4 para a versão 2.0.

Mas será que isso é efectivamente cristalino?

Na nossa opinião… pode não ser!

O que a actualização de firmware recebida pelo Bravia X9 4K nos mostrou foi que o controlador em causa pode receber aumentos de largura de banda. Neste caso permitiu o aumento da largura de banda do HDMI 1.4 que apenas permite 4K a 24 fps para algo que corresponde ao previsto na norma HDMI 2.0 com o 4K a 60 fps.

Para todos os efeitos, cumprindo com esse requisito, a TV pode afirmar estar perante um HDMI 2.0.

Mas a questão é que a TV em causa não possui HDR. E o HDMI 2.0 prevê ainda mais largura de banda para que passe não só os 4K 60 fps, mas igualmente o HDR.

Daí que vem a questão. Será que se a TV suportasse HDR se poderia usar o termo de atualização para a versão HDMMI 2.0? Ou seja, apesar de o aumento de largura de banda permitir que aquela TV em particular, ao não ter HDR, cumprisse com tudo o que o HDMI 2.0 oferece, será que o mesmo poderia ser dito se a TV exigisse ainda mais largura de banda para acrescentar o HDR?

Até pode ser que sim, e os motivos porque a Sony não faz isso (trazer os 4K para a PS4) podem ser puramente comerciais, mas o mais certo é que provavelmente não! Provavelmente o controlador pode ser atualizado, pode receber aumentos de largura de banda, mas ou oferece os 4K, ou oferece o HDR. Mas não os dois em simultâneo!

O certo é que a Sony não anunciou os 4K na PS4. Dado que a empresa reserva a solução dos 4K para a sua PRO, nunca tendo havido realmente queixas pela falta dos 4K nas consolas atuais, esta optou por trazer apenas o HDR para as versões anterior.

Podia no entanto trazer ambos, nem que fosse como opção, com o utilizador a escolher ou um, ou outro, mas o certo é que, comercialmente, um anuncio de suporte 4K poderia ser mau para as vendas da PRO, especialmente pela confusão que o suporte dos 4K em ambas as consolas faria, com muitos a não perceberem a diferença entre o os níveis de suporte existentes.

Parece assim que esta poderá ser a resposta para o segredo do HDMI da PS4.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (3)

  1. Olá Mario, você não acharia interessante se a tecnologia freesync estivesses presente no ps4 pro e no vindouro scorpion, já teve comentários que as tvs iriam suportar freesync ate o ano que vem.

    • Na versão inicial o Freesync requeria um display port, algo não presente nas consolas atuais.
      Mas a AMD possui uma versão que funciona no HDMI, inclusive com HDMI 1.4, pelo que saber-se que o HDMI da PS4 é programável permite não excluir a possibilidade de suporte.
      Quanto às consolas da Microsoft não sei nada sobre o seu HDMI.

      • HDMI programável… por essa eu não esperava. Deve ser sobre coisas assim que o Mark Cerny falou ainda em 2013 sobre “segredos” do PS4 a serem “descobertos” com o tempo…

Os comentarios estao fechados.