Rumor:PS4 Neo será mudança radical no hardware, e imposta pela AMD

ps4-neo

Os últimos rumores apontam no sentido de que a Sony nunca quis lançar uma PlayStation Neo , mas que as mudanças internas na AMD forçaram a empresa a optar por um novo hardware para manter os custos de produção

Uma série de notícias e rumores tem vindo a dar a conhecer aquilo que será a Playstation 4 Neo, e os motivos pelos quais a mesma existe.
Como é do conhecimento geral a AMD prepara-se para mudar toda a sua produção para uma tecnologia de 14 nanômetros, abandonando a atual tecnologia e 28 nanômetros usada nas consolas, entre as quais a Playstation 4.
Numa situação normal a Sony apenas se limitaria a usar uma técnica de redução para passar os seus chips para esta tecnologia, mas a AMD não parece alinhar nessa situação. Assim a AMD não só vai implementar esta tecnologia, como pretende livrar-se de todas as tecnologias anteriores obsoletas.
Ora sendo o Jaguar um processador obsoleto e já substituído pelos Puma e Puma+, que no entanto não suportam HSA, a AMD pretende abandonar o mesmo, colocando a Sony entre a espada e a parede.
Assim a alternativa dada à Sony era o suportar uma linha de produção para a sua consola, algo que a empresa já fez anteriormente com a Nvidia para manter a placa gráfica da sua PS3, com custos financeiros que se revelaram incomportáveis e que só tornaram a consola rentável em 2011 com a descida para uma tecnologia de produção de 40 nm.
Basicamente eis as opções da Sony:
  1. Instalar linhas de produção personalizadas, produzindo uma combinação mista do GPU a 14 nm, mas tendo de fabricar o Jaguar a 28 nm. A empresa teria de suportar todos os custos de manter a instalação pois seria só ela a usar a linha de produção (aqui questiona-se o caso da Microsoft)!
  2. Usar os novos standards associados à arquitetura Polaris associada aos novos núcleos Zen. Dado que esta linha de produção será genérica e utilizada por todos os clientes AMD, os custos seriam normais.

Ora este rumor, verdadeiro ou não, levanta é aqui um questão. Dado que a arquitectura Jagura não passa para os 14nm, e a arquitectura Puma e Puma+ mais não suportma HSA (pelo menos a documentação da AMD dos Puma+ não é clara nesse aspecto, não havendo referências específicas ao suporte, sendo que a arquitetura Puma, garantidamente, não a suportava), o que resta como alternativa para o CPU?


Ao que tudo indica a Neo terá igualmente melhorias no CPU que passará a contar com núcleos Zen!

Assim a Sony tinha 3 alternativas para a nova Neo:

  1. Bloquear o hardware para garantir que as performances seriam idênticas. Tal seria pouco lógico dadas as melhorias e muitos clientes não aceitariam estar a pagar os 400 euros por uma consola que poderia estar a custar 200 para ter um hardware melhor, mas bloqueado.
  2. Utilizar as melhorias do hardware forma livre, permitindo a criação de jogos específicos que não correriam no hardware original, criando conflitos com os utilizadores originais.
  3. O meio termo. Implica o uso parcial do harware, permitindo melhorias de performance e gráficas, as impedindo o  desenvolvimento de aplicações específicas para a consola, tornando obrigatório que todos os jogos corram am ambas as consolas, com a PS4 original a ser a base de desenvolvimento e a Neo a poder, quando muito, contar com melhorias.

Falta agora saber o que se passa com a situação da Microsoft, pois a situação, a ser verdadeira, afeta a Microsoft da mesma forma. Os rumores apontam no sentido que ambas as empresas irão apresentar novos kits de desenvolvimento (hardware) ainda este ano, o que leva a crer que uma nova Xbox One tambem será uma realidade.

Naturalmente não sabemos ainda os reais motivos desta atualização, mas torna-se coerente acreditar que, face ao descontamento geral já demonstrado por muitos, haja efetivamente motivos que estejam a forçar a tomada de posição da Sony, uma vez que se há algo que não é credível é que a empresa, face às dificuldades financeiras que atravessou e das quais ainda não saiu a 100%, queira antagonizar os seus clientes. Se estes, se outros já aqui referidos e relacionados com o futuro da consola como plataforma, é o que falta saber

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (21)

  1. Eu não acredito que o contrato da SONY com a AMD não preveja o fornecimento dos componentes por parte da AMD, se a AMD se quiser remodelar acho muito bem, mas terá sempre que garantir o fornecimento contratual dos componentes, caso contrário a SONY que investiu milhões na PS4 e nos seus exclusivos iria ficar com a corda na garganta, aliás mesmo que saia a PS4 NEO a SONY não pode acabar com a venda da PS4 normal, se isso acontecer a PS4 morre dentro de 1 a 2 anos, deixa de haver suporte, deixa de haver jogos, enfim se eles substituírem a PS4 pela NEO e se a NEO for muito mais potente mis vale dizer que mudámos de geração e a NEO é uma consola next gen

  2. E fornece… até fornece melhor! A AMD não prejudica a Sony, mas caso a empresa queira manter a produção de algo obsoleto, terá de suportar custos.

    • Que suporte os custos então, não é justo com o consumidor que comprou um console não tem nem 3 anos, já ficar com um aparelho obsoleto.

  3. Entao a amd esta meio que indiretamente transformando os consoles em pcs. Se daqui 2 anos eles anunciarem uma nova arquitetura ai teremos novos consoles denovo?

    • Não é uma questão demudança de arquitectura, mas de processo de fabrico. Isso implica mudar as máquinas e a tecnologia! Manter as linhas de produção a produzir hardware obsoleto é uma despesa enorme que a AMD não pretende. Nesse aspecto deu duas hipóteses, ou quem a quer paga, ou eles dão hardware mais potente dentro dos preços inicialmente acordados.

      • Acho que o problema é: Recebo um componente de hardware novo e mais potente, porém tenho que modificar a minha placa-mãe e a interface com os demais componentes para que seja possível a atualização completa.

        Já sobre o possível fim da PS4 normal acho que não será logo, provavelmente o PS4 “normal” ainda existirá, já com esse novo hardware, mas com recursos limitados via firmware. A exemplo de alguns processadores tri-core da AMD que na verdade eram quad-core, mas com 1 core bloqueado via firmware.

        • Nada disso! No presente caso o hardware é 100% compatível, e não oferece despesas a quem o manda fabricar.
          Houve um acordo de preços, a AMD mantem os preços oferece melhor, compatível e sem despesas.
          É isso que o rumor refere!
          A AMD prefere ter esta despesa do que suportar uma linha obsoleta!

  4. Nunca tinha ouvido falar que uma fornecedora de chips para console poderia “obrigar” uma fabricante de console a lançar um novo equipamento, mais forte, no meio de uma geração.Os fabricantes de chips e donas de consoles assinam um contrato, onde o console tem que ser suportado durante toda sua vida útil.Sempre foi assim.A AMD não tem condições de impor nada,pois há um contrato que ela tem que cumprir.

    Primeiro o PS4 Neo foi colocado como “culpa da Microsoft” por conta de ser uma resposta ao UWP. Agora a “culpa” do PS4 Neo é da AMD. Eu não entendo qual é a dificuldade em entender que o Ps4K é “culpa” somente da Sony, que quer, como qualquer outra empresa, arrancar mais dinheiro dos consumidores.

    • Não conheces os termos do contrato. E a AMD não se está a recusar a ceder o hardware, ela oferece até melhor pelo mesmo preço!
      Não estando esta possibilidade prevista como não passível de acontecer no contrato, a AMD pode fazer isso!

  5. Não pode fazer como aconteceu com a Xbox 360 quando passaram a usar APU em vez de chips separados?

    • Infelizmente não. Muitas das características da PS4 são dependentes dos canais internos de comunicação entre o GPU e CPU que existem no APU.
      Colocar os mesmos externamente obrigaria a alterar toda a estrutura de funcionamento da consola.
      O HSA/hUMA que permite que haja apenas uma cópia do que está na memória a ser partilhado pelo CPu e GPU, não funciona com um GPU discreto (separado). Apesar de nesses casos a memória poder ser partilhada, necessita de haver uma cópia separada de certos conteúdos, uma para o CPU, outra para o GPU. Isto não só implica funcionamento diferente, mas um processamento mais lento e maior uso de largura de banda.
      Lê aqui.
      http://www.extremetech.com/gaming/154547-amds-next-gen-apu-unifies-cpugpu-memory-should-appear-in-kaveri-xbox-720-ps4

      • Já tinha lido sobre este rumor e como se diz se mudam o fabrico não a oque fazer. Lembrando que a AMD passa por um período extremamente difícil e manter uma linha de produção exclusivamente ao ps4 e xbox one está consideravelmente fora de questão.

      • se for assim a PS4 normal será descontinuada, pois a SONY vai ser forçada a evoluir…isso vai ser muito mau…a minha pS4 avariou, não está a receber nem enjectar os discos blue ray, acho que vou aguardar que venha a NEO e depois faço a troca…ou não

        • É um rumor… mas faz sentido. E sim, neste caso a PS4 normal desaparece! Mas haverá stocks a escoar durante algum tempo!

        • Vitor já tive este problema e resolvi o mesmo abrindo o aparelho e raspando suavemente o sensor do botão eject que fica logo acima do driver de blu-ray dentro do aparelho, é simples e rápido de fazer e já resolve o problema, outra dica é deixar umas tampas debaixo do console para que o ar possa passar por baixo dele melhorando a ventilação.
          Sobre os rumores de abandonar milhões de consoles? Sinceramente acho isso impessável, pois ontem mesmo a sony já revelou que esperar até no ano 2017 vender 60 milhões de consoles, isso pra mim sinaliza que não vá existir essa possibilidade de abdicar dos 40 já vendidos.

          PS: Tem vários vídeos no youtube mostrando como faz o procedimento de raspagem do sensor, tenta lá pois aqui deu muito certo.

    • http://kotaku.com/sources-smaller-xbox-one-coming-this-year-more-powerf-1778634446

      Essa é a fonte original do artigo e diz que a microsoft vai lançar dois novos consoles, um xbox one slim ainda esse ano e no ano que vem um Xbox mais poderoso com capacidade para 4K e parceria com a Oculus para VR.
      Eu acho que a Microsoft é a empresa que está mais tranquila quanto à essa suposta história de obrigação da AMD, penso que no acordo de 3 bilhões de dolares que eles disseram ter lá atrás em 2013 já estava previsto manter a linha de montagem, até por que a APU do Xbox One é consideravelmente mais personalizada que a do Playstation 4 que é um semi-custom. Nem o HSA é o mesmo, sendo uma implantação proprietária feita pelos engenheiros da MS.
      Desse rumor, eu acho que nem existira um Xbox One Slim mesmo, só um modelo com disco interno de 2TB, mas o console do ano que vem certamente existirá.

      • Acredito que a Xbox vai para já manter uma consola slim devido ao acordo e o montante pago, que a Sony não dispendeu. Mas como não vai querer ficar para trás face à Neo, vai lançar igualmente uma consola nesses termos posteriormente.
        Curiosamente já sabia disto à alguns dias pois uma pessoa do Beyond contou-me, mas pediu-me para ficar calado. 😉
        Mas agora adianto que Neo também só não para o ano!

        • Nesse caso então Mario, um Playstation 4 e um Xbox one melhorados só pra 2017???

          • Sim… é o que me disseram. Mas no que toca à Xbox disseram-me que haveriam novidades na E3, mas que certamente seria só a falar da slim.
            A Sony vai aguardar pela Paris Game Week.
            Isto foi o que me foi dito.

        • Acredito em você pela fonte.
          Então aproveitando que agora você é um insider…. rsrsrs
          Me tira essa dúvida, a Sony realmente foi descuidada ao ponto de se ver obrigada a substituir o PS4 agora por não ter um acordo com a AMD?
          Você tem essa informação?

Os comentarios estao fechados.