Xbox fala sobre a Velocity Architecture e o Sampler Feedback Streaming, mas mais uma vez ficam grandes dúvidas no ar

5 4 votes
Avalie o nosso artigo

O sampler Feedback Streaming é sem dúvida uma novidade interessante, mas mesmo após tantas sessões de explicações sobre a tecnologia, a MIcrosoft continua por esclarecer os seus reais ganhos.

O Game Stack 2021, realizado pela Microsoft, teve uma sessão dedicada ao Sampler Feedback Streaming que, de forma clara, mostra o seu funcionamento.

O que não é tão claro porém é aquilo que são os seus reais ganhos face a outros hardware, e isto porque a própria sessão e explicação da Microsoft deixa dúvidas e questões por responder. Questões estas que são as mesmas que temos colocado desde sempre sobre o sistema.

Mas vamos ver por partes, e caso queiram ver primeiro o vídeo da Microsoft, deixo-o de seguida. Caso só o pretendam consultar no fim para confirmar o que aqui referimos, passem à frente e voltem ao mesmo no final.



Aos 46 segundos o vídeo mostra-nos os ganhos que já conhecemos e que aqui sempre demos a conhecer (apesar de negado pelo Snr Battaglia da Eurogamer): a forma como a falta de um SSD afeta a performance de um sistema, e como ele pode minimizar consumos de memória, maximizar o detalhe na cena, aumentar a distância de visualização e acelerar os tempos de carga. Fica por referir a forma como a nível de geometria não se precisa de calcular tanto mundo fora do “Frustrum”, que não é mais nem menos, que o cone de visualização do jogador, poupando assim processamento ao GPU, mas convenhamos que essa explicação seria mais adequada numa explicação geral sobre os ganhos aportados pelo SSD, o que não é o objetivo deste vídeo, que apenas aborda o SSD e os seus ganhos na perspetiva da arquitetura Xbox Velocity, e como ela permite carregar as coisas mais depressa e minimizar os tempos de carga (tal como está no nome da apresentação).

Esta explicação arrasta-se até aos 4m e 12s, altura em que é referido algo que é uma novidade. Apesar dos anunciados 2.4 GB/s de velocidade do SSD, a Microsoft só garante 2 GB/s como velocidade sustentável.  Uma situação de remoção de 400 MB/s à velocidade anunciada que, provavelmente, também acontecerá na PS5, de forma a garantir que há performance no SSD para respostas a solicitações do OS e outras situações relacionadas com o funcionamento interno do hardware.

E ninguém precisa de ficar chocado com este aparente corte. As consolas também afirmam ter 16 GB de RAM, e na realidade não é isso que está disponível para os jogos.

Onde começam as reais questões é aos 6m 30s de video onde oficialmente a Microsoft refere que o Sample Feedback Streaming (e note-se que aqui é usado o termo completo e não apenas Sampler Feedback, algo que em alguns foruns se dizia fazer a diferença) tambem é conhecido como Partial Residency of Textures, o que não é mais do que o que nos traz o nosso conhecido Partial Resident Textures, ou PRT, suportado pelo Hardware AMD há vários anos, e inclusive presente nas consolas da geração passada. A reforçar esta ideia, é referido que é conhecido tambem como Tiled Resources, a tecnologia base do PRT e do SFS, suportada pela AMD desde as Radeon 79xx.

Nada que já não tivéssemos afirmado neste nosso artigo de explicação sobre o SFS.

Ora se lerem o artigo que acabamos de linkar, percebem que aquilo que lá estava questionado era se o ganho obtido na poupança da memoria, aquilo que mais é propagandeado neste vídeo como característica do SFS, advém do  SFS em si, ou se pura e simplesmente do uso dos Tiled Resources. E a suportar a dúvida, no artigo colovamos uma imagem da apresentação das Partial Resident Textures, igualmente feita pela Microsoft em 2013, onde eles mostram os ganhos na memória criados por essa tecnologia.  Curiosamente, nessa imagem, um slide tirado dessa apresentação (em baixo), o ganho é de… 2.66 vezes… Um valor em tudo semelhante aos que vemos como usados no video na Microsoft a partir dos 7m 35s.



Os valores mostrados neste slide colocam-nos as questões sobre a origem dos ganhos, e elas são pertinentes pois a ideia que se passa é se este ganho de memória apenas pode ser obtido nas novas Xbox devido ao SFS. Mas na realidade, pelo que se vê, o maioria dos ganhos são obtidos pelo uso da tecnologia base em que o SFS se apoia, as Partial Resident Textures, por sua vez apoiadas nos Tiled Resources, e não pelo SFS em si (que aparenta ser apenas uma medida de otimização do PRT, uma melhoria ao mesmo, mas não, de forma alguma, o responsável pela grande poupança anunciada).

E essa dúvida não é tirada neste video. O motivo é que aos 7m:30s podemos ver no vídeo um quadro que refere que os Tiled Resources tem tido uma adoção extremamente limitada, o que sabemos ser verdade, pois com exceção do motor Rage da ID, apenas é do conhecimento público que o Unreal Engine também os suportam. No entanto, neste último caso, este suporte não é a base do motor, mas sim e apenas, uma path alternativa que poucos devs tem usado.

Daí que quando a Microsoft nos apresenta o vídeo com os ganhos do SFS, e nos compara os ganhos com um motor de streaming tradicional, o que podemos concluir é que não estamos a comparar com um motor que use igualmente os Tiled Resources, uma vez que esses de tradicional tem muito pouco. E como tal, não estamos a ver os ganhos do SFS face às tecnologias equivalentes de uso de Tiled Resources pré existentes, mas sim face à total ausência de suporte direto a essas tecnologias.

Mas naturalmente que se alguém programasse um jogo para ser baseado na tecnologia de texturas parcialmente residentes, de forma a poder tirar partido do SFS, no hardware que não tivesse o SFS, usaria as Partial Resident Textures.



Resumidamente, se efetivamente o ganho na poupança das memórias advêm da tecnologia que está na base do SFS e não do SFS em si, então isso anula a poupança de RAM anunciada como vantagem das Xbox série sobre a PS5. Note-se que a Xbox ainda pode ser melhor, e nem sequer duvidamos ou questionamos que o SFS seja uma melhoria sobre as PRT. Mas em quanto… isso é que não sabemos, e é algo que este vídeo não esclarece de forma alguma.

Apenas como nota final, e ainda relativamente à questão das vantagens do uso de um SSD, reparem que o vídeo da Microsoft apresenta 3 barras de consumo de memória.

A primeira diz respeito ao uso de memória com a presença de um HDD standard como os usados nas consolas da geração anterior.

A segunda imagem apresenta a memória necessária para o mesmo mundo, usando um SSD, revelando-se bastante mais pequena.



Porque motivo esta memória consumida é menor? Pelo mesmo motivo pelo qual o trabalho do GPU com um SSD é menor, o que permite libertar recursos (para melhorar os gráficos, a tal coisa que o Snr Battaglia se recusava a ver e que tanto explicamos aqui). Dado que o SSD é rápido o suficiente para ler e colocar novos dados na memória, o cálculo de geometria e texturas em zonas que ficam fora do cone de visualização do jogador (o “Frustrum”) não se revela tão necessário, podendo essa área ser reduzida.  Já num HDD, como o mesmo lê devagar, necessita de existir uma zona tampão em todas as direções que possam compensar um movimento brusco do jogador. Como o HDD não conseguiria carregar esses dados a tempo, eles necessitam de já estar na memória e processados.

Esta situação de como um SSD pode poupar recursos a um GPU, inclusive processamento que pode ser usado para melhorar o grafismo, está explicada em mais detalhe neste nosso artigo, cuja leitura recomendamos caso queiram perceber melhor a situação.

E naturalmente que com um SSD ainda mais rápido, a ocupação de RAM presente nesta segunda barra, que representa os motores standard do mercado, será ainda menor.

Depois aparece finalmente a terceira barra, com o uso do SFS, que ainda ocupa menos RAM pelo uso te Tiled Resources e não de texturas completas . No entanto, para perceção real dos ganhos da Xbox face a qualquer outro sistema equipado com PRT (atualmente um standard), que usa igualmente os Tiled Resources, este consumo de RAM não pode ser comparado com o presente na barra anterior, onde os Tiled Resources não estão sequer a uso, mas teria de ser, isso sim, com uma outra barra, aqui não presente, que se chamaria provavelmente: “Memory for XVA With PRT”.



E só nesse caso perceberíamos o que o SFS realmente traz de vantagem sobre o PRT standard, sendo que o que temos neste vídeo, apesar de novidade, é no fundo um reciclar antigos vídeos promocionais sobre os Tiled Resources, acrescidos da promoção ao SFS, tudo junto numa ferramenta de Marketing que como fonte de informação face ao que hardware sem o SFS, mas com PRT pode fazer, acaba por ser totalmente inútil, criando uma situação que passa uma imagem de ganhos inerentes apenas ao SFS que são totalmente enganadores.

Diga-se que o sistema criado pela Microsoft é excelente, e que o mesmo bate tudo o que existe no PC. Mas a comparação desejada não é com o PC (que a irá igualmente vir a ter), e sim com o igualmente revolucionário sistema de I/o da PS5. E nesse campo, as questões pairam no ar impedindo assim a comparação direta e percebermos até que ponto esta solução se compara com a da Sony.

 

 





5 4 votes
Avalie o nosso artigo
39 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marco Antonio Brasil
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Artigo extremamente didático. Mário você resumiu bem a situação, até o momento o SFS aparenta ser simplesmente o PRT refinado, sem dados que permitam apurar o % de melhoria. O curioso é que isso seria uma informação básica, por isso fica o cheiro de marketing “criativo”, sem querer desmerecer a tecnologia em si.
Ainda, está em aberto a questão que mais tenho curiosidade em saber, afinal como o SFS trabalha com as texturas comprimidas.

Sparrow81
Sparrow81
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Expectativa: incrível Velocity Architeture

Realidade: Microsoft pega de surpresa com i/o do ps5 e apresentando (2 dias depois) algo velho com roupagem nova para controlar o dano.

Ou seja, nada de novo no mundo da Microsoft.

Deto
Deto
Responder a  Sparrow81
2 meses atrás

acho curioso que a narrativa dos fanboys profissionais da MS, windows central, tom warrior, e mais astroturfings era todo que “a MS pegou a sony de supresa, sony substimou a MS”

agora se vc inverter isso, e supor que foi a Sony que pegou a MS de surpresa e a MS que subestimou a Sony encaixa como uma luva para explicar todo que estamos vendo.

o SX sem jogos e com aquele fiasco do Halo Infinite:

Iriam se apoiar na narrativa de “sx muito melhor em multis, as pessoas são jogam multis” pq o “PS5 é 8TF, RDNA1 sem RT”

a MS começou a geração com “console mais poderoso” e depois teve que mudar para o “xbox mais poderoso” e foi pega de surpresa com o hardware.

a MS estava tão bem preparada que lançou o xbox sem exclusivos com o fiasco do Halo.

Das duas uma, ou a MS que alimentou os fanboys com a narrativa fake de “8tf, rdna1 bla bla bla Sony despreparada” ou ela acreditou na narrativa dos fanboys.

Tá ai o que eu digo, toda hora aparece um indicio que fala que no Xbox vc não consegue separar o que é funcionario da MS do que é fanboy lunático de twitter do xbox

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Deto
2 meses atrás

Ao meu ver, tá muito óbvio que o a Microsoft foi pega de surpresa com i/o do PS5. E dias depois da apresentação do Cerny, eles foram na mídia mostrar a super Velocity Architeture. Eu já percebi que algo não estava certo ali naquela falação.

Deto
Deto
Responder a  Sparrow81
2 meses atrás

foi a mesma coisa como golfinho simulator lá, tal luize kirby e o Odium ou sei lá que nome ele tem

ambos “desenvolvedores” astroturfing para contra atacar os elogios dos DEVs para o PS5.

Essa velocity arquiteture foi para ter o q responder do PS5.

Ainda acho que o Penello cheio de arrogância e presunção “não tem como a Sony fazer um console mais poderoso, nos criamos o directX” é a cultura do xbox.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
2 meses atrás

digo o nome marketeiro.

correram criar um depois dos anuncios do PS5 e dos DEVs falando sobre isso.

o objetivo era dar assunto para “fã” de xbox falar na internet, ou vc acha que algum deles entende isso ai?

timdog, xbox milgrau, windows club, tom warren, penello…

para eles escrever um paragrafo sobre SSD é dificil, mas ficar repetindo “velocity arquiteture'” é tranquilo.

mesma coisa de 2013 com Penello “não tem como o PS4 ser mais poderoso, nos criamos o DX” e agora “não tem como o PS5 ser mais rapido, nos criamos o Velocity Arquiteture”

e ai vc se pergunta, quem engaja com esses nomes bobagentos?

Penello, estava até pouco tempo atras arrotando que velocity arquiteture iria igualar o SSD do PS5, e engajando os “super fãs de internet” do xbox.

e pare relembrar, pq sempre tem um que questiona as fontes… Penello correndo pela internet arrotando que Velocity Arquiteture mágica vai fazer o SSD do xbox render tanto quando o do PS5.

https://samagame.com/pt/xbox-series-x-s-vs-ps5-e-se-a-arquitetura-xbox-velocity-fosse-como-o-ps5-e-o-ssd-s-series-tivesse-taxas-de-quadros-melhores/

Ah, não abre os twittes pq ele obviamente apagou…

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  Deto
2 meses atrás

Rapaz, você não se cansa desses coméntários pessimistas e negativos em relação a Microsoft , ao Xbox e a essa comunidade? Todo mundo aqui já sabe que você e esse tal Sparrow81 odeiam, detestam, desprezam, demonizam essa empresa e tudo que ela faz e produz. Você inclusive já chegou a sofrer moderação aqui na Pcmanias, pelo autor do site, por certa vez ofender o Phil Spencer em um comentário.

Não sei porque o Mário deixa você e esse tal de Sparrow81 participarem aqui ainda. Claro que esse é um espaço dele, ele é quem decide isso. A Pcmanias sempre foi um espaço bacana, neutro, com informações técnicas e baseadas em fatos, não em achismos ou em preferências radicais e reacionárias. Quando o Mário escreve algo, é porque ele pesquisou, tem um bom conhecimento, se baseia em fatos, não fica ofendendo nem menosprezando ninguém.

Mas você e esse tal de Sparrow81 são incansáveis, assíduos em criticar e depreciar essa empresa e essa tal comunidade xbox.

Se o Mário permitir, respeitosamente, por obséquio, eu vou fazer uma sugestão para você e o tal Sparrow81. Porque vocês não se juntam e criam um site, um canal no Youtube, uma página no Facebook e começam a criticar, ofender e “denunciar” a Microsoft e todo mundo que trabalha lá, o máximo possível? Critica a empresa, a Gamepass, o Xbox Séries S, o Phil Spencer, o Larry Hryb, o Satya Nadella, Aaron Greenberg, entre outras coisas que vocês odeiam lá. Mas coloca o teu nome, a tua foto, não vai se esconder atrás desse nome “Deto” e coloca também a tua localização. Quem sabe vocês chamam a atenção da empresa e ganham um “presente” da Microsoft.

Deto
Deto
Responder a  Rodrigo
2 meses atrás

Acho engraçado que o único a falar no aspecto pessoal é vc

E com esse baita textão ainda.

Zero argumento, puro ataque pessoal.

Acho engraçado que vc, só fazendo ataque pessoal para defender o Xbox e pior que toca em um assunto que só tem negatividade para o Xbox, cita “youtuber” só para lembrar que o Xbox tem o Xbox milgrau que estava fazendo live pedindo 400 mil reais para comprar uma casa.

Vc tinha que lembrar que seita com pastor sustentado por fiéis “youtuber” é exclusividade do Xbox e seus fãs sustentar esse sujeito aí.

Lembrando que o VICE PRESIDENTE do Xbox foi em Live do XBOX MILGRAU.

Claro, isso tudo do Xbox não é culpa da MS e seu MARKETING, a única das três que tem esse tipo de público, praticamente formando uma quadrilha, chamar de seita é elogio, para assediar e difamar pessoas na internet e no mundo real.

Problema que vc achou que ia me irritar e me deixar burro para vc ter chance de “vencer a discussão”

Foi divertido citar mais coisas negativas do Marketing do Xbox graças ao teu gancho, sem precisar falar nada do pessoal.

O marketing do Xbox é feito para engajar fanboys, e alimentar eles vide o YOUTUBER XBOX MILGRAU com VP do Xbox na Live dele.

LOL, sabe que eu tinha esquecido do Xbox milgrau e que isso aí só tem do lado do Xbox?

Obrigado por me lembrar MAIS UM argumento para eu reforçar que o Xbox faz Marketing para alimentar e empoderar fanboys, caso do XBOX MILGRAU.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Deto
2 meses atrás

Rapaz, vice presidente em live de canal de flame. Mas não vou negar que fiquei incomodado com o Jason Ronald participando de entrevista no canal do colteastwood, que é claramente dedicado ao flamewar. Seria o mesmo que o Mark Cerny ir participar de live no canal do crapgamer.

Aliás, essa aproximação da divisão Xbox com canais de flamewar sempre foi estranha. XboxBR twitando coisas como “É com isso?”. Não preciso dizer mais nada, e não acho absurdo as acusações de canal do discord organizando FUD, etc. já que a própria MS dá brechas para se levantar esse tipo de suspeita.

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  Mário Armão Ferreira
2 meses atrás

Infelizmente Mário já aconteceu sim, várias vezes aqui nos comentários, em relação ao Sparrow81, que obviamente nem sei quem é, mas os comentários que ele faz ficaram registrados.

Por exemplo, tem um usuário aqui, que se eu não me engano deve ser um conterrâneo seu inclusive, que fica chamando você de Senhor Mário, não me lembro qual o nome que ele usa para comentar aqui. Parece que ele tem um Xbox One X, e gosta de falar bem do console e dos jogos que ele gosta no Xbox, infelizmente esse tal Sparrow81 já menosprezou ele várias vezes aqui pelo fato dele gostar do Xbox.

Infelizmente teve um outro caso recentemente, parece que também é um usúario conterrâneo seu, eu acho que o nome dele é Luís Fouto, ou parecido com isso. Ele entrou aqui e começou a falar bem de uma característica do Xbox Série X que ele gosta, mais uma vez o nobre Sparrow81 começou a menosprezar os comentários, dessa vez com esse, e eles até começaram uma discussão meio acalorada aqui. Você ficou intervindo, pedindo para eles pararem a discussão.

Eu citei esses dois exemplos , mas infelizmente tem outros envolvendo o “Deto” e o “Sparrow81”. Bem, não sei porque eles se comportam assim. Eu sei que esse é o seu espaço Mário, você que cuida da moderação, mas esses usuários acabam infelizmente tornando o ambiente meio tóxico. A Pcmanias não deveria se tornar um site em que alguém tem medo de entrar aqui e falar que gosta do Xbox, ou do Playstation, ou do Nintendo, com medo de ser menosprezado por alguns usuários. Eu sei que você não faz isso, mas já aconteceu algumas vezes aqui entre os leitores.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Rodrigo
2 meses atrás

Quanto ao senhor Luis Doutor, ele foi banido do site. Nao por mim, mas por colocar “achismos” infundados, o que você fala que eu faço frequentemente. O senhor Mario e outros que aqui frequentam cahmara a atenção várias vezes sobre seus comentários e ele continuava a rebater de forma nada cordial. Ninguém tem sangue de barata, meu caro. Se a Microsoft vive de mentiras e delírios a culpa não é de quem mostra isso e sim dela. Ou você vai começar a colocar a culpa no comunicador agora? Acho que está um pouco equivocado, amigo.
No mais, estou aberto para discussões, seja elas quais forem. Se você não consegue apontar e me mostrar que eu estava errado com argumentos sólidos, de novo, o problema não é meu. Contra fatos não há argumentos e eu geralmente comento sobre o que vejo e percebo.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Rodrigo
2 meses atrás

“voce e esse tal sparrow”? Haahahah tá nervoso, rapaz? Já faltei com respeito com sua pessoa? Te conheço?

Deixa eu desenhar: A Microsoft vive fazendo marketing falso, Phill Spencer e Greenberg vivem passando a mão na cabeça de fanaticos espalhadores de FUD sobre o rival, vivem com laços estreitos com gente da pior espécie e você acha que o problema sou eu, que reprovo e crítico uma empresa que faz isso? É o poste mijando no cachorro agora? É incrível a alienação do fanboy de Xbox! Incrível como a empresa a anos promete grandes coisas, não entrega e para os fanáticos está tudo bem! Eu achar que não tá tudo bem é o normal, de uma pessoa que raciocina, não o contrário, camarada!

Microsoft faz o que quer, mente uma geração inteira, a próxima E3, mente sobre a concorrência, mente sobre seu console…. Mas o culpado é quem critica esse comportamento, óbvio! Quando o Xbox virar apenas serviço o que você vai falar? Vai ser tipo “Vendas não importam, exclusivos não importam, notas não importam, jogos premiados não importam”? A bola da vez será “consoles não importam”? Só se eu fosse trouxa e idiota pra apoiar esse tipo de coisa.

No mais, cita aí exemplos de quando eu falei nesse site com achismo? Quem tá de achismo acho que é você. Atacando pessoas porque perdeu a paciência quando criticam sua empresa de coração. Todo mundo sabe a minha preferência por playstation aqui, não sou o isentão e NINGUÉM é! Todos tem suas preferências. Não tenta pagar de isentão aqui atacando pessoas, ok? Me ataca pessoalmente como se fosse o isentão, mas é o fanboy Xbox dos mais enrustidos. Piada.

Ah, e o que você pretende com essa de “criar um canal para falar da Microsoft e botar localização para ver se ganha um “presente” da mesma? O que sugere com isso?Cada um… Chama outros de fanáticos, mas você passa dos limites do fanatismo.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
2 meses atrás

Desculpa Mario. Tem horas que é difícil segurar, ainda mais quando são ataques pessoais.

Finn
Finn
Responder a  Rodrigo
2 meses atrás

Eu particularmente não tenho ressalvas quanto a nenhum comentarista daqui em específico, mas concordo e endosso algumas das críticas dos apoiadores de Xbox quanto ao que virou a sessão de comentários deste blog. Que é um ambiente hostil para quem tem preferência pelo Xbox e simpático ao Playstation, não é novidade alguma, mas parece-me que uma boa parte das pessoas está mais preocupada em fazer ataques gratuítos fora de contexto a MS (nem sempre correctos) e o que está relacionada a ela ou “combater” imaginariamente narrativas e fanboys do Xbox pela internet afora (porque aqui eu nunca os vi) que de facto contribuir para o aprofundamento das discussões e do conhecimento, o que na minha visão é no mínimo contraproducente. Existem pessoas aqui que até hoje estão presas no fud do “PS5 com RDNA 1 e que pega fogo”. Eu frequento aqui esporadicamente, mas prefiro não comentar quando não tenho uma contribuição interessante a fazer, até porque dar muita atenção a esses tipos só gera mais flame desnecessário. Todavia, felizmente, ainda restam alguns comentaristas lúcidos e comprometidos com contribuições em vez do flame (que sequer ocorre, porque não há madeira, por assim dizer, já que a maioria dos simpatizantes de Xbox se foram).

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
2 meses atrás

Mas o que referi foi exatamente isso. Nada mais que uma atualização em cima do que já existia. O marketing é que faz parecer que é algo novo, nunca antes usado ou visto.

marcio
marcio
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Ótimo artigo Mário.
A MS mais do que nunca está presa ao PC e um sistema i/o tão avançado com o ps5 dificilmente chegará ao PC…mas para não ficar para traz nesse quesito criou um marketing sobre o SFS para responder a solução da Sony, mas como esperado e explicado nesse artigo, não vemos nada que se equipara com a i/o e ssd da Sony…

Uma dúvida Mário os Ssd da Xbox tem 6 níveis de prioridade??
No PC(não servidores) existe ssd com essa característica??

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  marcio
2 meses atrás

Xbox 2 níveis de prioridade, o padrão.
Acontece que a Microsoft não esperava nunca que a Sony teria uma abordagem tão agressiva na i/o, com 6 níveis de prioridade, remoção de gargalos em várias etapas, evitar check in, etc. Eles esperavam que o salto seria o SSD (já seria um grande salto por si só), como a própria Microsoft fez com seu console.

Deto
Deto
2 meses atrás

Para mim isso tudo parece buzzword (alguém sabe de alguma tradução boa para isso?) da MS.

Tudo que a Sony falava sobre o PS5 a MS inventava um buzzword em cima.

Igual os tais “100GB do SSD igual RAM” pq eles pensaram que a Sony iria vender o SSD do PS5 como se todo ele funcionasse praticamente como RAM.

e claro, para o consumidor leigo eles iriam emplacar “100GB já tá bom, não precisa todo o SSD”

E parei de assistir a DF por causa do Alex, agora vejo o resumo do video em algum forum e deu.

O Linus que falou groselha do PS5 pediu desculpas e eu continuo assinando o canal deles e vendo 80% dos videos deles.

o Alex Bukaka não voltou atras no que disse e nunca vai voltar.

Rui Teixeira
Rui Teixeira
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Obrigado pelo artigo!
Isto à primeira vista parece ser apenas uma optimização de um sistema anterior para que funcione melhor com SSDs e descrompressão por hardware.
Mas fiquei com algumas dúvidas!
No início ele fala em assets, mas durante a apresentação não falou em mais nada a não ser texturas, que vantagens traz o VA para, por exemplo, os objectos, além da velocidade do os meter em memória, faz mais alguma coisa?
Ele também falou na eliminação de popins, mas vendo o exemplo no minuto 15:40, não haverá ainda mais popin? Actualmente o que temos é que, por exemplo, quando nos aproximamos da mesa, um novo mipmap é carregado e a textura da mesa muda toda, com este sistema o que veremos é partes da mesa a ter diferentes níveis de mipmap, isto não irá criar ainda mais popin/out?
Depois de ver a apresentação, a única vantagem que vejo é o uso de memória, introduzindo mais popin e artefactos, a não que esteja a ver mal a coisa!

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
2 meses atrás

OFF

Estava lendo sobre os lucros que cada empresa teve com jogos em 2019 relacionado a software e serviços.

  1. Tencent Corporation (US$ 6,3 Bilhões)
  2. Apple Inc. (US$ 5,2 Bilhões)
  3. Sony Interactive Entertainment LLC (US$ 4,2 Bilhões)
  4. Google (US$ 3,2 Bilhões)
  5. NetEase (US$ 2,4 Bilhões)
  6. Nintendo (US$ 2,3 Bilhões)
  7. Microsoft Xbox (entre US$ 1,6 Bilhão á US$ 2,3 Bilhões)
  8. Activision Blizzard Inc. (US$ 1,6 Bilhão)
  9. Electronic Arts Inc. (US$ 1,2 Bilhão)
  10. Epic Games LLC (US$ 1,08 Bilhão)

E vendo empresas como a Apple e a Google ganhando rios de dinheiro com royalties sobre jogos vendidos na Apple Store e Play Store.

Algo interessante de se pensar é que não são jogadores de videogame que compraram iPhone para jogar. São clientes de iPhone que usam a Apple Store para comprar jogos. Então é importante ter isso em mente, que os clientes estão estabelecidos em um ecossistema, e mudar não é fácil.

A Microsoft quer entrar de vez neste mercado com Xcloud/Gamepass. E creio que a meta seja muito ambiciosa, para centenas de milhões de usuários. Só o tempo dirá se vão conseguir, mas é uma meta complexa.

Nerd do PC
Nerd do PC
Responder a  Carlos Eduardo
2 meses atrás

A questionamentos do lucro da Microsoft não ser liquido mas bruto.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Nerd do PC
2 meses atrás

É porque esse lucro é só de software e serviços.

Se tirar hardware, fica ainda menor.

Ps: você é o Nerd do PC lá da gamevicio?

Anderson
Anderson
Responder a  Carlos Eduardo
2 meses atrás

Acredito que o lucro não seja diretamente de venda de jogos e sim de micro transactions, vide PUBG , rendeu ano passado 2.6 bilhões, acredito que cada transação nesses games um percentual fique com o dono da loja onde o game é vendido.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Carlos Eduardo
2 meses atrás

Após ler que a Big N estourou em vendas de hardware e software no ano fiscal é dificil acreditar neste relatório.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Ewertom
2 meses atrás

Mas neste caso creio que você está se referindo ao ano fical de 2020. O relatório acima é do ano de 2019.

E outro ponto, o relatório acima só aborda softwares e serviços. A Nintendo lucra com venda de hardware, por isso não são “apenas” 2.3 bilhões.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Carlos Eduardo
2 meses atrás

Por esse motivo esse relatório infla para baixo certos dados de umas empresas e eleva de outras,pra mim irreal e não é válido

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Ewertom
2 meses atrás

Lá em cima está escrito: “relacionado a software e serviços”.

Esse tipo de informação não é levantada para que se infle algo, é apenas o tipo de conteúdo que os interessados desejam visualizar, principalmente para se tomar ações.

Esse relatório foi mostrado lá no tribunal Apple vs Epic (porque lá no processo não importava discutir sobre outros lucros), e usei essa informação para discutir sobre o consumo de software e serviços em determinado ecossistema, como Play Store e Apple Store.

Então o relatório está correto. Se a pessoa deseja ver outra informação (por exemplo receita, ou lucro líquido total), precisa buscar outro relatório para visualizar.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Carlos Eduardo
2 meses atrás

Eu entendi o seu raciocínio lá em cima só acho os dados imprecisos e isso é pessoal blz.Abraço

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Ewertom
2 meses atrás

Tudo bem Ewerton.

Só elucidando, o ponto é que você parece querer ver outra informação, no caso o lucro líquido total de cada empresa. Eu entendi e respeito, só discordo dos seus comentários tentando desqualificar o relatório porque filtraram sem mostrar o consolidado.

É outra visão, quem faz esse filtro não está necessariamente interessado em analisar quem lucrou mais (até porque já sabem haha), mas sim em um determinado tipo de situação para se analisar e tomar ações. A visão do consolidado é mais nossa, do público entusiasta. E eu também quero ver haha, por isso não discordo de você quanto ao tipo de informação que almeja ver.

Só para exemplificar, vou fornecer outro ângulo. Suponhamos que fosse um relatório apenas de lucro sobre o hardware.

1 – Nintendo – 1 bilhão (+)
2 – Microsoft – 500 milhões (-)
3 – Sony – 1.7 bilhões (-)

Provavelmente as pessoas menos esclarecidas iriam olhar e dizer que a Sony faliu, 1.7 bilhões negativo? Quanto mais consoles Sony e Microsoft vendem, maior o prejuízo?

Nesse ponto eu concordo 100% contigo, o relatório do lucro total esclarece que um item compensa o outro. Então caso a pessoa interprete erroneamente a semântica que a informação quer mostrar, cabe esclarecimentos. E também concordo que o ideal seria mostrar todas as visões divididas por segmento. Mas eu não posso desqualificar esse relatório, dizer que é irreal, que infla para baixo ou que não dá para eu acreditar neste relatório. Está 100% correto, só aplicou 1 filtro, que é o tipo de informação que os interessados querem ver e discutir.

error: Conteúdo protegido