Xbox live teve um episódio rocambolesco com os preços

0 0 votes
Avalie o nosso artigo

A Microsoft anunciou uma subida dos preços para o dobro, mas pouco depois recua, mantêm os preços e ainda promete colocar o free to play efetivamente gratuito.

O Xbox Live teve nos últimos dias um episódio daqueles que se não fosse presenciado custava a acreditar.

A Microsoft anunciou que os preços do serviço iam duplicar, passando o serviço, obrigatório para se jogar online para quem compra jogos físicos ou digitais fora do Gamepass Ultimate, iriam passar para o dobro. Exprimindo a coisa por números o custo passaria de 60 euros ano para 120 euros ano, na assinatura mais económica, a anual.

A situação deu origem a várias notícias e mesmo vídeos, e causou uma onda de protestos de tal forma que a Microsoft rapidamente recuou, alegando ouvir os seus fans, e mantendo os preços iniciais.

Mais ainda, prometeu que iria rever a questão de os jogos free to play necessitarem de pagamento do Live, algo que só acontece nesta consola, e uma situação que incompreensivelmente se mantinha.



Mas diga-se que algumas fontes bem posicionadas referem que esta medida de remoção do custo aos jogos free to play surge para acalmar ánimos pois ela já estaria prevista à muito tempo.

Seja como for meio de tudo isto, esse anúncio precipitou-se e os utilizadores da rede acabaram por sair a ganhar… mas e qualquer maneira torna-se quase impossível não se questionar que raio se passou.

Quem deu a ordem para subir os preços para o dobro? A realidade é que a subida foi oficializada e correu os procedimentos normais internos, e era impossível não se saber que esta medida geraria um coro de protestos gigante, tal como aconteceu.

E mais ainda, se isso foi devidamente pensado e planeado, contando-se com a revolta dos utilizadores, porque foi para a frente? E como é que algo que certamente não terá sido decido em cima do joelho, é revertido em menos de 24 horas?

O motivo pelo qual o preço subiu é fácil de se perceber. A Microsoft está a apostar no Gamepass… Mas os utilizadores não!

Apesar de ser unanimemente reconhecimento que o Gamepass é excelente pelo valor, as pessoas não desejam aderir pois não acreditam que o modelo possa sustentar jogos AAA. Acreditam ainda que quaisquer AAA que sejam acrescentados nesta fase são no fundo subsidiados, ou seja jogos que não terão retorno e um investimento no serviço que não poderá continuar a existir no futuro. E nesse sentido, nem todos os utilizadores Xbox aderiram ao Gamepass.



A ideia da Microsoft tornou-se então clara. Se o Live Gold, obrigatório para se jogar online custar 120 euros, os 150 euros anuais do Gamepass ultimate (já com Gold incluído) passa a justificar plenamente. E isso permite que o serviço cresça, continuando a justificar o investimento no mesmo pela adesão.

Mas o tiro saiu pela culatra. Não só porque os utilizadores fizeram-se ouvir de forma forte, como a Microsoft foi encalacrado quando questionada como é que se justificava que um utilizador PC que compra um jogo joga sem custos online ao passo que na Xbox o valor que já era alto, passaria agora para o dobro e para os 120 euros por ano.

Sinceramente a falta de análise e estudo sobre este assunto, ponderando as reações e a resposta dos utilizadores é uma situação sem explicação e que só se aceita e compreende por vir de quem vem… a Microsoft. Uma empresa que ao longo dos anos já mostrou que mudava de rumo ao sabor do vento e que como tal não tem problemas em passar mais uma vergonhs. O que foi novidade aqui foi a velocidade a que o rumo mudou, pois após a mudança, em menos de 24 horas virou 180 graus para o ponto de partida, chegando mesmo a antecipar anúncios para apaziguar ânimos!

Numa última nota, Daniel Ahmad, analista da Niko Partners acredita que está situação foi pensada com o objectivo de aumentar receitas, sejam pelo Gamepass sejam pelo Gold, pelo que com este retrocesso a empresa irá certamente pensar em alternativas para esse objectivo.

 





0 0 votes
Avalie o nosso artigo
43 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rui
Rui
4 meses atrás

Para mim foi uma jogada de marketing meia atamancada.

Deviam era acabar com o gold, não é subir o preço, no pc não se paga o online.

Livio
Livio
Responder a  Rui
4 meses atrás

Sabe Rui eu gostaria de aprender estas técnicas que a MS faz, será que ela tem cursos para estes temas?

1- Como que faço o marketing propondo uma coisa ruim (dobro de preço) e depois para se sair prometo jogos free-to-play?? Algo (free-to-play) que a concorrência faz há mais de uma década? Pelo que eu saiba marketing se faz sempre com decisões positivas, não com uma notícia negativa e depois para limpar a imagem promete algo que deveria ter feito desde o 360;

2- Como que tem lucro num serviço que até hoje te disponibiliza assinaturas a preços super baixos?

Sobre a primeira infelizmente é desculpa de fanboy, como um comentário que vi na Eurogamer, onde o usuário comentou que no anúncio do aumento tinha gente a apoiar, depois a mesma pessoa estava apoiando os 180° da MS(que aqui eu apoio também), ou seja deu um bug na pessoa ou esta defende tudo que a MS vem e propõe a fazer.

Daí para amenizar esse tiro no pé da MS muitos vem a dizer que foi uma bela jogada de marketing, marketing para quem?? Para atrair novos consumidores?? Como vai atrair já que a concorrência faz free-to-play (até para o YouTube e outros serviços) desde o PS3? Marketing só mesmo para os atuais consumidores dela.

Essa tentativa de aumento é a clara mensagem que GamePass não se sustenta, tentarão aumentar preço de qualquer forma. Como o Gargles comentou em forma de ironia na Eurogamer(aqui já traduzindo), a MS deu um choque de realidade naqueles que desde antes do lançamento do Series vinham a dizer que a Live seria gratuita, tão gratuita que iria curtar o dobro do preço.

Livio
Livio
Responder a  Rui
4 meses atrás

O marketing certo seria, como você mesmo cita, deixar a live gratuita. Isto sim seria um excelente marketing e forçaria as demais, Sony e Nintendo a aderirem.

E a MS tem a faca e o queijo na mão, com vendas do PS5 a ter proporção de 2:1 uma live gratuita nos consoles poderia elevar as vendas do Series, mas como a MS prefere transformar a Marca Xbox em serviço(deixando um pouco de lado os consoles) é meio difícil acreditar que ela queira perder a receita oriunda da Live.

Deto
Deto
Responder a  Livio
4 meses atrás

nossa, “MS tem faca e o queijo na mão”

essa frase de efeito e repetida pelos fãs do xbox faz uns 20 anos.

E a MS, que inventou o on line P2P pago e fez lavagem cerebral nos seus fãs que ficavam a geração do x360 inteira falando que era o máximo pagar on line p2p nunca iria desistir de on line grátis…. Nem se quisesse vender xbox.

on line p2p = O TEU console é o servidor da partida.

Livio
Livio
Responder a  Deto
4 meses atrás

E o que falei de errado? Ela realmente tem a chance de fazer isso, ou seja, a faca e o queijo na mão. Se ela não consegue igualar com a Sony em referência a jogos que ela tente por outras maneiras e neste caso um online gratuito seria uma boa alternativa.

Não sei qual a tua idade, se és jovens ou já tem idade mais avançada, mas lhe dou uma dica, dá um tempo nas news do Xbox, pare de ficar olhando tweet de gestores, estás ultimamente com azia tão grande que acaba nem reconhecendo quando a plataforma PS também dá os seus vacilos ou quando um jogo não vai bem no PS ou quando a concorrência pode ter algo na mão que seja boa para o mercado. Acaba respondendo a todos de forma quase que agressiva.

Mas é só uma dica, um conselho, meses atrás tive uma crise de estresse/ansiedade e melhorei após deixar de ver alguns sites de games e comentários de fanboys de ambos os lados.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Livio
4 meses atrás

Mas Lívio, a Microsoft TB não tem nada! Ela não construiu um jogo seu durante todas essas décadas! O que é dela? Forza? Tô falando de raiz criado por ela… Gears foi criando pela epic e Halo pela bungie. Depois que saíram dessas empresas a qualidade decaiu! Vc confia na empresa que sempre teve a faca e o queijo na mão e pouco fez? Do outro lado tem um a empresa muito menor, mas comprometida! Que entrega 2 AAA por ano e querendo ou não dá uma surra de gestão de Studios na Microsoft. E uma surra como empresa inclusive. É esse o ponto.

Livio
Livio
Responder a  Sparrow81
4 meses atrás

Eu estou falando que ela sempre teve a faca e o queijo na mão? Estou falando que para a situação atual ela tem toda chance, já que há uma diferença monetária entre a rede no console e no PC.

E se ela não consegue igualar nos jogos que tente igualar por outras maneiras, nem que seja online gratuito + ofertas do gamePass com EA e alguma outra grande dev.

Eu não defendo gamepass, mas se ela quer recuperar terreno ela tem que batalhar com o que tem.

Deto
Deto
Responder a  Rui
4 meses atrás

e o Master Plan da MS… ela nunca faz nada errado, o xbox one mais fraco e mais caro era master plan com a GPU oculta para supreender a Sony em 2014… não pera.

tem tb o masterplan dos jogos do “ano atual +1”

Fernando Molina
Fernando Molina
4 meses atrás

Mas que lambança senhores

nETTo
nETTo
4 meses atrás

Ficou clara a intenção da Microsoft com este aumento, refugiar todos seus clientes do livegold no Gamepass aumentando absurdamente o valor do serviço com menos benefícios. Dai quando todos estivessem no gamepass ela poderia muito bem dar fim ao livegold e ajustar o valor do gamepass ao seu bel prazer. Uns dizem que isso foi uma jogada de Marketing, bem, posso até concordar se estes estiverem tentando fazer um comparativo com 2013 e toda aquela conversa de Tv, Call of Duty, não pode emprestar jogos e always online, se for este o caso eu concordo absoluto, um puta marketing negativo pra uma comunidade/console que já vem sofrendo em outros segmentos (jogos multiplataformas, falta de conteúdos exclusivos e estoques de seu produto).

Agora, se a Microsoft quer mesmo que todos os seus clientes estejam no gamepass ultimate? Simples, basta por o valor anual do gamepass ultimate aos valores que hj são praticados no livegold, assim, este último perderia totalmente o sentido de existir, ficaria bom pros clientes e para as intenções da Microsoft.

José Galvão
José Galvão
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Nota-se perfeitamente que a Microsoft quer a todo o custo que o gamepass cresça, imagino o prejuízo que está a dar, ao ponto de se meterem a jeito para levar um tremendo backlash, é sinal que a adesão não esta a correr conforme esperado.

Mas o que me choca nisto tudo, é ver as pessoas a agradecer à Microsoft por ter voltado atrás, inclusive tecendo elogios de como a Microsoft ouve os fãs, e pior ainda, usar essa repentina reviravolta para mandar farpas à PlayStation.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  José Galvão
4 meses atrás

Off Topic:

Olá José Galvão pergunto se pode dar feedback da smart tv Sony que o Mário aconselhou…
É que estou com problemas na minha LG e estou pensar trocar, mas estou bastante indeciso principalmente porque não ouvi as melhores coisas sobre o Android Tv (atenção nunca experimentei nenhuma).

Se puder indique o nome do modelo para eu pesquisar.

Sei que as novas LG têm uma parceria com a Nvidia…

Hennan
Hennan
Responder a  Alexandre Oliveira
4 meses atrás

Qual o objetivo da TV? Se for apenas game, não há nada melhor que a oled cx. A outra opção custo benefício é a q80t da Samsung.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Hennan
4 meses atrás

Game e Cinema 🙂

Hennan
Hennan
Responder a  Alexandre Oliveira
4 meses atrás

A cx continua sendo a melhor opção.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Alexandre Oliveira
4 meses atrás

Olá Alexandre, que TV é que o Mário recomendou?
Na altura ele recomendou a que tenho, uma Sony X900E, será isso?
Os modelos a seguir à minha, até à X900H, tem coisas melhores mas no geral ficam atrás, podem ter mais cor e mais features mas o Full Array Local Diming tem menos zonas o que reflete num nível de pretos muito inferior.
No que toca a ser Android, é sem dúvida o pior de todos os SO das TV’s, ás vezes corre bem, outras tem grandes quebras, mas apesar de passarmos imenso tempo no menu da TV, o mais importante ainda é a qualidade de imagem.

Atenção que não sou nenhum expert, tenho umas luzes mas em conhecimento puro o Mário dá-me 10-0, mas do que me tenho apercebido, neste momento não te aconselho a comprar Sony a não que seja a A9 se não estou em erro que é uma OLED, e por falar em OLED, cuidado que são uma autêntica lotaria devido à retenção de imagem e burn-in, acho que as Samsung com a sua tecnologia QLED são uma excelente escolha.

Uma coisa tens que ter em mente, se queres de facto uma boa TV, por menos de 1000€ não te safas, escolhe uma que tenha todas estas caracteristicas:

– 120htz nativos
– 10bits de cor nativos
– no minimo dos minomos 1000nits por causa do HDR
– Full Array Local Dimming que é a forma como o painel é iluminado, muito importante para os níveis de preto.

Não vás atrás de coisas como HDMI 2.1 e coisas do género, são coisas que nem todas têm e as que têm, são caras.

Qualquer coisa diz que estamos cá para ajudar.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  José Galvão
4 meses atrás

Obrigado José sem dúvida uma boa ajuda.
O meu orçamento anda nos 1500€ para a pouca vida útil que as Smart tv parecem ter (pelo menos a minha LG foi assim) axo que chega bem.
Se não estou em erro as A9 estavam ou estão em promo na worten.

Vou dar uma vista de olhos nas QLED com os specs que indicaste.
Mário se tiveres alguma coisa a acrescentar agradeço.

Um leigo como eu mete se a ver os sites das marcas e parece que todas são a última bolacha do pacote 😂
Obrigado

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

O pior que é verdade

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

É o truque psicológico mais usado nesta industria, e a base de como funcionam as microtransações, problema engendrado + solução engendrada = lucro + gratidão.

Relvas
Relvas
4 meses atrás

Foram apalpar terreno para ver até onde poderiam ir 🙂
No funda chamaram á atenção e cabou por ficar tudo na mesma.

Deveria de haver as mesmas reações aos 79.99 da sony.

Relvas
Relvas
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Nenhum jogo se faz de graça, é há muitos AAA de grande orçamento que não são 80 euros.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Relvas
4 meses atrás

Apalpar terreno aumentando o dobro? Não estou lembrado de algum serviço (seja netflix, internet fibra óptica ou outro) que tenha dobrado o valor repentinamente. Para mim foi uma decisão desastrosa.

Vale lembrar que a notícia negativa circula o mundo todo. E nem todos ficam sabendo que voltaram atrás. E muitos dos que ficam sabendo podem interpretar essa história como uma bagunça. Não vejo nada de positivo nesse tipo de ação.

79.99 é caro e também merece reclamação. Mas a mesma reação só faria sentido caso também tivesse aumentado o dobro.

nETTo
nETTo
Responder a  Relvas
4 meses atrás

Quando se compara um aumento em jogos na casa dos 17% com o aumento em um serviço em 100% logo se vê que temos pesos e medidas diferentes.

Que fique claro que em nenhum dos casos é benéfico ao consumidor, mas o segundo já chega a ser uma afronta, claro, a pessoas sem ligação emocional com determinada plataforma de games hehehe

Relvas
Relvas
Responder a  nETTo
4 meses atrás

O segundo caso não chegou a existir. É necessário ter isso em conta.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Eu não entendi foi nada. Uma lambança.

Isso para mim gera insegurança. É mais fácil ouvir a comunidade quando se está atrás. E se a Microsoft passar a liderar o mercado de jogos? Ouvirá os clientes da mesma forma?

Deto
Deto
Responder a  Carlos Eduardo
4 meses atrás

Não tinha pensado nisso…. qual o nivel de alienação e desconexão da realidade uma empresa que está em ÚLTIMO tem para fazer isso?

a MS está em último na geração e acha que pode fazer isso…

é como ser burro e ignorante e ser cheio de arrogancia e propotencia… igual lider de Seita e seus fieis

vc vai no twitter do greeberg é tá la retuitando fanboy profissional do xbox contando vantagem que agora o melhor lugar para jogar fortinite é o xbox pq tem “cloud save grátis”

sendo que f2p tem tudo os saves atrelados a tua conta, e o xbox tem party chat pago com live GOLD e o Play tem party chat grátis sem precisar de Plus e party chat é MUITO mais importante para MP que “cloud save grátis”

Se o greeberg tivesse vergonha na cara, ele nunca iria ter retuitado esse fanboy do xbox sabendo do party chat e do save atrelado a conta.

ficam me enchendo o saco, mas tá ai o motivo do xbox ter Seita lunática banida e Nintendo e Playstation não… Se fosse alguém da Nintendo e/ou Sony iria se lembrar “melhor eu ficar queito, a concorrêcia é melhor nisso”, que nada… retuita narrativa picareta para cantar vitória quando na verdade está perdendo.

Por isso que o xbox tem seita, só lá que narrativa importa mais que fatos, só lá que o “lider” nunca esta errado e o xbox fez tudo isso como jogada de marketing.

marcio
marcio
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Não fico surpreso.
A MS quer empurrar o gamepass de todo jeito afinal precisa haver lucros, una pena ver o console que tem otimo hardware mas falta o software (jogos que são o mais importante), enfim veremos quanto tempo mais a MS segura os prejuizos do gamepass..

Deto
Deto
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Se o Gamepass tivesse dando lucro e tivesse crescendo, eles não iam precisar fazer isso.

A conta dos 7bi da bethesda chegou rápido…

Bem que o pessoal da Bethesda fez de se vender para a MS… espertos eles de acharem um rico burro para sustentar eles depois de vários jogos flopados.

Impressionante, os idiotas compraram a bethesda mês passado, botaram meia duzia de jogos velhos da Bethesda no GP e já saíram achando que podiam fazer essa picaretagem com a Live Gold.

Eles achavam que anunciando a compra da Bethesda todo mundo iria assinar o GP por “causa do futuro, espera a E3 ano atual+1”?

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Deto
4 meses atrás

Pagaram caro pra caramba na bethesda. Microsoft não tem o mínimo senso das coisas. Comprou para tirar o foco de seu console não ter grandes jogos no lançamento e para o fanboy ficar emocionado que agora ES é “exclusivo”. Ela caga para o consolista e essa gente ainda defende. Não dá pra entender!

Francis
Francis
Responder a  Deto
4 meses atrás

Saíram números hoje sobre as receitas da Microsoft e Xbox e esses números refutam essa teoria de que a conta chegou.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

antes do COVID a MS tinha anunciado que não iria divulgar mais nem o YoY do xbox.

depois do convid eles deram um 180 e voltaram a falar disso.

o normal é depois da pandemia todo mundo cancelar o entretenimento dentro de casa e ir para a rua, compensar, e se o Biden mandar bem com a vacina isso já vai acontecer no fim de 2021.

e isso no EUA, que é o unico mercado relevante do xbox.

veremos o que vai acontecer depois da vacina fazer efeito a pandemia acabar.

Deto
Deto
Responder a  Francis
4 meses atrás

vc mesmo falou Receita e não lucro.

pense um pouco na diferença entre ambas.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

isso além de indicar que não tem lucro e possivelmente prejuízoo, é que nem quem já assina Gold está assinando GP em massa e precisava desse “incentivo” para assinar GP.

agora tem que se perguntar, se nem quem assina Gold quer GP, imagine *quem joga “fazenda feliz” no celular se vai querer assinar Xcloud para jogar Halo no celular…

*os tais 2 bilhões de potenciais clientes do xcloud para dar ~10 Bi de receita por mês GP

O problema que parece que os analistas dizem que esses problemas do GP é como incentivar o GP sem tirar o incentivo ao console, já que a maioria dos usuarios de GP são tb compradores de consoles… e enquanto eles trabalham nisso nem pensaram que as pessoas nem querem GP e Xcloud fora de quem já tem console.

João
João
4 meses atrás

The address is syntactically valid
The domain of the email address has valid DNS records.

Mailbox validation
The mailbox for the e-mail address does not exist.

Comentário Negado
Só serão aceites comentários a utilizadores que indiquem e-mails válidos.

error: Conteúdo protegido