InnerSloth (Among Us) acusa Epic de lhes roubar a ideia do seu jogo para incluir em Fortnite

5 3 votes
Avalie o nosso artigo

A EPIC que acusa a Apple de práticas monopolistas e dominantes, parece não ter os mesmos princípios que aparenta defender quando se trata de prejudicar pequenas equipas.

Quem não conhece ou já não ouvir falar de Among us? O jogo foi criado pela Innersloth em Junho de 2018 e lançado no Android e iOS tornando-se um sucesso tal que chegou entretanto ao Windows, e com versões para as consolas planeadas.

Mas curiosamente, recentemente Fortnite recebeu um novo modo de jogo. Denomina-se “Impostor”, e adivinhem lá… É em tudo equivalente ao que oferece Among us.

A situação é de tal modo chocante, que a Innersloth acusa a EPIC de plágio.

No caso de não conheceres, Among us passa-se num cenário espacial. Um conjunto de personagens, todas elas atribuídas a um jogador, encontram-se numa nave. Aleatoriamente uma dessa pessoas vai ser um imposto, ou seja, alguem que não tem verdadeiras funções na nave, mas vai, isso sim, andar a matar os colegas.



Assim, à medida que os jogadores vão realizando as funções que o jogo vai indicando para serem realizadas na nave, as personagens vão aparecendo mortas. E sendo tudo realizado sem que ninguém veja, os corpos irão aparecendo, sendo dado um alerta. Nessa fase os tripulantes reúnem-se todos e especulam sobre quem será o impostor, que será ejetado da nave para o espaço.

E aqui, ou alguém viu e o impostor é descoberto, ou uma injustiça tremenda será cometida, com os tripulantes a acusaram injustamente alguém, e a matar um inocente.

Pois bem,. Fortnite incluiu agora um modo equivalente. E não só equivalente, como demasiadamente semelhante a Among us.

A parte mais flagrante é o mapa do jogo. Na imagem de baixo vemos o mapa do Among us à direita e o de Fortnite à esquerda. E como podem ver, apesar de pequeninas alterações, apenas para que não se diga que é igual… o mapa é o mesmo.

Há aqui claramente plágio, e só não o vê quem não quiser. Não se tratou apenas de copiar a ideia, mas de copiar toda a estrutura existente do sucesso que foi Among us, para ser recriado no Fortnite.



Basicamente a sala da eletricidade foi trocada com a ala médica, e a sala segurança foi ligada ao café, mas o resto é tudo igual. E como diz a quipa, o pior nem é a semelhança das coisas, mas sim o modo como a Epic o fez. Uma forma abusiva, dominante e descarada.

Sinceramente, caso ainda seja possível, não me admiraria que a Apple trouxesse a Ineersloth a tribunal contra a Epic, de forma a mostrar que afinal a Epic não é a defensora dos direitos que tenta mostrar ser em tribunal, e que no fundo não é diferente de todos os outros.



5 3 votes
Avalie o nosso artigo
5 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Juca
Juca
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Bem vindo ao belo mundo do “nada se cria, tudo se copia”… Fortnite já entendia ser uma cópia do tal afamado PUBG só que apresentado num modelo F2P(com transações)… Vida que segue!
Mas é sempre bom ficar de olho em quem só cobra ética e comportamentos alheios!

José Galvão
José Galvão
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Nunca acreditei no paleio do Sr. Tim, toda aquela conversa de querer ajudar o produtor independente que é explorado pela pelas percentagens da malvada Valve sempre cheirou a treta, daquela barata, daquela que topamos a milhas, portanto espero que isto tenha as devidas consequências.

Juca
Juca
Responder a  José Galvão
1 mês atrás

A técnica dos incompetentes criativos é copiar a concorrência e depois vilanizá-los. Sempre foi assim. São competentes apenas para plagiar, destruir e difamar!

Deto
Deto
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Nesse caso aí a Apple tá melhor que a Epic.

iPhone e “lojinha de apps” foi ela que criou, se arriscou sozinha.

A Epic copiou PUBG e agora Among Us.

É monopólio Apple ? Não sei, mas eu sei que a Apple tinha visão e investiu nisso, muito mais competente que a Soma da Epic + MS por ex que estao aí envolvidas no processo.

Eduard08
Eduard08
Responder a  Deto
30 dias atrás

Quem criou a loja das apps nao foi a apple mas sim o “jailbreak”

error: Conteúdo protegido