Não… os processadores AMD não tem qualquer problema com o Windows 11. O windows 11 é que tem um problema com os processadores AMD.

5 1 vote
Avalie o nosso artigo

É incrível o mediatismo procurado por determinados websites em certas situações. Uma bug no Windows 11, que terá resolução ainda este mês e que causa perda de performance nos processadores AMD está a ser noticiada como um grave problema nos processadores AMD que os torna uma arrastadeira no Windows 11.

Há certos websites que para mim são autêntico lixo. E isso pela forma como se distorcem as notícias.

Recentemente foi noticiado que foi descoberta uma bug no Windows 11 que estaria a causar problemas com a cache L3 dos processadores Ryzen, podendo causar uma perda de performances até 15%.

E o que li sobre o assunto foi algo verdadeiramente chocante. Não só para alguns websites o problema deixou de ser do Windows para passar a ser dos processadores AMD, como uma situação que foi anunciada como sendo uma bug que seria resolvida num patch futuro do windows, que se sabe agora ainda sair este mês, estava dada como uma catástrofe para a AMD que poderia, eventualmente, vir a ter solução.

Se isto não é sensacionalismo… não sei o que é!



A realidade da notícia não é muito diferente da que aconteceu à alguns anos com o SMT da AMD que não funcionava correctamente no windows 10, causando perdas de performance. Mas tal como nessa altura, não se trata de um problema no hardware, mas sim de uma bug no software, que será resolvida, repondo as performances.

Diga-se aliás que, não havendo qualquer tipo de suporte superior aos processadores AMD no Windows 11, uma vez que todas as suas características são já suportadas no Windows 10, esta situação teria forçosamente de ser uma bug no software. E só esta simples lógica conseguida com apenas dois neurónios, seria suficiente para se perceber o sensacionalismo nas notícias.

O FUD (fear uncertainty and doubt) criado por notícias deste tipo é algo muito, muito triste. E quando se escreve algo baseado em mera especulação e sem qualquer fundamento de verdade ou qualquer lógica minimamente coerente que suporte o raciocínio, tentando-se subverter as coisas e passar uma imagem bem pior do que aquilo que existe na realidade, isso é total e claro FUD. Mesmo que não intencional!

E quando isso parte de meios noticiosos e não de meros grupos de fanáticos, torna-se algo perigoso.

Nesse sentido deixamos aqui uma palavra de tranquilidade aos possuidores de processadores AMD. O vosso processador não tem qualquer problema, e não é expectável que venha a ser prejudicado no Windows 11

Eis então o problema devidamente explicado:



Há uma bug no Windows 11! Uma bug que afeta todos os processadores Ryzen suportados pelo Windows 11, bem como alguns Athlons.

O problema cai em duas categorias. A primeira implica uma possível subida da latência da cache L3 que pode subir até 3x. Dessa forma todas as aplicações sensíveis à latência de memória podem ter uma quebra de 3 a 5% na performance. No caso dos videojogos a perda pode chegar aos 10 a 15%!

Numa segunda parte do problema a caracteristica “prefered core” da AMD, que dirige as aplicações que se baseiam em um único processador para o núcleo que possa responder mais rápido (maior frequencia de boost) pode não funcionar como esperado. Esta situação tem maior impacto em sistemas com oito ou mais núcleos e um TDP de 65 Watts ou superior.

Segundo a AMD, o problema da cache será resolvido com uma atualização do Windows, sendo que a AMD irá ela mesma criar uma atualização para o problema do “prefered core” para atualização de firmwares.  Ambas as soluções chegarão este mês.

O real problema do Windows 11



Curiosamente uma notícia que passou ao lado, e essa sim um real problema do Windows 11 e não uma bug, é que as medidas de segurança impostas pelo OS (e que certamente serão violadas em pouco tempo), mais especificamente o VBS (Virtualization-Based Security) e o HVCI (Hypervisor-Protected Code Integrity) causam uma perda de performance em todos os processadores suportados. Os sistemas intel perderão algo entre 5% (média), ao passo que os AMD algo entre os 4% (média).

Baseline = VBS and HVCI OffCore i7-11700KCore i7-10700KRyzen 7 5800XRyzen 7 3800X
VBS-4.9%-5%-4%-4.1%
HVCI-5.6%-5.7%-3.3%-4.1%

Sinceramente, como utilizador de PC, não troco a performance por segurança, até porque nunca tive problemas com a última. E nesse sentido, o Windows 11 não é algo que me interesse verdadeiramente!

E isto sim, deveria ter andado nas bocas do mundo por ser uma característica do OS, e não uma bug com solução!



5 1 vote
Avalie o nosso artigo
guest
2 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Juca
Juca
11 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mário, como se dá a segurança do xbox em relação ao windows de PC, e qual a grande dificuldade de adotar algo similar nos PCs com Windows?

error: Conteúdo protegido