Playstation adquire a Bluepoint games.

5 6 votes
Avalie o nosso artigo

Conhecida pelos seus extraordinários remakes de vários jogos, a Bluepoint, agora adquirida pela Sony, vai lançar um jogo original exclusivo da Playstation 5.

A Bluepoint games é o membro mais recente da família Playstation, tendo a Sony Interactive Entertainment anunciado oficialmente a sua aquisição.

A Bluepoint e a Playstation já tem um historial de trabalho conjunto enorme, com vários remakes de sucesso como Shadow of the Colossus ou Demon’s Souls a serem criados por esta empresa e sucessos de vendas.

Sabe-se agora que, apesar de nada ainda ter sido mostrado, a Bluepoint se encontra a trabalhar num jogo original que lançará exclusivamente para a PS5. É um crescimento para o estúdio não só nas suas possibilidades futuras, como fisicamente e no capítulo da experiencia que vai adquirir.

A realidade é que ter trabalhado com diversos motores e rotinas lhes dá uma experiência quase única, sendo que só no capítulo de jogos Playstation a empresa trabalhou com 8 remasterizações nos últimos 10 anos. Nesse mesmo período a empresa ainda criou dois jogos para a Xbox 360. Basicamente este historial demonstra uma enorme capacidade de trabalho, algo essencial para se fazer parte da família PlayStation.





5 6 votes
Avalie o nosso artigo
15 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
AlexandreR
AlexandreR
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Espero que está decisão de fazer algo original tenha sido tomada pelo estúdio. Pois, temos que ter em conta que a Bluepoint é o melhor estúdio em Remakes. Num dos podcastes que ouvi recentemente, toca em pontos interessantes (Sacred symbols)

Este estúdio podia ser algo que se mantinha pelos remakes. Como a nixxis é relativamente a portes. E a Sony ia escolhendo vários IPs que queria que ganhassem uma nova vida (o primeiro infamous por exemplo). Pois este estúdio fazendo IPs originais, perdemos o melhor estúdio da atualidade em remakes. E é um risco que a Sony está a tomar, se fizerem algo original.

Por outro lado, se foi uma decisão do estúdio, estou curioso. Pois significa que o estúdio tem interesse em fazer algo novo e tem ideias.

nETTo
nETTo
Responder a  AlexandreR
1 mês atrás

A Sony pode aumentar o Studio e manter a equipe de Remakes

Juca
Juca
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Sei que não gosta de rumores, Mário, mas recentemente surgiu uma Produtora Musical informando pelo twitter que ano passado trabalhou numa música em “irlandês” para um grande remake para Playstation (eurogamer.pt), isso me leva a crêr num possível Metal Gear Solid, e só consigo imaginar a Bluepoint para tal tarefa.
Considerando que é algo recorrente esse rumor de Metal Gear, e que a própria Konami já disse estar fazendo parcerias para ressuscitar suas ips, então talvez ainda não seja dessa vez uma IP própria deles (Bluepoint).
De qualquer forma, penso que seria muito bom o retorno de um clássico remodelado, seja ele qual for.
E sem dúvidas, a Bluepoint foi uma bela aquisição por parte da Sony.
A Sony ainda precisa de um bons estúdios pra fazerem jogos de luta, de carro arcade e de JRPGs, fosse uma Microsoft, possivelmente já teria “comido” a Capcom e a Square.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Juca
1 mês atrás

Gosto muito de Metal gear. Mas preferia um remake do primeiro Uncharted ou do primeiro Infamous.

Juca
Juca
Responder a  AlexandreR
1 mês atrás

Veja bem, não estou afirmando que será MGS, estou especulando em cima de informações e rumores, só pra ficar claro.
Outro ponto, Alexander, é que apesar de adorar esses games que você falou, MGS é um jogo de Playstation 1, coisa que julgo mais relevante aos dias de hoje, devido ao tempo / idade do primeiro Metal Gear.
Lembrando ainda que o primeiro Uncharted, apesar de ter envilhecido não muito bem em suas mecânicas, assim como o mecânica do 1o The Last of Us (opinião minha) ambos são de PS3 e receberam remasters já no PS4, podendo ser jogados inclusive no PS5. Com Infamous, ao menos isso não acontece o que já valeria um remake se a Sony realmente não compatibilizar o sistema com os jogos de PS3 que parece ser o rumo natural da Sony.
Mas nada contra qualquer um desses que você citou, só acharia mais interessante games mais antigos e que de certa forma são mais inacessíveis ou muito repelentes visualmente em tempos atuais, algo como como Castlevania SotN ou mesmo Metal Gear, ou quem sabe Syphom Filter, Legacy of Kain, Gex, Road Rash… ou outras coisas ainda de PS1 que realmente merecem uma recauchutada.

Editado: Apesar de tudo que eu disse, é bom lembrar que MGS: Twin Snake já é um remake do 1o MGS e foi lançado para Nintendo Gamecube.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Juca
1 mês atrás

Sim e eu também concordo relativamente a remakes de jogos da PS1. Por isso é que referi que Bluepoint podia ser esse estúdio a fazer os Remakes.
Porque é a melhor naquilo que faz. Agora vamos ver o próximo projeto deles.
Espero que tenha sido a decisão deles um jogo original. (Quem sabe um bloodborne 2)

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  AlexandreR
1 mês atrás

Estou super curioso para ver o projeto da firesprite! Estamos a falar de uma das maiores equipas da Sony (275). E a aquisição deve ter sido relativamente ao projeto.

Juca
Juca
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Se não me engano, a legislação japonesa também traz restrições quanto a compra de companhias com capital principal japonês por empresas estrangeiras, mas me referi se a Sony tivesse o dinheiro da Microsoft. E também não duvido que a Microsoft já as tenha tentado comprar, tendo em vista que nos primórdios do Xbox tentaram comprar a Nintendo segundo relatos contadas por executivos da Microsoft a Bloomberg.

https://www.bloomberg.com/news/features/2021-01-06/xbox-the-oral-history-of-an-american-video-game-empire?sref=dJuchiL5

Editado: Aliás, nesse mesmo artigo diz que no início eles tentaram comprar a EA, Nintendo, Square e Midway…

nETTo
nETTo
Responder a  Juca
1 mês atrás

Olha, fazer um Remake de um clássico destes, atualizando a parte visual e necessariamente o gameplay é um desafio gigantesco.

Acredito que pra isso um suporte dos time de Kojima por exemplo seja uma solução talvez.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Boa aquisição.

O estúdio começou com ports e remasters (Titanfall rodar no Xbox 360, Uncharted 1,2 e 3 portados e remasterizados para o PS4, etc.).

Foram se aventurar nos remakes, e fizeram um ótimo trabalho com Shadow of the Colossus, que visualmente é muito superior ao remaster que eles mesmos fizeram no PS3.

Mas Demon’s Souls foi um trabalho estupendo, fez o jogo original de PS3 parecer uma velharia datada, seja gráficos, sons, jogabilidade.

Via de regra eu considero os jogos de PS1 e PS2 datados, mas jogos de PS3 a meu ver ainda são atuais em termos visuais e em mecânicas de gameplay. Isso só abrilhanta ainda mais o resultado que a Bluepoint alcançou.

Rumores dizem que eles estão construindo seu primeiro jogo original (o que é ótimo), mas também gostaria de ver mais alguns remakes de clássicos já datados, preferencialmente da geração PS1 ou PS2.

nETTo
nETTo
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Housemarque
Nixxes
Firesprite
Fabric Games
BLUE Point

De fato Jim está fortalecendo o PS Studios

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  nETTo
1 mês atrás

A Firesprite e Fabric Games são só um estúdio, agora. Basicamente a Fabric era um pequeno estúdio que era gerida por um dos diretores da Firesprite.
Mas estou curioso com o preojeto, são uma das maiores equipas da Sony.(275 pessoas)
E de certeza que foi o projeto que cativou a compra.
A minha questão é… será virado para VR ou Multiplayer? (Um novo destiny)

nETTo
nETTo
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Off Topic

Marvel Avengers entrou no Gamepass e ontem abri o game e o fato curioso é que a Nixxes participou dos times que fizeram o Port pra versão de Xbox.

Agora ela é exclusiva do PlayStation

Deto
Deto
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Eu vi boatos que eles irão fazer um Remake e um jogo original… que é o ideal, não pode jogar no lixo a experiência que eles tem nos remasters e remakes e também não pode deixar eles sempre presos a isso.

Façam um Remake de ICO uhauhauha

Gostaria também que eles liberassem patchs para jogos do PS4 da retro, Last Guardiam seria um ótimo candidato, já começou com o FPS desbloqueado e foi bloqueado depois.

Na verdade, na Sony é o que não falta de experiência em ports, remasters e remakes.

agora que escrevi isso fiquei pensando, a Sony já tem um estudio inteiro so de port, que basicamente é mais que um patch de jogo da Retro, outro estúdio de remakes e remasters… Curioso não?

agora não tem mais desculpa, pode fazer remakes e patchs para retro “toda hora”

error: Conteúdo protegido