Neural Cam prova que muito do que uma câmara fotográfica vale… é software. Disponível para iPhone!

0 0 votes
Avalie o nosso artigo

Neuram Cam é uma nova app para o iPhone, e os resultados que apresenta são assombrosos, mostrando que o pós processamento da imagem é realmente relevante na qualidade do produto final.

Se há uma área onde o iPhone tem claramente estado atrás do Android é na câmara fotográfica. Os modos nocturnos disponíveis nas câmaras dos melhores smartphones Android dão cartas e obtêm resultados fantásticos com pouca luz.

Mas agora a Alcyon Mobile lança a sua APP para iPhone, o Neural Cam Night Photo, que se propõem fazer o mesmo tipo de processamento nestes telefones.

Basicamente esta Neural Cam Night Photo faz o mesmo que o software Android faz. Usa computação associada a Inteligência Artificial para combinar várias fotos obtidas com vários níveis de exposição, componde uma imagem final que apresenta resultados surpreendentes com pouca luz. O melhor é que as imagens possuem bastante brilho e baixíssimo teor de ruído, deixando assim os resultados da câmara original dos iPhones completamente humilhada.

O único senão é que no modo noturno, tal como nos melhores modos de Android, a câmara tem de ser segura por uns breves segundos para fazer várias medições de luz. Aqui ao contrário dos melhores softwares, como o presente nos Huawey Mate 20 ou P30, a câmara não pode ser apontada a objectos em movimento. Mas seja como for, face ao que havia antes, os resultados são fantásticos.



Vejamos alguns exemplos:



A aplicação é compatíveis com telefones iPhone 6 ou superiores, sendo que a resolução usada vai depender do smartphone, uma vez que o processamento da IA é feito usando o processamento normal do smartphone, e na falta de hardware dedicado, ele é pesado limitando as resoluções. Assim o iPhone 6 captura fotos a 1280×960 (1.2MP), sendo que a resolução sobe com iPhones mais recentes. O iPhone X e o XR capturam já a 1920×1440 (2.8MP) e os iPhone XS e XS Max já alcançam os 4032 x 3024 (12.1MP).



error: Conteúdo protegido