Smart Tvs Qled da Samsung não suportam comandos de voz em Português… aparentemente por mera opção da marca!

0 0 votes
Avalie o nosso artigo

Choca ver que os mesmíssimos modelos, vendidos no Brasil, suportam plenamente controlo por voz em Português, mostrando que o software existe, funciona, mas por qualquer motivo incompreensível, Portugal foi colocado de lado.

Recorda-me, em 2017 do lançamento do Galaxy S8. Com ele era prometido o lançamento de um novo assistente que iria substituir o plenamente funcional, apesar de limitado, S Voice da Samsung. Tratava-se do Bixby, que suportaria 8 línguas no lançamento, incluindo o Português!

Mas eis que à ultima da hora uma nova notícia surge. O Bixby não iria suportar as 8 línguas prometidas, e o Português seria uma das línguas que faltaria.

2 anos depois, e com o lançamento de novos Smartphones, Smartwatches, e SmartTvs que são anunciadas como suportando o assistente e comandos de voz, o Bixby em Portugal continua limitado pois o suporte à língua de Camões… continua sem data.

Até aqui, poderíamos pensar apenas que é uma pena, e que a Samsung se deveria mexer mais depressa para dar o suporte necessário ao Bixby para o Português. Afinal os produtos são vendidos aqui, anunciados com as caracteristicas, mas limitados no uso, excepto para os que se dignam a falar Inglês.



Mas quando vemos as especificações dos mesmíssimos televisores smart Qled da Samsung que compramos aqui, no Brasil, o que vemos é que o suporte à interacção por voz em Português não só existe, como não é de forma alguma pequena, mesmo que possa ser inferior ao oferecido pelo Bixby.

No Brasil, as TVs suportam igualmente o Bixby (que não suporta Português), mas oferecem uma alternativa igualmente funcional que o suporta, tornando as funcionalidades de comandos de voz uma realidade para qualquer brasileiro.

Ora isto mostra-nos uma triste realidade. A Samsung tem suporte para comandos de voz em Português nas suas Tvs Qled. Existe um software, ele é funcional, funciona sem queixas, e suprime a carência do Bixby, fornecendo à TV a totalidade das potencialidades anunciadas.

Mas aqui em Portugal, vendem-nos as mesmas Tvs, mas sem esse software adicional, obrigando-nos ao uso do Bixby e como tal à ausência dos comandos em Português.

Aparentemente o nosso mercado não justifica o trabalho… mas curiosamente não é por isso que as Tvs são mais baratas, e pagamos tanto como nos mercados onde justifica!

É vergonhoso, e já demonstrei o meu descontentamento junto da Samsung. Porque motivo a Samsung, se tem a possibilidade de uso de comandos de voz em Português não os usa nos aparelhos vendidos aqui? O novo Galaxy Watch está limitado a comandos em Inglês porque retirou o suporte ao S Voice que os mais antigos tinham, e onde os comandos em Português eram perfeitos, apesar da assistente falar Português do Brasil. E o mesmo agora com as Tvs Qled que passaram a suportar o Bixby, e aqui em Portugal, apenas o Bixby!



Devemos ser mesmo um mercado de segunda para a Samsung. Não vejo outra explicação…

Apenas como nota, os modelos Qled de 2019 passaram a suportar a integração do Assistente da Google e do Alexa da Amazon. No entanto quando configurada a TV para uso com o assistente da google os comandos que são anunciados como funcionais (Em inglês), não funcionam na versão Portuguesa do assistente, ficando a mesma limitada a acender e a apagar a TV, os dois únicos comandos que ele parece aceitar. De referir no entanto que as limitações da assistente da Google não são imputáveis à Samsung, mas a realidade é que desta forma os comandos em Inglês continuam inacessíveis e tornando o software existente nas Tvs Brasileiras ainda mais desejável.

 



error: Conteúdo protegido