NX Gamer analisa Control… e dá-nos novidades.

0 0 votes
Avalie o nosso artigo

Como sempre as análises do NX Gamer vão bastante mais longe que as da Digital Foundry, e foram detetadas várias situações que nunca tinham sido analisadas.

É sempre agradável ver as análises do NX Gamer, recentemente contratado pela IGN. Apara além de estas mostrarem um nível de isenção que não se consegue perceber ao mesmo nível nas análises da Digital Foundry, especialmente se o Alex Bataglia estiver metido ao barulho, as suas análises acabam por ser muito mais profundas do que quaisquer outras, detetando situações que mais ninguém vê.

Para começar o seu vídeo deixa clara uma situação que até agora estava periclitante no capítulo da precisão: A resolução do modo grafismo!

Se até ao momento havia alguma contradição com alguns websites a referirem que este modo corria a 1200p (valor inclusivamente referido por esse motivo por nós em artigos anteriores), o vídeo do NX Gamer deixa claro que isso não é verdade. O jogo corre em todo os modos a 1440p, sendo que a diferença é apenas nos fps que no modo performance, sem RT alcançam os 60 fps, e no modo Grafismo, com RT, se ficam pelos 30.

Xbox Série X/PS5



Modo Performance: 1440p 60 fps
Modo Grafismo: 1440p 30 fps com Ray Tracing

Xbox série S

Modo Performance: 900p 60 fps

Apesar de tudo, as conclusões do NX Gamer quanto a estes dois modos são de que o Ray Tracing é dispensável, tornando-se preferível optar pelos fps adicionais. O excelente uso de Screen Space Reflections deste jogo dá uma ilusão enorme de reflexos que simulam muito bem o RT, sendo que o RT real se torna apenas interessante para quem quer parar para ver pequenos pormenores de reflexos. Em jogo corrido, neste jogo em particular, o RT é dispensável não sendo verdadeiramente notória qualquer diferença entre os modos.

Mas e que mais nos mostra a análise?

A análise mostra ainda que a Série S, que não apresenta modo Grafismo por limitações no hardware, é a mais instável das versões, com a performance a cair regularmente e a alcançar valores na casa dos 45 fps.



Já as restantes consolas, no modo Performance, conseguem manter-se relativamente estáveis nos 60 fps, com quebras muito pontuais de um ou 2 fps.

Nota porém que a Xbox tem por vezes, em situações não críticas situações que atiram os fps para a casa dos 45. Tal acontece pontualmente e o NX Gamer explica isso como problemas na ocupação dos núcleos do CPU que derivam da versão PC do jogo, e que criam alguma dependência de um dos núcleos, que por vezes satura. São situações que no entanto não são preocupantes pois não duram mais de 1 segundo, e são a causa daquilo que a DF apenas descreveu como “stutters” na versão Xbox. A versão PS5 não aparenta ter o mesmo problema.

A análise do NX Gamer refere que a compressão do  Kraken+Oodle Textures está em uso, criando uma disparidade na dimensão do jogo entre as versões (25 GB na PS5, 42 GB na Xbox+PC), não respondendo no entanto às questões que deixamos em aberto no nosso artigo sobre se o BCPack está igualmente a uso, e o motivo pelo qual a versão PS4 e Xbox One já tinham uma grande diferença no tamanho.

Outra situação que não é respondida, mas que avança mais dados do que a Digital Foundry referiu, é o motivo da grande diferença de FPS no modo Fotografia quando usado no modo Grafismo, deixando no ar inúmeras possibilidades para esse facto. No entanto, o NX Gamer confirma aqui que o modo em causa é radicalmente diferente do que se passa com o jogo a correr, com o fluxo de dados, física e todo o processamento a basicamente parar, retirando basicamente o CPU, o streaming de dados e as caches da equação, e tornando o modo basicamente dependente apenas do GPU.

Sobre este assunto,Matt Hargrett, ex-engenheiro de software da PS5 adiantou uma das muitas possíveis explicações para a diferença de performances entre as consolas neste modo, referindo que o motor é antigo, não está optimizado, e como tal tira melhor partido do maior paralelismo do GPU da XBox, referindo que por isso mesmo, este não é um bom benchmark de comparação.



Mas voltando à análise do NX Gamer, este compara a versão consolas com o PC, elogiando as consolas pelo facto de, mesmo sem grandes otimizações, e com cortes, estarem a conseguir um nível de grafismo em tudo equivalente ao PC.

A nota principal da análise vai para o Ray Tracing, onde é constatado que a versão PS5 é a mais perfeita de todas. Tanto a versão Xbox como a versão PC, possuem bugs no Ray Tracing que por vezes o elimina mesmo de algumas cenas. O vídeo mostra isso claramente a partir dos 3m:30s, e onde vemos que a PS5 em algumas superfícies chega a fazer reflexos dos reflexos, apresentando assim imagem dupla, algo que a versão Xbox e PC, talvez devido às bugs, pura e simplesmente não mostram.



Eis o vídeo do NX Gamer na íntegra, para que possam ver e ouvir:

 

 

 





0 0 votes
Avalie o nosso artigo
59 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Carlos Zidane
Carlos Zidane
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Quem sinalizava intenção de comprar o SX por ser o console mais potente e tal, jogadores de benchmark e afins, esses últimos tempos sumiram, parece que foram engolidos pela terra.
Acho nesse momento o SX muito interessante devido aos custos do PC, mas acho que o próprio PC o prejudicou ou, vai ver a MS não é tão competente quanto a Sony, fica minha dúvida… Em jogos não é mesmo, agora parece que nem no hardware.
NX Gamer vem se destacando tem um tempinho enquanto a DF sempre foi meio estranha, hora com o PS hora com o Xbox, não confio neles.

Relvas
Relvas
Responder a  Carlos Zidane
4 meses atrás

Ainda é cedo para responder a correctamente a muitas coisas.

Não temos jogos verdadeiramente next gen em ambas as consolas e nem sabemos ao certo quais as features que já se encontram em funcionamento.

Pelo teu raciocinio qual a conclusão tiravamos em relação a hitman 3 e the division 2?

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Relvas
4 meses atrás

O Mário já respondeu. Mas na minha opinião, o SX tem a “obrigação” de entregar melhor, afinal, deve ter quase um PS4 Pro de potência a mais.

Relvas
Relvas
Responder a  Carlos Zidane
4 meses atrás

No Hitman 3 ofereceu melhor.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Carlos Zidane
4 meses atrás

O Xbox sempre teve uma proposta mais próxima ao Pc, de poder bruto. Isso só se inverteu no lançamento do ps4 e one, onde o PS4 saiu de ser um console clássico para um PC otimizado como o Xbox. A Sony ganhou um certo fôlego fazendo isso e prometendo, lá em 2013, que o próximo console (ps5) voltaria a ser um console clássico, tentando ser o que o PS3 não conseguiu.

nETTo
nETTo
Responder a  Carlos Zidane
4 meses atrás

A tendência é o canal dele crescer e muito agora que ele faz parte da IGN e suas análises vão além do grande resumo que a DF se tornou na nova geração.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  nETTo
4 meses atrás

Só espero que esse crescimento não o corrompa e se torne comercial como os outros 🙂

Relvas
Relvas
4 meses atrás

A salvação dos modos 60fps nesta geração vai ser o ray tracing! Quem diria.

O menor número de CUs da ps5 parece ser uma vantagem por enquanto visto que a perfeita distribuição de cargas pelos 52 CUs da SX ainda tem um bom caminho a percorrer.
Por enquanto parece que está a contecer o que se previa, ou seja, a SX está a levar com ports quase directos do PC, com pouco trabalho de optimização.

P.S – Parece que a ubisoft fez uma pela porcaria com a versão ps5 do the division 2.

Relvas
Relvas
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Mas testes indicam que o aumento de frequência não é propocional ao aumento de CUs a nível de performance.

O facto de quererem aplicar o ray tracing ás consolas é uma mais valia para se conseguir 60fps uma vez que o ray trancing consome muitos recursos.

Relvas
Relvas
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Pois, mas a veradde é que control é apenas mais um exemplo onde as consolas não acompanham uma 5700XT.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Relvas
4 meses atrás

Não acompanham nesse caso, em outros estão pau a pau com a 3070! Você deveria saber que os consoles evoluem ao longo da geração e na segunda fornada de jogos, já serão melhores que a primeira e a assim por diante. Mas parece que você ficará surpreso ao ver esses consoles ultrapassarem a 3070 e logo competirem com placas melhores né? É só esperar um pouco e verá que isso vai acontecer ao longo da geração. Não é milagre ou algo que nunca aconteceu, é algo que vem acontecendo geração após geração de consoles.

Relvas
Relvas
Responder a  Sparrow81
4 meses atrás

Neste caso? Queres mais?

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Relvas
4 meses atrás

Você não aprende com o passado? Basta ter o mínimo de percepção para entender. Não viu como saíram horríveis jogos de início da geração passada? Battlefield era uma exemplo que estava totalmente quebrado em performances do início da geração. No seguinte, pá, evoluiu e muito.
A resposta está no software que não explora as novas capacidades de hardware e não o contrário. Você vai ver ao longo da geração esses consoles conseguirem coisas impensáveis para uma 3070 e até além disso.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Relvas
4 meses atrás

Ray tracing tende a ficar mais leve nos consoles, como já discutido aqui. Como? Através dos novos motores motores com suporte total e suas tecnologias de iluminação em tempo real que ajudarão em muito a implementação de Ray Tracing e o deixando cada vez mais leve.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

É uma ótima opção e os resultados devem ser excelentes.

Livio
Livio
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Só o Alex (e uma parcela de fanboys) que acha que análise de modo foto é um bom benchmark

Sparrow81
Sparrow81
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mais um belo artigo, Mário.
A seguir alguns pontos que eu fico pensando:

A API Vulkan RT é melhor que a tão badalada por fanboys DirectX RT. Joguei a versão PC deste jogo faz algum tempo e ela NUNCA apresentou reflexos duplos como a versão PS5.

Também penso na diferença de performance no modo foto o Xbox se beneficiar por estar junto ao Pc e o jogo ser código gcn. Então como no Pc se escala melhor, Xbox se beneficia disso. TB poderia se beneficiar dos clocks bloqueados, enquanto ps5 tem variável. Como o Matt respondeu ao Carlos no Twitter, não foi medido consumo de energia para se aprofundar melhor.
Matt TB respondeu a um questionamento que fiz: Se o ps5 possui L3 unificado, respondeu que não pode falar (estranho esse segredo).

A Microsoft está cagando para o Xbox. Essa proximidade com o PC só tem a dar prejuízos para o console e o deixar sempre subaproveitado. Escolheram o menor trabalho possível. Já era o esperado, vindo da Microsoft.
Vai virar o videogame dos gargalos?

Control tem um RT bem exagerado e dispensável. Até madeira encerada reflete o personagem.

E por fim: Quando GE for usada e se for nos multis, como fica o Xbox para acompanhar? O mesmo com Cache Scrubbers, motores de coerência, i/o no talo, ausência de check in, entre outras otimizações da ps5? Será o ps5 subaproveitado nos multis e brilhar somente nos exclusivos?

nETTo
nETTo
Responder a  Sparrow81
4 meses atrás

PS5 não usa Vulkan, seus APIs são todos construidos de raiz pra se tirar o máximo proveito do hardware da casa, acho que é o ICE Team que os desenvolve.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  nETTo
4 meses atrás

Sim, mas é baseado em Vulkan sim!

marcio
marcio
Responder a  Sparrow81
4 meses atrás

Acho que API da ps5 é a GNM E GNMX.

nETTo
nETTo
Responder a  marcio
4 meses atrás

Exato

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  marcio
4 meses atrás

Certo. Estão “apelidando” a API do PS5 de GNM+ e GNMX+ porque GNM e GNMX é a API do PS4.

Do que eu entendo, o GNM possui várias bases e similaridades com Vulkan. Não é exactamente igual pelo fato de que está 100% optimizada e adaptada ao hardware do PS4 (e agora o PS5 com GNM+).

Vulkan via de regra precisa ser um pouco mais genérico em virtude das distintas configurações de PC.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Pelo que vi em discussões era com base em Vulkan, já que ao que falaram a Sony faz até parte do consórcio proprietário da API.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Sim, mas estamos referindo ps5, não ps4, Mario.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Entendo, Mario. Só creio que como a Sony faz parte do consórcio Vulkan, deve fazer sua própria API com as mesmas bases.

nETTo
nETTo
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Então por esta análise existem diferenças significativas como o espaço usado no SSD e superficiais como estes Bugs no Raytracing na versão do XSX além claro de uma ligeira vantagem em performance no modo 60fps a favor do PS5.

Loadings pelo que sei está igual em ambos, diferenças de milisegundos.

Este ínicio de geração tem sido muito bom para o PS5, está queimando linguas a cada semana que passa.

Tantos eram os rumores, tantos eram os FUDs e tantas desconfianças sobre o SSD, sobre as frequências variáveis, temperatura, raytracing.

Lembro que até famosos insiders espalharam FUDs afim de deixar o jogo equilibrado por causa dos fracos Showcases que o XBox vinha apresentando, quem não lembra do Duks Golem e seu rumor de que Resident 8 rodava mal no PS5 mesmo em 1080p e que ele rodava melhor no XSX em 4K? Dai saiu a demo em 4K 60fps e Raytracing no PS5 kkkk

Relvas
Relvas
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Será isso que se pode esperar, além de que a xbox irá levar ports de PC com o minimo esforço possível.

Julio Esteves
Julio Esteves
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O mais interessante é que o sucesso do NX Gamer coloca uma pressão na DF para que apresente um trabalho mais detalhado e melhor (além do que é).
Só espero que em um futuro onde o PS5 ou SERIES X se sobressaiam em relação ao outro de maneira evidente, o NX Gamer não ceda à pressão de empresas. É comum hoje quando se não gosta da mensagem atacar o mensageiro.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
4 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

A parte final desta análise do NXGamer me chamou muita atenção. Ele mostra que o jogo é bastante CPU bound, e que o stutter pode estar ocorrendo no Xbox Series em virtude de uma momentânea sobrecarga na CPU em carregar assets do SSD e ao mesmo tempo trabalhar com as estruturas BVH do cenário.

Ele aponta que esse problema não ocorre no PS5, possivelmente em virtude da sua arquitetura mitigar o uso de CPU em carregar assets do SSD para a RAM.

No mais gosto bastante do trabalho desempenhado pelo Michael. Ele tem abordado os temas em um nível de detalhamento que agrada a nós entusiastas no assunto.

Sobre a Digital Foundry, eu tenho uma opinião de que eles ainda não compreenderam 100% sobre como o PS5 funciona. Estão em um modelo meio “quadrado” de enxergar consolas em uma categoria similar às specs de PCs, ignorando optimizações e customizações.

Deto
Deto
Responder a  Carlos Eduardo
4 meses atrás

eles estão ainda travados no TF, Alex e Leadberg, pq o primeiro é fanboy do xbox e o segundo é um hater de playstation.

na live da DF, o John falou que as pessoas iriam ter surpresas com o desempenho dos consoles, alex e leadberg ficavam mudos, aquele silêncio de quem não gosta do que escutou.

Alex faz um video de 12 min para procurar defeito no spiderman com RT, e 18min para dizer que aquele demo horroroso do Halo infinite so precisava de RT para ficar bom.

Mas eu entendo perfeitamente a tua opinião, e é válida.

Mas eu acho que é as duas coisas, fanboylismo e ignorância

Esse situação é o sonho de qualquer fanboy que quer parecer imparcial, basta dizer “mas o TF”

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Deto
4 meses atrás

Eu não acho o Alex diretamente caixista (indiretamente talvez). Eu acho ele pcista e em certos momentos infantil.

Veja o exemplo: https://twitter.com/Dachsjaeger/status/1359405226994843649?s=20

Será que esses tipos vão perceber que só me importo com o PC? Consoles para mim são apenas uma curiosidade intelectual ou trabalho.

Primeiro que a frase acima não me pareceu nada profissional. Segundo que quando ele fala dessa forma, sinto que existe parcialidade. Isso pode ser expresso de várias formas:

1) Parcialidade em por exemplo não mostrar que o Ray Tracing em Control tinha reflexos duplos no PS5 que não apareciam nem no PC.

2) Parcialidade em focar demais em especificações superficiais de hardware ao invés de se aprofundar nas customizações dos consoles. Isso faz dele uma pessoa incrédula sobre o PS5 ter resultados semelhantes ao Xbox Series X, já que a filosofia dele de especificações brutas passa a ser contrariada.

3) Parcialidade com análises bem questionáveis como você disse do Halo, ou com falta de profissionalismo em “Spiderman Miles whatever”.

É por isso que eu gosto do John. Ele é gamer, gosta de bons jogos, seja em consoles ou PC. John delirou tanto com a qualidade gráfica de Demons Souls no PS5 quanto com Cyberpunk no PC. Ele sabe como apreciar o que essa área nos oferece de melhor.

Deto
Deto
Responder a  Carlos Eduardo
4 meses atrás

Esse tuite dele bem a personalidade dele.

“Não me importo com consoles”

“Perai que vou fazer um vídeo de 12min falando como o RT do spiderman é fraco”

Passivo agressivo.

Se acusarem ele de ser tendencioso, diz que não se importa com console, mas se aparecer um jogo exclusivo fodão ele corre na internet tentando diminuir o jogo.

Como é o play que apresenta exclusivos foda, com graficos melhores que o mater raiçe dele de 4 mil euros, o play é a ameaça e ele que tem q ser diminuído.

Por isso ele defende Xbox contra play.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Nessa tua opinião aí vc está supondo o melhor do te o Batlagia.

Eu suponho o pior, ele não quer entender pq ele não quer se sentir ameaçado como “sou master raiçe”

Tem a epic, Sony e desenvolvedores que falaram com o Jason Screaer(?), E o Alex não conseguiu contado com nenhum deles para aprender sobre os consoles?

Ele não quer entender, ele só quer diminuir o PS5 até 2022 quando o master raiçe de 5 mil euros dele estiver na frente do PS5 em tudo sem sombras de dúvidas.

Veja só o que ele tá fez:

Primeiro ele falava q console não ia ter RT, pq aí ele se sentiria com vantagem, depois que o RT saiu, ele correu na internet diminuir o spiderman dizendo que era RT “low” de geforce 2060.

Pq o PS5 tinha SSD muito melhor que o do PC dele, correu na internet dizer que SSD só servia para loading.

Ele é fanboy e todo o console que ameaça o PC dele, ele corre na internet para diminuir ele

Se fosse Nintendo ou MS ameaçando o PC dele com jogos exclusivos com graficos melhores e mais sucesso, ele também iria diminuir.

Como Nintendo não ameaça em gráficos e MS não ameaça em exclusivos, sobrou o PlayStation para ele diminuir.

O Linus do Linus Tech tips depois de falar bobagem do PS5 pediu desculpas, e depois correu fazer upgrade no PC dele, botou um 24 cores com SSD de 24GB/s.. 24 cores para 10 simularem o IO do PS5 e 24GB/s pq tinha que ter velocidade bruta muito superior.

O comédia é que no próprio vídeo dele, o sujeito fala que “não posso ter um PC mais lento que o console”

É assim que eles funcionam.

É ridículo.

Hawf
Hawf
Responder a  Deto
4 meses atrás

Cara acho que vc está overreacting. Os caras não sentem necessidade de conscientemente denegrir console nenhum.
Eles não entendem, mexem com PC a muito tempo, seria surpreendente se a concepção dele do que é um PC entrasse no meio do que é um Console.
Aliás como eles poderiam entender, ambas MS e Sony são bem secretivas sobre as tecnologias customizadas dentro dos consoles. Eles não tem base sobre o assunto e não podem nem ter informações melhores por causa de todo esse HW customizado que poucos sabem como funcionam.

É misconcepcão? Sim.
É intencionalmente malicioso? Nunca.

Sobre oq Linha falou, é apenas uma piada. Ele faz piada a todo momento nos vídeos dele e ele deixa claro toda vez que fala de console que o expertise dele é PC.
E sobre o negócio que ele fez do SSD, cara e daí?
Ele faz esse tipo de loucura toda hora, ele está toda hora fazendo testes e conteúdo maluco na internet experimental.
Ele a um tempo atrás fez um server interno com bandwidth de 100GbE, incrivelmente rápido.
É apenas isso entretenimento e diversão, vc não precisa tentar ler nas entrelinhas

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Hawf
4 meses atrás

Como não tem informação? O próprio NX Gamer dá um banho neles quando se aprofunda na arquitetua do ps5 e suas APIs! É só ver road to ps5 para ter um parâmetro geral de como as coisas funcionam. Não é difícil e para eles deveria ser o dever de casa, já que são uma das fontes mais consultadas quando o assunto é esse. Absurdo é os caras ficar nessa, fazendo análises superficiais e que muitas vezes não chegam em lugar algum.

Edit: Agora que vi que não se referia à Digital foundry e sim ao Linus. Mas mesmo assim, quando não se compreende algo, não se fala, né? Já evitaria a boa ensaboada que levou e depois o pedido de desculpas para Tim, CEO da epic.

Hawf
Hawf
Responder a  Sparrow81
4 meses atrás

O NX Gamer não tem nenhuma informação privilegiada sobre a arquitetura e as APIs do PS5. Todo mundo que tem está sobre NDA. Nessa caso ele deixa claro que a análise dele é especulação assim como muitas e outras e até mesmo muito do conteúdo que Mario trás aqui. As especulações de ambos são bastante educadas e embasadas, mas não deixa de ser especulação.
Só aceita, ninguém que pode falar publicamente no momento sabe tudo sobre os consoles e seu funcionamento e ninguém é obrigado estar certo 100% do tempo. Afinal ninguém tem toda informação disponível.

E não ROAD to PS5 não nós trás nenhuma informação sobre performance ou como o sistema funciona profundamente. Oq Road to PS5 faz é determinar oq seria possível com a nova tecnologia, eles não iriam contar tudo sobre o HW numa conferência pública. Afinal eles ainda estão competindo, e publicamente anunciar todas as suas cartas é o movimento mais bobo que uma companhia poderia fazer.

Hawf
Hawf
Responder a  Mário Armão Ferreira
4 meses atrás

Sim por isso que disse que as especulações de ambos eram educadas.
Sendo que usam dados, mas implicitamente oq eu estava querendo dizer é que ninguém tem toda informação, então dizer que o erro de alguns analistas é dado por deliberadamente querer mentir sobre como os consoles funcionam é errôneo. Sendo que a explicação mais simples pro erro de ambos Linus e DF é devido a não entender/saber como o HW funciona.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Hawf
4 meses atrás

Independente do meu ponto de vista sobre seu comentário, você me pareceu uma pessoa que tem muito a agregar nas discussões técnicas.

Realize mais comentários no site. Todos temos muito o que aprender uns com os outros.

Deto
Deto
Responder a  Hawf
4 meses atrás

o sujeito é fã de pc.

o sujeito dizia que console não ia ter RT.

o sujeito viu anunciarem “spiderman miles whatever”, whatever foi com ele mesmo chamou o jogo, antes de anunciarem o RT.

tanto whatever que ele SAIU CORRENDO com VIDEO do jogo rodando, NÃO esperou o jogo SAIR para analisar, e tudo que ele faz no video é falar como o RT é fraco dando zoom de 400x para no final arrotar que “é igual uma 2060”

sabe qual foi a desculpa dele? “temos que moderar as expectativas”

vai ver se isso não é exatamente o que um hater do play sente? “ain, muito hype nesses GOTYs 90+ do playstation”. A diferença que ele tem meios de atacar o hype dos outros.

se isso não é ser fanboy, não sei o que seria mais

Resumo:

“watever esse jogo ai”

“nossa, o jogo watever, tenho que fazer um video de 12 min sobre o VIDEO do jogo, sem esperar SAIR de tão “watever” que ele é”

se sentiu ameaçado pq o console de 500 USD iria entregar RT igual a 3090 de 2 mil usd dele, correu na internet falar que era “RT low”

não acha curioso isso? a DF foi a PRIMEIRA a anunciar a 30xx da nvidia com carro chefe o RT…. ai anunciam spiderman com RT exclusivo no PS5, ele vai correndo na internet fazer video diminuindo o jogo do PS5?

o sujeito é especialista em PC, so punheta PC, se preocupa com PC “whatever spiderman” mas pq sai correndo fazer video de “whatever” para diminuir o jogo de console e não foi “diminuir a expectativa” da 3090 rodar jogos 8k?

so deu o exemplo do Linus para mostrar que tem gente com vergonha na cara que pede desculpas

o Alex nunca vai pedir desculpas de nada, vai aplicar o comportamento passivo agressivo dele e falar “ain, era so meu palpite que SSD do servia para loading, pq no PC é assim”

e mais uma coisa sobre a informação, o Linus NÃO viu a apresentação do Cerny e ele mesmo diz isso, e com certeza o arrogante do Alex tb não viu.

são engenheiros de obra pronta, depois que funciona eles tentam explicar, e se acham engenheiros…. ai quando confrontam eles com isso, a desculpa é sempre “não podemos acreditar nas empresas”

Deto
Deto
Responder a  Hawf
4 meses atrás

o cara fez upgrade na CPU e SSD, não ganhou nada em desempenho em nenhum lugar, mas nos “numeros teoricos” ele igualou o IO e aumentou 3x a banda de SSD do PC dele.

obvio que isso é se sentir ameaçado.

a… e gastou umas 10x o preço do PS5 nesse upgrade.

Hawf
Hawf
Responder a  Deto
4 meses atrás

Mas cara pensa só.
Linus faz esse tipo de coisa a anos, não é novo. Ele vem fazendo essas loucuras com PC desde o início do canal dele.
Lembra da Navalha de Occam?
A explicação mais simples é muito provavelmente a verdade.
Entt oq parece mais verdadeiro?
Linus fazendo oq ele sempre faz no canal, trazendo conteúdo que muitos acham surreal e interessante ou que ele de alguma forma se sente ameaçado pelo PS5 e precisa compensar por fazendo uma build de PC pra desafia-lo?

Não há malícia, é um simples humano errando assim como qualquer outro humano que já existiu.

Ambos estão errados e tem uma misconcepcão baseada na experiência deles com PC. Oq é ruim, principalmente pra pessoas que fazem reviews e comparações de tais hardwares. Mas é errôneo dizer que eles o fazem de propósito.

João Magalhães
João Magalhães
4 meses atrás

Ei já acho que a Digital Foundry há muito perdeu a imparcialidade e de alguma maneira preserva o Série X e está de rabo preso…

Eles nunca entendem quando o PS5 se sai melhor em um comparativo…é sempre colocado como algo estranho.

Parece que as visitas na sede da MS colocaram eles em alguma obrigação.

Canais como o NX Gamer chegam em um bom momento.

error: Conteúdo protegido