Sony continua na sua de cobrar mais 10 euros pela versão PS5 dos jogos.

5 5 votes
Avalie o nosso artigo

Após ter voltado atrás em Horizon: Forbiden West por reconhecer que tinha prometido um upgrade gratuito, a Sony volta à carga com os 10 euros adicionais, desta vez em Gran Turismo 7.

Que é claro que a Sony quer levar mais 10 euros pelas versões PS5 dos jogos, isso já se tinha percebido. Mas esta atitude demonstra ganancia pelo dinheiro e falta de respeito pelos clientes, com tratamentos desiguais.

Quando a Sony apresentou a PS5, o referido foi que quem possuía uma PS4 poderia obter a versão PS5 do mesmo, sem qualquer custo. Essa situação foi referida numa entrevista onde o tópico principal da conversa era Horizon, Forbiden West, mas no entanto esta referência não se aplicava apenas a este jogo. O que foi referido, dizia respeito a todos, ou pelo menos era isso o entendido.

E se essa ideia existia, mais ainda ela foi vincada quando Spider Man: Miles Morales, ofereceu gratuitamente o upgrade da PS4, para a PS5.



Mas a partir daí a Sony resolveu alterar as regras do jogo… E passar a cobrar 10 euros a mais pela versão PS5, ou upgrade da versão PS4.

Ora os fans até aceitaram que os jogos PS5 fossem mais caros em 10 euros. A ideia de que os custos de produção dos jogos PS5 poderiam subir, tornavam quase obrigatória a fonte de receita adicional para pagar os mesmos, e manter a qualidade. E nesse aspeto os fans até aceitaram sem grandes queixas que os jogos mais antigos da PS4, e com o mercado já esgotado nessa consola, passassem para o PC. A ideia de obter mais receita, mais lucro e poder financiar mais estúdios e mais jogos, estava em mente, e devido a tal, os fans percebiam que a coisa era um mal menor.

Mas o que já não é bem aceite, e é aliás basicamente incompreensível, e até chocante, é que em jogos Cross Gen, ou seja, jogos criados com a PS4 em mente, e que na PS5 apenas levam suporte software ao novo hardware, tenham de pagar os 10 euros para a passagem da versão PS4 para a PS5, e/ou a compra da versão PS5.

Esta ideia surge da mesma Sony que, na era PS3, e mesmo PS4, promovia o Cross Buy entre a PS Vita, PS3 e PS4… E aí obtínhamos duas, ou mesmo três versões do jogo pelo preço de uma… Meu Deus… como as coisas mudaram! A Sony que antes olhava para o cliente como um todo, agora quer cobrar 10 euros por um patch para suporte a algumas características extras da PS5, num jogo que é, na sua gênese, da PS4 (porque se não fosse nem poderia correr nessa consola).

E isto não tem outro nome que não ganância, apoiada em arrogância e crença que o mercado está na mão, e que, como fieis carneirinhos, adotarão todas as medidas sem se queixarem.

E isso é que não pode acontecer. Porque motivo um utilizador de PS4 vai jogar o mesmíssimo jogo, por menos 10 euros? Porque o nosso comando vibra e o deles não? E no caso do Ratchet and Clank: Q Force (ou Frontal Assault fora da Europa), Cross Buy entre a PS Vita e a PS3, e que obrigava a duas versões distintas do mesmo jogo? Como é que aí se obtinha o jogo nas duas consolas com uma única compra da versão PS3, e agora não?



A realidade que temos aqui é um tratamento desigual pois a realidade é que o jogo é o mesmo. E partilha 99% do mesmo código! Uma coisa é ter um jogo para uma consola a custar X e outro para outra, incompatível e mais avançada, a custar mais caro. Mas neste caso o jogo é exatamente o mesmo, com a diferença que tem um patch em cima. E o que se paga aqui… é o patch!

E daí que, e vão desculpar as palavras diretas, em vez de quererem extorquir os possuidores da PS5, há que se assumir o que se quer, e ou cobrar mais 10 euros a todos, ou não os cobrar a nenhum. Agora, o que não é correto é que jogos que nem sequer são de nova geração, que estão presos a conceitos da antiga geração, sejam mais caros, apenas porque tem RT, mais resolução, fps, ou som 3D. Afinal desde quando é que o custo dos jogos passou a depender de meia dúzia de características extras no hardware a nível de suporte? Os jogos PS4 custaram mais do que os da PS3? Não, pois não? E nessa altura tinham de desenvolver duas versões do jogo se quisessem suportar ambas as consolas! E um jogo PC com suporte a uma RTX 2080 a 1440p era mais caro que um jogo PS4 com apenas 1080p, e sem RT? Não, nunca foi… e esta política não tem desculpa, sendo que ela é completamente desonesta para o utilizador.

O que parece correto, e há que se assumir isso, é que nestes jogos Cross Gen, o custo ou é para todos, ou não é para nenhum. E se for só para ser aplicado apenas na PS5, então que seja só nos seus exclusivos, mas nunca, mesmo nunca, em jogos cross gen.

Após anos e anos de políticas que considerei acertadas, esta é das mais incorretas, para não usar outro termo, que já vi. E sinceramente uma que me está a custar engolir pelo simples facto de não encontrar qualquer justificação realmente plausível pela mesma. Então fazer um jogo que demora 4 anos a desenvolver, custa 60 euros. Meter suporte a mais algumas coisinhas… são mais 10 euros… 1/6 do custo do jogo… Sinceramente Sony, ide brincar para outro lado pois o dinheiro custa a ganhar. Futuramente irei ponderar se voltarei a comprar mais algum jogo Cross Gen na sua versão PS5 pois as diferenças não são, e nunca foram, o que faz o jogo. E se compreendo que exclusivos PS5 sejam mais caros, ter outros a jogar o mesmíssimo jogo por menos 10 euros é algo inaceitável, e uma situação de desigualdade de tratamento gigante.



5 5 votes
Avalie o nosso artigo
51 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Daniel Torres
Daniel Torres
22 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Isso da Sony para mim é uma palhaçada tão grande com o consumidor que não tem explicação além de ganância.

É como se hoje eu tivesse uma placa de vídeo 1060 e rodasse jogo x a 1080p 30fps ai quando eu comprasse digamos uma 3070 e quisesse colocar o jogo x em 4k 60 fps aparecesse uma mensagem no jogo dizendo: “Agora que você tem um hardware mais poderoso e com mais capacidade, por favor deposite mais 10 dólares para tirar proveito disso, senão continue a 1080p 30fps”

É ridículo só de pensar.

Juca
Juca
Responder a  Daniel Torres
19 dias atrás

As pessoas estão mal acostumadas esperando um atitude da MS de dar melhorias sem cobrar. A MS fez e faz por necessidade, não por bondade. O que você pede ou espera é que a Sony reforme jogos por bondade, e isso não existe, tem um trabalho a mais ali. Olhe pra trás e veja que antes ela vendia era um jogo reformado a preço cheio, e agora, ao menos vende upgrades pra quem tem o velho. E na boa, Gow, Horizon, The Last of Us 2… todos receberam melhorias sem cobrar. Não digo isso pra que se ache bom ou pra que se aceite, mas pra que veja que há incremento de trabalho. Console não é PC.

Fernando Molina
Fernando Molina
22 dias atrás

O problema é que sim, a grande maioria adotarão as medidas como fiéis carneirinhos, já vi muita gente defender

andrio
andrio
Responder a  Fernando Molina
22 dias atrás

Mesmo pra mim sendo usuário de ps isso não tem como defender. Alguns acham que não se deve criticar algo que vc gosta mas isso é totalmente errado.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Fernando Molina
22 dias atrás

Se a grande maioria fizesse isso, os 10 dólares adicionais de Horizon Forbidden West no PS5 seriam cobrados e a Sony não voltaria atrás.

Mas creio que a reclamação deveria sim ser estendida aos demais jogos cross-gen. Eu até entendo jogo full next-gen estar mais caro, mas cross-gen é difícil de defender.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Carlos Eduardo
22 dias atrás

Se essa reclamação tivesse sido tão forte assim, a Sony não voltaria a cobrar, então pode ter certeza que a grande maioria vai sim pagar pelo update sem reclamar

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Molina
22 dias atrás

As pessoas vao pagar 60 dólares num jogo que na verdade deveria ser 70 nas duas plataformas. Não entendo vc reclamar de pagar menos no PS4, sendo que tu não ta nem aí pra playstation. Deveria estar reclamando de ter só joguinho no SX né? Quase 1 ano e nada de exclusivo.

andrio
andrio
Responder a  Sparrow81
22 dias atrás

wait? pq jogo do ps4 deveria ser 70 dol? Eu acho que o molina tem direito de opinar sobre o playstation pq muitos aqui opinam sobre xbox sem ter ou ligar para xbox. Eu já discordei muito das opiniões do molina mas a pcmanias da liberdade para cada um opinar onde quiser.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Sparrow81
22 dias atrás

Verdade, só quem tem direito de falar da Sony aqui é voce e o Deto, desculpa

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Mário Armão Ferreira
22 dias atrás

Eu adoraria Mario, mas de semana depois do trabalho e aos finais de semana tenho que dar total atenção ao meu pai que está em um tratamento de cancer, inclusive por isso que ando meio sumido daqui, espero que eu possa em um futuro próximo, mas obrigado pelo convite

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Mário Armão Ferreira
21 dias atrás

Obrigado Mário

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Fernando Molina
22 dias atrás

Desejo melhoras ao seu pai. Que ele se recupere.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Carlos Eduardo
21 dias atrás

Obrigado Carlos

Finn
Finn
Responder a  Fernando Molina
20 dias atrás

Melhoras ao seu pai!

Ewertom
Ewertom
Responder a  Mário Armão Ferreira
22 dias atrás

Deixa ele pagar 70 ou 350 ou 500 o dinheiro é dele.Tem fã que aceita tudo.Fazer o que.Um abraço André

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
22 dias atrás

Se os preços subiram pra 70, eu não entendo vc falar que isso é contra todos. Não tem lógica.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Sparrow81
22 dias atrás

Prefiro pagar 70 do que alugar por 10.

Trevisan
Trevisan
22 dias atrás

O grande tema de discussão é que não existe empresa amiga do consumidor em lugar algum. O que se regula e faz com que as marcas trabalhem para oferecer melhores serviços e produtos é concorrência, coisa que hoje a Sony pensa não ter, já que o PS5 vende muito mais que o Xbox.

Sparrow81
Sparrow81
22 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Simples de resolver. Os jogos hoje são 70 dólares, certo? Pq raios a versão de PS4 é 60?

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Sparrow81
22 dias atrás

O problema nem é tanto o valor, o problema é uma promessa que a empresa fez e está quebrando, pq quando é a Microsoft que quebra promessas voce joga pedra, quando é a Sony o problema é quem reclama

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Molina
22 dias atrás

Que promessa? Tá tão por fora assim? A Sony prometeu nextgen e cumpriu. A promessa de update gratuito? É gartuito, pois o jogo no PS4 custa menos do que deveria custar. Deveria custar 70 sempre. Mas vc tá feliz jogando retro, né? É outro patamar.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Sparrow81
21 dias atrás

Cara eu to feliz jogando Xbox, feliz jogando Playstation, feliz jogando Nintendo, seu nível de sonysmo chegou em um patamar que não tem mais volta, toda resposta sua é atacando, vc é muito fanático, pra não dizer outra coisa

Juca
Juca
Responder a  Sparrow81
19 dias atrás

A lógica por trás disso que é alegada pela Sony é que o custo dos jogos subiram, ao menos pra eles. E não discordo disso no geral, já que existe inflação no mundo e os jogos, ao menos da Sony, estão cada vez mais elaborados (lembro ainda o tempo em que os jogos de nintendinho custavam 30 dólares). Na minha ótica, foi um erro ao elaborar a precificação, entender que não deveriam elevar o preço de jogos novos pra quem tem PS4. Isso criou esse conflito de lógica.
Tentaram fazer como no online grátis pra PS3, enquanto quem tinha PS4 pagava o online, só no caso do mesmo jogo com produção mais cara nas duas plataformas a lógica não casa, pois não souberam expor a situação de modo adequado. Obviamente de que por trás de tudo isso é que entrou uma gestão mais gananciosa, que provavelmente resolveu dar algum tipo de participação a mais nos lucros aos chefes de estúdios e daí o valorzinho a mais de agrado (bem só pra deixar claro o último parágrafo é de presunção e de opinião minha e não um fato).
É bom lembrar que preço nunca foi definido só pelos custos de um produto, e tem mais a ver com o que se pode tirar de dinheiro de quem consome o produto.

José Galvão
José Galvão
22 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O grande problema aqui foi o de as pessoas terem aceite os 80€ por jogo, com a desculpa de que se existe alguém que pode cobrar esse valor, é a Sony, o que levanta um grave precedente.
A mim faz-me mais confusão que tenha sido feito muito mais barulho porque a Sony decidiu cobrar mais 10€ pelo Horizon, tendo prometido o contrário, do que a Sony cobrar mais 10€ para todos os seus jogos.

A partir do momento em que as pessoas aceitam esse preço, não acho justo que alguém pague menos 10€ do que eu para essencialmente a mesma coisa, portanto a Sony tem que cobrar esse valor senão andava tudo a comprar versões PS4 para jogar na PS5.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  José Galvão
22 dias atrás

E vc acha comum vc passar quase duas décadas sem reajuste nos games? O desenvolvimento de jogos ficou várias vezes mais caro e você gostaria que o preço não tivesse reajuste. O arroz e feijão que vc come aumentaram mais de 100% em duas décadas e tá ok. Mas os jogos aumentarem 10 dólares em 2 décadas é absurdo. Vai entender.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
22 dias atrás

Então Mario. Vão cobrar 70 dólares nos games, mas ao que tudo aponta esses jogos serão maiores. Gow tem rumor de durar 40 horas, o de 2018 durava 20 no máximo. A questão é entender que você está pagando um pouco mais por quase o dobro de conteúdo.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
22 dias atrás

É isso que tá errado!

José Galvão
José Galvão
Responder a  Sparrow81
22 dias atrás

A questão é que os jogos não aumentaram só 10€ em 20 anos, as coisas não são assim tão a preto e branco, apesar dos custos de produção terem vindo a aumentar, a receita dos mesmos também.

Dantes o lucro vinha da venda do jogo e pronto, mas nos ultimos 20 anos a industria tem sido cada vez mais criativa na forma como lucra com cada jogo, hoje tens compras in-game, tens season pass para tudo, tudo tem edições de colecionador e várias edições a bem mais que 70€, publicidade in-game, etc.. portanto o teu argumento cai por terra porque um jogo e a própria detentora da plataforma, tem multiplas formas de lucros que vão além da simples etiqueta de preço.

Só para teres a noção, só a PSN é mais valiosa que toda a Nintendo, isto demonstra o quanto se progrediu desde a simples venda no retalho, e convém dizer que a industria à anos que tenta cobrar mais por menos conteúdo, qualquer dia só tens mesmo arroz e feijão.

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  José Galvão
22 dias atrás

José, acho que essa informação sua está equivocada sobre a PSN ser mais valiosa do que a Nintendo. Tem o link disso?

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  Edson Nill
22 dias atrás

A PSN vale mais que 70 bilhões? https://www.forbes.com/companies/nintendo/

José Galvão
José Galvão
Responder a  Edson Nill
21 dias atrás

Vou reformular, não é mais valiosa que a Nintendo, mas só a PSN, gera mais receita que toda a Nintendo e inclusive toda a divisão Xbox.

A PlayStation Network gerou mais de $12.5 mil milhões de dólares em receitas, tornando o serviço online da Sony mais rentável que as divisões gaming da Xbox e Nintendo.”

https://pt.ign.com/ps4/72077/news/playstation-network-mais-rentavel-que-as-divisoes-gaming-da-xbox-e-nintendo

Penso que o Daniel Ahmad seja uma fonte confiável.

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  José Galvão
21 dias atrás

Ah sim! Isso é verdade!

Ewertom
Ewertom
Responder a  José Galvão
22 dias atrás

No começo deste ano foi apresentado os lucros da Nintendo e os fatos concretos é que foi o melhor ano fiscal de sempre de qualquer empresa.Nao não foi só da Nintendo foi em geral.E neste mesmo ano foram vendidas 230 milhões de jogos.e 28.83 milhões de consoles.Tambemm gostaria de ver a fonte.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  José Galvão
22 dias atrás

Você está reclamando do lucro? Não tem nem lógica. A lógica é vc saber que os jogos custaram 10 euros a menos em 20 anos e que depois disso foi aumentado em menos de 20%.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Sparrow81
21 dias atrás

Aqui ninguém está a reclamar do lucro, isso seria uma estupidez porque eu quero que lucrem para manter esta industria que tanto gosto viva.

O que tu dizes é que os preços dos jogos estão na mesma à 20 anos, e o que eu digo é que ao longo destes 20 anos, um jogo lucra muito mais do que com a simples etiqueta de preço, portanto a tua ideia de que o preço estagnou enquanto os custos de produção aumentaram, é falsa, não percebo qual é a dificuldade em perceber isto.

Juca
Juca
Responder a  José Galvão
19 dias atrás

Bem, o que posso afirmar é que jogos de PS2 eram lançado a 49.99 Dólares. Hoje os de PS5 estão a 69.99. ou seja, um acréscimo de 10 dólares por década.

Deto
Deto
22 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Eu não vou comprar nenhum crossgen pelo preço cheio de PS5.

Comprei Horizon Forbidden West pq… é a excessão e ainda paguei com 15% de desconto.

God of War, GT7, etc; vou comprar por 150 reais quando aparecer esse preço.

Comprei Death Stranding DC por 250 reais em pré venda.

Agora vou zerar jogo velho e jogar DS enquanto espero Horizon Forbidden West… e comprar apenas promoções.

Finn
Finn
20 dias atrás

O simples facto de este tema ser objeto de preocupação e discussão revela como a concorrência é importante na indústria, pois o único motivo para que os usuários de PS4 e PS5 se sintam injustiçados com esta política é porque ela não existe na Microsoft, que adota uma política melhor e mais pró-consumidor. Isso porque as coisas sempre foram assim, via de regra, sempre foi necessário comprar um jogo cross gen duas vezes para se jogar em duas platafomas de gerações diferentes, como PS1/2, PS2/3, PS3/4, nos consoles da Nintendo, idem. Só bem recentemente a MS mudou a situação com o One/Series. E nesse sentido (excluindo-se a MS da equação), me parece uma postura bastante coerente da Sony, que permite que os jogadores, em vez de comprarem o mesmo jogo duas vezes, paguem apenas a diferença entre eles, considerando que os jogos de PS4 custam 60 USD/70 EUR e os de PS5 custam 70 USD/80 EUR, todos preços já ratificados pelos consumidores. Me parece muito mais coerente que vender um jogo para PS4 a 80 EUR ou vender um jogo de PS4 com upgrade gratuíto para PS5 por 70 EUR, mas vender também um de PS5 por 80 EUR, que só tem a versão de PS5.
A MS, por outro lado, vende os jogos cross gen first party a 70 EUR e entrega o upgrade gratuíto (smart delivery) das versões de One e Series, com cross save e com a garantia de que o jogo que rodará sempre será o melhor para o console que o está executando.
Nota: Eu vejo o cross buy mais como uma jogada para aumentar o interesse e engajamento no Vita que servir de ponte cross gen, porque 95% dos jogos tinham compra única só no PS3/Vita ou PS4/Vita, mas não PS3/PS4. Os casos de cross buy/compra única de PS4/5 são tão escassos que dá para contar nos dedos. É como se ele fosse um precursor do “play anywhere” da MS, mas com o Vita em vez do PC, mas de maneira alguma um “smart delivery”, que inclusive muita gente pensou que era só um nome marketeiro para algo que já existia (incluindo eu).

Juca
Juca
19 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Farei uma generalização, em tom de piada, e não tenho o interesse de ofender ninguém e nenhum povo, lá vai: Na gestão da PS os europeus são mais sabidos, mas os japoneses foram mais inteligentes. Saudades dos japas a frente de PS!

error: Conteúdo protegido