Xbox Stream Box… E se existisse?

5 5 votes
Avalie o nosso artigo

As imagens de um falso protótipo de uma Xbox Stream Box apareceram na internet. E com ele surgiram questões.

Nota: O artigo que se segue, é de opinião, e reflete exclusivamente a opinião do seu autor.

Confesso que não sou atualmente cliente das novas consolas da Microsoft. Não sou porque na passada geração a Microsoft deixou muito a desejar, e diga-se que na atual, apesar do que poderá vir aí no futuro, até ao momento nada se alterou, e as novas Xbox continuam, a nível de suporte First Party, tão secas como as consolas da geração anterior.

E assim sendo não justifica, pelo menos até ao momento, e na minha perspetiva, algo que pode variar de consumidor para consumidor, investir nesta fase numa consola da Microsoft é algo que não se revelou compensador.

Ora nesse sentido o aparecimento de uma possível Xbox Stream Box não me aquece nem me arrefece verdadeiramente. Mas a notícia sobre a existência desta consola deixou-me a pensar seriamente sobre qual seria a minha reação a este produto (que acabou por se revelar falso).



E confesso que se tivesse gasto dinheiro numa das novas consolas, e ele existisse, certamente não ficaria feliz!

Nesta momento o Xcloud apenas suporta 1080p 60 fps, mas no entanto a previsão é que tal possa ser melhorado. E nesse sentido acredita-se que uma possível Xbox Stream Box venha com suporte a 1440p 60 fps, e mesmo a 4K 60 fps. Mesmo que tal não seja acessível neste momento,.

Basicamente a primeira reação que tive a um produto destes é que o mesmo nunca deveria existir ou ser anunciado sem antes a Microsoft libertar um firmware para os possuidores das consolas Xbox One, que as torne igualmente capazes.

E isso quer dizer que a existir tal aparelho, as atuais Xbox deveriam ser desbloqueadas a nível de resoluções para suportar os 1440p 60 fps e 4K 30 fps que o seu HDMI 1.4 permite. Estas são resoluções que se manteriam não acessíveis em jogos locais (pela falta de poder de processamento), mas apenas acessíveis em streaming, e que poderiam trazer uma melhoria da qualidade de imagem.

Ora perante uma consola streaming capaz de 1080p 60 fps, a Xbox série X naturalmente que continua interessante pelos seus 4K 60 fps, ou 1440p/1080p 120 fps. Mas diga-se que perde muito do seu valor quando os jogos apresentados nos dois lados são os mesmos. Uma coisa é pagar-se 500 euros por uma consola de nova geração com capacidades e jogos que não podem ser usufruídos em mais nenhum local. Outra é pagar-se 500 euros por uma consola na qual os seus jogos podem ser jogados num produto cujo custo deveria anda na ordem dos 100 euros, com a mesma qualidade, mesmo que a 1080p, e com a grande diferença a ser apenas um delay de resposta algo superior. Basicamente o que se obtêm pelo dinheiro gasto numa X… passa a ser diferente! E o valor intrínseco fica claramente menor.

Mas o maior problema nem surge com a série X, mas sim com a Série S. Basicamente com um produto destes a consola de 299 euros perderia a maior parte do seu interesse quando uma outra consola de baixo custo (100 ou 120 euros?) corre os mesmos jogos à mesma resolução. Está-se a pagar 250 ou mais euros de diferença pela simples diferença de um menor input lag… algo que em muitos casos, apesar de ser uma realidade, nem sequer é algo de verdadeiramente notório ou que se perceba.



Naturalmente ninguém consegue avaliar realmente o impacto que uma consola de stream como esta teria no mercado. Por um lado ela poderia ser um sucesso ao ser uma Xbox de muito baixo custo, mas por outro, para o mercado existente que já adquiriu consolas, poderia ser um rude golpe. O facto de as consolas atuais terem sido vendidas sem que se soubesse da existência deste produto é desde logo uma jogada enganosa, e muitos clientes poderiam achar que foram enganados e levados a comprar algo que se torna desnecessário face a este produto. Quem sabe, se soubessem da existência deste produto não teriam aguardado?

Daí que se uma consola destas pode ser boa jogada para o mercado de streaming, o facto de poder desagradar os atuais possuidores das atuais consolas é só por si algo que deixa a pensar sobre até que ponto uma consola destas seria uma boa medida, especialmente pelo descontentamento que tal poderia causar junto de alguns dos clientes existentes, os mais hardcore da marca. E isto pelo simples facto de uma consola desse tipo criar uma desvalorização enorme no produto já adquirido.



5 5 votes
Avalie o nosso artigo
10 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Sparrow81
Sparrow81
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Se isso aí lançar é a prova do desespero da MS. Creio que o console Xbox tá perto do fim.

Elton
Elton
Responder a  Sparrow81
2 meses atrás

Se isso for lançado, acredito que falhe igual ao playstation tv

Deto
Deto
Responder a  Sparrow81
2 meses atrás

Não acho, se é algum sentimento seria “coragem”

Ora, se eles acham que o furruo é esse aí, que apostem nisso

Deto
Deto
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Bom, eu não tenho nada contra isso e acho que eles deveriam ter coragem a investirem e focarem realmente no que eles acreditam.

Se eles acreditavam que o Kinect e TVTVTVTV SPORTS, deveriam ter insistido nisso.

Se eles acreditam que o futuro é streaming, que invistam de verdade é isso.

Nada de ficar fazendo Controle de danos se “tão reclamando na internet vamos mudar nossa visão”

Edson Nill
Edson Nill
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O equipamento não é real, mas teremos um desses! Phil Spencer confirmou como tbm garantiu que o xbox one suportará o Xcloud por um tempo.

Juca
Juca
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Tenho um Xbox One Fat e a Microsoft não liberou nem HDR pra ele, então, acharia difícil ela dar suporte a resoluções maiores, mesmo sendo possível, ao menos para o Series S.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
2 meses atrás

Estou cada vez mais convencido de que o futuro é streaming (pra basicamente tudo) e estou ficando mais sem vergonha e até poderia aceitar isso, desde que a infraestrutura de internet fosse muito robusta e pra maioria das pessoas, algo comum. Então, lá pra 2030 eu aceito esse tipo de coisa mas, espero ter a alternativa, mesmo que em nicho, de ter algo local.

Porém em 2022/2023/2024, eu não quero nem ouvir falar, pois a internet não tem condições e a tecnologia apresentada é muito precária. Mas alguém tem que dar os primeiros passos.

Se eu compraria um Xbox stream? … Bom, talvez em 2035, e possivelmente dividir espaço com outros streams talvez até melhores, o que não é difícil dada a falta de criatividade da MS, o problema é que não há outros confiáveis, apenas a Sony ainda tem um pouquinho mais de moral, mas, não sei, não faço idéia de quem será o lider no seguimento de streaming game no futuro

Se nós precisamos de streaming? NÃO. Mas as empresas querem vender cloud e isso é o que o Steve Jobs já tinha visto lá a muito tempo e falado a respeito. Assim como tenho Spotify, poderei ter OS, storage, gaming, programas, filmes e devido a pandemias talvez até casamento e amizade via streaming. O futuro não é fascinante?!

Gervas69
Gervas69
2 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

A ser verdade teria de ser oferecido uma vez que teria de ser assinado o serviço, tal como as boxes da tv Cabo.
Eu já tinha visto a notícia e achei logo que não fazia qualquer sentido uma vez que já meteram a cloud a correr num frigorífico!?!?

error: Conteúdo protegido