Estão os actuais GPUs das consolas melhor ou pior posicionados face aos GPUs PC em 2013

5 5 votes
Avalie o nosso artigo

Há quem considere que os atuais GPUs das consolas são demasiadamente fracos face ao que o PC apresenta… mas será que são? Estão estes GPUs melhor ou pior posicionados face ao PC do que estavam os GPUs em 2013.

2013

O panorama no lançamento

Em 2013 a Sony e a Microsoft apresentavam as suas consolas. Concorriam face a um PC na altura dominante e comparativamente, as especificações das consolas pareciam demasiadamente fracas.

A realidade é que o melhor dos GPUs lançado em 2013 tinha uma vantagem de 40% de performance máxima teórica face ao outro. Era um valor considerável!

E esse GPU, com 1.84 Tflops concorria, na data do seu lançamento com uma Geforce 780 TI de 5.345 Tflops e com uma R9 290x de 5.632 Tflops.



Por outras palavras, o GPU da PS4 era, a nível de performance máxima teórica, 2.9 vezes inferior ao melhor GPU da Nvidia, e 3.06 inferior ao melhor GPU da AMD.

Mas no entanto havia mais!

O GPU da PS5 era baseado num GPU AMD antigo. Arquitetura GCN 1.1, ao passo que a R9 290 era baseada no antigamente denominado GCN 2.0 (estas designações mudaram entretanto).

Seja como for, dá para perceber que a r9 era considerada um salto a nível de arquitetura. Uma versão nova e melhorada da arquitectura usada pelo GPU da PS4 (e Xbox).

E apesar de algumas alterações proprietárias realizadas pela Sony, e que incluam novidades do GCN 2.0, o GPU da sua consola não era, na sua base, GCN 2.0.

Já quanto à comparação com as Nvidia a coisa era bem pior.



Apesar de o valor de diferença de performance teórico ser inferior ao verificado com a r9 290X, a realidade é que a 780 TI era baseada numa arquitetura bastante mais eficiente do que aquilo que a AMD tinha para oferecer. E nem mesmo o seu GCN 2.0 facia, flop por flop, frente aos GPUs Nvidia da altura.

Isso queria dizer que o GPU da PS4, o mais potente da altura, perdia tremendamente para uma eficiência de um GPU Kepler…

Resumidamente, face a este GPU, a diferença de performances, apesar de não ser facilmente quantificável, era superior à diferença face à R9 290X.

Por outras palavras, o futuro destes GPUs soava a bastante sombrio!

A realidade 7 anos depois.



Estamos agora em 2020, prestes a ter novas consolas. E podemos olhar para trás e ver… que tal se portaram os GPUs das consolas da anterior geração?

Bem, o GPU da Xbox One portou-se menos bem, mas isso devido a escolhas arquitetónicas da Microsoft que extravasam as capacidades do GPU em si. Mas já a PS4… essa portou-te de uma forma inesperada!

Em 2020, concorrendo contra GPUs como a RTX 2080 Ti, com 13,45 Tflops, ou seja, pelo menos 7,3 superior, um valor que na realidade peca por reduzido dados os ganhos de eficiência introduzidos pela Nvidia desde a Kepler, o pequeno GPU da PS4 dá cartas, criando alguns dos jogos visualmente mais imponentes de sempre, em jogos como God of War, Spider Man, Horizon: Zero Dawn ou The Last of us: Part 2.

O pequeno GPU da PS4, mostrou-se adequado para a vida programada, e isto apesar de no lançamento a coisa parecer sombria.

Mas e os atuais GPUs? Como se portam eles face ao que atualmente equipa o PC?



2020

O panorama no lançamento

Olhando para o que será existente na PS5 e Xbox série X, o que vemos é que estas consolas desta vez não vão buscar uma versão antiga de um GPU, adaptando-o. Pelo contrário, elas estão dotadas da mais recente tecnologia de GPUs da AMD, o RDNA 2, ainda nem sequer lançado.

Ora desde 2013 até hoje muita coisa mudou. O RDNA, que veio substituir o GCN, mostrou ganhos de eficiencia gigantes, basicamente apanhando aquilo que a Nvidia apresentou nos seus GPUs Touring.

A consequência disso é que, aquele desfasamento face à Nvidia que os GPUs de 2013 tinham de enfrentar pelo atraso tecnológico da AMD, acumulado à sua arquitetura mais antiga, desaparece.

Mas mais ainda, a Nvidia lança novos GPUs, os Ampere, com números de Tflops impressionantes, mas nos quais se percebe perdas de rendimento face aos antigos Touring. E basicamente isso quer dizer que os valores de Tflops apresentados por estes GPUs acabam por ser teóricos e apenas um show off, não podendo assim ser comparados aos da AMD, que se revelam agora, mais eficientes.



Para melhor perceção desse facto, recomendados a leitura deste artigo.

A vantagem da Nvidia parece no entanto continuar a existir do lado do Ray Tracing, algo que, apesar de relevante, não aparenta ser um um fator decisivo nas performances da atual geração por ser um efeito que pode ser, com resultados aceitáveis, substituído.

Ora relativamente ao melhor GPU da AMD, a PS5 com os seus 10.38 Tflops e a Xbox com os seus 12.15 Tflops parecem muito bem posicionados. É que a RX 6900 XT terá 20,04 Tflops, sendo assim 1,93 vezes superior à PS5, e 1,67 vezes superior à Xbox série X.

Por outras palavras, valores bem inferiores aos que vimos em 2013.

Naturalmente que face aos valores teóricos da Nvidia, onde a sua RTX 3900 apresenta 35.58 Tflops, esses valores aumentam para 3.42 e 2,92, o que face a 2013 não soa a bonito. Mas quando analisada a questão do rendimento destes novos GPUs face aos Touring e percebemos como este aumento de Tflops não se reflecte em resultados reais, toda e qualquer consideração apoiada nestes valores perde a lógica.



A realidade 7 anos depois

Quanto a isto não podemos falar… seria futurologia. E mais do que isso, nem sequer sabemos se a geração durará 7 anos!

Mas a realidade é que se em 2013 o GPU da PS4 que partia tão desfasado, se mostrou à altura, não temos verdadeiros motivos para acreditar que isso não vai acontecer agora novamente.



5 5 votes
Avalie o nosso artigo
guest
37 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Felipe Leite
Felipe Leite
12 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Bom dia amigo Mário!
No início do artigo, vc refere ps5 porém deveria ser ps4!
No mais outro artigo excelente

By-mission
By-mission
12 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Off Topic:
Eu lembro do quanto eles falaram mal do dev da Crytec, sendo que alguns até o ameaçaram na época, mas este já é o terceiro comparativo em que a PS5 está frente da Series X…
Sem guerras de consoles mas ele realmente estava certo.

https://youtu.be/CoQYpS7I_B8

By-mission
By-mission
Responder a  By-mission
12 dias atrás

Se não lembram de que estou falando, aqui mesmo tem um artigo do Mario do dia 7 abril a dizer exatamente o que está a passar hoje nos primeiros comparativos entre Xbox e PS.

http://www.pcmanias.com/a-nossa-analise-as-palavras-do-engenheiro-da-crytek/

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  By-mission
12 dias atrás

Acho meio bizarro um console com 2 Tflop a mais e processador ligeiramente mais rápido, sequer empatar, imagine perder !!
Podem vir com a desculpa que quiser, é bizarro

Hiago
Hiago
Responder a  Mário Armão Ferreira
12 dias atrás

Acho que o segredo da PS5 está no processador como os rumeres apontavam e o melhor benchmark para demonstrar a diferença das duas é o DMC… Nele o jogo nos modos que exijam mais tflops como 4k e ray tracing a PS5 fica atrás, mas por ter os relógios mais rápidos e um I/O mais eficiante ficando assim com 8% de diferença e não os 18% como na teoria apontava. Já no modo frame rate ela consegue se manter mais perto dos 120fps, creio eu por conta dos relógios mais rápidos e principalmente o processador com cachê unificado.

nETTo
nETTo
Responder a  Hiago
12 dias atrás

Nós modos com Raytracing, o XSX realmente teve vantagem, mas foi assim, em 1080p 60fps com Raytracing teve essa vantagem de 8%. Já no modo 4K 30fps com Raytracing a vantagem é muito inferior a isso, chegando a uma diferença de 1 a 2fps. Mas de fato, vc tem razão neste aspecto

nETTo
nETTo
Responder a  Mário Armão Ferreira
12 dias atrás

E é isso que o Ali Salehi disse, que ter 12TF de performance teorica é sensacional, SE, e este SE tem mesmo de ser em caixa alta, todos os outros componentes estiverem otimizados para tirar ao máximo dessa teoria. Eu acho que a memória do XSX é o calcanhar de aquiles desse console, a aposta da Microsoft denovo não esta vingando neste quesito (em 2013 foi a Esram). Aliado a isso, um provável pior desempenho de CPU+SSD que não entrega o desempenho do concorrente. Diante disso o GPU fica sub-ultilizado.

Esqueci de referir ainda que o CPU ainda atua no processo de descompactação, ainda que pouco, a uso dele

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  By-mission
12 dias atrás

E mais um com qualidade de imagem superior no PS5.

Syegrayn
Syegrayn
Responder a  By-mission
12 dias atrás

O site Wccftech não mencionou nenhuma diferença entre as versões de PS5 e Xbox Series X.
Fiquei curioso com a situação, quais os pontos em que o PS5 está melhor?

Syegrayn
Syegrayn
Responder a  Syegrayn
12 dias atrás

Localizei a tabela comparativa no próprio vídeo da VG Tech! 😉

Carlos Zidane
Carlos Zidane
12 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

PS4 e Xbox Scorpio são 2 projetos excepcionais. Do lado do PS5 a fila andou e vem um projeto que, salvo algum crash muito feio me leva a crer que repetirá o desempenho incrível do PS4.
No Series X eu não consigo sentir firmeza de jeito nenhum, e olhe que eu me esforcei, sinceramente acho que a Microsoft derrapou de novo, não que o console seja ruim, mas me parece genérico e sem conteúdo, e mesmo pro futuro não tenho empolgação alguma. Exceto claro, o próximo Forza Horizon.
Acho que quem tem um Scorpio não tem muitos motivos pra comprar o Series X, porém a turma do PS4, daqui a pouco terá oportunidade de aproveitar alguns jogos legais num console que tem cada detalhe a mostrar como se faz algo bem feito e conteúdo relevante.
Gostaria muito de estar diante de outro Scorpio (a nível de entusiasmo) mas, estou com gosto de decepção muito grande do lado verde. Imagino que (se o mundo ainda estiver de pé) em 2023 talvez o SX possa melhorar… Não sei. Espero que sim. Hardware ele tem, falta conteúdo, aí dá pra salvar. Não dá pra ficar jogando retro pra sempre ou esses jogos horríveis que nem preciso citar.
Creio que por 500 USD esses consoles estão muito ok e trarão experiências incríveis, exclusivas flagship no PS5 (e multi) e multiplataforma no SX com alguma possível surpresa, é basicamente um PC disfarçado de console com serviço interessante – se manter o EA Play no Ultimate.

Fernando Molina
Fernando Molina
12 dias atrás

Pelo preço desses consoles, as especificações estão excelentes, e eu estou desde a semana passada testando o SX, é realmente um monstro em performance(estou falando do que estou jogando, não precisa vir me falar que nos comparativos o PS5 está se saindo melhor)

José Galvão
José Galvão
12 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O gap inicial para o PC foi reduzido especialmente, já para não falar no pormenor de que estas consolas têm tech que ainda não estreou no mercado, mas ainda assim existe quem afirme que são fracas ao ponto de se justificar um adiamento.

Uma pergunta Mário, achas que estas consolas conseguem bater uma rtx2080ti?

Marco Antonio Brasil
12 dias atrás

Muito válido seu ponto de vista Mário. A comparação fica ainda mais interessante com a RX6800, que tem 16 tflops, senão me engano. Realmente as GPUs dos consoles estão mais próximas da linha high end da AMD. Só uma observação que o primeiro comparativo da DF de performance do raytracing no Legion deixou os consoles abaixo da 2060s. Enfim, me parece que é uma tecnologia que precisa amadurecer na AMD.
Uma pena a decisão de focar tão fortemente em crossgen. Ansioso para ver os primeiros jogos com motores construídos para explorar as novas máquinas. Quem sabe teremos boas surpresas.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Mário Armão Ferreira
12 dias atrás

Tens razão Mário!

Creio que o RT do Spiderman nos dá um vislumbre do que poderá ser feito quando os motores forem refeitos para explorar as novas consolas.
Espero que, apesar do suporte crossgen nos próximos 1-2 anos, estejam sendo desenvolvidos alguns jogos para servirem como flagships da nova geração. Assim podemos ter esperança de em 2022 já termos algum lançamento “true nextgen”.

Hiago
Hiago
Responder a  Marco Antonio Brasil
12 dias atrás

Não sei se o Spiderman é um bom vislumbre, está muito bom, mas o jogo não tem clima dinâmica o céu é estático creio q o WD Legion seja um melhor comparativo.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
12 dias atrás

Eu não gostei muito das opções da insomniac games relativamente a hight fidelity e high performance.
Porque ambas não tem ray tracing e so mudam a resolução??
Ou o ray tracing consume assim tantos recursos???
Porque se sim, a Xbox SX será mt superior a PS5. (O que não é um dado novo)

andrio
andrio
Responder a  AlexandreR
12 dias atrás

Até onde eu sei, modo fidelidade tem RT no spider

Helmer Silva
Helmer Silva
Responder a  AlexandreR
11 dias atrás

Amigo você está mal informado, o modo que favorece a resolução tanto no Spider-Man Miles Morales como no Remaster, são a 4K nativos a 30fps com RT, enquanto o modo performance encontra-se a 4K dinâmicos a 60fps sem RT, agora se vc continua desiludido com a existência destes dois modos aí é outra história, no entanto a realidade é que não muda só a resolução

Helmer Silva
Helmer Silva
Responder a  AlexandreR
11 dias atrás

Um adendo, você fez uma dedução errónea, retira uma conclusão que a XSX será muito superior por isso, afirmando que isso não é um dado novo sendo que os últimos benchmarks mostram paridade entre as consolas, existindo uma vitória em certos modos para a PS5. Por que raio o uso ou não uso de raytracing num título first-party faz a consola inferior? Certamente existirão jogos que não utilizaram a tecnologia, sendo que ele não é obrigatória e respondendo à sua questão por consumir muitos recursos. O amigo lê os artigos da PCmanias?? É que não parece, visto que houve um artigo precisamente sobre o uso de raytracing em Spider-Man e artigos sobre os primeiros benchmarks pondo as consolas lado a lado, que mandam esse argumento da tremenda superioridade da XSX pela janela, portanto, só posso deduzir que tirou essas informações de um brinde qualquer de uma caixa de Chocapic

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Helmer Silva
11 dias atrás

Loooool
Meu amigo eu acompanho ah muito tempo, muito provelmente a mais tempo do que tu!!
Infelizmente não consigo acompanhar a pcmanias como ha uns anos atrás.
Eu fand boy? A sério que me estás a chamar caixista por dizer que a xbox SX é superior em Ray tracing?? Eu tenho é bom senso e sei analisar as coisas.
E so referi que preferia ter nas duas versões ray tracing.

Helmer Silva
Helmer Silva
Responder a  AlexandreR
11 dias atrás

Se acompanhas à tanto tempo, deverias saber que aqui ao se fazer afirmações nunca cai bem não possuir provas para as fundamentar. Eu não te chamei nada amigo, só estava a constatar o quão fora da curva estava a ser as tuas deduções, usei uma expressão que basicamente quer dizer que “estás a tirar essa informação do nada”, Chocapic é um cereal não tem nada a haver com Xbox. Tu estavas a assumir que nenhum dos modos tinha raytracing, como assim querias nos dois, por enquanto só DMC5 apresentou dois modos com RT e estavas a dizer que a falta de RT no Spider-Man era uma “prova” que o raytracing no Series X era melhor, como podes sustentar isto?? Não há uma comparação directa entre o raytracing das duas nesse caso e a não ser que tenhas visto o Series X a usar melhor raytracing que a PS5 é que podias afirmar tal coisa

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Helmer Silva
11 dias atrás

O que eu referi foi, que se o ray tracig consumir assim tantos recursos ou houver penalizações quando for usado, a xbox SX fica em vantagem. Pois é sabido que em termos de hardware a xbox SX tem capacidade para mais raios de luzes do que a concorrente. A Ps5 é mais rapida nos raios, mas a xbox SX tem capacidade para mais.

No API e no SSD a ps5 está em vantagem. E se for confirmado que o cpu da ps5 tiver características do zen 3, também. Mas relativamente ao ray tracing e GPU a história é outra…

Helmer Silva
Helmer Silva
Responder a  AlexandreR
11 dias atrás

Mas tu não podes afirmar isso, pq a solução usada para raytracing do lado da Sony é diferente e está custumizado, logo até prova do contrário não sabemos quem melhor usa de raytracing. já sabemos que raytracing consome muitos recursos, e o próprio Mário já falou aqui lançar mais raios não leva necessariamente a um melhor raytracing, a PS5 por ter a GPU mais rápida pode bem apresentar melhor raytracing, mas sim aguentar a carga do raytracing o XSX por ter um GPU mais parrudo um assume tal situação, no entanto longe de ser uma coisa gritante pq o raytracing no Miles Morales está uma bela implementação. Eu só quero dizer que não podemos mandar para o ar como verdade algo que ainda não pode ser verificado só isso

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Helmer Silva
11 dias atrás

O ray tracing da Sony é costumizado em que sentido?? Isso é uma suposição…
O que se sabe é que as GPUs tem a mesma arquitetura. Não ha nada divulgado a diferentes abordagens/customizações do Ray tracing.
A ps5 tem menos 44% de CUs, logo 44% menos unidades de processamento de ray tracing. O que se sabe é que as unidades de procesamento ray tracing podem ser mais rapidas 22%. Isto porque o clock não é sempre a 2,23 GHz.
Se formos a analisar isto. Ha uma vantagem por parte da Xbox SX, pois tem possibilidade para 44% mais procesamento de ray tracing. Enquanto que na PS5, se formos a comparar, tem 56% dos CUs do gpu da Xbox SX, com uma velocidade superior, que pode chegar a 22%.

Helmer Silva
Helmer Silva
Responder a  AlexandreR
10 dias atrás

Suposição?? A Xbox usa o Direct X Raytracing que as placas do Desktop usam, que a PS5 não usa,isto dito pela Xbox e pela AMD, logo a Sony tem uma solução proprietária, custumizada visto que é divulgado como tal pela fabricante, logo há diferenças sim na forma como as duas utilizam a tecnologia. Essas vantagens que na teoria a Xbox possui, ainda não foi refletida em realidade, é isso que quero transmitir e existe um artigo aqui na PCmanias que o Mário aborda que sim as CUs a mais por parte da Xbox permitem lançar mais raios, mas o clock mais alto da PS5 permite fazer mais com menos raios lançados, podendo diminuir a diferença e a Sony não divulgou as personalizações que fez e que até que certo ponto, podem reduzir esta vantagem da Series X, e repetindo, a Microsoft usa a mesma tecnologia para raytracing que as placas RDNA2, foi divulgado no evento da AMD e citado lá que essa feature só estaria nas consolas Xbox e se a PS5 não a usa e mesmo assim apresenta raytracing nos seus jogos, só pode ter uma tecnologia diferente para tal, que as outras RDNA 2 não utilizam

Helmer Silva
Helmer Silva
Responder a  Mário Armão Ferreira
10 dias atrás

Obrigado pela explicação Mário, eu tou aqui a tentar não dizer uma bacorada muito grande. Pelo que entendi sendo um software podia bem estar a ser utilizado no PS5?? Mas o mesmo é propriedade da Microsoft e sendo que eles vieram a público clarificar que só as suas consolas o utilizariam, so salientei que a Sony teria que usar uma solução diferente. O amigo Alexandre tem toda a legitimidade em salientar a superioridade teórica da Xbox, mas peca em fazer afirmações que não pode confirmar para já, acredito que no futuro talvez será bem possível, mas sem termos a noção de como se implementa o RT na PS5, não podemos com segurança afirmar que a Xbox apresentará melhor RT

AlexandreR
AlexandreR
12 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Sou o único a pensar que está geração pode durar mais do que 7 anos???
(Com consolas de meia geração)

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  AlexandreR
12 dias atrás

Vamos ter pelo menos cross gen durante 2 anos….
A pandemia veio atrasar o desenvolvimento dos jogos, e os jogos para a nova geração requerem mais tempo.

Rafael
Rafael
12 dias atrás

Otimo artigo Mario. Nele você focou no comparativo entre GPUs. Na época do PS4 eu fiquei com uma sensação de que o console nasceu com especificacoes abaixo do esperado pelo mercado, tanto é que esse deve ter sido um dos motivos pra lançarem os consoles de meia geracao. Mas ao olhar para o hardware completo, tinhamos um PS4 com CPU bem abaixo do padrão, inclusive perdendo feio para processadores intermediarios para desktop, neste caso um core i5, já que a AMD não tinha nem um cpu competente em gama media. Agora temos uma cpu realmente impactante. Oesmo podemos dizer no armazenamento, um salto sem precedentes que traz uma vantagem enorme frente ao que vemos no pc.
Digo que o ponto mais importante dessa geracao é que temos um console muito mais equilibrado, onde creio eu que será possivel extrair muito mais do que fizeram com o ps4.
Porém é o que vc já nos disse aqui em outros artigos, a evolucao de uma geracao pra outra tem sido cada vez menor. Esta geracao provavelmente vai melhorar muito em mundos maiores, mais coisas na tela e em maior fps, porém os graficos vao ter melhorias mais sutis, alguns detalhes que talvez não sejam tão visiveis como em outras gerações. Espero que tenhamos uma melhoria considerável na IA, que ainda peca muito em varios jogos. O CPU pode trazer isso para um novo patamar.

jefferson
jefferson
11 dias atrás

Fico pensando, a customização dos consoles as gpus deve ter tecnologias variadas, podendo chegar a possuir alguma coisa dos rdna3?

nETTo
nETTo
11 dias atrás

OFF TOPIC

https://twitter.com/Alejandroid1979/status/1328380323206471682

Sobre a narrativa do Devkit do XSX ainda não estar tão maduro como o do PS5, na opinião pessoal do Diretor de Dirt 5 (game com contrato de marketing com o XBox), não há nenhum problema ou imaturidade com o Devkit ou com as Tools do SeX, ele inclusive diz que são bastante eficientes, rápidos e estáveis. Disse isso numa entrevista ao canal Dealer Gaming

(desconsiderem o texto fanboy do tuíte, porque o entrevistador é fã de XBox, e se apegue ao video)

(Are MS dev tools a bit further behind than Sony’s?)
“I mean I wouldn’t say that. That depends on your experience….thinking about tools, everything is coming in a bit hot.”

(I am hearing that GDK (Game Devikit) is basacilly in its infancy and there is a lot of stuff in on the table?)
“It’s in its infancy, because it’s new, but it’s not particurly lacking…”

(Like barebones?)
“It’s not barebones, they brought a lot, no, most of the tools over from of SDK in terms of familitary and how it works, in fact stability and speed improved a lot on GDK, but yeah, I am happy with it, if anything there is very little small things I would like, I have weekly meetings with XBOX and my account manager get a lot of feedback from me, I am actually very happy with it.”

Pode ser verdade para outros developers, mas, para o caso dos designers de Dirt 5, não.

Shin
Shin
7 dias atrás

Muita APU
Pouca memória

Coloque 32GB de espaço e 2TB/s e veria tais consoles triplicar a perfomance. São Nintendo Switch de mesa onde a castração de memória não é apenas para limitar o consumo mas limitar o custo. O PS5 por exemplo está perdendo para o XSX em loading mesmo com um SSD mais rapido pois o XSX pode deslocar mais dados para a memória em seus 560GB/s, em quanta partida seu espaço de 10GB não lhe permite sobressair sobre o PS5 e isso prejudica tanto a resolução final quanto a qualidade dos Mipmap.

error: Conteúdo protegido