Processador ARM da PS4 deverá ser um Cortex A5 Quad-Core

Apesar de poderem existir alternativas, o processador ARM que equipa a PS4 deverá ser um Cortex A5 com quatro núcleos.

A partir de 2013 os APUs da AMD passarão a  incluir um processador ARM. Acredita-se assim que será este o processador que foi referido por Mark Cerny como existente na PS4.

Apesar de este processador poder ser dedicado a uma série de tarefas adicionais, a sua colocação passa pela criação de uma chamada TrustZone®, ou área de segurança. Trata-se de uma tecnologia proprietária da ARM e existente nos seus processadores e cujas aplicações incluem a verificação e aplicação de várias medidas de segurança que incluem:

– Pagamentos seguros e autenticação de utilizadores em serviços
– Protecção contra acessos por software
– Verificação de licenças de software
– Digital Right Management
– Acesso seguro a documentos na Cloud
– e-Ticket de Mobile TV

Esta tecnologia é aplicada aos processados Cortex™-A permitindo assim a protecção do hardware de ataques protegendo e encriptando a memória, teclado, ecrã e outro hardware.



Os processadores ARM que suportam esta tecnologia são os seguintes: ARM Cortex-A15, ARM Cortex-A9, ARM Cortex-A8, ARM Cortex-A7, ARM Cortex-A5 e ARM1176.

Dado que a AMD não pretende executar jogos no seu ARM, a escolha recaiu sobre o Cortex-A5 na sua componente com quatro núcleos. Uma situação que poderá no entanto ser diferente na PS4, apesar de tal não ser esperado.

ARM A5

O ARM Cortex A5 é o processador Cortex mais simples da ARM baseado na tecnologia ARMv7, mas nem por isso deixa de ser um processador poderoso, especialmente nesta versão de quatro núcleos. É ao mesmo tempo um processador económico e adequado uma vez que a sua função não é o ser o processador principal

Curiosamente, na versão dois núcleos, é o processador que equipa alguns dos produtos GOOGLE TV, como os das imagens que se seguem:

google tv

google tv 2

Para que tenham uma ideia de como estamos perante um processador poderoso, eis as características anunciadas destas boxes e que nos interessam. Note-se que os CPUs destas boxes são DUAL CORE e não QUAD-CORE como o que equipa os APUs AMD.

HD video decoder(1080P@60Fps); HD Video.
DLNA: DIGITAL LIVING NETWORK ALLIANCE.
Encoder(1080P@30Fps)

Ou seja, por aqui vemos que este processador é capaz de fazer todo o processamento de codificação/descodificação vídeo para a PS Vita, sem o uso do CPU/GPU. E quem sabe que mais poderá vir a fazer uma vez que se sabe que este CPU possui um núcleo capaz de interagir com o sistema e como tal estar ciente de eventuais necessidades do mesmo, podendo assim basicamente gerir a consola em estados de baixo consumo energético.



Posts Relacionados