Xbox série S é um produto não desejável pelos precedentes que abre

4.9 13 votes
Avalie o nosso artigo

Não se podendo negar os pontos positivos desta consola, a Xbox série S abre uma série de precedentes que não só não são desejáveis, como são mesmo preocupantes.

A Xbox série S foi anunciada. E há duas perspectivas de se analisar a mesma. A monetária, e aquela que ignora isso e olha para a consola e a geração a ela associada como uma forma de desenvolvimento dos video jogos. Algo que permite o subir de fasquias e a possibilidade de se criar cada vez jogos melhores.

E ignorando esta segunda parte e olhando apenas na perspectiva económica, analisamos a consola aqui. Mas a realidade é que a consola não é só isso, e sinceramente comparo a Xbox série S ao Gamepass. Algo que não se pode ver com bons olhos pelo risco à industria que traz, mas cujas virtudes não se podem negar.

E nesse sentido, sendo a consola uma realidade fizemos uma análise à mesma e na qual a consideramos aquilo que ela realmente é: Uma consola interessante e uma alternativa ás consolas mais potentes para quem não tem 4K e não quer gastar muito.

E o Gamepass é a mesma coisa. Uma forma barata e muito interessante de se ter acesso a muitos jogos, incluindo novidades acabadas de lançar.



A questão é que, tal como o Gamepass (e não vamos repetir-nos sobre ele aqui), a Xbox série S acaba por ser um “presente envenenado”, e algo que não deveria existir, pelos precedentes e hábitos que abre.

Vamos lá explicar o que estamos a dizer:

A cada geração tem existido um salto nas especificações. O CPU, GPU, RAM e outros componentes dão saltos qualitativos, tudo com o objectivo de não nos prendermos a resoluções e níveis de qualidade antigos, e podermos evoluir, dando saltos na qualidade gráfica que permitam estabelecer novas fasquias.

É nesse sentido que da Geração da PS2/Xbox para a PS3/Xbox 360 foi imposto o salto na resolução de SD para HD. Os jogos poderiam ter-se mantido SD, o que faria com que a potência das consolas fosse mais notória na nova geração. Mas o objectivo das gerações não é dar mais do mesmo… é criar um ponto de quebra, e estabelecer novos patamares mínimos de qualidade.

Assim as gerações forçam novos níveis de qualidade obtidos pela introdução de componentes mais rápidos e melhores.

Infelizmente, o que temos vindo a ver, é que a cada geração os saltos nas especificações dos sistemas tem vindo a decrescer. E mais ainda, a disparidade face ao PC, tem vindo a aumentar. Uma situação que, quando se soube das especificações da PS5 e da série X, se percebeu que teria tendência a inverter-se, pois o salto apresentado era superior ao que tínhamos vista na geração passada. E nesse aspecto, todos, sem excepção, batemos palmas.



E efectivamente, no capítulo gráfico, e olhando apenas para os números da performance, sem tomar em conta os ganhos de eficiência das arquitecturas, uma Xbox One era 5.24 vezes mais capaz que uma Xbox 360. Mas já a Xbox série X, era 9,32 vezes superior à consola que deu início à actual geração.

E falo da consola que deu início pois a actual geração introduziu um dado novo: As consolas de meio de geração. Basicamente um passo intermédio que garante que as consolas não se mantêm tão desactualizadas face ao PC, sendo que face a essas consolas, o ganho foi inferior, mas mesmo assim, e mais uma vez ignorando os ganhos de eficiência das arquitecturas e olhando apenas para os valores brutos da performance, foi um ganho duplo! É o conceito de evolução que uma geração deve trazer!

Da mesma forma a RAM tem vindo a subir a cada nova geração. Na era PS2/XBox a concola melhor dotada possuia 64 MB de RAM, um valor que na geração seguinte subiu para os 512 MB, ou 8 vezes mais, tendo voltado a subir na geração seguinte para 8 GB ou 16 vezes mais. O salto para a geração que aí vem é mais curto, apenas duplicando a RAM face à geração anterior, apesar de, pela primeira vez, serem introduzidos métodos que permitem poupar no uso da RAM, fazendo-a render mais do que nas gerações anteriores..

Ou seja, podemos colocar o que acabamos de dizer no seguinte gráfico:



As colunas a azul representam os aumentos da RAM desde a geração da Playstation original, sendo que as colunas a vermelho representam a performance bruta em Tflops (sem contabilizar ganhos na arquitectura), visualizadas nas diversas gerações. Em cada geração foi representado o modelo com valores brutos mais elevados.

E o que vemos é que, independentemente de, face à coluna imediatamente à esquerda, os ganhos diminuírem a cada novo conjunto de barras, a cada nova geração, há um aumento das especificações. RAM, GPU, CPU, larguras de banda, etc. Não faz sentido que assim não seja, pois se a ideia é evoluir e melhorar, isso tem de acontecer.

Mas é aqui que a Xbox série S se torna uma aberração, pois quando ela é contabilizada, o que temos é o seguinte:

Resumidamente, pela primeira vez na história das consolas, é introduzido um novo modelo que, a nível de especificações brutas, e mesmo tal não se passando em todos os componentes que constituem a consola, ela é inferior em vários aspectos à consola da geração anterior



E isto é um precedente que é deveras preocupante. Aceitar e tornar esta consola um sucesso é dar uma mensagem que se aceita este tipo de coisas. É aceitar-se uma troca do aumento da qualidade pelo menor preço, e ao mesmo tempo uma subida no preço para se ter uma evolução reduzida. É aceitar a existência de um produto inferior cujas especificações irão limitar tremendamente as consolas superiores (e daremos alguns exemplos de como isso pode acontecer de seguida).

Ora apesar de tudo o gráfico não mostra a realidade toda. E os 4 Tflops da XBox série S, acabam por se revelar mais eficazes que os 6 Tflops da Xbox One X. Isto associado a um processador que, felizmente, teve um salto geracional decente, até permite a esta consola correr jogos actuais e de elevada qualidade, a 120 hz, algo que estava vedado à Xbox One X.

Mas para isso, para os 4 Tflops serem superiores aos 6, pela primeira vez na história, temos de recorrer aos ganhos da eficiência do GPU, algo que nunca antes fora feito nestas comparações. E temos os 120 Hz… numa resolução inferior à da geração passada.

E o mesmo pode ser dito da RAM, que graças às tecnologias de optimização, podem equivaler-se a mais que os 12 GB da Xbox One X. Mas note-se porém que isso só se verificará nos jogos concebidos de raiz para as consolas de nova geração. Mas no que toca à retrocompatibilidade, onde esse ganho não existe pelo facto de o software não prever o hardware da nova consola, a Xbox série S revela-se com menos memória, e como tal não poderá correr as versões optimizadas dos jogos Xbox, criadas para a série X.

É que apesar de a eficiência do GPU existir sempre, pelo que já foi explicado a RAM não pode aqui sofrer optimizações de uso, e como 10 GB na série S é menos que 12 GB na Xbox One X, os jogos não podem ser executados. Um outro factor impeditivo é a largura de banda da memória que na Xbox One X é de 320 GB/s e na Xbox série S é de 224 GB/s (e aqui nem vamos abordar o facto de a memória da Xbox série S ser assincrona).



Apesar de tudo, olhando para o que a consola pode oferecer, a consola pode continuar a soar a muito atractiva pelo preço e possibilidade de poder correr os jogos de nova geração. Mas para perceberem como realmente esta consola pode ser uma armadilha, e um produto com uma esperança de vida muito reduzida, imaginem só a seguinte situação:

Voltemos a 2013!

Imaginem agora que a Microsoft lançava a sua Xbox One… Mas ao mesmo tempo resolvia fazer algo equivalente ao que fez aqui, pensando: “Há tanta gente com tvs 720p ou CRT, que não pode tirar partido dos 1080p. E se fizéssemos uma consola para eles, devidamente escalada?

E então a Microsoft pensava exactamente como aqui. Os 720 são um pouco acima de metade dos 1080p, e assim sendo vamos lançar uma consola mais barata com especificações adaptadas. E conjuntamente com a Xbox One, lançava a Xbox 720, com 0,5 Gflops e 5 GB de RAM (valores calculados de forma a manter as proporções usadas na série S face à X e respectivas resoluções). Tudo o resto era igual!

O mercado ficava louco. Teria uma consola que poderia ser 200 euros mais barata e que permitia jogas todos os jogos de nova geração, tendo apenas como inconveniente os 720p, que para muitos até eram o que eles podiam usar. WOW. Que negócio! Um negócio em tudo equivalente ao que temos agora com a S.



Mas será que é? Para percebemos um possivel futuro para a série S, voltemos a 2020. E perante o que tivemos percebam a qualidade dos produtos que esta consola vos teria oferecido, especialmente se usada em TVs actualizadas. Era uma consola com umas performances que, mesmo a portátil da Nintendo, em performances do GPU, a batia de forma clara.

O negócio que em 2013 parecia fantástico, não teria sido tão fantástico. Teria sido uma decepção enorme. Assim como a série S que parece fantástica agora, daqui a alguns anos poderá não o ser. 

O que vimos foi que a evolução teve custos. A desproporção face ao PC obrigou a compromissos. E apesar de as consolas serem muito optimizadas, alguns jogos na One X não alcançam os 4K, e muitos jogos da One, concebida para 1080p, ficaram-se pelos 900p ou mesmo pelos 720p?

Daí que aquela consola fantástica que era barata e jogaria os jogos de nova geração a 720p, estaria agora a oferecer uma experiência com uma qualidade sub HD, claramente inaceitável nos dias de hoje, e onde, visualmente a imagem criada teria menos pixels do que os usados nos jogos da Xbox 360. Isto apesar de os jogos que lá correriam serem de nova geração. E tal teria sido claramente notória se essa Xbox 720 estivesse a ser usada em Tvs que entretanto, desde 2013, cresceram e bastante em dimensão.

E não se iludam… Nem mesmo os 12.15 Tflops da One X são suficientes para uma verdadeira evolução gráfica mantendo os 4K. Pelo que a evolução a existir, vai atirar as resoluções para baixo, e os 4K reconstruidos serão uma realidade.



Mas o pior nem será isso. O pior será que esta consola poderá limitar, na concepção, as restantes. No caso da teórica Xbox 720, provavelmente muitos dos jogos que vimos existirem, que foram limitados pela One não teriam sido sequer criados se o limite tivesse sido essa outra consola. Ou seja, aquela consola que inicialmente parecia uma proposta muito interessante para se ter jogos de nova geração a baixo custo em 720p, teria saído um verdadeiro barrete.

Pois é isto que a Xbox série S é! Mas esta realidade não parece preocupar a Microsoft pois a sua intenção não aparenta ser vender qualidade, mas sim, acima de tudo, obter clientes pelo preço baixo e quantidade, e uma vez um cliente com esta consola, caso ela decepcione, ele pode ser convertido ao Xcloud, mantendo-o a jogar, mediante pagamentos mensais em serviços baratos e com quantidade de oferta, mas onde a qualidade, não é uma realidade. E caímos mais uma vez na armadilha dos serviços de subscriçao, que podem arruinar a industria, e pior ainda na dependência de terceiros para jogarmos, algo que a Microsoft nos quer impor à viva força.

As limitações impostas pela Xbox S

Como é que esta consola pode então limitar a geração e especialmente a sua irmã superior, a Série X? Bem, não somos programadores para termos essa a noção a 100%, mas o certo é que muitos programadores proeminentes tem sido muito vocais a queixarem-se dessa situação.

Seja como for, há casos que parecem extremamente simples de serem citados, pelo que o vamos fazer.



A principal forma passa pela diferença de RAM. A Xbox série S tem 7.5 GB de RAM livres, ao passo que a Xbox série X tem 13.5 GB livres.

Por aqui percebe-se claramente que há limites. Um jogo que pretendesse apostar numa IA elevada, com um grafismo simplista dedicando, por exemplo, 8 GB e ao CPU e 5.5 GB ao GPU, não pode… Porque a lógica do CPU não caberia na RAM da S.

É como dissemos uma limitação à liberdade de concepção.

Mas mesmo numa utilização normal há limitações. É que qualquer jogo que seja criado para a Xbox terá de ser pensado para correr numa resolução mais baixa (seja ela 1080p ou 1440p) em 7.5 GB. Isso quer dizer que os restantes 6GB da Xbox série X só podem ser usados para texturas 4K, pois toda a estrutura do jogo e lógica, ao ser igual, vai usar o mesmo espaço na série X.

A questão é que se para o comum dos mortais parece que esses 6 GB são a memória para se usar com para texturas de alta resolução (o que já de si é um valor demasiadamente alto), na realidade a coisa não é bem assim, e a quantidade de RAM presa para poder usada apenas em texturas é na realidade ainda mais alto.



É que convêm não esquecer que a série S também vai reservar uma percentagem da sua RAM para as suas texturas. Imaginemos, apenas a nível teórico que seria 50/50, ou seja 50% da RAM iria para o CPU e 50% para o GPU. Isto quer dizer que, neste exemplo, o CPU usaria 3.75 GB, e o GPU outros 3.75 GB. Na Xbox série X o CPU ao ficará igualmente limitado a usar 3.5 GB, uma vez que o código e o jogo será o mesmo nas duas consolas. Isto implica que na realidade a série X tem de memória presa para uso apenas com texturas um total de 13.5-3.75 GB. Isto são 9.75 GB. É um  total e completo desperdício, especialmente numa consola que se gaba de ter o sampling Feedback Streaming que vai reduzir o uso da RAM usada com texturas.

Mas depois temos outros casos onde claramente a série S pode limitar a capacidade criativa que seria permitida com a PS5 e Xbox série X.

É que um dos pontos que se torna necessário para a paridade das consolas é o CPU. Sem ele ser equivalente não seria possível a S existir. A questão é que no que toca a computação genérica, o CPU não é o único a fazê-lo, e temos também o GPGPU, a componente de computação genérica realizada no GPU

Naturalmente estas duas componentes, CPU e GPGPU são bem diferentes. O CPU trata de tudo que é relevante para o jogo, e a interacção do jogador. Já o GPGPU apenas trata de processamento genérico ligado a situações que são meramente decorativas e em nada interferem com a jogabilidade, como a animação de tecidos, nuvens, agua, folhas, partículas, etc. E nesse sentido a preocupação na paridade entre os dois não é a mesma.

Aliás, em termos gerais, nos jogos actuais apenas são usados alguns CUs para se conseguir os efeitos que todos conhecemos. Mas também é certo que isso depende daquilo que são as exigências do jogo, e que nada impede que elas subam radicalmente na nova geração.



Aliás, na PS4 temos um exemplo de um jogo que resolveu fazer algo que não seria possível na consola de outra forma. E para isso teve de processar todo o grafismo usando pura e exclusivamente o GPGPU. O jogo é The Tomorrow Children.

Em The Tomorrow Children, tudo é Ray Tracing: Luz (global e indirecta), sombras, reflexos, etc. Algo que a consola não é adequada para fazer, até porque não possui aceleração para isso, sendo o RT um tipo de cálculos demasiadamente intensivo para as capacidades do GPU. Mas The Tomorrow Children fê-lo! Mesmo tendo limitações, conseguiu com os limites gráficos que 1.84 Tflops sem aceleração permitem, fazê-lo. Mas para isso teve de quebrar o paradigma habitual dos videojogos, sendo que o jogo não usa sequer os elementos do pipeline gráfico do GPU, e tudo o que ali vemos é calculado pelo GPGPU, usando os CUs da PS5 na sua totalidade.

Sim, basicamente até podemos dizer que The Tomorrow childen dispensa a placa gráfica, excepto no facto de precisar da sua saída video para se ligar ao ecrã. Mas o facto é que tudo o que ali se vê é processado pelo GPGPU, usando a totalidade dos CU, não existindo nada da habitual geometria gerada à base de polígonos que constituem a imagem criada por um GPU.

O que isto implica é que um projecto deste género, que tentasse da mesma forma, usar o GPGPU para tentar trazer às novas consolas algum tipo de efeito que elas não suportem, teria na PS5 e na Xbox série X alguma paridade, com a capacidade de computação das consolas a ser muito próxima (18% de diferença). Já com a série S, a diferença é de 66.66%, o que é claramente limitador para os modelos superiores. Para todos os efeitos os 20 CU da S a 1565 Mhz equivalem-se a cerca de 17 CU da série X a 1825 Mhz, e esse é o limite de CUs para computação genérico que pode ser usado em jogos comuns.



Depois temos ainda uma outra diferença, que não engloba a PS5, mas que vai levar os possuidores da série X a desesperar. O SSD!

É que a velocidade do SSD da série S é igual ao da série S, possuindo uma transferência de 2.4 GB/s com dados brutos e de 4.8 GB/s com dados comprimidos, sendo que o GPU, apesar de mais lento, tem as mesmas capacidades.

Ora como sabemos, a PS5 possui uma capacidade anunciada (pré existência do Oodle Textures) de transferie 8 a 9 GB de dados (o que com o Oddle textures poderá subir em 40% – presumindo 100% de texturas). Mas mesmo aceitando os 8-9 GB, este será um valor para transferência de texturas 4K e 8K que vai competir com os 4.8 GB da Xbox série X para texturas iguais.

A questão é que a Série S não vai lidar com texturas a 4k ou 8K, mas sim 1440p ou 1080pe isto quer dizer que estas texturas serão menores, e o que ela tem de transferir é menos. Ou seja, a Xbox série S, de 299 euros, por transferir menos dados, terá uma eficiência do seu  SSD bastante mais próximo ao da PS5, que o da Xbox série X. Este SSD na série S será mais eficaz em streaming, e mais rápido a ler os níveis do que o da Série X. E no entanto a série X é o modelo topo de gama que custa mais 200 euros!

Uma situação que, de forma intrigante, a Microsoft deixou passar ao lado, e daí que não se admirem se passarem a ver a Microsoft a mostrar publicidade aos tempos de carga nesta consola em vez da X, pois aqui os números face à PS5 serão… mais bonitos.

Como se vê, esta consola não é algo que seja realmente interessante. Não cremos ser do interesse de ninguém que consolas de nova geração não sejam realmente um salto geracional, que possam limitar ou capaz uma nova experiência geracional. A geração PS2/Xbox  era a geração dos 640×480, a geração PS3/X360 a geração dos 720p, a geração PS4/Xnox One a geração 1080p, com as consolas de meio de geração a introduzir-nos nos 4K. A actual geração deveria ser a dos 4K-8K (em jogos indie), e ver isto a passar para os 1080p/1440p para uma consola como a S não é um salto em frente… É um passo atrás, e nesse sentido, não criticando as escolhas financeiras de quem optar por uma S, a realidade é que este é o tipo de produto que não nos parece ser desejável existir por passar uma mensagem que é aceitável limitar a evolução gráfica a nível qualitativo e de resoluções que sempre caracterizaram as consolas, a favor de se poder alcançar mais pessoas mais cedo.

Este era um produto com excelentes especificações para serem colocados numa consola portátil… mas numa consola de mesa o que efectivamente ali existe é algo que apresenta um salto geracional miserável.

Há muitas práticas na industria que na altura que apareceram pareciam boas, mas que agora todos vemos que não trouxeram afinal vantagens nenhumas e são alías algo que gostamos de ver desaparecer. mas recorde-se que elas existem porque foram suportadas. Daí que quando a este tipo de evolução de consolas, o que se pede é que quem quiser comprar uma Xbox série S, pense bem se é isto que querem realmente ter daqui para a frente. Porque a Microsoft já corta no suporte, já corta na qualidade dos jogos, e agora até nas capacidades do hardware base ela corta. E até ao momento o que se vê são os fans a aplaudir isso tudo! E numa altura em que a Xbox tinha a consola mais poderosa, acaba de lançar outra “Xbox One”, desta vez muito mais desfasada da concorrência que na geração passada. E daí a relevância do texto escrito acima a negrito que é o que deve levar as pessoas a pensar antes de comprarem esta consola.

 



4.9 13 votes
Avalie o nosso artigo
guest
231 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
bruno
bruno
2 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Excelente artigo Mario.

Acrescento somente as diferencas em geometria. Assets ocupam memoria e o carregar de assets+texturas e o tempo que isso demora que leva a que tenhamos loading tao elevados nesta geracao.

Com as limitacoes impostas pela S tanto no GPU como na RAM e possivel que uma das consolas de nova geracao acabe por apresentar mundos muito mais ricos e assets mais detalhados que a outra.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
2 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

E eu pensando que os consoles meio de geração foram ruins… Isso aqui já é um pesadelo.
Resta torcer pra que as pessoas façam uma escolha racional. Comecei essa atual geração pelo preço mais baixo e estou arrependido até hoje.

Rui
Rui
2 dias atrás

Não prevejo grandes problemas, a ps5 vai ser um hit comercial, a xbox vai voltar a ser um fiasco completo logo a xbox series S vai ser uma consola de nicho que os programadores vão ignorar desde cedo. Danos causados quase zero.

Agora em relação á consola em si, a mim custa me a entender como é que uma consola sem drive, com um sistema de cooling mais modesto, um chip bastante menor, um ssd menor e menos ram custa apenas menos 200 euros que a X, no meio destes artigos todos e as opiniões que vou lendo ainda não consegui perceber isto.

Na minha cabeça a S deveria custar entre 200 a 249.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Rui
2 dias atrás

Também acho que o preço deveria ser 249 no máximo. Se estivesse comprando em euro e vendo o que oferece o S e o X, por essa diferença eu não vejo porquê fazer uma economia porca dessa.
Espero do fundo do coração que as pessoas comprem o Series X invés desse S e ele seja um fracasso.
Não era isso que eu imaginava quando pensava em um console 1080p de nova geração.

Felipe Leite
Felipe Leite
Responder a  Rui
1 dia atrás

Pelo bem de nós consumidores, espero que a previsão do fiasco da Xbox seja errada.
Mas infelizmente com todas as trapalhadas que a Microsoft insiste em fazer, tenho muito receio que seja mesmo esse o caminho.
A Xbox merecia um tratamento melhor por parte da Microsoft

bruno
bruno
Responder a  Rui
1 dia atrás

Achas?

Eu ficaria espantado se a MS poupasse mais de 200$ com a S…

Drive e SSD sao uma redução de apenas 30$ cada, 60$ no total face à X.

A APU, se formos generosos talvez 50$. Mais que isto não.

Sistema de cooling… é apenas um dissipador mais pequeno(e nao sabemos se é vapor chamber) mas no maximo poupa 20$ e ja estou a ir muito por cima.

nETTo
nETTo
Responder a  Rui
1 dia atrás

Eu tenho a mesma dúvida

As opções.

A Microsoft está tendo considerável prejuízo com a XSX ou está fazendo dinheiro com a XSS.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Rui
1 dia atrás

A S é o console mais caro da geração se analisarmos especificações. Em comparação, se o ps5 digital custar 600 dólares, ainda seria um produto com custo x benefício mais interessante que a S. E se olharmos para specs brutas do SX, piora ainda mais.

Julio Esteves
Julio Esteves
2 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Artigo bem esclarecedor.
Mário, esqueceste de mencionar o tamanho do SSD de 512 gigas que terá que ceder
espaço para o sistema operacional, o cartão de memória novo (segundo dizem) deve custar 219 dólares. Então o custo/benefício (para quem pode) fica a favor de se comprar o XSX.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Julio Esteves
1 dia atrás

E ainda tem a questão dos 100gb de memória virtual, que ainda não foi esclarecido como funcionará na series S.

Hiago
Hiago
1 dia atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Eu vou mais fundo nessa questão, creio que o problema começou na geração passada com a escolha das cpus. O jaguar era demasiadamente fraco o que impede que nesse começo de nova geração se estenda muito os jogos crossgen. Eu não vejo problema nisso, nem que a atual geração depois de dois anos junto com a next-gen estivesse com jogos em 720p. Porém isso não seria possível porque como disse o processador é muito fraco e ai que vejo que o XSS entra para suprir essa deficiência. Ao me ver esse console deverá ter uma expectativa de eficiência sem grandes sacrifícios de 3 anos.
Nesse cenário eu digo que os consoles deveriam ser muito bem planejados para aguentar uma geração inteira e ainda mais 2 anos de transição é por isso que particularmente preferia que a Sony tivesse investido no PS5 com pelo menos 40CUs ativad (com o mesmo clock atual chegaria perto dos 12tflops!?) Memória RAM de 16 em 512gb/s e o processador a 3.8ghz com SMT. Estaria um pouco mais preparando para transição lá no futuro.

Kito
Kito
1 dia atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mário mais uma vez obrigado por mais esta análise.
Percebo e tenho as mesmas preocupações.
A MS deste modo está a restringir o mínimo ao qual todos deveriam ter acesso no mundo das consolas. E este não é o ponto chave pois desde sempre algumas pessoas jogam no pc com qualidade inferior às consolas.
Não esqueçamos que no pc sempre a opção low e a 30 fps, que não é o desejado, mas muitas vezes o possível para muitos.
O problema é que no pc cada um joga como quiser e puder, ninguém tem a garantia de nenhuma da marca que poderá jogar este, aquele, ou todos os jogos pc.
Nas consolas é diferente, quando compras uma consola, ela terá que ter suporte até ao fim de uma geração. A Series S é acessível, mas arriscada, pois o rescale para as consolas mais potentes poderá não ser possível para ter o jogo em qualidade mínima aceitável. Imagina um jogo inovador que explore ao máximo a Series X e a PS5,obrigando-as a rodar a 30 fps e com 1440p nativos escalados para 4k, como rodará na series s?
Acredito que a MS tenha feito estudos junto dos estúdios com experiência nas consolas e PC no sentido de balancear bem as componentes, mas me parece curto.
Parece-me que 8 Tflops e maior largura de banda das memórias balancearia melhor as coisas.
Abraço

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

E por isso é que sao liders no mercado gaming…

Eh pá, espera….

Kito
Kito
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Impressionante o que a Sony conseguiu fazer com a franquia spider man. O jogo nas mãos da Insomniac ganhou alma. É por isso que a especialização/exclusividade são defendidas. Elas permitem aos estúdios explorarem ao máximo uma consola e as ideias à volta de um jogo. E como sempre o suporte da Sony aos jogos single player exclusivos é de bater palmas. Eu não defendo nenhuma marca mas sim a qualidade e o trabalho. Gostaria de ver a MS ter tanto empenho nos exclusivo de qualidade, novas Ip’s.
Quem sairia a ganhar seriamos nós os amantes dos videojogos. A Sony ainda tentaria fazer melhor.
É como o CR7 e o Messi, um alimenta o outro.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Esse é do DLC da PS4..

Marco Antonio Brasil
1 dia atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Excelente argumentação!!! Pena que muita gente só pensa em brigar para defender uma marca e não faz uma reflexão.
Penso que, ao longo do tempo, a SS se mostrará um péssimo custo benefício.

Sparrow81
Sparrow81
1 dia atrás
Avalie o nosso artigo :
     

É torcer para que os exclusivos Sony impressionem nos primeiros meses de nova geração. Aí acho difícil na hora da compra a pessoa escolher um SS e até um SX no momento… Já imaginaram alguma pessoa leiga total em tecnologia vendo os jogos apresentados em uma tv na loja e se apaixonando pelo SS? Vocês acreditam que as lojas de varejo colocarão algum jogo rodando em TVs nesse console para apresentação?
Também tem a questão de desenvolvedores Triple A abandonarem a Xbox como um todo, inclusive a SX. O raciocínio será de desenvolver primeiro para PlayStation e depois para Xbox, como tendência… Se o Xbox não justificar o Port com vendas que justifiquem, serão cortados… Ora, o custo da SS é o valor de 5 jogos triple A hoje. Alguém aqui acha que as pessoas que comprarem o S por falta de condições, comprarão esses jogos de grandes orçamento ou ficarão em serviços baratos jogando AA e alguns triple A antigos que chegarem ao serviço e se chegarem? Não faz sentido economizar comprando o SS, pois se avaliarmos ele é caríssimo perto das outras ofertas next gen.
Por sinal, uma pergunta: Alguém sabe o que o SS tem de next gen? SSD e mais algo? Ray tracing para rodar em 1080p menos?

Marco Antonio Brasil
Responder a  Sparrow81
1 dia atrás

Tocaste em um ponto interessante que concordo. Perante o público leigo muito vai depender do impacto dos primeiros exclusivos do ps5.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Marco Antonio Brasil
1 dia atrás

Lojas grandes mostrarão jogos no PlayStation em tvs 4k… Na hora da pesquisa sobre opções, as pessoas sempre perguntam do que está sendo exibido na tela. É PlayStation 5 ou SX… Aí como fica um vendedor ao apresentar o SS como opção? Só se a pessoa achar caro os outros? Ou vai apresentar de cara já e falando sobre as desvantagens? Olha, esse console aqui não é para tvs 4k ok? A resolução máxima dele vai ser 1080p… Etc etc etc… É uma bomba até comercialmente… Pra vender isso será um desespero.

Guilherme
Guilherme
Responder a  Sparrow81
1 dia atrás

Se depender do “inpacto dos primeiros exclusivos” estamos fudidos pq geraçâo passada vieram com knack e killzone enquanto a ms veio com forza, ryse, dead rising e killer instinct, dps ainda veio titanfall e sunset overdrive, e dps ainda veuo halo e gears, os jogos exclusivos q a ms apresentou são bem mais interessantes q dlc e remake, e vcs tão fld isso como se o SS fosse um fracasso q os consumidores tem que ignorar o series X tbm q alias é mais poderoso

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Que 90% da lista do lado azul não importa e ninguém joga.

eduard08
eduard08
Responder a  Fernando Medeiros
1 dia atrás

O importante e haver escolha para todos os gostos
Mas o melhor mesmo e ter as 2 consolas 😉

Andrio
Andrio
Responder a  Fernando Medeiros
1 dia atrás

Olha quem apareceu com listinha de exclusivos pra inflar portifolio, mas tudo sem data kkkk

https://twitter.com/aarongreenberg/status/1306357638985179136

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Guilherme
1 dia atrás

Estamos falando com base em fatos que ele é um fracasso na evolução. E é. Não tem pra onde correr. Boa sorte com esse console incapaz.

Guilherme
Guilherme
Responder a  Sparrow81
1 dia atrás

Torcer pra ignorarem o xbox por causa do gamepass, aham vai sonhando, fica bem na cara que é um sonysta fanboy totalmente ignorante querendo q o xbox fique obsoleto, flr do SS blz, ai torcer pro ps5 trazer exclusivls de qualidade pro xbox ficar obsoleto é sacanagem

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Guilherme
1 dia atrás

Não é uma torcida, é o que deve acontecer. Você está se iludindo.

marcio
marcio
Responder a  Sparrow81
19 horas atrás

entao,sobre a questao da microsotf querer que a industria nao tenha mais qualidade(ela nao liga para isso,tudo o que ela busca como mencionado pelo autor e quantidade maxima)eu acho que se um dia isso vier a ser dominante,ou seja a microsoft ser dominante com o gamepass,as pessoas vao fazer uma revolucao e tudo vai voltar a caminhar como antes(as pessoas nao sao bobas,elas nao vao aceitar jogar jogos de qualidade precaria,elas aceitam o gamepass agora,porqeu tem uns tapa buraco la,tipo um tem um witcher aki um outro aaa ali,mas vendo o catalogo e muito jogo indie e de baixissima qualidade(90%do gamepass sao desse jogos)mas quando for inviavel fazer jogos aaa,ou de qualidade por as pesssoas nao compram mais ,porque jogam no gamepass,ai vira a revoluçao,porem penso que antes disso as produtoras ao ver que suas vendas estao abaixando nao vao mais disponibiliza los no catalogo e ai que vai quebrar o gamepass,porque as pessoas estao pensando a para que eu vou comprar o novo ciberpunk,um dia ele vai aparecer no gamepass mesmo(kkkkk olha isso)entao eu espero que as produtores travem isso,aquele halo infinite seria lançado como esta naquela demo,kkkk sim seria aquilo,so nao vai ser porque pessoas com bom senso do lado do xbox nao permitiram(mas nao se engane o que aquele era o jogo ja)

Deto
Deto
1 dia atrás

semi off:

https://youtu.be/qf_Uw-FJDLs?t=739

12:19 s “dar opção de uma versão do PS5 Digital é na verdade não dar opções, é ruim”

Esse vídeo é uma perola de tendenciosidade…

“Nossa, tem muita entrada de ar nesse console, vai entupir”
o SX com a parte superior inteira de abertura não vai entupir, nenhuma palavra

“Nossa, não vai caber no móvel”
e o SX que nem formato padrão tem para caber em móvel, nenhuma palavra.

aqui o video deles reagindo ao SS, UNICA OPÇÃO do console inteiro sem leitor de disco, NENHUM comentário negativo sobre “na verdade é não dar opções somente digital”

https://www.youtube.com/watch?v=mL4OC46VzFw

bom, sempre foi assim com o Richard… tudo do playstation ele acha defeitos para comentar, cheio de “medos e incertezas” mas com o xbox tudo é maravilhoso e nada tem ponto ruim.

Isso ai serve para quem leu boatos que a DF vai fazer o teardown do PS5…. nunca a Sony vai dar essa publicidade pra quem espalha FUD do Playstation.

Se lançar um console igual mas sem leitor já é cheio de problemas para o Richard, imagine se fosse a Sony com console mais fraco sem leitor

marcio
marcio
1 dia atrás

Mario, me surgiu uma duvida, essa geração é a geração com o menor aumento na ram 8 para 16, ou seja 2x, porem com SSDs e no caso da ps5, i/o super rapido, e no caso da xbox o tão falado 100gb de memoria virtal, não seria uma solução ?
Tipo os SSD podem ser usados como uma memoria ram efetiva no sistema ?

marcio
marcio
Responder a  marcio
1 dia atrás

Digo, solução* para esse “pequeno aumento” na ram, comparados a outras gerações.

Thais Gomes
Thais Gomes
1 dia atrás

Boa tarde!
É fácil para vários burgueses elitizados querendo definir o que é bom ou ruim apenas por tecnologia!
O mundo de hoje é o Rico massacrando o pobre!
Para o Burguês que tanto faz $500 ou $300, ou 3 mil,5 mil reais não vai mudar nada em sua vida, mas não se importam com o resto do mundo!
Querem “cagar” regras do que é certo ou errado!
Porque vocês burgueses elitizados não vão nos Twitter da Samsung da Lg e pedem somente produtos com tecnologia afinal de contas não é apenas isso que importam pra vocês?
Fall Guys não tem nada de tecnologia absurda e é o jogo que eu mais gosto!
Nem tudo na vida precisa ser o melhor para se divertir!!
Se vocês são burgueses e podem comprar o melhor PlayStation ou melhor Xbox, a melhor Placa de vídeo, as pessoas que não São afortunadas não podem jogar porque não vai ter o melhor aparelho?
Vocês querem que a roda gira com seus gostos pessoais, mas não se importam com o resto do mundo!
Vocês tem um preconceito enrustido com pessoas que não podem ter os mesmos aparelhos tecnológicos do que vocês!
Sejam mais humildes e humanos antes de tudo!!

bruno
bruno
Responder a  Thais Gomes
1 dia atrás

Sabe o que gosto nessa Logica, Thais?

A capacidade de considerar que uma consola capada que atrasa o desenvolvimento grafico e “bom” porque e acessivel para os “pobres”.

Mas o hardware mais poderoso e mais caro e “mau” porque so esta acessivel aos “ricos”.

Ignorando (querendo ignorar) que:

1 – Pessoas em dificuldades tem outras prioridades que estourar 60$/70$, nos jogos mais recentes; Logo o conceito de consola de nova geracao para os “pobres” por si so e um paradoxo;

2- As consolas de atual geracao ficam jogos cada vez mais baratos, mas sem perder qualidade, e que irao chegar as pessoas “pobres” que evidentemente por estarem no estado em que estao, nao os puderam adquirir antes;

3- Que a consola para os “pobres” curiosamente implica que nao se podam ceder ou dar jogos dado que nao tem suporte fisico logo levara a maior gasto em subscricoes;

4 – Que a consola para os “pobres” vai, potencialmente, diminuir e prejudicar a qualidade do que se ira receber, diminuindo o salto grafico – logo para que mudar de geracao (outro paradoxo).

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Nao se trata de ter direito ou nao…

Trata-se de moralismos sem logica…

Basicamente é vamo-nos manter na atual geração con XsS a oferecer meio salto, orque os “pobres” nao podem pagar os 499 da nova…

Quando se sabe quexesses mesmos “pobres” por estarem na situação em que estão ou não entraram ou acabaramde entrar na atual…

E por isso o “bom” é dizer a essas pessoas para gastar mais 300 m$ num hardware que é “novo” mas faz o mesmo porque não tem capacidade para mais…

marcio
marcio
Responder a  bruno
1 dia atrás

concordo com voce bruno.

Livio
Livio
Responder a  bruno
1 dia atrás

Um ponto a concordar com o Bruno, quem está a passar por dificuldades financeiras, principalmente neste período de pandemia, nem deveria pensar em consoles e/ou outros produtos não importantes para a sua sobrevivência.

Aqui trabalha eu e minha esposa, não somos burgueses, ambos pagamos mensalmente parcelas do imóvel adquirido para “ter onde cair morto”, fora isso tem gastos com filho pequeno e o que sobra no final do mês é muito pouco e mesmo assim eu poderia comprar um PS5 no lançamento (a depender do valor é claro!) por fazer o máximo de economia nos meses anteriores, mas não vou fazer devido as circunstâncias atuais e não sei o que o futuro nos reserva.

O pessoal daqui fala muito isso: “Tem um carrão mas não tem uma casa para morar”, ou seja, tem um carro, geralmente de alto valor, que te dá vários custos (combustível, manutenção) mas não tem um imóvel próprio para guardá-lo. Se tens mais prioridades na vida para quê pegar um console, seja XSX. XSS, PS5, Switch, SNES se o custo para você usufruir do aparelho é alto(pesquise os preços de cartuchos do SNES para ver o quanto são caros).

Livio
Livio
Responder a  Thais Gomes
1 dia atrás

Vaila que loucura, se fizer uma pesquisa aqui é capaz de ver que boa parte não tem nem traços de burguês!

Mas se contenta com jogos com a mínima qualidade o smartphone está aí para isso(e olhe que tem jogos com qualidade por lá), vais em qualquer lugar e jogas na hora que quiser.

Se eu opto por um console eu espero a melhor qualidade possivel para ele e não ficar a depender de jogar games das 3 gerações passadas enquanto os jogos da atual geração nem data para lançamento tem.

Não precisa ser burguês para comprar um Series X e um PS5, se tiveres disciplina no $$ que você conquista com o trabalho é possível você comprar estes aparelhos. Tenho conhecidos que comprarão o PS5 na janela do lançamento, são burgueses? Não, mas já começaram a juntar um pouco a cada mês há mais de um ano e/ou venderam seus consoles para ajudar na aquisição de um novo.

É cada um(a) que aparece.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Thais Gomes
1 dia atrás

Thais, eu sou pobre e quero que o console seja o melhor possível, é questão de prioridade de certa maneira, pois fico sem sair as vezes pra poder comprar meus jogos, a evolução não pode parar só porque eu não fiz um esforço pra conseguir as coisas, vamos continuar sem evolução tecnológica porquê algumas pessoas não podem pagar? Nesse ritmo estariamos muito atrasados.
Parafraseando Don Mattrick: “Para esses clientes temos o xbox 360” lol
PS; somos todos burgueses acredito, pois vivemos na cidade “burgos” (Pittsburgh, Edimburgo, Nova Friburgo etc). Essa é a origem dessa palavra, embora também tenha sido apropriado para se dirigir a classe média… o chamado proletariado (pobres) são conduzidos a odiar esse pessoal geralmente trabalhador e empreendedor e requerem mais estado, ainda mais direitos, inclusive o de ter tudo de graça ou muito barato, ignorando completamente o esforço e o altíssimo investimento em P&D, pessoal, impostos e quanto mais estado, mais impostos, prejudicando paradoxalmente o pobre mais ainda, pois o pouco que tem lhe será tirado… no fim das contas, quer ter as coisas? Vá pra escola, trabalhe ou seja empreendedor e trabalhe, mas não encha o saco de quem move o mundo pra frente ;p

Thais Gomes
Thais Gomes
Responder a  Carlos Zidane
1 dia atrás

Vocês ainda não entenderam e tem claramente Aporofobia enrustida, comentários como se é pobre não pode comprar vídeo game não é prioridade, o pobre não pode deixar que. Tecnologia não evolua, porque escolher um console menos poderoso.
Fora que em outros artigos que estava lendo alguma pessoas chegaram a chamar quem vai comprar Xbox S de burro.
Onde o mundo inteiro tentando fazer igualdade social e racial como na NBA aqui as pessoas com Aporofobia em prol da tecnologia que não pode parar.

Fora que em nenhum momento eu disse ser contra a tecnologia no vai lançar o Xbox Série X !

Então me respondam essas perguntas?
1 porque não pode ter o console mais fraco se você pode comprar o melhor porque ficar com Aporofobia de quem vai comprar o mais fraco?
A empresa não está dando duas opções porque tanto ódio de quem não vai ter o mais potente, sendo que nem São vocês que vao jogar no mais fraco.

2 não é regra ter que comprar jogos de $60 existe muitas promoções ou serviços que pode assinar por um mês e já cancelar pagando muito menos, paradoxo é achar que o console mais fraco vaí limitar o mais forte, limitado é a cabeça da pessoa que tem aversão de produtos inferiores!

3 eu tenho uma placa 1060ti 4gb eu jogo todos os jogos nela, aproveitando o gancho da resposta do colega, precisa jogar na qualidade minimamente aceitável isso relativo ninguém é obrigado achar que sua qualidade aceitável seja a mesma que a minha com minha placa eu jogo de tudo e a qualidade está muito aceitável pra mim, mas seguindo a lógico das pessoas que tem Aporofobia então deveria jogar minha placa fora porque el vai limite a RTX3080 e aliás porque vocês não compram essa placa, vocês não são contra a inclusão de pessoas que não podem jogar no console mais caro, então deveriam ter essa placa que é melhor do ué Xbox série X

Eu nunca nem tive um Xbox meu irmão de 12 anos esses dias fui na casa da minha mãe ele estava jogando no Xbox branquinho pequeno esse console é o que de 2013? Horas e até hoje está funcionando normal o jogo era Doom e me desculpa se aquilo não for qualidade minimamente aceitável pra você então deveria ter essa placa já que 3080 no mercado qualquer coisa dela eu posso falar que não vai ser minimamente aceitável!

Quem disse que o console vai durar meia geração?
O de 2013 está aí até hoje, isso depende seu ponto de vista, perto dessa placa nova qualquer console já está defasado!

Menos de 2% jogadores de Pc jogam em 4K preciso por link aqui?
Então 98% não está jogando em uma qualidade minimamente aceitável?

@Zidane Xbox série X ele vai ser bom apesar perto dessa nova placa fica defasado né?
Se você pode comprar o melhor console possível bom pra você legal vai se divertir no console mais potente ou se comprar o Melhor PlayStation a mesma coisa, porém porque ter aversão xingar e reclamar de quem vai jogar no mais barato?
Você não fez isso apenas suposição..

Se existe as duas versões de console no qual pode escolher o melhor, quem fica xingando o mais fraco não vejo outra coisa além de ter Aporofobia enrustida

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Thais Gomes
6 horas atrás

Thais, só agora vi seu comentário pois lembrei que isso poderia ter tido uma resposta, então;
Refere que talvez eu tenha aporofobia… Não. Está totalmente errado. O resto do que diz eu poderia tentar esclarecer as opiniões e tudo mas, percebi no comentário que você não entende muito de tecnologia e ainda menos do mundo em que vive.
Desculpe a estupidez mas, o Mário já respondeu tudo que precisava.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Thais Gomes
1 dia atrás

Não tem condições? Vai de Xbox one então… Tem milhares de jogos… Ou espera baixar os consoles de next gen… O que não dá pra aceitar é uma empresa tentar forçar goela abaixo de todos um padrão quase igual a atual geração numa nova geração, que sempre foi evolução grande em relação a gerações passadas. Entendeu a diferença? Entendeu que uma máquina pouca coisa superior a atual geração trava o desenvolvimento de coisas verdadeiramente next gen? É esse o ponto. Eu comprei super Nintendo 2 anos depois do lançamento, Nintendo 64 1 ano após o lançamento e ps4 apenas em 2015 com uma promoção… Quem pode gastar 300 no lançamento, pode também guardar mais dinheiro ou comprar um console da atual geração que estará muito bem servido.

Guilherme
Guilherme
1 dia atrás

Esse é o msm site q disse q o gamepass tem 1 mi de usuarios, sendo q ele tem na vdd 10 mi, n aceitam as mudanças q a microsoft está fzd na indústria

eduard08
eduard08
1 dia atrás
Avalie o nosso artigo :
     

A fnac aqui em França ja esta preparada para as reservaçoes da ps5, na folha que esta colada mostra mesmo que a saida esta prevista para Novembro
E a Micromania (GameStop) dizem que fazem as precomandas a partir de amanha

comment image

https://pbs.twimg.com/media/Eh-q72wX0AEE-Dj?format=png

eduard08
eduard08
Responder a  eduard08
1 dia atrás

Pelo que vi por aqui, algumas lojas da Micromania ja começaram mesmo hoje a fazer as reservaçoes, e o preço e 500€ pela ps5 e 400€ pela ps5 digital

Marco Antonio Brasil
Responder a  eduard08
1 dia atrás

Confirmado esse preço. Acho que era o esperado.

eduard08
eduard08
Responder a  Marco Antonio Brasil
1 dia atrás

Como tinha dito, aqui ja houve lojas que começaram a fazer as reservaçoes hoje, mesmo que oficiais e so a partir de amanha, e pelos vistos havera mesmo “poucas” consolas no lançamento

José Galvão
José Galvão
1 dia atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Caros amigos, está prestes a começar, vamos então a previsões, PS5 a 449 e PS5 Digital a 349.
Jogos de lançamento serão o Spiderman, Demons Souls e dentro da janela de lançamento, Ratchet e GT7.

eduard08
eduard08
Responder a  José Galvão
1 dia atrás

499 et 399 e 5 jogos no lançamento (apresentados hoje)
Data de saida por volta do 10 novembro

eduard08
eduard08
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Pelos preços como tinha dito ja sabia, a data sabia que era por volta do 10 de novembro
Ja sabia que hoje era mais para anunciar os preços e a data de saida, mas estava a espera de mais
Isso do PlayStation plus collector foi uma boa jogada, mas visto que nao bem o PlayStation plus, nao sei se vai ser a mesma coisa
Pelo resto a ver, em todo o caso nao penso comprar tento a ps5 ou a XSX logo na saida

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Precisam explicar melhor essa retrocompatibilidade por que não ficou clara.

https://www.eurogamer.pt/articles/2020-09-16-marvels-spider-man-miles-morales-tera-versoes-ps4-e-ps5

Falei que era cross…

bruno
bruno
Responder a  Fernando Medeiros
1 dia atrás

Pois precisam. Também não entendi isso. Mas de onde veio essa informação?

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Não entendi o PS+ collection.

José Galvão
José Galvão
Responder a  bruno
1 dia atrás

Isto não é nada de novo, na PS3 tinhas algo que era o Instant Game Collection, basicamente tinhas uma base fixa de jogos além das ofertas mensais.

Isto é algo do género só noutro nível.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Encontrei mais informações, aparentemente é uma resposta ao gamepass através da PS Plus mas não tão completa. Nenhuma menção à jogos lançamentos, mas alguns jogos de terceiros e alguns exclusivos estarão disponíveis para download aos assinantes, sem custos extras, mas a lista é pequena ainda, e alguns jogos que já estão ou passaram pelo gamepass como Batman, RE7 ou Mortal Kombat X.

eduard08
eduard08
Responder a  Fernando Medeiros
1 dia atrás

e alguns ja passaram pelo psn+

bruno
bruno
Responder a  Fernando Medeiros
1 dia atrás

Mas a resposta ao gamepass ja existe… chama-se PS Now.

Porque nao fundir os serviços?

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  bruno
1 dia atrás

Por que não né?
Acho que será no futuro, agora que o Xcloud também está no gamepass.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Portugal que é um mercado quase 100% PS vai receber o PS5 somente na 2ª leva, alguns países receberão dia 12/11

bruno
bruno
Responder a  Livio
1 dia atrás

se reparares, mercados onde a Xbox geralmente vende bem..

Livio
Livio
Responder a  bruno
1 dia atrás

exceto Japão

Hiago
Hiago
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Não vejo uma jogada de mestre, para mim a Sony fez esse evento para vender RTX. O evento mostrou vários multis que já foram apresentados em outros eventos. Esperava um Silent Hill, God of War foi apenas apresentado uma imagem, se tivessem mostrado dois segundos de gameplay já valeria a pena e Demon’s Souls para PC!?(WTF???). Sobre o preço esperava 50 dólares mais barato em uma das duas versões pelo menos. Cade a retro com PS2 e PS1 (nem vou citar o PS3)??? Para mim foi só decepção esse evento.

Fábio M.
Fábio M.
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 horas atrás

Onde? A Xbox Series S é X vão ser retrocomoatoveis com tudo que já é retrocompativel na Xbox desde o primeiro dia.

Entretanto aquela banheira de 500 euros só vai vai ter esses jogos e só se subscreveres ao PSN+?

lol

Livio
Livio
Responder a  José Galvão
1 dia atrás

antes de saber que seriam 2 modelos eu apostava nos 400, depois de saber que seriam 2 modelos também apostei nos 349 e 449, infelizmente não foi.

Só duas coisas valeram a pena nesse evento, o preço e Gow Ragnarok, que espero que seja lançado em 2021. De resto recebeu meu dislike no vídeo da versão em inglês, a começar pelo primeiro jogo que foi exibido em um PC.

Pelo visto a minha previsão de compra de um PS5 vai ser mesmo só para 2022/23 a não ser que tenha algo que me chame a atenção.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Falaram que o Horizon novo também terá versão PS4, é isso mesmo??? Sinceramente fiquei meio decepcionado

bruno
bruno
Responder a  Fernando Molina
1 dia atrás

E nao só… Demons Souls..
Exclusivo temporário e a chegar ao PC.

Boa Sony! Continua assim, que é o futuro… para teres consolas a não serem vendidas.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  bruno
1 dia atrás

Vou falar sinceramente, sem querer desmerecer nada, mas como Spider e Horizon vem também pro PS4, decidi pegar o Series X agora em Novembro que provavelmente será mais barato no Brasil pra jogar Cyberpunk 2077 e o The Medium, ano que vem pego o PS5, mas to até agora sem entender Spider e Horizon cross gen

José Galvão
José Galvão
Responder a  bruno
1 dia atrás

Essa do Demons Souls é que não percebi, se calhar o IP não é totalmente da Sony, porque razão o jogo pode sair na Series X além do PC?
Muito estranho mesmo…

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Confirmado pela Sony Mario, Horizon no ps4 também, e não duvido vir o novo GOW também

Lucas Diogo
Lucas Diogo
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Tem duas opções, ou eles tem equipas diferentes a fazer duas versões do jogo ou vai ser limitado.
Pelos vistos só vou comprar a PS5 para o final do próximo ano.
Fiquei muito desapontado com a Sony.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Do tanto de jogos cross gen apresentado, esses consoles poderiam ter ficado tranquilamente pro final de 2021, como já falou o Bruno

eduard08
eduard08
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

A sony afirma que o jogo foi feito a pensar na ps5 e em todas as novas tecnologias desta, falta agora ver a diferença nas duas consolas

Hiago
Hiago
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Estou achando ótimo, não queria entrar na next-gen logo de cara e se sair Granturismo 7 para meu PS4 eu estou feliz da vida kkkk

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Livio
1 dia atrás

Achei o evento ótimo e sincero.

Livio
Livio
Responder a  Fernando Medeiros
1 dia atrás

Para quem gostou dos últimos eventos da MS esse da Sony não seria muito diferente.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Livio
1 dia atrás

É que tem gente que fica feliz em ser enganado né? Ver gameplay falso, promessas que não podem ser cumpridas e venda de sonhos. Gosto de coisas realistas para alinhar as expectativas. Deve estar sendo um balde de água fria hoje pra quem passou 6 meses no mundo da lua dizendo que a MS estava segurando a nova geração e que a Sony iria mandar uma banana pra 115 milhões de clientes e lançar só jogos de PS5. Pra quem viu os gráficos de geração atual do Spider Man e do Horizon FW, e passou alguns meses fingindo que estava vendo nova geração.
Agora a realidade é que a MS tem mais exclusivos 100% de nova geração confirmados do que a Sony:

Forza 8
Hellblade 2
Fable
Avowed
State of Decay 3

Livio
Livio
Responder a  Fernando Medeiros
1 dia atrás

Mas olha, agora tá defendendo exclusivos, antes 4K semana passada 1080/1440 e agora isso? Mas diz a data deles. Falando nisso o que tem a mais nesses jogos aí citados, principalmente nos 3 primeiros e no último?

Legal você ter ficado feliz na CGI de Fable e State of Decay, afinal você também vive de sonhos!

Pelo menos não fico a defender eventos que não me agradam, não é a toa que assim que terminou deixei meu dislike lá.

E agradeço o evento, quanto mais adiar a compra do PS5 melhor para mim, pelo menos não comprarei um console de nova geração para jogar os games da geração atual.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Livio
1 dia atrás

Pelo visto só eu gostei do evento aqui hahahaa, e queria poder comprar o PS5 day one, mas…

Lucas Diogo
Lucas Diogo
Responder a  Carlos Zidane
1 dia atrás

Eu gostei do evento, Miles está incrivel e o seu moveset é interessante, mal posso esperar pelo jogo.
FFXVI faz-me lembrar uma mistura do 14 e 15, gostei.
O jogo de hogwarts pareceu-me interessante e GOW para 2021 é excelente.
Demon Souls está lindo.
O que me irritou é saber que horizon é cross-gen, tem grandes chances de ser limitado, pois não acho que irão fazer duas versões do jogo.
Miles e Sackboy cross-gen ok mas Horizon mandou o hype para baixo.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Lucas Diogo
6 horas atrás

Concordo, especialmente na parte do Horizon, realmente decepcionante, queria esse jogo totalmente PS5. Uma péssima notícia.
O caso do Hogwarts eu achei muito bonito o que foi mostrado, bacana demais, porém não sou muito fã de H. Potter então esse está fora por hora.
Demons Souls… Caramba, aquilo lá tá sensacional

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
1 dia atrás

Notícia de ultima hora, Sony enterra de vez a Xbox, God of War vindo aí.

Rui
Rui
1 dia atrás

Demon Souls gosto muito e tenho pena de não existir na xbox, de resto nada de especial e o preço esperado.

Venham os comparativos, para ver realmente quem tem o melhor hardware.

bruno
bruno
Responder a  Rui
1 dia atrás

Spider Man Miles Morales e FF XVI, dois jogaços.

E claro Hogwarts Legacy.

Rui
Rui
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

O god of war ascension também saiu na ps3 relativamente rápido e não foi por ai que foi um jogo brilhante pelo contrário.
Depois é assim Sr Mário você acha relevantes umas coisas eu acho outras, não temos de todos estar aqui a dizer amém ao que eu acho, ao que você acha e ao que o zé das iscas acha.

Quanto à oferta, bem os exclusivos ps4 e tirando os remasters ali são 9, para uma consola que tem dezenas de exclusivos maravilhosos ainda falta um bocadinho, depois aquilo é uma oferta boa para quem nunca tenha tido uma ps4 como por exemplo eu, mas em que moldes aquilo funciona? São para sempre? Ou saem uns e entram outros? Não percebi.

Depois existe a questão do Demon Souls, é um jogo que eu pessoalmente gostaria muito de ter na xbox, eu tenho o Demon Souls mas é para a ps3, “*Not available on other consoles for a limited time. Also available on PC.”, então mas a Sony não fazia estas maldades do pc e quais são as outras consolas?

Pontos de interrogação:

  • Exclusivos playstation only, afinal começam a ir para outros lados não um, não dois, não três já não sei quantos são que saem no pc. (coisa que só a malvada microsoft fazia)
  • Então após 2 décadas de preço dos jogos a 69.99 agora vamos passar a pagar 79.99?
  • O preço do plus também ele subiu.
  • Então mas lançar jogos cross gen não limitava o progresso? Não compravamos uma consola nova para jogar jogos impossiveis na consola anterior? Porque raio o Horizon 2 vai sair tambem ele na ps4 e secalhar no pc?
  • E a retro não se fala nada? Quando o vizinho tem retro day one com milhares de jogos de 4 gerações?

Eu esta geração devo de comprar a xbox SS (e mais tarde faço upgrade para a SX ou uma possivel SXPro) e devo tambem comprar a ps5 e fazer a ponte da ps3 para a ps5 na minha colecção, agora esta capacidade de ver coisas maravilhosas em todo o lado faz me confusão, do lado da sony claro, do lado da microsoft temos um VAR com 500 cameras a analisar cada palavra, cada gesto.

Falam do battaglia fazer zooms de 400%, por vezes sinto zooms de 1000% em tudo o que a microsoft faz.

Felipe Leite
Felipe Leite
1 dia atrás
Avalie o nosso artigo :
     

A Sony entrou com tudo agora!
Muito gameplay, FFXVI exclusivo em consolas e GOW.
E além disso as ofertas no psplus.
Com um preço competitivo.
Agora é a minha decisão final, Ps5 versão com leitor de bluray!

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  Felipe Leite
1 dia atrás

Somos dois!

bruno
bruno
Responder a  Felipe Leite
1 dia atrás

Eu nao. Ja decidi que só em 2021.

Se Horizon 2 tiver chegado.

Falhou o importante. O teardown.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
1 dia atrás

O Xbox Series S não vai limitar nada. Quem vai limitar é o domínio de mercado do PS5, os jogos serão definidos para 4K com a fidelidade do PS5 e permitirá sempre ser acima de 1080p no Series S e 4K com melhores gráficos no Series X.
É assim que sempre funciona.

Off: $399 Dólares do PS5 DE + $299 no Xbox Series S deve ser um combo muito vendido nessa geração. Par alguns países está de graça. Infelizmente para o Brasil onde a Sony vende jogo na loja online por R$270, a versão com disco sempre será melhor, pois os exclusivos são encontrados em boa promoções ou no mercado de segunda mão.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Você não tem como provar que existirão as limitações a que se refere no artigo, é um achismo, eu não tenho que explicar nada. O tempo vai mostrar o que acontece ou não.

Davi
Davi
1 dia atrás

Off topic!

Para quem achou o evento do Xbox Series X ruim, quero ver o que vão dizer do evento do PS5.
Cadê o SSD, cadê o raytracing, cadê os exclusivos (a maioria esmagadora dos jogos apresentados eram multi), cadê os jogos rodando no console?
Outra coisa, novamente vão remasterizar tudo no PS?
E os preços: $499,99 e $399,99!!! Parece que a torcida por $449 não surtiu efeito!
E alguél realmente acredita que GOW sai ano que vem? Mas uma vez a Sony ludibriando os sonystas!

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Davi
1 dia atrás

Isso aí é coisa de fanboy, o evento foi muito bacana, teve gameplay, teve jogos peso pesados… terrível esses damage control
Eu só na apresentação do novo God of War já achei que valeu meu tempo, são jogos fortes assim que me mantém no console, mesmo que leve um tempinho mais

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Poxa Mário, me permita me emocionar com as coisas, não custa nada pra ninguém.
Eu nem esperava isso de repente vem e ainda com um ano possível, que até acho pode ser adiado mas, ainda assim muito positivo.
Se eu visse o anúncio de GTA 6 oficial com foto e data… Seria satisfação maior ainda.. Se permite, afinal o site é seu.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
1 dia atrás

Bomba tambem de ultima hora Mário, exclusivos da PlayStation a sair data One no PC, começou vem e ja esta a começar mal, Demon souls para PC, ja se sabia eu sempre falei que isso ia acontecer, estava cheio de hype para o PS5, agora foi todo embora…

Lucas
Lucas
1 dia atrás

Aquilo que eu previ se confirmo, 399 para a digital. ótimo para o consumidor que é oque interessa.

Sobre o Final Fantasy, que coisa bizarra foi essa de capturado no PC emulando a experiencia do PS5? e oque foi mostrado parecia um jogo de PS4 no começo da geração. horrivel.

Spider-Man com gráfico de PS4 e agora confirmado para PS4 vai entender?, e os outros jogos ou são multi ou não são para esse ano, então assim como a Xbox, a PS5 vai ser lançada sem nenhum jogo verdadeiramente next-gen.

Gostei do Demon Souls mais olha isso – https://twitter.com/Nibellion/status/1306336961154646022

Oque seria esse PS Plus Collection? seria um gamepass da sony? não entendi essa parte.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

O IP de era da Sony mas pelos vistos deixou de ser, a única razão para ter deixado de ser é que no acordo de exclusividade do Bloodborne, a From Software faria o jogo mas os direitos do Demons Souls voltaria para a From.
Não vejo outra forma.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Pelos vistos alguém fez asneira nos videos do Final Fantasy e Demons Souls, o trailer deste ultimo foi mesmo apagado e a Sony já veio dizer que é exclusivo PS5, ponto.
O Final já teve o trailer editado onde informa que o jogo é exclusivo temporário, durante algum tempo nem o PC nem a Xbox terão o jogo.

O que não gostei mesmo nada foi a confirmação de que os jogos first partie vão passar a custar mais 10 euros, ou seja 79.99€

Gabriel Cardoso
Gabriel Cardoso
1 dia atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Olá amigos do velho continente! Sou do Brasil e acredito que o Xbox Series S vai utilizar da estratégia que a maioria da empresas globais utilizam, ou seja, ter um catálogo de produtos que possa atender diferentes classes econômicas. Eu sei que a realidade da Europa é bem diferente da América, sobretudo a Latina, mas vocês precisam entender que os preços deste tipo de produto são muito caros por aqui, e que a grande maioria não pode nem sonhar em pagar 500 dólares ou 500 euros em um vídeo game!
Vamos dizer assim, o Iphone é o smartphone mais premium do mercado hoje, você pode utilizar todas as funções, ter uma ótima tela, jogar, tirar boas fotos… Mas é caro, nem todos podem comprar o Iphone (eu mesmo sigo com meu Galaxy S6 Edge), mas a grande maioria quer utilizar das funções que um Iphone disponibiliza, mesmo que sejam com qualidade inferior! Aí que entra a expertise da Microsoft, sendo que as pessoas querem jogar os novos jogos, querem jogar o FIFA 2021, querem jogar o novo Batman e querem estar próximos do que o mercado coloca como atual, mas não podem gastar 400 dólares… porém, fazendo economias, podem comprar um Series S.
A sacada em países emergenciais não é só qualidade, é custo benefício! Eu gostaria de uma Ferrari, mas o que cabe no meu bolso é um Fiat Panda… Até porque eu preciso de um carro que faça 14 Km/ L e não de um que faça 3 Km/L.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

300 dólares o console capado contra 400 do PS5 digital, que é o mesmo PS5, o produto principal e não terá problemas como os referidos nos artigos aqui?
Sei não hein…
Me parece uma poupança bomba

Gabriel Cardoso
Gabriel Cardoso
Responder a  Carlos Zidane
1 dia atrás

A questão é que no Brasil a diferença entre o Series S e o PS5 Digital tem uma diferença de 1 salário mínimo e meio… Países emergentes tem mais impostos… enfim, a diferença não é absurda, mas para quem tem pouco, é um mês de salário!

Daniel
Daniel
Responder a  Mário Armão Ferreira
23 horas atrás

Então Mário, o salário mínimo no Brasil é R$1045,00.
O preço de lançamento no mercado nacional será
Ps5 base: R$4999,90
Ps5 all digital: R$4499,90 (uma sacanagem aqui, pois está custando 90% do console base; ai chegará por 80%)
Historicamente, a Microsoft sempre conseguiu lançar seus consoles a um preço mais convidativo, pelo menos na atual geração, sem contar que no mercado cinza o console da Sony tmb é encontrado mais caro, em função da demanda, e do peso da marca playstation no Brasil; os lojistas aproveitam isso. O PS4 Pro, se não o mesmo preço, se encontra mais caro que o One X.
Pode ser marmelada, mas tem alguns lojistas e “influencers” no Brasil soltando alguns spoilers sobre o preço do console da Microsoft;
Series S: R$2499,90
Series X: R$4299,90
Por esses preços, o Series S ficaria a 2 salários mínimos do Ps5 All Digital, e não tem como falar que não seria uma boa opção, dentro da realidade do país. Pelo menos aqui, em 12x sem juros, a confirmar esses preços, o console da Microsoft venderá muito bem kkkk.

Andrio
Andrio
1 dia atrás
Avalie o nosso artigo :
     

[OFF] Que coisa estranha

-Spider Miles e Horizon vão sair para o ps4

Lucas
Lucas
Responder a  Andrio
1 dia atrás
Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

A Sony já apagou o vídeo que tinha esse print.

Lucas Diogo
Lucas Diogo
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás
Andrio
Andrio
Responder a  Lucas
1 dia atrás

Já foi removido o video, acredito eu que erraram isso.

Livio
Livio
Responder a  Andrio
1 dia atrás

Se Horizon sair para PS4 aí que demoro para ir para o PS5

bruno
bruno
Responder a  Livio
1 dia atrás

Eu tb!

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
1 dia atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Sony da uma de cavalo de Tróia na Xbox, e Depois se detona por dentro com ela própria ao anunciar Demons souls para PC, e também pode vir a chegar noutras consolas também, sendo assim vou gastar muito dinheiro num PC é verdade, mas todos os exclusivos Sony irei piratear com força, quem eu por último eu melhor 😂😂😂😂, e o novo Horazion depois de Demons e mais que certo também de day One no PC.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

EU já não percebo mais nada do marketing do ps5, o que sinto é que ainda vou ser enganado por marketing de 5 berlindes. Sony não esta a ser clara no seu marketing e isso pode abrir processo futuramente para ela, agora até o miles morales e horaizon 2 vão ser cross gen fora que o horazion 2 estão a vender como exclusivo ps5 e pode dar a cara no pc logo de seguida e com isso iludir os menos atentos, está chefia é uma autêntica bosta, se não fosse o nome playstation e o legado eu até dizia que isto era uma piada de mau gosto.

eduard08
eduard08
1 dia atrás

Aqui em França a Micromania, mostra no sote deles que vao fazer packs ps5
Pack sport 569.98€ Com a Ps5 + um segundo comando + fifa 21 ou nba 2k21 edition mamba forever (ou seja consola + jogo e o comando oferta)
E tem mais 2 packs

https://www.micromania.fr/consoles-ps5.html

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
1 dia atrás

Parece que o digital edition a $399 vai exigir que a conta seja paga de outro jeito:

https://www.eurogamer.pt/articles/2020-09-16-exclusivos-ps5-vao-custar-79-99-euros-mais-caros-do-que-na-ps4#comments

79 Euros?

É sério que a Sony já cobra mais dos tradicionais 60 euros? Achei que era só no Brasil que o preço dos exclusivos do Playstation são muito altos.
Para a galera do terceiro mundo, o PS5 DE não compensa. O que faz o Series S valer a pena é o Game Pass, senão também não compensaria. Mesmo pra mim, que tenho mais de 100 jogos no Xbox One e só 15 são físicos, não compensa ter um console só digital. Jogos físicos costumam ter promoções interessantes. Tenho algumas coisas interessantes dessa geração por preços ridiculamente baixos para o Brasil e não comprados longe do lançamento, e nenhum de mercado cinza:

MGSV = R$90 – Kabum
Forza Horizon 3 = R$69 – Magazine Luiza
Quantum Break = R$70 – Kabum
Gears of War 4 = R$160 (Em lançamento) – Lojas Americanas

Ainda assim, meu último jogo físico foi em 2017, Forza Motorsport 7 comprado por impulso na BGS após ter feito o teste no devkit do Xbox One X.

Inevitavelmente eu terei na seguinte ordem:

Xbox Series X
PS5 com leitor
Xbox Series S

Para mim faz sentido ter dois Xbox,tem mais de dois jogadores em casa que jogam games da MS ao mesmo tempo, e um deles não é perfeccionista a ponto de se preocupar com os 4K. O Series X fará o papel que meu One X faz, a plataforma principal dos multis e exclusivos MS. O Series S será meu console do quarto. E PS5 pra coisas da Sony, mas só vale a pena lá pra 2022, com uma biblioteca mais ideal.
Então por que o Xbox logo?
Já tenho negócio fechado no meu One Fat com Kinect, quero jogar com as altas taxas de frame, não tenho TVs com HDMI 2.1, mas tenho a frequência de 120hz e freesync na QLED (HDMI 2.0b), e o Xbox permite definir o output para resolução menor (1080 e 1440) o que deve me permitir desfrutar da alta taxa.
Por que o Series S?
Posso vender o One X por um bom preço em relação ao excelente preço que paguei, ele é o console 4K, o Series S é “1080p”.
Por que demorar com o PS5?
O PS4 pegou no tranco só em 2016, os jogos vão continuar sendo 30fps e já tem uns crossgen confirmados. Por que trocar antes? Alguém duvida que alguns jogos ainda vão ser adiados?

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Medeiros
1 dia atrás

Enquanto existir consoles com drive, eu me nego a me entregar ao monopólio do digital. E isso é a maioria… As pesquisas mostram que o digital deve vender metade do tradicional no caso do ps5.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
Responder a  Sparrow81
1 dia atrás

Nesta gen fui qua-se 100 all digital por causa do conforto de não sair de casa etc, mas nesta além de ter um ssd pifa e agora os jogos custar 80 euros vou voltar a ser outra vez 100 físico, ao menos consigo ganhar dinheiro ao revender outra vez, é caso para dizer, à males que bem por vêm…

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Fernando Medeiros
1 dia atrás

Caramba! Você odeia mesmo o PlayStation hein?! O evento foi bacana com sistem sellers e você está desesperado no controle de danos…
Look man, as pessoas vão comprar o que elas acharem o mais adequado a elas, nem precisa se dar ao trabalho de labutar grátis pra MS, a menos que te faça sentir melhor e aliviar todo esse stress

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Carlos Zidane
1 dia atrás

Sério que voce não está nem um pouco incomodado da Sony ter feito o mesmo que a Microsoft, mentir na cara dura???

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Fernando Molina
1 dia atrás

A que se refere exatamente?

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Carlos Zidane
1 dia atrás

Dos jogos cross gen, que a Sony disse que não aconteceria, visto que a empresa acreditava no potencial da transicao de geracões, porém hoje a explicacão foi que é tudo questão de dar opcão ao publico, se eu te disesse que essa frase foi do tio Phil vc acreditaria né kkkkk

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Fernando Molina
1 dia atrás

Todos esses jogos vão sair no PS4? Interessante. Então eles foram cretinos. Por outro lado, agora voltaram a ser pró consumidor então, como dizem os fanboy’s xbox. É uma coisa boa não?

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Carlos Zidane
1 dia atrás

Adcional: você está rindo do quê? Te agrada quando a Sony vai mal e faz alguma merda? Não tenho alegria nenhuma em ver o Phil Spencer se contradizer 365 (366 bissexto) dias por ano

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Carlos Zidane
23 horas atrás

Caramba mano, mas voces se doem por nada, eu não to rindo da Sony ou de situação nenhuma, só coloquei a risada no comentário pelo fato do discurso da Sony e da Microsoft quanto ao cross gen agora ser o mesmo, relaxa mais, não estou tirando sarro de ninguém, só é interessante como o mundo dá voltas, e interessante quando os comentários do Deto por exemplo vem cheio de ironias tirando sarro voces não ligam

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Mário Armão Ferreira
22 horas atrás

Exato, e em nenhum momento disse isso, continuo achando as politicas da MS terriveis e o Series S uma bomba

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Fernando Molina
18 horas atrás

É claro que não vou ligar, pois ele não tá defendendo MS que só faz besteira no que você refere, só está afirmando a realidade, a MS é uma cretina de carteirinha e merece toda porrada até mudar de direção.
A Sony agora sim está dando razão pra isso, só não entendi porquê achar isso engraçado, quem dá uma direção boa pro negócio começa a avacalhar também, não vejo graça nisso

Marco Antonio Brasil
Responder a  Fernando Molina
22 horas atrás

@Fernando Molina eu concordo com você! Marketing da Sony se igualou ao da MS!
E digo mais: tirando as trapalhadas da dupla Phil & Greenberg eu retiro minhas criticas ao marketing da MS. Tendo em vista o caminho escolhido pela Sony, por mais que eu não goste reconheço que apostar em crossgen e Series S foi uma ideia perfeita, só foi muito mal executada, pois ocorreram dois grandes erros: a inexplicavelmente amadora apresentação do Halo e o fato de não terem focado seus estúdios novos em ter gameplay para mostrar na apresentação de agosto.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Marco Antonio Brasil
22 horas atrás

Mano, pra te falar a verdade, não acho a idéia da MS perfeita, longe disso, continuo achando esse Series S uma bomba, porém agora depois de ontem acabaram as brigas, a nova geração está oficialmente limitada, por MS e Sony também

Marco Antonio Brasil
Responder a  Fernando Molina
21 horas atrás

Isso Fernando, concordo contigo, quis fazer uma ironia para desabafar.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Fernando Molina
18 horas atrás

Agora sim concordo contigo

Lucas Diogo
Lucas Diogo
Responder a  Mário Armão Ferreira
22 horas atrás

Miles e Sackboy para mim era indiferente ser cross-gen mas Horizon, essa doeu.
Agora a chance de ter montarias voadoras é pequena, só se eles fizerem duas versões do jogo, ai não vou ter problemas.
Por enquanto eles têm 3 jogos cross-gen, não digo que eles estão no mesmo nível da Microsoft pois eles ainda têm jogos exclusivos no lançamento e no primeiro ano, uma boa quantia para falar a verdade, mas o problema foi não terem sido honestos de início. Isso dou crédito à Micro.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Mário Armão Ferreira
22 horas atrás

O problema agora é: quando veremos esses jogos não limitados?? achei que seria agora em Novembro, mas fomos enganados novamente

Lucas Diogo
Lucas Diogo
Responder a  Fernando Molina
21 horas atrás

Demon Souls é no lançamento, tal com destruction All Stars e tens depois Ratchet que disseram que é na janela de lançamento. Não tira o facto de Horizon ser cross ser desapontante, sendo a unica forma de ser next gen é fazer duas versões do jogo, uma para a ps4 todo capada e a verdadeira versão para ps5, tipo o Shadow of mordor onde a versão ps3 não tinha o sistema nemasis.

Lucas Diogo
Lucas Diogo
Responder a  Mário Armão Ferreira
21 horas atrás

Eu também não, só estava a dizer qual seria a unica forma de Horizon não ser limitado pela ps4, mas para isso era preciso de gastar mais.

Felipe Leite
Felipe Leite
Responder a  Mário Armão Ferreira
22 horas atrás

“Ninguém deve estar desiludido,” disse Ryan. “As versões PS5 desses jogos foram construídas de raiz para tirar proveito das funcionalidades da PS5 e temos um método de upgrade para os utilizadores da PS4, para receberem as versões PS5 gratuitamente.”
Palavras do Jim Ryan

Pelo gameplay mostrado, não tenho razão para duvidar.
Pela contradição, não tenho motivos para acreditar.

Como fico no final?

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
21 horas atrás

Face a estas noticias tive reaccoes mistas.

Por um lado, foi bom confirmar aquilo que sempre afirmei.. que apesar de bonito, o que foi visto nao parecia muito melhor que a geracao atual sobretudo face as techdemos de motores como o UE4 ou Unity.

Isto da-me esperanca de poder ver melhor no futuro.

Horizon 2 foi uma surpresa porque apesar de os assets estarem com o detalhe esperado da atual geracao (falo da vegetacao), a quantidade de elementos, dimensao dos niveis, e mesmo detalhes da personagem principal e os famosos caranguejos pareciam apontar para algo impossivel nesta gen.

Acreditaria mais depressa num GT7 cross-gen do que em Horizon 2…

E acrescento tambem que tanto Demons Souls e Ratchet e Clank poderiam aparecer na atual geracao nao fosse o RT e os loadings. (bem, Demons souls tem personagens mais detalhados que o standard atual…)

Miles-Morales sempre o considerei cross-gen… e o trailer inicial nunca me vendeu next-gen…

Por outro lado…

Horizon 2 ser cross-gen e limitado pela geracao atual e um erro enorme. Horizon 2 e dos titulos mais capazes de vender a geracao (e para mim o equivalente ao Avatar nos IPs da Sony), o conceito daria para efeitos graficos que venderiam o novo hardware a acho que a Sony aqui esta a fazer asneira da grossa…

Mas o pior, e a Sony vir com esta, nesta altura. Sei porque o esta a fazer… custo de desenvolvimento vs vendas, mas o inicio da geracao e altura para “perder dinheiro” e seria melhor perder dinheiro aqui e entregar next-gen do que estourar em exclusividades temporarias o que se afirma que andou a estourar. Acho isto apenas ma administracao.

Depois de tanta insistencia e afirmacoes de que a “acreditam em geracoes” anunciar jogos AAA para a PS5 e depois revelar pela calada que sao cross-gen (apesar de o aspeto ser assim)… e muito, muito mau em termos de credibilidade e nao augura nada de bom para o Jim Ryan.

Parece que esta nova administracao nao entende o que motivou a fidelizacao dos clientes e pior, que e muito facil perder isso com atitudes destas. A Sony nao precisa de um Phil Spencer.

Fico a aguardar pelo artigo de amanha.

Marco Antonio Brasil
Responder a  bruno
21 horas atrás

Ótima análise @bruno, especialmente quanto ao Horizon2. Confesso que eu estava com uma expectativa (ou esperança) do jogo se aproximar da techdemo UE5. Mas se concluímos que o Series S vai “prender” os jogos da nova geração o que dizer do PS4?
Teremos belos gráficos, sem dúvida (gostei de demon´s souls) mas “true nextgen”? nah.

Livio
Livio
Responder a  bruno
20 horas atrás

Desde ontem venho a comentar em um grupo que joga GT que não ficaria surpreso se GT7 aparecer no PS4. Entre GT7, Horizon 2 e Spider, GT7 foi o que menos se diferenciou de jogos da atual geração, mas eles acham que não.

Deto
Deto
Responder a  bruno
20 horas atrás

e da para notar que tudo foi feito para faturar fácil.

DS que obviamente poderia rodar no PS4, não roda pq é titulo de lançamento… ai tem que vender PS5.

mas como em 2021 todo mundo vai estar comprando PS5 mesmo, HFW vai ser crossgen pq nessa altura o fluxo de vendas de PS5 já estão consolidadas.

Não estranharei se a Sony anunciar o fim da fabricação de PS4/PRO ANTES do lançamento do HFW

pura jogada para lucro fácil, o que menos importa foi salto geracional e desenvolvimento dos jogos… apenas vendas.

pq se o que importasse fosse os jogos, HFW não poderia ser portado para PS4 e DS pode e deveria.

Se fosse o contrário, HFW em 2020 e DS em 2021, garanto para vc que HFW seria somente no PS5 e DS iria sair no PS4 também.

esse Jin ai só olhou no “excel”:

“para lançar o PS5, DS vai ser somente no PS5 apesar de ser um port fácil para PS4, MAS HFW que poderia ser pesado de inicio ao fim para PS5, não vai pq quando sair esse jogo a gente já vai estar com fluxo de vendas de PS5 consolidadas, então lucro fácil portando para PS4.”

Andrio
Andrio
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 horas atrás

Então mario, tinha visto que os jogos estão sendo feitos no ps5 e vão ser portados para o ps4. Será que estão trabalhando com 2 times de desenvolvimento?

bruno
bruno
Responder a  Andrio
20 horas atrás

Os rumores na realidade indicam o contrario… estes jogos estavam a ser feitos para a PS4 e a Sony obrigou as equipas a faze-los para a PS5. Mas tomou algumas decisoes questionaveis.

Daniel
Daniel
Responder a  Mário Armão Ferreira
20 horas atrás

Quero ver gameplay desse Horizon 2, mas não achei nada demais no Spiderman. Acho que é culpa do TLOU2, ou então a comparação Ps4 vs Ps5 pode me fazer mudar de ideia.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Mário Armão Ferreira
21 horas atrás

Sim sim Mário, eu concordo 100% contigo: “torna é ambas em algo mau”. Quis apenar fazer uma ironia para desabafar contra a Sony, após ter passado meses a defender sua politica e criticar pesadamente o marketing da MS.

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Carlos Zidane
1 dia atrás

As pessoas no Brasil vão comprar aquilo que cabe no bolso delas, igual o PS1 e o PS2 que se encontrava jogos pirata na feira por 10 reais, igual o 360 que tinha vários desbloqueios e update de desbloqueio. Eu acho sensacional o bando de brasileiro que paga pau pra uma empresa igual a Sony que ta cagando pro consumidor. Eu estou falando como brasileiro, e com a realidade do país. Um lugar onde video game é caro e cada jogo custará 350 reais. Qual o sentido de comprar rápido um console que não tem quase nada e o que tem é caríssimo?
E a parte mais irônica é a seguinte, aqui no PC Manias tem um monte de brasileiro que vai na onda do Mario e endossa que o Series S é uma porcaria e que o Game Pass vai matar a indústria, e ironicamente esses dois elementos serão a única opção de muitos para viver a nova geração por anos. E sim, a maioria dos brasileiros dizendo que vai comprar no lançamento e mais não sei quantos jogos, é mentiroso. Em um país onde a renda média da população é inferior a 2000 reais, comemorar um console digital de 4500 reais com jogos a 350 conto, sem update gratuito dos exclusivos, DLC standalone vendida a preço cheio, e sem garantia de retrocompatibilidade total, isso é caso de internação.
Sem saber o preço, o Xbox já é a primeira opção pra quem é do Brasil, e mesmo que o X custe os mesmos 5000 reais, a retrocompatibilidade total com o One, os jogos de 360, o catalogo do gamepass, e a compatibilidade de acessórios já agregaram muito mais valor que o PS5.

Livio
Livio
Responder a  Fernando Medeiros
1 dia atrás

O problema é que citas uma situação como se fosse totalmente nova, a economia brasileira já vem em crise há no mínimo 3 anos, gamePass existe há mais de 3 anos, porquẽ então até agora o Xbox não deu um up nas vendas no Brasil? Com o lançamento do Series S também teremos um console caríssimo (previsões de mais de 3 mil reais) e não tem quase nada (onde estão os first party da nova geração? Aqueles que vc já se gabou logo acima.). Então para quê comprar um Series S para jogar games das gerações anteriores em 1080p se encontras Xbox One por preço 5 a 6 vezes mais barato? Olha que bela economia!

Aqui um link com Xbox One usado a partir de 600 reais (https://games.mercadolivre.com.br/consoles/usado/xbox-one_Desde_145_OrderId_PRICE), porque essa quantidade só aumenta?

Infelizmente o sitio não armazena os comentários datados de mais de um ano, senão verias o porquê, segundo você, um monte de brasileiro vai na onda do Mário. Diga qual das suas alegações de anos anteriores se tornaram realidade e diga quais as do Mário foram mentiras. De molho secreto a Xbox One S e Xbox One X, sempre foram decisões da MS que reverteriam a situação e faria com que os brasileiros voltassem para o Xbox…enfim será que acertarás dessa vez? Visto que incorporou um vidente e já diz que o Xbox é a primeira opção para quem mora no Brasil, além de defender no Xbox Series X o que criticas ter no PS5, caríssimo e não tem quase nada que justifique a compra, somente jogos first de gerações anteriores. E o pior, pelo menos no lado da Sony terás novos jogos first tanto para PS4 quanto para PS5 no lançamento, quais novos jogos first do Xbox que sejam tanto do One quanto do Series você terá no lançamento?

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Livio
22 horas atrás

Quais minhas alegações que se tornaram reais?

O PS5 seria mais fraco que o Xbox – Certo

O Xbox de meio de geração seria melhor que o PS4 de meio de geração – Certo

Crossgen serão comuns no período de transição por que a tecnologia não é tão diferente e existe uma curva de adoção para os jogos somente de nova geração – a Sony disse ontem que eu estou certo

Jogos AAA de nova geração não se pagam no modelo atual e o futuro passa por serviços de subscrição ou aumento de preços- A Sony confirmou que eu estou certo

De 2013, eu achava que os consoles deveriam ser lançados com dois SKUs diferentes para não ficarem presos em especificações insuficientes e atender quem quer pagar barato e quem quer melhor hardware – Aconteceu

O futuro do mercado será digital – Aconteceu, aqueles que criticavam o fato de você não poder guardar uma caixa na prateleira, agora precisam engolir um PS5 digital e alguns, dizer que vão compra-lo

A confirmar:

O Series S não vai atrasar a nova geração – Existem desenvolvedores que dizem que não será problema, mas apenas os que apareceram pra reclamar ganham notoriedade com artigos. O atrasar a geração vai depender muito de motores presos a forma como a geração atual funciona, ou que não conseguem escalar adequadamente. Já teve um dev da DICE, que desenvolve jogos tecnicamente muito bons, dizendo que para o Frostbite não será nenhum problema. Então você tem a Remedy com seu motor datado de 2010, e os devs de COD que fazem um jogo por ano reclamando de ter mais trabalho. O possível problema da falta de memória para efeitos e geometria não vai acontecer por causa do… SSD que tanto falam a meses mas ainda pensam que é uma GPU secundária. Se uma demonstração como a da UE5 mantém um streming de texturas de apenas 800MB/s, mesmo desperdiçando recursos com texturas 8k, recursos novos como SFS e VRS farão uso inteligente da memória e combinados, darão ao Series S mais memória útil que até o Xbox One X, principalmente por que não há necessidade de renderizar e carregar ativos de 4K, e isso vai economizar um caminhão de memória. Além disso, esse é um console que não tem a obrigação de ser o produto principal, a MS e os devs já disseram que iniciam o trabalho no X e o S recebe os cortes, com o devkit atuando em mostrar aos devs quais recursos consome mais. Apenas jogos com desenvolvimento legado podem ver alguma restrição de memória, mas a maioria destes estará no Xbox One também. Então não, não será um problema, ou pelo menos não será um problema para estúdios tecnicamente avançados.

O Xbox terá um sucesso maior nessa geração – dessa vez não tem kinect, não tem resolutiongate e não vai ter video de como empresta jogo pra versão digital

O SSD não vai fechar a lacuna gráfica – se confirmará ao longo da geração

Os exclusivos não são o maior motivo das altas vendas do PS4 – se confirmará ao longo da geração, basta o PS5 não conseguir repetir os números do PS4

Felipe Leite
Felipe Leite
Responder a  Fernando Medeiros
22 horas atrás

A sério…
Faz um favor para você mesmo e para de vir ao Pcmanias.
Você já deixou claro que não gosta dos artigos, passa o tempo a atacar o Mário e todos os que pensam de forma diferente de você.
Simplesmente se preserva! Para de vir aqui e pronto! Seja feliz com as suas escolhas e suas certezas!

bruno
bruno
Responder a  Fernando Medeiros
20 horas atrás

Que tal estas?

“Xbox de meio de geracao vai vender que nem agua nos estados unidos e ultrapassar a PS4”- nao ocorreu.

“Xbox de meio de geracao representa inicio de nova geracao” – nao… a geracao continuou a mesma e a consola roda o mesmo que as bases.

“Esclusivos nao importam e Xbox de meio de geracao vai provar isso ao inverter vendas” – nao inverteu vendas e a PS4 Pro concerteza vendeu mais que as duas versoes Xbox juntas em certos meses.

Sobre as tuas alegacoes, que consideras certas… tens certeza?

“PS5 seria mais fraco que o Xbox” – em teraflops sim, em performance esta por ver-se. Curiosamente a PS5 farta-se de apresentar melhores graficos, melhores efeitos (imenso RT, loadings super rapidos) que a Xbox ja apresentou…

“Crossgen serao comuns no inicio de geracao” – lucky guess dado que nao tinhas bases nenhumas para justificar isto. Isto nunca ocorreu antes e esta a ocorrer agora nao se sabe porque.

“Jogos AAA de nova gercao nao se pagam e o futuro passa por servicos de subscricao ou aumento de precos” – dado que todos os estudios AAA da Sony continuam a produzir sequelas, estao a contratar gente, a MS cortou no suporte e na qualidade e apostou nos servicos de subscricao e a Sony continua a recusar lancar isso em servicos de subscricao afirmando mesmo que financeiramente nao faz sentido… nada comprova o que dizes. Sobre o aumentar de precos… foi escolha deles. Foi necessidade? Isso esta por ver-se. E tambem esta por ver-se se dara certo.

“Desde de 2013 os consoles deveriam ter sido lancados com dois SKUs diferentes” – em 2013 poderias ter tido PS4 Pro mas nao terias tido ONE X. tendo em conta o output das duas consolas e o que a PS4 base recebeu, nada prova o que dizes. Pelo contrario, o reduzido racio de vendas das consolas de meio de geracao, a falta de inovacao grafica e o uso de cross gen apenas comprova que efectivamente o hardware que indicas que nao duraria tinha e tem pernas para andar.

“O futuro do mercado sera digital” – A Sony produziu uma quantidade muito limitada de PS5 DE… a Xbos SAD empancou nas lojas… demasiado cedo para dizer isso. Nao tens provas.

Sobre as alegacoes que ainda estas em duvida

Xbox series S – sobre o nao atrasar a geracao isso sera muito facil de ver. Basta comparar o output grafico da PS5 com aquilo que a Xbox vai receber. Se ja nesta geracao a Xbo ficou a perder, na proxima como sera? Devs que programam principalmente para pc claro nao tem problemas. Fifa nao tem porblemas, mas fifia reciclava versoes antigas, colocava na PS2 e mentia dizendo que era equivalente a ultima versao a correr na PS3. Tem muito mais credibilidade os produtores da Remedy, que tem um dos motores maiz exigentes graficamente (ao contratio da treta que afirmas) e da ID Software que fazem jogos graficamente cuidados. E estes sao referencias series porque fazem jogos, nao reciclam o jogo anterior ano a ano.

Sobre os 800 Mb/s isso e mentira. Com a velocidade do SSD, o streaming de dados para ter o sistema nanite (nao texturas como erradamente afirmas) a funcionar foi 800 Mb. Mas isso so foi possivel por causa da velocidade do SSD que permitiu nao carregar mais de modo a poder gerar o frame. Logo sim, a SSD talvez valha tanto quanto uma GPU secundaria!

Sobre os ativos de 4k, claramente nao percebeste o que ocorreu… tu carregaste assets com detalhe poligonal ate 8K -so assim poderias ter essa geometria e isso… so implicou um streaming de dados comprimidos (streaming, significa apenas o que tem que ser refrescado de 800 Mb em dados comprimidos). Sobre eles serem precisos ou um exagero… eu gasto dinheiro em consolas para ter melhoria em dois pontos graficos e jogabilidade. Os graficos tambem influenciam a jogabilidade. Logo sim, sao necessarios.

Claro… Rise of the Tomb Raider e The Witcher tambem so receberam cortes… para a Swtich e 360 respectivamente.

“Xbox tera maior sucesso esta geracao” – talvez, entre ofercer jogos no gamepass, consoles capados a 300$ para joguinhos gamepass e a Sony a nao entregar graficos next gen no inicio, ate pode ser que arranque melhor. Os polls apontam para o contrario contudo.

“O SSD nao fechara a lacuna grafica” – pois nao, so a vai abrir. Mas no sentido contrario ao que referes. E que recorda, neste momento a PS5 ja esta a bater a Xbox e com jogos cross-gen.. Com o avancar da geracao mais a PS5 entregara.

“Exclusivos nao sao o maior motivo das altas vendas da PS4, basta o PS5 nao repetir os numeros de vendas da PS5” – tu dizes isso… os numeros de vendas da PS5, os record de vendas a cada nova entrega de titulos do PS Studios, o falhanco da ONE X e da geracao ONE mesmo com gamepass ja presente provam que o tu dizes e mentira.

E nao.. basta o racio manter-se o mesmo, basta a Sony ir na frente,… enumero de vendas podem ser influenciados pelo facto de os exclusivos continuarem a chegar a geracao anterior, pelo facto de continuarem a ser liberados para PC, por problemas de stock, pela crise economica mundial que se avizinha..

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Fernando Medeiros
1 dia atrás

Fernando o que você fala é só tirar conveniência do que é a favor do xbox, e falar do que é negativo do outro lado, já inválida qualquer tipo de diálogo, daí eu falo que em dólar que é a moeda que o mundo se norteia está assim e assado, vem dizer em realidade brasileira… Tenha dó, todo mundo sabe que aqui seria um preço absurdo.
Não vejo vantagem no gamepass como você, assino e não jogo NADA de lá, só testei o Gears 5 pra ver se comprava, pois não gosto, detesto aluguel. Retrocompatibilidade?! Eu por acaso vou ter tempo de jogar jogo de PS1 que não me interessa mais quando eu levo meses pra terminar um Assassins Creed?! Pra mim o gamepass pelos motivos que o Mário já cansou de explicar (melhor que eu pois não tenho esse dom, mas concordo totalmente) é um cavalo de Tróia na minha visão sim, se bobear já dei mais dinheiro pro xbox que muito fanboy chorão por aí na internet, e não me refiro a ti
Então não, não vejo vantagem alguma no Xbox principalmente porquê se a Sony lançar os jogos todos pra PC, eu não compro PS5 nem por 1000 reais
Pronto

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
1 dia atrás

https://www.theenemy.com.br/playstation/playstation-5-preco-brasil

Tomamos mais uma vez

R$4999,00 Com disco
R$4499,00 Digital

R$350,00 os jogos.

O Series X no Chile vai estar pelo equivalente a R$3600,00. Quero ver os preços no Brasil…

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Medeiros
1 dia atrás

E quem é maluco de comprar console de forma oficial no Brasil? Esses preços são ótimos para no Paraguai não entrarem na mesma que entraram no lançamento do ps4, que lá estava por 750 dólares no lançamento… Pagarei no máximo 3.500 no lançamento o com drive e recebendo em casa ainda.

Deto
Deto
Responder a  Sparrow81
1 dia atrás

onde vc acha q chega nesse preço?

por 3k sem leitor, vou comprar certo.

eduard08
eduard08
1 dia atrás

Agora ja e quase confirmado que os preços vao aumentar, acho que a próxima gen para mim vai esperar um bom bocado, pagar 80€ por um jogo e muito
E o pior e que em quase tudo e o mesmo preço em $ e em € e no jogos passamos de 69$ para 79€

https://blog.playstation.com/2020/09/16/playstation-5-launches-in-november-starting-at-399-for-ps5-digital-edition-and-499-for-ps5-with-ultra-hd-blu-ray-disc-drive/

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  eduard08
1 dia atrás

Compre o com drive. Inacreditavelmente a mídia física é mais barata já na atual geração…

eduard08
eduard08
Responder a  Sparrow81
1 dia atrás

Isso para mim nem e questao que se coloque ou e com leitor ou nao e nenhuma
A sony actualisou a pagina do blog e ja tem la todas as características da ps5
Um pouco desiludido com o leitor blu ray que so le ate 100gb

Lucas
Lucas
1 dia atrás
Rodrigo
Rodrigo
1 dia atrás

Com esse artigo Mário você virou um burguês elitizado? Brincadeira! Esse é mais um tipo de crítica de quem não tem o costume de acessar a Pcmanias. Esse foi um artigo muito bem escrito.

Fazendo uma pequena discordância, eu acho que não se deveria fazer comparações entre o Séries S e o Xbox One X e o PS4 Pro, porque essas duas consolas foram quase que totalmente subutilizadas, não receberam nenhum jogo criado especialmente para elas, praticamente só serviram para aumentar a resolução das consolas de base. Nenhum jogo foi criado do zero para tirar proveito do hardware delas.

Eu acho que uma comparação justa seria entre o hardware do Xbox One/PS4 e o Séries S. Nesse caso se verifica que o Séries S é uma grande atualização, tirando a questão da memória disponível que ficou quase a mesma. Como eu já comentei em um outro artigo, fazendo uma equivalência com o PC, é como se agente tivesse um PC equipado com uma Radeon HD 7770 GHz edition com um pequeno overclock e fizesse um upgrade para uma Geforce GTX 1660 ou uma Radeon RX 590.

Essa é apenas uma opinião minha, eu nem tenho interesse em adquirir essas consolas sem leitor de disco. O meu interesse é iniciar essa geração com o PS5. Eu até pensei que o PS5 ia ser anunciado por um preço bem maior que o PS4 Pro, mas não foi o caso.

Rodrigo
Rodrigo
Responder a  Mário Armão Ferreira
19 horas atrás

No gráfico comparativo você colocou o nome PS4 Pro/One X na comparação de performance e memória disponível, por isso que eu citei.

A melhor Xbox da geração antiga não foi quase que totalmente subutilizada? Como agente pode fazer comparação com a One X se não existe nenhum jogo disponível que mostre do que ela é capaz? Apenas jogos do Xbox One em uma resolução bem maior. Só é possível fazer comparações das especificações. E mesmo assim ainda não é uma comparação plena porque ninguém sabe ainda qual é o real avanço da arquitetura RDNA 2 presente no Séries S.

Você tem em certeza disso Mário, que a nível de performance gráfica a Séries S não é muito diferente da One?

Vou citar o exemplo que fiz no comentário anterior mais uma vez: uma Radeon RX 590 não é muito superior em comparação com uma Radeon HD 7770 GHz edition?

Felipe Leite
Felipe Leite
1 dia atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Isso é mais uma prova da criatividade da Nintendo!
Não há hipótese de não amar isso!

Off topic : Mario, o artigo do showcase sai hoje??

Edson
Edson
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Isso era esperado! PlayStation vende indiscutivelmente, mas msm eu tendo gostado do evento, duas coisas me chamaram a atenção negativamente. A primeira é o espaço do BR tendo 100gb pelo que me parece. O segundo foi os games que antes seriam do ps5, mas agora tbm irão sair para o ps4.

eduard08
eduard08
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Pelo que soube da parte de um vendedor de uma loja independente, aqui em França so havera 50.000 consolas no lançamento, ele nem pode confirmar ao clientes se tera ou quantas tera no lançamento

Hennan
Hennan
Responder a  Mário Armão Ferreira
23 horas atrás

Triste. Já era esperado o sucesso. Mas 70 dolares num jogo para mim é inaceitável. Gostaria de ver um boicote. Provavelmente voltarei ao PC ou aos corsários. Pena que gosto bastante dos exclusivos da Sony.

Kito
Kito
Responder a  Mário Armão Ferreira
22 horas atrás

A PS5 será novamente um sucesso em vendas. Eu sempre tive PS. Da PS1 até PS2 comprei-as logo após o lançamento. Já a PS3 só a arranjei após o lançamento da PS4. Nesta altura estava focado no PC. Actualmente jogo os exclusivos da PS3, The last of Us, God of war Ascension, Persona 5, Uncharted 3 e muitos outros.
Apesar de possuir um pc com uma GTX 1660ti e um I5 8400 e jogar os últimos lançamentos desta plataforma, tem sido na PS3 que tenho tido o maior prazer em jogar.
Estou ansioso para ter a PS5 e usufruir das excelentes ofertas exclusivas da PS4, bem como da PS5 que estão por vir.

Andrio
Andrio
Responder a  Mário Armão Ferreira
21 horas atrás

Pelo o que eu to vendo, o estoque está se esgotando rapido. ate aqui no brasil o pessoal ta comprando em peso.

Ah, estou aguardando seu artigo de amanha, show case ate que foi legal, mas o pós…

Felipe Leite
Felipe Leite
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Boa! Tem alguns pontos que me estão a deixar maluco.
Acho que estão a voltar a se achar dominantes.
Havia tempo que após tomar uma decisão de adquirir um produto, eu não ficava tão receoso!

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Felipe Leite
1 dia atrás

Exatamente, apesar de eu ter adorado o que vi ontem tenho muitas resalvas sobre o que a Sony revelou, mas vou esperar o artigo de amanha para discutir no lugar apropriado.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 dia atrás

Falando nisso, já viste a traseira da consola?

Repara no comprimento que tens desde a ligações (usb, hdmi) ao topo…

Aquilo é tudo motherboard. É enorme!

Talvez maior que a PS3, que tinha cpu e gpu discreto.

Uma coisa que não entendi é o que fazer para expandir o SSD..

eduard08
eduard08
Responder a  bruno
1 dia atrás

A consola mede 390 mm x 104 mm x 260 mm (largura x altura x comprimento) com 4.5 kg
para a fisica e mm x 92 mm x 260 mm para a digital com 3.9kg
Isto sem contar com a parte que depansa no cima das consolas
Para a memoria externa sera por usb pois tem USB Type-A (Hi-Speed USB) Port USB Type-A (Super-Speed USB 10 Gbps) x2 Port USB Type-C (Super-Speed USB 10 Gbps

bruno
bruno
Responder a  eduard08
1 dia atrás

Obrigado pelas medidas. Mas enganaste-te algures ai…

Se na vertical e considerando a expressao em largura x altura x comprimento tens

260 x 390 x 140

Se deitada, terás…

260 x 140 x 390

Para a versão com disco.

Seja como for o importante não são as ligações… O importante é todo o comprimento que vai desde o ultimo USB ao topo… na posição vertical…

Isso associado à largura e posição da drive torna a consola naquela com maior motherboard.

eduard08
eduard08
Responder a  bruno
21 horas atrás

PS5: Approx. 390mm x 104mm x 260mm (width x height x depth)(excludes largest projection, excludes Base)PS5 Digital Edition: Approx. 390mm x 92mm x 260mm (width x height x depth)(excludes largest projection, excludes Base)
Enganei-me na traduçao, é largura x altura x profundidade
E o que esta escrito no blog PlayStation oficial

https://blog.playstation.com/2020/09/16/playstation-5-launches-in-november-starting-at-399-for-ps5-digital-edition-and-499-for-ps5-with-ultra-hd-blu-ray-disc-drive/
Ai tens tudo sobre a ps5

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  bruno
1 dia atrás

Será que tem coisas ainda sem revelar?
Digo dentro do console.

Também fiquei curioso quanto ha expandir o SSD, mas é esperar o teardown para ver

bruno
bruno
Responder a  Daniel Torres
23 horas atrás

Talvez sim, talvez nao…
Provavelmente nao…Nao sei.

Ha muitas, muitas, incongruencias.

A verdade e que a Sony nunca de forma oficial anunciou e definiu os specs como a MS o fez, em que apresentou a APU, fez o teardown,… apenas sugeriu.

Eu vou ao site oficial da PS5 e nao tenho uma spec sheet. So a tenho do PS blog. E mesmo o Marc Cerny, primeiro usou 36 CU como exemplo (refere mesmo para nao levar os valores em conta, mas apenas os tomar como exemplo, ao comprar os tamanhos dos CUs) e usa os 36 Cus para falar nos relogios e em quantos teraflops aquilo resulta… mas no final da apresentacao nao chega ao fim e fala nos specs finais.

Os unicos specs temos vieram primeiro da DF que os escreveu em reaccao a conferencia…

Mesmo o CPU foi referido no artigo da wired, apenas e as clocks no conferencia da GDC em relacao ao gpu de 36 Compute Units.

E com isto, so quero dizer que… nao ha nem houve spec sheet oficial,…

Adiciona a isto…

  • Tamanho descomunal da consola, vs outras consolas (maior ate que a PS3 fat);
  • Tamanho enorme da motherboard vs outras consolas;
  • Imensas patentes da Sony em sistemas de refrigeracao (duplo heat sinc, dos dois lados do PCB – o design da consola parece apontar para isso, uso de metal liquido);
  • Patente recente da Sony sobre metodologia para uso de duplo (multiplo) GPU/APU – aplicado quer a servidores quer a consolas…
  • Rumor recente que a PS5 possui uma cahce de 128 mb (embora o tamanho estimado desta cache seja de 136 mm2 o que inviabiliza a coisa – mas pode estar errado)
  • Rumor (surgiu pouco depois da publicacao da patente) de que a RDNA3 apostara num design chiplet como o Zen2.

Ha explicacoes para isto:

Tamanho da consola e da motherboard: devido as altas velocidades de relogio do GPU e CPU mais o controlador de memoria mais o SSD, pode gerar muito calor tendo levado a necessidade de uma caixa enorme (por exemplo o que ocorreu com a series X);

Contudo a 5700XT consegue ir aos 2000 mhz em overclock sem necessitar de liquid cooling…

Patentes: podem ser usadas ou nao…

Rumores: nao passam disso… rumores.

Por isso quero muito ver o teardown..

Reinaldo
Reinaldo
1 dia atrás

Compensa mais comprar o série x do que o ps5!!isso sem dúvidas!!
Mais olhando pra qual propósito deste console ele vai entregar muito pagando pouco!!
E lógico que este console não vai entregar o que o série x vai !!
Mais pras pessoas que não são aficxionafas em gráfico
que querem se divertir vai ser uma ótima opção!
Pro pai que não quer gastar tanto pois tem milhares de coisas pra pagar e quer presentear o filho vai ser ótimo tmb!!
A pessoa que escreveu esse texto e bem tendenciosa falar que o game pass e ruim por que vai afetar a indústria me poupe!!
Nós como consumidores deveríamos agradecer a Microsoft pelo serviço maravilhoso que é o game pass!!afinal jogar game tem que ser um robe não algo que faça vc gastar todo seu salário!!!

Sergio
Sergio
23 horas atrás

Concordaria com tudo que disse se em algum ponto da próxima geração as desenvolvedoras de jogos resolvessem fazer jogos em 1080p. Mas parece ponto pacífico que os consoles top de linha de ambas as marcas foram desenvolvidos para o 4k.

E o argumento de que quem tem poucos recursos financeiros deve escolher os consoles da atual geração não leva em consideração o atual patamar de preços. Tanto Xbox One S quanto PS4 base custam quase o preço do valor anunciado do Series S. Se houvesse uma redução de preços deles com certeza seriam opções interessantes.

GovernadorMA
GovernadorMA
22 horas atrás

Mais um artigo cheio de achismo. Porque não procura fazer um artigo sobre o porque do Switch, console jurássico, com arquitetura, armazenamento e desempenho defasados é um sucesso estrondoso no mundo inteiro?

By-mission
By-mission
19 horas atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Ok, vamos lá:
Spyderman MM e Horizon FW serão mantidos com as versões PS4?

Claro que sim.
O CPU Jaguar no PS4, e literalmente o maior problema aqui. Talvez alguém já tenha notado, mas 2 núcleos da CPU do PS5 rendem mais do que todos os 8 núcleos do PS4, sem falar no ganho extra da arquitetura.
Então, o que estamos recebendo?
comment image
Ativos PS4 ..

O fato é que uma versão PS4 tem que funcionar no PS4. Então você simplesmente não pode cortar a CPU, a geometria e o design tem que ser os mesmos em ambas as versões ou não são o mesmo jogo, então começar disso já é um problema:
Insominiac (e nenhum detalhe foi dado ainda) usando 1080p30fps PS4 como a versão básica do Spyderman (MM) 4k60fps é mais do que obrigatória na versão PS5, pois estamos vendo uma diferença de quase 10 vezes na potência bruta. (Sem contar a arquitetura de otimizações).
comment image

Até mesmo o pobre SSD é subutilizado aqui, já que o jogo precisa rodar no HD 5400 rpm. Literalmente começa o PS5 com 4 pneus furados.
E se a crítica de Halo foi sobre uma versão do Xbox One atrasando a nova geração, aqui a Sony ficou presa na poça…
O Horizon FW aparentemente vai sofrer literalmente o dobro, enquanto a Insominiac tem dois títulos e a Guerrilla tem se concentrado neste jogo desde 2018 (isso seria seja o Halo da Sony) o jogo mais importante no PS5, rebaixado para crossgen … a escala do mapa, distância, a própria mecânica do jogo e interação com o mundo, geometria e claro RAM serão literalmente para outros jogos …

Aproveitando God of War Ragnarok terá uma versão PS4?
Acho que não, porque eles não disseram nada sobre Rachet e Clank, então é 80% exclusivo do PS5 (mas é claro se você me dissesse que Horizon FW tem uma versão PS4, eu também duvidaria e te acusaria de FUD )

Marco Antonio Brasil
Responder a  By-mission
13 horas atrás

Pois é @by-mission reclamamos tanto de que a Series S irá travara geração, o que dizer de ter que fazer jogos compatíveis com PS4? Deixaste bem evidente isso em sua análise. E bem colocado, 4K60fps obrigatório no PS5!
Acho que foi o Bruno quem falou, é até aceitável Spider MM sair para o PS4 mas incompreensível o Horizon ser limitado pela antiga geração! O jogo que deveria ser um chamariz para a tecnologia da nova geração, o primeiro grande system seller. Me pergunto quando teremos jogos “true nextgen”…

Thiaguito
Thiaguito
Responder a  Mário Armão Ferreira
5 horas atrás

Mario, series S não travará o series X, a diferença do xone pro one x na gpu é de 4.5x, a diferença de gpu do series S para o series X é de 3x.

Pq insistem nisso? Não haverá limitação algumas, a cpu é a mesma com clock levemente mais baixo e mesmo ssd.

Vitor PG
Vitor PG
17 horas atrás

Mário sei q não gostas, mas não tem como não chamar esse péssimo serviço de mendigopass, não é que nem a PSNOW q não coloca os lançamentos da SONY day one, mendigopass é um câncer e só quem é muito fanboy defende essa porcaria

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Vitor PG
16 horas atrás

Única coisa que acho ruim disso aí é se ele começar a dar dinheiro e inclusive a Sony e outros forem por esse caminho, já vimos que a qualidade dos jogos tendem a cair, esse é o problema.
Tirando isso, por mim não tem problema.
Eu pago essa coisa pra jogar online somente, queria ter a opção de um pagamento só pra isso, já que tem que pagar, pois no PC não paga 🙁
Comecei a geração pelo One então meu GTA online por exemplo que tive um trabalho gigantesco pra ter todas as minhas coisas, e como não faço glitch eu não iria começar de novo no PlayStation de jeito nenhum, resultado: pagando gamepass sem querer

error: Conteúdo protegido