O que se passa com a performance de Hitman 3 nas consolas?

0 0 votes
Avalie o nosso artigo

A performance das consolas é bastante abaixo do esperado, especialmente na PS5. Haverá falta de otimização ou outros fatores em jogo?

As análises a Hitman 3 revelam que o jogo corre com resoluções fixas em todas as consolas, não possuindo assim possibilidade de resoluções dinâmicas.

A tabela de baixo resume o que a Digital Foundry encontrou a nível de qualidade gráfica, resoluções e fotogramas, em todas as consolas de mesa para que o jogo foi lançado.

View post on imgur.com

Analisando apenas e exclusivamente a linha de cima, relativa às consolas Xbox tudo aparenta alguma normalidade. Vamos ver as configurações face ao que o PC apresenta:



A Xbox One corre a 900p, 30 fps, com as sombras em Low as texturas em Medium, e a filtragem das texturas a 4x. Por sua vez, a One X fica-se pelos 1440p, 30 fps, devido a um aumento na qualidade das sombras e texturas face à Xbox One, para Medium e High, respectivamente. A Série S fica-se pelos 1080p, duplicando os fotogramas (para 60) mas mantendo a qualidade das sombras em Low face à One, passando no entanto a qualidade das texturas para algo equivalente à One X, ou seja, High, e passando a filtragem das texturas para 8x.
Já a Série X aparenta a normalidade ao alcançar os 4K, 60 fps, com a qualidade das sombras em High, subindo as texturas para Ultra e mantendo a filtragem em 8x.

Quando analisamos a linha de baixo, relativa às consolas Playstation, estranhamos os resultados da PS5, mas no entanto até poderíamos considerar a coisa como relativamente normal.

A PS4 corre a 1080p. 30 fps, com a qualidade das sombras em Low, as texturas as Medium. A PS4 Pro oferece dois modos: 1440p, 30 fps, ou 1080p, 60 fps. A qualidade das sombras sobe face à PS4 para Medium,  bem como as texturas que passam a High. A filtragem mantem-se no máximo, em 8x.
A PS5 duplica os fotogramas face à PS4 Pro no modo 1440p,  igualando o que esta oferece a 1080p (60 fps, não indicados na foto), mantêm a qualidade das sombras em medium e passa as texturas para ultra. A resolução sobe para 1800p.

A grande confusão surge quando metemos tudo ao barulho.

Aqui o que vemos é que a PS4 Pro se porta melhor que a Xbox série S. Ambas as consolas correm a 1080p, 60 fps, com filtragem de texturas a 8x e a qualidade das texturas em High. Mas no entanto a PS4 Pro oferece sombras em Medium, ao passo que a série S se fica pelo Low.

Isto é uma clara anormalidade. Apesar de a PS4 Pro ter 4.2 Tflops e a Série S apenas 4 Tflops estamos a falar de um GPU baseado no GCN 1.1 com algumas alterações derivadas da Polaris, face a um GPU de última geração baseado no RDNA 2. As diferenças de rendimento interno são enormes, e como tal não se compreende que a PS4 Pro consiga bater a Xbox série S. Aliás, sabendo-se que a Série X é 3,03 vezes superior à Série S, o ela estar a apresentar uma resolução 4x superior mostra claramente que a S está aqui sub aproveitada.



De resto, o salto em performance da One X para a One é de 4,56 vezes mais (1,31 Tflops contra 6 Tflops).  No entanto a série X não consegue chegar aos 1600p, o que representaria um salto de resolução equivalente a essa diferença de performance. A sua resolução, em número de pixels no ecrã, é apenas 2.56 vezes superior (2560*1440/1600/900). Basicamente a consola fica abaixo do esperado, apesar de melhorar a qualidade das texturas e das sombras, mas mantendo a filtragem das texturas em 4X.

Curiosamente a PS4 Pro faz melhor!

Apesar de uma diferença de 44% na performance face à One X, a PS4 Pro oferece os mesmos 1440p, 30 fps, igualmente com as texturas em Medium, e a qualidade das texturas em High, mas com o bonus da filtragem de texturas alcançar agora os 8x (4x na One X).

 O resultado só não se revela verdadeiramente superior uma vez que a Pro tem flutuações nos fotogramas, ao passo que a One X consegue manter-se estável. Mas tal não invalida que as escolhas da equipa para as performances sejam, mais uma vez estranhas.

Ora a diferença de performance da PS4 Pro para a PS4 é de 2.28 vezes mais, sendo que 1080p 60 fps são 2 vezes mais que a PS4 base, e 1440p 30 fps são 1,77 vezes mais que a PS4 base. Até aqui nada de anormal, pelo que a questão que se deve colocar é apenas sobre o motivo das flutuações de performance da Pro a 1440p uma vez que a PS4 base se comporta. Eventualmente tal poderia ser resolvido com uma redução da filtragem para os 4X, o que ainda criaria uma disparidade face à One X ao oferecer a mesma performance com menos 44% de potência.



Ora passando da Pro para a PS5 temos um aumento de 2,56 mais performance. o que não chega sequer para duplicar os fotogramas face aos 1440p e chegar aos 1800p. Mas de 1080p 60 fps para 1800p 60 fps bastariam 2,77 vezes mais, algo que com os ganhos de rendimento do RDNA 2 se explica.

Perante estes dados torna-se difícil tirar alguma coerência dos mesmos, algo que só piora quando metemos o PC ao barulho.

Vamos ver alguns benchmarks do PC e comparar com as consolas de nova geração.

Os benchmarks de cima mostram resultados do PC a 4K nativos, com o seguinte nível de detalhe:



.

Aqui vemos que, com os parâmetros de cima, a RX 5700 XT consegue médias de 67 fps, e a RX 5700 consegue médias de 61 fps.

Estamos aqui a falar de dois GPUs RDNA 1, um deles, a 5700 XT, com 40 CUs debitando 9.754 Tflops, e o outro com 36 CUs que debita 7.949 Tflops.

Basicamente ambos os GPUs são inferiores à PS5, o que é agravado pelo facto de o ambiente em que estão a correr ter um API mais pesado e com grande número de layers de abstração, o que não lhe permite obter as mesmas performances do hardware que um ambiente optimizado de uma consola.



Mas no entanto, ambos os GPUs alcançam médias perfeitamente enquadradas para os 4K a 60 fps.

Convêm ainda referir algumas diferenças face às consolas:

O HDR está desactivado. Nas consolas está activo. Este é porém um parâmetro sem peso digno desse nome no processamento.

O nível de detalhe está configurado para Ultra, e de acordo com a DF as consolas possuem um nível de detalhe Base.

As texturas estão em High, as consolas estão em Ultra.



O anisotropic filtering está a 16x, as consolas estão a 8x.

O Screen Space Ambient Oclusion está em Ultra, e de acordo com a DF as consolas estão em Minimum.

A qualidade das sombras está em ultra, e de acordo com a DF, as consolas estão em High.

A qualidade do espelhamento está em High, e nas consolas, mais uma vez de acordo com o DF está em Minimum.

O Variable Rate Shading está em Quality, e pelo menos na PS5 está OFF.



Como vemos temos aqui alguns parâmetros para cima, outros para baixo. A questão é que aparentemente nenhum dos casos está optimizado. O Alex Bataglia recomenda estes settings no PC para a melhor relação qualidade performances:

View post on imgur.com

Basicamente estes GPUs de PC até estão a operar acima do que o Alex recomenda. E mesmo assim conseguindo valores médios a 4K acima dos 60 fps.

O que não se compreende é como, segundo os testes da DF, a nível de fps, e numa análise mais extensiva que a da Guru 3D, a PS5 se comporte apenas 9% melhor que a 5700 e 7% pior que a 5700 XT, isto apesar de a sua capacidade máxima teórica ser 5,3% mais capaz que a 5700 XT e 29,3% mais capaz que a 5700 X, correr num ambiente mais otimizado, com um API mais leve, e com níveis de detalhe inferiores, numa resolução inferior.

E o mesmo se passa com a Xbox Série X que apenas se comporta 3% melhor que a 5700 XT, e 23% melhor que a 5700, apesar de diferença na capacidade máxima teórica entre estes GPUs é de 24.5% a favor da Xbox face à 5700 XT e de 52,8% face à 5700, correndo num ambiente igualmente mais otimizado, com um API mais leve, e com níveis de detalhe inferiores.



Resumidamente, este jogo está uma real salgalhada a nível de otimização e performances nas diversas consolas, apesar de os resultados finais acabarem por ser aceitáveis em todas as consolas, e acima de tudo, o jogo aparentar estar livre de bugs.



0 0 votes
Avalie o nosso artigo
69 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marco Antonio Brasil
8 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Sensacional análise Mário!

Se olhas para as performances das consolas isoladamente realmente os resultados são aceitáveis (notadamente na SX), mas quando se compara com o PC, em minha opinião, mostra-se abaixo do que se esperaria para a nova (atual) geração, até por se tratar de um jogo crossgen e sem raytracing!

Daniel Torres
Daniel Torres
8 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mário só uma correção no artigo você coloca que as sombras nos consoles estao no high(que só o Séries X apresenta) e na imagem o Ps5 esta no medium.

O que se passa com esse jogo é algo estranho, mas acredito que irão lançar algum patch para correção.

Relvas
Relvas
8 meses atrás

Estas novas consolas não se vão aguentar á bomboca com os anos. Vão sofrer como as antecessoras e novos modelos tipo ps4 pro e one x são mais que previsíveis.

As promessas dos 12TF da SX e do SSD da ps5 teimam em mostar resultados fora dos papéis.

Nas comparações com o PC, os resultados em prol da 5700XT não são apenas no hitman 3.
Como já tinha dito anteriormente, deixem sair a RX6700 para vermos o que realmente vale o RDNA2 em desempenho gráfico. Por enquando as RDNA2 no mercado começam na bitola dos 16.2 Teraflops e vaporizão completamente as consolas.

Relvas
Relvas
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Pois não, mas não está a ser diferente do que se passou na geração passada, 4k@60fps apenas em jogos cross gen e não é em todos.
GPUs de baixa/media gama mas uma melhora boa nos CPUs.
Mais do mesmo, é olhar para o passado para ver o que vem no futuro.

Para mim desde que consigam manter modos 60fps na maioria dos jogos já seria muito bom. Native 4k e raytracing é para esquecer, talvez nas próximas revisões “pro”.

Relvas
Relvas
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Pois, deve ser o mais provável mas é uma pena.
Passar de 60fps para 30fps é doloroso e acho que mesmo 1080p@60fps seriam preferiveis aos 4k@30. Mas também depende do jogo.
O novo Medium não necessita de 30fps, mas em days gone, spider man e ghost of tsushima fica evidente a excelente mudança que fazem os 60fps.

Ou seja, 60fps exclusivos para quem gastar dinheiro em PCs.

marcio
marcio
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Mas não acha que os dev vão inserir um modo desempenho em todos os jogos?
Me parece uma tendencia…

Vitor hugo Reale Pereira
Vitor hugo Reale Pereira
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Acreditas nisso Mario? Que os jogos vão evoluir pra essa baixa performance, então esses consoles não valem de nada.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Relvas
8 meses atrás

Em 2013 o PS4/Xone estava mais defasado à GTX 780TI do que o PS5/XSX em relação à RTX 3080 (não vou citar a RTX 3090 porque o propósito desta VGA não é tanto para jogos. Os seus 24GB VRAM foram projetados p/ edição de vídeos em alta resolução bem como trabalhar com grandes datasets de Machine Learning)

Mas creio que PS3/X360 envelheceram muito pior, com performances muito abaixo do PC já em 2011 em diante (Skyrim, Farcry 3, etc.).

Tenho boas perspectivas com PS5 e Xbox Series X. É provável que daqui uns 4 anos teremos VGAs mid-end rodando os jogos multi consideravelmente melhores que estas consolas. Sempre foi assim. Mas espero que PS5 e XSX envelheçam bem.

Relvas
Relvas
Responder a  Carlos Eduardo
8 meses atrás

A 360 e a ps3 envelheceram muito bem, aliás o seu hardware á data de lançamento era bastante bom comparado ao PC. Os processadores de ambas eram magníficos para altura.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Relvas
8 meses atrás

Sobre a data de lançamento eu concordo com você. Xbox 360 era um hardware espetacular para 2005.

Agora sobre envelhecer, eu já discordo pelos motivos que citei. Mas uma possibilidade é que o avanço da tecnologia p/ GPUs foi mais acentuado durante este período (2006-2013). Isso pode ter acontecido, e naturalmente os que mais sofreram impacto foram os hardwares fechados, no caso consolas.

hiago
hiago
Responder a  Relvas
8 meses atrás

eu discordo, os últimos jogos desses consoles tinham muitos problemas de performace, não creio que era exatamente o problema com o hardware antigo, mas naquela geração não havia técnicas de reconstrução de imagem e nem resolução dimânica para segurar os FPS em um nível pelo menos aceitável. PS4 e XONE lidaram razoavelmente bem com isso, acho que só não foram melhores por conta dos processadores, logo acredito que XSX e PS5 estaram muito bem no final da geração.

Rui
Rui
Responder a  Carlos Eduardo
8 meses atrás

A Xbox one e a Ps4 apesar do cpu fraco, tiveram ao longo da sua carreira uma estabilidade nos jogos maior que a x360 e especialmente a ps3.

Na geração ps3 e x360 houveram muitos jogos de renome que corriam mal… e a anterior geração apesar de tudo teve muito mais estabilidade e não estou a falar da ps4pro e da one X mas sim das consolas base.

Basta ver analisar por exemplo como se jogava o battlefield 3 com 24 jogadores e sempre abaixo dos 30 fps e como se joga o battlefield 5 com 64 jogadores e raramente abaixo dos 40 fps.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Rui
8 meses atrás

De acordo.

Inclusive os jogos cross-gen PS5-PS4 e XSX-X1 no geral tem performance muito superior aos cross-gen PS4-PS3 e X1-X360.

A exceção é Cyberpunk 2077. E conforme a Digital Foundry mostrou ontem, nem o patch 1.1 foi suficiente para salvar o jogo. Ainda tem muito o que melhorar para estabilizar 30fps.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Relvas
8 meses atrás

Quanta bobagem! Me espanta seu comentário aqui e saber que você acompanha o pcmanias. Só tenha mais atenção antes de ficar comparando 16 Teraflops no Pc com 10 nos consoles.
No mais, os consoles nem sequer começaram a tirar 70% do que podem e você deveria saber disso.

Relvas
Relvas
Responder a  Sparrow81
8 meses atrás

Primeiro, sabes lá tu as percentagens que são usadas ou deixam de ser usadas, não passam de opiniões sem fundamento.
Segundo, até agora as consolas se comparam a 10TF de PC RDNA1 além disso é apenas mais opiniões de achismos.
Mas diz lá como se compara um one x com um rx580 ou a ps4 pro com um gpu equivalente só para ficarmos esclarecidos.

Eu sei o mesmo que tu, ou seja, nada para além do que é mostrado.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Relvas
8 meses atrás

Não sei as percentagens, só estou chutando alto, bem alto. O fato e o que se sabe é que os jogos não estão nem sequer arranhando a superfície dos consoles hoje. Eu escuto desenvolvedores, e é isso que tem sido falado.

Em performance a ps5 já mostrou coisas espetaculares day one. Miles Morales foi considerado uma das melhores implementações de Ray tracing da indústria e é um salto grande para o de 2018. Texturas, movimentação, modelagem de personagens, velocidade de deslocamento no cenário, etc. Demon’s Souls é outro absurdo de bonito e sabemos que Soulsborne nem tem um apelo gráfico alto. Você já jogou algum desses?

E não, os consoles não se comparam com 10 Teraflops rdna 1, pois já demostraram que estão alinhados com placas de 1500 dólares e isso sem usar as features nextgen, só poder bruto.

Tendo todas essas evidências na mesa e comparativos de outros jogos, está a afirmar algo com base numa aberração que é Hitman 3? Não consigo ver o mínimo de bom senso nisso.

Relvas
Relvas
Responder a  Sparrow81
8 meses atrás

Mostra-me lá um exemplo desse alinhamento com tais gráficas se fizeres o favor. Estou bastante curioso.

Relvas
Relvas
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Calma lá pessoal. 700 euros é uma 6800XT que já abafa as consolas na boa, mas o Sparrow vai muito além e compara as consolas com uma RTX 3090.

Há um mínimo para as coisas poderem ser levadas a sério.

Gostaria que indicassem concretamente essas comparações que referem.

Relvas
Relvas
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Não desviemos o assunto que já somos crescidos.

Nem eu nem vocês metemos em causa a excelente relação preço\qualidade das consolas, que é muito boa.
O que está em causa desde o início não são valores monetários mas sim a comparação directa com GPUs.

Tu comparaste com uma 6800XT e o Sparrow (que não deve ser levado a sério) com uma…imagine-se…RTX3090.
Isto referindo o preço de tabela que indicaram, 700 euros no teu caso e 1500 no caso do sparrow.

Mário: “Os GPUs equivalentes são GPUs de 700 euros para cima.”

Sparrow81:“…pois já demosntraram que estão alinhados com placas de 1500 dólares e isso sem usar features next gen, só poder bruto”

Relvas
Relvas
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Não são preços de tabela, são preços especulativos assim como as ps5 a 800 emais euros.

Na globaldata tens a 6800XT a 770 euros, e até se consegue encontrar por menos.

Desculpa mas mais uma vez estás a comprar preços que nunca foram colocados em causa e estás a fugir da questão inicial. A performance.

Ir buscar preços especulativos de GPUs de gerações passadas também é uma coisa muito pouco profissional e realista.

E…continuo á espera dos tais comparativos.

Hennan
Hennan
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Minha experiência com esse tipo de cadeira foi muito ruim. Única marca que recomendo é a Herman Miller. Valem cada centavo.

Daniel
Daniel
Responder a  Hennan
8 meses atrás

Mesmo em Portugal é um pouco caro não? A título de curiosidade, qual o preço de uma cadeira intermediária da Herman em Portugal com as taxas? Algo na casa dos $600 a $700?

HENNAN SANTOS CARVALHO
HENNAN SANTOS CARVALHO
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Cadeiras Gamers em geral. Imagino que aí tenha mais opções. Mas as vendidas no Brasil em geral são cadeiras comuns apenas com revestimento diferente. Dentre os modelos da Herman Miller, recomendo a Embody. Apesar de parecer cara, a durabilidade e qualidade se pagam.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

meses atrás estava atrás de uma boa cadeira para o home office, as executivas não me agradavam por não ter o encosto do braço regulável, então fui ver as gamers……..só decepção, muito simples, algumas com firulas de barra de led, não demonstram conforto fora que todas caras, até as mais simples, pois cadeira gamer é a moda do momento no Brasil.

Acabei ficando mesmo com a da sala de jantar com algumas almofadas

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Eu ja tive e ainda tenho, embora sem rodas, uma cadeira gamer, da marca Alpha Gamer, comprei na Worten por 120€ em promo, era 200€, ao fim de 6 meses partiu uma roda, e passado um tempo outra roda.
Tirando esse problema, e pela minha experiência, uma cadeira gamer é mais estilo do que substância, o que ganha em design, perde em conforto, e além disso, é mais um exemplo de que regra geral, “tudo” o que é dedicado a gaming, perde em relação a algo que não é dedicado ao gaming mas focado no que realmente importa.

Por exemplo, uns headphones gaming de por exempo 200€, perdem para uns headphones tradicionais como por exemplo os Audio Techinca ath-mx50, da mesma forma que uma cadeira gamer não tem a qualidade nem o conforto de uma cadeira de escritório do mesmo valor, portanto já não caio na onda do gaming, até mesmo um PC que se diz para gaming, é mais caro que um PC normal mas com as mesmas specs.

Já tive várias cadeiras e de gamer foi a que menos me durou, mas inevitavelmente todas partem os pés, portanto arranjei uma solução, comprei uma poltrona com motor elétrico, custou-me 200€ em promo, é extremamente confortável, e mesmo que o motor avarie, não tem pés para partir.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  José Galvão
8 meses atrás

Também prefiro infinitamente uma poltrona (mas não precisa ter motor), o conforto é sem paralelo e as costas não doem com tempo. Problema é o preço, mas no Brasil tudo é um absurdo.
Não me interessa a estética gamer, gosto de coisas minimalistas e não espalhafatosas.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Sim. E parece que temos um gosto parecido.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Essas almofadas dão para tirar, outra coisa que só notas quando já tens em casa, é que ao fim de algumas horas neste tipo de cadeira, e todas têm mais ou menos o mesmo molde, começas a ficar desconfortável, no meu caso, ao fim de 3 horas tinha já uma valente dor no traseiro ao ponto de ter que ter um daqueles assentos de espuma que se usa nas cadeiras de cozinha.

Como já disse, a poltrona foi a melhor escolha, de longe, tive que dar um sinal de 60% e esperei 2 meses tal não era a procura, mas compreendo que não dá muito jeito para uma secretária de computador.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  José Galvão
8 meses atrás

No meu caso é pra sentar e jogar no console e mexer no notebook, do qual tenho uma mesinha sob medida que encaixa que é uma beleza, ao lado tem um desses criados mudos que adaptei pra colocar bebidas e outros e espaço para carregamento de celular e onde coloco meu tablet, que é ótimo pra navegação. Ficou perfeito.
Acho que minha era de mesa e PC realmente se foram, outro dia tentei e… Que dor nas costas, tenho 1,94 e minha postura geralmente é péssima por hábito.
PC eu adaptaria pra esse cenário caso fosse preciso. Foi muita grana pra montar meu cantinho, e agora coloquei uma LG 4K, está fantástico, só faltando o PS5.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Muito bacana Mário, gostei da parede

Relvas
Relvas
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Mário, porque não compras uma boa cadeira usada (com boa estrutura) e mandas estofar a teu gosto? Tens de gastar tempo mas ficas com uma coisa em condições e ao teu gosto.

nETTo
nETTo
8 meses atrás

Realmente estes resultados são desanimadores.

Algumas questões,

A DF relata em sua análise técnica do game no PC que oscilar a qualidade de sombras entre ultra e minimum não rende (ou quase) impacto algum a performance, segundo eles chega a 1% do ultra pro low.

Quanto a comparação do PS4 Pro x PS5 e seus 2,56. Acho que teve um equívoco aqui, pois Mario vc compara somente a resolução (1440p x 1800p) mas esquece da performance (30fps com quedas x 60fps fixo). O correto seria comparar com o modo em que o PS4 Pro consegui os mesmos 60fps, ou seja, o modo a 1080p.

De resto, o jogo perece mesmo ser mal otimizado em quase todas as plataformas, acho que Xbox One, PS4 e PS4 Pro estão dentro do aceitável, mas Xonex, XSS, XSX e PS5 parecem render abaixo do já visto.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
8 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Na minha opinião, diante de tantos SKUs e um prazo apertado para lançar o jogo ( Hitman 2 saiu no fim de 2018), tiveram que realizar algumas prioridades. Tais foram:

1) Portar o motor Glacier para a GDK.
2) Construir a versão VR, já que provavelmente a Sony patrocinou essa versão.

O item 1 é fácil de se mostrar, e inclusive explica por que o PC (em especial as GPUs da AMD) está com performance tão boa e optimizada:

Q: What is it like developing on Xbox Series X|S?

A: We’ve found that developing on Series X|S has been a further improvement compared to the previous generation. We embraced the GDK early on and it allowed us to simplify parts of our codebase significantly.

Microsoft support has also been exceptional, being nice and professional at the same time.

Fonte: https://news.xbox.com/en-us/2021/01/22/inside-xbox-series-xs-optimized-hitman-3/

A versão VR explica porque apenas o PS4 Pro possui modo 60fps entre as consolas da geração passada. Creio que houveram mais esforços em optimizações específicas para esta consola.

As consolas Xbox Series herdam as optimizações do GDK até certo ponto. Pode ser que não houve trabalho extra nestas consolas, o que explica o Xbox Series S com 10GB RAM e 224GB/s ter presets inferiores até ao PS4 PRo.

Já o PS5, embora tenha um SDK similar ao do PS4 Pro, naturalmente também precisa de optimizações específicas. Não se sabe até que ponto houve esforço aqui.

Para mim está claro que o motor Glacier está aos poucos sendo adaptado para a nova geração, e creio que precisaram trabalhar com as priorizações que citei acima. Ainda estão incluindo Ray Tracing no motor, conforme o trecho abaixo (mesmo link acima) mostra.

Q: Which enhancement were you most excited about to explore leveraging for Hitman 3 on Xbox Series X|S?

A: We see Hitman as a ‘live game’ and our launch date on January 20 is just the beginning of a journey, in which we’re going to keep working on the game and adding new features. It’s great that the GPU in the Series X|S has hardware support for Ray-Tracing. We’ve already started working on RT technology for the renderer in our Glacier engine, and once that’s deemed ready for prime time, we’ll definitely bring it to the Series X|S hardware.

O motor também ainda não suporta DRS

nETTo
nETTo
Responder a  Carlos Eduardo
8 meses atrás

Pensando aqui e lembrando do período pré lançamento do PS5, haviam diversos rumores e algumaa afirmações de Mark Cerny sobre como o PS5 lida com código legado do Jaguar, ativando assim um perfil de Compatibity, não seria este o caso? Colocaram o jogo pra funcionar e pronto, não otimizaram o código.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  nETTo
8 meses atrás

É possível nETTo. Mas creio que essa hipótese seja para toda a nova geração, tanto para PS5 quanto para Xbox SeriesX e S.

A vantagem do Xbox Series X está em se beneficiar de um bom trabalho realizado sobre a GDK. Mas mesmo que Xbox Series X|S e PC estejam debaixo da mesma GDK, as consolas Series necessitam de optimizações específicas já que não são idênticas ao PC. Tem customizações próprias. Então resumindo, digamos que o Xbox Series S|X se beneficiaram um pouco, mas poderiam se beneficiarem mais.

Já o PS5 tem um SDK diferente, que precisa de customizações próprias. Embora tenha similaridades com o GNM do PS4/PS4 Pro, ao realizar o port para o PS5 e elevar a resolução de 1080p para 4k, e as texturas do high para o ultra, ao compilar pela primeira vez, certos trechos do jogo podem ter apresentado instabilidades, quedas de FPS. Então surgem duas opções: 1) Trabalhar optimizando todos os trechos de instabilidades (detectados pelo time de testes, QA, whatever lol), ou 2) Reduzir de 4k para 1800p, e nenhuma instabilidade aparece mais. É a solução rápida e fácil.

Posso estar sendo um pouco petulante em levantar essas hipóteses sobre o time de desenvolvimento da IO. Mas isso acontece. Eles tem um trabalhão pela frente em cima de melhorias na Glacier engine, e como não é um estúdio tão grande, priorizações são necessárias.

hiago
hiago
Responder a  Carlos Eduardo
8 meses atrás

faz sentido até porque 1800p com texturas no ultra não é algo que podemos considerar como gráficos feios, os desenvolvedores devem ter pensado o mesmo.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Carlos Eduardo
8 meses atrás

Faz muito sentido sua análise CE

Deto
Deto
8 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

bolei uma estratégia para assistir a DF… assistir no Mudo

ai vc não tem que escutar quando o PS5 vence “veja bem, não sei não…” e quando o xbox vence “vitoria absoluta, console supremo bota no titulo do video a vitoria de resolução”

Mas isso tem toda a cara de orçamento… otimizaram para 60fps no PRO para VR, deixaram igual travado em 60fps no PS5; até deve ter sido a mesma pessoa com os mesmos parâmetros.

No xbox otimizaram para o GDK pq ai já servia para xbox e PC.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Deto
8 meses atrás

Boa estratégia, vou começar a fazer quase o mesmo aqui com voce, pular seus comentários kkk

Deto
Deto
Responder a  Fernando Molina
8 meses atrás

Eu não sei se pulo ou não o que vc escreve, nunca prestei atenção no que vc escreve aqui… Tentei lembrar o que vc escreve aqui, só veio nada.

Mas se fosse um palpite, diria que deve ser o chorão que queria meu BAN por “FUD” de ter avisado o pessoal aqui que Halo 5 tem menos de 5h de campanha.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Deto
8 meses atrás

Calma Deto lol, pelo que entendi foi só uma piada entre colegas de site.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Deto
8 meses atrás

Eu nunca pedi o BAN de ninguém não, só digo que vc só escreve bobagem, tá ai mais um comentário seu pra provar

Deto
Deto
Responder a  Fernando Molina
8 meses atrás

opa, então nem no palpite sobre quem vc é eu acertei.

uhuhauhauha

Relvas
Relvas
Responder a  Deto
8 meses atrás

Tens alguma sustentação factual ao que dizes?

Deto
Deto
Responder a  Relvas
8 meses atrás

a da DF tendenciosa ou do VR?

Relvas
Relvas
Responder a  Deto
8 meses atrás

Escolhe tu!

Relvas
Relvas
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Rude? A sério?

Mário, um pouco de humildade não te fazia mal nenhum.
Já percebi que és uma pessoa de dificil trato que não gosta de ser contrariada.

Já viste bem o teatro de enrrolação feito por ti para não admitires que estás errado quanto á comparação de GPUs com consolas? De cada vez que provava que estavas errado inventavas outro tema.

E as tais comparações? Onde andam?

hiago
hiago
8 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Meio off, queria saber o que aconteceu sobre o raio-x da APU do PS5? Parece que ninguém teve interesse de saber melhor das entranhas desse console.

hiago
hiago
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Muito curioso mesmo e passado esse tempo desde o lançamento eu até pensei que a própria Digital Foundry o faria.

error: Conteúdo protegido