Tribunal obriga RomUniverse a ficar offline a destruir as ROMs Nintendo que possui.

5 1 vote
Avalie o nosso artigo

É mais uma jogada da Nintendo que meteu o website em tribunal. Após uma indemnização de 2.1 milhões, a Nintendo fecha o Website, destrói as ROMs.

A Nintendo continua a sua cruzada contra a pirataria, e não só conseguiu processar o dono do Website ROMUNIVERSE em 2.1 milhões, como agora conseguiu fechar o website com ordem para que as ROMs ali existentes fossem destruídas.

Pirataria é pirataria… e quanto a isso a Nintendo tem toda a razão. No entanto, a realidade nua e crua, é que não é claro a 100% que esta pirataria seja prejudicial à Nintendo.

Salvo erro da nossa parte, até porque não visitamos este tipo de websites pois somos contra a pirataria, o conteúdo ali existente dizia respeito a ROMs de consolas da Nintendo que já estão descontinuadas, e que, como tal, já não trazem qualquer lucro à Nintendo. E com as consolas já fora do mercado, os emuladores são a única forma de se aceder a estes jogos.

Seja como for, a realidade é que a propriedade intelectual ali presente é da Nintendo. E se eles não autorizam… não autorizam. E há mais é que se respeitar isso!



Agora a realidade é uma simples pesquina no Google mostra que há dezenas de websites semelhantes ao ROMUNIVERSE, e falta saber se a Nintendo os vai processar igualmente.

 

 



5 1 vote
Avalie o nosso artigo
3 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
José Galvão
José Galvão
1 mês atrás

O respeito é como uma porta que abre para os dois lados, se por um lado é propriedade da Nintendo, ponto, por outro a Nintendo, e não só, tenta explorar ao máximo os seus clientes, portanto no meu caso, não tenho qualquer problema em deter roms da Nintendo ou de outra qualquer.

No caso da Nintendo, acho que a mesma não parece muito preocupada em disponibilizar muito do seu legado de forma legal, em vez disso opta por meter umas quantas roms no seu serviço online, mediocre, para dar uma ilusão de ter algum valor, e ainda antes disso, quando a Nintendo tinha uma coisa chamada de ”Virtual Console”, um serviço que começou na Wii e que se alastrou à Wii U e 3DS, a questão é que cada macaco no seu galho ou seja, se compraste o Link to the Past na Wii, tinhas que voltar a comprar na Wii U e se tivesses o azar de ter uma 3DS, adivinha, tinhas que comprar novamente, e perante esta, desculpa, chulice, não tenho qualquer problema em sacar seja o que for da Nintendo, a tal que tem a lata de cobrar full price por uma rom e duas ISO, e por tempo limitado.
E quem diz Nintendo, diz Sony, que segundo o seu CEO, ninguém tem interesse no retro.

E até vou mais longe, se tem microtransações e ainda por cima tem uma etiqueta de preço, saco, tirando isso uso a pirataria para substituir aquilo que foi sendo retirado ao consumidor e que se chama demo, se um jogo for de facto bom, sou pessoa para comprar mesmo já tendo sacado, portanto isso de ser contra a pirataria comigo não cola, a pirataria pode ser roubo sim, mas também a é unica forma de preservar o legado desta industria, de contornar licenças que expiraram, e por vezes até ter um produto melhor, não é Capcom?

Deto
Deto
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

A Nintendo foi atrás pq ela quer vender ROM emuladas a preço de jogo novo.

Aí o site abria concorrência para ela ehheheh

Juca
Juca
Responder a  Deto
1 mês atrás

Estou rindo muito aqui! Sabes que as piadas de piada são as melhores! Rsrs

error: Conteúdo protegido