Uncharted 4 pode sair para PC – Um rude golpe na imagem da Playstation!

5 13 votes
Avalie o nosso artigo

O lançamento de Uncharted 4 no PC, a ocorrer é, na nossa maneira de ver, um golpe de todo o tamanho na imagem da Playstation. E ver a Sony, líder de mercado, a seguir os passos do último, demarcando-se daquilo que foi a sua imagem de marca durante anos, é sem dúvida algo muito triste.

Quando a Sony anunciou que iria colocar alguns exclusivos no PC até nem vimos a coisa com maus olhos. Os jogos, uma vez esgotado o seu potencial nas consolas, são basicamente peso morto. Apenas nomes numa lista de exclusivos que servem para alimentar guerras de fanboys.

A realidade é que esses jogos deixam de ser uma fonte de rendimento, mas que, no entanto, possuem o potencial de, uma vez no PC, amealharem receita extra. E essa receita pode ser usada para a criação de mais e melhores jogos para a Playstation. Da mesma forma promoveria os jogos da consola para que mais pessoas aderissem à mesma.

Nesse sentido não nos mostramos contra esta ideia!

No entanto tambem o dissemos que teria de haver algo que definisse claramente a consola. Algo mantivesse a diferença face ã concorrência, que mantivesse os exclusivos, e igualmente que a separasse do PC e não fizesse as pessoas aguardarem pelos jogos para depois os poderem jogar em melhores condições em outros sistemas, mas sim pensarem em adquirir uma consola pois, apesar de o PC ter alguns títulos, não os teria todos e acima de tudo, pensávamos nós, nunca receberia os melhores dos melhores, os jogos que criaram o DNA PlayStation. E nesse sentido o que defendemos é que os nomes mais sonantes, aqueles que estão imediatamente associados ao nome Playstation, não deveriam passar. Pois caso o fizessem a PlayStation não seria diferente da Xbox, uma consola cujas políticas foram tão criticadas aqui.



E Uncharted… é um desses nomes!

Mas infelizmente, um documento da Sony parece apontar na sua saída para o PC. Algo que as palavras de Jim Ryan, numa entrevista recente, e onde fala da passagem dos exclusivos da consola para o PC, parecem igualmente confirmar.

A confirmar-se esta passagem a marca Playstation perde a sua identidade. Perde algo que lhe definia o DNA. Torna-se apenas uma plataforma onde os jogos Sony podem ser obtidos mais cedo, e não uma plataforma de exclusivos, de qualidade, e de diferença, como sempre foi. E a nosso ver, isso é um erro colossal.

Na nossa perspetiva, Uncharted 4 (e outros que certamente se seguirão) no PC é um desvalorizar gigantesco, e mesmo inquantificável da marca Playstation. E falo por mim, pois eu mesmo sinto isso, e sendo alguém que possui sempre um PC atualizado, perante isto começo a ver aquilo que nunca vi antes: Um menor interesse numa consola Playstation.

Sim, adorei Uncharted, sim, adorei joga-lo na altura, mas confesso que se o jogasse pela primeira vez apenas daqui a meio ano no PC continuaria a achar o jogo igualmente fabuloso, e não teria tido a necessidade de adquirir a consola. Cito como um bom exemplo desta situação o jogo Subnautica, que foi lançado em 2014, e que estou apenas agora a jogar, em 2021, e cuja qualidade está inalterada, continuando a ser um grande jogo.



Mas dispensaria eu o comprar do jogo no dia do lançamento?

Se a certeza de os jogos passarem para o PC não existisse, talvez não. Mas com ela… Creio que sim!

Naturalmente a decisão sobre o que faz é da Sony e só da Sony. Quem sou eu para dizer o que devem ou não devem fazer… Apenas alguem que lhes compra os exclusivos quase todos, assim como lhes compra a consola por os ter, e que com isto começa a ver menos argumentos para o fazer, podendo até deixar de o fazer por estes deixarem de ser exclusivos.
Afinal convêm ter presente que se uma Playstation deixa de ter exclusivos, mesmo que a longo prazo, o PC passa a ter jogos PC, Xbox e Playstation, tornando-se assim, sem qualquer dúvida, na plataforma ideal para se jogar, por juntar o melhor de três mundos, e a uma versatilidade que as consolas não oferecem.

Mas isso… se calhar pouco interessa! Se calhar há quem não consiga ver que da mesma forma que as coisas agora estão bem, tempos houve em que estiveram mal… e que poderão voltar a estar. E que estas pessoas que sempre estiveram com a marca são de se manter. E que se elas fogem por não verem na consola o mesmo interesse… talvez não voltem mais!

Ao longo dos tempos a Microsoft deu muitos tiros no pé. Alguns até de caçadeira. Mas vê-lo por estar em baixo e por precisar de dar a volta por cima.



Ver uma empresa que está na mó de cima a tomar estás atitudes… Isto só pode ser classificado como um tiro no pé… De canhão.

Mas é apenas a minha maneira de ver as coisas. Sinceramente só espero que no que toca a exclusivos PS5 estes não vejam a luZ do dia no PC tão cedo, pois se isso acontece, a PS5 poderá bem ser a última consola da Sony que comprei.



5 13 votes
Avalie o nosso artigo
79 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rui
Rui
6 meses atrás

Eu acho isto normalissimo, os jogos antigamente não custavam o que custam atualmente, as empresas precisam de alargar a sua fonte de receita e essa historia de ah e tal se sai no pc não preciso da consola isso é a maior mentira que eu leio constantemente contra a xbox, em primeiro lugar um pc não custa o mesmo de uma consola e atualizar um pc não é o mesmo que comprar uma consola de 5/7 em 5/7 anos, depois o conforto e facilidade me usar uma consola não é o mesmo de um pc.
Se o pc é melhor? É, mas a experiencia de consola é diferente não é a mesma coisa.

João
João
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Aí entra algo interessante, Mario. É o console que vende os exclusivos ou os exclusivos que vendem o console? Pois o hardware, em números crus, da muito menos lucro que o software. O que seria mais interessante para a Sony: vender 100 mil consoles a mais ou vender 1mi jogos a mais?

João
João
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Se mais consolas vendem mais jogos, seria errado afirmar que mais plataformas venderiam mais jogos ainda? Sei que és inteligente então não necessito de exercícios bobos para descrever o que penso, no meu ver a Sony está incrivelmente certa a abrir a porta para os PCs por diversos fatores. Algumas pessoas preferem o PC e não tem a oportunidade de comprar uma segunda plataforma, da mesma maneira que tem pessoas que preferem jogar seus jogos na comodidade de um console. Abrindo seus horizontes a Sony acaba aumentando o seu escopo, mirando não mais em 120mi portadores de PS4. Se eu gosto de McDonald’s o sabor vai ser o mesmo se eu consumir no restaurante ou em casa, mesmo que a experiência seja diferente. O DNA Playstation não é a exclusividade de seus jogos e sim a qualidade deles.

Livio
Livio
Responder a  João
6 meses atrás

No PC tens a pirataria, que é um caso que pode afetar as vendas dos jogos, PS5 até o momento não tenho conhecimento que tenha. Jogo pirateado no PC é mais fácil de rodar do que a manobra que tens que fazer para rodar jogo pirata nos consoles atuais.

João
João
Responder a  Livio
6 meses atrás

Tens razão Lívio, por me manter alheio a pirataria, acabo tirando ela da minha conta. Eu gosto tanto quando empresas dão passos abrangentes e inclusivos que acabo procurando a melhor perspectiva para apoia-los

Juca
Juca
Responder a  João
6 meses atrás

Não vejo dessa forma, há maneiras mais inteligentes de alcançar consumidores sem afetar a percepção da atual base, ela poderia muito bem expandir e melhorar a PSNow, vender jogo como o Stadia e permitir acesso pelo smartphone, sem abrir mão de consumidores que podem estar na dúvida se vai seguir com um console dela ou melhorar o PC. Mas tudo é ótica. Tendo um PC mid-end (2070s e 3600x) não vejo motivo pra comprar um console que não tenha exclusivos. Logo, indiscutivelmente não vejo pq comprar um xbox, e ao que parece, não precisarei comprar um PS5.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Para mim a playstation acabou de morrer, deixou de ter atrativo algum… O que antes era único e mágico, agora é um lugar caro, e onde
antes o jogo era referência a nível gráfico para consolas, e que punha muitas vezes o PC mais top num canto, com isto a sony está a fortalecer o seu concorrente direto, que hoje em dia infelizmente já não é mais o xbox e sim o PC.

Eu só não me desfaço da ps5 no momento por alguns motivos:

1 – O gasto que tive com a consola, já que comprei no olx por 750 euros.

2 – Tv LG cx 65 onde nessa brincadeira gastei mais de 2500 euros. (dinheiro esse que dava para a 3090 asus rog strix, antes dos preços inflacionar, e ainda sobrava para uma boa CPU)

3 – O mercado PC no momento está muito inflacionado, más que a longo médio prazo vai ser a melhor opção por inúmeros motivos, vou citar alguns, não se paga online, keys mais baratas, vps, molding etc…

4 – Como tive que comprar um carro, no momento estou a passar uma crise financeira muito grande, aliado ao ponto 2, onde tive um gasto muito grande, para no final das contas poder usufruir desas coisas noutros lados.

5 – Gozar com o consumidor Ps5 nos ports de jogos ps4 para PC, nem um port para a consola mais forte tem, o que é uma vergonha, nesse sentido a Microsoft da 10 a 0.

6 – Espero que a Sony se lixe com estas novas políticas, porque é mais que certo que o novo HzD vai sair para PC, ou não fosse esse jogo cross gen, e eu vão vou estar a sustentar a marca assim, onde na consola o jogo vai ser mais caro, e mais capado, e futuramente no PC mais barato, e independente da máquina,vai estar sempre com um futuro promissor, porque mesmo para quem joga no low agora, daqui uns anos está a jogar esse mesmo jogo no Ultra com placas de entrada.

Nuno Sousa
6 meses atrás

Mário
Pessoalmente acho a altura do artigo não muito feliz depois do Horizon de ontem 😬
Horizon saiu para Pc e ontem tivemos uma ideia da continuidade do jogo que vai sair este ano.

Não vais comprar o jogo porque daqui a 4 anos poderá sair no Pc? Não me faz sentido nenhum.

Porquê?

Amanhã posso não estar cá;
Daqui a 4 anos provavelmente terei muito mais opções;
Porque provavelmente vai sair o Horizon 3.

E este último ponto será a chave do sucesso. Enquanto a plataforma apresentar novos jogos cativantes não vejo razão para insucesso.

Compreendo o teu ponto de vista mas são jogos antigos:

Uncharted4 10 Maio 2016
Horizon 27 Fev 2017
God of War 20 Abr 2018

E entre a malta nova a paixão por marcas já desvaneceu há muito tempo, as coisas não são como eram, nem aqui nos jogos, nem em outras áreas como por exemplo no desporto.

O que vemos é alguns fanboys aproveitarem-se na net para terem uma dimensão superior à que na realidade têm.

Abç

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
6 meses atrás

Não me choca nada nem altera nada para mim.
Não deixam de ser jogos antigos, não sei o dia de amanhã e muito menos vou esperar 4 anos para jogar um Uncharted ou Horizon.
Caso façam lançamentos day one no PC ai sim adeus PS como fiz com a Xbox.

Sparrow81
Sparrow81
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Só sei de uma coisa: Não sei o dia de amanhã e NUNCA esperaria por algo que quero por 2 ou 3 anos tendo condições para desfrutar agora. Se a estratégia da Sony lançar jogos antigos no Pc e continuar me entregando um Horizon Forbidden West na geração seguinte, tô tranquilo.
Por sinal, no momento da transmissão ao vivo estava muito ruim a qualidade do Streaming, mas depois que vi a 4k está fabuloso! Muito acima de qualquer crossgen lançado até o momento: Iluminação, ambientes densos e variados, Física, combate. O que vi ontem superou minhas expectativas.

nETTo
nETTo
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Off Topic:

https://youtu.be/PLbXUENNZJc

Análise do canal Elanalistadebits comparando o gameplay de Horizon FW com Zero Dawn.

Perceptível a melhora em muitos aspectos do game que foram amplamente criticados a época, taí como:

Alguma relva que não reagia aos passos da Aloy.

A água do game

Animações faciais

E o combate meele que agora parece muito mais dinâmico.

Graficamente e apesar de Zero Down ser lindo, da pra perceber uma melhora muito grande no aspecto gráfico e em detalhes, agora é possível visualizar até os pelinhos no rosto da personagem, está também conta com muito mais linhas de expressão.

Não há o que criticar aqui, o game está belíssimo e a sequência vai na direção do sucesso seja nos PlayStation no presente e quem sabe no PC mais a frente hehehe.

Pra mim, só pelo que foi mostrado já me impressiona mais que Ratchet & Clank Rift Apart ainda mais por se tratar de um open world

Hiago
Hiago
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Eu já sou mais pragrimático, depois que vi essa analise do Elanalistadebits fiquei mais frustrado com essa geração e posso explicar.

Primeiramente pela análise o jogo está em 30 fps e sem RT (o minímo para um jogo next-gen é 30fps com RT ou a 60fps sem RT) o que é extremamente decepcionante e claro, vejo sim uma melhora significativa em realação ao Horizon Zero Down, porém não é algo que se destona muito como sendo nova geração, mas sim algo como Zero Down um jogo sendo executado em presets no low e o Horizon FB no ultra.

Tudo bem que isso pode estar relacionado com o fato de ser cross-gen, só que não quero ficar normalizar tal situação, proque essa geração ainda para mim está devendo muito e o único jogo que me supreendeu até aqui foi Ratchet & Clank e não foi tanto pelo grafismo, muito mais pela troca de mundos. Para comparar, com o PS4 os principais jogos de lançamento e dos primeiros meses de vida naquela época já tinham me surpreendido, como Driver Clube, Infamous e Killzone.

nETTo
nETTo
Responder a  Hiago
6 meses atrás

Horizon FW no PS5 é muito mais impressionante que a versão Ultra de Zero Down no PC
Sorry

Hiago
Hiago
Responder a  nETTo
6 meses atrás

Horizon no PC é basicamente a versão de PS4 em uma rasolução maior (se tiver maquina para isso).

Sobre meu comentário, eu sei que as coisas vão muito mais além do que estamos vendo ali, mas o que quis dizer foi uma analogia bem simplificada da situação. Para mim o que foi aprensentado não teve elementos o suficiente para dar aquele choque, aquela sensação que te faz pensar “Caramba isso realmente eu nunca vi, meu PS4 não rodaria de forma alguma”. Entende o que quero dizer?

Eu não sei se essa impressão que estou tendo acontece porque na geração passada já tivemos jogos com gráficos espetaculares ou a atual não evoluiu o suficiente. Então pelo menos 60fps ou RT (não precisa ser os dois juntos para ficar claro) seriamaquela perfumaria e motivo interessante para dar aquele ar de next-gen de verdade.

E mais uma questão, quero deixar aqui os meus parabéns para evolução na física de destruição de cenários no trailer de Horizon FB. Porém pela CPU que temos nesses consoles é o mínimo que se esperava, já que na geração passada ficamos devendo e tivemos até um regresso em IA e fisica dos jogos no geral, basta ver que durante a sétima geração jogos como GTA4, Far Cry 2, Red Faction entre outros tinham fisicas que arrisco dizer melhores que os jogos apresentados na oitava geração.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Hiago
6 meses atrás

Seu texto me deu uma idéia de escrever um artigo.

Joguei o início das duas gerações e vejo vários pontos interessantes para se discutir do ponto de vista técnico.

Vou ver se faço, embora o tempo está corrido.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Claro Mário, a idéia é essa.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Enviei por email.

Obrigado Mário.

Hiago
Hiago
Responder a  Carlos Eduardo
6 meses atrás

Eu quero pontuar que embora tenha me decepcionado na parte gráfica, eu fiquei feliz de ver uma destruíção maior do cenário, parece que a física mais elaborada está voltando com tudo.

E como disse na resposta ao Netto, a geração passada foi uma decepção para mim nesse quesito. A impressão que tive foi que além de não evoluirmos nessa parte, com PS4/ONE em muitos casos a física dos jogos foi na verdade um retrocesso.

Penso que esse seria outro ponto interessante para você abordar no artigo.

Sephirot
Sephirot
6 meses atrás

Eu como um PCista tradicional gostaria de dizer algumas palavras, uma perspectiva diferente sobre isso, eu consigo entender um pouco essa frustração de ver os blockbusters da Sony saindo em outra plataforma, por que temos que usar o português claro, a Sony enganou os consumidores, vendeu uma plataforma com experiencias exclusivas e no fim essas experencias tem se mostrado não tão exclusivas assim, na minha opinião todos os jogos que teriam a brand “Only On” jamais deveriam sair em outra plataforma, simples assim, e aparentemente os novos jogos do PS5 nem levam mais essa marca, isso já mostra uma clara intenção de levar mais jogos ao PC futuramente, tendo esse meu posicionamento em mente temos as estratégias que supostamente a Sony estaria fazendo:

1° Maximizar o lucro já que fazer jogos esta saindo cada vez mais caro.
A empresa vem quebrando records de lucro, a Sony lucrou muito mais que as duas concorrentes juntas, aumentou o preço dos jogos, realmente tem pessoas que acreditam nisso ? Desculpa, a Sony tem dinheiro mais que suficiente para fazer seus jogos e continuar alimentando seus estudios por muitos anos.

2° Trazer o público do PC para os consoles PS.
Esse é engraçado, eu costumo dizer que existem dois tipos principais de consumidores de video games, o indeciso e o convicto, o convicto é aquele que sabe exatamente o que quer, ele pesquisou, fez o dever de casa, sabe o que cada plataforma oferece, os jogos que oferece e o que não oferece e compra aquilo que julga melhor para si, independente das opiniões do vendedor ou da internet, o indeciso é aquele que apenas sabe que existe o Playstation, o XBOX e o Nintendo e não sabe muito bem qual quer, ele vai avaliar preço, vai ver qual tem a caixa mais bonita, qual tem os jogos mais baratos, mas o fato principal é que um indeciso jamais monta um PC, por que isso requer um investimento mais alto que comprar um console, isso requer um pouco de pesquisa, analisar os periféricos, conhecimento técnico básico, o PCista é talvez o jogador mais convicto de todas as plataformas, teve um periodo ruim da plataforma, talvez de 2005 a 2015, poucos jogos, péssimos ports, falta de suporte, onde varios PCistas migraram para os consoles mas em 2016 para cá a plataforma vem vivendo sua época de ouro, ports cada vez melhores, maior suporte das devs, pirataria cada vez mais enfraquecida conforme os países vão construindo leis melhores para combater esse tipo de atividade, e vejo cada vez mais PCistas retornando as origens, esse tipo de jogador não vai migrar para um PS ou um XBOX por que ele já sabe exatamente os jogos que tem lá, por exemplo vamos receber Uncharted 4, digamos que eu goste muito do game e decida comprar um PS5 apenas para jogar Uncharted 5, eu não vou pagar PSN por que jogo gratuitamente no PC, não vou comprar jogos multiplataforma por que vou dar preferencia para comprar no PC onde são mais baratos, sera que esse tipo de consumidor vale a pena para a Sony ? Muito certamente que não.

O que realmente parece estar acontecendo é que a Sony esta perdida, sem saber o que esta fazendo, viu a MS fazendo isso lançando jogos no PC, e esta querendo fazer igual, sem ter a menor ideia do que esta fazendo, apenas para não ficar atrás do concorrente.

Paulo
Paulo
Responder a  Sephirot
6 meses atrás

Um argumento coeso e coerente, mas fiquei confuso no final. Por que você acha a Sony se sente atrás da concorrente Microsoft? A Sony é justamente a líder do mercado, e a Microsoft é a última, que luta para dar a volta por cima e reconquistar seu espaço no mundo dos consoles. Porém, é verdade que a Sony anda realizando os mesmos passos que a Microsoft fez no passado.
Eu não estou querendo colocar lenha na fogueira da guerra de consoles, é apenas uma dúvida sincera que eu tenho.

Sephirot
Sephirot
Responder a  Paulo
6 meses atrás

Olha Paulo, essa estratégia de ambas as empresas de colocar os jogos em uma outra plataforma, no caso o PC, não é uma coisa banal, é uma decisão importante, quando a MS passou a colocar os jogos do XBOX no PC, ela tirou sim a identidade e importancia do console, o próprio Phil Spencer disse isso claramente “Se eu quisesse vender apenas XBOX eu não levaria os jogos para o PC”, a MS tem uma outra estratégia em mente, pode ser uma estratégia assertiva ou não, o tempo vai nos dizer, agora a Sony me parece estar indo muito bem no modelo tradicional, eu não vejo sentido ela levar os jogos ao PC, como eu disse essa estratégia não faz sentido para ela.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Sephirot
6 meses atrás

Faz sim. Atrair mais jogadores para o console novo através do port de jogos do console velho. Ou você acha que a maioria que jogou Horizon no Pc não vai ficar se coçando e esperando pra quando for pro Pc? Não sabemos nem se estaremos vivos amanhã, imagina daqui 3 ou 4 anos.

Sephirot
Sephirot
Responder a  Sparrow81
6 meses atrás

Se tem um usuário que é acostumado a esperar é o PCista e você fala como se os PCistas não soubessem o que é HZD e só passaram a conhecer após o port, por favor, nós sabemos como são todos os jogos da Sony.

Paulo
Paulo
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Ótimo artigo, Sr. Mário.
Eu não sei se o senhor viu no último relatório da Sony, mas ela atribui somente 20% do que arrecada aos consoles, porcentagem essa que é menos na metade do que era em 2013. Seria essa uma explicação para o seu movimento atual? Lançar seus softwares no PC (e mobile) que são mercados mais abrangentes, diversificando assim seu público para não depender tanto do console? Confesso que depois que vi aquilo, me veio a sensação de que os consoles estão com os dias contados….

Paulo
Paulo
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Foi no mesmo relatório que indicou a vinda do Uncharted4 para o PC. Este último que saiu.

José Galvão
José Galvão
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Eu compreendo o teu ponto de vista mas não concordo por uma série de razões que tu próprio referes, sendo uma delas o facto de estes jogos, depois de esgotado o seu potencial de vendas, de serem ofertados no Plus, serem um ”peso morto”, um potencial perdido para gerar mais receita, receita essa que pode e será canalizada para financiar aqueles jogos AAA da Sony que tanto gostamos, mas que neste caso não se aplica porque é o Uncharted.

Para mim são todos jogos da Playstation, uns mais conhecidos que outros, no fim do dia, depois do potencial de vendas esgotado, são todos peso morto independentemente do peso do seu nome, portanto não percebo a ideia de que este jogo pode ser, mas neste não se pode tocar.

Também não concordo quando dizes que se tiveres a certeza de que os seus jogos mais marcantes vão sair no PC, que descartas a compra no lançamento e consequentemente a compra da consola, é um argumento válido sem dúvida mas estás disposto a esperar 3 anos por um jogo que se for preciso é altamente aclamado pela critica e jogadores além de ser GOTY?
Se sim, depois estás disposto a pagar full price por um jogo com 3 anos ou no minimo ao dobro do preço actual da versão para consola?

Sinceramente acho que nem tu, nem a esmagadora maioria dos apaixonados por este meio, estão dispostos a fazer tal sacrificio, a embarcar numa espera longa e incerta, e é com isso que a Sony está a jogar, está a mostrar à malta do PC o que eles estão a perder, isso não retira identidade à marca, acho que reforça a marca para aquilo que pode vir, a ameaça do gamepass, e uma forma astuta de meter o dedo no nariz da Microsoft no espaço PC, mostrando a uma maior audiência a força dos seus jogos 1st partie e assim não só conquista quota de mercado à Microsoft no seu próprio espaço, como angaria clientes para o seu próprio ecossistema.

O Horizon Zero Dawn, foi o jogo vais vendido no STEAM, um mês antes de sair sequer, e a 50€, um jogo com três anos que já estava esgotado comercialmente, portanto acho que a Sony faz muito bem, percebo o receio mas no meio deste receio também existe demasiado drama.

Sephirot
Sephirot
Responder a  José Galvão
6 meses atrás

Um jogo exclusivo nunca vira um peso morto, mesmo quando se esgota toda as suas possibilidades de venda, ele ainda continua lá servindo de marketing constante para a plataforma, fazendo parte da identidade dela, e quando você se refere a 3 anos de espera, de onde você tirou isso exatamente isso ? A Sony em nenhum momento disse quanto tempo os jogos vão permanecer exclusivos e se vão ser puros exclusivos, pode ser 1 ano 2,3, 4 ou 6 meses, ninguém sabe, essa incerteza é a pior parte, já pensou se você compra R&C agora e daqui 6 meses ou 1 ano é anunciado para PC ? Isso pode acontecer ou não, é uma possibilidade real, o ponto central é a falta de clareza da Sony em relação com essa “nova estratégia”.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
Responder a  José Galvão
6 meses atrás

Jose Galvão,

Concordo plenamente!

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Mas a marca continua a fazer algo de diferente da concorrência, se não fosse a Sony, da nova geração ainda não tinha-mos visto um pixel sequer, Spider-Man, Demons Souls, Ratchet e agora o Horizon estão acima do que vemos na industria, e é essa qualidade que a faz distanciar da concorrência, mesmo que edite jogos antigos e já mais que batidos no PC.

Qualquer investimento pode ser um tiro no pé, e a julgar pelo sucesso que têm sido os seus jogos no PC, isto está longe de ser um tiro no pé, quanto mais um canhão. 😉

Até esse gráfico mostrar um declinio e que seja por esse motivo, estarei firme no que digo.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Estás não só a falar de um mercado já algo saturado e onde cada migalha conta, como é um mercado muito diferente do dos videojogos, tanto a disney como a netflix não ganham nada ao disponibilizar conteúdo nos serviços uns dos outros, mas a PlayStation está a ganhar com isso e bastante.

Acho muito pior a Microsoft disponibilizar o seu conteúdo noutras plataformas porque tem poucos IP’s novos e com pouca qualidade, aliás, compra-os.
A Sony por sua vez, a cada geração cria novos IP e de grande qualidade ou reinventa-os, e nesta geração não será diferente, pelo que a identidade da PlayStation poderá ser outra de acordo com os ip, enquanto os que vão ficando para trás, são capitalizados.

Desde que a Sony mantenha o novo e fresco na sua consola e só na sua consola, pelo menos um par de anos, acho qie não terá problema algum.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Dano na imagem provoca sempre, basta ver as reações das pessoas, será sempre um risco que a Sony terá que correr, a própria tem que equacionar se os lucros suplantam o impacto da imagem, e nesse aspecto têm que encontra um equilibrio que passa por lançamentos no PC que estejam longe dos da consola, esse é que é o maior desafio.

Vou-te dar o exemplo das promoções, toda a gente sabe que não é preciso esperar muito tempo para comprar um jogo muito recente com um corte significativo no preço, esta prática por parte das editoras, ”treinou” a audiência a saber esperar mais um pouco para usufruir das novidades a um preço convidativo, ora se a Sony começar a lançar os seus jogos com 6 meses ou um ano de diferença entre a PS5 e o PC, começa a treinar as pessoas a esperar e assim descartar a consola, esse é que é o maior perigo, não é uma minoria muito vocal dizer que a Playstation para eles acabou.

Penso que se a Sony espaçar os lançamentos em cerca de 3 anos, consegue ter o melhor de dois mundos.

Julio Santos
Julio Santos
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Se os exclusivos do ps5 forem pensados a tirar todo potencial do ssd não vejo como poderiam ir para o PC das massas. O mercado de PC está cheio de máquinas de baixo e médio orçamento. Fora o preço para se montar um PC ou ter que trocar uma placa gráfica. Posso estar pensando errado, mas não acho que vá impactar nas vendas do ps5. E também acho que jogos como o novo Ratchet não tem como serem portados para o PC sendo que estão ali a usar o potencial do ssd do console e isso é um limitador para os PCs da grande maioria. Pelo menos por algum tempo razoável até que a tecnologia do PC evolua e se torne acessível e os donos de PC troquem suas peças ou setup por completo. Acho que deve parar por aí mesmo. Vão portar alguns jogos que já são tidos como catálogo só pra gerar receita, mas não vejo como algo que será levado adiante para os novos jogos.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

E quando esse Pc se tornará o standard para que o Port de um game feito para ps5 de raiz compense?

Daniel
Daniel
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Os PCs não terão nenhum problema de portar os jogos do Ps5 no médio prazo pois já nesse ano, o pcie 5.0 dará as caras no mercado de PCs , e creio que em 3/4 anos deverá ficar mais e mais popular a ponto de um port compensar financeiramente para a Sony. Só que tem um porém; e uma questão que tocas é interessante; a Sony terá que escolher a dedo quais jogos utilizarão a capacidade máxima do SSD, pois estes jogos não poderão serem instalados nos futuros nvme externos, pois estes não terão os tais 12 canais e 6 níveis de prioridade. Em resumo, se até agora não vimos um nvme 4.0 que iguale ao do Ps5, não imagino que as empresas foquem na criação do mesmo, sendo que o padrão 5.0 já está na porta. Curioso para saber como a Sony contornará esse problema. Será que por atualização de software, a Sony consegue que esses novos nvme sejam instalados?

Daniel Torres
Daniel Torres
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Bem… para mim uma coisa é clara essa gestão atual da sony não se preocupa com o histórico da empresa e não se preocupa com o que colocou a sony na posição que ela esta hoje, é uma gestão que só visa lucros e mais lucros nem que para isso tenha que sacrificar o DNA playstation e infelizmente isso vai ser o início da queda do playstation como console.

Esse Jim Spencer Ryan vai matar a Sony e isso é só o começo.

Ps:Eu não sou ingênuo de achar que uma empresa não tenha que lucrar, mas meu ponto é lucrae sacrificando tudo? Até o que te colocou na posição que está hoje? Pois se o Ps5 faz sucesso é porque ele ainda nada na onda do Ps4.

Felipe Horvath
Felipe Horvath
6 meses atrás

Eu tô até curtindo a idéia. Eu jogo primeiro no ps5 e , se eu gostar muito do game , jogo no Pc TB depois. Queria muito que o ghost of tsushima saísse pra Pc , pra poder jogar em ultrawide e com gráficos melhores.

nETTo
nETTo
Responder a  Felipe Horvath
6 meses atrás

Vai sair, mais cedo ou mais tarde.

Como o jogo ainda é recente não conte com o agora.

Andre gt
Andre gt
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Bom dia!

Olho essas atitudes da sony com preocupação. Sempre bati na tecla de lançamentos fora de sua plataforma principal vão tirar o brilho dela e a sua importância no mercado. Fico ainda mais preocupado com lançamentos do PS5 saindo para o PC apenas 1 ou 2 anos depois de lançados, o mesmo que aconteceu com days gone. Isso me fez pensar no porque eu adquiri um PS5, se posso receber todas as plataformas em um só lugar? Espero que lancem os jogos exclusivos de ps5 somente no final da geração no PC, e olha que toda essa falácia do hardware PS5 ser um diferencial vai importar agora?

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Andre gt
6 meses atrás

Você acha mesmo que os jogos que aproveitarão da i/o do ps5 tem chances de chegar no Pc em breve? Hahahaahah

Carlos Zidane
Carlos Zidane
6 meses atrás

Está claro pra mim que a Sony vai acabar indo pelo caminho da Microsoft e quer no futuro ser outro serviço, o início disso é colocar jogos em outros lugares e eles viram que funciona, agora vão querer buscar cada moedinha que puderem.
Os fanboys vão continuar defendendo de outra forma quando tudo for day one pro PC e pra nuvem. Desde que não baixe o nível pra mim está ótimo, o PC logo estará superando os consoles de novo e essa muleta do SSD/IO vai cair também.
PlayStation vai continuar vendendo bastante e ainda bem que dessa vez fizeram um hardware decente, pois o PS4 não me agradava tanto em 2013, o PS5 já é uma belíssima máquina e com um controle que parece ser o melhor de sempre pelas opiniões por aí.
Computador é a plataforma que mais gosto mas, se depender dos jogos… Aí vemos que precisamos muito de uma Sony forte.

O HFW ontem estava fantástico hein, mesmo crossgen consegui perceber uma bela melhoria visual, é meio sútil mas algumas pessoas vão dar mais ou menos atenção a isso, não vejo problema em 30 fps nesse tipo de jogo, só não pode cair dos 30, se ficar estável já está ótimo. Algumas mecânicas incorporadas como o “paraquedas holográfico” da Alloy (que não sei porquê diabos tem aquela cara de travesti rsrs) ou aquela geléia que desacelera o elefante mecânico hehe, achei muito legal a melhoria da água também e a boa vegetação, é um colírio esse jogo, não o jogaria no PS4 de jeito nenhum, vou querer joga-lo no PS5 sem dúvida

Deto
Deto
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Eu estou analisando como vai ser as coisas daqui para frente, já comprei o PS5.

O que isso vai afetar é a minha decisão de comprar o PS6

Mas já tem uma bandeira amarela aqui… *HZD.
A segunda bandeira amarela vai para se Uncharted 4 sair no PC e não tiver patch 60fps para PS5.

*Ficaram 6 meses atualizando a versão PC de HZD e até agora nenhum patch 60fps para PS5.

Se isso se repetir com frequência ou for 50% das vezes, com certeza não vou comprar um PS6.

Ainda tem tempo para HZD ter patch para 60fps no PS5…. em algum momento do desenvolvimento do HFW o time de otimização vai ficar desocupado e vai poder lançar um patch para HZD.

No momento estou prestando atenção nos movimentos.

Mas se a Sony começar a lançar TODOS os exclusivos 2 ou 3 anos depois no PC, pode esquecer que eu vou comprar PS6.

Não tenho menor problema de jogar depois de 2 ou 3 anos, em promoção e versão com todas as DLCs no PC com toda a liberdade da plataforma.

Já teve epoca que eu só jogava no PC, não tem o menor problema voltar para lá.

Imagino que com essa escalada de resolução, 4k, uma Radeon 7700XT ou uma RTX 4070TI de conta tranquilamente de 1440p +60fps.

“mas e os ports PC cagados” ? para isso tem o Torrent.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
Responder a  Deto
6 meses atrás

Eu penso entrar no mundo PC, com a chegada da série 40xx, só espero que até lá o mundo já esteja melhor, e o mercado não esteja inflacionado.

Livio
Livio
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Já falei mais de uma vez, é aliviante quando você chega e diz “Eu avisei”.

Sempre fui contra a ida dos jogos que pertencem a Sony (nem vou falar de exclusivos pois nem mais isso tem na capa dos jogos) e mostrei aqui a minha opinião quando meses atrás surgiu o primeiro rumor da ida de um jogo PS para o PC. Alertei que onde há fumaça há fogo e logo alguns disseram que eu era pessimista, que seria um teste, outros de que não seriam todos os jogos…..

Mesmo contra entendo a justificativa, não se faz dinheiro na plataforma, vai tentar em outros lugares. Algo que até deveria ser feito entre os demais leitores, mesmo que não aceite uma decisão tente entender a justificativa em muitas vezes tem mais lógica do que a sua defesa/interpretação do caso. Porém neste caso da Sony, de faturar em outros locais, pode por em risco aquilo que a salvou do buraco em um passado bem recente.

…pensávamos nós, nunca receberia os melhores dos melhores, os jogos que criaram o DNA PlayStation. E nesse sentido o que defendemos é que os nomes mais sonantes, aqueles que estão imediatamente associados ao nome Playstation, não deveriam passar.

Infelizmente não concordo com a citação acima. O DNA Playstation é formado por todos os jogos cuja IP é da Sony e aqui vale jogos dos estúdios first ou second party, sejam estes sucesso ou flop. O DNA vai do Uncharted, God of War e The Last a Knack, The order e Driveclub. Aceitar que alguns não devem ir para o PC desmerece outros jogos que também fizeram sucesso e que tiveram boas vendas como Horizon Zero Dawn e Ghost of Tsushima, ou estes não fazem parte do DNA PS?? Ou Alloy não é uma personagem atrelada a plataforma PS? Se for assim porque a Sony a utilizad principalmente para divulgar dados em crescimento de jogadoras do gênero feminino??

Por fim gostaria de realizar um outro comentário, você é responsável pelas suas escolhas e atitudes, não adianta culpar um terceiro se:
1- Comprou um console com preço 50% acima do oficial;
2- Se preferiu trocar a TV escolhendo uma das mais caras do mercado;
3- Comprou um aparelho já sabendo previamente da ida de alguns jogos para o PC
4- A falta de port de uma empresa já conhecida por querer faturar em remaster/remake;

Pelo menos nos 6/7 meses de vida da geração no lado PS já tens jogos exclusivos (temporários??) next-gen, na outra a maioria das melhorias são para a retro, games da geração passada, retrasada… Para um não vale investir caro e já ter jogos next-gen , mas para o outro vale investir o mesmo valor para jogar os mesmos games que rodam nos consoles da geração passada (e de custo muito mais baixo)?

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Livio
6 meses atrás

Livio queria te dar meus cumprimentos ao seu comentário, muito bem construído e no qual concordo 100% e por isso falei inúmeras vezes que não comprarei o PS5.

Sobre o seu comentário de ontem me perdoe não ter te respondido, eu acabei esquecendo, mas respondendo agora, apesar de eu ter generalizado eu me referi a alguns users que deram um 180.

Juca
Juca
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Estás a passar pelo que passei com o xbox one, a sensação, sobretudo pra quem comprou um console é de que fez a escolha errada, e poderia ter usado o dinheiro do console em outra coisa, de hardware de PC a jogos ou algo mais útil. Quando perceberem que perderam 10% da base ou bem mais pra uma plataforma com inúmeros benefícios sobre consoles, e perderem bezerros de suas tetas que além de exclusivos consumiam serviços e games thirdie, já é sem volta. E isso pra conseguirem 1mi a mais em venda de jogos que já venderam de 10 a 20 milhões só em sua plataforma! Nunca tive amor a consoles, mas sempre temi perder grandes jogos por diminuição de investimento neles, que é o que vai inevitavelmente acontecer. Presumo que seja a ganância dos desenvolvedores internos que se sentem impedidos de ganhar mais por limitação da plataforma, mas o dano já está feito desde HZD e só tem piorado.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Mário a situação dos Pc deveu-se muito em causa pela bosta da cripto moeda, junto da pandemia os preços foram as alturas. Deixe o mercado de gpu estabilizar outra vez e vai se ter um crescimento muito grande ao que toca ao gaming do mesmo, a Sony lá por já ter despacho todo stock que tem, não quer dizer que que todas elas estão num consumidor final, acredito que 20% andam com scalper e em olx da vida, muita gente quer-se aproveitar da pandemia, junto a grande procura da PS5 para fazer muito dinheiro facilmente. Eu estou com a ps5 a 3 meses, e posso dizer que ainda não gastei nem 100 euros num unico jogo lá, juntando a esta nova política dos ex exclusivos irem para PC, só me da mais convicção que não vale a pena gastar dinheiro mais na loja deles, a plus deixei de renovar, já não renovo a dois meses fora jogos etc… o que ela ainda vai ganhando de mim é por causa de um joguinho mobile, e isso porque ela não deixa jogar noutros lados a não ser no playstation, que é o Gesnhin Impact, se pudesse importar essa minha conta para o mobile, já nem gastava mais na psn.

Ps: exemplos que a Sony vai começar a sentir a consequência de enviar jogos para PC, temos já o primeiro exemplo HFW a nível de views no canal oficial nem chegou a 4 milhões ainda, quando em outrora logo nas primeiras 24 horas se tinha views de 5 ou 6 milhões. (POSSO estar a ser um pouco irracional com esta comparação, más é um dado que da para ja ter alguma noção das coisas)

Data da revelação

https://youtu.be/Lq594XmpPBg

Gameplay mais recente

https://youtu.be/wQATS4HOxdo

O interesse parece que caiu para metade.

Andrio
Andrio
Responder a  Daniel Cardoso
6 meses atrás
Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
Responder a  Andrio
6 meses atrás

Qua-se o mesmo tanto que demon souls, ganhou por mais 100.000 pessoas. Para um jogo que quando foi revelado, teve um boom de interesse, agora que saiu a gameplay não vi esse boom. Más sei lá, essa foi a imagem que passou.

Andrio
Andrio
Responder a  Daniel Cardoso
6 meses atrás

Live (state of play) + vídeo de 4k teve mais de 5 milhões nas primeiras 24hs. Eu acho um número bem expressivo. Mas acho q isso n vai ser o suficiente para vc baseado nos últimos comentários que vc vem escrevendo.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
Responder a  Juca
6 meses atrás

Definitivamente definiu o que me vai na alma, gastar dinheiro em algo que afinal já não é tão vantajoso, dinheiro esse que podia ter gasto noutros lados.

João Magalhães
João Magalhães
6 meses atrás

Não concordo com essas atitudes da Sony porque sou bem tradicionalista e a marca chegou onde chegou por sua identidade como vc referiu.

Por outro lado existe outros pontos de vista interessantes…ex: muitos jogos de PS3 ficaram para sempre perdidos no tempo e na plataforma e o mesmo poderia se dizer desses exclusivos de PS4 e já que estamos em outra geração seria a oportunidade de rentabilizar em cima desses jogos de PS4…Agora se a Sony fizer isso com os jogos de PS5 nessa mesma geração ai a meu ver vai ser o maior tiro no pé e desvalorizando totalmente um console novo como o PS5….já o PS4 deu tudo o que tinha que dar e seria a oportunidade de explorar mais receitas.

Não estou dizendo que concordo é apenas outro ponto de vista.

Deto
Deto
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Off:

Mario, primeiro “especialista” falando em bolha de streaming:

https://youtu.be/N7RsvFYFlxk

A partir de 1 min e 55s quando ele cometa sobre Warner + Discovery

Que o valor da parceria está super inflado e tá com cara de bolha, da primeira bolha de internet

Que a Warner que ferrar o mercado inflando tudo para quebrar a concorrência “ver no que dá” pq acha q vai sobreviver

Já que o pessoal anda querendo muito que vídeo game vá pelo mesmo caminho dos streaming de video.

Isso aí me lembrou a MS comprando Bethesda sendo que metade do mercado dela vai acabar quando não lançar no Playstation.

Valério Fernandes
Valério Fernandes
6 meses atrás

The address is syntactically valid
The domain of the email address has valid DNS records.

Mailbox validation
The mailbox for the e-mail address does not exist.

Comentário Negado
Só serão aceites comentários a utilizadores que indiquem e-mails válidos.

Finn
Finn
6 meses atrás

Como gamer e que simpatiza com a filosofia da MS, não quero menos pessoas jogando, quero mais pessoas jogando, maior mercado e mais jogos. Tenho preferência pelo Xbox desde o 360 e os Halo me encantam, mas, ao contrário do que eu pensaria se tivesse o mesmo entendimento dos fãs de playstation, fiquei genuinamente feliz quando o Halo MCC saiu para o PC, porque muitos jogadores novos poderiam conhecer a franquia e se encantarem como eu. Claro, os consoles não podem ter todos os mesmos jogos, é preciso de diferenciais e claro que também existem questões comerciais em jogo (o que, por exemplo, possivelmente impede a MS de lançar os jogos da Zenimax no PS) e que jogos exclusivos definitvamente agregam valor à plataforma. Entretanto, não percebo porque os (bons) argumentos do início do artigo são válidos para alguns jogos da Playstation, mas para outros não, só por terem relevância diferente. E mais, são todos jogos da geração passada, de PS4. A estratégia da MS de lançar jogos day one no PC não me parece que está pondo em risco os consoles, pelo contrário, creio que terão vendas de consoles e jogos superior ao One (em que os jogos começaram a sair para PC do meio para o final da geração). Para o PS5, o mesmo, não vejo o porquê lançar no PC jogos de PS4 com anos de atraso seria um problema para as vendas e lucro do PS5. Mas entendo que é preciso por na baçança que o lucro adicional com jogos de potencial esgotado vem ao custo de uma parte da imagem e da tradição que o Playstation construiu ao longo do tempo.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Olhando para as vendas,jogos no pc e no console,qual a porcentagen de vendas entre ambos?qual se sai melhor?Os numeros são velhos e a resposta tambem,jogador de console joga console e pcista fica no pc.O fato se mostra dia a dia.Vamos apostar facil facil 120 milhões de ps5 vendidos.
Mesmo os jogos no pc.

Livio
Livio
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

[OFF] Quando saiu o primeiro rumor de jogo PS para PC eu vi aqui no portal e falei, onde há fumaça há fogo, pois então olhem tal imagem:
comment image

Vejam atentamente o que a página trata e quais jogos relacionados.

Onde há fumaça há fogo….

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Certo por isso o OFF(PSNow), mas Horizon Forbidden West na PS Now??? Um estilo de day one???

Livio
Livio
Responder a  Livio
6 meses atrás

Olha que coincidência…
https://youtu.be/XtW6lTezNIs

error: Conteúdo protegido